SlideShare uma empresa Scribd logo

Variação linguística

C
caurysilva

O documento discute a variação linguística, que estuda as mudanças na língua de acordo com fatores sociais, regionais e históricos. Apresenta diferentes tipos de variação como a socio cultural, regional e histórica. Destaca também que cada pessoa usa a língua de forma diferente dependendo da situação.

1 de 17
Auricélia Monte
Carolina Silva
 A variação Linguística estuda as mudanças da
  língua. Os falantes de uma língua apresentam:
 Falares diferentes;
 Ritmos de fala diferente;
 Não falam todos da mesma maneira;
 Uma mesma pessoa, em momentos distintos,
  utiliza a língua de forma diferente...
 A cada situação de fala em que nos inserimos e
  da qual participamos, notamos que a língua
  falada é, a um só tempo, heterogênea e
  diversificada.
Língua é a linguagem verbal (oral/escrita) utilizada por um grupo de
indivíduos que constituem uma comunidade.
              Variações linguísticas são diferenças que uma mesma
              língua apresenta quando é utilizada , de acordo com as
              condições sociais, culturais, regionais e hitóricas.
Variação linguística
(...)Que   importa   que  uns    falem   mole
descansado/
Que os cariocas arranhem os erres na garganta/
Que os capixabas e paroaras escancarem as
vogais? (...)/
juntos formamos este
assombro de misérias e grandezas/ Brasil,
nome de vegetal!....


Mário de Andrade.
Afirmar que alguém não sabe falar corretamente por que não
utiliza a variedade de maior prestígio é desconhecer a
diversidade linguística brasileira.

O que se pode questionar é a adequação linguística da fala à
situação de comunicação. Os membros das variadas
comunidades linguísticas, distribuídas por regiões ou grupos
sociais, comunicam-se e são compreendidos utilizando a
norma da sua comunidade.

Para que se possa ensinar a variedade de maior prestígio, é
fundamental que a escola respeite a modalidade de língua que
cada um trouxer de sua comunidade, e que permanecerá em
seu meio social.

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Variação linguística 1
Variação linguística 1Variação linguística 1
Variação linguística 1
 
Tipos de linguagem (verbal e não verbal)
Tipos de  linguagem (verbal e não verbal)Tipos de  linguagem (verbal e não verbal)
Tipos de linguagem (verbal e não verbal)
 
Preconceito linguístico
Preconceito linguísticoPreconceito linguístico
Preconceito linguístico
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
 
MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...
MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...
MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
Variações Linguísticas
Variações LinguísticasVariações Linguísticas
Variações Linguísticas
 
Apresentaçao variação linguística
Apresentaçao variação linguísticaApresentaçao variação linguística
Apresentaçao variação linguística
 
Linguagem e Comunicação
Linguagem e ComunicaçãoLinguagem e Comunicação
Linguagem e Comunicação
 
Variação linguistica slide
Variação linguistica   slideVariação linguistica   slide
Variação linguistica slide
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Língua e linguagem 1
Língua e linguagem 1Língua e linguagem 1
Língua e linguagem 1
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Variações linguísticas
Variações linguísticasVariações linguísticas
Variações linguísticas
 
Linguagem Formal e Informal
Linguagem Formal e InformalLinguagem Formal e Informal
Linguagem Formal e Informal
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
 
Linguagem, língua e fala
Linguagem, língua e falaLinguagem, língua e fala
Linguagem, língua e fala
 
Variações linguísticas
Variações linguísticasVariações linguísticas
Variações linguísticas
 
O que é Literatura?
O que é Literatura?O que é Literatura?
O que é Literatura?
 
Homônimos e parônimos
Homônimos e parônimosHomônimos e parônimos
Homônimos e parônimos
 

Destaque

Variedades Linguísticas
Variedades LinguísticasVariedades Linguísticas
Variedades Linguísticas7 de Setembro
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticanunesmaril
 
Variacao linguistica
Variacao linguisticaVariacao linguistica
Variacao linguisticacaurysilva
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação LinguísticaAngélica Manenti
 
Pibid letras - Variação Linguística
Pibid letras - Variação LinguísticaPibid letras - Variação Linguística
Pibid letras - Variação LinguísticaBeto Batis
 
Variações linguísticas
Variações linguísticasVariações linguísticas
Variações linguísticasGabriel Lima
 
