Tecnologia na sociedade

14.962 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.962
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
546
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecnologia na sociedade

  1. 1. 2011A Influência das TIC na Sociedade Anabela Correia nº3 João Vinicio nº11 Tenicha Neves nº17 Escola Secundária Abel Salazar 0
  2. 2. ÍNDICEIntrodução…..………………………..…………………………………22. As TIC – Conceitos………………………………….………………32.1 As TIC na Sociedade…………………………..…….…………….42.2 As TIC e a Filosofia…………..……………………………………52.3 Pensamento de Pierre Lévy sobre o Homem..………………….7Conclusão……………………………………………………………….8Webgrafia…………….……………….…………………………………9 1
  3. 3. INTRODUÇÃOVivemos numa sociedade de informação e conhecimento onde o grandeprogresso científico e tecnológico exigem, cada vez mais, a actualização e aprofissionalização da sociedade e forçam um ritmo acelerado na nossasociedade, onde são necessários níveis de escolarização, competênciasprofissionais e pessoais cada vez maiores.Com este trabalho pretendemos concluir até que nível é que as TIC(Tecnologias de Informação e Telecomunicação) influenciam as nossas vidas eo quotidiano das sociedades mundiais.O ensino a distância têm se expandido drasticamente no mundo todo, graçasás novas tecnologias. De acordo com o International Data Corporation (IDC), onúmero de estudantes à distância, em todo o mundo, tem vindo a crescer 33%anualmente. 2
  4. 4. 1. AS TIC – CONCEITOSAs TIC Consistem em processos de tratamento, controlo e comunicação deinformação, baseados fundamentalmente em meios electrónicos.As tecnologias de informação e comunicação dividem-se em três áreas:1. Burótica - É a aplicação de meios informáticos no tratamento ecirculação da informação num escritório.2. Telemática - Conjuga os meios informáticos (modems, computadores,...)com meios de telecomunicações (linhas telefónicas, satélites, etc...).3. Informática - É a ciência que estuda e aperfeiçoa as técnicas detratamento automático da informação, utilizando para isso um computador. 3
  5. 5. 2.1 AS TIC NA SOCIEDADEA sociedade actual está em constante mudança, através da inovaçãotecnológica, isto obriga a sociedade a repensar o acto de pensar e deaprender, no sentido de acompanhar a evolução das novas Tecnologias deInformação e Comunicação. Estamos num tempo em que as Tecnologias daInformação e Comunicação estão implantadas de uma forma profunda nasociedade e nas escolas.A interacção entre as revoluções tecnológicas e as formas como as pessoasorganizam as suas vidas, tem dado lugar a várias teorias sociológicas:comportamento das pessoas, formas de funcionamento das sociedades,relacionamentos sociais, etc.Em todo o nosso quotidiano as TIC estão presentes. Desde que acordamos,com o despertador, os electrodomésticos, o carro, o telemóvel, o relógio, etc,em que utilizamos todo o tipo de equipamentos relacionados com as TIC.As grandes invenções e tecnologias já existem á muito tempo, disso é um bomexemplo, a bicicleta, que surgiu por volta de 1818, embora ainda muito poucodesenvolvida comparando com a actualidade. Isto permite-nos concluir queestamos influenciados pelas TIC desde o início dos tempos, embora hoje commuito mais abrangência e desenvolvimento. 4
