Implantação de Projetos de Six Sigma para Otimização da Eficiência Operacional <br />Cemig Distribuição S.A. <br />Progra...
30 milhões de Consumidores;<br />805 municípios atendidos em Minas Gerais e no Rio de Janeiro;<br />460 mil quilômetros re...
Sustentabilidade<br />Há 11 anos consecutivos, faz parte do Dow Jones Sustainability World Index (DJSI World).<br />Seleci...
Programa Especial de ManejoIntegrado de Árvores e Redes - Objetivos<br />Melhorar:<br /><ul><li>Qualidade do fornecimento;
Convívio entre árvores e redes;
Procedimentos de manejo de arborização;
Programa de manejo.</li></ul> Envolver: <br /><ul><li>Sociedade;
Órgãos e instituições;
Público interno;
Prestadores de serviços.</li></ul>Reforçar imagem e reputação:<br /><ul><li>Ambiental
Sustentabilidade
Qualidade dos serviços prestados</li></li></ul><li>Alinhamento Estratégico - Objetivos<br />Eficiência Operacional e Estra...
RESULTADOS – ManejoIntegrado<br />O CEMIG X PREMIAR<br /><ul><li>198 alimentadores avaliados;
4.245,8 Km percorridos;
175.388 árvores em contato com a rede;
259.636 vistorias realizadas;
13.837 laudos de situações de conflitos registrados.
1339 rebaixamentos de toco;
Plantio de 2843 mudas;
Supressão de 2816 árvores classificadas como risco;
Realização de obras de adequação ambiental de rede.</li></li></ul><li>RESULTADOS – Linha de Tendência<br />O CEMIG X PREMI...
Eventodia 09/06/2011<br />09 de junho<br />10 de junho<br />11 de junho<br />12 de junho<br />
Comparativo eventos 2008 e 2011<br />Árvores<br />Redes<br />
Comparativo eventos 2008 e 2011<br />
As melhores metodologias bastam para o resultado?<br />
ALINHAMENTO<br />Boas Práticas     x     Metodologias     x     Ferramentas<br />Scrum<br />Spider Project Professional™ <...
ALINHAMENTO<br />Gestão de Projetos<br />
O QUE É O PRINCE2<br />Metodologiaadotadapelogovernobritânicoparagestão dos projetos  das Olimpíadas de Londres 2012 e pel...
Estrutura - 7 Princípios do Prince2<br />Continuada Justificativa de Negócio;<br />Aprender com a experiência;<br />Defini...
Temas DO pRINCE2<br />Business Case;<br />Organização;<br />Qualidade;<br />Planos;<br />Risco;<br />Mudanças;<br />Progre...
Business Case<br /><ul><li> estabelece mecanismos para verificar se o projeto é (e permanece) viável e seus são benefícios...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Implantação Projetos EficiêNcia Operacional Cemig V2

665 visualizações

Publicada em

Eficiência Operacional em Energia Elétrica

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
665
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Implantação Projetos EficiêNcia Operacional Cemig V2

