SlideShare uma empresa Scribd logo
MHC
COMPLEXO PRINCIPAL DE
HISTOCOMPATIBILIDADE



   Roulber Carvalho Gomes da Silva
Introdução
   MHC – Major Histocompatibility Complex;

   Grupo de genes – receptores protéicos de
    superfície celular ou moléculas apresentadoras
    de antígenos;

   Primeiramente identificados por provocar
    rejeição a enxertos transplantados entre
    membros de uma mesma espécie.
Classificação
 MHC Classe I – superficie de todas as
 células de organismos vertebrados;

 MHC Classe II – superficie de algumas
 células especializadas.
Características do MHC
Funções do MHC
 Apresentar antígenos para células
  especializadas do sistema imune;
 Diálogo imunológico entre as células do
  sistema imune;
 Reprodução;

 Reconhecimento Materno;

 Reconhecimento social;
Por que estudar MHC em genética?
MHC
        Complexo Principal de
        Histocompatibilidade
 Altamente   Poligênicos;

 Altamente   Polimórficos;

 Apresenta  grande potencial para
 estudos e associação às características
 econômicas importantes;
Polimorfismos no gene MHC
 Parecem  ter sido selecionados por
  pressões evolutivas;
 Alguns novos alelos podem originar-se por
  mutações pontuais;
 Maior parte é originado por recombinação
  gênica .
MHC – Sistema Imune
 Seleção   – Resistência a doenças;

 GeneBoLa – Resistência à ectoparasitas
 em bovinos;

 Grandepotencial de utilização em
 programas de Melhoramento Genético
MHC - Reprodução
 Fertilização   – Seleção de espermatozoídes;

 Reconhecimento     entre fêmeas e machos;

 Reconhecimento  fetal – Embriões são
  apresentados para organismo materno.
MHC - Reprodução
MHC – Reprodução e
Reconhecimento Social
MHC – Reconhecimento Materno
 Reconhecimento   Materno – Gestação;

 Reconhecimento   do bezerro pela vaca;
MHC
 Grandediversidade genética dentro das
 populações;

 Grande    potencial    de   utilização,
 principalmente, em programas de
 seleção assistida por marcadores.
MUITO OBRIGADO!!!
Questões
 Qual a sua opinião a respeito do
 potencial dos estudos do MHC na
 genética? Dê ao menos um exemplo
 prático (que não tenha sido comentado
 durante a aula).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Anticorpos
AnticorposAnticorpos
Anticorpos
LABIMUNO UFBA
 
ICSA17 - Ativação de linfócitos B e Resposta Imune Humoral
ICSA17 - Ativação de linfócitos B e Resposta Imune HumoralICSA17 - Ativação de linfócitos B e Resposta Imune Humoral
ICSA17 - Ativação de linfócitos B e Resposta Imune Humoral
Ricardo Portela
 
Processamento e apresentação de antígenos
Processamento e apresentação de antígenosProcessamento e apresentação de antígenos
Processamento e apresentação de antígenos
Messias Miranda
 
Introdução à imunologia
Introdução à imunologiaIntrodução à imunologia
Introdução à imunologia
Messias Miranda
 
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDFICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
Ricardo Portela
 
Imunidade Inata Adaptativa
Imunidade Inata AdaptativaImunidade Inata Adaptativa
Imunidade Inata Adaptativa
LABIMUNO UFBA
 
Antigenos e Anticorpos
Antigenos e AnticorposAntigenos e Anticorpos
Antigenos e Anticorpos
LABIMUNO UFBA
 
Imunologia
ImunologiaImunologia
Imunologia
CristinaBrandao
 
ICSA17 - Hipersensibilidades
ICSA17 - HipersensibilidadesICSA17 - Hipersensibilidades
ICSA17 - Hipersensibilidades
Ricardo Portela
 
