SlideShare uma empresa Scribd logo
Orientações para o desenvolvimento de um portfólio
O que é portfólio?
O portfólio escolar é o registro do trabalho desenvolvido pelo professor e
das atividades realizadas pelos alunos durante o ano letivo. É uma ferramenta
de identificação da qualidade do processo educacional, mediante a ponderação
do que foi ensinado, do desempenho do aluno e do professor e do que foi
aprendido. Ele propicia a memória dos processos de ensino e de
aprendizagem, tanto para estudantes, quanto para professores.
É um trabalho que deve ser criado pelo professor para registro das suas
atividades e também pelos alunos, para desenvolvimento dos trabalhos
propostos pelo professor, avaliação do professor e autoavaliação e
acompanhamento de sua formação pessoal e cognitiva. Vale ressaltar que ele
demonstra conhecimentos, capacidades, resultados alcançados e habilidades
desenvolvidas durante um período de tempo.
É uma atividade que provê uma constante ação-reflexão do ato de
ensinar e aprender. Pode ser usada como método de formação, de verificação,
de avaliação e ainda como mensuradora da qualidade da formação. Ele torna o
processo educacional transparente e a aprendizagem visível, direcionando as
futuras ações.
O portfólio é uma coleção de suas produções (do aluno), as quais
apresentam as evidências de sua aprendizagem (do aluno). É
organizado por ele próprio para que ele e o professor, em conjunto,
possam acompanhar seu progresso. O portfólio é um procedimento
de avaliação que permite aos alunos participar da formulação dos
objetivos de sua aprendizagem e avaliar seu progresso. Eles são,
portanto, participantes ativos da avaliação, selecionando as melhores
amostras de seu trabalho para incluí-las no portfólio (VILLAS BOAS,
2004, p. 38).
Ao selecionar os trabalhos que comporão o portfólio, professores e
estudantes devem fazer uma autoavaliação crítica e cuidadosa, a partir dos
objetivos estabelecidos, dos propósitos de cada tarefa ou atividade que estará
compondo o instrumento; pois, além de servir como instrumento de avaliação e
de registro, o portfólio pode ser um instrumento de comunicação com os pais
e/ou responsáveis.
Objetivos do portfólio
 Contribuir com os professores e os estudantes no desenvolvimento de
suas habilidades;
 avaliar a participação e desempenho no processo ensino-aprendizagem,
por meio de um registro de forma sistemática e reflexiva.
 instaurar uma comunicação constante do professor com cada aluno,
pois os alunos deixam marcas personalizadas de suas habilidades e
aprendizagem ao construir seus portfólios.
Outras contribuições do portfólio
 Registrar atividades desenvolvidas tanto pelo professor como pelos
alunos;
 Promover reflexão da participação do professor e dos alunos no
processo educacional;
 Apontar crescimento profissional do professor e pessoal e cognitivo dos
alunos;
 Planejar o processo de ensino e de aprendizagem;
 Facilitar e fundamentar os processos de auto e hetero-avaliação;
 Possibilitar práticas avaliativas mais dinâmicas e voltadas para uma
abordagem formativa;
 Promover formação continuada através da relação de feedback do
professor e dos alunos;
 Estimular a criatividade dos alunos ao criar seu próprio trabalho;
 Auxiliar no processo de intervenção educativa;
 Contribuir para a construção do conhecimento;
 Colaborar para que pais, coordenadores e professores acompanhem o
desenvolvimento dos alunos, controlem e verifiquem os conhecimentos
adquiridos.
 Ajudar na relação interpessoal entre professor e aluno.
Como construir um portfólio?
É bom que professores e alunos comecem a criar seus portfólios logo no
início do ano letivo e o alimentem durante todo esse período. Ele pode ser
desenvolvido através de fotografias, relatos, relatórios de viagem, redações,
atividades desenvolvidas dentro da sala de aula e/ou extraclasse, recortes de
jornais e revistas, peças teatrais e registros de sua vida. É importante que o
portfólio contenha um diário reflexivo para que o professor e o aluno possam
registrar pensamentos, percepções, avaliações das atividades desenvolvidas,
sentimentos, autoavaliações de crescimento ao longo do ano.
Por meio dessas considerações, professor e alunos vão desenvolvendo
integralmente. Os alunos melhoram sua habilidade de escrever textos, criam o
hábito de posicionarem frente aos temas e aulas propostos; constroem
