SlideShare uma empresa Scribd logo
Como Promover o Sucesso da Aprendizagem do aluno e sua Permanência na Escola?
Maria Nilza Rodrigues Pereira
profmarianilsa@hotmail.com
Palavra – Chave: Interatividade, Auto Avaliação, Cultura.
A forma de pensar e agir dos indivíduos é diferentes uns dos outros,da mesma
forma que a aprendizagem também acontece de diversas maneiras em cada ser.
O mesmo conteúdo ensinado ao mesmo tempo a diversas pessoas e com a
mesma metodologia não é inferido do mesmo jeito por todos.
Pensando assim o professor através da avaliação contínua poderá descobrir
quem aprendeu na integra,quem aprendeu só um pouco e que não conseguiu absorver
nada.
Sabe-se que o aprendizado acontece de forma espiral, nada é pronto e acabado,
tem sempre um jeito diferente de ensinar de dizer e de explicar as coisas.
O aluno como qualquer outra pessoa sente-se bem em qualquer ambiente onde é
valorizado, onde se sente parte das ações realizadas a favor de se e dos indivíduos ao
redor de se.
Diante desta interrogativa; “Como Promover o Sucesso da Aprendizagem do
aluno e sua Permanência na Escola?” pode-se afirmar que o sucesso da aprendizagem
e a permanência do aluno na escola requerem planejamento, avaliação contínua,
parceria entre equipe escolar, aluno e família.
Será preciso lançar mão de ferramentas Pedagógicas atualizadas para chamar a
atenção deste aluno, pois vivemos em uma era digital e esta é uma linguagem que os
jovens entendem muito bem e se interessam em aprender mais sobre e com ela.
Outro fator importante que contribui muito para que este sucesso aconteça de
fato, é apostar muito na realidade em que o aluno vive. A escola conhecendo a história
do aluno poderá aproximar os conteúdos ensinados ajustando à realidade com essa
vivência.
Sabe-se também, que conhecer o ritmo de desenvolvimento de cada aluno,
facilita o planejamento de conteúdos que vivencie essa dimensão cultural e social de
cada ser.
Quando a escola se propõe em conquistar autonomia além da que a lei já
garante, ela tem um olhar focado no aluno e sabem como é cada um, quais seus
interesses e de seus pais, o que a escola pode fazer para melhorar essa relação entre
escola e família. Se há muitas desistências escolares, quais as causas e busca ajuda junto
à família. Essa é uma dinâmica eficaz no desempenho e permanecia deste aluno na
escola.
Vygotski: defendem a idéia de que nos tornamos sujeitos
humanos apenas na interação com outros seres humanos. De
outra forma, seríamos tão-somente membros da espécie humana,
mas não necessariamente aprenderíamos a falar expressar
sentimentos, usar roupas, seguir uma religião, construir teorias
etc. Nosso pensamento e nossas emoções seriam certamente
afetados, caso não vivêssemos em sociedade.
E ainda completa essa idéia um trecho retirada do caderno de estudo do módulo
IV do Progestão página 21.
(...) Antes, se ao professor cabia apenas transmitir o conhecimento de forma pronta e
acabada para seus alunos, agora se espera que ele seja o mediador* entre os alunos e o
conhecimento a ser conquistado, facilitando sua aprendizagem. O principal papel do
professor é, pois, o de orientar e guiar as atividades dos alunos, fazendo com que
aprendam, progressivamente, o que significam e representam os conteúdos escolares.
Cabe-lhe, pois, articular o conhecimento dos alunos com o conhecimento culturalmente
organizado, de modo que a próxima geração, conhecendo as conquistas das gerações
anteriores, possa não só dar continuidade ao processo – construindo novos saberes –
como elaborar um filtro próprio e vigoroso para se orientar. De igual maneira, aprender
deixou de ser encarado como ato mecânico e repetitivo para ser entendido como um
processo ativo, que requer
A (re) construção tanto de novos conhecimentos como de formas de pensar e tomar
decisões. (...).
É diante desta afirmativa que se pressupõe que a escola deverá cumprir seu papel
de formadora de idéias e promover o desenvolvimento cognitivo da criança. E pra isto é
preciso se planejar e articular conhecimento sociocultural com conteúdos
interdisciplinar da escola.
REFERÊNCIAS BIBIOGRAFICA:
PROGESTÃO: Como promover o sucesso da aprendizagem do aluno e sua
permanência na escola? Módulo / IV,Luiz Fernandes Dourado, Marisa Ribeiro Teixeira
Duarte;
Coordenação geral Maria Aglaê de Medeiros Machado. Brasília: Consed – Conselho Nacional
de Secretários de Educação, 2001.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Oficina 3 avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
Oficina 3  avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...Oficina 3  avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
Oficina 3 avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
Rosicler Casal Bueno Cardoso
 