  6. 6. 2.2 AS TIC E A FILOSOFIAPoderia o Homem viver sem tecnologias?Que relação existe entre o Homem e as tecnologias?Kuhn e o Paradigma da tecnologia da informação: As tecnologias são para agir sobre a informação, não a informação para agir sobre a tecnologia. A penetrabilidade dos efeitos das novas tecnologias. Como a informação é uma de toda actividade humana, todos os processos de nossa existência individual e colectiva são directamente moldados pelo novo meio tecnológico. A lógica de redes. A rede, pode ser, agora, implementada materialmente em todos os tipos de processos e organizações graças às recentes tecnologias de informação. Flexibilidade. Não apenas os processos são reversíveis, mas as organizações e instituições podem ser modificadas, e até mesmo fundamentalmente alteradas, pela reorganização de seus componentes. A crescente convergência de tecnologias específicas para um sistema altamente integrado, no qual tecnologias antigas ficam literalmente impossíveis de se distinguir em separado.Jacques Ellul (1963) acredita que a sociedade tecnológica “desenvolve umsistema moralmente coerente de imperativos e virtudes que tende a substituir osistema tradicional. [...] o que está acontecendo é uma substituição de umamoral tradicional que a técnica tornou obsoleta, por uma nova moraltecnológica”.Para Ellul, a sociedade tecnológica não pode ser uma sociedade genuinamentehumana com o homem em primeiro plano. Não pode haver civilização nosentido pleno do conceito, na concepção humanística. 5
  7. 7. Bunge (1980) afirma que “a ciência tem tanto valor instrumental como valorintrínseco: queremos conhecer, não apenas agir, mas pelo conhecimento emsi. Do contrário seríamos seres humanos, nem ao menos civilizados.”.Don Ihde (1990) analisa que a percepção que temos da realidade é afectadapela tecnologia. Ihde pensa que tecnologias como o telescópio, as lentes emesmo uma simples janela, modificam nossa percepção do mundo, do céu,das estrelas e da distância.Como já adquirimos a experiência tecnológica, mesmo olhando o céu a olhosnus, nunca mais teremos a percepção inocente, livre do conhecimentoadquirido que nos faz ver as estrelas muito mais longe do que poderiamparecer aos nossos antepassados.Nesse sentido, a tecnologia já modificou nossa percepção da realidade.Não só os fenómenos sociais estão inseridos na tecnologia, mas, também, nomodo de perceber a realidade. 6
  8. 8. 2.3 PENSAMENTO DE PIERRE LÉVYSOBRE O HOMEMO homem é um ser sociotécnico, isto é, só é possível pensar dentro de umcolectivo.Os seres sociais não são apenas os seres humanos; coisas, objectos, técnicassão seres sociais e, por isso, podem ter profunda importância na constituiçãodas culturas e das sociedades.A técnica condiciona modos de pensar, de viver, de criar, de desenvolver, etc.As técnicas de armazenamento de informação condicionam ou tornampossíveis certas evoluções culturais.Historicamente, a técnica fez emergir três modos de gestão social doconhecimento: I. O da oralidade primária II. O da escrita; III. O da informática. 7
  9. 9. CONCLUSÃOAs TIC têm vindo a modificar e a desenvolverem-se na sociedade desde oinício do Homem, desde o princípio que o Homem se desenvolve e evoluiatravés da criação de meios de facilitar as suas tarefas e vida.Mesmo antes dos computadores e todas estas novas tecnologias, já o Homemdesenvolvia meios e formas de facilitar a sua vida, trabalho e quotidiano, edesde que isso aconteceu que também surgui o problema de como é que todoeste desenvolvimento e tecnologia afecta as sociedades e todo o quotidianodos seres humanos.Com este trabalho foi possivel ver que mesmo antes do aparecimento dasgrandes tecnologias já o Homem pensava nelas e desenvolvia teorias de comoiam afectar a sociedade.Todo o nosso quotidiano, desde que acordamos até adormecermos, estamosrodeados pelas novas tecnologias e não há maneira de escaparmos à suainfluência. 8
  10. 10. WEBGRAFIA o http://www.anossaescola.com/esvagos/dossies_paginas_ver.asp?id=29 o http://midiasmoveisjornalismo.blogspot.com/2008/04/influncia-da- tecnologia-na-sociedade.html o http://alb.com.br/arquivo- morto/edicoes_anteriores/anais16/sem15dpf/sm15ss10_03.pdf o http://tic9ano.no.sapo.pt/ConceitosbasicosTIC.htm 9

×