materiais de modo organizado; melhoram a comunicação e a relação
interpessoal com o professor através do relato de experiências e suas
avaliações e participam ativamente do seu aprendizado, ao demonstrarem o
que aprenderam, o que foi bom e o que precisa ser revisto pelo professor e/ou
pelo próprio aluno.
Qual a estrutura do portfólio?
O professor deve orientar e incentivar seus alunos na criação do portfólio
desde o início do ano letivo, principalmente os alunos que o constroem pela
primeira vez.
O formato do portfólio é totalmente livre, mas tanto o professor como os
alunos devem criá-lo de maneira criativa e organizada. Ele pode ser arquivado
em uma pasta individual, em um caderno, em pen drive, em uma pasta no
computador, CDs ou DVDs (neste caso, recomenda-se que cópias sejam
criadas e gravadas em lugares diferentes para não ocorrer perda do material).
É interessante que esse trabalho contenha a seguinte estrutura:
 uma capa com o nome da instituição, do aluno, do professor, série, ano,
área de empregabilidade;
 um índice sequencial do material;
 justificativa do portfólio
 registros de aulas e os objetivos de cada aula;
 reflexão e anotações sobre o que aprendeu em cada aula;
 trabalhos / provas / pesquisas / entrevistas realizadas / estudos de caso;
 roteiro das visitas técnicas com objetivos, anotações durante as visitas e
relatórios/trabalhos realizados após a visita;
 avaliações (críticas construtivas sobre o trabalho do professor e sobre si
mesmo, proposições, sugestões, reflexão pessoal sobre o que tem
aprendido, o que deve ser repensado, quais objetivos foram alcançados
e os que não foram, apontado os possíveis porquês);
 textos e sites lidos com considerações pessoais;
 redações;
 filmes com debates e análise dos alunos após orientações do professor;
 fotografias com legendas;
 notícias lidas extraídas de jornais, sites, revistas ou reportagens (com
comentários do aluno)
 produções artísticas (desenhos, peças de teatro, músicas)
 reflexões sobre o processo ensino-aprendizagem.
Como avaliar através do portfólio?
Como já dito, o professor pode usar o portfólio para avaliar o
desempenho de seus alunos, pois este material apresenta diversos aspectos e
dimensões da aprendizagem. Ele também pode e deve ser usado para que o
professor se autoavalie e o coordenador do REM acompanhe e avalie o
desenvolvimento dos conteúdos das áreas de empregabilidade e das
disciplinas do CBC.
Diferentemente de quantificar o que o aluno aprendeu, o professor vai
avaliar a qualidade daquilo que foi ensinado e do que foi aprendido, se o
conhecimento foi adquirido ao realizar o que foi proposto, sejam por meio das
aulas, explicações, pesquisas, visitas técnicas, palestras, conversas, trabalhos
em grupo com os colegas ou na comunidade.
Certamente o portfólio não deve ser um instrumento de mensuração que
só pontua resultados, mas sim um recurso que abre espaço para a criatividade,
para a participação do aluno e para o registro desse processo de construção do
saber.
É aconselhável que o professor deixe claro, no início do ano, que o
portfólio será um instrumento de avaliação e assim, ele deve reservar
momentos durante o ano letivo para que se façam as autoavaliações e
conversem sobre elas, discutam sobre os progressos dos alunos e sobre
temas, atividades e conteúdos significativos que mereçam ser repetidos ou
aprofundados. Outro ponto importante é que o professor sempre deve dar um
retorno para os alunos de como o portfólio foi avaliado, pois um texto, um
desenho, uma consideração pessoal expressam conhecimento e devem ser
avaliados e cada aluno tem a liberdade de criar seu portfólio com suas marcas
pessoais.
Dessa forma, cria-se e/ou consolida-se uma avaliação processual,
coerente e constante, estabelecendo-se uma escola aberta ao questionamento,
discussão, análise e reflexão.
Referências Bibliográficas
BOTH, I. Avaliação-ensino. Curso Normal Superior por Mídias Interativas.
UEPG. 2000.
Grace, C., SHORES, E. Manual de Portfólio: um guia passo a passo para o
professor. Porto Alegre: Artmed, 2001.
VILLAS BOAS, Benigna Maria de Freitas. Portfólio, avaliação e trabalho
pedagógico. 5ª ed. Campinas: Papirus Editora, 2004.
VITÓRI, S. O Portfólio como Instrumento de Avaliação na Organização do
Trabalho Pedagógico. (mimeo)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador Pedagógico
Nailson Rocha
 
