SlideShare uma empresa Scribd logo
CamilaAlencar Bandeira Santos
Felipe Nogueira Leite
MirianCristina Diniz
Rafael Correia Lima
Profª Flavia Frate
Classificações
das empresas
Por
Natureza
Jurídicas
Individuais
Por
Atividade
Comercial
Industrial
Rural
Prestação
de serviços
Por Setor
Individuais
Sociedades
 Faturamento Anual
Até R$ 360.000,00
 Número de Empregados
Indústria: até 19
Comércio e Serviços: até 9
 Exemplos: Limitada ou
LTDA
 Sociedade com responsabilidade Ilimitada
 Vantagens
A configuração administrativa e os custos de
manutenção são baixos, relativamente
poucas exigências regulatórias. O
proprietário é tributado apenas uma vez em
sua devolução de imposto de renda pessoal.
 Desvantagens
O proprietário é pessoalmente responsável pelas
ações da empresa. Cada sócio é responsável
pelos acordos comerciais de outros sócios. Se o
sócio A entrar em um negócio muito ruim com o
nome da sociedade, então todos os outros
sócios são responsáveis por terem cumprido
aquele contrato.
Tipos de Empresas
 Faturamento Anual
De R$ 360.000,01 até
R$ 3.600.000,00
 Número de Empregados
Indústria: de 20 a 99
Comércio e Serviços: 10 a 49
 Exemplos: Limitada ou
LTDA
 Sociedade com responsabilidade
limitada
 Vantagens
O proprietário é tributado apenas uma vez
em sua devolução de imposto de renda
pessoal.
 Desvantagens
Exigências administrativas e processuais
mais complexas do que uma sociedade
com responsabilidade ilimitada.As
sociedades com responsabilidade
ilimitada ainda têm responsabilidade
pessoal, isto faz sentido se existem
numerosos investidores passivos que
desejam limitar suas responsabilidades.
 Faturamento Anual
De 60 milhões até 10,5
milhões (BNDES)
 Número de Empregados
Indústria: 100 a 499
Comércio e Serviços:50 a 99
 Exemplos: C ou S
(Corporação) ou LLC.
 C – Corporação
 Vantagens
Os acionistas não são pessoalmente
responsáveis. A propriedade é
facilmente trocada entre os indivíduos.
A empresa não para de existir com a
morte dos proprietários. Fácil estrutura
para levantar capital.
 Desvantagens
Os proprietários são tributados duas vezes.
Custos administrativos altos para a
abertura e a administração. Mais
exigências regulatórias que outras
estruturas.
Tipos de Empresas
 Faturamento Anual
Superior a R$ 60 milhões
(BNDES)
 Número de Empregados
Indústria: mais de 500
Comércio e Serviços: mais
de 100
 Exemplos: C ou S
(Corporação) ou LLC.
 S – Corporação
 Vantagens
Os proprietários são tributados apenas
uma vez. Os acionistas não são
pessoalmente responsáveis.
 Desvantagens
Custos administrativos mais altos para a
abertura e a administração do que as
sociedades e as empresas individuais.
Mais regulamentações do que as
sociedades e as empresas individuais.
Determinadas limitações quanto a
quem pode ser um proprietário
(cidadãos norte-americanos, etc).
Tipos de Empresas
 SEBRAE/SC. Legislação – Critérios de Classificação de
Empresas: MEI – ME – EPP. Disponível em:
http://www.sebrae-
sc.com.br/leis/default.asp?vcdtexto=4154 Acesso em:
04/08/2015.
 BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e
Social.
 REVISTA EXAME http://exame.abril.com.br/revista-
exame/pme/2015/as-pequenas-e-medias-empresas-que-
mais-cresceram-no-brasil-2015/Exame-PME-2015-
Ranking.pdf.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cálculo e Contabilização da Folha de Pagamento
Cálculo e Contabilização da Folha de PagamentoCálculo e Contabilização da Folha de Pagamento
Cálculo e Contabilização da Folha de Pagamento
Eliseu Fortolan
 
Como fazer um plano de negócios slides módulo i
Como fazer um plano de negócios   slides módulo iComo fazer um plano de negócios   slides módulo i
Como fazer um plano de negócios slides módulo i
Fdtensino
 
Abertura de empresas
Abertura de empresasAbertura de empresas
Abertura de empresas
FaustoRegisMelo
 
