SlideShare uma empresa Scribd logo
Aluno (a):
Série: Turma:
Professor: Bruno Oliveira
Disciplina: Filosofia.
FICHAMENTO #1
THOMPSON, E. P. A miséria da teoria. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.
Objeto central do Livro: Desconstrução do pensamento de Althusser acerca da História.
Principais conceitos: A experiência surge espontaneamente no ser social, mas não surge sem
pensamento. Surge porque homens e mulheres (e não apenas filósofos) são racionais e
refletem sobre o que acontece a eles e ao seu mundo (p. 16); O diálogo entre o ser social e a
consciência social da origem a experiência (p. 42); Lógica histórica, método de investigação
adequado a materiais históricos, destinado, na medida do possível, a testar hipóteses quanta à
estrutura, causação etc. (p. 49); A história não é uma fábrica para a manufatura da Grande
Teoria, [...], também não é uma linha de montagem para produção em série de pequenas
teorias (p. 57).
Principais conclusões: A experiência, ao que se supõe, constitui uma parte da matéria-prima
oferecida aos processos do discurso científico da demonstração. E mesmo alguns intelectuais
atuantes sofreram, eles próprios, experiências. A experiência, portanto, não chega
obedientemente, da maneira proposta por Althusser (p. 16); Se ignorar os diálogos, não pode
compreender como o conhecimento histórico acontece (como experiência), nem os
procedimentos de investigação e verificação da disciplina histórica (p. 42-43); Althusser
simplesmente tomou uma moda da ideologia burguesa e deu-lhe o nome de marxismo (p.
170).
Comentário pessoal: Em consonância com Thompson, acredito que os fatos históricos por si
só, não revela nada, sendo assim, é papel do historiador realizar uma investigação minuciosa
para extrair deles os acontecimentos intrínsecos ao homem e seu meio social. Corroborando
ainda com o raciocínio de Thompson, acredito que as experiências pessoais são cruciais e a
sua investigação não pode estar dissociada de conhecimentos e técnicas empíricas, dessa
forma, a epistemologia e/ou lógica histórica seguem seus próprios princípios, fato esse que
inviabiliza a produção do conhecimento histórico em um laboratório de fronte para uma
escrivaninha.
Palavras chave: História. Marxismo. Epistemologia.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências SociaisAula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências Sociais
Leonardo Kaplan
 
Tipos de conhecimentos aula
Tipos de conhecimentos aulaTipos de conhecimentos aula
Tipos de conhecimentos aula
maloa
 
Plano Bimestral de Filosofia 1º, 2º e 3º ano
Plano   Bimestral de Filosofia 1º, 2º e 3º ano Plano   Bimestral de Filosofia 1º, 2º e 3º ano
Plano Bimestral de Filosofia 1º, 2º e 3º ano
Mary Alvarenga
 
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
Elizeu Nascimento Silva
 
Pesquisa Em EducaçãO
Pesquisa Em EducaçãOPesquisa Em EducaçãO
Pesquisa Em EducaçãO
Ivanderson da Silva
 
Resenha crítica sobre o artigo liderança, poder e comportamento organizacional
Resenha crítica sobre o artigo liderança, poder e comportamento organizacionalResenha crítica sobre o artigo liderança, poder e comportamento organizacional
Resenha crítica sobre o artigo liderança, poder e comportamento organizacional
Willian Fellipe
 
3 pré-projeto como fazer
3   pré-projeto como fazer3   pré-projeto como fazer
3 pré-projeto como fazer
Janaína Sousa
 
Teoria e prática científica - Capítulo III
Teoria e prática científica - Capítulo IIITeoria e prática científica - Capítulo III
Teoria e prática científica - Capítulo III
Marcos Teruo Ouchi
 
04 resumo,resenha,fichamento
04 resumo,resenha,fichamento04 resumo,resenha,fichamento
04 resumo,resenha,fichamento
Joao Balbi
 