Multisseriada 4º e 5º anos
Multisseriada   4º e 5º anosMultisseriada   4º e 5º anos
Multisseriada 4º e 5º anos
Suzana Araújo
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
Arte Tecnologia
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Edlauva Santos
 
Relatorio estagio psicopedagogia institucional
Relatorio estagio psicopedagogia institucionalRelatorio estagio psicopedagogia institucional
Relatorio estagio psicopedagogia institucional
Ravena B
 
Slides da reunião com professores
Slides da reunião com professoresSlides da reunião com professores
Slides da reunião com professores
driminas
 
Observação da sala de aula - Roteiro de obervação
Observação da sala de aula - Roteiro de obervaçãoObservação da sala de aula - Roteiro de obervação
Observação da sala de aula - Roteiro de obervação
sitedcoeste
 
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries IniciaisRelatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
pedagogianh
 
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Roseli Basellotto
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
Profissão Professor
 
Aula 9. modelo de plano de aula
Aula 9. modelo de plano de aulaAula 9. modelo de plano de aula
Aula 9. modelo de plano de aula
Karlla Costa
 
Estudo de caso
Estudo de caso Estudo de caso
Estudo de caso
cefaprodematupa
 
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - AvaliaçãoATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
Claudia Elisabete Silva
 
Avaliação diagnóstica. textos.
Avaliação diagnóstica.   textos.Avaliação diagnóstica.   textos.
Avaliação diagnóstica. textos.
rbellonia
 
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
Ðouglas Rocha
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
Walter de Carvalho Baptista
 
Modelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de PesquisaModelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de Pesquisa
José Antonio Ferreira da Silva
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
ssuser6c03a6
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Araceli Kleemann
 
Modelos relatorios
Modelos relatoriosModelos relatorios
Modelos relatorios
Edilania Batalha Batalha
 

Mais procurados (20)

Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador Pedagógico
 
Multisseriada 4º e 5º anos
Multisseriada   4º e 5º anosMultisseriada   4º e 5º anos
Multisseriada 4º e 5º anos
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
 
Relatorio estagio psicopedagogia institucional
Relatorio estagio psicopedagogia institucionalRelatorio estagio psicopedagogia institucional
Relatorio estagio psicopedagogia institucional
 
Slides da reunião com professores
Slides da reunião com professoresSlides da reunião com professores
Slides da reunião com professores
 
Observação da sala de aula - Roteiro de obervação
Observação da sala de aula - Roteiro de obervaçãoObservação da sala de aula - Roteiro de obervação
Observação da sala de aula - Roteiro de obervação
 
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries IniciaisRelatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
 
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
 
Aula 9. modelo de plano de aula
Aula 9. modelo de plano de aulaAula 9. modelo de plano de aula
Aula 9. modelo de plano de aula
 
Estudo de caso
Estudo de caso Estudo de caso
Estudo de caso
 
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - AvaliaçãoATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
 
Avaliação diagnóstica. textos.
Avaliação diagnóstica.   textos.Avaliação diagnóstica.   textos.
Avaliação diagnóstica. textos.
 
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
 
Modelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de PesquisaModelo de Projeto de Pesquisa
Modelo de Projeto de Pesquisa
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
 
Modelos relatorios
Modelos relatoriosModelos relatorios
Modelos relatorios
 

Destaque

Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
Helena de Brum
 
Portfolio organização do trabalho pedagógico
Portfolio organização do trabalho pedagógicoPortfolio organização do trabalho pedagógico
Portfolio organização do trabalho pedagógico
Diego
 
Resumo do texto1
Resumo do texto1Resumo do texto1
Resumo do texto1
Naysa Taboada
 
Portifólio 2 semestre Luciana/Juca
Portifólio 2 semestre Luciana/JucaPortifólio 2 semestre Luciana/Juca
Portifólio 2 semestre Luciana/Juca
Luciana Goncalves Campo Moreno
 
Pacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certaPacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certa
Cida Nenê Leite
 
Teorias do curriculo
Teorias do curriculoTeorias do curriculo
Teorias do curriculo
Natália Luz
 
AULA DA MANHÃ PACTO 19/07/2014
AULA DA MANHÃ PACTO 19/07/2014AULA DA MANHÃ PACTO 19/07/2014
AULA DA MANHÃ PACTO 19/07/2014
Elaine Maria
 
Portfólio luciana andrade
Portfólio luciana andradePortfólio luciana andrade
Portfólio luciana andrade
familiaestagio
 
O Diário de Juliana
O Diário de JulianaO Diário de Juliana
O Diário de Juliana
Cybele Meyer
 
