SlideShare uma empresa Scribd logo
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Rotulagem Nutricional
de Alimentos
XVI ENAAL 2009 – Encontro Nacional de
Analistas de Alimentos
II Congresso Latino Americano de Analista de
Alimentos
Gerência de Produtos Especiais
GGALI/ANVISA
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Missão da ANVISA
Proteger e promover a saúde da população
garantindo a segurança sanitária de
produtos e serviços e participando da
construção do seu acesso
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Informações corretas 
credibilidade
 Proporcionar escolhas de
alimentos mais saudáveis
Principais objetivos
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Diretrizes sobre rotulagem nutricional
CAC/GL 2-1985, Rev. 1- 1993
• Obrigatória - para os alimentos que fazem declaração de
propriedades nutricionais (claim nutricional)
 O que se declara?
Valor energético, carboidratos, proteínas e gorduras
• Voluntária – para os demais alimentos
• Ácidos graxos trans – decisão dos governos
Codex Alimentarius –
FAO/OMS
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
• Israel (1993)
• Estados Unidos (1994)
• Brasil (09/2001) – Resolução ANVISA RDC n. 40/01
• Austrália (12/2002)
• Nova Zelândia (12/2002)
• Canadá (01/2003)
• Malásia (09/2003)
• Mercosul – Uruguai / Paraguai / Argentina (08/2006)
Rotulagem Nutricional
Obrigatória
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Rotulagem Nutricional de Alimentos Embalados
• Estabelece a obrigatoridade
• Define nutrientes
• Prazo para adequação – 01/08/2006
 Rotulagem Nutricional de Alimentos Embalados -
Resolução GMC 44, de 10/12/2003
 Porções de Alimentos Embalados para Fins de
Rotulagem Nutricional - Resolução GMC 47, de 10/12/2003
Mercosul
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Política Nacional de Alimentação
e Nutrição/PNAN
Portaria MS nº 710/99
Diretrizes voltadas para redução da prevalência de doenças
nutricionais e orientação para consumo de alimentos
saudáveis
Brasil - Antecedentes
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Rotulagem Nutricional de Alimentos
Embalados - Resolução Anvisa RDC nº 360/2003
 Porções de Alimentos Embalados para
Fins de Rotulagem Nutricional - Resolução
Anvisa RDC nº 359/2003
Brasil - Legislações
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Alimentos excluídos da obrigatoriedade
 Nutrientes de declaração obrigatória
 Declaração obrigatória da medida caseira
 Percentual de Valor Diário (%VD) com base
em uma alimentação diária de 2000 kcal
 Declaração simplificada de nutrientes
 Declaração de kcal e kJ
O que mudou?
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Âmbito de Aplicação
Todos os alimentos e bebidas
produzidos, comercializados e
embalados na ausência do cliente
e prontos para oferta ao consumidor
Como saber se o produto
precisa apresentar informação
nutricional?
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Águas minerais e demais águas envasadas
 Bebidas alcoólicas
 Aditivos alimentares e coadjuvantes
de tecnologia
 Especiarias
 Vinagres
 Sal
Quais produtos estão
dispensados?
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Café, erva-mate, chá e outros sem
adição de outros ingredientes - Ex: chá
com açúcar
 Alimentos preparados e embalados
em restaurantes e estabelecimentos
comerciais -Ex: sobremesas
 Produtos fracionados nos pontos de
venda a varejo - Ex: queijos, presuntos e
salames
Quais produtos estão dispensados?
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Frutas, vegetais e carnes in
natura, refrigerados ou congelados
 Embalagens menores que 100 cm2
 não se aplica a alimentos para
fins especiais e com declarações
de propriedades nutricionais
Quais produtos estão dispensados?
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
 Toda inscrição destinada a informar ao
consumidor sobre as propriedades nutricionais
de um alimento
Compreende:
 declaração de valor energético e nutrientes
 declaração de propriedades nutricionais (informação
nutricional complementar ou claim nutricional)
O que é rotulagem nutricional?
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
É qualquer representação que afirme,
sugira ou implique que um produto possui
propriedades nutricionais em relação ao
seu valor energético, conteúdo de
proteínas, gorduras, carboidratos, fibra
alimentar, vitaminas e minerais.
O que é declaração de
propriedades nutricionais (INC)?
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Que nutrientes devem ser
declarados?
• Valor energético – kcal e kJ
• Carboidratos - gramas
• Proteínas - gramas
• Gorduras totais – gramas
• Gorduras saturadas – gramas
• Gorduras trans* - gramas
• Fibra alimentar - gramas
• Sódio – miligramas
*Folder - http://www.anvisa.gov.br/alimentos/gordura_trans.pdf
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Que nutrientes devem ser