Fichamento de Texto
Fichamento de TextoFichamento de Texto
Fichamento de Texto
Portal do Vestibulando
 
Resenha critica
Resenha criticaResenha critica
Resenha critica
andre pereira
 
Ciencias sociais power point[1][1][1]
Ciencias sociais   power point[1][1][1]Ciencias sociais   power point[1][1][1]
Ciencias sociais power point[1][1][1]
161912
 
História da filosofia no brasil e na américa latina
História da filosofia no brasil e na américa latinaHistória da filosofia no brasil e na américa latina
História da filosofia no brasil e na américa latina
AlanMedeiros14
 
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAFAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
UFMA e UEMA
 
Professor pesquisador
Professor pesquisadorProfessor pesquisador
Professor pesquisador
João Alberto
 
Fernando Becker - Modelos pedagógicos e modelos epistemológicos
Fernando Becker - Modelos pedagógicos e modelos epistemológicosFernando Becker - Modelos pedagógicos e modelos epistemológicos
Fernando Becker - Modelos pedagógicos e modelos epistemológicos
Marcelo Sabbatini
 
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De PesquisaComo Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
mauricio aquino
 
Apresentação qualificação de Mestrado
Apresentação qualificação de MestradoApresentação qualificação de Mestrado
Apresentação qualificação de Mestrado
Lucas Leal
 
Aula 2 elaboração trabalhos científicos
Aula 2   elaboração trabalhos científicosAula 2   elaboração trabalhos científicos
Aula 2 elaboração trabalhos científicos
Rodrigo Abreu
 
O QUE É PESQUISA-AÇÃO
O QUE É PESQUISA-AÇÃOO QUE É PESQUISA-AÇÃO
O QUE É PESQUISA-AÇÃO
Mirela Roman
 

Mais procurados (20)

Aula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências SociaisAula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências Sociais
 
Tipos de conhecimentos aula
Tipos de conhecimentos aulaTipos de conhecimentos aula
Tipos de conhecimentos aula
 
Plano Bimestral de Filosofia 1º, 2º e 3º ano
Plano   Bimestral de Filosofia 1º, 2º e 3º ano Plano   Bimestral de Filosofia 1º, 2º e 3º ano
Plano Bimestral de Filosofia 1º, 2º e 3º ano
 
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
 
Pesquisa Em EducaçãO
Pesquisa Em EducaçãOPesquisa Em EducaçãO
Pesquisa Em EducaçãO
 
Resenha crítica sobre o artigo liderança, poder e comportamento organizacional
Resenha crítica sobre o artigo liderança, poder e comportamento organizacionalResenha crítica sobre o artigo liderança, poder e comportamento organizacional
Resenha crítica sobre o artigo liderança, poder e comportamento organizacional
 
3 pré-projeto como fazer
3   pré-projeto como fazer3   pré-projeto como fazer
3 pré-projeto como fazer
 
Teoria e prática científica - Capítulo III
Teoria e prática científica - Capítulo IIITeoria e prática científica - Capítulo III
Teoria e prática científica - Capítulo III
 
04 resumo,resenha,fichamento
04 resumo,resenha,fichamento04 resumo,resenha,fichamento
04 resumo,resenha,fichamento
 
Fichamento de Texto
Fichamento de TextoFichamento de Texto
Fichamento de Texto
 
Resenha critica
Resenha criticaResenha critica
Resenha critica
 
Ciencias sociais power point[1][1][1]
Ciencias sociais   power point[1][1][1]Ciencias sociais   power point[1][1][1]
Ciencias sociais power point[1][1][1]
 
História da filosofia no brasil e na américa latina
História da filosofia no brasil e na américa latinaHistória da filosofia no brasil e na américa latina
História da filosofia no brasil e na américa latina
 
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAFAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
 
Professor pesquisador
Professor pesquisadorProfessor pesquisador
Professor pesquisador
 
