SlideShare uma empresa Scribd logo

R Gómez o proposito de Deus para a família

R Gómez
R Gómez

Apresentado por: R Gómez Consultor Empresarial Graduado em Administração de Empresa Especializado em Gestão Empresarial Com habilidades em: Administração geral, supervisão geral, gerência, direção, acessória empresarial, processos empresariais, gestão estratégica, qualidade organizacional, custos, gestão financeira, gestão de pessoas, gestão de serviços, logística, produção, marketing, inovação, recrutamento de pessoas, Recursos Humano (RH), gestão do conhecimento, representação comercial, relações de comércio exterior, aplicação da psicologia positiva, palestra motivacional e comportamental.

1 de 16
O Propósito de Deus para a Família
Apresentado por: R Gómez
Consultor Empresarial
Graduado em Administração de Empresa
Especializado em Gestão Empresarial
Com habilidades em: Administração geral, supervisão
geral, gerência, direção, acessória empresarial,
processos empresariais, gestão estratégica, qualidade
organizacional, custos, gestão financeira, gestão de
pessoas, gestão de serviços, logística, produção,
marketing, inovação, recrutamento de pessoas, Recursos
Humano (RH), gestão do conhecimento, representação
comercial, relações de comércio exterior, aplicação da
psicologia positiva, palestra motivacional e
comportamental.
O Propósito de Deus para a Família
"Se o Senhor
não edificar a
casa, em vão
trabalham os
que a edificam;
Se o Senhor
não guardar a
cidade, em vão
vigia a
sentinela"
(Salmo 127:1).
Deus nos criou e designou o casamento e a família
como a mais fundamental das relações humanas.
Em nosso mundo de hoje em dia, vemos famílias
atormentadas pelo conflito e arrasadas pela
negligência e o abuso. O divórcio tornou-se uma
palavra comum, significando miséria e dureza para
os múltiplos milhões de suas vítimas. Muitos homens
jamais aprenderam a ser esposos e pais devotados.
Muitas mulheres estão fugindo de seus papéis dados
por Deus. Pais que não têm nenhuma ideia de como
preparar seus filhos estão assim perturbados pelo
conflito com seus rebentos rebeldes. Outros
simplesmente abandonam seu dever, deixando filhos
sem qualquer preparação ou provisão.
Para muitas pessoas, hoje em dia, a frase familiar e
confortadora "Lar, Doce Lar" não é mais do que uma ilusão
vazia. Não há nada doce ou seguro num lar onde há o
abuso, a traição e o abandono.
Haverá uma solução? Poderemos evitar tais tragédias em
nossas famílias? Poderão os casais jovens manter o brilho
do amor e do otimismo décadas depois de fazerem os votos
no casamento? Haverá esperança de recuperação dos
terríveis erros do passado?
A resposta para todas estas perguntas é SIM! As soluções
raramente são fáceis. A construção de lares sólidos não
acontece por pura sorte. Somente pelo retorno ao padrão
de Deus para nossas famílias poderemos começar a
entender as grandes bênçãos que ele preparou para nós
em lares construídos sobre a rocha sólida da sua palavra.
Consideremos brevemente alguns princípios básicos
ensinados na Bíblia sobre a família.
O Propósito Básico de Deus para a Família
Quando temos dificuldade com a geladeira,
entendemos que o fabricante, que escreveu o
manual do usuário, sabe mais sobre o aparelho do
que nós. Lemos o manual para resolver o problema.
Quando vemos tantos problemas nas famílias de
hoje, só faz sentido que nosso Criador, que
escreveu o "manual do usuário", sabe mais a
respeito da família do que nós. Precisamos ler o
manual para achar como construir e manter bons
lares. Encontramos estas instruções na Bíblia. Ela
nos guia em cada aspecto do serviço a ele,
incluindo a realização de nossos papéis na família.
Casamento
A família começa com o casamento. Quando Deus
criou Adão e Eva, ele revelou seu plano básico
para o casamento: "Por isso, deixa o homem pai
e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os
dois uma só carne" (Gênesis 2:24). Este plano é
claro. Um homem ligado a uma mulher. Milhares
de anos mais tarde, Jesus afirmou que este ainda
é o plano de Deus. Ele citou este versículo e
acrescentou: "Portanto, o que Deus ajuntou não
o separe o homem" (Mateus 19:6). Este
casamento é uma relação para toda a vida.
Somente a morte deve cortar este laço (Romanos
7:1-3).
Deus aprovou as relações sexuais somente dentro do
casamento. Não há nada de mal ou impuro sobre as
relações sexuais naturais dentro de um casamento
aprovado por Deus (Hebreus 13:4). Esposos e esposas têm
a responsabilidade de satisfazer os desejos sexuais (dados
por Deus) aos seus companheiros (1 Coríntios 7:1-5).
Todas as outras relações sexuais são sempre e
absolutamente erradas. Relações sexuais entre pessoas do
mesmo sexo são absolutamente proibidas por Deus