Atividade final do 2º b. em trio
Atividade final do 2º b. em trioAtividade final do 2º b. em trio
Atividade final do 2º b. em trio
emelycepja
 
Revista Refletir EdInf nº04
Revista Refletir EdInf nº04Revista Refletir EdInf nº04
Revista Refletir EdInf nº04
Envolve-te pela Educação de infância
 
Avaliação na educação infantil novo
Avaliação na educação infantil novoAvaliação na educação infantil novo
Avaliação na educação infantil novo
Pedagogo Santos
 
Eronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo ivEronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo iv
Vania Mendes
 
Revista Refletir EdInf nº00
Revista Refletir EdInf nº00Revista Refletir EdInf nº00
Revista Refletir EdInf nº00
Envolve-te pela Educação de infância
 
Como formar os grupos áulicos (1)
Como formar os grupos áulicos (1)Como formar os grupos áulicos (1)
Como formar os grupos áulicos (1)
Carla Fernanda Matté Marengo
 
Diálogos 1 em_opa_volume1_cmyk_vf_22-03
Diálogos 1 em_opa_volume1_cmyk_vf_22-03Diálogos 1 em_opa_volume1_cmyk_vf_22-03
Diálogos 1 em_opa_volume1_cmyk_vf_22-03
Carlos André P. de Oliveira
 
Pedagogia afetiva
Pedagogia afetivaPedagogia afetiva
Pedagogia afetiva
ANDREIADIAS116
 
A avaliação docente
A avaliação docenteA avaliação docente
A avaliação docente
cefaprodematupa
 
5. orientação normativa nº 01
5. orientação normativa nº 015. orientação normativa nº 01
5. orientação normativa nº 01
Ulisses Vakirtzis
 
Reciclar, reutilizar e reduzir
Reciclar, reutilizar e reduzirReciclar, reutilizar e reduzir
Reciclar, reutilizar e reduzir
cefaprodematupa
 
Relação professor/aluno no contexto escolar
Relação professor/aluno no contexto escolarRelação professor/aluno no contexto escolar
Relação professor/aluno no contexto escolar
Ana Paula Azevedo
 
Oficina de estudo para educadores de creche
Oficina de estudo para educadores de crecheOficina de estudo para educadores de creche
Oficina de estudo para educadores de creche
juniaerfs
 
Competencias socioemocionais--nova-escola
Competencias socioemocionais--nova-escolaCompetencias socioemocionais--nova-escola
Competencias socioemocionais--nova-escola
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
Isa Ladeira
 
Artigo5
Artigo5Artigo5
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
cidoca123
 

Mais procurados (18)

Oficina 3 avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
Oficina 3  avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...Oficina 3  avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
Oficina 3 avaliar, registrar e refletir as práticas docentes e o desenvolvim...
 
