SlideShare uma empresa Scribd logo
COACHING – DESAFIO DE GESTÃO DE PESSOASCOACHING – DESAFIO DE GESTÃO DE PESSOAS
COACHINGCOACHING
DESAFIO DE GESTÃO DE PESSOASDESAFIO DE GESTÃO DE PESSOAS
O QUE ÉO QUE É
COACHING?COACHING?
COACHINGCOACHING
O QUE ÉO QUE É
COACHING?COACHING?
 Tipo de relacionamento no qual o coach seTipo de relacionamento no qual o coach se
compromete a apoiar e a ajudar o aprendiz, para quecompromete a apoiar e a ajudar o aprendiz, para que
este possa atingir determinado resultado ou seguireste possa atingir determinado resultado ou seguir
determinado caminho.determinado caminho.
 Processo que ativa as redes de cooperação,Processo que ativa as redes de cooperação,
possibilitando que o capital humano (intelectual,possibilitando que o capital humano (intelectual,
emocional e operacional) circule livremente dentro daemocional e operacional) circule livremente dentro da
organização em prol de melhores resultados.organização em prol de melhores resultados.
 Ferramenta para lidar com a diversidade, propiciandoFerramenta para lidar com a diversidade, propiciando
o máximo de proveito das similaridades e daso máximo de proveito das similaridades e das
diferenças.diferenças.
““Coaching é uma relação de parceriaCoaching é uma relação de parceria
que revela e liberta o potencial das pessoas,que revela e liberta o potencial das pessoas,
de forma a maximizar o seu desempenho.de forma a maximizar o seu desempenho.
É ajudá-las a aprender,É ajudá-las a aprender,
ao invés de ensinar algo a elasao invés de ensinar algo a elas .”.”
Timothy GallweyTimothy Gallwey
COACHINGCOACHING
O APOIO QUE FAZ AS PESSOASO APOIO QUE FAZ AS PESSOAS
BILHAREMBILHAREM
COACHING COMOCOACHING COMO
PROCESSOPROCESSO
AnáliseAnálise
da situaçãoda situação
atualatual
AplicabilidadeAplicabilidade
dos novosdos novos
conhecimentosconhecimentos
e habilidadese habilidades
ProjeçãoProjeção
da situaçãoda situação
desejadadesejada
Tem como foco de ação:
informações, ferramentas ,
desenvolvimento de habilidades ,
orientação e avaliação
Desenvolve-se a partir da
elaboração de um Plano de Ação,
que contempla as principais
metas de crescimento do participantes
para atingir seus objetivos
profissionais e pessoais
Começa com uma fase
de sensibilização,
seguida de capacitação,
consolidação e conclusão
O Coach é uma
atividade que se
desenvolve ao longo
de um tempo
desejável
FASESFASES
TEMPOTEMPO FOCOFOCO
PLANO AÇÃOPLANO AÇÃO
ELEMENTOS DO PROCESSOELEMENTOS DO PROCESSO
COACHINGCOACHING
MODALIDADES DO PROCESSOMODALIDADES DO PROCESSO
COACHINGCOACHING
Preparar
uma pessoa
para ser o Coach da
sua Equipe
Ser um Coach para
apoiar o desenvolvimento
profissional
de outra pessoa
APLICAÇÕES DO COACHINGAPLICAÇÕES DO COACHING
 Melhoria do desempenho funcionalMelhoria do desempenho funcional
 Desenvolvimento de competências eDesenvolvimento de competências e
habilidadeshabilidades
 Aprendizado e obtenção deAprendizado e obtenção de
conhecimentoconhecimento
 Aplicabilidade do conhecimentoAplicabilidade do conhecimento
APLICAÇÕES DOAPLICAÇÕES DO
COACHINGCOACHING
Diagnóstico e resolução deDiagnóstico e resolução de
problemasproblemas
Criatividade e inovação noCriatividade e inovação no
trabalhotrabalho
Foco na aprendizagem, em umaFoco na aprendizagem, em uma
abordagem educacional eabordagem educacional e
pedagógica, auxiliando aspedagógica, auxiliando as
pessoas a aprenderpessoas a aprender
Treinador, educador que:Treinador, educador que:
 Dá suporte ao aprendizDá suporte ao aprendiz
 Apóia o aprendiz a atingir determinadoApóia o aprendiz a atingir determinado
resultado e realizar um projetoresultado e realizar um projeto
 Ajuda o aprendiz a criar a própria visãoAjuda o aprendiz a criar a própria visão
e a identificar seus valores e dare a identificar seus valores e dar
expressão aos seus projetosexpressão aos seus projetos
PAPEIS E FUNÇOES DOPAPEIS E FUNÇOES DO
