SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Baixar para ler offline
DESIGN DE EMBALAGENS PARA ALIMENTOS,
FERRAMENTA ESSENCIAL DE COMPETITIVIDADE.
Erivan Witamar • EW Design Studio
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
VISÃO GERAL
FUNÇÕES DA EMBALAGEM
PROJETO DESIGN DE EMBALAGENS
INOVAÇÕES
DESIGN ESTRUTURAL
• Materiais
DESIGN GRÁFICO
• Funções e objetivos
20cm
10 cm
10
cm
FUNÇÕES ESSENCIAIS DAS EMBALAGENS
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
FUNÇÕES ESSENCIAIS DA EMBALAGEM
•	CONTENÇÃO
Como conter o porduto?
Líquidos, sólidos densos, alimentos perecíveis, produtos químicos,
medicamentos, itens extremamente pequenos ou extremamente
grandes, produtos de alta tecnologia, produtos com alto valor
agregado.
• SEGURANÇA
Sistemas de fechamento à prova de abertura (acidental
ou intencional); embalagens à prova de falsificação;
selos de qualidade; embalagens seguras para crianças.
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
• PROTEÇÃO
Exigências sanitárias; barreiras contra deterioração do produto
(oxigênio, umidade, agentes oxidantes, contaminação por
bactérias, contaminação por pragas: ratos, baratas, formigas
entre outros).
• CONVENIÊNCIA
Portabilidade; Facilidade de abertura; Fechamento para usos
repetitivos; Dimensões adequadas para o armazenamento
doméstico; Formas ergonômicas; Quantidades que evitem
o desperdício.
FUNÇÕES ESSENCIAIS DA EMBALAGEM
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
• INFORMAÇÃO
O que é o produto?
Como utilizá-lo?
Quando consumir?
Até quando consumir?
Como não se deve consumí-lo?
Por que consumir?
A quem se destina?
FUNÇÕES ESSENCIAIS DA EMBALAGEM
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
• MARKETING - necessidades emocionais
Como potencializar as vendas?
Como conectar-se com o público desejado?
Como a liguagem estrutural e visual pode ajudar?
- 	Desejo de consumir (geração de expectativas);
-	 Capacidade de permanecer na memória;
-	 Identificação com a marca;
-	 Reforço de experiência de marca
	 (confirmação de expectativas).
FUNÇÕES ESSENCIAIS DA EMBALAGEM
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
• AMBIENTAL
- 	Utilização de menos material;
- 	Utilzação de materiais recicláveis, reutilizáveis
	 e biodegradáveis;
- 	Implementar logistíca reversa (recuperação de embalagens);
- 	Descartar adequadamente;
- 	Reduzir o volume de transporte;
- 	Optar por materiais que sejam fabricados utilizando menos
	 recursos naturais e que resultem em menos dejetos químicos.
FUNÇÕES ESSENCIAIS DA EMBALAGEM
PROCESSO DE DESIGN DE EMBALAGENS
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN DE EMBALAGENS • O PROCESSO
FASE 1
Descoberta
• Briefing
(objetivos e expectativas)
• Orientação do time
• Insights de Pesquisa
(mercado e consumidor)
• Pesquisa de campo
4 SEMANAS
FASE 2
Design Estrutural
• Brainstorm
• Conceituação;
• Produção de Esboços
(estruturais) para atender
necessidades funcionais
• Pesquisa de materiais
e fornecedores
• Escolha de alternativas
com maior potencial
• Produção de Modelos
em 3D
• Apresentação
• Orçamento de produção
• Aprovação/Reprovação
• Definição de especificações
4 SEMANAS
FASE 3
Design Gráfico
• Brainstorm
• Conceituação;
• Hierarquia de conteúdos
(textuais)
• Produção de Esboços
(gráfico) para atender
às necessidades de
comunicação
e atratividade
• Layout
• Apresentação
• Aprovação/reprovação;
• Orçamento de produção
• Aprovação/reprovação;
• Arte-Final
4 SEMANAS
FASE 4
Testes pré-produção
• Produção de mock-ups
• Análise visual
• Análise de funcional
• Produção de amostras
• Testes em ambiente real
• Aprovação/Reprovação
• Eventuais ajustes
4 SEMANAS
FASE 5
Produção
• Acompanhamento
de produção
• Implementação
e FeedBack
4 SEMANAS
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN DE EMBALAGENS • O PROJETO
Informações importantes
Limites e Recursos
-	 Qual o montante (verba) foi alocado para o projeto;
-	 Qual a composição deste montante;
-	 Quais os limites na composição do preço final do produto;
-	 Qual a previsão de vendas para o primeiro ciclo de vendas
	 (6 meses, 1 ano);
-	 Qual o tamanho do lote a ser produzido;
DESIGN ESTRUTURAL
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN ESTRUTURAL • NECESSIDADES FUNCIONAIS
Quanto mais commodity
mais a embalagem tem
o poder de diferenciar.
DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS
Embalagens plásticas
Usos mais comuns:
águas, bebidas leves,
bebidas não alcoólicas,
óleos de cozinha.
Benefícios:
-	Versatilidade;
-	 Extrema durabilidade;