Linfócitos B
Linfócitos BLinfócitos B
Linfócitos B
LABIMUNO UFBA
 
Tolerância imunológica
Tolerância imunológicaTolerância imunológica
Tolerância imunológica
Mara Farias
 
Resposta inata e adquirida para alunos
Resposta inata e adquirida para alunosResposta inata e adquirida para alunos
Resposta inata e adquirida para alunos
Gildo Crispim
 
Slide imuno
Slide imunoSlide imuno
Slide imuno
Lucas Almeida Sá
 
Moleculas mhc1
Moleculas mhc1Moleculas mhc1
Moleculas mhc1
Gildo Crispim
 
Imunidade adaptativa
Imunidade adaptativaImunidade adaptativa
Imunidade adaptativa
Silas Gouveia
 
Hipersensibilidade
HipersensibilidadeHipersensibilidade
Hipersensibilidade
Kelton Silva Sena
 
ICSA17 - Resposta Imune a infecções
ICSA17 - Resposta Imune a infecçõesICSA17 - Resposta Imune a infecções
ICSA17 - Resposta Imune a infecções
Ricardo Portela
 
Auto imunidade
Auto imunidadeAuto imunidade
Auto imunidade
LABIMUNO UFBA
 
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em ImunologiaICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
Ricardo Portela
 
ICSA17 - Citocinas da imunidade inata e adquirida
ICSA17 - Citocinas da imunidade inata e adquiridaICSA17 - Citocinas da imunidade inata e adquirida
ICSA17 - Citocinas da imunidade inata e adquirida
Ricardo Portela
 

Mais procurados (20)

Anticorpos
AnticorposAnticorpos
Anticorpos
 
ICSA17 - Ativação de linfócitos B e Resposta Imune Humoral
ICSA17 - Ativação de linfócitos B e Resposta Imune HumoralICSA17 - Ativação de linfócitos B e Resposta Imune Humoral
ICSA17 - Ativação de linfócitos B e Resposta Imune Humoral
 
Processamento e apresentação de antígenos
Processamento e apresentação de antígenosProcessamento e apresentação de antígenos
Processamento e apresentação de antígenos
 
Introdução à imunologia
Introdução à imunologiaIntrodução à imunologia
Introdução à imunologia
 
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDFICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
 
Imunidade Inata Adaptativa
Imunidade Inata AdaptativaImunidade Inata Adaptativa
Imunidade Inata Adaptativa
 
Antigenos e Anticorpos
Antigenos e AnticorposAntigenos e Anticorpos
Antigenos e Anticorpos
 
Imunologia
ImunologiaImunologia
Imunologia
 
ICSA17 - Hipersensibilidades
ICSA17 - HipersensibilidadesICSA17 - Hipersensibilidades
ICSA17 - Hipersensibilidades
 
Linfócitos B
Linfócitos BLinfócitos B
Linfócitos B
 
Tolerância imunológica
Tolerância imunológicaTolerância imunológica
Tolerância imunológica
 
Resposta inata e adquirida para alunos
Resposta inata e adquirida para alunosResposta inata e adquirida para alunos
Resposta inata e adquirida para alunos
 
Slide imuno
Slide imunoSlide imuno
Slide imuno
 
Moleculas mhc1
Moleculas mhc1Moleculas mhc1
Moleculas mhc1
 
Imunidade adaptativa
Imunidade adaptativaImunidade adaptativa
Imunidade adaptativa
 
Hipersensibilidade
HipersensibilidadeHipersensibilidade
Hipersensibilidade
 
ICSA17 - Resposta Imune a infecções
ICSA17 - Resposta Imune a infecçõesICSA17 - Resposta Imune a infecções
ICSA17 - Resposta Imune a infecções
 
Auto imunidade
Auto imunidadeAuto imunidade
Auto imunidade
 
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em ImunologiaICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
 
ICSA17 - Citocinas da imunidade inata e adquirida
ICSA17 - Citocinas da imunidade inata e adquiridaICSA17 - Citocinas da imunidade inata e adquirida
ICSA17 - Citocinas da imunidade inata e adquirida
 

