6º ano E. F. II - Variação Linguística

36.756 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
25 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
36.756
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.258
Comentários
0
Gostaram
25
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

6º ano E. F. II - Variação Linguística

  1. 1. 1 Atendimento Pedagógico 6º ano E. F. II (Aula #4)
  2. 2. 2
  3. 3. 3 VARIAÇÃO LINGUÍSTICA
  4. 4. 4 Língua Língua é a linguagem verbal (oral/escrita) utilizada por um grupo de indivíduos que constituem uma comunidade.  Ela é uma construção humana e histórica.  É organizadora da identidade dos seus usuários.  Ela também dá unidade a uma cultura, a uma nação.  Uma língua viva é dinâmica e, por isso, está sujeita a variações.
  5. 5. 5 Variação Linguística Variações linguísticas são diferenças que uma mesma língua apresenta quando é utilizada, de acordo com as condições sociais, culturais, regionais e históricas.
  6. 6. 6 Língua Portuguesa Unidade x Diversidade
  7. 7. 7 Tipos de Variação Linguística  Variação histórica  Variação geográfica  Variação social  Variação situacional
  8. 8. 8 Variação Histórica Refere-se aos estágios de desenvolvimento de uma língua ao longo da História. Exemplo: o português arcaico x o português contemporâneo
  9. 9. 9 Variação Histórica: exemplos Texto 1 - Língua portuguesa arcaica, trecho de um poema do século XII: "No mundo nom me sei parelha, mentre me for' como me vai, ca ja moiro por vós - e ai! mia senhor branca e vermelha, queredes que vos retraia quando vos eu vi em saia! Mao dia me levantei, que vos enton non vi fea!"
  10. 10. 10 Variação Geográfica Variedade que a língua portuguesa assume nos diferentes lugares onde é falada.
  11. 11. 11 Variação Geográfica: exemplos No Brasil, cada região possui diferenças linguísticas, tanto na fala como no vocabulário. NORDESTINÊS TAMBÉM É CULTURA: Abestado = Bobo, leso, tolo. Abirobado = Maluco. Abufelar = Irritar, ficar brabo. Amancebado = Amigado, aquele que vive maritalmente com outra. Amarrado = Mesquinho, avarento. Arretado = Tudo que é bom, bacana, legal. Avalie = Imagine. Avariado das ideias - Meio amalucado. Avexado = Apressado. Bater a caçuleta = Morrer. Bizonho = Triste, calado. Brenha = Lugar longe e de difícil acesso, escuro. Briba = Pequena lagartixa. Bruguelo = Criança pequena.
  12. 12. 12 Variação Social Refere-se às formas da língua empregadas pelas diferentes classes ou grupos sociais. Tem gente que nasce com o coração maior ou menor, com vários defeitos. Essas são as cardiopatias congênitas, o coração pode nascer com inúmeros defeitos. (Jargão médico) Oi rapaize do surf brigadão pela moral que vcs tão me dando, pow ta muito bom quando ta batendo aquelas ondas na prainha. Ta show, valeu brigadão. Tanto backsidefloaterdroptubão...
  13. 13. 13 Variação Social  Norma culta: variedade de prestígio, que deve ser adquirida na vida escolar e sujo domínio é solicitado como forma de ascensão social e profissional.  Linguagem técnica: usada no exercício de certas atividades profissionais.  Modos de falar masculino e feminino: marcas na língua que expressam modos próprios da fala masculina ou feminina, como as marcas de gênero, o uso de adjetivos e diminutivos etc.  Gíria: formas de língua que certos grupos desenvolvem como um código, para a comunicação entre si e para evitar a compreensão por parte daqueles que não pertencem ao grupo.
  14. 14. 14 Variação Situacional É a capacidade que tem um mesmo indivíduo de empregar as diferentes formas da língua em situações comunicativas diversas, procurando adequar a forma e o vocabulário em cada situação.  No trabalho  Na escola  Com os amigos  Com a família  Em solenidades  No mundo virtual
  15. 15. 15 Considerações importantes sobre as variações linguísticas  Todas as variações estão presentes tanto na língua falada quanto na língua escrita. Podemos, inclusive, encontrar (e usar) as variações linguísticas em diferentes contextos de produção escrita.  Existe uma variedade de língua padrão, que é a variedade linguística de maior prestígio social. Aprendemos a valorizar a variedade padrão porque socialmente ela representa o poder econômico e simbólico dos grupos sociais que a elegeram como padrão.
  16. 16. 16 Considerações importantes sobre as variações linguísticas  É importante compreender as variações linguísticas para melhor usar a língua em diferentes situações. Utilizar a língua como meio de expressão, informação e comunicação requer, também, o domínio dos diferentes contextos de aplicação da língua.  O idioma pode ser um instrumento de dominação e discriminação social. Devemos, por isso, respeitar as linguagens utilizadas pelos diferentes grupos sociais.

×