SlideShare uma empresa Scribd logo
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE  SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO  SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E POLÍTICAS EDUCACIONAIS  DIVISÃO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL  Nome: Cristiane Vidal de Melo Ferreira Mediador pedagógico: Ana Lucia Siqueira de Souza Curso: AVA no contexto da aprendizagem e avaliação
APRENDIZAGEM “ Muito se fala em  levantar o conhecimento prévio do aluno , mas pouco se sabe realmente sobre os caminhos do pensamento infantil. Não existe um ponto de partida zero para ensinar ou aprender. Todos possuímos um conhecimento, além de representações e modelos elaborados e estabelecidos individualmente, para entender   o mundo”. Juan Delval.
O processo de absorção,ou seja, a compreensão, acontece em tempos diferentes em cada pessoa.Assim, meramente obter informações do professor,não é plausível para que o aluno aprenda com inserção, pois ele não está adquirindo informações segundo a sua concepção. Sendo assim, o aluno precisa vivenciar a realidade na construção da sua aprendizagem.
"Uma vez que um dos objetivos da escola é levar os estudantes a formar representações adequadas do mundo em que vivem, o educador precisa ter como referência essas ideias preconcebidas para realizar sua tarefa satisfatoriamente."  Juan Delval
AUTORIA  Para David Duran e Vinyet Vidal em “Aprendizagem entre iguais como recurso de atenção à diversidade” afirmam que o construtivismo, ao sustentar que o aluno constrói seu próprio conhecimento a partir de um processo interativo, no qual o papel do professor é de mediador entre os alunos e os conteúdos, dá espaço para se considerar que, em determinadas circunstancias, os próprios alunos possam desenvolver esse papel mediador e aprender uns com os outros.
 
Ensinar é promover discussões, de modo a propiciar a saudável convivência da divergência com as consonâncias possíveis, resultantes da prática do confronto, da comparação, do julgamento de diferentes conceitos e disposição. Aprender é, antes de tudo,agir e construir os próprios conhecimentos. É transformar-se e com o mundo interagir! Jussara C. Godinho.
CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO.
AVALIAÇÃO Para refletirmos sobre a avaliação na aprendizagem devemos tomar como base o significado do que é avaliar.  “A avaliação é a reflexão transformada em ação, não podendo ser estática nem ter caráter sensitivo e classificatório”.  Jussara Hoffmann  .
Portanto falando em avaliação compreendemos que a mesma tem uma grande influencia no fazer pedagógico do professor, pois ele precisa analisar e criar critérios para saber o que e como avaliar a cada momento. Segundo Hoffmann, a avaliação é, portanto, uma ação ampla que abrange o cotidiano do fazer pedagógico e cuja energia faz pulsar o planejamento, a proposta pedagógica e a realização entre todos os elementos da ação educativa.
Professor, você precisa  refletir sobre sua atuação em sala de aula e verificar se está de acordo com a necessidade de cada aluno, desenvolver atividades que esteja ligada ao seu cotidiano, a fim de que cada qual atinja seu objetivo que é aprender. FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação da aprendizagem - AVA 2012
Avaliação da aprendizagem - AVA 2012Avaliação da aprendizagem - AVA 2012
Avaliação da aprendizagem - AVA 2012
Marcelo Saraiva
 
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
Isa Ladeira
 
Prática pedagógica:a relação professor-aluno no ensino superior
Prática pedagógica:a relação professor-aluno no ensino superiorPrática pedagógica:a relação professor-aluno no ensino superior
Prática pedagógica:a relação professor-aluno no ensino superior
Professor do Futuro Assessoria S/A Cursos online
 
Formação e escolarização da criança suely amaral
Formação e escolarização da criança   suely amaralFormação e escolarização da criança   suely amaral
Formação e escolarização da criança suely amaral
SimoneHelenDrumond
 
Alfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
Alfabetizacao prof Rosane A.RibeiroAlfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
Alfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
rosane11061965
 
Relação professor aluno
Relação professor alunoRelação professor aluno
Relação professor aluno
Romes Heriberto
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
lemeslu
 
MINHA VISÃO SOBRE EAD
MINHA VISÃO SOBRE EADMINHA VISÃO SOBRE EAD
MINHA VISÃO SOBRE EAD
Marília Martins
 
SUPERVISÃO PEDAGÓGICA:METODOLOGIAS E PRÁTICAS_ESEPF_PROFª DOUTORA DANIELA GON...
SUPERVISÃO PEDAGÓGICA:METODOLOGIAS E PRÁTICAS_ESEPF_PROFª DOUTORA DANIELA GON...SUPERVISÃO PEDAGÓGICA:METODOLOGIAS E PRÁTICAS_ESEPF_PROFª DOUTORA DANIELA GON...
SUPERVISÃO PEDAGÓGICA:METODOLOGIAS E PRÁTICAS_ESEPF_PROFª DOUTORA DANIELA GON...
Elvira Rodrigues
 