Destaque

MHC
MHCMHC
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenos
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenosProcessamento antigênico células apresentadoras de antígenos
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenos
LABIMUNO UFBA
 
Imunologia
ImunologiaImunologia
Imunologia
Janine Rafael
 
Complexo Principal De Histocompatibilidade Chp
Complexo Principal De Histocompatibilidade ChpComplexo Principal De Histocompatibilidade Chp
Complexo Principal De Histocompatibilidade Chp
LABIMUNO UFBA
 
Anticorpos: estrutura, classes, subclasses e atividades biológicas
Anticorpos: estrutura, classes, subclasses  e atividades biológicasAnticorpos: estrutura, classes, subclasses  e atividades biológicas
Anticorpos: estrutura, classes, subclasses e atividades biológicas
LABIMUNO UFBA
 
Mecanismos efetores da imunidade humoral
Mecanismos efetores da imunidade humoralMecanismos efetores da imunidade humoral
Mecanismos efetores da imunidade humoral
Guilherme Schmitt de Andrade
 
Imunidade Inata e Sistema Complemento
Imunidade Inata e Sistema ComplementoImunidade Inata e Sistema Complemento
Imunidade Inata e Sistema Complemento
Lys Duarte
 
Receptores linfócitos
Receptores linfócitosReceptores linfócitos
Receptores linfócitos
LABIMUNO UFBA
 
ICSA17 - Ativação de linfócitos T
ICSA17 - Ativação de linfócitos TICSA17 - Ativação de linfócitos T
ICSA17 - Ativação de linfócitos T
Ricardo Portela
 
Aula Mhc Apc E Interaes Celula
Aula Mhc Apc E Interaes CelulaAula Mhc Apc E Interaes Celula
Aula Mhc Apc E Interaes Celula
P Victor
 
Mecanismos De Defesa NãO EspecíFicos (ApresentaçãO Nr. 3)
Mecanismos De Defesa NãO EspecíFicos  (ApresentaçãO Nr. 3)Mecanismos De Defesa NãO EspecíFicos  (ApresentaçãO Nr. 3)
Mecanismos De Defesa NãO EspecíFicos (ApresentaçãO Nr. 3)
Nuno Correia
 
Ri virus helmintos
Ri virus helmintosRi virus helmintos
Ri virus helmintos
LABIMUNO UFBA
 
Estrutura e função dos anticorpos
Estrutura e função dos anticorposEstrutura e função dos anticorpos
Estrutura e função dos anticorpos
Patricia Costa
 
Imunologia i completa - arlindo
Imunologia i   completa - arlindoImunologia i   completa - arlindo
Imunologia i completa - arlindo
00net
 
Estrutura e funções dos anticorpos para alunos
Estrutura e funções dos anticorpos para alunosEstrutura e funções dos anticorpos para alunos
Estrutura e funções dos anticorpos para alunos
Gildo Crispim
 
Sistema Complemento
Sistema ComplementoSistema Complemento
Sistema Complemento
LABIMUNO UFBA
 
Antigenos e Anticorpos
Antigenos e AnticorposAntigenos e Anticorpos
Antigenos e Anticorpos
LABIMUNO UFBA
 
Resposta inata
Resposta inataResposta inata
Resposta inata
LABIMUNO UFBA
 
02- Imunidade - Defesa Não Específica
02- Imunidade - Defesa Não Específica02- Imunidade - Defesa Não Específica
02- Imunidade - Defesa Não Específica
Catir
 
Imunidade Inata e Adaptativa
Imunidade Inata e AdaptativaImunidade Inata e Adaptativa
Imunidade Inata e Adaptativa
LABIMUNO UFBA
 

Destaque (20)

MHC
MHCMHC
MHC
 
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenos
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenosProcessamento antigênico células apresentadoras de antígenos
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenos
 
