SlideShare uma empresa Scribd logo
Profª: Daniela Fontana Almenara
Disciplina: Física
Turma: 2º Ano do Ensino médio
Dilatação Térmica
dos Líquidos
• Os líquidos se dilatam
obedecendo às mesmas
leis que estudamos para os
sólidos. Apenas devemos
nos lembrar de que, como
os líquidos não têm forma
própria, tomam a forma
do recipiente.
Dilatação dos líquidos
Dilatação aparente
• Para observarmos a dilatação de um líquido,
devemos colocá-lo em um frasco e aquecer o
conjunto. Ambos se dilatarão e como a
capacidade do frasco aumenta, a dilatação
que observaremos, para o líquido, será apenas
aparente. A dilatação real será então a soma
da dilatação aparente com a dilatação
volumétrica do frasco.
O volume extravasado do pequeno recipiente corresponde à dilatação
aparente do líquido.
Dilatação dos líquidos
Dilatação anômala da água
Em geral, as
substâncias se dilatam
ao serem aquecidas. A
água, porém, apresenta
comportamento
inverso no intervalo de
temperatura entre 0 ºC
e 4 ºC, à pressão
normal.Variação do volume da água em função
da temperatura, sob pressão normal
Dilatação irregular da água e sua importância para
sobrevivência de seres vivos nas regiões frias
Sabemos que sólidos e líquidos ao serem aquecidos
tem seu volume aumentado. Contudo, existem algumas
substâncias que em determinados intervalos de
temperatura sofrem o processo inverso, ao aumentar a
temperatura eles diminuem o volume. Nesse intervalo,
essas substâncias apresentam coeficiente de dilatação
negativo.
A água é uma dessas substâncias. Quando a sua
temperatura é aumentada, entre 0°C e 4°C, seu volume
diminui. Ao elevar sua temperatura para mais de 4°C
volta a dilatar normalmente.
Mesmo sob
temperaturas externas
rigorosas, apenas as
regiões próximas à
superfície do lago
congelam, enquanto as
águas profundas se
mantêm a
4 °C, ainda hospitaleiras
ao ecossistema
aquático.
MICHAELBAUER/SHUTTERSTOCK
Esse fenômeno ocorre em países onde o inverno é
muito rigoroso. Nesses países, os lagos e rios se
congelam na superfície e a água de máxima
densidade se encontra, a 4°C, por debaixo da
camada de gelo.
Esse é um acontecimento
muito importante para a
fauna e flora aquática, pois
sem essa anormalidade da
água os peixes e as plantas
aquáticas morreriam,
causando danos ao
ambiente.
(UFRGS-RS) Um recipiente de vidro, cujas paredes são finas,
contém glicerina. O conjunto se encontra a 20 ºC. O coeficiente
de dilatação linear do vidro é 27 . 10-6 ºC-1 e o coeficiente de
dilatação volumétrica de glicerina é 5,0 . 10-4 ºC-1.
Se a temperatura do conjunto se elevar para 60 ºC, pode-se
afirmar que o nível da glicerina no recipiente:
a) baixa, porque a glicerina sofre um aumento de volume menor
do que o aumento na capacidade do recipiente.
b) se eleva, porque a glicerina aumenta de volume e a capacidade
do recipiente diminui de volume.
c) se eleva, porque apenas a glicerina aumenta de volume.
d) se eleva, apesar de a capacidade do recipiente aumentar.
e) permanece inalterado, pois a capacidade do recipiente aumenta
tanto quanto o volume da glicerina.
• Um frasco de vidro, cujo volume é exatamente
1000 cm 3 a 0 oC, está completamente cheio de
mercúrio a essa temperatura. Quando o conjunto
é aquecido até 100 oC, entornam 15, 0 cm 3 de
mercúrio.
a) Qual foi a dilatação real do mercúrio?
b) Qual foi a dilatação do frasco?
c) Qual o valor do coeficiente de
dilatação linear do vidro de
que é feito o frasco?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dilatação térmica dos sólidos
Dilatação térmica dos sólidosDilatação térmica dos sólidos
Dilatação térmica dos sólidos
O mundo da FÍSICA
 