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade iPerspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
Kátia Augusta Curado Pinheiro Cordeiro da Silva
 
Formação e escolarização da criança suely amaralb simone helen drumond isch...
Formação e escolarização da criança   suely amaralb simone helen drumond isch...Formação e escolarização da criança   suely amaralb simone helen drumond isch...
Formação e escolarização da criança suely amaralb simone helen drumond isch...
SimoneHelenDrumond
 
Por uma prática docente critica e construtiva
 Por uma prática  docente critica e construtiva Por uma prática  docente critica e construtiva
Por uma prática docente critica e construtiva
josianeCherry
 
03 o papel do professor frente às mudanças
03 o papel do professor frente às mudanças03 o papel do professor frente às mudanças
03 o papel do professor frente às mudanças
Joao Balbi
 
Gestão da Sala de Aula
Gestão da Sala de Aula Gestão da Sala de Aula
Gestão da Sala de Aula
Grasiela Dourado
 
Visões sobre a realidade e o conhecimento
Visões sobre a realidade e o conhecimentoVisões sobre a realidade e o conhecimento
Visões sobre a realidade e o conhecimento
jairobaiano
 
Isabel alarcão
Isabel alarcãoIsabel alarcão
Isabel alarcão
Nayboa
 
R O Z I A N I 2
R O Z I A N I 2R O Z I A N I 2
R O Z I A N I 2
fmazzolla
 

Mais procurados (17)

Avaliação da aprendizagem - AVA 2012
Avaliação da aprendizagem - AVA 2012Avaliação da aprendizagem - AVA 2012
Avaliação da aprendizagem - AVA 2012
 
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
O movimento Coaching na escola. A mudança no olhar sobre jovens não colaborat...
 
Prática pedagógica:a relação professor-aluno no ensino superior
Prática pedagógica:a relação professor-aluno no ensino superiorPrática pedagógica:a relação professor-aluno no ensino superior
Prática pedagógica:a relação professor-aluno no ensino superior
 
Formação e escolarização da criança suely amaral
Formação e escolarização da criança   suely amaralFormação e escolarização da criança   suely amaral
Formação e escolarização da criança suely amaral
 
Alfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
Alfabetizacao prof Rosane A.RibeiroAlfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
Alfabetizacao prof Rosane A.Ribeiro
 
Relação professor aluno
Relação professor alunoRelação professor aluno
Relação professor aluno
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
MINHA VISÃO SOBRE EAD
MINHA VISÃO SOBRE EADMINHA VISÃO SOBRE EAD
MINHA VISÃO SOBRE EAD
 
SUPERVISÃO PEDAGÓGICA:METODOLOGIAS E PRÁTICAS_ESEPF_PROFª DOUTORA DANIELA GON...
SUPERVISÃO PEDAGÓGICA:METODOLOGIAS E PRÁTICAS_ESEPF_PROFª DOUTORA DANIELA GON...SUPERVISÃO PEDAGÓGICA:METODOLOGIAS E PRÁTICAS_ESEPF_PROFª DOUTORA DANIELA GON...
SUPERVISÃO PEDAGÓGICA:METODOLOGIAS E PRÁTICAS_ESEPF_PROFª DOUTORA DANIELA GON...
 
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade iPerspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
 
Formação e escolarização da criança suely amaralb simone helen drumond isch...
Formação e escolarização da criança   suely amaralb simone helen drumond isch...Formação e escolarização da criança   suely amaralb simone helen drumond isch...
Formação e escolarização da criança suely amaralb simone helen drumond isch...
 
Por uma prática docente critica e construtiva
 Por uma prática  docente critica e construtiva Por uma prática  docente critica e construtiva
Por uma prática docente critica e construtiva
 
03 o papel do professor frente às mudanças
03 o papel do professor frente às mudanças03 o papel do professor frente às mudanças
03 o papel do professor frente às mudanças
 
Gestão da Sala de Aula
Gestão da Sala de Aula Gestão da Sala de Aula
Gestão da Sala de Aula
 
Visões sobre a realidade e o conhecimento
Visões sobre a realidade e o conhecimentoVisões sobre a realidade e o conhecimento
Visões sobre a realidade e o conhecimento
 