(Romanos 1:24-27; 1 Coríntios 6:9-11). Deus não criou
Adão e João. Ele fez uma mulher, Eva, como uma parceira
apropriada para Adão. As relações sexuais antes do
casamento, mesmo entre pessoas que pretendem se casar,
são condenadas por Deus (1 Coríntios 7:1-2, 8-9; Gálatas
5:19). As relações sexuais extra-conjugais são também
claramente proibidas (Hebreus 13:4).
Filhos
Casais assim unidos diante de Deus pelo casamento
desfrutam do privilégio de terem filhos. Deus ordenou a
Adão e Eva e aos filhos de Noé que tivessem filhos
(Gênesis 1:28; 9:1). Ainda que nem todas as pessoas
tenham que se casar, e que nem todas terão filhos, é ainda
o plano básico de Deus que os filhos nasçam dentro de
famílias, completas com pai e mãe (1 Timóteo 5:14). Em
lugar nenhum da Bíblia encontramos autorização para uma
mulher ter relações sexuais para conceber um filho, antes
ou sem casamento. A paternidade solteira, que está se
tornando moda em nossa sociedade moderna é um
afastamento do plano de Deus que terá sérias
consequências para as gerações vindouras.
Dentro desta
estrutura do
propósito Divino,
consideremos os
papéis que Deus
atribuiu aos
homens,
mulheres e
filhos.
Papéis Dados por Deus Dentro da Família
Homens: Esposos e Pais
A responsabilidade dos esposos é bem resumida
em Efésios 5:25: "Maridos, amai vossa mulher,
como também Cristo amou a Igreja e a si
mesmo se entregou por ela". O esposo tem
que colocar as necessidades de sua esposa
acima das suas próprias, mostrando devoção
desprendida aos melhores interesses da "parte
mais frágil" que necessita da sua proteção. Ele
tem que trabalhar honestamente para prover as
necessidades da família (2 Tessalonicenses
3:10-11; 1 Timóteo 5:8).
Os pais são
especialmente
instruídos por Deus
para preparar seus
filhos na instrução e na
disciplina do Senhor
(Efésios 6:4). Este é um
trabalho sério e, às
vezes, difícil, mas com
resultados eternos! Os
espíritos de seus filhos
existirão eternamente,
ou na presença de
Deus ou separados
dele. A maior meta de
um pai para seus filhos
deveria sempre ser a
salvação eterna deles.
Mulheres: Esposas e Mães
Uma esposa tem um papel muito
desafiador no plano de Deus. Ela
tem que complementar seu
esposo como uma auxiliar
submisso, que partilha com ele as
experiências da vida. As pressões
da sociedade moderna para
rejeitar a autoridade masculina
não obstante, a mulher devota
aceita seu papel como aquela
que é cuidadosamente submissa
ao seu esposo (Efésios 5:22-24; 1
Pedro 3:1-2). As mulheres de hoje
em dia que rejeitam este papel
dado por Deus estão na realidade
difamando a palavra dele (Tito
2:5).
Deus instrui as mulheres para mostrarem terna
afeição aos seus esposos e filhos, e a serem
honestas e fiéis donas de casa (Tito 2:4-5). Apesar
dos esforços de algumas pessoas para
desvalorizar o papel das mulheres que são
dedicadas a suas famílias, Deus tem em alta
estima a mulher que é uma boa dona de casa e
uma amorosa esposa e mãe. Tais mulheres
devotas são também dignas de respeito e
apreciação de seus esposos e filhos (Provérbios
31:11-12,28).
Filhos: Seguidores Obedientes
Deus também definiu o papel
dos filhos. Paulo revelou em
Efésios 6:1-2 que os filhos
deverão:
1. Obedecer a seus pais.
Deus colocou os pais nesta
posição de autoridade e os
filhos têm que respeitá-los.
Muitas pessoas consideram
a rebeldia de uma criança
como uma parte comum e
esperada do "crescimento",
mas Deus coloca-a na lista
com outros terríveis pecados
contra ele (2 Timóteo 3:2-5).
2. Honrar seus pais. Os
pais que sustentam,
instruem e preparam seus
filhos devem ser
honrados. Jesus mostrou
que esta honra inclui
prover as necessidades
dos pais idosos (Mateus
15:3-6).
Lares Piedosos Nestes Dias? É,
freqüentemente, muito difícil
corrigir anos ou mesmo gerações
de erros. Mas está claro que o
único modo pelo qual podemos
esperar ter boas famílias
construídas nos princípios divinos
é voltar ao plano que Deus tem
revelado. Temos que estudar a
Bíblia, aprender estes princípios,
aplicá-los em nossas vidas, e
ensiná-los aos nossos filhos e aos
outros. Lembre-se, os benefícios
serão eternos!
Você está construindo seu
lar sobre a fundação da
palavra de Deus?
R Gómez   o proposito de Deus para a família

Recomendados

O padrao de deus para a familia
  O padrao de deus para a familia  O padrao de deus para a familia
O padrao de deus para a familiaClemente Luiz
 
Lição 1 O que é família?
Lição 1 O que é família?Lição 1 O que é família?
Lição 1 O que é família?Marcus Wagner
 
O Propósito de Deus para a Família - Pr. David Merkh
O Propósito de Deus para a Família - Pr. David MerkhO Propósito de Deus para a Família - Pr. David Merkh
O Propósito de Deus para a Família - Pr. David MerkhLuan Almeida
 