Imunologia
ImunologiaImunologia
Imunologia
 
Complexo Principal De Histocompatibilidade Chp
Complexo Principal De Histocompatibilidade ChpComplexo Principal De Histocompatibilidade Chp
Complexo Principal De Histocompatibilidade Chp
 
Anticorpos: estrutura, classes, subclasses e atividades biológicas
Anticorpos: estrutura, classes, subclasses  e atividades biológicasAnticorpos: estrutura, classes, subclasses  e atividades biológicas
Anticorpos: estrutura, classes, subclasses e atividades biológicas
 
Mecanismos efetores da imunidade humoral
Mecanismos efetores da imunidade humoralMecanismos efetores da imunidade humoral
Mecanismos efetores da imunidade humoral
 
Imunidade Inata e Sistema Complemento
Imunidade Inata e Sistema ComplementoImunidade Inata e Sistema Complemento
Imunidade Inata e Sistema Complemento
 
Receptores linfócitos
Receptores linfócitosReceptores linfócitos
Receptores linfócitos
 
ICSA17 - Ativação de linfócitos T
ICSA17 - Ativação de linfócitos TICSA17 - Ativação de linfócitos T
ICSA17 - Ativação de linfócitos T
 
Aula Mhc Apc E Interaes Celula
Aula Mhc Apc E Interaes CelulaAula Mhc Apc E Interaes Celula
Aula Mhc Apc E Interaes Celula
 
Mecanismos De Defesa NãO EspecíFicos (ApresentaçãO Nr. 3)
Mecanismos De Defesa NãO EspecíFicos  (ApresentaçãO Nr. 3)Mecanismos De Defesa NãO EspecíFicos  (ApresentaçãO Nr. 3)
Mecanismos De Defesa NãO EspecíFicos (ApresentaçãO Nr. 3)
 
Ri virus helmintos
Ri virus helmintosRi virus helmintos
Ri virus helmintos
 
Estrutura e função dos anticorpos
Estrutura e função dos anticorposEstrutura e função dos anticorpos
Estrutura e função dos anticorpos
 
Imunologia i completa - arlindo
Imunologia i   completa - arlindoImunologia i   completa - arlindo
Imunologia i completa - arlindo
 
Estrutura e funções dos anticorpos para alunos
Estrutura e funções dos anticorpos para alunosEstrutura e funções dos anticorpos para alunos
Estrutura e funções dos anticorpos para alunos
 
Sistema Complemento
Sistema ComplementoSistema Complemento
Sistema Complemento
 
Antigenos e Anticorpos
Antigenos e AnticorposAntigenos e Anticorpos
Antigenos e Anticorpos
 
Resposta inata
Resposta inataResposta inata
Resposta inata
 
02- Imunidade - Defesa Não Específica
02- Imunidade - Defesa Não Específica02- Imunidade - Defesa Não Específica
02- Imunidade - Defesa Não Específica
 
Imunidade Inata e Adaptativa
Imunidade Inata e AdaptativaImunidade Inata e Adaptativa
Imunidade Inata e Adaptativa
 

Semelhante a MHC: Complexo maior de histocompatibilidade

aula13.pdfjdhdkksudjiddhnskdhhdhdkjhdjdjdbhd
aula13.pdfjdhdkksudjiddhnskdhhdhdkjhdjdjdbhdaula13.pdfjdhdkksudjiddhnskdhhdhdkjhdjdjdbhd
aula13.pdfjdhdkksudjiddhnskdhhdhdkjhdjdjdbhd
emanueltivane67
 
introdução a imunologia - conceitos básicos
introdução a imunologia - conceitos básicosintrodução a imunologia - conceitos básicos
introdução a imunologia - conceitos básicos
biancafreitas97
 
Complexo Principal de Histocompatibilidade.pdf
Complexo Principal de Histocompatibilidade.pdfComplexo Principal de Histocompatibilidade.pdf
Complexo Principal de Histocompatibilidade.pdf
Universidade Regional do Cariri
 
