SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Concordância Verbal I Prof. Célia Trindade de Araújo e Silva
Concordância Concordância  é a igualdade de gênero e número entre o substantivo e adjetivo, artigo, numeral, pronome e igualdade de número e pessoa entre o verbo e o sujeito. Ex.:  Dois  helicópteros   sobrevoaram  a região. O verbo apresenta-se no plural, concordando com o  sujeito  que está no plural. Ex.: As  nossas  duas  amigas   italianas nos visitarão em julho. substantivo fem./plural numeral fem. plural adjetivo fem. plural pronome fem. plural artigo fem. plural
Concordância Verbal ,[object Object],Ex.:  O homem  não  é  um dos mamíferos mais dorminhocos. sujeito na 3ª pessoa do singular Verbo na 3ª pessoa do singular
Concordância do verbo com o sujeito simples ,[object Object],O  verbo  concordará com o  sujeito  em número (singular e plural)  e  pessoa  (1ª,  2ª  e  3ª),  mesmo  que  este venha deslocado. Ex 1 .:  Nós   nunca  discordamos   de  você. sujeito na 1ª pessoa do plural verbo na 1ª pessoa do plural .  1 .  Sujeito simples  é aquele que possui um único núcleo,isto é, uma única palavra principal. 2.  O  núcleo  do sujeito nunca é determinado por preposição (de, em, com etc...)
Ex 2 :  Sumia  na estrada poeirenta a última  boiada  da fazenda. Verbo na 3ª pessoa do singular sujeito na 3ª pessoa do singular (=ela) Não importa a posição do verbo (antes ou depois do sujeito simples): a concordância é sempre feita com o núcleo dele.
   Se o conjunto  verbo  + pronome  se  admite a transformação em  locução verbal  (dois verbos) , o verbo concorda com o sujeito, que está na frase. Ex.:  Divulgaram-se   os planos . Os planos   foram divulgados . Compare essas duas construções e observe que : 1º.) Elas são equivalentes quanto ao sentido; 3º.) Em ambas o verbo concorda com o sujeito. 2º.) Em ambas o sujeito é o mesmo; sujeito sujeito locução verbal verbo + pronome se b) Verbo + pronome se
   Se o conjunto  verbo + se  não admite a transformação em locução verbal,  o sujeito é indeterminado  e o verbo fica na  3ª pessoa do singular . Ex.: Não  se confiava   nos planos . Nos planos não eram confiados . 3ª pessoa do singular Não é o sujeito, é o  objeto indireto . construção inexistente no idioma Observações: 1ª) Convém lembrar que o núcleo do sujeito nunca é regido de preposição. 2ª) Na maioria dos casos, o que impossibilita a transformação é a presença da preposição exigida pelo verbo (no exemplo: confiar  em ).
c) Pronomes de tratamento Quando o sujeito é representado por pronome de tratamento ( Vossa   Senhoria ,  Vossa Excelência ,  Vossa Majestade  etc.), o verbo fica na 3ª pessoa do singular. Ex.:  Vossa Excelência   enganou   seus eleitores. Sujeito é  pronome de tratamento verbo na  3ª pessoa do singular Ex.:  Vossa Senhoria   quis   assim. Sujeito – pronome de tratamento verbo na 3ª pessoa do singular
d) Pronomes relativos  que  e  quem    Relativo  que  – o verbo concorda com o antecedente desse pronome. Ex.: Foram os  professores   que pediram  as explicações. antecedente Ex.: Fui  eu   que pedi . antecedente ,[object Object],[object Object],Ex.: Foram os  funcionários   quem reivindicaram  o aumento . Ex.: Foram os funcionários  quem   reivindicou  o aumento.
e) O sujeito é um  substantivo coletivo Quando o sujeito for representado por um  substantivo coletivo , o verbo ficará na  3ª pessoa do singular . Ex.: A  torcida   invadiu  o campo e agrediu o juiz. Observação : Quando o sujeito coletivo estiver acompanhado de adjunto ou distante do verbo, admite-se o verbo no plural. Ex.:  O grupo de estudantes   gritava  (ou  gritavam ) palavras de ordem. O elenco  se reuniu e, depois de quinze minutos de discussão  resolveram  (ou  resolveu ) continuar o espetáculo.
Concordância do verbo com o sujeito composto 1. Quando o sujeito composto estiver posicionado  antes  do verbo , este ficará no  plural . Ex.:  O ônibus e o caminhão   deslizaram   na pista.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavras
Keu Oliveira
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
Rebeca Kaus
 
Formação de palavras (derivações e composições) aula 1
Formação de palavras (derivações e composições)  aula 1Formação de palavras (derivações e composições)  aula 1
Formação de palavras (derivações e composições) aula 1
Alice Silva
 
Concordância verbal simples e composto - ppt
Concordância verbal   simples e composto - pptConcordância verbal   simples e composto - ppt
Concordância verbal simples e composto - ppt
Vilmar Vilaça
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Angela Santos
 
