SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
“Bem-aventurados os irrepreensíveis no
seu caminho, que andam na lei do
SENHOR. Bem-aventurados os que
guardam as suas prescrições e o buscam
de todo o coração; não praticam
iniquidade e andam nos seus caminhos.
Tu ordenaste os teus mandamentos,
para que os cumpramos à risca. Tomara
sejam firmes os meus passos, para que
eu observe os teus preceitos.” (Salmos
119.1-5)
Devemos aprender a não nos satisfazer,
ou a não descansar, em quaisquer atos
ou deveres de obediência, em quaisquer
boas obras, embora boas e úteis em si
mesmos, ou no entanto multiplicados
por nós, a menos que haja um princípio
vital de santidade em nossos corações.
Algumas ações honestas, alguns deveres
úteis, satisfazem algumas pessoas que
são tão santas como devem ser ou como
precisam ser. E a religião de alguns
homens consistia em multiplicar os
deveres externos, de modo que
pudessem ser meritórios para eles
2
próprios e outros. Mas Deus rejeita
expressamente não apenas tais deveres,
mas a maior multidão deles, e sua
reiteração mais frequente, se o coração
não é previamente purificado e
santificado, se não for possuído com o
princípio de graça e santidade afirmado
em Is 1.11-15. Esses atos e deveres
podem ser os efeitos de outras causas e
os frutos de outros princípios. Meras
convicções legais irão produzi-los e
colocar os homens em um curso para
fazê-los. Medos, aflições, terrores de
consciência, ditames da razão,
melhorados pela educação e
confirmados por costume, irá dirigir, e
de fato obrigar, os homens a observá-
los. Mas tudo está perdido - os homens
só trabalham no fogo sobre eles, Hab
2.13 - se a alma não estiver preparada
com este princípio espiritual de
santidade habitual, trabalhado nela
imediatamente pelo Espírito Santo.
(1.) Existem várias maneiras pelas quais
os melhores deveres podem ser
3
abusados e mal aplicados, como quando
os homens descansam neles como se
fossem meritórios, ou como se fossem o
assunto de sua justificação diante de
Deus. Isso é um meio eficaz para
desviar as almas dos pecadores da fé em
Cristo para vida e salvação, Rom
9.31,32, 10.3,4. E há razões e as causas
que os tornam inaceitáveis diante de
Deus no que diz respeito às pessoas por
quem são realizados - como quando não
são realizados em fé, pelo que o
sacrifício de Caim foi rejeitado; e
quando o coração não é previamente
santificado e preparado com um
princípio espiritual de obediência.
Mas, na verdade, seria muito triste se
víssemos mais frutos das virtudes
morais e deveres de piedade religiosa
entre pessoas não santificadas do que
entre nós. O mundo não está em uma
condição para salvar as boas ações dos
homens maus. Mas podemos fazer isso,
e como somos chamados, devemos
fazer isso: Quando os homens estão
4
engajados em um curso de deveres e
boas obras, em princípios que não irão
permanecer e suportar a prova, ou para
fins que vão estragar e corromper tudo
o que eles fazem, podemos dizer-lhes
(como nosso Salvador disse ao jovem
que deu grande conta de sua diligência
em todos os deveres legais), "Uma coisa
ainda está faltando para você;" - "Você
tem falta de fé, ou falta de Cristo, ou
falta-lhe um princípio espiritual de
santidade evangélica; sem isso tudo que
você fizer será perdido e não terá
qualquer valor no último dia." No
entanto, a devida afirmação da graça
nunca foi, nem pode ser, uma obstrução
a qualquer dever de obediência. Porém,
quando alguns se dedicam a essas obras
ou atos sob o nome de "deveres" e
"obediência a Deus", que são maus em
si mesmos, ou que Deus não exige dos
homens, podemos falar contra eles e
tirar os homens deles. Portanto, a
perseguição é considerada uma "boa
obra". Os homens supunham que sim.
Bom serviço a Deus quando eles
5
mataram os discípulos de Cristo; e os
homens deram seus bens para "usos
piedosos", como eram chamados (na
verdade, abusos ímpios), para fazer
com que outros orem por suas almas e
expiem seus pecados quando eles
deixassem este mundo. Estes e
incontáveis outros deveres semelhantes
e pretensos podem ser julgados,
condenados e explodidos, sem o menor
medo de dissuadir os homens de
obediência.
(2.) Que onde quer que haja este
princípio de santidade no coração
daqueles que são adultos, haverá os
frutos e efeitos disso na vida, em todas
as funções de retidão, piedade e
santidade; para o trabalho principal e
final deste princípio que é o de nos
capacitar a cumprir aquela "graça de
Deus que nos ensina a negar toda
impiedade e luxúrias mundanas, e viver
sobriamente, retamente e
piedosamente no presente mundo",
Tito 2.11,12. O que pressionamos é a
6
grande orientação de nosso Salvador:
"Faça a árvore boa, e os frutos serão
bons também." Não pode haver
hipocrisia mais vil e sórdida do que
alguém fingir uma santificação interior
habitual, enquanto suas vidas são
estéreis nos frutos de justiça e deveres
de obediência.
7