Atividade final do 2º b. em trio
Atividade final do 2º b. em trioAtividade final do 2º b. em trio
Atividade final do 2º b. em trio
 
Revista Refletir EdInf nº04
Revista Refletir EdInf nº04Revista Refletir EdInf nº04
Revista Refletir EdInf nº04
 
Avaliação na educação infantil novo
Avaliação na educação infantil novoAvaliação na educação infantil novo
Avaliação na educação infantil novo
 
Eronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo ivEronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo iv
 
Revista Refletir EdInf nº00
Revista Refletir EdInf nº00Revista Refletir EdInf nº00
Revista Refletir EdInf nº00
 
Como formar os grupos áulicos (1)
Como formar os grupos áulicos (1)Como formar os grupos áulicos (1)
Como formar os grupos áulicos (1)
 
Diálogos 1 em_opa_volume1_cmyk_vf_22-03
Diálogos 1 em_opa_volume1_cmyk_vf_22-03Diálogos 1 em_opa_volume1_cmyk_vf_22-03
Diálogos 1 em_opa_volume1_cmyk_vf_22-03
 
Pedagogia afetiva
Pedagogia afetivaPedagogia afetiva
Pedagogia afetiva
 
A avaliação docente
A avaliação docenteA avaliação docente
A avaliação docente
 
5. orientação normativa nº 01
5. orientação normativa nº 015. orientação normativa nº 01
5. orientação normativa nº 01
 
Reciclar, reutilizar e reduzir
Reciclar, reutilizar e reduzirReciclar, reutilizar e reduzir
Reciclar, reutilizar e reduzir
 
Relação professor/aluno no contexto escolar
Relação professor/aluno no contexto escolarRelação professor/aluno no contexto escolar
Relação professor/aluno no contexto escolar
 
Oficina de estudo para educadores de creche
Oficina de estudo para educadores de crecheOficina de estudo para educadores de creche
Oficina de estudo para educadores de creche
 
Competencias socioemocionais--nova-escola
Competencias socioemocionais--nova-escolaCompetencias socioemocionais--nova-escola
Competencias socioemocionais--nova-escola
 
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
 
Artigo5
Artigo5Artigo5
Artigo5
 
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
Desenvolvimento das-competencias-socioemocionais-
 

Destaque

Trabajo de entrega retoque dan
Trabajo de entrega retoque danTrabajo de entrega retoque dan
Trabajo de entrega retoque dan
Daniela Acevedo Sanchez
 
Diplomado 3 y 4
Diplomado 3 y 4Diplomado 3 y 4
Diplomado 3 y 4
MARISSAGARZA
 
Rafael klappenbach cases i associats
Rafael klappenbach cases i associatsRafael klappenbach cases i associats
Rafael klappenbach cases i associats
Sip Sipiapa
 
011_012_IPM_April_2014_news
011_012_IPM_April_2014_news011_012_IPM_April_2014_news
011_012_IPM_April_2014_news
Jackie Maguire
 
Trabalho de química
Trabalho de químicaTrabalho de química
Trabalho de química
Ruth Roque
 
Aprendizaje colaborativo
Aprendizaje colaborativoAprendizaje colaborativo
Aprendizaje colaborativo
Bruno Samaniego
 
Afinidades culinarias. vinos leo just married
Afinidades culinarias. vinos leo just marriedAfinidades culinarias. vinos leo just married
Afinidades culinarias. vinos leo just married
Sommelier Faustino Muñoz Soria
 
presentaciones audiovisuales
presentaciones audiovisualespresentaciones audiovisuales
presentaciones audiovisuales
Guadalupe Ocaña
 
Gêneros textuais: algumas estruturas.
Gêneros textuais: algumas estruturas.Gêneros textuais: algumas estruturas.
Gêneros textuais: algumas estruturas.
luci1971
 
30 receitas com creme de leite
30 receitas com creme de leite30 receitas com creme de leite
30 receitas com creme de leite
Márcia Cristina
 
Mitsubishi Fuso - C.A.M. Porto
Mitsubishi Fuso - C.A.M. PortoMitsubishi Fuso - C.A.M. Porto
Mitsubishi Fuso - C.A.M. Porto
grupoautoindustrial
 
Administracion
AdministracionAdministracion
Administracion
willochoam
 
Mendicidad
Mendicidad Mendicidad
Mendicidad
cesarfernando121
 
Metodo de estudio
Metodo de estudioMetodo de estudio
Metodo de estudio
Carlos Ospin
 
Introducciã³n de taller
Introducciã³n de tallerIntroducciã³n de taller
Introducciã³n de taller
canterov
 