Lição 2 "Há algo errado com a família"?
Lição 2 "Há algo errado com a família"?Lição 2 "Há algo errado com a família"?
Lição 2 "Há algo errado com a família"?Marcus Wagner
 
Lição nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.doc
Lição   nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.docLição   nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.doc
Lição nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.docGérson Fagundes da Cunha
 
Estudo para família 2011
Estudo para família 2011Estudo para família 2011
Estudo para família 2011ipadcamela
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudos biblicos relacionados a familia
Estudos biblicos relacionados a familiaEstudos biblicos relacionados a familia
Estudos biblicos relacionados a familiamgno42
 
Lição 8 missão de marido, esposa e filhos
Lição 8   missão de marido, esposa e filhosLição 8   missão de marido, esposa e filhos
Lição 8 missão de marido, esposa e filhosJoanilson França Garcia
 
O cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidadeO cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidadeLuan Almeida
 
A Família e a Igreja
A Família e a IgrejaA Família e a Igreja
A Família e a IgrejaLuan Almeida
 
Apostila curso-casais-pronta-pdf-free
Apostila curso-casais-pronta-pdf-freeApostila curso-casais-pronta-pdf-free
Apostila curso-casais-pronta-pdf-freeJooAlbertoSoaresdaSi
 
Lição 2 os alicerces da experiência conjugal
Lição 2 os alicerces da experiência conjugalLição 2 os alicerces da experiência conjugal
Lição 2 os alicerces da experiência conjugalCleonilson Freitas
 
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIALBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIANatalino das Neves Neves
 
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIALBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIAboasnovassena
 
Ibadep a familia crista
Ibadep   a familia cristaIbadep   a familia crista
Ibadep a familia cristaRicardo819
 
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp0155647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01Autonoma
 
A FamíLia Cristã
A FamíLia CristãA FamíLia Cristã
A FamíLia Cristãrenaapborges
 
LBJ LIÇÃO 5 - DEIXANDO PAI E MÃE
LBJ LIÇÃO 5 - DEIXANDO PAI E MÃELBJ LIÇÃO 5 - DEIXANDO PAI E MÃE
LBJ LIÇÃO 5 - DEIXANDO PAI E MÃEboasnovassena
 

Mais procurados (20)

Estudos biblicos relacionados a familia
Estudos biblicos relacionados a familiaEstudos biblicos relacionados a familia
Estudos biblicos relacionados a familia
 
Lição 6 - O Papel do Marido na Família
Lição 6 - O Papel do Marido na FamíliaLição 6 - O Papel do Marido na Família
Lição 6 - O Papel do Marido na Família
 
A familia 2
A familia 2A familia 2
A familia 2
 
Lição 8 missão de marido, esposa e filhos
Lição 8   missão de marido, esposa e filhosLição 8   missão de marido, esposa e filhos
Lição 8 missão de marido, esposa e filhos
 
O cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidadeO cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidade
 
A Família e a Igreja
A Família e a IgrejaA Família e a Igreja
A Família e a Igreja
 
O caminho do amor na família
O caminho do amor na família  O caminho do amor na família
O caminho do amor na família
 
Apostila curso-casais-pronta-pdf-free
Apostila curso-casais-pronta-pdf-freeApostila curso-casais-pronta-pdf-free
Apostila curso-casais-pronta-pdf-free
 
Família - igreja em miniatura
Família - igreja em miniaturaFamília - igreja em miniatura
Família - igreja em miniatura
 
Lição 2 os alicerces da experiência conjugal
Lição 2 os alicerces da experiência conjugalLição 2 os alicerces da experiência conjugal
Lição 2 os alicerces da experiência conjugal
 
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIALBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
 
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIALBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
 
Ibadep a familia crista
Ibadep   a familia cristaIbadep   a familia crista
Ibadep a familia crista
 
A família sob ataque
A família sob ataqueA família sob ataque
A família sob ataque
 
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp0155647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01
 
Culto domésticco
Culto domésticcoCulto domésticco
Culto domésticco
 
O lar cristão
O lar cristãoO lar cristão
O lar cristão
 
Família feliz, igreja forte 2
Família feliz, igreja forte 2Família feliz, igreja forte 2
Família feliz, igreja forte 2
 
A FamíLia Cristã
A FamíLia CristãA FamíLia Cristã
A FamíLia Cristã
 
LBJ LIÇÃO 5 - DEIXANDO PAI E MÃE
LBJ LIÇÃO 5 - DEIXANDO PAI E MÃELBJ LIÇÃO 5 - DEIXANDO PAI E MÃE
LBJ LIÇÃO 5 - DEIXANDO PAI E MÃE
 

Destaque

Família, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).pptFamília, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).pptJeronimo Nunes
 
O meu papel na familia
O meu papel na familiaO meu papel na familia
O meu papel na familiaprofmoralebicc
 
Família, criação de Deus
Família, criação de DeusFamília, criação de Deus
Família, criação de DeusMoisés Sampaio
 
Slides palestra família
Slides palestra famíliaSlides palestra família
Slides palestra famíliaClarice-Borges
 