Classes gramaticais das palavras
Classes gramaticais das palavrasClasses gramaticais das palavras
Classes gramaticais das palavras
Bruna Lívia
 

Mais procurados (20)

Aula sobre crase
Aula sobre craseAula sobre crase
Aula sobre crase
 
Verbo
VerboVerbo
Verbo
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavras
 
Concordância nominal slides
Concordância nominal slidesConcordância nominal slides
Concordância nominal slides
 
CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL
CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINALCONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL
CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Preposição
PreposiçãoPreposição
Preposição
 
Formação de palavras (derivações e composições) aula 1
Formação de palavras (derivações e composições)  aula 1Formação de palavras (derivações e composições)  aula 1
Formação de palavras (derivações e composições) aula 1
 
Concordância verbal simples e composto - ppt
Concordância verbal   simples e composto - pptConcordância verbal   simples e composto - ppt
Concordância verbal simples e composto - ppt
 
Crase 1
Crase 1Crase 1
Crase 1
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.
 
Vozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 anoVozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 ano
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
Classes gramaticais das palavras
Classes gramaticais das palavrasClasses gramaticais das palavras
Classes gramaticais das palavras
 
Ambiguidade
AmbiguidadeAmbiguidade
Ambiguidade
 
Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
 

Destaque

O emprego da vírgula
O emprego da vírgulaO emprego da vírgula
O emprego da vírgula
Rita Cunha
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
Elza Silveira
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
Marcia Simone
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística
Angélica Manenti
 
Variedades Linguísticas
Variedades LinguísticasVariedades Linguísticas
Variedades Linguísticas
7 de Setembro
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Angela Santos
 
FormaçãO Das Palavras2
FormaçãO Das Palavras2FormaçãO Das Palavras2
FormaçãO Das Palavras2
Angela Santos
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
Angela Santos
 
FIGURAS DE LINGUAGEM
FIGURAS DE LINGUAGEMFIGURAS DE LINGUAGEM
FIGURAS DE LINGUAGEM
Angela Santos
 

Destaque (20)

Português - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Português - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo AulasPortuguês - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
Português - Concordância Verbal - www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas
 
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
 
Como usar a vírgula.
Como usar a vírgula.Como usar a vírgula.
Como usar a vírgula.
 
O emprego da vírgula
O emprego da vírgulaO emprego da vírgula
O emprego da vírgula
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística
 
Variedades Linguísticas
Variedades LinguísticasVariedades Linguísticas
Variedades Linguísticas
 
Cegueira Total
Cegueira TotalCegueira Total
Cegueira Total
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
Acordo Ortográfico
Acordo OrtográficoAcordo Ortográfico
Acordo Ortográfico
 
FormaçãO Das Palavras2
FormaçãO Das Palavras2FormaçãO Das Palavras2
FormaçãO Das Palavras2
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
 
Os lusíadas
Os lusíadasOs lusíadas
Os lusíadas
 
Bordados
BordadosBordados
Bordados
 
FIGURAS DE LINGUAGEM
FIGURAS DE LINGUAGEMFIGURAS DE LINGUAGEM
FIGURAS DE LINGUAGEM
 
Mato grosso do sul
Mato grosso do sul Mato grosso do sul
Mato grosso do sul
 

Semelhante a Concordância Verbal

Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbalCefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
ProfFernandaBraga
 
Aula 18 concordância verbal
Aula 18   concordância verbalAula 18   concordância verbal
Aula 18 concordância verbal
ProfFernandaBraga
 
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância VerbalCefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
ProfFernandaBraga
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
Lucilene Barcelos
 
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; CraseConcordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Lidiane Rodrigues
 
Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]
Sadrak Silva
 
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
Marcos Emídio
 
Concrdância verbal
Concrdância verbalConcrdância verbal
Concrdância verbal
Jomari
 
Concrdância Verbal
Concrdância VerbalConcrdância Verbal
Concrdância Verbal
Jomari
 
Concordância verbal 1
Concordância verbal 1Concordância verbal 1
Concordância verbal 1
Vera Pinho
 

Semelhante a Concordância Verbal (20)

Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbalCefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
 
Aula 18 concordância verbal
Aula 18   concordância verbalAula 18   concordância verbal
Aula 18 concordância verbal
 
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância VerbalCefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Concordancia verbal[1]
Concordancia verbal[1]Concordancia verbal[1]
Concordancia verbal[1]
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; CraseConcordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
 
Concordância verbal i
Concordância verbal iConcordância verbal i
Concordância verbal i
 
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
 
Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]
 
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
 
Concordancia verbal 2015
Concordancia verbal 2015Concordancia verbal 2015
Concordancia verbal 2015
 
Concrdância verbal
Concrdância verbalConcrdância verbal
Concrdância verbal
 
Concrdância Verbal
Concrdância VerbalConcrdância Verbal
Concrdância Verbal
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 
Concordância verbal 1
Concordância verbal 1Concordância verbal 1
Concordância verbal 1
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
Concordância verbal.pptx
Concordância verbal.pptxConcordância verbal.pptx
Concordância verbal.pptx
 