Ideias de ativ feita por mim
Ideias de ativ feita por mimIdeias de ativ feita por mim
Ideias de ativ feita por mim
Vanessa Macedo
 
Gerencia 2
Gerencia 2Gerencia 2
Gerencia 2
mayelita001
 
El aprendizaje colaborativo
El aprendizaje colaborativoEl aprendizaje colaborativo
El aprendizaje colaborativo
Luchok007
 
Img113
Img113Img113
Img113
Claudia Ch
 
SESION 1
SESION 1SESION 1
SESION 1
Ana Polo
 

Destaque (20)

Trabajo de entrega retoque dan
Trabajo de entrega retoque danTrabajo de entrega retoque dan
Trabajo de entrega retoque dan
 
Diplomado 3 y 4
Diplomado 3 y 4Diplomado 3 y 4
Diplomado 3 y 4
 
Rafael klappenbach cases i associats
Rafael klappenbach cases i associatsRafael klappenbach cases i associats
Rafael klappenbach cases i associats
 
011_012_IPM_April_2014_news
011_012_IPM_April_2014_news011_012_IPM_April_2014_news
011_012_IPM_April_2014_news
 
Trabalho de química
Trabalho de químicaTrabalho de química
Trabalho de química
 
Aprendizaje colaborativo
Aprendizaje colaborativoAprendizaje colaborativo
Aprendizaje colaborativo
 
Afinidades culinarias. vinos leo just married
Afinidades culinarias. vinos leo just marriedAfinidades culinarias. vinos leo just married
Afinidades culinarias. vinos leo just married
 
presentaciones audiovisuales
presentaciones audiovisualespresentaciones audiovisuales
presentaciones audiovisuales
 
Gêneros textuais: algumas estruturas.
Gêneros textuais: algumas estruturas.Gêneros textuais: algumas estruturas.
Gêneros textuais: algumas estruturas.
 
30 receitas com creme de leite
30 receitas com creme de leite30 receitas com creme de leite
30 receitas com creme de leite
 
Mitsubishi Fuso - C.A.M. Porto
Mitsubishi Fuso - C.A.M. PortoMitsubishi Fuso - C.A.M. Porto
Mitsubishi Fuso - C.A.M. Porto
 
Administracion
AdministracionAdministracion
Administracion
 
Mendicidad
Mendicidad Mendicidad
Mendicidad
 
Metodo de estudio
Metodo de estudioMetodo de estudio
Metodo de estudio
 
Introducciã³n de taller
Introducciã³n de tallerIntroducciã³n de taller
Introducciã³n de taller
 
Ideias de ativ feita por mim
Ideias de ativ feita por mimIdeias de ativ feita por mim
Ideias de ativ feita por mim
 
Gerencia 2
Gerencia 2Gerencia 2
Gerencia 2
 
El aprendizaje colaborativo
El aprendizaje colaborativoEl aprendizaje colaborativo
El aprendizaje colaborativo
 
Img113
Img113Img113
Img113
 
SESION 1
SESION 1SESION 1
SESION 1
 

Semelhante a Ensaio maria nilza modulo iv

A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Noelma Carvalho...
A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  Noelma Carvalho...A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  Noelma Carvalho...
A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Noelma Carvalho...
christianceapcursos
 
Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402
maria152302
 
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
christianceapcursos
 
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
RYCSEIXAS2
 
Estágio Curricular
Estágio CurricularEstágio Curricular
Estágio Curricular
Letícia Cristina
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
Rosinara Azeredo
 
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma todaSugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Profª Fabi Sobrenome
 
A orientação educacional nas escolas atualmente
A orientação educacional nas escolas atualmenteA orientação educacional nas escolas atualmente
A orientação educacional nas escolas atualmente
Kualo Kala
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
Mariana Dias
 
Motivacao.pdf
Motivacao.pdfMotivacao.pdf
Motivacao.pdf
AlexandraLeito7
 
Metodologia de ensino Colegio Nossa senhora de Osasco
Metodologia de ensino Colegio Nossa senhora de OsascoMetodologia de ensino Colegio Nossa senhora de Osasco
Metodologia de ensino Colegio Nossa senhora de Osasco
lourivalcaburite
 