declarados?
 Quando for realizada INC sobre a quantidade
e ou tipo de:
• carboidratos: deve ser indicada a quantidade de açúcares
(total de mono e dissacarídeos presentes no alimentos) e do(s)
carboidrato(s) objeto(s) da declaração. Podem também se
declaradas as quantidades de amido e outros carboidratos.
• gorduras e ou ácidos graxos e ou colesterol: deve ser
indicada a quantidade de gorduras saturadas, trans,
monoinsaturadas, poliinsaturadas e colesterol
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Que nutrientes devem ser
declarados?
 Exemplo: Claim nutricional – Baixo teor de açúcares
Valor energético
Carboidratos
Açúcares
Proteínas
Gorduras totais
Gorduras saturadas
Gorduras trans
Fibra alimentar
Sódio
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Que nutrientes devem ser
declarados?
 Exemplo: Claim nutricional: Baixo (light) em gorduras
totais
Valor energético
Carboidratos
Proteínas
Gorduras totais
Gorduras saturadas
Gorduras trans
Gorduras monoinsaturadas
Gorduras poliinsaturadas
Colesterol
Fibra alimentar e Sódio
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Que nutrientes devem ser
declarados?
 A quantidade de qualquer nutriente(s) sobre
o(s) qual(is) se faça(m) INC
 Exemplo: Fonte de vitamina A
Valor energético
Carboidratos
Proteínas
Gorduras totais
Gorduras saturadas
Gorduras trans
Fibra alimentar
Sódio
Vitamina A
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Que nutrientes devem ser
declarados?
 Optativamente podem ser declarados
vitaminas e minerais
 quantidade igual ou superior a 5% da IDR
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Que informações devem ser
apresentadas?
 Porção
• Grama ou miligrama
• Medida caseira
 Percentual de Valor Diário (% VD)*
• Usar Valores Diários de Referência (VDR) e
Ingestão Diária Recomendada (IDR)
* (%VD) não estabelecido para gorduras trans, mono e poliinsaturadas
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
O que é Porção?
 Quantidade média do alimento que
deve ser consumida por pessoas sadias,
maiores de 36 meses, em cada ocasião
de consumo com a finalidade de promover
uma alimentação saudável
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Valores Diários (VD)
Valor energético – 2000 kcal
Carboidratos – 300 g
Proteínas – 75 g
Gorduras totais – 55 g
Gorduras saturadas – 22 g
Fibra alimentar – 25 g
Sódio 2400 mg
Colesterol – 300 mg
Cálcio – 1000 mg
Ferro – 14 mg
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Modelo de
rotulagem
nutricional
INFORMAÇÃO NUTRICIONAL
Porção de __ g/ ml (medida caseira)
Quantidade por porção % VD(*)
Valor Energético kcal = kJ
Carboidratos g
Proteínas g
Gorduras totais g
Gorduras Saturadas g
Gorduras Trans g --
Fibra Alimentar g
Sódio mg
Outros Minerais (1) mg ou µg
Vitaminas (1) mg ou µg
* Valores Diários de referência com base em uma dieta de
2.000 kcal ou 8400 kJ. Seus valores diários podem ser
maiores ou menores dependendo de suas necessidades
energéticas.
(1) Quando declarados
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Exemplo de
declaração
simplificada
Opção 1
Amido de Milho
INFORMAÇÃO NUTRICIONAL
Porção de 20 g (1 colher de sopa)
Quantidade por porção % VD(*)
Valor Energético 70 kcal = 293 kJ 4 %
Carboidratos 18 g 6%
Proteínas 0 g 0 %
Gorduras totais 0 g 0 %
Gorduras
Saturadas
0 g 0 %
Gorduras Trans 0 mg 0 %
Fibra Alimentar 0 g 0 %
Sódio 0 mg 0 %
* Valores Diários de referência com base em uma dieta
de 2.000 Kcal ou 8400 kJ. Seus valores diários podem
ser maiores ou menores dependendo de suas
necessidades energéticas.
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Exemplo de
declaração
simplificada
Opção 2
Incluir frase abaixo
da tabela
Amido de Milho
INFORMAÇÃO NUTRICIONAL
Porção de 20 g (1 colher de sopa)
Quantidade por porção % VD(*)
Valor
Energético
70 kcal = 293 kJ 4 %
Carboidratos 18 g 6%
Não contém quantidades significativas de proteínas,
gorduras totais, gorduras saturadas, gorduras trans,
fibra alimentar e sódio
* Valores Diários de referência com base em uma dieta
de 2.000 Kcal ou 8400 kJ. Seus valores diários podem
ser maiores ou menores dependendo de suas
necessidades energéticas.
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Informações do sítio
eletrônico ANVISA
www.anvisa.gov.br - Áreas de Atuação – Alimentos – Legislação –
Legislação Específica da área por assunto – Rotulagem de
Alimentos
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
www.anvisa.gov.br - Áreas de Atuação – Alimentos – Rótulos de
Alimentos
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
rotulagem nutricional
Agência Nacional
de Vigilância Sanitária
www.anvisa.gov.br
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Leitura de rotulos de alimentos
Leitura de rotulos de alimentosLeitura de rotulos de alimentos
Leitura de rotulos de alimentos
Flavio Roberto De Menezes
 