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Deus requer santificação aos cristãos 43
Deus requer santificação aos cristãos 43Deus requer santificação aos cristãos 43
Deus requer santificação aos cristãos 43Silvio Dutra
 
Avaliando conforme Deus avalia
Avaliando conforme Deus avaliaAvaliando conforme Deus avalia
Avaliando conforme Deus avaliaSilvio Dutra
 
Avaliando Como Deus Avalia
Avaliando Como Deus AvaliaAvaliando Como Deus Avalia
Avaliando Como Deus AvaliaSilvio Dutra
 
O padrao de deus para a familia
  O padrao de deus para a familia  O padrao de deus para a familia
O padrao de deus para a familiaClemente Luiz
 
Deus requer santificação aos cristãos 41
Deus requer santificação aos cristãos 41Deus requer santificação aos cristãos 41
Deus requer santificação aos cristãos 41Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 47
Deus requer santificação aos cristãos 47Deus requer santificação aos cristãos 47
Deus requer santificação aos cristãos 47Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 11
Deus requer santificação aos cristãos 11Deus requer santificação aos cristãos 11
Deus requer santificação aos cristãos 11Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 40
Deus requer santificação aos cristãos 40Deus requer santificação aos cristãos 40
Deus requer santificação aos cristãos 40Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 46
Deus requer santificação aos cristãos 46Deus requer santificação aos cristãos 46
Deus requer santificação aos cristãos 46Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 49
Deus requer santificação aos cristãos 49Deus requer santificação aos cristãos 49
Deus requer santificação aos cristãos 49Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 48
Deus requer santificação aos cristãos 48Deus requer santificação aos cristãos 48
Deus requer santificação aos cristãos 48Silvio Dutra
 
A doutrina da eleição joão calvino
A doutrina da eleição   joão calvinoA doutrina da eleição   joão calvino
A doutrina da eleição joão calvinosoarescastrodf
 
Deus requer santificação aos cristãos 14
Deus requer santificação aos cristãos 14Deus requer santificação aos cristãos 14
Deus requer santificação aos cristãos 14Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 45
Deus requer santificação aos cristãos 45Deus requer santificação aos cristãos 45
Deus requer santificação aos cristãos 45Silvio Dutra
 
As batalhas espirituais finais - parte 6
As batalhas espirituais finais  - parte 6As batalhas espirituais finais  - parte 6
As batalhas espirituais finais - parte 6Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 44
Deus requer santificação aos cristãos 44Deus requer santificação aos cristãos 44
Deus requer santificação aos cristãos 44Silvio Dutra
 
51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outros51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outrospohlos
 

Mais procurados (20)

Deus requer santificação aos cristãos 43
Deus requer santificação aos cristãos 43Deus requer santificação aos cristãos 43
Deus requer santificação aos cristãos 43
 
Avaliando conforme Deus avalia
Avaliando conforme Deus avaliaAvaliando conforme Deus avalia
Avaliando conforme Deus avalia
 
Avaliando Como Deus Avalia
Avaliando Como Deus AvaliaAvaliando Como Deus Avalia
Avaliando Como Deus Avalia
 
Deus é pai
Deus é paiDeus é pai
Deus é pai
 
O padrao de deus para a familia
  O padrao de deus para a familia  O padrao de deus para a familia
O padrao de deus para a familia
 
Deus requer santificação aos cristãos 41
Deus requer santificação aos cristãos 41Deus requer santificação aos cristãos 41
Deus requer santificação aos cristãos 41
 
Deus requer santificação aos cristãos 47
Deus requer santificação aos cristãos 47Deus requer santificação aos cristãos 47
Deus requer santificação aos cristãos 47
 
Deus requer santificação aos cristãos 11
Deus requer santificação aos cristãos 11Deus requer santificação aos cristãos 11
Deus requer santificação aos cristãos 11
 
Deus requer santificação aos cristãos 40
Deus requer santificação aos cristãos 40Deus requer santificação aos cristãos 40
Deus requer santificação aos cristãos 40
 