Projeto arte e africanidades
Projeto arte e africanidadesProjeto arte e africanidades
Projeto arte e africanidades
campacheco
 
Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil
Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação InfantilIntroduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil
Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil
ElaineCristiana
 

Destaque (11)

Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
 
Portfolio organização do trabalho pedagógico
Portfolio organização do trabalho pedagógicoPortfolio organização do trabalho pedagógico
Portfolio organização do trabalho pedagógico
 
Resumo do texto1
Resumo do texto1Resumo do texto1
Resumo do texto1
 
Portifólio 2 semestre Luciana/Juca
Portifólio 2 semestre Luciana/JucaPortifólio 2 semestre Luciana/Juca
Portifólio 2 semestre Luciana/Juca
 
Pacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certaPacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certa
 
Teorias do curriculo
Teorias do curriculoTeorias do curriculo
Teorias do curriculo
 
AULA DA MANHÃ PACTO 19/07/2014
AULA DA MANHÃ PACTO 19/07/2014AULA DA MANHÃ PACTO 19/07/2014
AULA DA MANHÃ PACTO 19/07/2014
 
Portfólio luciana andrade
Portfólio luciana andradePortfólio luciana andrade
Portfólio luciana andrade
 
O Diário de Juliana
O Diário de JulianaO Diário de Juliana
O Diário de Juliana
 
Projeto arte e africanidades
Projeto arte e africanidadesProjeto arte e africanidades
Projeto arte e africanidades
 
Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil
Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação InfantilIntroduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil
Introduzindo a Cultura Afro-Brasileira na Educação Infantil
 

Semelhante a Orientações portfólio

Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
Gládis L. Santos
 
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffertPortfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
PROIDDBahiana
 
Portfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno WorkshopPortfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno Workshop
Antero
 
EAD Avaliacao
EAD AvaliacaoEAD Avaliacao
Auto aval
Auto avalAuto aval
Auto aval
ziquinha
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Ana Rita S de Souza
 
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docxPrograma-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
MaxLuisEspinosa
 
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópiaModalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
ELOI DE OLIVEIRA BATISTA
 
Etapa superação
Etapa superaçãoEtapa superação
Etapa superação
Clécio Bubela
 
Portfólios
PortfóliosPortfólios
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
lucavao2010
 
Pesquisa portifolio em slides
Pesquisa portifolio em slidesPesquisa portifolio em slides
Pesquisa portifolio em slides
wil
 
AvaliaçãO Formativa Alternativa
AvaliaçãO Formativa AlternativaAvaliaçãO Formativa Alternativa
AvaliaçãO Formativa Alternativa
sofiamalheiro
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Ana Rita S de Souza
 
PLANEJAR E PORTFÓLIOS
PLANEJAR E PORTFÓLIOSPLANEJAR E PORTFÓLIOS
PLANEJAR E PORTFÓLIOS
Maristela Couto
 
Questões para estudo...
Questões para estudo...Questões para estudo...
Questões para estudo...
Ítalo Dantas
 
Aprendizagem, autoria e avaliação
Aprendizagem, autoria e avaliaçãoAprendizagem, autoria e avaliação
Aprendizagem, autoria e avaliação
Cristiane Lahdo
 
Instrumentos de avaliaçã1
Instrumentos de avaliaçã1Instrumentos de avaliaçã1
Instrumentos de avaliaçã1
19A45i
 
Projeto, Sequencia didática e Plano de Aula.pdf
Projeto, Sequencia didática e Plano de Aula.pdfProjeto, Sequencia didática e Plano de Aula.pdf
Projeto, Sequencia didática e Plano de Aula.pdf
SIRLENEMOTAPINHEIROD
 
Como fazer um porfólio
Como fazer um porfólioComo fazer um porfólio
Como fazer um porfólio
Waldman SD
 

Semelhante a Orientações portfólio (20)

Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
 
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffertPortfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
 
Portfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno WorkshopPortfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno Workshop
 
EAD Avaliacao
EAD AvaliacaoEAD Avaliacao
EAD Avaliacao
 
Auto aval
Auto avalAuto aval
Auto aval
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
 
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docxPrograma-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
 
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópiaModalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
 
Etapa superação
Etapa superaçãoEtapa superação
Etapa superação
 
Portfólios
PortfóliosPortfólios
Portfólios
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Pesquisa portifolio em slides
Pesquisa portifolio em slidesPesquisa portifolio em slides
Pesquisa portifolio em slides
 
AvaliaçãO Formativa Alternativa
AvaliaçãO Formativa AlternativaAvaliaçãO Formativa Alternativa
AvaliaçãO Formativa Alternativa
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
 
PLANEJAR E PORTFÓLIOS
PLANEJAR E PORTFÓLIOSPLANEJAR E PORTFÓLIOS
PLANEJAR E PORTFÓLIOS
 
Questões para estudo...
Questões para estudo...Questões para estudo...
Questões para estudo...
 