Aula alimentos funcionais
Aula   alimentos funcionaisAula   alimentos funcionais
Aula alimentos funcionais
nivia mac
 
Técnica e dietética: carnes, cereais, açúcares, gorduras e bebidas
Técnica e dietética: carnes, cereais, açúcares, gorduras e bebidasTécnica e dietética: carnes, cereais, açúcares, gorduras e bebidas
Técnica e dietética: carnes, cereais, açúcares, gorduras e bebidas
KetlenBatista
 
Técnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentos
Técnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentosTécnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentos
Técnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentos
KetlenBatista
 
Aula 1 definição, classificação.
Aula 1  definição, classificação.Aula 1  definição, classificação.
Aula 1 definição, classificação.
Nágela Magave
 
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão 2022 1.ppt
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão  2022 1.pptAula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão  2022 1.ppt
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão 2022 1.ppt
DaniCatuzzo
 
Rotulagem
RotulagemRotulagem
Avaliação Nutricional de Idoso
 Avaliação Nutricional de Idoso Avaliação Nutricional de Idoso
Avaliação Nutricional de Idoso
Keylla Tayne
 
Bromatologia- lipidios
Bromatologia- lipidiosBromatologia- lipidios
Bromatologia- lipidios
Renata Medeiros
 
Consumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializadosConsumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializados
Luanna Delfino
 
Alterações em alimentos
Alterações em alimentosAlterações em alimentos
Alterações em alimentos
GabsSerra
 
Aula 1 introdução tpoa
Aula 1   introdução tpoaAula 1   introdução tpoa
Aula 1 introdução tpoa
JosyeGirllan Viana
 
Carnes - Bioqúimica das carnes: Frango, Gado, Suíno.
Carnes - Bioqúimica das carnes: Frango, Gado, Suíno. Carnes - Bioqúimica das carnes: Frango, Gado, Suíno.
Carnes - Bioqúimica das carnes: Frango, Gado, Suíno.
Karen Zanferrari
 
Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1
Clelia Picinin
 
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato EtéreoAula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
Jaqueline Almeida
 
CFN - Conselho Federal de Nutricionistas
CFN - Conselho Federal de NutricionistasCFN - Conselho Federal de Nutricionistas
CFN - Conselho Federal de Nutricionistas
crn8
 
Macronutrientes
MacronutrientesMacronutrientes
Macronutrientes
Prof. Saulo Bezerra
 