-	 Flexibilidade para necessidades técnicas específicas;
-	 Leveza em relação aos demais materiais
	 (exigindo menor consumo de combustível no transporte)
-	 Resistente à água e ao impacto;
-	 Boas propriedades de segurança e higiene;
-	 De produção relativamente barata.
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS
Embalagens de vidro
Usos mais comuns:
molhos, vinhos, bebidas leves, bebidas não alcoólicas, azeite de oliva,
cerveja, cosméticos e medicamentos líquidos.
Benefícios:
-	 Mantém o produto fresco por mais tempo;
-	 Podem proteger produtos fotosensíveis (vidro verde e âmbar);
-	 Pode atingir um alto grau de esterilização;
-	 Ser for adequadamente fechado impossibilita vazamentos,
	 pois é impermeável;
-	 Retém aromas;
-	 Altamente reciclável;
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS
Embalagens de vidro
Principais Características para embalagens
-	 Inércia química;
-	 Retornável e reutilizável;
-	 Não oxidável;
-	 Resistência à perfuração e riscos;
-	 Resistência à tração (arrasto, fricção);
-	 Resistência à temperaturas elevadas
	 e a choque térmico;
-	 Frágil, mas versátil quanto às formas da embalagem.
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS
Embalagens de metal (aço e alumínio)
Usos mais comuns:
Vegetais, frutas, grãos, peixe, pet food, chocolate, refrigerantes, cerveja,
bebidas alcoolicas e não alcoolicas, farináceos, conservas, entre outros.
Tipos:
•	ALUMÍNIO
-	Maleável;
-	Reciclável;
-	 Baixa permeabilidade;
-	 Pouco reativo com água e ar;
-	 Resistente à corrosão;
-	Leve;
-	Atóxico;
-	 Alto consumo de energia na produção;
-	 Versatilidade de formas;
-	 Abundante na natureza.
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS
Embalagens de metal (aço e alumínio)
• AÇO
-	 Elevada resistência mecânica;
-	 Resistência à penetração e riscos (dureza);
-	 Baixa permeabilidade;
-	 Pode ser esterilizado;
-	Reciclabilidade;
-	 Precisa ser revestido para
	 o contato com alimentos.
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS
Embalagens de papel
Usos mais comuns:
Cerca de 40% de todas as embalagens feitas no Brasil são feitas de papel
ou papelão. Desde uma folha de seda para uma fruta até embalagens
microoduladas para transporte de outras embalagens.
Benefícios:
-	 Biodegradável (exceto quando combinado com outros materiais,
	 como filmes plásticos e/ou metálicos);
-	 Infinitas possibilidades de impressão, acabamentos e formas;
-	Leve;
-	Dobrável;
-	 Grande variedade de tipos;
-	 Matriz de formato não é cara (99,99 % dos casos).
DESIGN GRÁFICO
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS
Perfil de consumo:
O que o seu público-alvo valoriza?
-	Preço;
-	Qualidade;
-	Marca;
-	Conveniência;
-	Praticidade;
-	 Impacto ambiental reduzido;
-	Status
Percepção do consumidor
O design gráfico complementa a percepção
dos diferenciais do produto e da marca
(produto + fabricante).
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS
Como se cria afinidade
com o consumidor?
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS
Formas físicas
(Design Estrutural);
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
olio
03
em em papelão microondulado para a venda de produtos horti-fruti em quantidades
s para público AA.
DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS
Materiais utilizados
(Design Estrutural);
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
Portfolio
Oetker/2002
Desenvolvimento de embalagem-display para representantes de
venda, no segmento de chás. Estas embalagens continham
amostras das embalagens de venda para o consumidor final.
DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS
Afinidade entre
consumidor e produto
•	 Formas Gráficas
	 (elementos visuais decorativos e comunicacionais);
•	Cores;
•	Estilo;
•	 Organização visual (hierarquia de elementos);
•	 Apelo, argumento de vendas;
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS
Logotipo do produto
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS
Afinidade entre consumidor e produto
Símbolos.
INOVAÇÕES
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
INOVAÇÕES • FORMA
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
INOVAÇÕES • ESTRUTURA
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
INOVAÇÕES • MATERIAL NA CATEGORIA
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
INOVAÇÕES • FORMA E MATERIAL
E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E .
EW Design Studiowww.ewcom.com.br
INOVAÇÕES • ERGONOMIA E PRATICIDADE
OBRIGADO!
Erivan Witamar
ew@ewcom.com.br
EW Design Studio
www.ewcom.com.br
(11) 3042.8470