Práticas Administrativas - Aulas 1 a 12
Práticas Administrativas - Aulas 1 a 12Práticas Administrativas - Aulas 1 a 12
Práticas Administrativas - Aulas 1 a 12
Wandick Rocha de Aquino
 
Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Abertura de empresa_aula_
Abertura de empresa_aula_Abertura de empresa_aula_
Abertura de empresa_aula_
Claudio Parra
 
Exercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento EstrategicoExercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento Estrategico
PAULO RICARDO FLORES
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
Dayane Dias
 
Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1
Julio Pyramo
 
Introdução à Teoria Geral da Administração
Introdução à Teoria Geral da AdministraçãoIntrodução à Teoria Geral da Administração
Introdução à Teoria Geral da Administração
Rubens Vinicius Conte
 
Aula empreendedorismo
Aula empreendedorismoAula empreendedorismo
Aula empreendedorismo
José Marques Pereira Junior
 
DP - Admissão
DP - AdmissãoDP - Admissão
DP - Admissão
Lucas Gheller
 
Noções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura OrganizacionalNoções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura Organizacional
Wandick Rocha de Aquino
 
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Professora Patricia Lima
 
Aula de Plano de Negócios
Aula de Plano de NegóciosAula de Plano de Negócios
Aula de Plano de Negócios
Jhonny Santos
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
Kesia Rozzett Oliveira
 
Plano de negócio
Plano de negócioPlano de negócio
Plano de negócio
Anderson Alberto Ramos
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
Maiquel Santos
 
Empreendedorismo E Inovação
Empreendedorismo E InovaçãoEmpreendedorismo E Inovação
Empreendedorismo E Inovação
Ana Maria Magni Coelho
 
Slides Introdução à Contabilidade
Slides  Introdução à ContabilidadeSlides  Introdução à Contabilidade
Slides Introdução à Contabilidade
Ana Paula Bevilacqua
 

Mais procurados (20)

Cálculo e Contabilização da Folha de Pagamento
Cálculo e Contabilização da Folha de PagamentoCálculo e Contabilização da Folha de Pagamento
Cálculo e Contabilização da Folha de Pagamento
 
Como fazer um plano de negócios slides módulo i
Como fazer um plano de negócios   slides módulo iComo fazer um plano de negócios   slides módulo i
Como fazer um plano de negócios slides módulo i
 
Abertura de empresas
Abertura de empresasAbertura de empresas
Abertura de empresas
 
Práticas Administrativas - Aulas 1 a 12
Práticas Administrativas - Aulas 1 a 12Práticas Administrativas - Aulas 1 a 12
Práticas Administrativas - Aulas 1 a 12
 
Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
 
Abertura de empresa_aula_
Abertura de empresa_aula_Abertura de empresa_aula_
Abertura de empresa_aula_
 
Exercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento EstrategicoExercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento Estrategico
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
 
Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1
 
Introdução à Teoria Geral da Administração
Introdução à Teoria Geral da AdministraçãoIntrodução à Teoria Geral da Administração
Introdução à Teoria Geral da Administração
 
Aula empreendedorismo
Aula empreendedorismoAula empreendedorismo
Aula empreendedorismo
 
DP - Admissão
DP - AdmissãoDP - Admissão
DP - Admissão
 
Noções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura OrganizacionalNoções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura Organizacional
 
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
 
Aula de Plano de Negócios
Aula de Plano de NegóciosAula de Plano de Negócios
Aula de Plano de Negócios
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
 
Plano de negócio
Plano de negócioPlano de negócio
Plano de negócio
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Empreendedorismo E Inovação
Empreendedorismo E InovaçãoEmpreendedorismo E Inovação
Empreendedorismo E Inovação
 
Slides Introdução à Contabilidade
Slides  Introdução à ContabilidadeSlides  Introdução à Contabilidade
Slides Introdução à Contabilidade
 

Destaque

Tipos de empresas
Tipos de empresasTipos de empresas
Tipos de empresas
Murtinheira1964
 
Tipos de empresa
Tipos de empresaTipos de empresa
Tipos de empresa
DanteTandex
 
Tipos de empresas e Sociedades
Tipos de empresas e SociedadesTipos de empresas e Sociedades
Tipos de empresas e Sociedades
Mariane Moral
 
Critérios de classificação das empresas
Critérios de classificação das empresasCritérios de classificação das empresas
Critérios de classificação das empresas
turmaec11a
 