Apresentação slideshare
Apresentação slideshareApresentação slideshare
Apresentação slideshare
vidalmelo
 
Apresentação slideshare
Apresentação slideshareApresentação slideshare
Apresentação slideshare
vidalmelo
 
Projeto Escola Viva Sensibilizacão
Projeto Escola Viva SensibilizacãoProjeto Escola Viva Sensibilizacão
Projeto Escola Viva Sensibilizacão
asustecnologia
 
Projeto Escola Viva Sensibilizacao
Projeto Escola Viva SensibilizacaoProjeto Escola Viva Sensibilizacao
Projeto Escola Viva Sensibilizacao
asustecnologia
 
Manual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio CerpManual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio Cerp
Paulo Grisi
 
Alfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
Alfabetizacao prof Rosane A.RibeiroAlfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
Alfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
rosane11061965
 
Monografia Carla Pedagogia 2008
Monografia Carla Pedagogia 2008Monografia Carla Pedagogia 2008
Monografia Carla Pedagogia 2008
Biblioteca Campus VII
 
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
christianceapcursos
 
A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Noelma Carvalho...
A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  Noelma Carvalho...A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  Noelma Carvalho...
A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Noelma Carvalho...
christianceapcursos
 

Semelhante a Ensaio maria nilza modulo iv (20)

A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Noelma Carvalho...
A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  Noelma Carvalho...A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  Noelma Carvalho...
A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Noelma Carvalho...
 
Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402
 
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
 
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
 
Estágio Curricular
Estágio CurricularEstágio Curricular
Estágio Curricular
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
 
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma todaSugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
 
A orientação educacional nas escolas atualmente
A orientação educacional nas escolas atualmenteA orientação educacional nas escolas atualmente
A orientação educacional nas escolas atualmente
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
Motivacao.pdf
Motivacao.pdfMotivacao.pdf
Motivacao.pdf
 
Metodologia de ensino Colegio Nossa senhora de Osasco
Metodologia de ensino Colegio Nossa senhora de OsascoMetodologia de ensino Colegio Nossa senhora de Osasco
Metodologia de ensino Colegio Nossa senhora de Osasco
 
Apresentação slideshare
Apresentação slideshareApresentação slideshare
Apresentação slideshare
 
Apresentação slideshare
Apresentação slideshareApresentação slideshare
Apresentação slideshare
 
Projeto Escola Viva Sensibilizacão
Projeto Escola Viva SensibilizacãoProjeto Escola Viva Sensibilizacão
Projeto Escola Viva Sensibilizacão
 
Projeto Escola Viva Sensibilizacao
Projeto Escola Viva SensibilizacaoProjeto Escola Viva Sensibilizacao
Projeto Escola Viva Sensibilizacao
 
Manual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio CerpManual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio Cerp
 
Alfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
Alfabetizacao prof Rosane A.RibeiroAlfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
Alfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
 
Monografia Carla Pedagogia 2008
Monografia Carla Pedagogia 2008Monografia Carla Pedagogia 2008
Monografia Carla Pedagogia 2008
 
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA  E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR  ...
CONSIDERAÇÕES ENTRE INDISCIPLINA E PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO ESCOLAR ...
 
A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Noelma Carvalho...
A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  Noelma Carvalho...A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  Noelma Carvalho...
A IMPORTÂNCIA DA AFETIVIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Noelma Carvalho...
 

Mais de Vania Mendes

Ensaio maraia nilsa modulo v
Ensaio maraia nilsa modulo vEnsaio maraia nilsa modulo v
Ensaio maraia nilsa modulo v
Vania Mendes
 
Ensaio hermivânia módulo v
Ensaio hermivânia módulo vEnsaio hermivânia módulo v
Ensaio hermivânia módulo v
Vania Mendes
 
Ensaio eronilde modulo v
Ensaio eronilde modulo vEnsaio eronilde modulo v
Ensaio eronilde modulo v
Vania Mendes
 