Aula Imunologia: Resposta imune a infecções
Aula Imunologia: Resposta imune a infecçõesAula Imunologia: Resposta imune a infecções
Aula Imunologia: Resposta imune a infecções
sumariosal
 
Aula Imunologia: Resposta imune a infecções
Aula Imunologia: Resposta imune a infecçõesAula Imunologia: Resposta imune a infecções
Aula Imunologia: Resposta imune a infecções
sumariosal
 
31 Sistema ImunitáRio I Ii
31 Sistema ImunitáRio I Ii31 Sistema ImunitáRio I Ii
31 Sistema ImunitáRio I Ii
Leonor Vaz Pereira
 
Imuno+ct vanessinha
Imuno+ct vanessinhaImuno+ct vanessinha
Imuno+ct vanessinha
Vanessa Boeira
 
Patogenicidade Bacteriana
Patogenicidade BacterianaPatogenicidade Bacteriana
Patogenicidade Bacteriana
Kelton Silva Sena
 
BIBLIOTECA_3_ANO_HAB_ANALISES_CLINICAS_IMUNOLOGIA_INTRODUCAO.pptx
BIBLIOTECA_3_ANO_HAB_ANALISES_CLINICAS_IMUNOLOGIA_INTRODUCAO.pptxBIBLIOTECA_3_ANO_HAB_ANALISES_CLINICAS_IMUNOLOGIA_INTRODUCAO.pptx
BIBLIOTECA_3_ANO_HAB_ANALISES_CLINICAS_IMUNOLOGIA_INTRODUCAO.pptx
ssuser771325
 
Imunidade
ImunidadeImunidade
Imunidade
anabela
 
Microbiologia apostila3 2005c
Microbiologia apostila3 2005cMicrobiologia apostila3 2005c
Microbiologia apostila3 2005c
Sidna Regina Souza Souza
 
Banner componentes do sistema imunológico presentes no leite materno - final
Banner   componentes do sistema imunológico   presentes no leite materno - finalBanner   componentes do sistema imunológico   presentes no leite materno - final
Banner componentes do sistema imunológico presentes no leite materno - final
Imunocast
 
.Apresentação 12º sistema imunitário
.Apresentação 12º sistema imunitário.Apresentação 12º sistema imunitário
.Apresentação 12º sistema imunitário
Cidalia Aguiar
 
Sistema imunitário parte i
Sistema imunitário   parte iSistema imunitário   parte i
Sistema imunitário parte i
Luciana Pietro
 
Apostila 1 revisão - Imunologia Básica
Apostila 1 revisão - Imunologia BásicaApostila 1 revisão - Imunologia Básica
Apostila 1 revisão - Imunologia Básica
Genecy Costa
 
1Visão Geral Sist Imune.ppt
1Visão Geral Sist Imune.ppt1Visão Geral Sist Imune.ppt
1Visão Geral Sist Imune.ppt
FabianaPassamani2
 
MAIS UMA 1Visão Geral Sist Imune (1).ppt
MAIS UMA 1Visão Geral Sist Imune (1).pptMAIS UMA 1Visão Geral Sist Imune (1).ppt
MAIS UMA 1Visão Geral Sist Imune (1).ppt
profedusoares
 
Aula1 imuno clínica revisional
Aula1 imuno clínica  revisionalAula1 imuno clínica  revisional
Aula1 imuno clínica revisional
Aline Garcia
 
Sistema imune
Sistema imuneSistema imune
Sistema imune
Carla Costa
 

Semelhante a MHC: Complexo maior de histocompatibilidade (19)

aula13.pdfjdhdkksudjiddhnskdhhdhdkjhdjdjdbhd
aula13.pdfjdhdkksudjiddhnskdhhdhdkjhdjdjdbhdaula13.pdfjdhdkksudjiddhnskdhhdhdkjhdjdjdbhd
aula13.pdfjdhdkksudjiddhnskdhhdhdkjhdjdjdbhd
 
introdução a imunologia - conceitos básicos
introdução a imunologia - conceitos básicosintrodução a imunologia - conceitos básicos
introdução a imunologia - conceitos básicos
 