Relatório expansão
Relatório expansãoRelatório expansão
Relatório expansão
Erick Fernandes
 
Eletroquimica PILHAS
Eletroquimica PILHASEletroquimica PILHAS
Eletroquimica PILHAS
Ana Dias
 
Dilatação Térmica
Dilatação TérmicaDilatação Térmica
Dilatação Térmica
Edimara Fernandes
 
Transmissão de calor
Transmissão de calorTransmissão de calor
Transmissão de calor
Arthur Carlos de Oliveira
 
Aula de calorimetria
Aula de calorimetriaAula de calorimetria
Aula de calorimetria
Derbiano Alves Soares
 
ESTUDO DOS GASES - TEORIA
ESTUDO DOS GASES - TEORIAESTUDO DOS GASES - TEORIA
ESTUDO DOS GASES - TEORIA
Cursos Profissionalizantes
 
Dilatação de líquidos
Dilatação de líquidosDilatação de líquidos
Dilatação de líquidos
fisicaatual
 
Física eletricidade
Física   eletricidadeFísica   eletricidade
Física eletricidade
WALTER ALENCAR DE SOUSA
 
Calorimetria
CalorimetriaCalorimetria
Planejamento anual de quimica
Planejamento anual de quimicaPlanejamento anual de quimica
Planejamento anual de quimica
Colegio CMC
 
Aula 7 dilatação
Aula 7   dilataçãoAula 7   dilatação
Aula 7 dilatação
Montenegro Física
 
Soluções e Solubilidade
Soluções e SolubilidadeSoluções e Solubilidade
Soluções e Solubilidade
Luana Salgueiro
 
Trocas de calor
Trocas de calorTrocas de calor
Trocas de calor
Cristiane Ruas
 
Hidrostática
HidrostáticaHidrostática
Hidrostática
Vlamir Gama Rocha
 
mecanica dos fluidos
mecanica dos fluidosmecanica dos fluidos
Física 2 relatório Circuito RC
Física 2  relatório Circuito RCFísica 2  relatório Circuito RC
Física 2 relatório Circuito RC
Sabrina Fermano
 
Dilatação térmica aula
Dilatação térmica   aulaDilatação térmica   aula
Dilatação térmica aula
Roberto Bagatini
 
DILATAÇÃO TÉRMICA
DILATAÇÃO TÉRMICADILATAÇÃO TÉRMICA
DILATAÇÃO TÉRMICA
nenhuma
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
José Nunes da Silva Jr.
 

Mais procurados (20)

Dilatação térmica dos sólidos
Dilatação térmica dos sólidosDilatação térmica dos sólidos
Dilatação térmica dos sólidos
 
Relatório expansão
Relatório expansãoRelatório expansão
Relatório expansão
 
Eletroquimica PILHAS
Eletroquimica PILHASEletroquimica PILHAS
Eletroquimica PILHAS
 
Dilatação Térmica
Dilatação TérmicaDilatação Térmica
Dilatação Térmica
 
Transmissão de calor
Transmissão de calorTransmissão de calor
Transmissão de calor
 
Aula de calorimetria
Aula de calorimetriaAula de calorimetria
Aula de calorimetria
 
ESTUDO DOS GASES - TEORIA
ESTUDO DOS GASES - TEORIAESTUDO DOS GASES - TEORIA
ESTUDO DOS GASES - TEORIA
 
Dilatação de líquidos
Dilatação de líquidosDilatação de líquidos
Dilatação de líquidos
 
Física eletricidade
Física   eletricidadeFísica   eletricidade
Física eletricidade
 
Calorimetria
CalorimetriaCalorimetria
Calorimetria
 
Planejamento anual de quimica
Planejamento anual de quimicaPlanejamento anual de quimica
Planejamento anual de quimica
 
Aula 7 dilatação
Aula 7   dilataçãoAula 7   dilatação
Aula 7 dilatação
 
Soluções e Solubilidade
Soluções e SolubilidadeSoluções e Solubilidade
Soluções e Solubilidade
 