COACHCOACH
Percebe e aceita que o processo (Percebe e aceita que o processo ( coachingcoaching))
é conduzido pelo aprendiz, ou equipe, paraé conduzido pelo aprendiz, ou equipe, para
quem ele está a serviçoquem ele está a serviço
Ajuda o aprendiz, ou equipe, a identificar eAjuda o aprendiz, ou equipe, a identificar e
selecionar o que é necessário, o que falta, eselecionar o que é necessário, o que falta, e
o que não é necessário no projetoo que não é necessário no projeto
Orienta-o a atingir objetivos, mas tambémOrienta-o a atingir objetivos, mas também
para obter realizaçãopara obter realização pessoal.pessoal.
PAPEIS E FUNÇOES DOPAPEIS E FUNÇOES DO
COACHCOACH
METODOLOGIA DO COACHINGMETODOLOGIA DO COACHING
 SEMINÁRIOS COM GRUPOSSEMINÁRIOS COM GRUPOS
 SESSÕES DE ATENDIMENTO INDIVIDUALSESSÕES DE ATENDIMENTO INDIVIDUAL
 LEITURAS E EXERCÍCIOSLEITURAS E EXERCÍCIOS
 CANAL ABERTOCANAL ABERTO
 REUNIÕES DE FEEDBACK E ACOMPANHAMENTOREUNIÕES DE FEEDBACK E ACOMPANHAMENTO..
COACHING - UM MODELOCOACHING - UM MODELO
PRÁTICOPRÁTICO
Etapa 1Etapa 1 – Identificação dos problemas– Identificação dos problemas
Etapa 2Etapa 2 – Priorização– Priorização
Etapa 3Etapa 3 – Identificação de causas e efeitos– Identificação de causas e efeitos
Etapa 4Etapa 4 – Sugestões para solucionar os– Sugestões para solucionar os
problemas priorizadosproblemas priorizados
Etapa 5Etapa 5 – Discussão e priorização das propostas– Discussão e priorização das propostas
dede açãoação
Etapa 6Etapa 6 – Consolidação e Estruturação: Planos de– Consolidação e Estruturação: Planos de
AçãoAção
Etapa 7Etapa 7 – Exercício dos Projetos Desenvolvidos– Exercício dos Projetos Desenvolvidos
Etapa 8Etapa 8 – Apresentação e Fechamento do Projeto– Apresentação e Fechamento do Projeto
COACHING - UM MODELOCOACHING - UM MODELO
PRÁTICOPRÁTICO
Líderes
 Melhorar a performance dos negócios, aumentandoMelhorar a performance dos negócios, aumentando
a produtividade e otimizando recursosa produtividade e otimizando recursos
 Preparar suas Organizações para o crescimentoPreparar suas Organizações para o crescimento
futurofuturo
Organizações
 Equipar seus líderes com perspectivas, ferramentasEquipar seus líderes com perspectivas, ferramentas
e talentos para que possam gerenciar hoje e sere talentos para que possam gerenciar hoje e ser
bem sucedidos amanhãbem sucedidos amanhã
 Criar estratégia de Atração e Retenção de TalentosCriar estratégia de Atração e Retenção de Talentos
Desafios dos Líderes eDesafios dos Líderes e
OrganizaçõesOrganizações
no Mundo Atualno Mundo Atual
 É um instrumento bastante forte para papéisÉ um instrumento bastante forte para papéis
de liderança nos dias atuaisde liderança nos dias atuais
 A média gerencia torna-se preparada eA média gerencia torna-se preparada e
responsável pelo cumprimento da missão,responsável pelo cumprimento da missão,
visão e direção estratégica da organizaçãovisão e direção estratégica da organização
 Exige um nível baixo de supervisãoExige um nível baixo de supervisão
 Utiliza o tempo de maneira eficazUtiliza o tempo de maneira eficaz
BenefíciosBenefícios
O PROCESSO COACHINGO PROCESSO COACHING
BenefíciosBenefícios
RESULTADOS DO PROCESSORESULTADOS DO PROCESSO
COACHINGCOACHING
 Assume um alto nível de responsabilidadeAssume um alto nível de responsabilidade
 Demonstra um alto nível de energiaDemonstra um alto nível de energia
 Promove iniciativa compartilhadaPromove iniciativa compartilhada
 Necessita de pouca direçãoNecessita de pouca direção
 É um processo eficaz – mantém a altaÉ um processo eficaz – mantém a alta
gerência e os outros níveis bemgerência e os outros níveis bem
conectadosconectados
BenefíciosBenefícios
 Tem alto potencial para mobilidade de carreiraTem alto potencial para mobilidade de carreira
 Demonstra alto nível de competências em muitas dasDemonstra alto nível de competências em muitas das