Tipos de organização
Tipos de organizaçãoTipos de organização
Tipos de organização
Robson Costa
 
Critérios de classificação das empresas
Critérios de classificação das empresasCritérios de classificação das empresas
Critérios de classificação das empresas
turmaec11a
 
Tipos de empresas
Tipos de empresasTipos de empresas
Tipos de empresas
jacevedo2107
 
Las Sociedades en Comandita Simple
Las Sociedades en Comandita SimpleLas Sociedades en Comandita Simple
Las Sociedades en Comandita Simple
Jordan Alberto Mateo Valdez
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
Rafael Evans
 
Palestra básica tipos de empresas
Palestra básica  tipos de empresasPalestra básica  tipos de empresas
Palestra básica tipos de empresas
R Gómez
 
Tipos de empresa 2
Tipos de empresa 2Tipos de empresa 2
Tipos de empresa 2
damian_639
 
Gestão adm e financ no ens sup balbi
Gestão adm e financ no ens sup balbiGestão adm e financ no ens sup balbi
Gestão adm e financ no ens sup balbi
Joao Balbi
 
Presentación juan david londoño caro tipos de empresa
Presentación juan david londoño caro tipos de empresaPresentación juan david londoño caro tipos de empresa
Presentación juan david londoño caro tipos de empresa
Juan Londoño Caro
 
Decorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de Organização
Decorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de OrganizaçãoDecorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de Organização
Decorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de Organização
Admturmapita
 
Estrutura da empresa
Estrutura da empresaEstrutura da empresa
Estrutura da empresa
Sonia Batista
 
APOSTILA G
APOSTILA GAPOSTILA G
APOSTILA G
Mariana Abas
 
Empresa privada
Empresa privada Empresa privada
Empresa privada
Ester R. Camargo
 
La Empresa y su gestión Con audio
La Empresa y su gestión   Con audioLa Empresa y su gestión   Con audio
La Empresa y su gestión Con audio
Ledy Cabrera
 
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionadosClassificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
R Gómez
 

Destaque (20)

Tipos de empresas
Tipos de empresasTipos de empresas
Tipos de empresas
 
Tipos de empresa
Tipos de empresaTipos de empresa
Tipos de empresa
 
Tipos de empresas e Sociedades
Tipos de empresas e SociedadesTipos de empresas e Sociedades
Tipos de empresas e Sociedades
 
Critérios de classificação das empresas
Critérios de classificação das empresasCritérios de classificação das empresas
Critérios de classificação das empresas
 
Tipos de organização
Tipos de organizaçãoTipos de organização
Tipos de organização
 
Critérios de classificação das empresas
Critérios de classificação das empresasCritérios de classificação das empresas
Critérios de classificação das empresas
 
Tipos de empresas
Tipos de empresasTipos de empresas
Tipos de empresas
 
Tipos de empresa
Tipos de empresaTipos de empresa
Tipos de empresa
 
Las Sociedades en Comandita Simple
Las Sociedades en Comandita SimpleLas Sociedades en Comandita Simple
Las Sociedades en Comandita Simple
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
 
Palestra básica tipos de empresas
Palestra básica  tipos de empresasPalestra básica  tipos de empresas
Palestra básica tipos de empresas
 
Tipos de empresa 2
Tipos de empresa 2Tipos de empresa 2
Tipos de empresa 2
 
Gestão adm e financ no ens sup balbi
Gestão adm e financ no ens sup balbiGestão adm e financ no ens sup balbi
Gestão adm e financ no ens sup balbi
 
Presentación juan david londoño caro tipos de empresa
Presentación juan david londoño caro tipos de empresaPresentación juan david londoño caro tipos de empresa
Presentación juan david londoño caro tipos de empresa
 
Decorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de Organização
Decorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de OrganizaçãoDecorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de Organização
Decorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de Organização
 
Estrutura da empresa
Estrutura da empresaEstrutura da empresa
Estrutura da empresa
 
APOSTILA G
APOSTILA GAPOSTILA G
APOSTILA G
 
Empresa privada
Empresa privada Empresa privada
Empresa privada
 
La Empresa y su gestión Con audio
La Empresa y su gestión   Con audioLa Empresa y su gestión   Con audio
La Empresa y su gestión Con audio
 
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionadosClassificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
 

Semelhante a Tipos de Empresas

RPBA - O Planeamento das Grandes Empresas - 29.10.2013
RPBA - O Planeamento das Grandes Empresas - 29.10.2013RPBA - O Planeamento das Grandes Empresas - 29.10.2013
RPBA - O Planeamento das Grandes Empresas - 29.10.2013
Ricardo da Palma Borges & Associados - Sociedade de Advogados, S.P., R.L.
 