Variação linguistica aulão
Variação linguistica   aulãoVariação linguistica   aulão
Variação linguistica aulãoeeepadrianonobre
 
1ª série E. M. - Variação Linguística
1ª série E. M. - Variação Linguística1ª série E. M. - Variação Linguística
1ª série E. M. - Variação LinguísticaAngélica Manenti
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticadaniwable
 
Apresentação palestra menor
Apresentação palestra menorApresentação palestra menor
Apresentação palestra menorvanuza-leite
 
1 variedades linguisticas[1]
1  variedades linguisticas[1]1  variedades linguisticas[1]
1 variedades linguisticas[1]Sadrak Silva
 
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...Formação Cooperativa
 

Destaque (20)

Variedades Linguísticas
Variedades LinguísticasVariedades Linguísticas
Variedades Linguísticas
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Variacao linguistica
Variacao linguisticaVariacao linguistica
Variacao linguistica
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística
 
Variação linguistica
Variação linguisticaVariação linguistica
Variação linguistica
 
Pibid letras - Variação Linguística
Pibid letras - Variação LinguísticaPibid letras - Variação Linguística
Pibid letras - Variação Linguística
 
Variações linguísticas
Variações linguísticasVariações linguísticas
Variações linguísticas
 
Variação Linguística - APP
Variação Linguística - APPVariação Linguística - APP
Variação Linguística - APP
 
Variação linguistica aulão
Variação linguistica   aulãoVariação linguistica   aulão
Variação linguistica aulão
 
Teoria do medalhão trabalho de português
Teoria do medalhão trabalho de portuguêsTeoria do medalhão trabalho de português
Teoria do medalhão trabalho de português
 
Variação linguística
Variação linguística Variação linguística
Variação linguística
 
1ª série E. M. - Variação Linguística
1ª série E. M. - Variação Linguística1ª série E. M. - Variação Linguística
1ª série E. M. - Variação Linguística
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Apresentação palestra menor
Apresentação palestra menorApresentação palestra menor
Apresentação palestra menor
 
1 variedades linguisticas[1]
1  variedades linguisticas[1]1  variedades linguisticas[1]
1 variedades linguisticas[1]
 
Variedades do português
Variedades do portuguêsVariedades do português
Variedades do português
 
33792
3379233792
33792
 
Variantes linguísticas
Variantes linguísticasVariantes linguísticas
Variantes linguísticas
 
Seminário socio Texto 5
Seminário socio Texto 5Seminário socio Texto 5
Seminário socio Texto 5
 
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...
 

Semelhante a Variação linguística

Variedades linguisticas
Variedades linguisticasVariedades linguisticas
Variedades linguisticasuesleii
 
Comunicação oral e escrita 1
Comunicação oral e escrita 1Comunicação oral e escrita 1
Comunicação oral e escrita 1Míriam Klippel
 
Variacões linguísticas conceito
Variacões linguísticas conceitoVariacões linguísticas conceito
Variacões linguísticas conceitoMarcela Santos
 
aula de itinerario 1º ano variedade linguistica.pptx
aula de itinerario 1º ano variedade linguistica.pptxaula de itinerario 1º ano variedade linguistica.pptx
aula de itinerario 1º ano variedade linguistica.pptxRosenildaAparecidaLa
 
Resenha marcos
Resenha marcosResenha marcos
Resenha marcosemilenemd
 
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguística
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguísticaLinguagens língualinguagemvariaçãolinguística
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguísticaKênia Machado
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticaIsabelli Lima
 
Aula_1___L_ngua__linguagem_e_variedades_lingu_sticas.pdf
Aula_1___L_ngua__linguagem_e_variedades_lingu_sticas.pdfAula_1___L_ngua__linguagem_e_variedades_lingu_sticas.pdf
Aula_1___L_ngua__linguagem_e_variedades_lingu_sticas.pdflucasicm
 
Apresentação pafc 2013 slideshare
Apresentação pafc 2013 slideshareApresentação pafc 2013 slideshare
Apresentação pafc 2013 slideshareLeilaFajardo
 
Aula generos textuais
Aula generos textuaisAula generos textuais
Aula generos textuaisGisele Braga
 
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1Bia Crispim
 

Semelhante a Variação linguística (20)