Aprendizagem, autoria e avaliação
Aprendizagem, autoria e avaliaçãoAprendizagem, autoria e avaliação
Aprendizagem, autoria e avaliação
 
Instrumentos de avaliaçã1
Instrumentos de avaliaçã1Instrumentos de avaliaçã1
Instrumentos de avaliaçã1
 
Projeto, Sequencia didática e Plano de Aula.pdf
Projeto, Sequencia didática e Plano de Aula.pdfProjeto, Sequencia didática e Plano de Aula.pdf
Projeto, Sequencia didática e Plano de Aula.pdf
 
Como fazer um porfólio
Como fazer um porfólioComo fazer um porfólio
Como fazer um porfólio
 

Mais de pactoensinomedioufu

Material rem apoio para os oe[1]
Material   rem apoio para os oe[1]Material   rem apoio para os oe[1]
Material rem apoio para os oe[1]
pactoensinomedioufu
 
Caderno 1- otpem-final
Caderno 1- otpem-finalCaderno 1- otpem-final
Caderno 1- otpem-final
pactoensinomedioufu
 
Trabalho em grupo sobre rocas e fusos
Trabalho em grupo sobre rocas e fusosTrabalho em grupo sobre rocas e fusos
Trabalho em grupo sobre rocas e fusos
pactoensinomedioufu
 
Texto sobre rocas e fusos
Texto sobre rocas e fusosTexto sobre rocas e fusos
Texto sobre rocas e fusos
pactoensinomedioufu
 
Texto apólogo branca de neve
Texto apólogo branca de neveTexto apólogo branca de neve
Texto apólogo branca de neve
pactoensinomedioufu
 
Sugestão atividade em grupo apólogo branca de neve_ caderno 6
Sugestão atividade em grupo  apólogo branca de neve_ caderno 6Sugestão atividade em grupo  apólogo branca de neve_ caderno 6
Sugestão atividade em grupo apólogo branca de neve_ caderno 6
pactoensinomedioufu
 
Sugestão de dinâmica caixas de presente
Sugestão de dinâmica caixas de presenteSugestão de dinâmica caixas de presente
Sugestão de dinâmica caixas de presente
pactoensinomedioufu
 
Reflexões caderno 6
Reflexões caderno 6Reflexões caderno 6
Reflexões caderno 6
pactoensinomedioufu
 
Mariana fechamento teórico avaliação no ensino medio
Mariana fechamento teórico avaliação no ensino medioMariana fechamento teórico avaliação no ensino medio
Mariana fechamento teórico avaliação no ensino medio
pactoensinomedioufu
 
Atividade em grupo apólogo branca de neve módulo x
Atividade em grupo  apólogo branca de neve  módulo x Atividade em grupo  apólogo branca de neve  módulo x
Atividade em grupo apólogo branca de neve módulo x
pactoensinomedioufu
 
Integração caderno 5 pacto e o rem
Integração caderno 5 pacto e o remIntegração caderno 5 pacto e o rem
Integração caderno 5 pacto e o rem
pactoensinomedioufu
 
Fechamento teórico oficina caderno 5
Fechamento teórico oficina caderno 5Fechamento teórico oficina caderno 5
Fechamento teórico oficina caderno 5
pactoensinomedioufu
 
Discussões dinâmica boneco_desarticulado
Discussões dinâmica boneco_desarticuladoDiscussões dinâmica boneco_desarticulado
Discussões dinâmica boneco_desarticulado
pactoensinomedioufu
 
Desenvolvimento dinâmica boneco_desarticualdo
Desenvolvimento dinâmica boneco_desarticualdoDesenvolvimento dinâmica boneco_desarticualdo
Desenvolvimento dinâmica boneco_desarticualdo
pactoensinomedioufu
 
Comandos dinâmica boneco_desarticulado
Comandos dinâmica boneco_desarticuladoComandos dinâmica boneco_desarticulado
Comandos dinâmica boneco_desarticulado
pactoensinomedioufu
 