Fernando Becker - Modelos pedagógicos e modelos epistemológicos
Fernando Becker - Modelos pedagógicos e modelos epistemológicosFernando Becker - Modelos pedagógicos e modelos epistemológicos
Fernando Becker - Modelos pedagógicos e modelos epistemológicos
 
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De PesquisaComo Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
 
Apresentação qualificação de Mestrado
Apresentação qualificação de MestradoApresentação qualificação de Mestrado
Apresentação qualificação de Mestrado
 
Aula 2 elaboração trabalhos científicos
Aula 2   elaboração trabalhos científicosAula 2   elaboração trabalhos científicos
Aula 2 elaboração trabalhos científicos
 
O QUE É PESQUISA-AÇÃO
O QUE É PESQUISA-AÇÃOO QUE É PESQUISA-AÇÃO
O QUE É PESQUISA-AÇÃO
 

Destaque

Fichamento analítico do livro cultura e democrácia de Marilena Chauí
Fichamento analítico do livro cultura e democrácia de Marilena ChauíFichamento analítico do livro cultura e democrácia de Marilena Chauí
Fichamento analítico do livro cultura e democrácia de Marilena Chauí
Marcus Leal
 
Como fazer Fichamento de Texto ou Livro
Como fazer Fichamento de Texto ou LivroComo fazer Fichamento de Texto ou Livro
Como fazer Fichamento de Texto ou Livro
INSTITUTO GENS
 
Fichamento O Que é Sociologia
Fichamento   O Que é SociologiaFichamento   O Que é Sociologia
Fichamento O Que é Sociologia
Wladimir Crippa
 
Organelas celulares
Organelas celularesOrganelas celulares
Organelas celulares
colegioibituruna
 
Citologia organelas
Citologia   organelasCitologia   organelas
Citologia organelas
letyap
 
Fichamento fotografia ( oficial)
Fichamento fotografia ( oficial)Fichamento fotografia ( oficial)
Fichamento fotografia ( oficial)
isisnogueira
 
História do teatro no brasil
História do teatro no brasilHistória do teatro no brasil
História do teatro no brasil
Márcio Schitz
 
Modelo de fichamento de leitura
Modelo de fichamento de leituraModelo de fichamento de leitura
Modelo de fichamento de leitura
Diego Fruscalso
 
estructura secundaria ,terciaria y cuaternaria
 estructura secundaria ,terciaria y cuaternaria estructura secundaria ,terciaria y cuaternaria
estructura secundaria ,terciaria y cuaternaria
karina2260
 
Citoplasma
CitoplasmaCitoplasma
Citoplasma
Josélio Rodrigues
 
Modelo de resumo
Modelo de resumoModelo de resumo
Tipos de trabalhos acadêmicos
Tipos de trabalhos acadêmicosTipos de trabalhos acadêmicos
Tipos de trabalhos acadêmicos
Ana Paula Sloboda Hauck
 
Modelo do resumo
Modelo do resumoModelo do resumo
Modelo do resumo
Bruno Rodrigues
 
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e SinópseGêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
Gislene Vidal
 
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
Octavio Silvério de Souza Vieira Neto
 
Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)
Fernanda Câmara
 
Modelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científicoModelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científico
Marcos Azevedo
 
Estrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academicoEstrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academico
marceloedf
 
Modelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em wordModelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em word
Mister B
 
A formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º anoA formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º ano
Nilberte Correia
 

Destaque (20)

Fichamento analítico do livro cultura e democrácia de Marilena Chauí
Fichamento analítico do livro cultura e democrácia de Marilena ChauíFichamento analítico do livro cultura e democrácia de Marilena Chauí
Fichamento analítico do livro cultura e democrácia de Marilena Chauí
 
Como fazer Fichamento de Texto ou Livro
Como fazer Fichamento de Texto ou LivroComo fazer Fichamento de Texto ou Livro
Como fazer Fichamento de Texto ou Livro
 