Variedades linguisticas
Variedades linguisticasVariedades linguisticas
Variedades linguisticas
 
Pojhd
PojhdPojhd
Pojhd
 
Comunicação oral e escrita 1
Comunicação oral e escrita 1Comunicação oral e escrita 1
Comunicação oral e escrita 1
 
Variacões linguísticas conceito
Variacões linguísticas conceitoVariacões linguísticas conceito
Variacões linguísticas conceito
 
Níveis de linguagem
Níveis de linguagemNíveis de linguagem
Níveis de linguagem
 
aula de itinerario 1º ano variedade linguistica.pptx
aula de itinerario 1º ano variedade linguistica.pptxaula de itinerario 1º ano variedade linguistica.pptx
aula de itinerario 1º ano variedade linguistica.pptx
 
Resenha marcos
Resenha marcosResenha marcos
Resenha marcos
 
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguística
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguísticaLinguagens língualinguagemvariaçãolinguística
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguística
 
Semântica.PDF
Semântica.PDFSemântica.PDF
Semântica.PDF
 
Df6 cdr ppt_variedades[1]
Df6 cdr ppt_variedades[1]Df6 cdr ppt_variedades[1]
Df6 cdr ppt_variedades[1]
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Modelo de material.luc
Modelo de material.lucModelo de material.luc
Modelo de material.luc
 
Modelo de material.luc
Modelo de material.lucModelo de material.luc
Modelo de material.luc
 
Aula_1___L_ngua__linguagem_e_variedades_lingu_sticas.pdf
Aula_1___L_ngua__linguagem_e_variedades_lingu_sticas.pdfAula_1___L_ngua__linguagem_e_variedades_lingu_sticas.pdf
Aula_1___L_ngua__linguagem_e_variedades_lingu_sticas.pdf
 
Variação e preconceito.pptx
Variação e preconceito.pptxVariação e preconceito.pptx
Variação e preconceito.pptx
 
Apresentação pafc 2013 slideshare
Apresentação pafc 2013 slideshareApresentação pafc 2013 slideshare
Apresentação pafc 2013 slideshare
 
Aula generos textuais
Aula generos textuaisAula generos textuais
Aula generos textuais
 
Ipt resumo
Ipt   resumoIpt   resumo
Ipt resumo
 
artigo-carlos-1.pdf
artigo-carlos-1.pdfartigo-carlos-1.pdf
artigo-carlos-1.pdf
 
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
 

Último

01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...apoioacademicoead
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Prime Assessoria
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Prime Assessoria
 
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...excellenceeducaciona
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...Prime Assessoria
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
 