ConcordâNicia Verbal
ConcordâNicia VerbalConcordâNicia Verbal
ConcordâNicia Verbal
 

Mais de Angela Santos

Mais de Angela Santos (19)

Arte Renascentista
Arte RenascentistaArte Renascentista
Arte Renascentista
 
Arte Renascentista
Arte RenascentistaArte Renascentista
Arte Renascentista
 
Historia social do classicismo
Historia social do classicismoHistoria social do classicismo
Historia social do classicismo
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
 
Feliz Metade do Ano
Feliz Metade do AnoFeliz Metade do Ano
Feliz Metade do Ano
 
A reforma ortografica
A reforma ortograficaA reforma ortografica
A reforma ortografica
 
O Cachorro e o Coelho
O Cachorro e o CoelhoO Cachorro e o Coelho
O Cachorro e o Coelho
 
Colocação Pronominal
Colocação PronominalColocação Pronominal
Colocação Pronominal
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
 
Arte Românica
Arte RomânicaArte Românica
Arte Românica
 
Estrutura Das Palavras2
Estrutura Das Palavras2Estrutura Das Palavras2
Estrutura Das Palavras2
 
Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1
 
Classes Gramaticais
Classes GramaticaisClasses Gramaticais
Classes Gramaticais
 
Hq Reduzido
Hq ReduzidoHq Reduzido
Hq Reduzido
 
Feliz Metade Do Ano
Feliz Metade Do AnoFeliz Metade Do Ano
Feliz Metade Do Ano
 

Concordância Verbal

  • 1. Concordância Verbal I Prof. Célia Trindade de Araújo e Silva
  • 2. Concordância Concordância é a igualdade de gênero e número entre o substantivo e adjetivo, artigo, numeral, pronome e igualdade de número e pessoa entre o verbo e o sujeito. Ex.: Dois helicópteros sobrevoaram a região. O verbo apresenta-se no plural, concordando com o sujeito que está no plural. Ex.: As nossas duas amigas italianas nos visitarão em julho. substantivo fem./plural numeral fem. plural adjetivo fem. plural pronome fem. plural artigo fem. plural
  • 3.
  • 4.
  • 5. Ex 2 : Sumia na estrada poeirenta a última boiada da fazenda. Verbo na 3ª pessoa do singular sujeito na 3ª pessoa do singular (=ela) Não importa a posição do verbo (antes ou depois do sujeito simples): a concordância é sempre feita com o núcleo dele.
  • 6. Se o conjunto verbo + pronome se admite a transformação em locução verbal (dois verbos) , o verbo concorda com o sujeito, que está na frase. Ex.: Divulgaram-se os planos . Os planos foram divulgados . Compare essas duas construções e observe que : 1º.) Elas são equivalentes quanto ao sentido; 3º.) Em ambas o verbo concorda com o sujeito. 2º.) Em ambas o sujeito é o mesmo; sujeito sujeito locução verbal verbo + pronome se b) Verbo + pronome se
  • 7. Se o conjunto verbo + se não admite a transformação em locução verbal, o sujeito é indeterminado e o verbo fica na 3ª pessoa do singular . Ex.: Não se confiava nos planos . Nos planos não eram confiados . 3ª pessoa do singular Não é o sujeito, é o objeto indireto . construção inexistente no idioma Observações: 1ª) Convém lembrar que o núcleo do sujeito nunca é regido de preposição. 2ª) Na maioria dos casos, o que impossibilita a transformação é a presença da preposição exigida pelo verbo (no exemplo: confiar em ).
  • 8. c) Pronomes de tratamento Quando o sujeito é representado por pronome de tratamento ( Vossa Senhoria , Vossa Excelência , Vossa Majestade etc.), o verbo fica na 3ª pessoa do singular. Ex.: Vossa Excelência enganou seus eleitores. Sujeito é pronome de tratamento verbo na 3ª pessoa do singular Ex.: Vossa Senhoria quis assim. Sujeito – pronome de tratamento verbo na 3ª pessoa do singular
  • 9.
  • 10. e) O sujeito é um substantivo coletivo Quando o sujeito for representado por um substantivo coletivo , o verbo ficará na 3ª pessoa do singular . Ex.: A torcida invadiu o campo e agrediu o juiz. Observação : Quando o sujeito coletivo estiver acompanhado de adjunto ou distante do verbo, admite-se o verbo no plural. Ex.: O grupo de estudantes gritava (ou gritavam ) palavras de ordem. O elenco se reuniu e, depois de quinze minutos de discussão resolveram (ou resolveu ) continuar o espetáculo.
  • 11. Concordância do verbo com o sujeito composto 1. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo , este ficará no plural . Ex.: O ônibus e o caminhão deslizaram na pista.