Fichamento O Que é Sociologia
Fichamento   O Que é SociologiaFichamento   O Que é Sociologia
Fichamento O Que é Sociologia
 
Organelas celulares
Organelas celularesOrganelas celulares
Organelas celulares
 
Citologia organelas
Citologia   organelasCitologia   organelas
Citologia organelas
 
Fichamento fotografia ( oficial)
Fichamento fotografia ( oficial)Fichamento fotografia ( oficial)
Fichamento fotografia ( oficial)
 
História do teatro no brasil
História do teatro no brasilHistória do teatro no brasil
História do teatro no brasil
 
Modelo de fichamento de leitura
Modelo de fichamento de leituraModelo de fichamento de leitura
Modelo de fichamento de leitura
 
estructura secundaria ,terciaria y cuaternaria
 estructura secundaria ,terciaria y cuaternaria estructura secundaria ,terciaria y cuaternaria
estructura secundaria ,terciaria y cuaternaria
 
Citoplasma
CitoplasmaCitoplasma
Citoplasma
 
Modelo de resumo
Modelo de resumoModelo de resumo
Modelo de resumo
 
Tipos de trabalhos acadêmicos
Tipos de trabalhos acadêmicosTipos de trabalhos acadêmicos
Tipos de trabalhos acadêmicos
 
Modelo do resumo
Modelo do resumoModelo do resumo
Modelo do resumo
 
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e SinópseGêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
Gêneros textuais:Resenha,Resumo e Sinópse
 
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
 
Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)Artigo cientifico (como fazer)
Artigo cientifico (como fazer)
 
Modelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científicoModelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científico
 
Estrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academicoEstrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academico
 
Modelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em wordModelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em word
 
A formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º anoA formação do território brasileiro 7º ano
A formação do território brasileiro 7º ano
 

Semelhante a Modelo de Fichamento

7322083 ciencias-humanas-e-filosofia-goldmann
7322083 ciencias-humanas-e-filosofia-goldmann7322083 ciencias-humanas-e-filosofia-goldmann
7322083 ciencias-humanas-e-filosofia-goldmann
Tereza Oliveira Liveira
 
Breve análise do texto de José Matoso
Breve análise do texto de José MatosoBreve análise do texto de José Matoso
Breve análise do texto de José Matoso
Acrópole - História & Educação
 
A antropologia urbana josé guilherme cantor magnani
A antropologia urbana josé guilherme cantor magnaniA antropologia urbana josé guilherme cantor magnani
A antropologia urbana josé guilherme cantor magnani
Helena Chagas
 
Ciência,epistemologia e pesquisa educacional
Ciência,epistemologia e pesquisa educacionalCiência,epistemologia e pesquisa educacional
Ciência,epistemologia e pesquisa educacional
Thiago De Melo Martins
 
parte-2
parte-2parte-2
Etnografia do-estado questoes metodologicas
Etnografia do-estado questoes metodologicasEtnografia do-estado questoes metodologicas
Etnografia do-estado questoes metodologicas
Ana Estrela
 
A antropologia
A antropologiaA antropologia
A antropologia
lukinha10
 
Aula 01 hist 1
Aula 01 hist 1Aula 01 hist 1
Aula 01 hist 1
Samara Saliba
 
A invenção da cultura trecho
A invenção da cultura   trechoA invenção da cultura   trecho
A invenção da cultura trecho
Nayala Duailibe
 
SOBRE AUTORES E AUTORIDADES NA ANTROPOLOGIA
SOBRE AUTORES E AUTORIDADES NA ANTROPOLOGIASOBRE AUTORES E AUTORIDADES NA ANTROPOLOGIA
SOBRE AUTORES E AUTORIDADES NA ANTROPOLOGIA
Josep Segarra
 
Laplantine.françoise. aprender antropologia
Laplantine.françoise. aprender antropologiaLaplantine.françoise. aprender antropologia
Laplantine.françoise. aprender antropologia
FelipeMiguel12
 