expectativas corporativasexpectativas corporativas
 Trabalha bem as equipeTrabalha bem as equipe
 Atua no nível de conhecimentos e habilidadesAtua no nível de conhecimentos e habilidades
necessárias para o desenvolvimento das atividadesnecessárias para o desenvolvimento das atividades
 É a forma mais eficaz de criação de sucessores nasÉ a forma mais eficaz de criação de sucessores nas
organizaçõesorganizações
RESULTADOS DO PROCESSORESULTADOS DO PROCESSO
COACHINGCOACHING
RESULTADOS DO PROCESSORESULTADOS DO PROCESSO
COACHINGCOACHING
 Atingir os objetivos (resultados) do negócioAtingir os objetivos (resultados) do negócio
 Melhorar a performance da liderança e das equipesMelhorar a performance da liderança e das equipes
 Melhorar o relacionamento com osMelhorar o relacionamento com os stakeholdersstakeholders, externa e, externa e
internamenteinternamente
 Incrementar alterações no estilo de liderança queIncrementar alterações no estilo de liderança que
impactem positivamente na cultura e no alinhamentoimpactem positivamente na cultura e no alinhamento
organizacionalorganizacional
 Criar abordagem estratégica mais ampla da missão e doCriar abordagem estratégica mais ampla da missão e do
negócionegócio
O COACHING NA PRÁTICAO COACHING NA PRÁTICA
ProcedimentosProcedimentos
 Conhecimento da situação: contato com a organizaçãoConhecimento da situação: contato com a organização
e com a alta liderança; entendimento do contexto, dae com a alta liderança; entendimento do contexto, da
cultura organizacional e do segmentocultura organizacional e do segmento
 Identificação dos principais pontos fortes eIdentificação dos principais pontos fortes e
oportunidades de melhoria do perfil da alta liderançaoportunidades de melhoria do perfil da alta liderança
 Reflexão e definição dos aspectos a seremReflexão e definição dos aspectos a serem
trabalhados; com elaboração de Planos de Açãotrabalhados; com elaboração de Planos de Ação
 Acompanhamento da implementação dos Planos deAcompanhamento da implementação dos Planos de
Ação, utilizando ferramentas de analise eAção, utilizando ferramentas de analise e feedbackfeedback dodo
processo de desenvolvimentoprocesso de desenvolvimento
CRIANDO A CULTURA DO COACHINGCRIANDO A CULTURA DO COACHING
– UM PROCESSO PERMANENTE– UM PROCESSO PERMANENTE
Envolvend
o o cliente
individual
Envolvend
o o cliente
individual
Desenvol-
vendo
Relacioname
ntos
Desenvol-
vendo
Relacioname
ntos
Levantando
dados
(avaliação)
e Feedback
Levantando
dados
(avaliação)
e Feedback
Formulando
Plano de
Desenvolvi-
mento
Formulando
Plano de
Desenvolvi-
mento
Realizando
o Coaching
(Plano de
Desenvolvi
-mento)
Realizando
o Coaching
(Plano de
Desenvolvi
-mento)
Finalizando
e
Avaliando
Finalizando
e
Avaliando
Planejand
o os
próximos
passos
Planejand
o os
próximos
passos
CRITÉRIOS DO PROCESSOCRITÉRIOS DO PROCESSO
COACHINGCOACHING
COMO DEVE SERCOMO DEVE SER
 Personalizado; focado na necessidadePersonalizado; focado na necessidade
específica da organização e do executivoespecífica da organização e do executivo
 Desenvolvimento; implica num aprendizadoDesenvolvimento; implica num aprendizado
just on timejust on time
 Processo; ocorre num determinado espaçoProcesso; ocorre num determinado espaço
de tempo e envolve mudançasde tempo e envolve mudanças
O PROCESSO COACHINGO PROCESSO COACHING
COMO DEVE SERCOMO DEVE SER
 Foco em performanceFoco em performance
 Objetivos de Negócios; projeto focado naObjetivos de Negócios; projeto focado na
realidade da organização, no seurealidade da organização, no seu
momentomomento
 Metodologia; coerente com o negócio eMetodologia; coerente com o negócio e
com a cultura organizacionalcom a cultura organizacional
Um Modelo para DesenvolvimentoUm Modelo para Desenvolvimento
de Liderança Coachingde Liderança Coaching
Gerenciamento
de Sucessão
Modelagem
de Competência