Montarempresa
MontarempresaMontarempresa
Montarempresa
Penttágono
 
Palestra PUC
Palestra PUCPalestra PUC
Palestra PUC
Delton Reis
 
Aspectos jurídicos para startups
Aspectos jurídicos para startups Aspectos jurídicos para startups
Aspectos jurídicos para startups
Elizabeth Alves Fernandes
 
Wsi -seja_legal_20120216
Wsi  -seja_legal_20120216Wsi  -seja_legal_20120216
Wsi -seja_legal_20120216
Heloisa Motoki
 
Trabalho ae&s pronto
Trabalho ae&s prontoTrabalho ae&s pronto
Trabalho ae&s pronto
Francisco Cleber Soares Souza
 
Reforma tributária jun 2021
Reforma tributária jun 2021Reforma tributária jun 2021
Reforma tributária jun 2021
ConsuaresAssessoria
 
tipos de empresas.docx
tipos de empresas.docxtipos de empresas.docx
tipos de empresas.docx
Daiani Wagner
 
Empresas no Exterior
Empresas no ExteriorEmpresas no Exterior
Empresas no Exterior
Eliel Soares de Paula
 
Aula 03 princípios contabéis + composição do patrimônio
Aula 03   princípios contabéis + composição do patrimônioAula 03   princípios contabéis + composição do patrimônio
Aula 03 princípios contabéis + composição do patrimônio
Raul Alberto
 
Análise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento FinanceiroAnálise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento Financeiro
consulte
 
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptxAula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
SheilaCortes2
 
Terceirização e Empreendedorismo
Terceirização e EmpreendedorismoTerceirização e Empreendedorismo
Terceirização e Empreendedorismo
Turmadomarcondes
 
Sociedade Empresária Limitada.pdf
Sociedade Empresária Limitada.pdfSociedade Empresária Limitada.pdf
Sociedade Empresária Limitada.pdf
RafaelWGM13
 
Dicas formalize sua empresa
Dicas formalize sua empresaDicas formalize sua empresa
Dicas formalize sua empresa
apostilacontabil
 
Fenacon 159 b
Fenacon 159 bFenacon 159 b
Contabilidade Empresarial_Aspectos Iniciais.pptx
Contabilidade Empresarial_Aspectos Iniciais.pptxContabilidade Empresarial_Aspectos Iniciais.pptx
Contabilidade Empresarial_Aspectos Iniciais.pptx
Pedro Luis Moraes
 
Artigo diagnóstico trabalhista previdenciário recuperação
Artigo diagnóstico trabalhista  previdenciário   recuperaçãoArtigo diagnóstico trabalhista  previdenciário   recuperação
Artigo diagnóstico trabalhista previdenciário recuperação
Prof Hamilton Marin
 
Guia Simples Nacional.pdf
Guia Simples Nacional.pdfGuia Simples Nacional.pdf
Guia Simples Nacional.pdf
JeffersonDanzer1
 
Estrutura de capital da empresa.docx
Estrutura de capital da empresa.docxEstrutura de capital da empresa.docx
Estrutura de capital da empresa.docx
manueltsibia
 

Semelhante a Tipos de Empresas (20)

RPBA - O Planeamento das Grandes Empresas - 29.10.2013
RPBA - O Planeamento das Grandes Empresas - 29.10.2013RPBA - O Planeamento das Grandes Empresas - 29.10.2013
RPBA - O Planeamento das Grandes Empresas - 29.10.2013
 
Montarempresa
MontarempresaMontarempresa
Montarempresa
 
Palestra PUC
Palestra PUCPalestra PUC
Palestra PUC
 
Aspectos jurídicos para startups
Aspectos jurídicos para startups Aspectos jurídicos para startups
Aspectos jurídicos para startups
 
Wsi -seja_legal_20120216
Wsi  -seja_legal_20120216Wsi  -seja_legal_20120216
Wsi -seja_legal_20120216
 
Trabalho ae&s pronto
Trabalho ae&s prontoTrabalho ae&s pronto
Trabalho ae&s pronto
 