Aprender antropologia
Aprender antropologiaAprender antropologia
Aprender antropologia
Katiuscia Morgause
 
Aprender antropologia
Aprender antropologiaAprender antropologia
Aprender antropologia
José Benedito Leandro
 
Aprender antropologia
Aprender antropologiaAprender antropologia
Aprender antropologia
Eduardo Reis
 
Aprender antropologia
Aprender antropologiaAprender antropologia
Aprender antropologia
Luiz Vieira
 
Aprender antropologia (françois laplantine) (1)
Aprender antropologia (françois laplantine) (1)Aprender antropologia (françois laplantine) (1)
Aprender antropologia (françois laplantine) (1)
Psicologia_2015
 
Aprender antropologia (françois laplantine)
Aprender antropologia (françois laplantine)Aprender antropologia (françois laplantine)
Aprender antropologia (françois laplantine)
Geani Pedrosa
 
A pós modernidade e a forma-sujeito-fluido
A pós modernidade e a forma-sujeito-fluidoA pós modernidade e a forma-sujeito-fluido
A pós modernidade e a forma-sujeito-fluido
Ewerton Gindri
 
A história repensada - Keith Jenkins (Cap. 1)
A história repensada - Keith Jenkins (Cap. 1)A história repensada - Keith Jenkins (Cap. 1)
A história repensada - Keith Jenkins (Cap. 1)
Vítor Vieira
 
Foucault a verdade e as formas juridicas
Foucault   a verdade e as formas juridicasFoucault   a verdade e as formas juridicas
Foucault a verdade e as formas juridicas
Leandro Santos da Silva
 

Semelhante a Modelo de Fichamento (20)

7322083 ciencias-humanas-e-filosofia-goldmann
7322083 ciencias-humanas-e-filosofia-goldmann7322083 ciencias-humanas-e-filosofia-goldmann
7322083 ciencias-humanas-e-filosofia-goldmann
 
Breve análise do texto de José Matoso
Breve análise do texto de José MatosoBreve análise do texto de José Matoso
Breve análise do texto de José Matoso
 
A antropologia urbana josé guilherme cantor magnani
A antropologia urbana josé guilherme cantor magnaniA antropologia urbana josé guilherme cantor magnani
A antropologia urbana josé guilherme cantor magnani
 
Ciência,epistemologia e pesquisa educacional
Ciência,epistemologia e pesquisa educacionalCiência,epistemologia e pesquisa educacional
Ciência,epistemologia e pesquisa educacional
 
parte-2
parte-2parte-2
parte-2
 
Etnografia do-estado questoes metodologicas
Etnografia do-estado questoes metodologicasEtnografia do-estado questoes metodologicas
Etnografia do-estado questoes metodologicas
 
A antropologia
A antropologiaA antropologia
A antropologia
 
Aula 01 hist 1
Aula 01 hist 1Aula 01 hist 1
Aula 01 hist 1
 
A invenção da cultura trecho
A invenção da cultura   trechoA invenção da cultura   trecho
A invenção da cultura trecho
 
SOBRE AUTORES E AUTORIDADES NA ANTROPOLOGIA
SOBRE AUTORES E AUTORIDADES NA ANTROPOLOGIASOBRE AUTORES E AUTORIDADES NA ANTROPOLOGIA
SOBRE AUTORES E AUTORIDADES NA ANTROPOLOGIA
 
Laplantine.françoise. aprender antropologia
Laplantine.françoise. aprender antropologiaLaplantine.françoise. aprender antropologia
Laplantine.françoise. aprender antropologia
 
Aprender antropologia
Aprender antropologiaAprender antropologia
Aprender antropologia
 
Aprender antropologia
Aprender antropologiaAprender antropologia
Aprender antropologia
 
Aprender antropologia
Aprender antropologiaAprender antropologia
Aprender antropologia
 