Trocas de calor
Trocas de calorTrocas de calor
Trocas de calor
 
Hidrostática
HidrostáticaHidrostática
Hidrostática
 
mecanica dos fluidos
mecanica dos fluidosmecanica dos fluidos
mecanica dos fluidos
 
Física 2 relatório Circuito RC
Física 2  relatório Circuito RCFísica 2  relatório Circuito RC
Física 2 relatório Circuito RC
 
Dilatação térmica aula
Dilatação térmica   aulaDilatação térmica   aula
Dilatação térmica aula
 
DILATAÇÃO TÉRMICA
DILATAÇÃO TÉRMICADILATAÇÃO TÉRMICA
DILATAÇÃO TÉRMICA
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
 

Destaque

DilataçãO TéRmica
DilataçãO TéRmicaDilataçãO TéRmica
DilataçãO TéRmica
guest130aa0
 
Dilatação Térmica
Dilatação TérmicaDilatação Térmica
Dilatação Térmica
Gizella Menezes
 
Dilataçâo
DilataçâoDilataçâo
Dilataçâo
Rildo Borges
 
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3º
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3ºInstruções para o trabalho de pesquisa do 3º
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3º
Daniela F Almenara
 
Espelhos planos
Espelhos planosEspelhos planos
Espelhos planos
Daniela F Almenara
 
Máquinas térmicas – a 2ª lei da termodinâmica
Máquinas térmicas – a 2ª lei da termodinâmicaMáquinas térmicas – a 2ª lei da termodinâmica
Máquinas térmicas – a 2ª lei da termodinâmica
Daniela F Almenara
 
Atividade extraclasse 3º bimestre
Atividade extraclasse  3º bimestreAtividade extraclasse  3º bimestre
Atividade extraclasse 3º bimestre
Daniela F Almenara
 
Aumento produzido pelos espelhos
Aumento produzido pelos espelhosAumento produzido pelos espelhos
Aumento produzido pelos espelhos
Daniela F Almenara
 
1 trabalho 2 bim
1 trabalho 2 bim1 trabalho 2 bim
1 trabalho 2 bim
Daniela F Almenara
 
Atividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º anoAtividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º ano
Daniela F Almenara
 
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3º
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3ºInstruções para o trabalho de pesquisa do 3º
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3º
Daniela F Almenara
 
Função horária das posições
Função horária das posiçõesFunção horária das posições
Função horária das posições
Daniela F Almenara
 
Queda dos corpos
Queda dos corposQueda dos corpos
Queda dos corpos
Daniela F Almenara
 
Atividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º anoAtividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º ano
Daniela F Almenara
 
revisão leis de newton
revisão leis de newtonrevisão leis de newton
revisão leis de newton
Daniela F Almenara
 
óTica geometrica
óTica geometricaóTica geometrica
óTica geometrica
Daniela F Almenara
 
Trabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EM
Trabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EMTrabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EM
Trabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EM
Daniela F Almenara
 
Sql junções
Sql junçõesSql junções
Sql junções
Reuel Lopes
 
Produto cartesiano e função definição
Produto cartesiano e função  definiçãoProduto cartesiano e função  definição
Produto cartesiano e função definição
Meire de Fatima
 
Relações
RelaçõesRelações

Destaque (20)

DilataçãO TéRmica
DilataçãO TéRmicaDilataçãO TéRmica
DilataçãO TéRmica
 
Dilatação Térmica
Dilatação TérmicaDilatação Térmica
Dilatação Térmica
 
Dilataçâo
DilataçâoDilataçâo
Dilataçâo
 
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3º
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3ºInstruções para o trabalho de pesquisa do 3º
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3º
 
Espelhos planos
Espelhos planosEspelhos planos
Espelhos planos
 
Máquinas térmicas – a 2ª lei da termodinâmica
Máquinas térmicas – a 2ª lei da termodinâmicaMáquinas térmicas – a 2ª lei da termodinâmica
Máquinas térmicas – a 2ª lei da termodinâmica
 