Seminario Biblia Dinheiro 02
Seminario Biblia Dinheiro 02Seminario Biblia Dinheiro 02
Seminario Biblia Dinheiro 02Lemuel Silva
 
O papel da mulher na cultura e filosofia budista
O papel da mulher na cultura e filosofia budistaO papel da mulher na cultura e filosofia budista
O papel da mulher na cultura e filosofia budistaSociedade Budista do Brasil
 
Mulher.judaismo
Mulher.judaismoMulher.judaismo
Mulher.judaismoaylanj
 
A condição da mulher no cristianísmo,judaísmo & islamismo
A condição da mulher no cristianísmo,judaísmo & islamismoA condição da mulher no cristianísmo,judaísmo & islamismo
A condição da mulher no cristianísmo,judaísmo & islamismoLayza Andrade
 
Religiões(Judaísmo e Islamismo)
Religiões(Judaísmo e Islamismo)Religiões(Judaísmo e Islamismo)
Religiões(Judaísmo e Islamismo)recoba27
 
Estudo EvangelizaçãO Pessoal
Estudo EvangelizaçãO PessoalEstudo EvangelizaçãO Pessoal
Estudo EvangelizaçãO Pessoalguesta4fb1a
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Palestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familiaPalestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familiaMilas Aldrin Alves
 

Destaque (20)

Família, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).pptFamília, um projeto de Deus (JIN).ppt
Família, um projeto de Deus (JIN).ppt
 
O meu papel na familia
O meu papel na familiaO meu papel na familia
O meu papel na familia
 
Família, criação de Deus
Família, criação de DeusFamília, criação de Deus
Família, criação de Deus
 
A casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIA
A casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIAA casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIA
A casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIA
 
Slides palestra família
Slides palestra famíliaSlides palestra família
Slides palestra família
 
Lição 12 a reciprocidade do amor cristão
Lição 12 a reciprocidade do amor cristãoLição 12 a reciprocidade do amor cristão
Lição 12 a reciprocidade do amor cristão
 
Seminario Biblia Dinheiro 02
Seminario Biblia Dinheiro 02Seminario Biblia Dinheiro 02
Seminario Biblia Dinheiro 02
 
Momentos de Descontração
Momentos de DescontraçãoMomentos de Descontração
Momentos de Descontração
 
O papel da mulher na cultura e filosofia budista
O papel da mulher na cultura e filosofia budistaO papel da mulher na cultura e filosofia budista
O papel da mulher na cultura e filosofia budista
 
O lar cristão
O lar cristãoO lar cristão
O lar cristão
 
Mulher.judaismo
Mulher.judaismoMulher.judaismo
Mulher.judaismo
 
A condição da mulher no cristianísmo,judaísmo & islamismo
A condição da mulher no cristianísmo,judaísmo & islamismoA condição da mulher no cristianísmo,judaísmo & islamismo
A condição da mulher no cristianísmo,judaísmo & islamismo
 
Religiões(Judaísmo e Islamismo)
Religiões(Judaísmo e Islamismo)Religiões(Judaísmo e Islamismo)
Religiões(Judaísmo e Islamismo)
 
Vivendo com Propósito by Pr. Nuno Lage
Vivendo com Propósito by Pr. Nuno LageVivendo com Propósito by Pr. Nuno Lage
Vivendo com Propósito by Pr. Nuno Lage
 
Gênesis introdução ao livro
Gênesis introdução ao livroGênesis introdução ao livro
Gênesis introdução ao livro
 
Estudo EvangelizaçãO Pessoal
Estudo EvangelizaçãO PessoalEstudo EvangelizaçãO Pessoal
Estudo EvangelizaçãO Pessoal
 
O plano de Deus
O plano de DeusO plano de Deus
O plano de Deus
 
O Evangelismo e a igreja.ppt
O Evangelismo e a igreja.pptO Evangelismo e a igreja.ppt
O Evangelismo e a igreja.ppt
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
 
Palestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familiaPalestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familia
 

Semelhante a R Gómez o proposito de Deus para a família

aconselhamento e orientação pastoral
aconselhamento e orientação pastoralaconselhamento e orientação pastoral
aconselhamento e orientação pastoralDeniserma
 
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3  As Bases do Casamento Cristão- professoresLição 3  As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professoresJoão Paulo Silva Mendes
 
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01-110704094641-phpapp01
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01-110704094641-phpapp0155647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01-110704094641-phpapp01
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01-110704094641-phpapp01Magaly Costa
 
A armadura de deus para o casal
A armadura de deus para o casalA armadura de deus para o casal
A armadura de deus para o casalantonio ferreira
 
Toaz.info apostila-curso-casais-pronta-pr c158df0a23f9d968c62ed8914157b8d4
Toaz.info apostila-curso-casais-pronta-pr c158df0a23f9d968c62ed8914157b8d4Toaz.info apostila-curso-casais-pronta-pr c158df0a23f9d968c62ed8914157b8d4
Toaz.info apostila-curso-casais-pronta-pr c158df0a23f9d968c62ed8914157b8d4JooAlbertoSoaresdaSi
 