Aprender antropologia
Aprender antropologiaAprender antropologia
Aprender antropologia
 
Aprender antropologia (françois laplantine) (1)
Aprender antropologia (françois laplantine) (1)Aprender antropologia (françois laplantine) (1)
Aprender antropologia (françois laplantine) (1)
 
Aprender antropologia (françois laplantine)
Aprender antropologia (françois laplantine)Aprender antropologia (françois laplantine)
Aprender antropologia (françois laplantine)
 
A pós modernidade e a forma-sujeito-fluido
A pós modernidade e a forma-sujeito-fluidoA pós modernidade e a forma-sujeito-fluido
A pós modernidade e a forma-sujeito-fluido
 
A história repensada - Keith Jenkins (Cap. 1)
A história repensada - Keith Jenkins (Cap. 1)A história repensada - Keith Jenkins (Cap. 1)
A história repensada - Keith Jenkins (Cap. 1)
 
Foucault a verdade e as formas juridicas
Foucault   a verdade e as formas juridicasFoucault   a verdade e as formas juridicas
Foucault a verdade e as formas juridicas
 

Mais de Evandro Batista

Relações Ecológicas
Relações EcológicasRelações Ecológicas
Relações Ecológicas
Evandro Batista
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Evandro Batista
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Evandro Batista
 
Bacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elasBacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elas
Evandro Batista
 
Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivosClassificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos
Evandro Batista
 
Mitose e Meiose
Mitose e MeioseMitose e Meiose
Mitose e Meiose
Evandro Batista
 
POLÍTICA DE ARISTÓTELES
POLÍTICA DE ARISTÓTELESPOLÍTICA DE ARISTÓTELES
POLÍTICA DE ARISTÓTELES
Evandro Batista
 
A POLÍTICA - ARISTÓTELES
A POLÍTICA - ARISTÓTELESA POLÍTICA - ARISTÓTELES
A POLÍTICA - ARISTÓTELES
Evandro Batista
 
Estrutura Geológica do Planeta
Estrutura Geológica do Planeta Estrutura Geológica do Planeta
Estrutura Geológica do Planeta
Evandro Batista
 
Bioquímica 3
Bioquímica 3 Bioquímica 3
Bioquímica 3
Evandro Batista
 
Bioquímica 2
Bioquímica 2Bioquímica 2
Bioquímica 2
Evandro Batista
 
Bioquímica 1
Bioquímica 1Bioquímica 1
Bioquímica 1
Evandro Batista
 
Membrana Plasmática
Membrana PlasmáticaMembrana Plasmática
Membrana Plasmática
Evandro Batista
 
Movimento de Rotacao e Translacao
Movimento de Rotacao e TranslacaoMovimento de Rotacao e Translacao
Movimento de Rotacao e Translacao
Evandro Batista
 
SEMANA 25
SEMANA 25SEMANA 25
SEMANA 25
Evandro Batista
 
SEMANA 24
SEMANA 24SEMANA 24
SEMANA 24
Evandro Batista
 
SEMANA 23
SEMANA 23SEMANA 23
SEMANA 23
Evandro Batista
 
SEMANA 22
SEMANA 22SEMANA 22
SEMANA 22
Evandro Batista
 
SEMANA 21
SEMANA 21SEMANA 21
SEMANA 21
Evandro Batista
 
SEMANA 20
SEMANA 20SEMANA 20
SEMANA 20
Evandro Batista
 

Mais de Evandro Batista (20)

Relações Ecológicas
Relações EcológicasRelações Ecológicas
Relações Ecológicas
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Bacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elasBacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elas
 
Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivosClassificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos
 