Atividade extraclasse 3º bimestre
Atividade extraclasse  3º bimestreAtividade extraclasse  3º bimestre
Atividade extraclasse 3º bimestre
 
Aumento produzido pelos espelhos
Aumento produzido pelos espelhosAumento produzido pelos espelhos
Aumento produzido pelos espelhos
 
1 trabalho 2 bim
1 trabalho 2 bim1 trabalho 2 bim
1 trabalho 2 bim
 
Atividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º anoAtividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º ano
 
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3º
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3ºInstruções para o trabalho de pesquisa do 3º
Instruções para o trabalho de pesquisa do 3º
 
Função horária das posições
Função horária das posiçõesFunção horária das posições
Função horária das posições
 
Queda dos corpos
Queda dos corposQueda dos corpos
Queda dos corpos
 
Atividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º anoAtividade extraclasse 1º ano
Atividade extraclasse 1º ano
 
revisão leis de newton
revisão leis de newtonrevisão leis de newton
revisão leis de newton
 
óTica geometrica
óTica geometricaóTica geometrica
óTica geometrica
 
Trabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EM
Trabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EMTrabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EM
Trabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EM
 
Sql junções
Sql junçõesSql junções
Sql junções
 
Produto cartesiano e função definição
Produto cartesiano e função  definiçãoProduto cartesiano e função  definição
Produto cartesiano e função definição
 
Relações
RelaçõesRelações
Relações
 

Semelhante a Dilatação térmica dos líquidos

Dilatação de líquidos
Dilatação de líquidosDilatação de líquidos
Dilatação de líquidos
fisicaatual
 
Capitulo 1 -Livro 3 - Frente B - Termometria- Parte III - Colegio Pontual.pptx
Capitulo 1 -Livro 3 - Frente B - Termometria- Parte III - Colegio Pontual.pptxCapitulo 1 -Livro 3 - Frente B - Termometria- Parte III - Colegio Pontual.pptx
Capitulo 1 -Livro 3 - Frente B - Termometria- Parte III - Colegio Pontual.pptx
RicardoPatrick5
 
Características Físicas e Químicas da Água.pdf
Características Físicas e Químicas da Água.pdfCaracterísticas Físicas e Químicas da Água.pdf
Características Físicas e Químicas da Água.pdf
lucasjunges3
 
Água
ÁguaÁgua
Água
URCA
 
Dilatacao térmica volumetrica
Dilatacao térmica volumetricaDilatacao térmica volumetrica
Dilatacao térmica volumetrica
Eloir De Carli
 
Apresentação.pptx
Apresentação.pptxApresentação.pptx
Apresentação.pptx
Davi Da Silva Sales
 
1 estudo da água nos ecossistemas maio
1 estudo da água nos ecossistemas   maio 1 estudo da água nos ecossistemas   maio
1 estudo da água nos ecossistemas maio
Luiza Collet
 
Dilatação
DilataçãoDilatação
Dilatação
Isabella Silva
 
1° BIMESTRE - BLOCO 1 - 01.03.2021 A 26.03.2021 - 6° ANO B (1).pdf
1° BIMESTRE - BLOCO 1 - 01.03.2021 A 26.03.2021 - 6° ANO B (1).pdf1° BIMESTRE - BLOCO 1 - 01.03.2021 A 26.03.2021 - 6° ANO B (1).pdf
1° BIMESTRE - BLOCO 1 - 01.03.2021 A 26.03.2021 - 6° ANO B (1).pdf
DOMINICKWERNECKDEPRA
 
Prova 2 tri_1
Prova 2 tri_1Prova 2 tri_1
Estados fisicos da materia.3
Estados fisicos da materia.3Estados fisicos da materia.3
Estados fisicos da materia.3
matheusrl98
 
Biofisica - propriedades fisicas e quimicas da agua
Biofisica - propriedades fisicas e quimicas da aguaBiofisica - propriedades fisicas e quimicas da agua
Biofisica - propriedades fisicas e quimicas da agua
Marcelo Silva
 