Deus requer santificação aos cristãos 46
Deus requer santificação aos cristãos 46Deus requer santificação aos cristãos 46
Deus requer santificação aos cristãos 46
 
Deus requer santificação aos cristãos 49
Deus requer santificação aos cristãos 49Deus requer santificação aos cristãos 49
Deus requer santificação aos cristãos 49
 
Deus requer santificação aos cristãos 48
Deus requer santificação aos cristãos 48Deus requer santificação aos cristãos 48
Deus requer santificação aos cristãos 48
 
A doutrina da eleição joão calvino
A doutrina da eleição   joão calvinoA doutrina da eleição   joão calvino
A doutrina da eleição joão calvino
 
Deus requer santificação aos cristãos 14
Deus requer santificação aos cristãos 14Deus requer santificação aos cristãos 14
Deus requer santificação aos cristãos 14
 
Deus requer santificação aos cristãos 45
Deus requer santificação aos cristãos 45Deus requer santificação aos cristãos 45
Deus requer santificação aos cristãos 45
 
As batalhas espirituais finais - parte 6
As batalhas espirituais finais  - parte 6As batalhas espirituais finais  - parte 6
As batalhas espirituais finais - parte 6
 
Deus requer santificação aos cristãos 44
Deus requer santificação aos cristãos 44Deus requer santificação aos cristãos 44
Deus requer santificação aos cristãos 44
 
51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outros51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outros
 
Apostila bem vindos à betlehem
Apostila bem vindos à betlehemApostila bem vindos à betlehem
Apostila bem vindos à betlehem
 
Boletim iecjc 2014 02 23
Boletim iecjc 2014 02 23Boletim iecjc 2014 02 23
Boletim iecjc 2014 02 23
 

Semelhante a Deus requer santificação aos cristãos 73

A palavra de deus nossa única regra joão calvino
A palavra de deus nossa única regra   joão calvinoA palavra de deus nossa única regra   joão calvino
A palavra de deus nossa única regra joão calvinoDeusdete Soares
 
Um chamado para um viver santo, por c. h. spurgeon
Um chamado para um viver santo, por c. h. spurgeonUm chamado para um viver santo, por c. h. spurgeon
Um chamado para um viver santo, por c. h. spurgeonSilvio Dutra
 
Aparência de piedade sem poder charles haddon spurgeon
Aparência de piedade sem poder   charles haddon spurgeonAparência de piedade sem poder   charles haddon spurgeon
Aparência de piedade sem poder charles haddon spurgeonDeusdete Soares
 
Cristo e a tradição religiosa_Respostas_322014
Cristo e a tradição religiosa_Respostas_322014Cristo e a tradição religiosa_Respostas_322014
Cristo e a tradição religiosa_Respostas_322014Gerson G. Ramos
 
Deus requer santificação aos cristãos 60
Deus requer santificação aos cristãos 60Deus requer santificação aos cristãos 60
Deus requer santificação aos cristãos 60Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 13
Deus requer santificação aos cristãos 13Deus requer santificação aos cristãos 13
Deus requer santificação aos cristãos 13Silvio Dutra
 
20. a condição da igreja ii
20. a condição da igreja ii20. a condição da igreja ii
20. a condição da igreja iipohlos
 
Deus requer santificação aos cristãos 35
Deus requer santificação aos cristãos 35Deus requer santificação aos cristãos 35
Deus requer santificação aos cristãos 35Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 51
Deus requer santificação aos cristãos 51Deus requer santificação aos cristãos 51
Deus requer santificação aos cristãos 51Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 52
Deus requer santificação aos cristãos 52Deus requer santificação aos cristãos 52
Deus requer santificação aos cristãos 52Silvio Dutra
 
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdf
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdfVisto Por Deus, Como Realmente Somos.pdf
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdfPastor Robson Colaço
 
3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptx3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptxMarta Gomes
 
Deus requer santificação aos cristãos 38
Deus requer santificação aos cristãos 38Deus requer santificação aos cristãos 38
Deus requer santificação aos cristãos 38Silvio Dutra
 
É Necessária uma Devida Consideração De Deus
É Necessária uma Devida Consideração De DeusÉ Necessária uma Devida Consideração De Deus
É Necessária uma Devida Consideração De DeusSilvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 64
Deus requer santificação aos cristãos 64Deus requer santificação aos cristãos 64
Deus requer santificação aos cristãos 64Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71Silvio Dutra
 

Semelhante a Deus requer santificação aos cristãos 73 (20)

A palavra de deus nossa única regra joão calvino
A palavra de deus nossa única regra   joão calvinoA palavra de deus nossa única regra   joão calvino
A palavra de deus nossa única regra joão calvino
 