Complexo Principal de Histocompatibilidade.pdf
Complexo Principal de Histocompatibilidade.pdfComplexo Principal de Histocompatibilidade.pdf
Complexo Principal de Histocompatibilidade.pdf
 
Aula Imunologia: Resposta imune a infecções
Aula Imunologia: Resposta imune a infecçõesAula Imunologia: Resposta imune a infecções
Aula Imunologia: Resposta imune a infecções
 
Aula Imunologia: Resposta imune a infecções
Aula Imunologia: Resposta imune a infecçõesAula Imunologia: Resposta imune a infecções
Aula Imunologia: Resposta imune a infecções
 
31 Sistema ImunitáRio I Ii
31 Sistema ImunitáRio I Ii31 Sistema ImunitáRio I Ii
31 Sistema ImunitáRio I Ii
 
Imuno+ct vanessinha
Imuno+ct vanessinhaImuno+ct vanessinha
Imuno+ct vanessinha
 
Patogenicidade Bacteriana
Patogenicidade BacterianaPatogenicidade Bacteriana
Patogenicidade Bacteriana
 
BIBLIOTECA_3_ANO_HAB_ANALISES_CLINICAS_IMUNOLOGIA_INTRODUCAO.pptx
BIBLIOTECA_3_ANO_HAB_ANALISES_CLINICAS_IMUNOLOGIA_INTRODUCAO.pptxBIBLIOTECA_3_ANO_HAB_ANALISES_CLINICAS_IMUNOLOGIA_INTRODUCAO.pptx
BIBLIOTECA_3_ANO_HAB_ANALISES_CLINICAS_IMUNOLOGIA_INTRODUCAO.pptx
 
Imunidade
ImunidadeImunidade
Imunidade
 
Microbiologia apostila3 2005c
Microbiologia apostila3 2005cMicrobiologia apostila3 2005c
Microbiologia apostila3 2005c
 
Banner componentes do sistema imunológico presentes no leite materno - final
Banner   componentes do sistema imunológico   presentes no leite materno - finalBanner   componentes do sistema imunológico   presentes no leite materno - final
Banner componentes do sistema imunológico presentes no leite materno - final
 
.Apresentação 12º sistema imunitário
.Apresentação 12º sistema imunitário.Apresentação 12º sistema imunitário
.Apresentação 12º sistema imunitário
 
Sistema imunitário parte i
Sistema imunitário   parte iSistema imunitário   parte i
Sistema imunitário parte i
 
Apostila 1 revisão - Imunologia Básica
Apostila 1 revisão - Imunologia BásicaApostila 1 revisão - Imunologia Básica
Apostila 1 revisão - Imunologia Básica
 
1Visão Geral Sist Imune.ppt
1Visão Geral Sist Imune.ppt1Visão Geral Sist Imune.ppt
1Visão Geral Sist Imune.ppt
 
MAIS UMA 1Visão Geral Sist Imune (1).ppt
MAIS UMA 1Visão Geral Sist Imune (1).pptMAIS UMA 1Visão Geral Sist Imune (1).ppt
MAIS UMA 1Visão Geral Sist Imune (1).ppt
 
Aula1 imuno clínica revisional
Aula1 imuno clínica  revisionalAula1 imuno clínica  revisional
Aula1 imuno clínica revisional
 
Sistema imune
Sistema imuneSistema imune
Sistema imune
 

Mais de Roulber Carvalho

Genética e evolução: mecanismos de especiação
Genética e evolução: mecanismos de especiaçãoGenética e evolução: mecanismos de especiação
Genética e evolução: mecanismos de especiação
Roulber Carvalho
 
Genética de resistência às doenças
Genética de resistência às doençasGenética de resistência às doenças
Genética de resistência às doenças
Roulber Carvalho
 