Ensaio eliana módulo v
Ensaio eliana módulo vEnsaio eliana módulo v
Ensaio eliana módulo v
Vania Mendes
 
Ensaio aline modulo v
Ensaio aline modulo vEnsaio aline modulo v
Ensaio aline modulo v
Vania Mendes
 
Ensaio eliano modulo iii
Ensaio eliano modulo iiiEnsaio eliano modulo iii
Ensaio eliano modulo iii
Vania Mendes
 
Ensaio eliane modulo iv
Ensaio eliane  modulo ivEnsaio eliane  modulo iv
Ensaio eliane modulo iv
Vania Mendes
 
Ensaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo ivEnsaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo iv
Vania Mendes
 
Ensaio eliane modulo iv
Ensaio eliane  modulo ivEnsaio eliane  modulo iv
Ensaio eliane modulo iv
Vania Mendes
 
A mãe esquecida
A mãe esquecidaA mãe esquecida
A mãe esquecida
Vania Mendes
 
Ser mãe é uma
Ser mãe é umaSer mãe é uma
Ser mãe é uma
Vania Mendes
 
Aulas de-ensino-religioso
Aulas de-ensino-religiosoAulas de-ensino-religioso
Aulas de-ensino-religioso
Vania Mendes
 
Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3
Vania Mendes
 
A mãe esquecida
A mãe esquecidaA mãe esquecida
A mãe esquecida
Vania Mendes
 
Apresentação da p i
Apresentação da p iApresentação da p i
Apresentação da p i
Vania Mendes
 
Ensaio hermivania modulo iv
Ensaio hermivania modulo ivEnsaio hermivania modulo iv
Ensaio hermivania modulo iv
Vania Mendes
 

Mais de Vania Mendes (16)

Ensaio maraia nilsa modulo v
Ensaio maraia nilsa modulo vEnsaio maraia nilsa modulo v
Ensaio maraia nilsa modulo v
 
Ensaio hermivânia módulo v
Ensaio hermivânia módulo vEnsaio hermivânia módulo v
Ensaio hermivânia módulo v
 
Ensaio eronilde modulo v
Ensaio eronilde modulo vEnsaio eronilde modulo v
Ensaio eronilde modulo v
 
Ensaio eliana módulo v
Ensaio eliana módulo vEnsaio eliana módulo v
Ensaio eliana módulo v
 
Ensaio aline modulo v
Ensaio aline modulo vEnsaio aline modulo v
Ensaio aline modulo v
 
Ensaio eliano modulo iii
Ensaio eliano modulo iiiEnsaio eliano modulo iii
Ensaio eliano modulo iii
 
Ensaio eliane modulo iv
Ensaio eliane  modulo ivEnsaio eliane  modulo iv
Ensaio eliane modulo iv
 
Ensaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo ivEnsaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo iv
 
Ensaio eliane modulo iv
Ensaio eliane  modulo ivEnsaio eliane  modulo iv
Ensaio eliane modulo iv
 
A mãe esquecida
A mãe esquecidaA mãe esquecida
A mãe esquecida
 
Ser mãe é uma
Ser mãe é umaSer mãe é uma
Ser mãe é uma
 
Aulas de-ensino-religioso
Aulas de-ensino-religiosoAulas de-ensino-religioso
Aulas de-ensino-religioso
 
Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3
 
A mãe esquecida
A mãe esquecidaA mãe esquecida
A mãe esquecida
 
Apresentação da p i
Apresentação da p iApresentação da p i
Apresentação da p i
 
Ensaio hermivania modulo iv
Ensaio hermivania modulo ivEnsaio hermivania modulo iv
Ensaio hermivania modulo iv
 

Último

Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
marcos oliveira
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 

