9º ano E. F. II - Pronomes Relativos

4.681 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.681
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
285
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Percebam como a fala fica truncada, causa estranheza. Tentem reescrever o texto acrescentando as conjunções que acharem necessárias.
  • 9º ano E. F. II - Pronomes Relativos

    1. 1. 1 Atendimento Pedagógico 9º ano E. F. II (Aula #5)
    2. 2. 2 Conectores Os conectores são aqueles elementos que auxiliam na tessitura, ou seja, ligam os elos formando um encadeamento das ideias, dando coesão ao texto. Vejam este exemplo de texto do qual foram extraídos os conectores: "Nunca me esqueço de um consórcio de moto que eu fiz quando tinha 17 anos. Estava começando a ganhar dinheiro. Acabei gastando mais do que podia. A cada mês o valor aumentava. Fui sorteada. Tirei a moto. As parcelas nunca mais acabavam. Hoje os consórcios podem ter mudado. Eu nunca mais fiz um." (Meu dinheiro, maio 2001. p.11)
    3. 3. 3 Coerência e Coesão COERÊNCIA Ideia Sequência lógica Princípio de interpretabilidade COESÃO Elementos linguísticos (conectores) Encadeamento de ideias
    4. 4. 4 Coesão Coesão textual trata-se da ligação, da conexão entre as palavras de um texto, por meio de elementos formais, que assinalam o vínculo entre os seus componentes. A coesão textual pode se estabelecer por meio de diversos elementos linguísticos. Dentre esses elementos, os pronomes assumem grande relevância, principalmente, pelo fato de ser por meio deles que se faz a retomada do referente.
    5. 5. 5 Pronomes relativos Os pronome relativo é uma classe de pronomes que substituem um termo da oração anterior e estabelecem relação entre duas orações. Não conhecemos o aluno. O aluno saiu. Não conhecemos o aluno que saiu. Como se pode perceber, o que, nessa frase está substituindo o termo aluno e está relacionando a segunda oração com a primeira.
    6. 6. 6 Os pronomes relativos são os seguintes Variáveis o qual, a qual os quais, as quais cujo, cuja cujos, cujas quanto, quanta quantos, quantas Invariáveis que (quando equivale a o qual e flexões) quem (quando equivale a o qual e flexões) onde (quando equivale a no qual e flexões)
    7. 7. 7 Pronomes precedidos de preposição Preposição exigida pelo verbo Pronome relativo Termo regente Havia condições a que nos opúnhamos. (opor-se a) Havia condições com que não concordávamos (concordar com) Havia condições de que desconfiávamos. (desconfiar de) Havia condições - que nos prejudicavam. (= sem sujeito) Havia condições em que insistíamos. (insistir em)
    8. 8. 8 O pronome relativo QUEM O pronome relativo quem se refere a uma pessoa ou a uma coisa personificada. Não conheço a médica de quem você falou. Esse é o livro a quem prezo como companheiro.
    9. 9. 9 O pronome relativo QUEM Quando o relativo quem aparecer sem antecedente claro é classificado como pronome relativo indefinido. Quem atravessou, foi multado. Quando possuir antecedente, o pronome relativo quem virá precedido de preposição. João era o filho a quem ele amava.
    10. 10. 10 O pronome relativo QUE O pronome relativo que é o de mais largo emprego, chamado de relativo universal, pode ser empregado com referência a pessoas ou coisas, no singular ou no plural. Conheço bem a moça que saiu. Não gostei do vestido que comprei. Eis os instrumentos de que necessitamos.
    11. 11. 11 O pronome relativo QUE O pronome relativo que pode ter por antecedente o demonstrativo o (a, os, as). Sei o que digo. (o pronome o equivale a aquilo) Quando precedido de preposição monossilábica, emprega-se o pronome relativo que. Com preposições de mais de uma sílaba, usa-se o relativo o qual (e flexões). Aquele é o machado com que trabalho. Aquele é o empresário para o qual trabalho.
    12. 12. 12 O pronome relativo CUJO O pronome relativo cujo (e flexões) é relativo possessivo, equivale a do qual, de que, de quem. Deve concordar com a coisa possuída. Cortaram as árvores cujos troncos estavam podres.
    13. 13. 13 O pronome relativo ONDE O pronome relativo onde deve ser usado para indicar lugar e tem sentido aproximado de em que, no qual. Esta é a terra onde habito.
    14. 14. 14 O pronome relativo ONDE O onde é empregado com verbos que não dão ideia de movimento. Pode ser usado sem antecedente. Nunca mais morei na cidade onde nasci. O aonde é empregado com verbos que dão ideia de movimento e equivale a para onde, sendo resultado da combinação da preposição a + onde. As crianças estavam perdidas, sem saber aonde ir.

    ×