Genética de populações
Genética de populaçõesGenética de populações
Genética de populações
Roulber Carvalho
 
Ação gênica
Ação gênicaAção gênica
Ação gênica
Roulber Carvalho
 
Genes letais
Genes letaisGenes letais
Genes letais
Roulber Carvalho
 
Seleção assistida por marcadores genéticos de características de carcaça em b...
Seleção assistida por marcadores genéticos de características de carcaça em b...Seleção assistida por marcadores genéticos de características de carcaça em b...
Seleção assistida por marcadores genéticos de características de carcaça em b...
Roulber Carvalho
 
Estudo de caracterização e associação de marcadores moleculares relacionados ...
Estudo de caracterização e associação de marcadores moleculares relacionados ...Estudo de caracterização e associação de marcadores moleculares relacionados ...
Estudo de caracterização e associação de marcadores moleculares relacionados ...
Roulber Carvalho
 

Mais de Roulber Carvalho (7)

Genética e evolução: mecanismos de especiação
Genética e evolução: mecanismos de especiaçãoGenética e evolução: mecanismos de especiação
Genética e evolução: mecanismos de especiação
 
Genética de resistência às doenças
Genética de resistência às doençasGenética de resistência às doenças
Genética de resistência às doenças
 
Genética de populações
Genética de populaçõesGenética de populações
Genética de populações
 
Ação gênica
Ação gênicaAção gênica
Ação gênica
 
Genes letais
Genes letaisGenes letais
Genes letais
 
Seleção assistida por marcadores genéticos de características de carcaça em b...
Seleção assistida por marcadores genéticos de características de carcaça em b...Seleção assistida por marcadores genéticos de características de carcaça em b...
Seleção assistida por marcadores genéticos de características de carcaça em b...
 
Estudo de caracterização e associação de marcadores moleculares relacionados ...
Estudo de caracterização e associação de marcadores moleculares relacionados ...Estudo de caracterização e associação de marcadores moleculares relacionados ...
Estudo de caracterização e associação de marcadores moleculares relacionados ...
 

MHC: Complexo maior de histocompatibilidade

  • 1. MHC COMPLEXO PRINCIPAL DE HISTOCOMPATIBILIDADE Roulber Carvalho Gomes da Silva
  • 2. Introdução  MHC – Major Histocompatibility Complex;  Grupo de genes – receptores protéicos de superfície celular ou moléculas apresentadoras de antígenos;  Primeiramente identificados por provocar rejeição a enxertos transplantados entre membros de uma mesma espécie.
  • 3. Classificação  MHC Classe I – superficie de todas as células de organismos vertebrados;  MHC Classe II – superficie de algumas células especializadas.
  • 5. Funções do MHC  Apresentar antígenos para células especializadas do sistema imune;  Diálogo imunológico entre as células do sistema imune;  Reprodução;  Reconhecimento Materno;  Reconhecimento social;
  • 6. Por que estudar MHC em genética?
  • 7. MHC Complexo Principal de Histocompatibilidade  Altamente Poligênicos;  Altamente Polimórficos;  Apresenta grande potencial para estudos e associação às características econômicas importantes;
  • 8. Polimorfismos no gene MHC  Parecem ter sido selecionados por pressões evolutivas;  Alguns novos alelos podem originar-se por mutações pontuais;  Maior parte é originado por recombinação gênica .
  • 9. MHC – Sistema Imune  Seleção – Resistência a doenças;  GeneBoLa – Resistência à ectoparasitas em bovinos;  Grandepotencial de utilização em programas de Melhoramento Genético
  • 10. MHC - Reprodução  Fertilização – Seleção de espermatozoídes;  Reconhecimento entre fêmeas e machos;  Reconhecimento fetal – Embriões são apresentados para organismo materno.
  • 12. MHC – Reprodução e Reconhecimento Social
  • 13. MHC – Reconhecimento Materno  Reconhecimento Materno – Gestação;  Reconhecimento do bezerro pela vaca;
  • 14. MHC  Grandediversidade genética dentro das populações;  Grande potencial de utilização, principalmente, em programas de seleção assistida por marcadores.
  • 16. Questões  Qual a sua opinião a respeito do potencial dos estudos do MHC na genética? Dê ao menos um exemplo prático (que não tenha sido comentado durante a aula).