Mais conteúdo relacionado

Destaque (14)

Rotulagem Nutricional
Rotulagem NutricionalRotulagem Nutricional
Rotulagem Nutricional
 
Rotulagem
RotulagemRotulagem
Rotulagem
 
Embalagens de vidro
Embalagens de vidroEmbalagens de vidro
Embalagens de vidro
 
Embalagem dos produtos
Embalagem dos produtosEmbalagem dos produtos
Embalagem dos produtos
 
Rotulagem nutricional anvisa
Rotulagem nutricional   anvisaRotulagem nutricional   anvisa
Rotulagem nutricional anvisa
 
Rotulagem Nutricional
Rotulagem NutricionalRotulagem Nutricional
Rotulagem Nutricional
 
Palestra a importância da rotulagem nutricional dos alimentos
Palestra a importância da rotulagem nutricional dos alimentosPalestra a importância da rotulagem nutricional dos alimentos
Palestra a importância da rotulagem nutricional dos alimentos
 
Embalagem para alimentos
Embalagem para alimentosEmbalagem para alimentos
Embalagem para alimentos
 
Embalagens de Alimentos
Embalagens de AlimentosEmbalagens de Alimentos
Embalagens de Alimentos
 
Aula embalagens (1)
Aula embalagens (1)Aula embalagens (1)
Aula embalagens (1)
 
Aula 01 embalagens para Alimentos
Aula 01 embalagens para AlimentosAula 01 embalagens para Alimentos
Aula 01 embalagens para Alimentos
 
Rotulagem de Alimentos
Rotulagem de AlimentosRotulagem de Alimentos
Rotulagem de Alimentos
 
Embalagens e alimentos principais funções
Embalagens e alimentos principais funçõesEmbalagens e alimentos principais funções
Embalagens e alimentos principais funções
 
Tipos de Embalagens
Tipos de EmbalagensTipos de Embalagens
Tipos de Embalagens
 

Semelhante a Embalagens para Alimentos

Design responsabilidade social e sustentabilidade
Design responsabilidade social e sustentabilidadeDesign responsabilidade social e sustentabilidade
Design responsabilidade social e sustentabilidade
Nuno Tasso de Figueiredo
 
Palestra maio 2013
Palestra maio 2013Palestra maio 2013
Palestra maio 2013
auspin
 
CURRICULO JCC e PROJECTOS
CURRICULO JCC e PROJECTOSCURRICULO JCC e PROJECTOS
CURRICULO JCC e PROJECTOS
jose ceitil
 
3 ll 43 apresentação 12-maio
3 ll 43   apresentação 12-maio3 ll 43   apresentação 12-maio
3 ll 43 apresentação 12-maio
newleather
 
PDF da apresentação do Prof. Omar Moore de Madureira- Palestra gepit abril 2014
PDF da apresentação do Prof.  Omar Moore de Madureira- Palestra gepit abril 2014PDF da apresentação do Prof.  Omar Moore de Madureira- Palestra gepit abril 2014
PDF da apresentação do Prof. Omar Moore de Madureira- Palestra gepit abril 2014
Rafael Machado Motta
 