LBJ LIÇÃO 7 - O PAPEL DA ESPOSA NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 7 - O PAPEL DA ESPOSA NA FAMÍLIALBJ LIÇÃO 7 - O PAPEL DA ESPOSA NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 7 - O PAPEL DA ESPOSA NA FAMÍLIANatalino das Neves Neves
 
Jornal Salvação ao alcance de todos, edição 2
Jornal Salvação ao alcance de todos, edição 2Jornal Salvação ao alcance de todos, edição 2
Jornal Salvação ao alcance de todos, edição 2Richard Rossini Atanes
 
O obreiro-e-o-relacionamento-familiar-data-indefinida
O obreiro-e-o-relacionamento-familiar-data-indefinidaO obreiro-e-o-relacionamento-familiar-data-indefinida
O obreiro-e-o-relacionamento-familiar-data-indefinidaCristiano Jose Matias
 
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em família
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em famíliaLição 2 (jovens) - Relacionamento em família
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em famíliaboasnovassena
 
Publicação 2 casamento é uma instituição divina
Publicação 2   casamento é uma instituição divinaPublicação 2   casamento é uma instituição divina
Publicação 2 casamento é uma instituição divinaPastor Marcello Rocha
 
A prosperidade segundo a bíblia
A prosperidade segundo a bíbliaA prosperidade segundo a bíblia
A prosperidade segundo a bíbliaCarmen Motta Guerra
 

Semelhante a R Gómez o proposito de Deus para a família (20)

Família slides
Família slidesFamília slides
Família slides
 
aconselhamento e orientação pastoral
aconselhamento e orientação pastoralaconselhamento e orientação pastoral
aconselhamento e orientação pastoral
 
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3  As Bases do Casamento Cristão- professoresLição 3  As Bases do Casamento Cristão- professores
Lição 3 As Bases do Casamento Cristão- professores
 
PALESTRA-PARA-CASAIS.pdf
PALESTRA-PARA-CASAIS.pdfPALESTRA-PARA-CASAIS.pdf
PALESTRA-PARA-CASAIS.pdf
 
Ebd lição 3
Ebd lição 3Ebd lição 3
Ebd lição 3
 
E eis era muito bom
E eis era muito bomE eis era muito bom
E eis era muito bom
 
A família cristã parte 1
A família cristã   parte 1A família cristã   parte 1
A família cristã parte 1
 
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01-110704094641-phpapp01
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01-110704094641-phpapp0155647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01-110704094641-phpapp01
55647979 casadosparasempre-100603144245-phpapp01-110704094641-phpapp01
 
A armadura de deus para o casal
A armadura de deus para o casalA armadura de deus para o casal
A armadura de deus para o casal
 
Toaz.info apostila-curso-casais-pronta-pr c158df0a23f9d968c62ed8914157b8d4
Toaz.info apostila-curso-casais-pronta-pr c158df0a23f9d968c62ed8914157b8d4Toaz.info apostila-curso-casais-pronta-pr c158df0a23f9d968c62ed8914157b8d4
Toaz.info apostila-curso-casais-pronta-pr c158df0a23f9d968c62ed8914157b8d4
 
LBJ LIÇÃO 7 - O PAPEL DA ESPOSA NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 7 - O PAPEL DA ESPOSA NA FAMÍLIALBJ LIÇÃO 7 - O PAPEL DA ESPOSA NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 7 - O PAPEL DA ESPOSA NA FAMÍLIA
 
Estudo sobre casamento
Estudo sobre casamentoEstudo sobre casamento
Estudo sobre casamento
 
Jornal Salvação ao alcance de todos, edição 2
Jornal Salvação ao alcance de todos, edição 2Jornal Salvação ao alcance de todos, edição 2
Jornal Salvação ao alcance de todos, edição 2
 
Lar cristao
Lar cristaoLar cristao
Lar cristao
 
O obreiro-e-o-relacionamento-familiar-data-indefinida
O obreiro-e-o-relacionamento-familiar-data-indefinidaO obreiro-e-o-relacionamento-familiar-data-indefinida
O obreiro-e-o-relacionamento-familiar-data-indefinida
 
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em família
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em famíliaLição 2 (jovens) - Relacionamento em família
Lição 2 (jovens) - Relacionamento em família
 
Construindo
ConstruindoConstruindo
Construindo
 
Edificando o casamento sobre a rocha
Edificando o casamento sobre a rochaEdificando o casamento sobre a rocha
Edificando o casamento sobre a rocha
 
Publicação 2 casamento é uma instituição divina
Publicação 2   casamento é uma instituição divinaPublicação 2   casamento é uma instituição divina
Publicação 2 casamento é uma instituição divina
 
A prosperidade segundo a bíblia
A prosperidade segundo a bíbliaA prosperidade segundo a bíblia
A prosperidade segundo a bíblia
 

Mais de R Gómez

CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL R Gómez
 
Preparando se para construir uma carreira ministerial de sucesso! ii tm 2.15
Preparando se para construir uma carreira ministerial de sucesso!  ii tm 2.15Preparando se para construir uma carreira ministerial de sucesso!  ii tm 2.15
Preparando se para construir uma carreira ministerial de sucesso! ii tm 2.15R Gómez
 