Eguado cast #4
Eguado cast #4Eguado cast #4
Eguado cast #4
Jairo Maciel
 
Agua colecaojovemcientista
Agua colecaojovemcientistaAgua colecaojovemcientista
Agua colecaojovemcientista
straraposa
 
Prop2
Prop2Prop2
Prop2
anselmo123
 
Proposta para prática em química Ensino Médio - água dura
Proposta para prática em  química Ensino Médio - água duraProposta para prática em  química Ensino Médio - água dura
Proposta para prática em química Ensino Médio - água dura
Cristiane Kanjiscuk
 
Propriedades coligativas
Propriedades coligativasPropriedades coligativas
Propriedades coligativas
Marília Isabel Tarnowski Correia
 
Mudança de fase (2017)
Mudança de fase (2017)Mudança de fase (2017)
Mudança de fase (2017)
Marco Antonio Sanches
 
Aula 7 agua
Aula 7   aguaAula 7   agua
Aula 7 agua
astrobiologia
 
Aula 7 agua
Aula 7   aguaAula 7   agua
Aula 7 agua
astrobiologia
 

Semelhante a Dilatação térmica dos líquidos (20)

Dilatação de líquidos
Dilatação de líquidosDilatação de líquidos
Dilatação de líquidos
 
Capitulo 1 -Livro 3 - Frente B - Termometria- Parte III - Colegio Pontual.pptx
Capitulo 1 -Livro 3 - Frente B - Termometria- Parte III - Colegio Pontual.pptxCapitulo 1 -Livro 3 - Frente B - Termometria- Parte III - Colegio Pontual.pptx
Capitulo 1 -Livro 3 - Frente B - Termometria- Parte III - Colegio Pontual.pptx
 
Características Físicas e Químicas da Água.pdf
Características Físicas e Químicas da Água.pdfCaracterísticas Físicas e Químicas da Água.pdf
Características Físicas e Químicas da Água.pdf
 
Água
ÁguaÁgua
Água
 
Dilatacao térmica volumetrica
Dilatacao térmica volumetricaDilatacao térmica volumetrica
Dilatacao térmica volumetrica
 
Apresentação.pptx
Apresentação.pptxApresentação.pptx
Apresentação.pptx
 
1 estudo da água nos ecossistemas maio
1 estudo da água nos ecossistemas   maio 1 estudo da água nos ecossistemas   maio
1 estudo da água nos ecossistemas maio
 
Dilatação
DilataçãoDilatação
Dilatação
 
1° BIMESTRE - BLOCO 1 - 01.03.2021 A 26.03.2021 - 6° ANO B (1).pdf
1° BIMESTRE - BLOCO 1 - 01.03.2021 A 26.03.2021 - 6° ANO B (1).pdf1° BIMESTRE - BLOCO 1 - 01.03.2021 A 26.03.2021 - 6° ANO B (1).pdf
1° BIMESTRE - BLOCO 1 - 01.03.2021 A 26.03.2021 - 6° ANO B (1).pdf
 
Prova 2 tri_1
Prova 2 tri_1Prova 2 tri_1
Prova 2 tri_1
 
Estados fisicos da materia.3
Estados fisicos da materia.3Estados fisicos da materia.3
Estados fisicos da materia.3
 
Biofisica - propriedades fisicas e quimicas da agua
Biofisica - propriedades fisicas e quimicas da aguaBiofisica - propriedades fisicas e quimicas da agua
Biofisica - propriedades fisicas e quimicas da agua
 
Eguado cast #4
Eguado cast #4Eguado cast #4
Eguado cast #4
 
Agua colecaojovemcientista
Agua colecaojovemcientistaAgua colecaojovemcientista
Agua colecaojovemcientista
 
Prop2
Prop2Prop2
Prop2
 
Proposta para prática em química Ensino Médio - água dura
Proposta para prática em  química Ensino Médio - água duraProposta para prática em  química Ensino Médio - água dura
Proposta para prática em química Ensino Médio - água dura
 