Atividade proposta em grupo refletindo sobre a gestão da escola
Atividade proposta em grupo refletindo sobre a gestão da escolaAtividade proposta em grupo refletindo sobre a gestão da escola
Atividade proposta em grupo refletindo sobre a gestão da escola
pactoensinomedioufu
 
Texto para estudo ou atividade a ciência da integração
Texto para estudo ou atividade a ciência da integraçãoTexto para estudo ou atividade a ciência da integração
Texto para estudo ou atividade a ciência da integração
pactoensinomedioufu
 
Texto para estudo ou atividade a natureza da educação
Texto para estudo ou atividade  a natureza da educaçãoTexto para estudo ou atividade  a natureza da educação
Texto para estudo ou atividade a natureza da educação
pactoensinomedioufu
 
Texto 4 bullying na escola
Texto 4 bullying na escolaTexto 4 bullying na escola
Texto 4 bullying na escola
pactoensinomedioufu
 
Texto 3 racismo é burrice
Texto 3  racismo é burriceTexto 3  racismo é burrice
Texto 3 racismo é burrice
pactoensinomedioufu
 

Mais de pactoensinomedioufu (20)

Material rem apoio para os oe[1]
Material   rem apoio para os oe[1]Material   rem apoio para os oe[1]
Material rem apoio para os oe[1]
 
Caderno 1- otpem-final
Caderno 1- otpem-finalCaderno 1- otpem-final
Caderno 1- otpem-final
 
Trabalho em grupo sobre rocas e fusos
Trabalho em grupo sobre rocas e fusosTrabalho em grupo sobre rocas e fusos
Trabalho em grupo sobre rocas e fusos
 
Texto sobre rocas e fusos
Texto sobre rocas e fusosTexto sobre rocas e fusos
Texto sobre rocas e fusos
 
Texto apólogo branca de neve
Texto apólogo branca de neveTexto apólogo branca de neve
Texto apólogo branca de neve
 
Sugestão atividade em grupo apólogo branca de neve_ caderno 6
Sugestão atividade em grupo  apólogo branca de neve_ caderno 6Sugestão atividade em grupo  apólogo branca de neve_ caderno 6
Sugestão atividade em grupo apólogo branca de neve_ caderno 6
 
Sugestão de dinâmica caixas de presente
Sugestão de dinâmica caixas de presenteSugestão de dinâmica caixas de presente
Sugestão de dinâmica caixas de presente
 
Reflexões caderno 6
Reflexões caderno 6Reflexões caderno 6
Reflexões caderno 6
 
Mariana fechamento teórico avaliação no ensino medio
Mariana fechamento teórico avaliação no ensino medioMariana fechamento teórico avaliação no ensino medio
Mariana fechamento teórico avaliação no ensino medio
 
Atividade em grupo apólogo branca de neve módulo x
Atividade em grupo  apólogo branca de neve  módulo x Atividade em grupo  apólogo branca de neve  módulo x
Atividade em grupo apólogo branca de neve módulo x
 
Integração caderno 5 pacto e o rem
Integração caderno 5 pacto e o remIntegração caderno 5 pacto e o rem
Integração caderno 5 pacto e o rem
 
Fechamento teórico oficina caderno 5
Fechamento teórico oficina caderno 5Fechamento teórico oficina caderno 5
Fechamento teórico oficina caderno 5
 
Discussões dinâmica boneco_desarticulado
Discussões dinâmica boneco_desarticuladoDiscussões dinâmica boneco_desarticulado
Discussões dinâmica boneco_desarticulado
 
Desenvolvimento dinâmica boneco_desarticualdo
Desenvolvimento dinâmica boneco_desarticualdoDesenvolvimento dinâmica boneco_desarticualdo
Desenvolvimento dinâmica boneco_desarticualdo
 
Comandos dinâmica boneco_desarticulado
Comandos dinâmica boneco_desarticuladoComandos dinâmica boneco_desarticulado
Comandos dinâmica boneco_desarticulado
 
Atividade proposta em grupo refletindo sobre a gestão da escola
Atividade proposta em grupo refletindo sobre a gestão da escolaAtividade proposta em grupo refletindo sobre a gestão da escola
Atividade proposta em grupo refletindo sobre a gestão da escola
 
Texto para estudo ou atividade a ciência da integração
Texto para estudo ou atividade a ciência da integraçãoTexto para estudo ou atividade a ciência da integração
Texto para estudo ou atividade a ciência da integração
 