Clima Organizacional
Clima OrganizacionalClima Organizacional
Clima OrganizacionalR Gómez
 
Aula de Psicologia da Educação
Aula de Psicologia da EducaçãoAula de Psicologia da Educação
Aula de Psicologia da EducaçãoR Gómez
 
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamentoEstudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamentoR Gómez
 
A função e desafios do superintendente e do professor da EBD
A função e desafios do superintendente e do professor da EBDA função e desafios do superintendente e do professor da EBD
A função e desafios do superintendente e do professor da EBDR Gómez
 
R Gómez - Pesquisa de Marketing
R Gómez - Pesquisa de MarketingR Gómez - Pesquisa de Marketing
R Gómez - Pesquisa de MarketingR Gómez
 
HISTÓRIA QUE VALE APENA REFLETIRMOS
HISTÓRIA QUE VALE APENA REFLETIRMOSHISTÓRIA QUE VALE APENA REFLETIRMOS
HISTÓRIA QUE VALE APENA REFLETIRMOSR Gómez
 
R gómez 12 tipos de defeitos que impediam um levita ao ministério sacerdotal
R gómez 12 tipos de defeitos que impediam um levita ao ministério sacerdotalR gómez 12 tipos de defeitos que impediam um levita ao ministério sacerdotal
R gómez 12 tipos de defeitos que impediam um levita ao ministério sacerdotalR Gómez
 
Treinamento de atendimento ao cliente e trabalho em equipe.
Treinamento de atendimento ao cliente e trabalho em equipe.Treinamento de atendimento ao cliente e trabalho em equipe.
Treinamento de atendimento ao cliente e trabalho em equipe.R Gómez
 
Revisão de conteudo administração aplicada em saúde e segurança no trabalho
Revisão de conteudo administração aplicada em saúde e segurança no trabalhoRevisão de conteudo administração aplicada em saúde e segurança no trabalho
Revisão de conteudo administração aplicada em saúde e segurança no trabalhoR Gómez
 
Palestra estrutura da empresa
Palestra estrutura da empresaPalestra estrutura da empresa
Palestra estrutura da empresaR Gómez
 
Palestra básica tipos de empresas
Palestra básica  tipos de empresasPalestra básica  tipos de empresas
Palestra básica tipos de empresasR Gómez
 
Noções básicas de contabilidade
Noções básicas de contabilidade Noções básicas de contabilidade
Noções básicas de contabilidade R Gómez
 
Noção básicas de administração financeira
Noção básicas de administração financeiraNoção básicas de administração financeira
Noção básicas de administração financeiraR Gómez
 
Iso 9000 e séries
Iso  9000 e sériesIso  9000 e séries
Iso 9000 e sériesR Gómez
 
éTica e educação empresarial e profissional ii
éTica e educação empresarial e profissional iiéTica e educação empresarial e profissional ii
éTica e educação empresarial e profissional iiR Gómez
 
Engenharia de segurança no trabalho
Engenharia de segurança no trabalhoEngenharia de segurança no trabalho
Engenharia de segurança no trabalhoR Gómez
 
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionadosClassificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionadosR Gómez
 

Mais de R Gómez (20)

CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
CGE - CONSULTORIA DE GESTÃO EMPRESARIAL - TREINAMENTO GERENCIAL
 
Preparando se para construir uma carreira ministerial de sucesso! ii tm 2.15
Preparando se para construir uma carreira ministerial de sucesso!  ii tm 2.15Preparando se para construir uma carreira ministerial de sucesso!  ii tm 2.15
Preparando se para construir uma carreira ministerial de sucesso! ii tm 2.15
 
Clima Organizacional
Clima OrganizacionalClima Organizacional
Clima Organizacional
 
Aula de Psicologia da Educação
Aula de Psicologia da EducaçãoAula de Psicologia da Educação
Aula de Psicologia da Educação
 
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamentoEstudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamento
 
A função e desafios do superintendente e do professor da EBD
A função e desafios do superintendente e do professor da EBDA função e desafios do superintendente e do professor da EBD
A função e desafios do superintendente e do professor da EBD
 
R Gómez - Pesquisa de Marketing
R Gómez - Pesquisa de MarketingR Gómez - Pesquisa de Marketing
R Gómez - Pesquisa de Marketing
 
LIMITES
LIMITESLIMITES
LIMITES
 
HISTÓRIA QUE VALE APENA REFLETIRMOS
HISTÓRIA QUE VALE APENA REFLETIRMOSHISTÓRIA QUE VALE APENA REFLETIRMOS
HISTÓRIA QUE VALE APENA REFLETIRMOS
 
R gómez 12 tipos de defeitos que impediam um levita ao ministério sacerdotal
R gómez 12 tipos de defeitos que impediam um levita ao ministério sacerdotalR gómez 12 tipos de defeitos que impediam um levita ao ministério sacerdotal
R gómez 12 tipos de defeitos que impediam um levita ao ministério sacerdotal
 
Treinamento de atendimento ao cliente e trabalho em equipe.
Treinamento de atendimento ao cliente e trabalho em equipe.Treinamento de atendimento ao cliente e trabalho em equipe.
Treinamento de atendimento ao cliente e trabalho em equipe.
 