Isabel alarcão
Isabel alarcãoIsabel alarcão
Isabel alarcão
 
R O Z I A N I 2
R O Z I A N I 2R O Z I A N I 2
R O Z I A N I 2
 

Destaque

Lila
LilaLila
Spinding presentación español-05-02-2014 rf (1)
Spinding presentación español-05-02-2014 rf (1)Spinding presentación español-05-02-2014 rf (1)
Spinding presentación español-05-02-2014 rf (1)
luisedgar52
 
Emotional response to packaging
Emotional response to packagingEmotional response to packaging
Emotional response to packaging
robert amine
 
Resumoexamelp
ResumoexamelpResumoexamelp
Resumoexamelp
João Ferreira
 
Гурток "Ландшафтний дизайн"
Гурток "Ландшафтний дизайн"Гурток "Ландшафтний дизайн"
Гурток "Ландшафтний дизайн"
dnzmcpto
 
Educação: como vamos? Senac 2014
Educação: como vamos? Senac 2014Educação: como vamos? Senac 2014
Educação: como vamos? Senac 2014
Conectando Saberes
 
Programación con rutas 4º
Programación con rutas   4ºProgramación con rutas   4º
Programación con rutas 4º
Anselmo Bedon Chavez
 
Bigarren mundu gerra
Bigarren mundu gerraBigarren mundu gerra
Bigarren mundu gerra
Arrate Sin Mas
 
SO arquitectura_Ene
SO arquitectura_EneSO arquitectura_Ene
SO arquitectura_EneDiana Ene
 
контент талдау наурыз
контент талдау наурызконтент талдау наурыз
контент талдау наурызkaztube
 
Sew eurodrive motor, movimot, movitrac, industrail gear units, gearmotors, mo...
Sew eurodrive motor, movimot, movitrac, industrail gear units, gearmotors, mo...Sew eurodrive motor, movimot, movitrac, industrail gear units, gearmotors, mo...
Sew eurodrive motor, movimot, movitrac, industrail gear units, gearmotors, mo...
Thinh Do Quang
 
Markučiai sales presentation
Markučiai sales presentationMarkučiai sales presentation
Markučiai sales presentationDarius Bagdziunas
 
Silaba tonica lportuguesa_4ano_spedro_agostem
Silaba tonica  lportuguesa_4ano_spedro_agostemSilaba tonica  lportuguesa_4ano_spedro_agostem
Silaba tonica lportuguesa_4ano_spedro_agostem
Crescendo EAprendendo
 
Teste com usuários e teste de comunicabilidade no Livemocha
Teste com usuários e teste de comunicabilidade no LivemochaTeste com usuários e teste de comunicabilidade no Livemocha
Teste com usuários e teste de comunicabilidade no Livemocha
Tiago Rigoletto
 
Brasil te chama
Brasil te chamaBrasil te chama
Brasil te chama
artplandf
 
O meu pai - adaptação em escrita com símbolos pelo CRTIC
O meu pai - adaptação em escrita com símbolos pelo CRTICO meu pai - adaptação em escrita com símbolos pelo CRTIC
O meu pai - adaptação em escrita com símbolos pelo CRTICbibliogpais
 
Bruno tpc de férias páscoa
Bruno tpc de férias páscoaBruno tpc de férias páscoa
Bruno tpc de férias páscoa
Crescendo EAprendendo
 

Destaque (20)

Lila
LilaLila
Lila
 
Spinding presentación español-05-02-2014 rf (1)
Spinding presentación español-05-02-2014 rf (1)Spinding presentación español-05-02-2014 rf (1)
Spinding presentación español-05-02-2014 rf (1)
 
Emotional response to packaging
Emotional response to packagingEmotional response to packaging
Emotional response to packaging
 
Resumoexamelp
ResumoexamelpResumoexamelp
Resumoexamelp
 
Гурток "Ландшафтний дизайн"
Гурток "Ландшафтний дизайн"Гурток "Ландшафтний дизайн"
Гурток "Ландшафтний дизайн"
 
Els esperits
Els esperitsEls esperits
Els esperits
 
Educação: como vamos? Senac 2014
Educação: como vamos? Senac 2014Educação: como vamos? Senac 2014
Educação: como vamos? Senac 2014
 
Programación con rutas 4º
Programación con rutas   4ºProgramación con rutas   4º
Programación con rutas 4º
 
Bigarren mundu gerra
Bigarren mundu gerraBigarren mundu gerra
Bigarren mundu gerra
 
SO arquitectura_Ene
SO arquitectura_EneSO arquitectura_Ene
SO arquitectura_Ene
 
контент талдау наурыз
контент талдау наурызконтент талдау наурыз
контент талдау наурыз
 
Sew eurodrive motor, movimot, movitrac, industrail gear units, gearmotors, mo...
Sew eurodrive motor, movimot, movitrac, industrail gear units, gearmotors, mo...Sew eurodrive motor, movimot, movitrac, industrail gear units, gearmotors, mo...
Sew eurodrive motor, movimot, movitrac, industrail gear units, gearmotors, mo...
 