Gestores de uan
Gestores de uanGestores de uan
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
Katiucia Ferreira
 
Ne avaliação da qualidade protéica
Ne   avaliação da qualidade protéicaNe   avaliação da qualidade protéica
Ne avaliação da qualidade protéica
Eric Liberato
 

Mais procurados (20)

Leitura de rotulos de alimentos
Leitura de rotulos de alimentosLeitura de rotulos de alimentos
Leitura de rotulos de alimentos
 
Aula alimentos funcionais
Aula   alimentos funcionaisAula   alimentos funcionais
Aula alimentos funcionais
 
Técnica e dietética: carnes, cereais, açúcares, gorduras e bebidas
Técnica e dietética: carnes, cereais, açúcares, gorduras e bebidasTécnica e dietética: carnes, cereais, açúcares, gorduras e bebidas
Técnica e dietética: carnes, cereais, açúcares, gorduras e bebidas
 
Técnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentos
Técnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentosTécnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentos
Técnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentos
 
Aula 1 definição, classificação.
Aula 1  definição, classificação.Aula 1  definição, classificação.
Aula 1 definição, classificação.
 
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão 2022 1.ppt
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão  2022 1.pptAula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão  2022 1.ppt
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão 2022 1.ppt
 
Rotulagem
RotulagemRotulagem
Rotulagem
 
Avaliação Nutricional de Idoso
 Avaliação Nutricional de Idoso Avaliação Nutricional de Idoso
Avaliação Nutricional de Idoso
 
Bromatologia- lipidios
Bromatologia- lipidiosBromatologia- lipidios
Bromatologia- lipidios
 
Consumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializadosConsumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializados
 
Alterações em alimentos
Alterações em alimentosAlterações em alimentos
Alterações em alimentos
 
Aula 1 introdução tpoa
Aula 1   introdução tpoaAula 1   introdução tpoa
Aula 1 introdução tpoa
 
Carnes - Bioqúimica das carnes: Frango, Gado, Suíno.
Carnes - Bioqúimica das carnes: Frango, Gado, Suíno. Carnes - Bioqúimica das carnes: Frango, Gado, Suíno.
Carnes - Bioqúimica das carnes: Frango, Gado, Suíno.
 
Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1
 
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato EtéreoAula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
 
CFN - Conselho Federal de Nutricionistas
CFN - Conselho Federal de NutricionistasCFN - Conselho Federal de Nutricionistas
CFN - Conselho Federal de Nutricionistas
 
Macronutrientes
MacronutrientesMacronutrientes
Macronutrientes
 
Gestores de uan
Gestores de uanGestores de uan
Gestores de uan
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
 
Ne avaliação da qualidade protéica
Ne   avaliação da qualidade protéicaNe   avaliação da qualidade protéica
Ne avaliação da qualidade protéica
 

Destaque

Embalagem dos produtos
Embalagem dos produtosEmbalagem dos produtos
Embalagem dos produtos
tiaguinho1
 
Embalagens de vidro
Embalagens de vidroEmbalagens de vidro
Embalagens de vidro
andreiafaion
 
Embalagens de Alimentos
Embalagens de AlimentosEmbalagens de Alimentos
Embalagens de Alimentos
Milton Marcelo
 
Rotulagem
RotulagemRotulagem
Rotulagem
00199600
 
Embalagens para Alimentos
Embalagens para AlimentosEmbalagens para Alimentos
Embalagens para Alimentos
Erivan Witamar
 
Aula 01 embalagens para Alimentos
Aula 01 embalagens para AlimentosAula 01 embalagens para Alimentos
Aula 01 embalagens para Alimentos
LORRANE BRANDÃO
 
Aula embalagens (1)
Aula embalagens (1)Aula embalagens (1)
Aula embalagens (1)
Gisleine Pereira
 
Embalagens e alimentos principais funções
Embalagens e alimentos principais funçõesEmbalagens e alimentos principais funções
Embalagens e alimentos principais funções
Ubaldo Costa
 
Tipos de Embalagens
Tipos de EmbalagensTipos de Embalagens
Tipos de Embalagens
Willian dos Santos Abreu
 

Destaque (9)