de Liderança
Centros de
Avaliação e
Desenvolvimento
Coaching
e
Liderança
Feedback
360°
Programa de
Desenvolvimento
de Liderança
Estratégia
Organizacional
O GERENTE E O COACHINGO GERENTE E O COACHING
,O Gerente preserva
COACHS SÃO CRAQUESCOACHS SÃO CRAQUES
- ,Juntam se aos bons- ,Juntam se aos bons
- ,administram se bem- ,administram se bem
,têm visão de conjunto,têm visão de conjunto
,reverenciam outros,reverenciam outros
,torcem pelos colegas,torcem pelos colegas
,são íntimos das tecnologias,são íntimos das tecnologias
,trabalham bem em equipe,trabalham bem em equipe
,são democráticos,são democráticos
- ...comunicam se bem- ...comunicam se bem
compreendem a missão e ocompreendem a missão e o
,negócio,negócio
.revolucionam os resultados.revolucionam os resultados
...Craques
A LIDERANÇAA LIDERANÇA
COACHINGCOACHING
 Sabe alternar uma reunião entre coaching e mentoringSabe alternar uma reunião entre coaching e mentoring
dependendo do “gap” - habilidade, motivação e recursosdependendo do “gap” - habilidade, motivação e recursos
 Ajuda o sucesso das pessoas monitorando e observandoAjuda o sucesso das pessoas monitorando e observando
a performance constantemente (delegar e acompanhar)a performance constantemente (delegar e acompanhar)
 Mantem as pessoas prontas para novas atividades ouMantem as pessoas prontas para novas atividades ou
responsabilidades que exijam novas competências ouresponsabilidades que exijam novas competências ou
habilidades, direcionando, apoiando, retroalimentando ehabilidades, direcionando, apoiando, retroalimentando e
treinando.treinando.
UM BOM COACHINGUM BOM COACHING
Por que muitos Líderes não praticam oPor que muitos Líderes não praticam o
COACHING em suas organizações?COACHING em suas organizações?
Não...Não...
 Tenho tempoTenho tempo
 Sei dar feedbackSei dar feedback
 Quero assustar ou protegerQuero assustar ou proteger
pessoaspessoas
 Acho habitual/ normalAcho habitual/ normal
 TiveTive coachingcoaching nuncanunca
 Consigo, são muitosConsigo, são muitos
 Tenho as metas definidasTenho as metas definidas
antesantes
 Ouvem meus “feedbacks”Ouvem meus “feedbacks”
 Devo. É o RH que deve cuidarDevo. É o RH que deve cuidar
das pessoas. Meu negócio édas pessoas. Meu negócio é
fazer cumprir a missãofazer cumprir a missão
 Sou eu que devo avisar, eleSou eu que devo avisar, ele
deve perceber e pedir paradeve perceber e pedir para
sairsair
 Pedem minha ajudaPedem minha ajuda
 A pessoa está motivada e nãoA pessoa está motivada e não
precisa deprecisa de feedbackfeedback
 As pessoas ficam defensivasAs pessoas ficam defensivas
 Precisa de mais tempo paraPrecisa de mais tempo para
aprender o seu trabalhoaprender o seu trabalho
 Fico iritado se tiver que darFico iritado se tiver que dar
exemplos específicos. Nãoexemplos específicos. Não
tenho paciênciatenho paciência
 Nossas expectativas sãoNossas expectativas são
claras. As pessoas devemclaras. As pessoas devem
buscar informação e saber obuscar informação e saber o
que fazerque fazer
 Não me preocupo com oNão me preocupo com o
desenvolvimento deles. Sódesenvolvimento deles. Só
quero o resultado.quero o resultado.
 Acho que a pessoa nãoAcho que a pessoa não
reagirá bemreagirá bem
 As pessoas devem resolverAs pessoas devem resolver
seus problemas sozinhasseus problemas sozinhas
Razões que justificam o ProcessoRazões que justificam o Processo
 Orientar e treinar um novo profissionalOrientar e treinar um novo profissional
 Ensinar uma nova habilidadeEnsinar uma nova habilidade
 As metas assumidas não são alcançadasAs metas assumidas não são alcançadas
 Tem problemas com os paresTem problemas com os pares
 As metas ou as orientações mudaramAs metas ou as orientações mudaram
 Você é um líder novoVocê é um líder novo
 Existem conflito com clientesExistem conflito com clientes
 Definir prioridades da organizaçãoDefinir prioridades da organização