  1. 1. Implantação de Projetos de Six Sigma para Otimização da Eficiência Operacional <br />Cemig Distribuição S.A. <br />Programa Especial de Manejo Integrado de Árvores e Redes - Premiar<br />Carlos Alberto de Sousa<br />
  2. 2. 30 milhões de Consumidores;<br />805 municípios atendidos em Minas Gerais e no Rio de Janeiro;<br />460 mil quilômetros redes de distribuição<br />Considerada a maior empresa integrada do setor de energia elétrica do Brasil;<br />Maior fornecedora de energia para clientes livres do País, com 25% do mercado<br />Gestão da maior rede de distribuição de energia elétrica da América do Sul<br />
  3. 3. Sustentabilidade<br />Há 11 anos consecutivos, faz parte do Dow Jones Sustainability World Index (DJSI World).<br />Selecionada em 2010 pela sexta vez consecutiva para compor a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).<br />
  4. 4. Programa Especial de ManejoIntegrado de Árvores e Redes - Objetivos<br />Melhorar:<br /><ul><li>Qualidade do fornecimento;
  5. 5. Convívio entre árvores e redes;
  6. 6. Procedimentos de manejo de arborização;
  7. 7. Programa de manejo.</li></ul> Envolver: <br /><ul><li>Sociedade;
  8. 8. Órgãos e instituições;
  9. 9. Público interno;
  10. 10. Prestadores de serviços.</li></ul>Reforçar imagem e reputação:<br /><ul><li>Ambiental
  11. 11. Sustentabilidade
  12. 12. Qualidade dos serviços prestados</li></li></ul><li>Alinhamento Estratégico - Objetivos<br />Eficiência Operacional e Estratégica<br />
  13. 13. RESULTADOS – ManejoIntegrado<br />O CEMIG X PREMIAR<br /><ul><li>198 alimentadores avaliados;
  14. 14. 4.245,8 Km percorridos;
  15. 15. 175.388 árvores em contato com a rede;
  16. 16. 259.636 vistorias realizadas;
  17. 17. 13.837 laudos de situações de conflitos registrados.
  18. 18. 1339 rebaixamentos de toco;
  19. 19. Plantio de 2843 mudas;
  20. 20. Supressão de 2816 árvores classificadas como risco;
  21. 21. Realização de obras de adequação ambiental de rede.</li></li></ul><li>RESULTADOS – Linha de Tendência<br />O CEMIG X PREMIAR<br />
  22. 22. Eventodia 09/06/2011<br />09 de junho<br />10 de junho<br />11 de junho<br />12 de junho<br />
  23. 23. Comparativo eventos 2008 e 2011<br />Árvores<br />Redes<br />
  24. 24. Comparativo eventos 2008 e 2011<br />
  25. 25. As melhores metodologias bastam para o resultado?<br />
  26. 26. ALINHAMENTO<br />Boas Práticas x Metodologias x Ferramentas<br />Scrum<br />Spider Project Professional™ <br />Extreme Project Management (XPM)<br />IPMA CompetenceBaseline (ICB)<br />
  27. 27. ALINHAMENTO<br />Gestão de Projetos<br />
  28. 28. O QUE É O PRINCE2<br />Metodologiaadotadapelogovernobritânicoparagestão dos projetos das Olimpíadas de Londres 2012 e pelogovernobrasileiroparagestão dos projetosdaCopa do Mundo de 2014 e Olimpíadas do Rio de Janeiro 2016.<br />
  29. 29. Estrutura - 7 Princípios do Prince2<br />Continuada Justificativa de Negócio;<br />Aprender com a experiência;<br />Definição de Papéis e Responsabilidades;<br />Gerenciamento por Estágios;<br />Gerenciamento por Exceção;<br />Foco na definição e entrega Produto;<br />Adaptar para adequar ao ambiente do projeto.<br />
  30. 30. Temas DO pRINCE2<br />Business Case;<br />Organização;<br />Qualidade;<br />Planos;<br />Risco;<br />Mudanças;<br />Progresso.<br />
  31. 31. Business Case<br /><ul><li> estabelece mecanismos para verificar se o projeto é (e permanece) viável e seus são benefícios alcançáveis;
  32. 32. utilizado como elemento base para apoiar os processos de tomada de decisão do projeto;