Semelhante a Embalagens para Alimentos (20)

Vantagens do uso do design
Vantagens do uso do designVantagens do uso do design
Vantagens do uso do design
 
Design responsabilidade social e sustentabilidade
Design responsabilidade social e sustentabilidadeDesign responsabilidade social e sustentabilidade
Design responsabilidade social e sustentabilidade
 
Uva selo
Uva seloUva selo
Uva selo
 
Slides Historia e fundamentos projetospdf pt-BR.pdf
Slides Historia e fundamentos projetospdf pt-BR.pdfSlides Historia e fundamentos projetospdf pt-BR.pdf
Slides Historia e fundamentos projetospdf pt-BR.pdf
 
Palestra maio 2013
Palestra maio 2013Palestra maio 2013
Palestra maio 2013
 
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.1.BAI430
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.1.BAI430Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.1.BAI430
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.1.BAI430
 
isbn 9788521204961
isbn 9788521204961isbn 9788521204961
isbn 9788521204961
 
CURRICULO JCC e PROJECTOS
CURRICULO JCC e PROJECTOSCURRICULO JCC e PROJECTOS
CURRICULO JCC e PROJECTOS
 
Polilab Consultoria Empresarial
Polilab Consultoria EmpresarialPolilab Consultoria Empresarial
Polilab Consultoria Empresarial
 
G4 apresentação do andamento do projeto
G4 apresentação do andamento do projetoG4 apresentação do andamento do projeto
G4 apresentação do andamento do projeto
 
Trabalho zago
Trabalho zagoTrabalho zago
Trabalho zago
 
Trabalho zago
Trabalho zagoTrabalho zago
Trabalho zago
 
Trabalho zago
Trabalho zagoTrabalho zago
Trabalho zago
 
3 ll 43 apresentação 12-maio
3 ll 43   apresentação 12-maio3 ll 43   apresentação 12-maio
3 ll 43 apresentação 12-maio
 
Haz Comunicação e Gráfica - 2017
Haz Comunicação e Gráfica - 2017Haz Comunicação e Gráfica - 2017
Haz Comunicação e Gráfica - 2017
 
Quattro Pinheiro Guimaraes - Botafogo
Quattro Pinheiro Guimaraes - BotafogoQuattro Pinheiro Guimaraes - Botafogo
Quattro Pinheiro Guimaraes - Botafogo
 
Artefato organizador para um espaço de trabalho.- projeto 21
Artefato organizador  para um espaço de trabalho.- projeto 21Artefato organizador  para um espaço de trabalho.- projeto 21
Artefato organizador para um espaço de trabalho.- projeto 21
 
04 O artefato organizador para um espaço de trabalho projeto 21_ v 2015.2
04 O artefato organizador  para um espaço de trabalho projeto 21_ v 2015.204 O artefato organizador  para um espaço de trabalho projeto 21_ v 2015.2
04 O artefato organizador para um espaço de trabalho projeto 21_ v 2015.2
 
Tecnologia e sensibilidade no Design Cerâmico
Tecnologia e sensibilidade no Design CerâmicoTecnologia e sensibilidade no Design Cerâmico
Tecnologia e sensibilidade no Design Cerâmico
 
PDF da apresentação do Prof. Omar Moore de Madureira- Palestra gepit abril 2014
PDF da apresentação do Prof.  Omar Moore de Madureira- Palestra gepit abril 2014PDF da apresentação do Prof.  Omar Moore de Madureira- Palestra gepit abril 2014
PDF da apresentação do Prof. Omar Moore de Madureira- Palestra gepit abril 2014
 