Reforma tributária jun 2021
Reforma tributária jun 2021Reforma tributária jun 2021
Reforma tributária jun 2021
 
tipos de empresas.docx
tipos de empresas.docxtipos de empresas.docx
tipos de empresas.docx
 
Empresas no Exterior
Empresas no ExteriorEmpresas no Exterior
Empresas no Exterior
 
Aula 03 princípios contabéis + composição do patrimônio
Aula 03   princípios contabéis + composição do patrimônioAula 03   princípios contabéis + composição do patrimônio
Aula 03 princípios contabéis + composição do patrimônio
 
Análise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento FinanceiroAnálise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento Financeiro
 
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptxAula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
 
Terceirização e Empreendedorismo
Terceirização e EmpreendedorismoTerceirização e Empreendedorismo
Terceirização e Empreendedorismo
 
Sociedade Empresária Limitada.pdf
Sociedade Empresária Limitada.pdfSociedade Empresária Limitada.pdf
Sociedade Empresária Limitada.pdf
 
Dicas formalize sua empresa
Dicas formalize sua empresaDicas formalize sua empresa
Dicas formalize sua empresa
 
Fenacon 159 b
Fenacon 159 bFenacon 159 b
Fenacon 159 b
 
Contabilidade Empresarial_Aspectos Iniciais.pptx
Contabilidade Empresarial_Aspectos Iniciais.pptxContabilidade Empresarial_Aspectos Iniciais.pptx
Contabilidade Empresarial_Aspectos Iniciais.pptx
 
Artigo diagnóstico trabalhista previdenciário recuperação
Artigo diagnóstico trabalhista  previdenciário   recuperaçãoArtigo diagnóstico trabalhista  previdenciário   recuperação
Artigo diagnóstico trabalhista previdenciário recuperação
 
Guia Simples Nacional.pdf
Guia Simples Nacional.pdfGuia Simples Nacional.pdf
Guia Simples Nacional.pdf
 
Estrutura de capital da empresa.docx
Estrutura de capital da empresa.docxEstrutura de capital da empresa.docx
Estrutura de capital da empresa.docx
 

Mais de Governo do Estado de São Paulo

pedagogia de projetos
pedagogia de projetospedagogia de projetos
pedagogia de projetos
Governo do Estado de São Paulo
 
escola leitora
escola leitoraescola leitora
dislexia
dislexiadislexia
dificuldades de aprendizagem escolar
dificuldades de aprendizagem escolardificuldades de aprendizagem escolar
dificuldades de aprendizagem escolar
Governo do Estado de São Paulo
 
Literatura brasileira
Literatura brasileiraLiteratura brasileira
Literatura brasileira
Governo do Estado de São Paulo
 
1 de dezembro Dia mundial da luta contra a AIDS
1 de dezembro Dia mundial da luta contra a AIDS1 de dezembro Dia mundial da luta contra a AIDS
1 de dezembro Dia mundial da luta contra a AIDS
Governo do Estado de São Paulo
 
A relação íntima entre opressores e oprimidos
A relação íntima entre opressores e oprimidosA relação íntima entre opressores e oprimidos
A relação íntima entre opressores e oprimidos
Governo do Estado de São Paulo
 
Proyecto portuñol en una escuela brasilera de educación infantil
Proyecto portuñol en una escuela brasilera de educación infantilProyecto portuñol en una escuela brasilera de educación infantil
Proyecto portuñol en una escuela brasilera de educación infantil
Governo do Estado de São Paulo
 
Linguagem do Corpo e Linguagem Pictórica
Linguagem do Corpo e Linguagem PictóricaLinguagem do Corpo e Linguagem Pictórica
Linguagem do Corpo e Linguagem Pictórica
Governo do Estado de São Paulo
 
Linguagem do Corpo
Linguagem do CorpoLinguagem do Corpo
Linguagem Pictórica: estéticas
Linguagem Pictórica: estéticasLinguagem Pictórica: estéticas
Linguagem Pictórica: estéticas
Governo do Estado de São Paulo
 
linguagem pictórica: elementos visuais
linguagem pictórica: elementos visuaislinguagem pictórica: elementos visuais
linguagem pictórica: elementos visuais
Governo do Estado de São Paulo
 
Escritos de educação por Pierre Bourdieu
Escritos de educação por Pierre BourdieuEscritos de educação por Pierre Bourdieu
Escritos de educação por Pierre Bourdieu
Governo do Estado de São Paulo
 