 Fazer follow-upFazer follow-up
 Há perda de tempo e de focoHá perda de tempo e de foco
 Você tem boas idéias mas não as implementaVocê tem boas idéias mas não as implementa
Razões que justificam o ProcessoRazões que justificam o Processo
 Necessita de elogios pelos bons resultadosNecessita de elogios pelos bons resultados
 Faz julgamentos frágeis ou inconsistentes sobre oFaz julgamentos frágeis ou inconsistentes sobre o
trabalhotrabalho
 Deseja ser preparado para desafiosDeseja ser preparado para desafios
 Não vem tendo Análise de Desempenho eNão vem tendo Análise de Desempenho e
PerformancePerformance
 Pretende tornar excelente ou referência no que fazPretende tornar excelente ou referência no que faz
 Não consegue cumprir os prazosNão consegue cumprir os prazos
 Precisa melhorar a auto confiança com novasPrecisa melhorar a auto confiança com novas
habilidadeshabilidades
RESULTADOS DO COACHINGRESULTADOS DO COACHING
 Fortalecimento da autonomia, criatividade e compromissoFortalecimento da autonomia, criatividade e compromisso
com os resultados globais da empresa.com os resultados globais da empresa.
 Estímulo à criação de ambiente propício a mudanças,Estímulo à criação de ambiente propício a mudanças,
novas tecnologias e processos.novas tecnologias e processos.
 Potencialização dos recursos pessoais favoráveis aoPotencialização dos recursos pessoais favoráveis ao
exercício do papel gerencialexercício do papel gerencial
 Estímulo à criação de modelo de gestão consonante comEstímulo à criação de modelo de gestão consonante com
as políticas e estratégias da organizaçãoas políticas e estratégias da organização
 Absorção de conceitos e técnicas contemporâneas deAbsorção de conceitos e técnicas contemporâneas de
liderança e gestãoliderança e gestão
RESULTADOS DO COACHINGRESULTADOS DO COACHING
 Desenvolvimento de habilidades e competências
gerenciais
 Subsídios à construção da matriz de capacitação da
equipe gerencial
 Incremento da motivação
 Democratização do conhecimento
 Redução do estresse provocado pelos desafios dos
líderes
 Estímulo à superação de conflitos
 Aumento de produtividade e melhoria do Clima
Organizacional
PERCEBENDO ASPERCEBENDO AS
DIFERENÇASDIFERENÇAS
CHEFECHEFE
Controla o
Comportamento
Dá Órdens
Foca na Execução da
Tarefa
Resolve Problemas
Assume a
Responsabilidade
Dirige as Pessoas
COACHINGCOACHING
Libera o ProfissionalLibera o Profissional
MotivaMotiva
Foca no ProcessoFoca no Processo
Ouve e Ensina a Resolver osOuve e Ensina a Resolver os
ProblemasProblemas
Compartilha aCompartilha a
ResponsabilidadeResponsabilidade
Serve às PessoasServe às Pessoas
ITEM COACHING MENTORING
FOCO
No Modelo de Sucesso
Organizacional
No Modelo de Sucesso Pessoal
OBJETIVO
Acelerar inserção do cliente na
estrutura e na posição
Potencializar, ampliar e acelerar a
realização de seus projetos de vida
e carreira
CLIENTE TÍPICO
Colaboradores em ascenção;
afirmação de carreira; novos
desafios; recuperação. (Transita
na estrutura)
Potencializar, acelerar e agregar valor
à carreira, oportunidades e desvios
na carreira. (Transitam fora da
estrutura)
METODOLOGIA
Prática; orientação, exercícios,
acompanhamento e feedback
Escolhas, encontros e vivências
compartilhados, todas as
ferramentas disponíveis
INFORMAÇÕES
Formais; avaliação de desempenho;
competências; perfil 360º
Formais, informais reservadas e
públicas
PRODUTOS
Padrões de desempenho esperados;
proficiência no cargo; instalação
de competências
Atuação profissional alinhada à visão e
à estratégia pessoal; ampliação da
percepção sobre si, o mundo, as
oportunidades e as estratégias de
carreira
PRAZOS
Variável (de 8 a 245h) Variável, fases (de 6 meses a 2 anos)
Conhecimento, desempenho; ganhos; Compartilhamento; descoberta;
CAMPOS DE ABRANGÊNCIACAMPOS DE ABRANGÊNCIA
HOLOM
ENTORING
HOLOM
ENTORING
MENTORING
COACHING
COUNSELLINGCOUNSELLING