Ensaio maria nilza modulo iv

  • 1. Como Promover o Sucesso da Aprendizagem do aluno e sua Permanência na Escola? Maria Nilza Rodrigues Pereira profmarianilsa@hotmail.com Palavra – Chave: Interatividade, Auto Avaliação, Cultura. A forma de pensar e agir dos indivíduos é diferentes uns dos outros,da mesma forma que a aprendizagem também acontece de diversas maneiras em cada ser. O mesmo conteúdo ensinado ao mesmo tempo a diversas pessoas e com a mesma metodologia não é inferido do mesmo jeito por todos. Pensando assim o professor através da avaliação contínua poderá descobrir quem aprendeu na integra,quem aprendeu só um pouco e que não conseguiu absorver nada. Sabe-se que o aprendizado acontece de forma espiral, nada é pronto e acabado, tem sempre um jeito diferente de ensinar de dizer e de explicar as coisas. O aluno como qualquer outra pessoa sente-se bem em qualquer ambiente onde é valorizado, onde se sente parte das ações realizadas a favor de se e dos indivíduos ao redor de se. Diante desta interrogativa; “Como Promover o Sucesso da Aprendizagem do aluno e sua Permanência na Escola?” pode-se afirmar que o sucesso da aprendizagem e a permanência do aluno na escola requerem planejamento, avaliação contínua, parceria entre equipe escolar, aluno e família. Será preciso lançar mão de ferramentas Pedagógicas atualizadas para chamar a atenção deste aluno, pois vivemos em uma era digital e esta é uma linguagem que os jovens entendem muito bem e se interessam em aprender mais sobre e com ela.
  • 2. Outro fator importante que contribui muito para que este sucesso aconteça de fato, é apostar muito na realidade em que o aluno vive. A escola conhecendo a história do aluno poderá aproximar os conteúdos ensinados ajustando à realidade com essa vivência. Sabe-se também, que conhecer o ritmo de desenvolvimento de cada aluno, facilita o planejamento de conteúdos que vivencie essa dimensão cultural e social de cada ser. Quando a escola se propõe em conquistar autonomia além da que a lei já garante, ela tem um olhar focado no aluno e sabem como é cada um, quais seus interesses e de seus pais, o que a escola pode fazer para melhorar essa relação entre escola e família. Se há muitas desistências escolares, quais as causas e busca ajuda junto à família. Essa é uma dinâmica eficaz no desempenho e permanecia deste aluno na escola. Vygotski: defendem a idéia de que nos tornamos sujeitos humanos apenas na interação com outros seres humanos. De outra forma, seríamos tão-somente membros da espécie humana, mas não necessariamente aprenderíamos a falar expressar sentimentos, usar roupas, seguir uma religião, construir teorias etc. Nosso pensamento e nossas emoções seriam certamente afetados, caso não vivêssemos em sociedade. E ainda completa essa idéia um trecho retirada do caderno de estudo do módulo IV do Progestão página 21. (...) Antes, se ao professor cabia apenas transmitir o conhecimento de forma pronta e acabada para seus alunos, agora se espera que ele seja o mediador* entre os alunos e o conhecimento a ser conquistado, facilitando sua aprendizagem. O principal papel do professor é, pois, o de orientar e guiar as atividades dos alunos, fazendo com que aprendam, progressivamente, o que significam e representam os conteúdos escolares. Cabe-lhe, pois, articular o conhecimento dos alunos com o conhecimento culturalmente organizado, de modo que a próxima geração, conhecendo as conquistas das gerações anteriores, possa não só dar continuidade ao processo – construindo novos saberes – como elaborar um filtro próprio e vigoroso para se orientar. De igual maneira, aprender deixou de ser encarado como ato mecânico e repetitivo para ser entendido como um processo ativo, que requer
  • 3. A (re) construção tanto de novos conhecimentos como de formas de pensar e tomar decisões. (...). É diante desta afirmativa que se pressupõe que a escola deverá cumprir seu papel de formadora de idéias e promover o desenvolvimento cognitivo da criança. E pra isto é preciso se planejar e articular conhecimento sociocultural com conteúdos interdisciplinar da escola. REFERÊNCIAS BIBIOGRAFICA: PROGESTÃO: Como promover o sucesso da aprendizagem do aluno e sua permanência na escola? Módulo / IV,Luiz Fernandes Dourado, Marisa Ribeiro Teixeira Duarte; Coordenação geral Maria Aglaê de Medeiros Machado. Brasília: Consed – Conselho Nacional de Secretários de Educação, 2001.