Embalagem dos produtos
Embalagem dos produtosEmbalagem dos produtos
Embalagem dos produtos
 
Embalagens de vidro
Embalagens de vidroEmbalagens de vidro
Embalagens de vidro
 
Embalagens de Alimentos
Embalagens de AlimentosEmbalagens de Alimentos
Embalagens de Alimentos
 
Rotulagem
RotulagemRotulagem
Rotulagem
 
Embalagens para Alimentos
Embalagens para AlimentosEmbalagens para Alimentos
Embalagens para Alimentos
 
Aula 01 embalagens para Alimentos
Aula 01 embalagens para AlimentosAula 01 embalagens para Alimentos
Aula 01 embalagens para Alimentos
 
Aula embalagens (1)
Aula embalagens (1)Aula embalagens (1)
Aula embalagens (1)
 
Embalagens e alimentos principais funções
Embalagens e alimentos principais funçõesEmbalagens e alimentos principais funções
Embalagens e alimentos principais funções
 
Tipos de Embalagens
Tipos de EmbalagensTipos de Embalagens
Tipos de Embalagens
 

Semelhante a Rotulagem nutricional anvisa

Rotulagem nutricional
Rotulagem nutricionalRotulagem nutricional
Rotulagem nutricional
Ana Erbênia
 
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Lucas Souza Santos
 
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
Qualikadi Assessoria Técnica
 
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
Daniela Lima
 
Manual Industria
Manual IndustriaManual Industria
Manual Industria
vivinigro
 
Webinar 2_Rotulagem nutricional.pdf
Webinar 2_Rotulagem nutricional.pdfWebinar 2_Rotulagem nutricional.pdf
Webinar 2_Rotulagem nutricional.pdf
AndrFonsecaHerrmann
 
Educação para o consumo saudável
Educação para o consumo saudável Educação para o consumo saudável
Educação para o consumo saudável
Sodexo Beneficios e Incentivos
 
Aula - Diabetes nutrição Técnica Dietética.pdf
Aula  - Diabetes nutrição Técnica Dietética.pdfAula  - Diabetes nutrição Técnica Dietética.pdf
Aula - Diabetes nutrição Técnica Dietética.pdf
VitoriaGarcez1
 
Semaforo nutricional
Semaforo nutricionalSemaforo nutricional
Semaforo nutricional
Karlla Costa
 
Atuação do Nutricionista no Desenvolvimento de Produtos Mais Saudáveis.pdf
Atuação do Nutricionista no Desenvolvimento de Produtos Mais Saudáveis.pdfAtuação do Nutricionista no Desenvolvimento de Produtos Mais Saudáveis.pdf
Atuação do Nutricionista no Desenvolvimento de Produtos Mais Saudáveis.pdf
Rita de Cássia Reis Carvalho
 
Manual rotulagem
Manual rotulagemManual rotulagem
Manual rotulagem
llemoss
 
Seminário ROTULAGEMNUTRICIONAL FARMÁCIA.pdf
Seminário ROTULAGEMNUTRICIONAL FARMÁCIA.pdfSeminário ROTULAGEMNUTRICIONAL FARMÁCIA.pdf
Seminário ROTULAGEMNUTRICIONAL FARMÁCIA.pdf
Dione Mendes
 
Ebook semaforo nutricional
Ebook semaforo nutricionalEbook semaforo nutricional
Ebook semaforo nutricional
Licínia Simões
 
Guia bolso
Guia bolsoGuia bolso
Guia bolso
MCristinaElias
 
Anvisa guia bolso
Anvisa guia bolsoAnvisa guia bolso
Anvisa guia bolso
Karlla Costa
 
Desmistificando duvidas alimentacao
Desmistificando duvidas alimentacaoDesmistificando duvidas alimentacao
Desmistificando duvidas alimentacao
Ana Cristina Souza
 
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Composição Centesimal Alimentos 2020.ppt
Composição Centesimal Alimentos 2020.pptComposição Centesimal Alimentos 2020.ppt
Composição Centesimal Alimentos 2020.ppt
BernardoLopes57
 
Rotulagem Nutricional Obrigatória
Rotulagem Nutricional ObrigatóriaRotulagem Nutricional Obrigatória
Rotulagem Nutricional Obrigatória
Rossita Figueira
 
Manual Rotulagem para Consumidores
Manual Rotulagem para ConsumidoresManual Rotulagem para Consumidores
Manual Rotulagem para Consumidores
Grazi Grazi
 

Semelhante a Rotulagem nutricional anvisa (20)

Rotulagem nutricional
Rotulagem nutricionalRotulagem nutricional
Rotulagem nutricional
 
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
 
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
 
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
Rotulagem nutricional obrigatória manual de orientação às indústrias de alime...
 