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 

Variação linguística

  • 2.  A variação Linguística estuda as mudanças da língua. Os falantes de uma língua apresentam:  Falares diferentes;  Ritmos de fala diferente;  Não falam todos da mesma maneira;  Uma mesma pessoa, em momentos distintos, utiliza a língua de forma diferente...  A cada situação de fala em que nos inserimos e da qual participamos, notamos que a língua falada é, a um só tempo, heterogênea e diversificada.
  • 3. Língua é a linguagem verbal (oral/escrita) utilizada por um grupo de indivíduos que constituem uma comunidade. Variações linguísticas são diferenças que uma mesma língua apresenta quando é utilizada , de acordo com as condições sociais, culturais, regionais e hitóricas.
  • 5. (...)Que importa que uns falem mole descansado/ Que os cariocas arranhem os erres na garganta/ Que os capixabas e paroaras escancarem as vogais? (...)/ juntos formamos este assombro de misérias e grandezas/ Brasil, nome de vegetal!.... Mário de Andrade.
  • 6. Afirmar que alguém não sabe falar corretamente por que não utiliza a variedade de maior prestígio é desconhecer a diversidade linguística brasileira. O que se pode questionar é a adequação linguística da fala à situação de comunicação. Os membros das variadas comunidades linguísticas, distribuídas por regiões ou grupos sociais, comunicam-se e são compreendidos utilizando a norma da sua comunidade. Para que se possa ensinar a variedade de maior prestígio, é fundamental que a escola respeite a modalidade de língua que cada um trouxer de sua comunidade, e que permanecerá em seu meio social.
  • 7. Variação Padrão Variação Informal Variação Coloquial Variação Sócio- Variação Regional/ Variação Histórica Cultural Geográfica Variação Técnica Variação da ou Jargão Internet
  • 8. • A Variedade Padrão é: uma Estrutura gramatical ideal. Forma de maior prestígio. Ensinada nas escolas. Comum nas provas. Essa variedade linguística é necessária em diferentes momentos de nossa vida social: ao fazermos uma entrevista para conseguir um emprego, ao apresentarmos um trabalho escolar, ao participarmos de um debate, ao escrevermos uma carta para uma autoridade da prefeitura, etc. Dada a sua importância, a escola se propõe a ensinar a variedade padrão a todas as crianças e jovens do país, preparando-os para ingressar na vida social.
  • 9. É a linguagem que representa o estilo considerado “de menor prestígio”, e isto tem gerado controvérsias entre os estudos da língua, uma vez que para a sociedade, aquela pessoa que fala ou escreve de maneira errônea é considerada “inculta”, tornando-se desta forma um estigma.
  • 10. • Pertencente a um grupo específico de pessoas. Neste caso, podemos destacar as gírias de grupos de surfistas, tatuadores, entre outros; a linguagem coloquial, usada no dia a dia das pessoas; e a linguagem formal. Estas variações são conhecidas como níveis de língua, e são usadas por cada indivíduo de acordo com o seu nível social e/ou cultural, as suas intenções assim como a situação discursiva em que se encontra. Linguagem Popular <- Familiar <- Corrente -> Cuidada -> Literária A linguagem corrente corresponde à norma, ou seja, é o nível de língua mais acessível e usado. Apresenta uma linguagem simples, fazendo uso de palavras, expressões e construções mais usuais de uma língua.
  • 11. • É a capacidade que um mesmo indivíduo tem de empregar as diferentes formas da língua em situações comunicativas diversas, procurando adequar a forma e o vocabulário em cada situação. Basta pensar nas atitudes que assumimos em situações formais (como um discurso numa solenidade de formatura) e em situações informais (uma conversa descontraída com amigos, por exemplo): em cada uma dessas oportunidades, empregamos formas de língua diferentes, procurando adequar nosso nível vocabular, sintático e textual ao ambiente lingüístico em que nos encon [...]
  • 12. •Variedade que a língua portuguesa assume nos diferentes lugares onde é falada. •O português é a língua oficial em oito países de quatro continentes: •No Brasil, cada região possui diferenças lingüísticas, tanto na fala como no vocabulário. São variações ocorridas de acordo com a cultura de uma determinada região, . tomamos como exemplo a palavra mandioca, que em certas regiões é tratada por macaxeira; e abóbora, que é conhecida como jerimum.
  • 13. Refere-se aos estágios de desenvolvimento de uma língua ao longo da História. As transformações ocorridas ao longo do tempo fez com que a palavra : “vosmecê” sofresse as alterações que figuram hoje como “Você”, e diante da linguagem reduzida no meio eletrônico, é apenas VC. O mesmo acontece com as palavras escritas com PH, como era o caso de pharmácia, agora, farmácia.
  • 14. • Trata-se da linguagem de um grupo específico, geralmente ligado à profissão. Se pensarmos, por exemplo, na linguagem da economia, da informática, da física quântica... Quantos de nós estaremos preparados para entendê-las? Existe, por exemplo, o jargão dos médicos, o jargão dos especialistas em informática, etc.
  • 15. Trata-se das possibilidades da língua, considerando- se os propósitos de comunicação dos sujeitos na linguagem do ambiente virtual. Ao contrário do que muitos pensam, o INTERNETÊS não é uma ameaça à Língua Portuguesa, desde que fique claro para o aluno que a linguagem no ambiente . virtual e a linguagem escrita em outros contextos possuem especificidades distintas de acordo com o gênero em questão.
  • 17. • http://www.mundoeducacao.com.br/gramatica/variacoes- linguisticas.htm • http://www.recantodasletras.com.br/artigos/1852534 • http://www.unicamp.br/iel/site/alunos/publicacoes/texto s/v00003.htm • http://blog.educacional.com.br/glaucegram/2010/03/02/v ariantes-linguisticas-exercicios/ • http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAVR0AJ/variacoe s-linguisticas • http://macacoartico.blogspot.com/2011/11/ha.html • http://www.linguacantada.com.br/content.php?Categ=4& contentID=65