  33. 33. deve ser desenvolvido no início do projeto e constantemente atualizado;</li></ul>O Executivo tem a responsabilidade de desenvolver e aprovar o Business Case mas a atividade de desenvolvimento pode ser delegada para o Gerente do Projeto.<br />
  34. 34. Processos<br />Estágio Final de Entrega<br />Estágios Subsequentes de Entregas<br />Pré-Projeto<br />Estágio de Iniciação<br />Dirigindo<br />Viabilizando o Projeto<br />Dirigindo o Projeto<br />Gerenciando<br />Ger. o Limite dos Estágios<br />Gerenciando o Limite dos Estágios<br />Encerrando o Projeto<br />Iniciando o Projeto<br />Controlando o Estágio<br />Controlando o Estágio<br />Entregando<br />Gerenciando a Entrega dos Produtos<br />Gerenciado a Entrega dos Produtos<br />
  35. 35. Seis Sigma Retorno Financeiro<br />6sigma<br />6$igma<br />
  36. 36.
  37. 37. PRINCE2<br />(Processos)<br />PRINCE2®Integrado com o Six-Sigma (DMAIC)(for Reference & Data Quality Projects)<br />Iniciação do <br />Projeto<br />Six-Sigma <br />(Improve)<br />(Melhorar)<br />Six-Sigma <br />(Medir)<br />(Analisar)<br />Autorizando o Projeto<br />Pré-projeto<br />Six-Sigma <br />(Controlar)<br />M<br />A<br />D<br />C<br />I<br />Gestãoporestágios<br />Gestãoporestágios<br />Fase #1<br />Fase #2<br />Autorização do projeto<br />Six-Sigma <br />(Improve)<br />Execute Data<br /> Remediation<br />Measure<br />Direcionando<br />Executivo<br />Fornecedor(es) Sênior(es)<br />Usuário(s) Sênior(es)<br />DP<br />Autoriza o Encerramento do Projeto<br />Dar o Direcionamento Específico<br />Autoriza a Iniciação<br />Autoriza o Projeto<br />Autoriza o Estágio ou o Plano de Excessão <br />...<br />AP<br />...<br />Gerenciando<br />Gerente de Projeto<br />LE<br />LE<br />EP<br />LE<br />...<br />D<br />IP<br />CE<br />CE<br />CE<br />Entregando<br />Gerente de Equipe<br />...<br />GE<br />GE<br />GE<br />GE–Gerenciando Entrega Produto<br />IP – Iniciando Projeto<br />AP–Autorizando Inicio Projeto<br />LE – Limites de Estágio<br />DP–Direcionando Projeto<br />CE–Controlando Estágio<br />EP–Encerrando o Projeto<br />PRINCE2<br />Six-Sigma<br />D - Definir<br />M - Medir<br />A - Analisar<br />I- Melhorar<br />C - Controlar<br />Traduzido e adaptadopor: Carlos Alberto de Sousa com autorização de Attra Partners Limited. <br />
  38. 38. CONCLUSÕES<br />O PRINCE2 é aderente ao Six Sigma;<br />Os Belts podem se beneficiar do modelo Prince2, ou outra metodologia, para gerenciar melhor seus projetos;<br />As duas metodologias <br />Contudo algumas questões devem ser previamente observadas...<br />
  39. 39. Mudança do Foco em Corporações de Atividade Única<br />Interesse Financeiro<br />Interesse Empresarial<br />Ohmae, Kenichi - 1985<br />
  40. 40. DESEQUILIBRIO NOS RECURSOS BÁSICOS DA ADMINISTRAÇÃO<br />Ohmae, Kenichi - 1985<br />
  41. 41. DESEQUILIBRIO NOS RECURSOS BÁSICOS DA ADMINISTRAÇÃO<br />Equilíbrio sem Superfluidade ou desperdício<br />Ohmae, Kenichi - 1985<br />
  42. 42. CONTEXTO COMPLEXO DE PARCERIAS E MUDANÇAS<br />
  43. 43. O CICLO DO CONHECIMENTO NÃO DEVE SER INERTE<br />
  44. 44. CONVERSÃO DO CONHECIMENTO – MUDANÇA CULTURAL<br />
  45. 45. Conclusão Final<br />As Melhores metodologias podem não funcionar apropriadamente sem um verdadeiro, consistente e dinâmico fluxo de mudança organizacional.<br />
  46. 46. Obrigado!<br />A elaboração desta apresentação contou com a participação do sr.HanyChoueiri, diretor da Attra Partners Limited. <br />www.attrapartners.com<br />
  47. 47. www.cemig.com.br/premiar<br />premiar@cemig.com.br<br />casal@cemig.com.br<br />programapremiarcemig.blogspot.com <br />@cemig_energia<br />

×