Um chamado para um viver santo, por c. h. spurgeon
Um chamado para um viver santo, por c. h. spurgeonUm chamado para um viver santo, por c. h. spurgeon
Um chamado para um viver santo, por c. h. spurgeon
 
Aparência de piedade sem poder charles haddon spurgeon
Aparência de piedade sem poder   charles haddon spurgeonAparência de piedade sem poder   charles haddon spurgeon
Aparência de piedade sem poder charles haddon spurgeon
 
Cristo e a tradição religiosa_Respostas_322014
Cristo e a tradição religiosa_Respostas_322014Cristo e a tradição religiosa_Respostas_322014
Cristo e a tradição religiosa_Respostas_322014
 
Boletim IPC Limeira 240917
Boletim IPC Limeira 240917Boletim IPC Limeira 240917
Boletim IPC Limeira 240917
 
Deus requer santificação aos cristãos 60
Deus requer santificação aos cristãos 60Deus requer santificação aos cristãos 60
Deus requer santificação aos cristãos 60
 
Deus requer santificação aos cristãos 13
Deus requer santificação aos cristãos 13Deus requer santificação aos cristãos 13
Deus requer santificação aos cristãos 13
 
20. a condição da igreja ii
20. a condição da igreja ii20. a condição da igreja ii
20. a condição da igreja ii
 
Deus requer santificação aos cristãos 35
Deus requer santificação aos cristãos 35Deus requer santificação aos cristãos 35
Deus requer santificação aos cristãos 35
 
Deus requer santificação aos cristãos 51
Deus requer santificação aos cristãos 51Deus requer santificação aos cristãos 51
Deus requer santificação aos cristãos 51
 
Deus requer santificação aos cristãos 52
Deus requer santificação aos cristãos 52Deus requer santificação aos cristãos 52
Deus requer santificação aos cristãos 52
 
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdf
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdfVisto Por Deus, Como Realmente Somos.pdf
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdf
 
Santificação
SantificaçãoSantificação
Santificação
 
3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptx3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptx
 
Deus requer santificação aos cristãos 38
Deus requer santificação aos cristãos 38Deus requer santificação aos cristãos 38
Deus requer santificação aos cristãos 38
 
É Necessária uma Devida Consideração De Deus
É Necessária uma Devida Consideração De DeusÉ Necessária uma Devida Consideração De Deus
É Necessária uma Devida Consideração De Deus
 
Deus requer santificação aos cristãos 64
Deus requer santificação aos cristãos 64Deus requer santificação aos cristãos 64
Deus requer santificação aos cristãos 64
 
Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71
 
Fé e obras
Fé e obrasFé e obras
Fé e obras
 
Fé e obras
Fé e obrasFé e obras
Fé e obras
 

Mais de Silvio Dutra

A Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma AliançaA Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma AliançaSilvio Dutra
 
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...Silvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdfSilvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdfSilvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2Silvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdfSilvio Dutra
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdfSilvio Dutra
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdfSilvio Dutra
 
O Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz MundialO Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz MundialSilvio Dutra
 
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John OwenA firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John OwenSilvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 66
Deus requer santificação aos cristãos 66Deus requer santificação aos cristãos 66
Deus requer santificação aos cristãos 66Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 65
Deus requer santificação aos cristãos 65Deus requer santificação aos cristãos 65
Deus requer santificação aos cristãos 65Silvio Dutra
 

Mais de Silvio Dutra (20)

Poder
PoderPoder
Poder
 
A Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma AliançaA Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma Aliança
 
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
 
O Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz MundialO Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
 
O Começo e o Fim
O Começo e o FimO Começo e o Fim
O Começo e o Fim
 
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John OwenA firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
 
Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74
 
Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72
 
Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70
 
Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69
 
Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68
 
Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67
 
Deus requer santificação aos cristãos 66
Deus requer santificação aos cristãos 66Deus requer santificação aos cristãos 66
Deus requer santificação aos cristãos 66
 
Deus requer santificação aos cristãos 65
Deus requer santificação aos cristãos 65Deus requer santificação aos cristãos 65
Deus requer santificação aos cristãos 65
 

Último

Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptxpregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptxFabianoHaider1
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxManoel Candido Pires Junior
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaRicardo Azevedo
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 

Último (8)

Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptxpregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 