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Desenvolver pessoas[1]
Desenvolver pessoas[1]Desenvolver pessoas[1]
Desenvolver pessoas[1]
09108303
 
Treinamento Organizacional
Treinamento OrganizacionalTreinamento Organizacional
Treinamento Organizacional
Daniela Gomes dos Santos
 
Desenvolvimento de pessoas
Desenvolvimento de pessoasDesenvolvimento de pessoas
Desenvolvimento de pessoas
Yanara Valente
 
Pós-MBA ET&D / Educacao Empresarial, Treinamento e Desenvolvimento - Sustentare
Pós-MBA ET&D / Educacao Empresarial, Treinamento e Desenvolvimento - SustentarePós-MBA ET&D / Educacao Empresarial, Treinamento e Desenvolvimento - Sustentare
Pós-MBA ET&D / Educacao Empresarial, Treinamento e Desenvolvimento - Sustentare
Sustentare Escola de Negócios
 
Curso de desenvolvimento de mentoring volta redonda
Curso de desenvolvimento de mentoring volta redondaCurso de desenvolvimento de mentoring volta redonda
Curso de desenvolvimento de mentoring volta redonda
Maria Regina Carvalho Teixeira de Oliveira
 
A importância do treinamento e desenvolvimento em uma empresa pública
A importância do treinamento e desenvolvimento em uma empresa públicaA importância do treinamento e desenvolvimento em uma empresa pública
A importância do treinamento e desenvolvimento em uma empresa pública
Rhavenna Bezerra
 
Evolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento Organizacional
Evolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento OrganizacionalEvolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento Organizacional
Evolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento Organizacional
Evolução Inteligente Treinamento Organizacional & Coaching Executivo
 
TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL
TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOALTREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL
TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL
Jessica Ferreira
 
Executive coaching
Executive coachingExecutive coaching
Executive coaching
action_coach
 
Treinamento & desenvolvimento...de RH
Treinamento & desenvolvimento...de RHTreinamento & desenvolvimento...de RH
Treinamento & desenvolvimento...de RH
Rose Oliveira
 
Treinamento e Desenvolvimento
Treinamento e DesenvolvimentoTreinamento e Desenvolvimento
Treinamento e Desenvolvimento
Jean Israel B. Feijó
 
Treinamento e desenvolvimento
Treinamento e desenvolvimentoTreinamento e desenvolvimento
Treinamento e desenvolvimento
John Silva
 
Tendências em T&D
Tendências em T&DTendências em T&D
Tendências em T&D
Rogério Martins
 
Open Coaching Net Profit
Open Coaching Net ProfitOpen Coaching Net Profit
Open Coaching Net Profit
Net Profit Franquia
 
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de PessoasEducação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Sustentare Escola de Negócios
 