Revisão de conteudo administração aplicada em saúde e segurança no trabalho
Revisão de conteudo administração aplicada em saúde e segurança no trabalhoRevisão de conteudo administração aplicada em saúde e segurança no trabalho
Revisão de conteudo administração aplicada em saúde e segurança no trabalho
 
Palestra estrutura da empresa
Palestra estrutura da empresaPalestra estrutura da empresa
Palestra estrutura da empresa
 
Palestra básica tipos de empresas
Palestra básica  tipos de empresasPalestra básica  tipos de empresas
Palestra básica tipos de empresas
 
Noções básicas de contabilidade
Noções básicas de contabilidade Noções básicas de contabilidade
Noções básicas de contabilidade
 
Noção básicas de administração financeira
Noção básicas de administração financeiraNoção básicas de administração financeira
Noção básicas de administração financeira
 
Iso 9000 e séries
Iso  9000 e sériesIso  9000 e séries
Iso 9000 e séries
 
éTica e educação empresarial e profissional ii
éTica e educação empresarial e profissional iiéTica e educação empresarial e profissional ii
éTica e educação empresarial e profissional ii
 
Engenharia de segurança no trabalho
Engenharia de segurança no trabalhoEngenharia de segurança no trabalho
Engenharia de segurança no trabalho
 
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionadosClassificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
Classificação e administraçao das empresas e outros temas relacionados
 

Último

Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxColmeias
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...excellenceeducaciona
 
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...Prime Assessoria
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...Prime Assessoria
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoMariaJoão Agualuza
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioProfessor Belinaso
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Prime Assessoria
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Prime Assessoria
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...azulassessoriaacadem3
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 

Último (20)

Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...
B) RELACIONE os picos (1, 2 e 3) no cromatograma com cada uma das substâncias...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 