Manual Industria
Manual IndustriaManual Industria
Manual Industria
 
Webinar 2_Rotulagem nutricional.pdf
Webinar 2_Rotulagem nutricional.pdfWebinar 2_Rotulagem nutricional.pdf
Webinar 2_Rotulagem nutricional.pdf
 
Educação para o consumo saudável
Educação para o consumo saudável Educação para o consumo saudável
Educação para o consumo saudável
 
Aula - Diabetes nutrição Técnica Dietética.pdf
Aula  - Diabetes nutrição Técnica Dietética.pdfAula  - Diabetes nutrição Técnica Dietética.pdf
Aula - Diabetes nutrição Técnica Dietética.pdf
 
Semaforo nutricional
Semaforo nutricionalSemaforo nutricional
Semaforo nutricional
 
Atuação do Nutricionista no Desenvolvimento de Produtos Mais Saudáveis.pdf
Atuação do Nutricionista no Desenvolvimento de Produtos Mais Saudáveis.pdfAtuação do Nutricionista no Desenvolvimento de Produtos Mais Saudáveis.pdf
Atuação do Nutricionista no Desenvolvimento de Produtos Mais Saudáveis.pdf
 
Manual rotulagem
Manual rotulagemManual rotulagem
Manual rotulagem
 
Seminário ROTULAGEMNUTRICIONAL FARMÁCIA.pdf
Seminário ROTULAGEMNUTRICIONAL FARMÁCIA.pdfSeminário ROTULAGEMNUTRICIONAL FARMÁCIA.pdf
Seminário ROTULAGEMNUTRICIONAL FARMÁCIA.pdf
 
Ebook semaforo nutricional
Ebook semaforo nutricionalEbook semaforo nutricional
Ebook semaforo nutricional
 
Guia bolso
Guia bolsoGuia bolso
Guia bolso
 
Anvisa guia bolso
Anvisa guia bolsoAnvisa guia bolso
Anvisa guia bolso
 
Desmistificando duvidas alimentacao
Desmistificando duvidas alimentacaoDesmistificando duvidas alimentacao
Desmistificando duvidas alimentacao
 
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
 
Composição Centesimal Alimentos 2020.ppt
Composição Centesimal Alimentos 2020.pptComposição Centesimal Alimentos 2020.ppt
Composição Centesimal Alimentos 2020.ppt
 
Rotulagem Nutricional Obrigatória
Rotulagem Nutricional ObrigatóriaRotulagem Nutricional Obrigatória
Rotulagem Nutricional Obrigatória
 
Manual Rotulagem para Consumidores
Manual Rotulagem para ConsumidoresManual Rotulagem para Consumidores
Manual Rotulagem para Consumidores
 