Embalagens para Alimentos

  • 1. DESIGN DE EMBALAGENS PARA ALIMENTOS, FERRAMENTA ESSENCIAL DE COMPETITIVIDADE. Erivan Witamar • EW Design Studio
  • 2. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br VISÃO GERAL FUNÇÕES DA EMBALAGEM PROJETO DESIGN DE EMBALAGENS INOVAÇÕES DESIGN ESTRUTURAL • Materiais DESIGN GRÁFICO • Funções e objetivos
  • 4. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br FUNÇÕES ESSENCIAIS DA EMBALAGEM • CONTENÇÃO Como conter o porduto? Líquidos, sólidos densos, alimentos perecíveis, produtos químicos, medicamentos, itens extremamente pequenos ou extremamente grandes, produtos de alta tecnologia, produtos com alto valor agregado. • SEGURANÇA Sistemas de fechamento à prova de abertura (acidental ou intencional); embalagens à prova de falsificação; selos de qualidade; embalagens seguras para crianças.
  • 5. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br • PROTEÇÃO Exigências sanitárias; barreiras contra deterioração do produto (oxigênio, umidade, agentes oxidantes, contaminação por bactérias, contaminação por pragas: ratos, baratas, formigas entre outros). • CONVENIÊNCIA Portabilidade; Facilidade de abertura; Fechamento para usos repetitivos; Dimensões adequadas para o armazenamento doméstico; Formas ergonômicas; Quantidades que evitem o desperdício. FUNÇÕES ESSENCIAIS DA EMBALAGEM
  • 6. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br • INFORMAÇÃO O que é o produto? Como utilizá-lo? Quando consumir? Até quando consumir? Como não se deve consumí-lo? Por que consumir? A quem se destina? FUNÇÕES ESSENCIAIS DA EMBALAGEM
  • 7. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br • MARKETING - necessidades emocionais Como potencializar as vendas? Como conectar-se com o público desejado? Como a liguagem estrutural e visual pode ajudar? - Desejo de consumir (geração de expectativas); - Capacidade de permanecer na memória; - Identificação com a marca; - Reforço de experiência de marca (confirmação de expectativas). FUNÇÕES ESSENCIAIS DA EMBALAGEM
  • 8. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br • AMBIENTAL - Utilização de menos material; - Utilzação de materiais recicláveis, reutilizáveis e biodegradáveis; - Implementar logistíca reversa (recuperação de embalagens); - Descartar adequadamente; - Reduzir o volume de transporte; - Optar por materiais que sejam fabricados utilizando menos recursos naturais e que resultem em menos dejetos químicos. FUNÇÕES ESSENCIAIS DA EMBALAGEM
  • 9. PROCESSO DE DESIGN DE EMBALAGENS
  • 10. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN DE EMBALAGENS • O PROCESSO FASE 1 Descoberta • Briefing (objetivos e expectativas) • Orientação do time • Insights de Pesquisa (mercado e consumidor) • Pesquisa de campo 4 SEMANAS FASE 2 Design Estrutural • Brainstorm • Conceituação; • Produção de Esboços (estruturais) para atender necessidades funcionais • Pesquisa de materiais e fornecedores • Escolha de alternativas com maior potencial • Produção de Modelos em 3D • Apresentação • Orçamento de produção • Aprovação/Reprovação • Definição de especificações 4 SEMANAS FASE 3 Design Gráfico • Brainstorm • Conceituação; • Hierarquia de conteúdos (textuais) • Produção de Esboços (gráfico) para atender às necessidades de comunicação e atratividade • Layout • Apresentação • Aprovação/reprovação; • Orçamento de produção • Aprovação/reprovação; • Arte-Final 4 SEMANAS FASE 4 Testes pré-produção • Produção de mock-ups • Análise visual • Análise de funcional • Produção de amostras • Testes em ambiente real • Aprovação/Reprovação • Eventuais ajustes 4 SEMANAS FASE 5 Produção • Acompanhamento de produção • Implementação e FeedBack 4 SEMANAS
  • 11. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN DE EMBALAGENS • O PROJETO Informações importantes Limites e Recursos - Qual o montante (verba) foi alocado para o projeto; - Qual a composição deste montante; - Quais os limites na composição do preço final do produto; - Qual a previsão de vendas para o primeiro ciclo de vendas (6 meses, 1 ano); - Qual o tamanho do lote a ser produzido;
  • 13. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN ESTRUTURAL • NECESSIDADES FUNCIONAIS Quanto mais commodity mais a embalagem tem o poder de diferenciar.
  • 15. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS Embalagens plásticas Usos mais comuns: águas, bebidas leves, bebidas não alcoólicas, óleos de cozinha. Benefícios: - Versatilidade; - Extrema durabilidade; - Flexibilidade para necessidades técnicas específicas; - Leveza em relação aos demais materiais (exigindo menor consumo de combustível no transporte) - Resistente à água e ao impacto; - Boas propriedades de segurança e higiene; - De produção relativamente barata.