Propriedades coligativas
Propriedades coligativasPropriedades coligativas
Propriedades coligativas
 
Mudança de fase (2017)
Mudança de fase (2017)Mudança de fase (2017)
Mudança de fase (2017)
 
Aula 7 agua
Aula 7   aguaAula 7   agua
Aula 7 agua
 
Aula 7 agua
Aula 7   aguaAula 7   agua
Aula 7 agua
 

Mais de Daniela F Almenara

Trabalho mandalas
Trabalho mandalasTrabalho mandalas
Trabalho mandalas
Daniela F Almenara
 
Aec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bimAec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bim
Daniela F Almenara
 
Atividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º anoAtividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º ano
Daniela F Almenara
 
Mandalas
MandalasMandalas
Mandalas
MandalasMandalas
Pg
PgPg
Atividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanosAtividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanos
Daniela F Almenara
 
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-20166º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
Daniela F Almenara
 
Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano
Daniela F Almenara
 
As formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciaisAs formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciais
Daniela F Almenara
 
2º atv em classe 2º bim 2014
2º atv em classe  2º bim 20142º atv em classe  2º bim 2014
2º atv em classe 2º bim 2014
Daniela F Almenara
 
Álbum 7º C
Álbum 7º CÁlbum 7º C
Álbum 7º C
Daniela F Almenara
 
Álbum 7º B
Álbum  7º BÁlbum  7º B
Álbum 7º B
Daniela F Almenara
 
Álbum 7º A
Álbum 7º  AÁlbum 7º  A
Álbum 7º A
Daniela F Almenara
 
Aula 1 temperatura
Aula 1   temperaturaAula 1   temperatura
Aula 1 temperatura
Daniela F Almenara
 
2º magnetismo
2º magnetismo2º magnetismo
2º magnetismo
Daniela F Almenara
 
Modelo
ModeloModelo
2º magnetismo
2º magnetismo2º magnetismo
2º magnetismo
Daniela F Almenara
 
Atividade de revisão
Atividade de revisãoAtividade de revisão
Atividade de revisão
Daniela F Almenara
 
Atividade de revisão
Atividade de revisãoAtividade de revisão
Atividade de revisão
Daniela F Almenara
 

Mais de Daniela F Almenara (20)

Trabalho mandalas
Trabalho mandalasTrabalho mandalas
Trabalho mandalas
 
Aec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bimAec 9º-ano-1º-bim
Aec 9º-ano-1º-bim
 
Atividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º anoAtividade em classe 1º bim 6º ano
Atividade em classe 1º bim 6º ano
 
Mandalas
MandalasMandalas
Mandalas
 
Mandalas
MandalasMandalas
Mandalas
 
Pg
PgPg
Pg
 
Atividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanosAtividade de reforço algarismos romanos
Atividade de reforço algarismos romanos
 
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-20166º ano-avaliação-diagnótica-2016
6º ano-avaliação-diagnótica-2016
 
Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano Avaliação de diagnóstica 8º ano
Avaliação de diagnóstica 8º ano
 
As formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciaisAs formas geométricas espaciais
As formas geométricas espaciais
 
2º atv em classe 2º bim 2014
2º atv em classe  2º bim 20142º atv em classe  2º bim 2014
2º atv em classe 2º bim 2014
 
Álbum 7º C
Álbum 7º CÁlbum 7º C
Álbum 7º C
 
Álbum 7º B
Álbum  7º BÁlbum  7º B
Álbum 7º B
 
Álbum 7º A
Álbum 7º  AÁlbum 7º  A
Álbum 7º A
 
Aula 1 temperatura
Aula 1   temperaturaAula 1   temperatura
Aula 1 temperatura
 
2º magnetismo
2º magnetismo2º magnetismo
2º magnetismo
 
Modelo
ModeloModelo
Modelo
 
2º magnetismo
2º magnetismo2º magnetismo
2º magnetismo
 
Atividade de revisão
Atividade de revisãoAtividade de revisão
Atividade de revisão
 