Deus requer santificação aos cristãos 73

  • 1.
  • 2. “Bem-aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na lei do SENHOR. Bem-aventurados os que guardam as suas prescrições e o buscam de todo o coração; não praticam iniquidade e andam nos seus caminhos. Tu ordenaste os teus mandamentos, para que os cumpramos à risca. Tomara sejam firmes os meus passos, para que eu observe os teus preceitos.” (Salmos 119.1-5) Devemos aprender a não nos satisfazer, ou a não descansar, em quaisquer atos ou deveres de obediência, em quaisquer boas obras, embora boas e úteis em si mesmos, ou no entanto multiplicados por nós, a menos que haja um princípio vital de santidade em nossos corações. Algumas ações honestas, alguns deveres úteis, satisfazem algumas pessoas que são tão santas como devem ser ou como precisam ser. E a religião de alguns homens consistia em multiplicar os deveres externos, de modo que pudessem ser meritórios para eles 2
  • 3. próprios e outros. Mas Deus rejeita expressamente não apenas tais deveres, mas a maior multidão deles, e sua reiteração mais frequente, se o coração não é previamente purificado e santificado, se não for possuído com o princípio de graça e santidade afirmado em Is 1.11-15. Esses atos e deveres podem ser os efeitos de outras causas e os frutos de outros princípios. Meras convicções legais irão produzi-los e colocar os homens em um curso para fazê-los. Medos, aflições, terrores de consciência, ditames da razão, melhorados pela educação e confirmados por costume, irá dirigir, e de fato obrigar, os homens a observá- los. Mas tudo está perdido - os homens só trabalham no fogo sobre eles, Hab 2.13 - se a alma não estiver preparada com este princípio espiritual de santidade habitual, trabalhado nela imediatamente pelo Espírito Santo. (1.) Existem várias maneiras pelas quais os melhores deveres podem ser 3
  • 4. abusados e mal aplicados, como quando os homens descansam neles como se fossem meritórios, ou como se fossem o assunto de sua justificação diante de Deus. Isso é um meio eficaz para desviar as almas dos pecadores da fé em Cristo para vida e salvação, Rom 9.31,32, 10.3,4. E há razões e as causas que os tornam inaceitáveis diante de Deus no que diz respeito às pessoas por quem são realizados - como quando não são realizados em fé, pelo que o sacrifício de Caim foi rejeitado; e quando o coração não é previamente santificado e preparado com um princípio espiritual de obediência. Mas, na verdade, seria muito triste se víssemos mais frutos das virtudes morais e deveres de piedade religiosa entre pessoas não santificadas do que entre nós. O mundo não está em uma condição para salvar as boas ações dos homens maus. Mas podemos fazer isso, e como somos chamados, devemos fazer isso: Quando os homens estão 4
  • 5. engajados em um curso de deveres e boas obras, em princípios que não irão permanecer e suportar a prova, ou para fins que vão estragar e corromper tudo o que eles fazem, podemos dizer-lhes (como nosso Salvador disse ao jovem que deu grande conta de sua diligência em todos os deveres legais), "Uma coisa ainda está faltando para você;" - "Você tem falta de fé, ou falta de Cristo, ou falta-lhe um princípio espiritual de santidade evangélica; sem isso tudo que você fizer será perdido e não terá qualquer valor no último dia." No entanto, a devida afirmação da graça nunca foi, nem pode ser, uma obstrução a qualquer dever de obediência. Porém, quando alguns se dedicam a essas obras ou atos sob o nome de "deveres" e "obediência a Deus", que são maus em si mesmos, ou que Deus não exige dos homens, podemos falar contra eles e tirar os homens deles. Portanto, a perseguição é considerada uma "boa obra". Os homens supunham que sim. Bom serviço a Deus quando eles 5
  • 6. mataram os discípulos de Cristo; e os homens deram seus bens para "usos piedosos", como eram chamados (na verdade, abusos ímpios), para fazer com que outros orem por suas almas e expiem seus pecados quando eles deixassem este mundo. Estes e incontáveis outros deveres semelhantes e pretensos podem ser julgados, condenados e explodidos, sem o menor medo de dissuadir os homens de obediência. (2.) Que onde quer que haja este princípio de santidade no coração daqueles que são adultos, haverá os frutos e efeitos disso na vida, em todas as funções de retidão, piedade e santidade; para o trabalho principal e final deste princípio que é o de nos capacitar a cumprir aquela "graça de Deus que nos ensina a negar toda impiedade e luxúrias mundanas, e viver sobriamente, retamente e piedosamente no presente mundo", Tito 2.11,12. O que pressionamos é a 6
  • 7. grande orientação de nosso Salvador: "Faça a árvore boa, e os frutos serão bons também." Não pode haver hipocrisia mais vil e sórdida do que alguém fingir uma santificação interior habitual, enquanto suas vidas são estéreis nos frutos de justiça e deveres de obediência. 7