Mitose e Meiose
Mitose e MeioseMitose e Meiose
Mitose e Meiose
 
POLÍTICA DE ARISTÓTELES
POLÍTICA DE ARISTÓTELESPOLÍTICA DE ARISTÓTELES
POLÍTICA DE ARISTÓTELES
 
A POLÍTICA - ARISTÓTELES
A POLÍTICA - ARISTÓTELESA POLÍTICA - ARISTÓTELES
A POLÍTICA - ARISTÓTELES
 
Estrutura Geológica do Planeta
Estrutura Geológica do Planeta Estrutura Geológica do Planeta
Estrutura Geológica do Planeta
 
Bioquímica 3
Bioquímica 3 Bioquímica 3
Bioquímica 3
 
Bioquímica 2
Bioquímica 2Bioquímica 2
Bioquímica 2
 
Bioquímica 1
Bioquímica 1Bioquímica 1
Bioquímica 1
 
Membrana Plasmática
Membrana PlasmáticaMembrana Plasmática
Membrana Plasmática
 
Movimento de Rotacao e Translacao
Movimento de Rotacao e TranslacaoMovimento de Rotacao e Translacao
Movimento de Rotacao e Translacao
 
SEMANA 25
SEMANA 25SEMANA 25
SEMANA 25
 
SEMANA 24
SEMANA 24SEMANA 24
SEMANA 24
 
SEMANA 23
SEMANA 23SEMANA 23
SEMANA 23
 
SEMANA 22
SEMANA 22SEMANA 22
SEMANA 22
 
SEMANA 21
SEMANA 21SEMANA 21
SEMANA 21
 
SEMANA 20
SEMANA 20SEMANA 20
SEMANA 20
 

Último

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: CronologiaOs Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Renato Henriques
 

Último (20)

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: CronologiaOs Profetas do Velho Testamento: Cronologia
Os Profetas do Velho Testamento: Cronologia
 

Modelo de Fichamento

  • 1. Aluno (a): Série: Turma: Professor: Bruno Oliveira Disciplina: Filosofia. FICHAMENTO #1 THOMPSON, E. P. A miséria da teoria. Rio de Janeiro: Zahar, 1981. Objeto central do Livro: Desconstrução do pensamento de Althusser acerca da História. Principais conceitos: A experiência surge espontaneamente no ser social, mas não surge sem pensamento. Surge porque homens e mulheres (e não apenas filósofos) são racionais e refletem sobre o que acontece a eles e ao seu mundo (p. 16); O diálogo entre o ser social e a consciência social da origem a experiência (p. 42); Lógica histórica, método de investigação adequado a materiais históricos, destinado, na medida do possível, a testar hipóteses quanta à estrutura, causação etc. (p. 49); A história não é uma fábrica para a manufatura da Grande Teoria, [...], também não é uma linha de montagem para produção em série de pequenas teorias (p. 57). Principais conclusões: A experiência, ao que se supõe, constitui uma parte da matéria-prima oferecida aos processos do discurso científico da demonstração. E mesmo alguns intelectuais atuantes sofreram, eles próprios, experiências. A experiência, portanto, não chega obedientemente, da maneira proposta por Althusser (p. 16); Se ignorar os diálogos, não pode compreender como o conhecimento histórico acontece (como experiência), nem os procedimentos de investigação e verificação da disciplina histórica (p. 42-43); Althusser simplesmente tomou uma moda da ideologia burguesa e deu-lhe o nome de marxismo (p. 170). Comentário pessoal: Em consonância com Thompson, acredito que os fatos históricos por si só, não revela nada, sendo assim, é papel do historiador realizar uma investigação minuciosa para extrair deles os acontecimentos intrínsecos ao homem e seu meio social. Corroborando ainda com o raciocínio de Thompson, acredito que as experiências pessoais são cruciais e a sua investigação não pode estar dissociada de conhecimentos e técnicas empíricas, dessa forma, a epistemologia e/ou lógica histórica seguem seus próprios princípios, fato esse que inviabiliza a produção do conhecimento histórico em um laboratório de fronte para uma escrivaninha. Palavras chave: História. Marxismo. Epistemologia.