Pedagogia hospitalar formação e trabalho docente
Pedagogia hospitalar formação e trabalho docentePedagogia hospitalar formação e trabalho docente
Pedagogia hospitalar formação e trabalho docente
Governo do Estado de São Paulo
 
O perfil da educação de jovens e adultos na cidade de Ferraz de Vasconcelos
O perfil da educação de jovens e adultos na cidade de Ferraz de VasconcelosO perfil da educação de jovens e adultos na cidade de Ferraz de Vasconcelos
O perfil da educação de jovens e adultos na cidade de Ferraz de Vasconcelos
Governo do Estado de São Paulo
 
El perfil de la educación de jóvenes y adultos en la ciudad de Ferraz de Vasc...
El perfil de la educación de jóvenes y adultos en la ciudad de Ferraz de Vasc...El perfil de la educación de jóvenes y adultos en la ciudad de Ferraz de Vasc...
El perfil de la educación de jóvenes y adultos en la ciudad de Ferraz de Vasc...
Governo do Estado de São Paulo
 
O perfil dos alunos do ensino médio frente à sexualidade
O perfil dos alunos do ensino médio frente à sexualidadeO perfil dos alunos do ensino médio frente à sexualidade
O perfil dos alunos do ensino médio frente à sexualidade
Governo do Estado de São Paulo
 
Posse do grêmio estudantil 2017
Posse do grêmio estudantil 2017Posse do grêmio estudantil 2017
Posse do grêmio estudantil 2017
Governo do Estado de São Paulo
 
orientações tcc facab 18 03 2017
orientações tcc facab 18 03 2017orientações tcc facab 18 03 2017
orientações tcc facab 18 03 2017
Governo do Estado de São Paulo
 
O que se fala, (não) se escreve
O que se fala, (não) se escreveO que se fala, (não) se escreve
O que se fala, (não) se escreve
Governo do Estado de São Paulo
 

Mais de Governo do Estado de São Paulo (20)

pedagogia de projetos
pedagogia de projetospedagogia de projetos
pedagogia de projetos
 
escola leitora
escola leitoraescola leitora
escola leitora
 
dislexia
dislexiadislexia
dislexia
 
dificuldades de aprendizagem escolar
dificuldades de aprendizagem escolardificuldades de aprendizagem escolar
dificuldades de aprendizagem escolar
 
Literatura brasileira
Literatura brasileiraLiteratura brasileira
Literatura brasileira
 
1 de dezembro Dia mundial da luta contra a AIDS
1 de dezembro Dia mundial da luta contra a AIDS1 de dezembro Dia mundial da luta contra a AIDS
1 de dezembro Dia mundial da luta contra a AIDS
 
A relação íntima entre opressores e oprimidos
A relação íntima entre opressores e oprimidosA relação íntima entre opressores e oprimidos
A relação íntima entre opressores e oprimidos
 
Proyecto portuñol en una escuela brasilera de educación infantil
Proyecto portuñol en una escuela brasilera de educación infantilProyecto portuñol en una escuela brasilera de educación infantil
Proyecto portuñol en una escuela brasilera de educación infantil
 
Linguagem do Corpo e Linguagem Pictórica
Linguagem do Corpo e Linguagem PictóricaLinguagem do Corpo e Linguagem Pictórica
Linguagem do Corpo e Linguagem Pictórica
 
Linguagem do Corpo
Linguagem do CorpoLinguagem do Corpo
Linguagem do Corpo
 
Linguagem Pictórica: estéticas
Linguagem Pictórica: estéticasLinguagem Pictórica: estéticas
Linguagem Pictórica: estéticas
 
linguagem pictórica: elementos visuais
linguagem pictórica: elementos visuaislinguagem pictórica: elementos visuais
linguagem pictórica: elementos visuais
 
Escritos de educação por Pierre Bourdieu
Escritos de educação por Pierre BourdieuEscritos de educação por Pierre Bourdieu
Escritos de educação por Pierre Bourdieu
 
Pedagogia hospitalar formação e trabalho docente
Pedagogia hospitalar formação e trabalho docentePedagogia hospitalar formação e trabalho docente
Pedagogia hospitalar formação e trabalho docente
 
O perfil da educação de jovens e adultos na cidade de Ferraz de Vasconcelos
O perfil da educação de jovens e adultos na cidade de Ferraz de VasconcelosO perfil da educação de jovens e adultos na cidade de Ferraz de Vasconcelos
O perfil da educação de jovens e adultos na cidade de Ferraz de Vasconcelos
 
El perfil de la educación de jóvenes y adultos en la ciudad de Ferraz de Vasc...
El perfil de la educación de jóvenes y adultos en la ciudad de Ferraz de Vasc...El perfil de la educación de jóvenes y adultos en la ciudad de Ferraz de Vasc...
El perfil de la educación de jóvenes y adultos en la ciudad de Ferraz de Vasc...
 