  • 16. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS Embalagens de vidro Usos mais comuns: molhos, vinhos, bebidas leves, bebidas não alcoólicas, azeite de oliva, cerveja, cosméticos e medicamentos líquidos. Benefícios: - Mantém o produto fresco por mais tempo; - Podem proteger produtos fotosensíveis (vidro verde e âmbar); - Pode atingir um alto grau de esterilização; - Ser for adequadamente fechado impossibilita vazamentos, pois é impermeável; - Retém aromas; - Altamente reciclável;
  • 17. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS Embalagens de vidro Principais Características para embalagens - Inércia química; - Retornável e reutilizável; - Não oxidável; - Resistência à perfuração e riscos; - Resistência à tração (arrasto, fricção); - Resistência à temperaturas elevadas e a choque térmico; - Frágil, mas versátil quanto às formas da embalagem.
  • 18. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS Embalagens de metal (aço e alumínio) Usos mais comuns: Vegetais, frutas, grãos, peixe, pet food, chocolate, refrigerantes, cerveja, bebidas alcoolicas e não alcoolicas, farináceos, conservas, entre outros. Tipos: • ALUMÍNIO - Maleável; - Reciclável; - Baixa permeabilidade; - Pouco reativo com água e ar; - Resistente à corrosão; - Leve; - Atóxico; - Alto consumo de energia na produção; - Versatilidade de formas; - Abundante na natureza.
  • 19. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS Embalagens de metal (aço e alumínio) • AÇO - Elevada resistência mecânica; - Resistência à penetração e riscos (dureza); - Baixa permeabilidade; - Pode ser esterilizado; - Reciclabilidade; - Precisa ser revestido para o contato com alimentos.
  • 20. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN ESTRUTURAL • MATERIAIS Embalagens de papel Usos mais comuns: Cerca de 40% de todas as embalagens feitas no Brasil são feitas de papel ou papelão. Desde uma folha de seda para uma fruta até embalagens microoduladas para transporte de outras embalagens. Benefícios: - Biodegradável (exceto quando combinado com outros materiais, como filmes plásticos e/ou metálicos); - Infinitas possibilidades de impressão, acabamentos e formas; - Leve; - Dobrável; - Grande variedade de tipos; - Matriz de formato não é cara (99,99 % dos casos).
  • 22. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS Perfil de consumo: O que o seu público-alvo valoriza? - Preço; - Qualidade; - Marca; - Conveniência; - Praticidade; - Impacto ambiental reduzido; - Status Percepção do consumidor O design gráfico complementa a percepção dos diferenciais do produto e da marca (produto + fabricante).
  • 23. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS Como se cria afinidade com o consumidor?
  • 24. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS Formas físicas (Design Estrutural);
  • 25. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br olio 03 em em papelão microondulado para a venda de produtos horti-fruti em quantidades s para público AA. DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS Materiais utilizados (Design Estrutural);
  • 26. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br Portfolio Oetker/2002 Desenvolvimento de embalagem-display para representantes de venda, no segmento de chás. Estas embalagens continham amostras das embalagens de venda para o consumidor final. DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS Afinidade entre consumidor e produto • Formas Gráficas (elementos visuais decorativos e comunicacionais); • Cores; • Estilo; • Organização visual (hierarquia de elementos); • Apelo, argumento de vendas;
  • 27. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS Logotipo do produto
  • 28. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br DESIGN GRÁFICO • NECESSIDADES EMOCIONAIS Afinidade entre consumidor e produto Símbolos.
  • 30. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br INOVAÇÕES • FORMA
  • 31. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br INOVAÇÕES • ESTRUTURA
  • 32. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br INOVAÇÕES • MATERIAL NA CATEGORIA
  • 33. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br INOVAÇÕES • FORMA E MATERIAL
  • 34. E M B A L A G E N S P A R A A L I M E N T O S , F E R R A M E N T A E S S E N C I A L D E C O M P E T I T I V I D A D E . EW Design Studiowww.ewcom.com.br INOVAÇÕES • ERGONOMIA E PRATICIDADE
  • 35. OBRIGADO! Erivan Witamar ew@ewcom.com.br EW Design Studio www.ewcom.com.br (11) 3042.8470