Rotulagem nutricional anvisa

  • 1. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Rotulagem Nutricional de Alimentos XVI ENAAL 2009 – Encontro Nacional de Analistas de Alimentos II Congresso Latino Americano de Analista de Alimentos Gerência de Produtos Especiais GGALI/ANVISA
  • 2. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Missão da ANVISA Proteger e promover a saúde da população garantindo a segurança sanitária de produtos e serviços e participando da construção do seu acesso
  • 3. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Informações corretas  credibilidade  Proporcionar escolhas de alimentos mais saudáveis Principais objetivos
  • 4. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Diretrizes sobre rotulagem nutricional CAC/GL 2-1985, Rev. 1- 1993 • Obrigatória - para os alimentos que fazem declaração de propriedades nutricionais (claim nutricional)  O que se declara? Valor energético, carboidratos, proteínas e gorduras • Voluntária – para os demais alimentos • Ácidos graxos trans – decisão dos governos Codex Alimentarius – FAO/OMS
  • 5. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br • Israel (1993) • Estados Unidos (1994) • Brasil (09/2001) – Resolução ANVISA RDC n. 40/01 • Austrália (12/2002) • Nova Zelândia (12/2002) • Canadá (01/2003) • Malásia (09/2003) • Mercosul – Uruguai / Paraguai / Argentina (08/2006) Rotulagem Nutricional Obrigatória
  • 6. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Rotulagem Nutricional de Alimentos Embalados • Estabelece a obrigatoridade • Define nutrientes • Prazo para adequação – 01/08/2006  Rotulagem Nutricional de Alimentos Embalados - Resolução GMC 44, de 10/12/2003  Porções de Alimentos Embalados para Fins de Rotulagem Nutricional - Resolução GMC 47, de 10/12/2003 Mercosul
  • 7. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Política Nacional de Alimentação e Nutrição/PNAN Portaria MS nº 710/99 Diretrizes voltadas para redução da prevalência de doenças nutricionais e orientação para consumo de alimentos saudáveis Brasil - Antecedentes
  • 8. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Rotulagem Nutricional de Alimentos Embalados - Resolução Anvisa RDC nº 360/2003  Porções de Alimentos Embalados para Fins de Rotulagem Nutricional - Resolução Anvisa RDC nº 359/2003 Brasil - Legislações
  • 9. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Alimentos excluídos da obrigatoriedade  Nutrientes de declaração obrigatória  Declaração obrigatória da medida caseira  Percentual de Valor Diário (%VD) com base em uma alimentação diária de 2000 kcal  Declaração simplificada de nutrientes  Declaração de kcal e kJ O que mudou?
  • 10. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Âmbito de Aplicação Todos os alimentos e bebidas produzidos, comercializados e embalados na ausência do cliente e prontos para oferta ao consumidor Como saber se o produto precisa apresentar informação nutricional?
  • 11. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Águas minerais e demais águas envasadas  Bebidas alcoólicas  Aditivos alimentares e coadjuvantes de tecnologia  Especiarias  Vinagres  Sal Quais produtos estão dispensados?
  • 12. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Café, erva-mate, chá e outros sem adição de outros ingredientes - Ex: chá com açúcar  Alimentos preparados e embalados em restaurantes e estabelecimentos comerciais -Ex: sobremesas  Produtos fracionados nos pontos de venda a varejo - Ex: queijos, presuntos e salames Quais produtos estão dispensados?
  • 13. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Frutas, vegetais e carnes in natura, refrigerados ou congelados  Embalagens menores que 100 cm2  não se aplica a alimentos para fins especiais e com declarações de propriedades nutricionais Quais produtos estão dispensados?
  • 14. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br  Toda inscrição destinada a informar ao consumidor sobre as propriedades nutricionais de um alimento Compreende:  declaração de valor energético e nutrientes  declaração de propriedades nutricionais (informação nutricional complementar ou claim nutricional) O que é rotulagem nutricional?
  • 15. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br É qualquer representação que afirme, sugira ou implique que um produto possui propriedades nutricionais em relação ao seu valor energético, conteúdo de proteínas, gorduras, carboidratos, fibra alimentar, vitaminas e minerais. O que é declaração de propriedades nutricionais (INC)?
  • 16. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Que nutrientes devem ser declarados? • Valor energético – kcal e kJ • Carboidratos - gramas • Proteínas - gramas • Gorduras totais – gramas • Gorduras saturadas – gramas • Gorduras trans* - gramas • Fibra alimentar - gramas • Sódio – miligramas *Folder - http://www.anvisa.gov.br/alimentos/gordura_trans.pdf