O perfil dos alunos do ensino médio frente à sexualidade
O perfil dos alunos do ensino médio frente à sexualidadeO perfil dos alunos do ensino médio frente à sexualidade
O perfil dos alunos do ensino médio frente à sexualidade
 
Posse do grêmio estudantil 2017
Posse do grêmio estudantil 2017Posse do grêmio estudantil 2017
Posse do grêmio estudantil 2017
 
orientações tcc facab 18 03 2017
orientações tcc facab 18 03 2017orientações tcc facab 18 03 2017
orientações tcc facab 18 03 2017
 
O que se fala, (não) se escreve
O que se fala, (não) se escreveO que se fala, (não) se escreve
O que se fala, (não) se escreve
 

Tipos de Empresas

  • 1. CamilaAlencar Bandeira Santos Felipe Nogueira Leite MirianCristina Diniz Rafael Correia Lima Profª Flavia Frate
  • 3.  Faturamento Anual Até R$ 360.000,00  Número de Empregados Indústria: até 19 Comércio e Serviços: até 9  Exemplos: Limitada ou LTDA  Sociedade com responsabilidade Ilimitada  Vantagens A configuração administrativa e os custos de manutenção são baixos, relativamente poucas exigências regulatórias. O proprietário é tributado apenas uma vez em sua devolução de imposto de renda pessoal.  Desvantagens O proprietário é pessoalmente responsável pelas ações da empresa. Cada sócio é responsável pelos acordos comerciais de outros sócios. Se o sócio A entrar em um negócio muito ruim com o nome da sociedade, então todos os outros sócios são responsáveis por terem cumprido aquele contrato.
  • 5.  Faturamento Anual De R$ 360.000,01 até R$ 3.600.000,00  Número de Empregados Indústria: de 20 a 99 Comércio e Serviços: 10 a 49  Exemplos: Limitada ou LTDA  Sociedade com responsabilidade limitada  Vantagens O proprietário é tributado apenas uma vez em sua devolução de imposto de renda pessoal.  Desvantagens Exigências administrativas e processuais mais complexas do que uma sociedade com responsabilidade ilimitada.As sociedades com responsabilidade ilimitada ainda têm responsabilidade pessoal, isto faz sentido se existem numerosos investidores passivos que desejam limitar suas responsabilidades.
  • 6.  Faturamento Anual De 60 milhões até 10,5 milhões (BNDES)  Número de Empregados Indústria: 100 a 499 Comércio e Serviços:50 a 99  Exemplos: C ou S (Corporação) ou LLC.  C – Corporação  Vantagens Os acionistas não são pessoalmente responsáveis. A propriedade é facilmente trocada entre os indivíduos. A empresa não para de existir com a morte dos proprietários. Fácil estrutura para levantar capital.  Desvantagens Os proprietários são tributados duas vezes. Custos administrativos altos para a abertura e a administração. Mais exigências regulatórias que outras estruturas.
  • 8.  Faturamento Anual Superior a R$ 60 milhões (BNDES)  Número de Empregados Indústria: mais de 500 Comércio e Serviços: mais de 100  Exemplos: C ou S (Corporação) ou LLC.  S – Corporação  Vantagens Os proprietários são tributados apenas uma vez. Os acionistas não são pessoalmente responsáveis.  Desvantagens Custos administrativos mais altos para a abertura e a administração do que as sociedades e as empresas individuais. Mais regulamentações do que as sociedades e as empresas individuais. Determinadas limitações quanto a quem pode ser um proprietário (cidadãos norte-americanos, etc).
  • 10.  SEBRAE/SC. Legislação – Critérios de Classificação de Empresas: MEI – ME – EPP. Disponível em: http://www.sebrae- sc.com.br/leis/default.asp?vcdtexto=4154 Acesso em: 04/08/2015.  BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.  REVISTA EXAME http://exame.abril.com.br/revista- exame/pme/2015/as-pequenas-e-medias-empresas-que- mais-cresceram-no-brasil-2015/Exame-PME-2015- Ranking.pdf.