Atividade de revisão
Atividade de revisãoAtividade de revisão
Atividade de revisão
 

Dilatação térmica dos líquidos

  • 1. Profª: Daniela Fontana Almenara Disciplina: Física Turma: 2º Ano do Ensino médio Dilatação Térmica dos Líquidos
  • 2. • Os líquidos se dilatam obedecendo às mesmas leis que estudamos para os sólidos. Apenas devemos nos lembrar de que, como os líquidos não têm forma própria, tomam a forma do recipiente. Dilatação dos líquidos
  • 3. Dilatação aparente • Para observarmos a dilatação de um líquido, devemos colocá-lo em um frasco e aquecer o conjunto. Ambos se dilatarão e como a capacidade do frasco aumenta, a dilatação que observaremos, para o líquido, será apenas aparente. A dilatação real será então a soma da dilatação aparente com a dilatação volumétrica do frasco.
  • 4. O volume extravasado do pequeno recipiente corresponde à dilatação aparente do líquido. Dilatação dos líquidos
  • 5. Dilatação anômala da água Em geral, as substâncias se dilatam ao serem aquecidas. A água, porém, apresenta comportamento inverso no intervalo de temperatura entre 0 ºC e 4 ºC, à pressão normal.Variação do volume da água em função da temperatura, sob pressão normal
  • 6. Dilatação irregular da água e sua importância para sobrevivência de seres vivos nas regiões frias Sabemos que sólidos e líquidos ao serem aquecidos tem seu volume aumentado. Contudo, existem algumas substâncias que em determinados intervalos de temperatura sofrem o processo inverso, ao aumentar a temperatura eles diminuem o volume. Nesse intervalo, essas substâncias apresentam coeficiente de dilatação negativo. A água é uma dessas substâncias. Quando a sua temperatura é aumentada, entre 0°C e 4°C, seu volume diminui. Ao elevar sua temperatura para mais de 4°C volta a dilatar normalmente.
  • 7. Mesmo sob temperaturas externas rigorosas, apenas as regiões próximas à superfície do lago congelam, enquanto as águas profundas se mantêm a 4 °C, ainda hospitaleiras ao ecossistema aquático. MICHAELBAUER/SHUTTERSTOCK
  • 8. Esse fenômeno ocorre em países onde o inverno é muito rigoroso. Nesses países, os lagos e rios se congelam na superfície e a água de máxima densidade se encontra, a 4°C, por debaixo da camada de gelo. Esse é um acontecimento muito importante para a fauna e flora aquática, pois sem essa anormalidade da água os peixes e as plantas aquáticas morreriam, causando danos ao ambiente.
  • 9. (UFRGS-RS) Um recipiente de vidro, cujas paredes são finas, contém glicerina. O conjunto se encontra a 20 ºC. O coeficiente de dilatação linear do vidro é 27 . 10-6 ºC-1 e o coeficiente de dilatação volumétrica de glicerina é 5,0 . 10-4 ºC-1. Se a temperatura do conjunto se elevar para 60 ºC, pode-se afirmar que o nível da glicerina no recipiente: a) baixa, porque a glicerina sofre um aumento de volume menor do que o aumento na capacidade do recipiente. b) se eleva, porque a glicerina aumenta de volume e a capacidade do recipiente diminui de volume. c) se eleva, porque apenas a glicerina aumenta de volume. d) se eleva, apesar de a capacidade do recipiente aumentar. e) permanece inalterado, pois a capacidade do recipiente aumenta tanto quanto o volume da glicerina.
  • 10. • Um frasco de vidro, cujo volume é exatamente 1000 cm 3 a 0 oC, está completamente cheio de mercúrio a essa temperatura. Quando o conjunto é aquecido até 100 oC, entornam 15, 0 cm 3 de mercúrio. a) Qual foi a dilatação real do mercúrio? b) Qual foi a dilatação do frasco? c) Qual o valor do coeficiente de dilatação linear do vidro de que é feito o frasco?