Texto para estudo ou atividade a natureza da educação
Texto para estudo ou atividade  a natureza da educaçãoTexto para estudo ou atividade  a natureza da educação
Texto para estudo ou atividade a natureza da educação
 
Texto 4 bullying na escola
Texto 4 bullying na escolaTexto 4 bullying na escola
Texto 4 bullying na escola
 
Texto 3 racismo é burrice
Texto 3  racismo é burriceTexto 3  racismo é burrice
Texto 3 racismo é burrice
 

Orientações portfólio

  • 1. Orientações para o desenvolvimento de um portfólio O que é portfólio? O portfólio escolar é o registro do trabalho desenvolvido pelo professor e das atividades realizadas pelos alunos durante o ano letivo. É uma ferramenta de identificação da qualidade do processo educacional, mediante a ponderação do que foi ensinado, do desempenho do aluno e do professor e do que foi aprendido. Ele propicia a memória dos processos de ensino e de aprendizagem, tanto para estudantes, quanto para professores. É um trabalho que deve ser criado pelo professor para registro das suas atividades e também pelos alunos, para desenvolvimento dos trabalhos propostos pelo professor, avaliação do professor e autoavaliação e acompanhamento de sua formação pessoal e cognitiva. Vale ressaltar que ele demonstra conhecimentos, capacidades, resultados alcançados e habilidades desenvolvidas durante um período de tempo. É uma atividade que provê uma constante ação-reflexão do ato de ensinar e aprender. Pode ser usada como método de formação, de verificação, de avaliação e ainda como mensuradora da qualidade da formação. Ele torna o processo educacional transparente e a aprendizagem visível, direcionando as futuras ações. O portfólio é uma coleção de suas produções (do aluno), as quais apresentam as evidências de sua aprendizagem (do aluno). É organizado por ele próprio para que ele e o professor, em conjunto, possam acompanhar seu progresso. O portfólio é um procedimento de avaliação que permite aos alunos participar da formulação dos objetivos de sua aprendizagem e avaliar seu progresso. Eles são, portanto, participantes ativos da avaliação, selecionando as melhores amostras de seu trabalho para incluí-las no portfólio (VILLAS BOAS, 2004, p. 38). Ao selecionar os trabalhos que comporão o portfólio, professores e estudantes devem fazer uma autoavaliação crítica e cuidadosa, a partir dos objetivos estabelecidos, dos propósitos de cada tarefa ou atividade que estará compondo o instrumento; pois, além de servir como instrumento de avaliação e
  • 2. de registro, o portfólio pode ser um instrumento de comunicação com os pais e/ou responsáveis. Objetivos do portfólio  Contribuir com os professores e os estudantes no desenvolvimento de suas habilidades;  avaliar a participação e desempenho no processo ensino-aprendizagem, por meio de um registro de forma sistemática e reflexiva.  instaurar uma comunicação constante do professor com cada aluno, pois os alunos deixam marcas personalizadas de suas habilidades e aprendizagem ao construir seus portfólios. Outras contribuições do portfólio  Registrar atividades desenvolvidas tanto pelo professor como pelos alunos;  Promover reflexão da participação do professor e dos alunos no processo educacional;  Apontar crescimento profissional do professor e pessoal e cognitivo dos alunos;  Planejar o processo de ensino e de aprendizagem;  Facilitar e fundamentar os processos de auto e hetero-avaliação;  Possibilitar práticas avaliativas mais dinâmicas e voltadas para uma abordagem formativa;  Promover formação continuada através da relação de feedback do professor e dos alunos;  Estimular a criatividade dos alunos ao criar seu próprio trabalho;  Auxiliar no processo de intervenção educativa;  Contribuir para a construção do conhecimento;
  • 3.  Colaborar para que pais, coordenadores e professores acompanhem o desenvolvimento dos alunos, controlem e verifiquem os conhecimentos adquiridos.  