Markučiai sales presentation
Markučiai sales presentationMarkučiai sales presentation
Markučiai sales presentation
 
Silaba tonica lportuguesa_4ano_spedro_agostem
Silaba tonica  lportuguesa_4ano_spedro_agostemSilaba tonica  lportuguesa_4ano_spedro_agostem
Silaba tonica lportuguesa_4ano_spedro_agostem
 
Teste com usuários e teste de comunicabilidade no Livemocha
Teste com usuários e teste de comunicabilidade no LivemochaTeste com usuários e teste de comunicabilidade no Livemocha
Teste com usuários e teste de comunicabilidade no Livemocha
 
Brasil te chama
Brasil te chamaBrasil te chama
Brasil te chama
 
O melhor da bienal
O melhor da bienalO melhor da bienal
O melhor da bienal
 
O meu pai - adaptação em escrita com símbolos pelo CRTIC
O meu pai - adaptação em escrita com símbolos pelo CRTICO meu pai - adaptação em escrita com símbolos pelo CRTIC
O meu pai - adaptação em escrita com símbolos pelo CRTIC
 
Naaijer familiedag 2014
Naaijer familiedag 2014Naaijer familiedag 2014
Naaijer familiedag 2014
 
Bruno tpc de férias páscoa
Bruno tpc de férias páscoaBruno tpc de férias páscoa
Bruno tpc de férias páscoa
 

Semelhante a Apresentação slideshare

Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
Manoela_93
 
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
RYCSEIXAS2
 
A CONTRIBUIÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE INICIANTE
A CONTRIBUIÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE INICIANTEA CONTRIBUIÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE INICIANTE
A CONTRIBUIÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE INICIANTE
ProfessorPrincipiante
 
Didatica 25 08
Didatica 25 08Didatica 25 08
Didatica 25 08
Elizabeth Rode
 
Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402
maria152302
 
Avaliação como principio da autoria slideshare
Avaliação como principio da autoria slideshareAvaliação como principio da autoria slideshare
Avaliação como principio da autoria slideshare
Escola Municipal Des.Carlos Garcia de Queiroz
 
Resumo do livro pedagogia de autonomia
Resumo do livro pedagogia de autonomiaResumo do livro pedagogia de autonomia
Resumo do livro pedagogia de autonomia
Marciafaria13
 
A avaliação da aprendizagem como principio da autoria
A avaliação da aprendizagem como principio da autoriaA avaliação da aprendizagem como principio da autoria
A avaliação da aprendizagem como principio da autoria
claudiakarinalara
 
O construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aulaO construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aula
Maristela Couto
 
Formação setembro
Formação setembroFormação setembro
Formação setembro
Kleriton Franklin
 
Universidade federal de pelotas artigo quétlin morgana ferreira
Universidade federal de pelotas    artigo quétlin morgana ferreiraUniversidade federal de pelotas    artigo quétlin morgana ferreira
Universidade federal de pelotas artigo quétlin morgana ferreira
pedagogianh
 
Estágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciaisEstágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciais
Rosinara Azeredo
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
thaispb
 
Eronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo ivEronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo iv
Vania Mendes
 
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomiaResumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
Joka Luiz
 
Slides matrizes de competências e habilidades 1
Slides matrizes de competências e habilidades 1Slides matrizes de competências e habilidades 1
Slides matrizes de competências e habilidades 1
Dianaricardo28
 
Modelo artigo prática docente i 1- -1-
Modelo artigo prática docente i  1- -1-Modelo artigo prática docente i  1- -1-
Modelo artigo prática docente i 1- -1-
pedagogianh
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
170477
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
170477
 
aprender e ensinar
aprender e ensinaraprender e ensinar
aprender e ensinar
EMEI VICTOR NOGAROTO KEUSSEYAN
 

Semelhante a Apresentação slideshare (20)

Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
 
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
Qual o significado da avaliação de crianças nas creches e pré-escolas Jussara...
 
A CONTRIBUIÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE INICIANTE
A CONTRIBUIÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE INICIANTEA CONTRIBUIÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE INICIANTE
A CONTRIBUIÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE INICIANTE
 
Didatica 25 08
Didatica 25 08Didatica 25 08
Didatica 25 08
 
Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402Arq idvol 28-1391209402
Arq idvol 28-1391209402
 
Avaliação como principio da autoria slideshare
Avaliação como principio da autoria slideshareAvaliação como principio da autoria slideshare
Avaliação como principio da autoria slideshare
 
Resumo do livro pedagogia de autonomia
Resumo do livro pedagogia de autonomiaResumo do livro pedagogia de autonomia
Resumo do livro pedagogia de autonomia
 
A avaliação da aprendizagem como principio da autoria
A avaliação da aprendizagem como principio da autoriaA avaliação da aprendizagem como principio da autoria
A avaliação da aprendizagem como principio da autoria
 
O construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aulaO construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aula
 
Formação setembro
Formação setembroFormação setembro
Formação setembro
 
Universidade federal de pelotas artigo quétlin morgana ferreira
Universidade federal de pelotas    artigo quétlin morgana ferreiraUniversidade federal de pelotas    artigo quétlin morgana ferreira
Universidade federal de pelotas artigo quétlin morgana ferreira
 
Estágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciaisEstágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciais
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Eronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo ivEronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo iv
 
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomiaResumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
 
Slides matrizes de competências e habilidades 1
Slides matrizes de competências e habilidades 1Slides matrizes de competências e habilidades 1
Slides matrizes de competências e habilidades 1
 
Modelo artigo prática docente i 1- -1-
Modelo artigo prática docente i  1- -1-Modelo artigo prática docente i  1- -1-
Modelo artigo prática docente i 1- -1-
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 
aprender e ensinar
aprender e ensinaraprender e ensinar
aprender e ensinar
 

Apresentação slideshare

  • 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E POLÍTICAS EDUCACIONAIS DIVISÃO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL Nome: Cristiane Vidal de Melo Ferreira Mediador pedagógico: Ana Lucia Siqueira de Souza Curso: AVA no contexto da aprendizagem e avaliação
  • 2. APRENDIZAGEM “ Muito se fala em levantar o conhecimento prévio do aluno , mas pouco se sabe realmente sobre os caminhos do pensamento infantil. Não existe um ponto de partida zero para ensinar ou aprender. Todos possuímos um conhecimento, além de representações e modelos elaborados e estabelecidos individualmente, para entender o mundo”. Juan Delval.
  • 3. O processo de absorção,ou seja, a compreensão, acontece em tempos diferentes em cada pessoa.Assim, meramente obter informações do professor,não é plausível para que o aluno aprenda com inserção, pois ele não está adquirindo informações segundo a sua concepção. Sendo assim, o aluno precisa vivenciar a realidade na construção da sua aprendizagem.
  • 4. "Uma vez que um dos objetivos da escola é levar os estudantes a formar representações adequadas do mundo em que vivem, o educador precisa ter como referência essas ideias preconcebidas para realizar sua tarefa satisfatoriamente." Juan Delval
  • 5. AUTORIA Para David Duran e Vinyet Vidal em “Aprendizagem entre iguais como recurso de atenção à diversidade” afirmam que o construtivismo, ao sustentar que o aluno constrói seu próprio conhecimento a partir de um processo interativo, no qual o papel do professor é de mediador entre os alunos e os conteúdos, dá espaço para se considerar que, em determinadas circunstancias, os próprios alunos possam desenvolver esse papel mediador e aprender uns com os outros.
  • 6.  
  • 7. Ensinar é promover discussões, de modo a propiciar a saudável convivência da divergência com as consonâncias possíveis, resultantes da prática do confronto, da comparação, do julgamento de diferentes conceitos e disposição. Aprender é, antes de tudo,agir e construir os próprios conhecimentos. É transformar-se e com o mundo interagir! Jussara C. Godinho.
  • 9. AVALIAÇÃO Para refletirmos sobre a avaliação na aprendizagem devemos tomar como base o significado do que é avaliar. “A avaliação é a reflexão transformada em ação, não podendo ser estática nem ter caráter sensitivo e classificatório”. Jussara Hoffmann .
  • 10. Portanto falando em avaliação compreendemos que a mesma tem uma grande influencia no fazer pedagógico do professor, pois ele precisa analisar e criar critérios para saber o que e como avaliar a cada momento. Segundo Hoffmann, a avaliação é, portanto, uma ação ampla que abrange o cotidiano do fazer pedagógico e cuja energia faz pulsar o planejamento, a proposta pedagógica e a realização entre todos os elementos da ação educativa.
  • 11. Professor, você precisa refletir sobre sua atuação em sala de aula e verificar se está de acordo com a necessidade de cada aluno, desenvolver atividades que esteja ligada ao seu cotidiano, a fim de que cada qual atinja seu objetivo que é aprender. FIM