R Gómez o proposito de Deus para a família

  • 1. O Propósito de Deus para a Família Apresentado por: R Gómez Consultor Empresarial Graduado em Administração de Empresa Especializado em Gestão Empresarial Com habilidades em: Administração geral, supervisão geral, gerência, direção, acessória empresarial, processos empresariais, gestão estratégica, qualidade organizacional, custos, gestão financeira, gestão de pessoas, gestão de serviços, logística, produção, marketing, inovação, recrutamento de pessoas, Recursos Humano (RH), gestão do conhecimento, representação comercial, relações de comércio exterior, aplicação da psicologia positiva, palestra motivacional e comportamental.
  • 2. O Propósito de Deus para a Família "Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela" (Salmo 127:1).
  • 3. Deus nos criou e designou o casamento e a família como a mais fundamental das relações humanas. Em nosso mundo de hoje em dia, vemos famílias atormentadas pelo conflito e arrasadas pela negligência e o abuso. O divórcio tornou-se uma palavra comum, significando miséria e dureza para os múltiplos milhões de suas vítimas. Muitos homens jamais aprenderam a ser esposos e pais devotados. Muitas mulheres estão fugindo de seus papéis dados por Deus. Pais que não têm nenhuma ideia de como preparar seus filhos estão assim perturbados pelo conflito com seus rebentos rebeldes. Outros simplesmente abandonam seu dever, deixando filhos sem qualquer preparação ou provisão.
  • 4. Para muitas pessoas, hoje em dia, a frase familiar e confortadora "Lar, Doce Lar" não é mais do que uma ilusão vazia. Não há nada doce ou seguro num lar onde há o abuso, a traição e o abandono. Haverá uma solução? Poderemos evitar tais tragédias em nossas famílias? Poderão os casais jovens manter o brilho do amor e do otimismo décadas depois de fazerem os votos no casamento? Haverá esperança de recuperação dos terríveis erros do passado? A resposta para todas estas perguntas é SIM! As soluções raramente são fáceis. A construção de lares sólidos não acontece por pura sorte. Somente pelo retorno ao padrão de Deus para nossas famílias poderemos começar a entender as grandes bênçãos que ele preparou para nós em lares construídos sobre a rocha sólida da sua palavra. Consideremos brevemente alguns princípios básicos ensinados na Bíblia sobre a família.
  • 5. O Propósito Básico de Deus para a Família Quando temos dificuldade com a geladeira, entendemos que o fabricante, que escreveu o manual do usuário, sabe mais sobre o aparelho do que nós. Lemos o manual para resolver o problema. Quando vemos tantos problemas nas famílias de hoje, só faz sentido que nosso Criador, que escreveu o "manual do usuário", sabe mais a respeito da família do que nós. Precisamos ler o manual para achar como construir e manter bons lares. Encontramos estas instruções na Bíblia. Ela nos guia em cada aspecto do serviço a ele, incluindo a realização de nossos papéis na família.
  • 6. Casamento A família começa com o casamento. Quando Deus criou Adão e Eva, ele revelou seu plano básico para o casamento: "Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne" (Gênesis 2:24). Este plano é claro. Um homem ligado a uma mulher. Milhares de anos mais tarde, Jesus afirmou que este ainda é o plano de Deus. Ele citou este versículo e acrescentou: "Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem" (Mateus 19:6). Este casamento é uma relação para toda a vida. Somente a morte deve cortar este laço (Romanos 7:1-3).
  • 7. Deus aprovou as relações sexuais somente dentro do casamento. Não há nada de mal ou impuro sobre as relações sexuais naturais dentro de um casamento aprovado por Deus (Hebreus 13:4). Esposos e esposas têm a responsabilidade de satisfazer os desejos sexuais (dados por Deus) aos seus companheiros (1 Coríntios 7:1-5). Todas as outras relações sexuais são sempre e absolutamente erradas. Relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo são absolutamente proibidas por Deus (Romanos 1:24-27; 1 Coríntios 6:9-11). Deus não criou Adão e João. Ele fez uma mulher, Eva, como uma parceira apropriada para Adão. As relações sexuais antes do casamento, mesmo entre pessoas que pretendem se casar, são condenadas por Deus (1 Coríntios 7:1-2, 8-9; Gálatas 5:19). As relações sexuais extra-conjugais são também claramente proibidas (Hebreus 13:4).
  • 8. Filhos Casais assim unidos diante de Deus pelo casamento desfrutam do privilégio de terem filhos. Deus ordenou a Adão e Eva e aos filhos de Noé que tivessem filhos (Gênesis 1:28; 9:1). Ainda que nem todas as pessoas tenham que se casar, e que nem todas terão filhos, é ainda o plano básico de Deus que os filhos nasçam dentro de famílias, completas com pai e mãe (1 Timóteo 5:14). Em lugar nenhum da Bíblia encontramos autorização para uma mulher ter relações sexuais para conceber um filho, antes ou sem casamento. A paternidade solteira, que está se tornando moda em nossa sociedade moderna é um afastamento do plano de Deus que terá sérias consequências para as gerações vindouras.
  • 9. Dentro desta estrutura do propósito Divino, consideremos os papéis que Deus atribuiu aos homens, mulheres e filhos. Papéis Dados por Deus Dentro da Família
  • 10. Homens: Esposos e Pais A responsabilidade dos esposos é bem resumida em Efésios 5:25: "Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a Igreja e a si mesmo se entregou por ela". O esposo tem que colocar as necessidades de sua esposa acima das suas próprias, mostrando devoção desprendida aos melhores interesses da "parte mais frágil" que necessita da sua proteção. Ele tem que trabalhar honestamente para prover as necessidades da família (2 Tessalonicenses 3:10-11; 1 Timóteo 5:8).
  • 11. Os pais são especialmente instruídos por Deus para preparar seus filhos na instrução e na disciplina do Senhor (Efésios 6:4). Este é um trabalho sério e, às vezes, difícil, mas com resultados eternos! Os espíritos de seus filhos existirão eternamente, ou na presença de Deus ou separados dele. A maior meta de um pai para seus filhos deveria sempre ser a salvação eterna deles.
  • 12. Mulheres: Esposas e Mães Uma esposa tem um papel muito desafiador no plano de Deus. Ela tem que complementar seu esposo como uma auxiliar submisso, que partilha com ele as experiências da vida. As pressões da sociedade moderna para rejeitar a autoridade masculina não obstante, a mulher devota aceita seu papel como aquela que é cuidadosamente submissa ao seu esposo (Efésios 5:22-24; 1 Pedro 3:1-2). As mulheres de hoje em dia que rejeitam este papel dado por Deus estão na realidade difamando a palavra dele (Tito 2:5).
  • 13. Deus instrui as mulheres para mostrarem terna afeição aos seus esposos e filhos, e a serem honestas e fiéis donas de casa (Tito 2:4-5). Apesar dos esforços de algumas pessoas para desvalorizar o papel das mulheres que são dedicadas a suas famílias, Deus tem em alta estima a mulher que é uma boa dona de casa e uma amorosa esposa e mãe. Tais mulheres devotas são também dignas de respeito e apreciação de seus esposos e filhos (Provérbios 31:11-12,28).
  • 14. Filhos: Seguidores Obedientes Deus também definiu o papel dos filhos. Paulo revelou em Efésios 6:1-2 que os filhos deverão: 1. Obedecer a seus pais. Deus colocou os pais nesta posição de autoridade e os filhos têm que respeitá-los. Muitas pessoas consideram a rebeldia de uma criança como uma parte comum e esperada do "crescimento", mas Deus coloca-a na lista com outros terríveis pecados contra ele (2 Timóteo 3:2-5).
  • 15. 2. Honrar seus pais. Os pais que sustentam, instruem e preparam seus filhos devem ser honrados. Jesus mostrou que esta honra inclui prover as necessidades dos pais idosos (Mateus 15:3-6). Lares Piedosos Nestes Dias? É, freqüentemente, muito difícil corrigir anos ou mesmo gerações de erros. Mas está claro que o único modo pelo qual podemos esperar ter boas famílias construídas nos princípios divinos é voltar ao plano que Deus tem revelado. Temos que estudar a Bíblia, aprender estes princípios, aplicá-los em nossas vidas, e ensiná-los aos nossos filhos e aos outros. Lembre-se, os benefícios serão eternos! Você está construindo seu lar sobre a fundação da palavra de Deus?