Notas do Editor

  1. O Complexo Principal de Histocompatibilidade (MHC – do inglês Major Histocompatibility Complex ) compõe-se de um grupo de genes que codificam receptores protéicos de superfície celular ou moléculas apresentadoras de antígenos – identificados originalmente por sua habilidade de provocar rejeição a enxertos transplantados entre membros de uma mesma espécie.
  2. O MHC está dividido em três classes – I, II e III – e ocupa uma região de aproximadamente 4 megabases (Mpb) no braço curto do cromossomo 6 (6p21.3). Mais de 220 genes organizados “ cluster” têm sido localizados no MHC e, no mínimo 10% têm funções relacionadas ao sistema imune. São herdados em blocos ou séries chamados haplótipos e expressos codominantemente em cada indivíduo (Figuras 3 e 4; Tabela 2). Em termos de genética clássica, o MHC se estende por cerca de 4 centimorgans e apresenta uma taxa de recombinação de 4% em cada meiose. (2, 4, 5, 6, 7) As regiões de classes I e II são altamente poligênicas e polimórficas (Tabela 1). Codificam dois grupos de proteínas estruturalmente distintas, porém homólogas. As moléculas do MHC de classe I apresentam os peptídeos às células T CD8+ e as moléculas de classe II apresentam os peptídeos às células T CD4+. (2, 5, 7, 18, 19) A região de classe I, de 2.000 Kb (kilobases), constitui a porção mais telomérica do MHC. Contém os três principais loci clássicos funcionais (definidos como determinantes da rejeição a enxertos), que codificam as cadeias pesadas das proteínas MHC de classe I.– HLA-A, HLA-B e HLA-C – todos altamente polimórficos e expressados pela maioria das células somáticas em níveis variados. A cadeia leve das proteínas MHC de classe I (não polimórfica), denominada β2-microglobulina, é codificada fora do MHC, por um gene localizado no cromossomo 15. Os loci não-clássicos de classe I incluem HLA-E, HLA-F, HLA-G, HLA-J, HLA-X, HFE e MIC. Em adição aos loci citados, a região de classe I contém no mínimo 12 pseudogenes ou fragmentos de genes estritamente relacionados aos genes de cadeia pesada de classe I (Figuras 3 e 4; Tabelas 1 e 2.1). (2, 7, 18, 19) A região de classe II, de aproximadamente 1.000 Kb, constitui a porção mais centromérica do MHC. Dentro dos loci de classe II estão genes que codificam diversas proteínas que exercem papéis essenciais no processamento do antígeno, como as proteínas de classe II clássicas – HLA-DR, HLA-DP e HLA-DQ, expressadas na superfície das células apresentadoras de antígenos (APCs). O MHC de classe II também codifica proteínas de classe II não clássicas, como HLA-DM e HLA-DO (Figuras 3 e 4; Tabelas 1, 2.2 e 2.3). (2, 7, 9, 18, 19) A região MHC de Classe III, também de aproximadamente 1.000 Kb, está localizada entre as regiões de classes II (centromérica) e I (telomérica). Contém numerosos genes que codificam proteínas relacionadas ao sistema imune, como proteínas do sistema de complemento, citocinas TNF-α (Fator α de necrose tumoral-dependente) e TNF-β (Fator β de necrose tumoral-dependente) e proteínas de choque térmico ( heat shock ) – além de outras não relacionadas – como enzimas requeridas para a síntese de esteróides, e muitas proteínas não identificadas (Figuras 3 e 4).(5, 8, 9, 18, 19)