  • 17. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Que nutrientes devem ser declarados?  Quando for realizada INC sobre a quantidade e ou tipo de: • carboidratos: deve ser indicada a quantidade de açúcares (total de mono e dissacarídeos presentes no alimentos) e do(s) carboidrato(s) objeto(s) da declaração. Podem também se declaradas as quantidades de amido e outros carboidratos. • gorduras e ou ácidos graxos e ou colesterol: deve ser indicada a quantidade de gorduras saturadas, trans, monoinsaturadas, poliinsaturadas e colesterol
  • 18. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Que nutrientes devem ser declarados?  Exemplo: Claim nutricional – Baixo teor de açúcares Valor energético Carboidratos Açúcares Proteínas Gorduras totais Gorduras saturadas Gorduras trans Fibra alimentar Sódio
  • 19. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Que nutrientes devem ser declarados?  Exemplo: Claim nutricional: Baixo (light) em gorduras totais Valor energético Carboidratos Proteínas Gorduras totais Gorduras saturadas Gorduras trans Gorduras monoinsaturadas Gorduras poliinsaturadas Colesterol Fibra alimentar e Sódio
  • 20. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Que nutrientes devem ser declarados?  A quantidade de qualquer nutriente(s) sobre o(s) qual(is) se faça(m) INC  Exemplo: Fonte de vitamina A Valor energético Carboidratos Proteínas Gorduras totais Gorduras saturadas Gorduras trans Fibra alimentar Sódio Vitamina A
  • 21. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Que nutrientes devem ser declarados?  Optativamente podem ser declarados vitaminas e minerais  quantidade igual ou superior a 5% da IDR
  • 22. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Que informações devem ser apresentadas?  Porção • Grama ou miligrama • Medida caseira  Percentual de Valor Diário (% VD)* • Usar Valores Diários de Referência (VDR) e Ingestão Diária Recomendada (IDR) * (%VD) não estabelecido para gorduras trans, mono e poliinsaturadas
  • 23. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br O que é Porção?  Quantidade média do alimento que deve ser consumida por pessoas sadias, maiores de 36 meses, em cada ocasião de consumo com a finalidade de promover uma alimentação saudável
  • 24. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Valores Diários (VD) Valor energético – 2000 kcal Carboidratos – 300 g Proteínas – 75 g Gorduras totais – 55 g Gorduras saturadas – 22 g Fibra alimentar – 25 g Sódio 2400 mg Colesterol – 300 mg Cálcio – 1000 mg Ferro – 14 mg
  • 25. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Modelo de rotulagem nutricional INFORMAÇÃO NUTRICIONAL Porção de __ g/ ml (medida caseira) Quantidade por porção % VD(*) Valor Energético kcal = kJ Carboidratos g Proteínas g Gorduras totais g Gorduras Saturadas g Gorduras Trans g -- Fibra Alimentar g Sódio mg Outros Minerais (1) mg ou µg Vitaminas (1) mg ou µg * Valores Diários de referência com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas. (1) Quando declarados
  • 26. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Exemplo de declaração simplificada Opção 1 Amido de Milho INFORMAÇÃO NUTRICIONAL Porção de 20 g (1 colher de sopa) Quantidade por porção % VD(*) Valor Energético 70 kcal = 293 kJ 4 % Carboidratos 18 g 6% Proteínas 0 g 0 % Gorduras totais 0 g 0 % Gorduras Saturadas 0 g 0 % Gorduras Trans 0 mg 0 % Fibra Alimentar 0 g 0 % Sódio 0 mg 0 % * Valores Diários de referência com base em uma dieta de 2.000 Kcal ou 8400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.
  • 27. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Exemplo de declaração simplificada Opção 2 Incluir frase abaixo da tabela Amido de Milho INFORMAÇÃO NUTRICIONAL Porção de 20 g (1 colher de sopa) Quantidade por porção % VD(*) Valor Energético 70 kcal = 293 kJ 4 % Carboidratos 18 g 6% Não contém quantidades significativas de proteínas, gorduras totais, gorduras saturadas, gorduras trans, fibra alimentar e sódio * Valores Diários de referência com base em uma dieta de 2.000 Kcal ou 8400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.
  • 28. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br
  • 29. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Informações do sítio eletrônico ANVISA www.anvisa.gov.br - Áreas de Atuação – Alimentos – Legislação – Legislação Específica da área por assunto – Rotulagem de Alimentos
  • 30. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br www.anvisa.gov.br - Áreas de Atuação – Alimentos – Rótulos de Alimentos
  • 31. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br
  • 32. rotulagem nutricional Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Obrigado!