Ajudar na relação interpessoal entre professor e aluno. Como construir um portfólio? É bom que professores e alunos comecem a criar seus portfólios logo no início do ano letivo e o alimentem durante todo esse período. Ele pode ser desenvolvido através de fotografias, relatos, relatórios de viagem, redações, atividades desenvolvidas dentro da sala de aula e/ou extraclasse, recortes de jornais e revistas, peças teatrais e registros de sua vida. É importante que o portfólio contenha um diário reflexivo para que o professor e o aluno possam registrar pensamentos, percepções, avaliações das atividades desenvolvidas, sentimentos, autoavaliações de crescimento ao longo do ano. Por meio dessas considerações, professor e alunos vão desenvolvendo integralmente. Os alunos melhoram sua habilidade de escrever textos, criam o hábito de posicionarem frente aos temas e aulas propostos; constroem materiais de modo organizado; melhoram a comunicação e a relação interpessoal com o professor através do relato de experiências e suas avaliações e participam ativamente do seu aprendizado, ao demonstrarem o que aprenderam, o que foi bom e o que precisa ser revisto pelo professor e/ou pelo próprio aluno. Qual a estrutura do portfólio? O professor deve orientar e incentivar seus alunos na criação do portfólio desde o início do ano letivo, principalmente os alunos que o constroem pela primeira vez. O formato do portfólio é totalmente livre, mas tanto o professor como os alunos devem criá-lo de maneira criativa e organizada. Ele pode ser arquivado em uma pasta individual, em um caderno, em pen drive, em uma pasta no computador, CDs ou DVDs (neste caso, recomenda-se que cópias sejam criadas e gravadas em lugares diferentes para não ocorrer perda do material).
  • 4. É interessante que esse trabalho contenha a seguinte estrutura:  uma capa com o nome da instituição, do aluno, do professor, série, ano, área de empregabilidade;  um índice sequencial do material;  justificativa do portfólio  registros de aulas e os objetivos de cada aula;  reflexão e anotações sobre o que aprendeu em cada aula;  trabalhos / provas / pesquisas / entrevistas realizadas / estudos de caso;  roteiro das visitas técnicas com objetivos, anotações durante as visitas e relatórios/trabalhos realizados após a visita;  avaliações (críticas construtivas sobre o trabalho do professor e sobre si mesmo, proposições, sugestões, reflexão pessoal sobre o que tem aprendido, o que deve ser repensado, quais objetivos foram alcançados e os que não foram, apontado os possíveis porquês);  textos e sites lidos com considerações pessoais;  redações;  filmes com debates e análise dos alunos após orientações do professor;  fotografias com legendas;  notícias lidas extraídas de jornais, sites, revistas ou reportagens (com comentários do aluno)  produções artísticas (desenhos, peças de teatro, músicas)  reflexões sobre o processo ensino-aprendizagem. Como avaliar através do portfólio? Como já dito, o professor pode usar o portfólio para avaliar o desempenho de seus alunos, pois este material apresenta diversos aspectos e dimensões da aprendizagem. Ele também pode e deve ser usado para que o professor se autoavalie e o coordenador do REM acompanhe e avalie o desenvolvimento dos conteúdos das áreas de empregabilidade e das disciplinas do CBC. Diferentemente de quantificar o que o aluno aprendeu, o professor vai avaliar a qualidade daquilo que foi ensinado e do que foi aprendido, se o
  • 5. conhecimento foi adquirido ao realizar o que foi proposto, sejam por meio das aulas, explicações, pesquisas, visitas técnicas, palestras, conversas, trabalhos em grupo com os colegas ou na comunidade. Certamente o portfólio não deve ser um instrumento de mensuração que só pontua resultados, mas sim um recurso que abre espaço para a criatividade, para a participação do aluno e para o registro desse processo de construção do saber. É aconselhável que o professor deixe claro, no início do ano, que o portfólio será um instrumento de avaliação e assim, ele deve reservar momentos durante o ano letivo para que se façam as autoavaliações e conversem sobre elas, discutam sobre os progressos dos alunos e sobre temas, atividades e conteúdos significativos que mereçam ser repetidos ou aprofundados. Outro ponto importante é que o professor sempre deve dar um retorno para os alunos de como o portfólio foi avaliado, pois um texto, um desenho, uma consideração pessoal expressam conhecimento e devem ser avaliados e cada aluno tem a liberdade de criar seu portfólio com suas marcas pessoais. Dessa forma, cria-se e/ou consolida-se uma avaliação processual, coerente e constante, estabelecendo-se uma escola aberta ao questionamento, discussão, análise e reflexão. Referências Bibliográficas BOTH, I. Avaliação-ensino. Curso Normal Superior por Mídias Interativas. UEPG. 2000. Grace, C., SHORES, E. Manual de Portfólio: um guia passo a passo para o professor. Porto Alegre: Artmed, 2001. VILLAS BOAS, Benigna Maria de Freitas. Portfólio, avaliação e trabalho pedagógico. 5ª ed. Campinas: Papirus Editora, 2004. VITÓRI, S. O Portfólio como Instrumento de Avaliação na Organização do Trabalho Pedagógico. (mimeo)