Treinamento para o desenvolvimento comportamental
Treinamento para o desenvolvimento comportamentalTreinamento para o desenvolvimento comportamental
Treinamento para o desenvolvimento comportamental
Estanislao Training & Solutions
 
6 Coaching
6   Coaching6   Coaching
6 Coaching
Myrle Zanatta
 
Aula treinamento e desenvolvimento
Aula   treinamento e desenvolvimentoAula   treinamento e desenvolvimento
Aula treinamento e desenvolvimento
Universidade Lusíada de Lisboa
 
Desenvolvimento de RH
Desenvolvimento de RHDesenvolvimento de RH
Desenvolvimento de RH
Ufv
 
2015.1 apostila de desenvolvimento gerencial
2015.1   apostila de desenvolvimento gerencial2015.1   apostila de desenvolvimento gerencial
2015.1 apostila de desenvolvimento gerencial
Marcelo Fonseca
 

Mais procurados (20)

Desenvolver pessoas[1]
Desenvolver pessoas[1]Desenvolver pessoas[1]
Desenvolver pessoas[1]
 
Treinamento Organizacional
Treinamento OrganizacionalTreinamento Organizacional
Treinamento Organizacional
 
Desenvolvimento de pessoas
Desenvolvimento de pessoasDesenvolvimento de pessoas
Desenvolvimento de pessoas
 
Pós-MBA ET&D / Educacao Empresarial, Treinamento e Desenvolvimento - Sustentare
Pós-MBA ET&D / Educacao Empresarial, Treinamento e Desenvolvimento - SustentarePós-MBA ET&D / Educacao Empresarial, Treinamento e Desenvolvimento - Sustentare
Pós-MBA ET&D / Educacao Empresarial, Treinamento e Desenvolvimento - Sustentare
 
Curso de desenvolvimento de mentoring volta redonda
Curso de desenvolvimento de mentoring volta redondaCurso de desenvolvimento de mentoring volta redonda
Curso de desenvolvimento de mentoring volta redonda
 
A importância do treinamento e desenvolvimento em uma empresa pública
A importância do treinamento e desenvolvimento em uma empresa públicaA importância do treinamento e desenvolvimento em uma empresa pública
A importância do treinamento e desenvolvimento em uma empresa pública
 
Evolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento Organizacional
Evolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento OrganizacionalEvolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento Organizacional
Evolução Inteligente Coaching Executivo & Treinamento Organizacional
 
TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL
TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOALTREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL
TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL
 
Executive coaching
Executive coachingExecutive coaching
Executive coaching
 
Treinamento & desenvolvimento...de RH
Treinamento & desenvolvimento...de RHTreinamento & desenvolvimento...de RH
Treinamento & desenvolvimento...de RH
 
Treinamento e Desenvolvimento
Treinamento e DesenvolvimentoTreinamento e Desenvolvimento
Treinamento e Desenvolvimento
 
Treinamento e desenvolvimento
Treinamento e desenvolvimentoTreinamento e desenvolvimento
Treinamento e desenvolvimento
 
Tendências em T&D
Tendências em T&DTendências em T&D
Tendências em T&D
 
Open Coaching Net Profit
Open Coaching Net ProfitOpen Coaching Net Profit
Open Coaching Net Profit
 
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de PessoasEducação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
Educação, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas
 
Treinamento para o desenvolvimento comportamental
Treinamento para o desenvolvimento comportamentalTreinamento para o desenvolvimento comportamental
Treinamento para o desenvolvimento comportamental
 
6 Coaching
6   Coaching6   Coaching
6 Coaching
 
Aula treinamento e desenvolvimento
Aula   treinamento e desenvolvimentoAula   treinamento e desenvolvimento
Aula treinamento e desenvolvimento
 
Desenvolvimento de RH
Desenvolvimento de RHDesenvolvimento de RH
Desenvolvimento de RH
 
2015.1 apostila de desenvolvimento gerencial
2015.1   apostila de desenvolvimento gerencial2015.1   apostila de desenvolvimento gerencial
2015.1 apostila de desenvolvimento gerencial
 

Destaque

Treinamento TéCnico TáTico
Treinamento TéCnico TáTicoTreinamento TéCnico TáTico
Treinamento TéCnico TáTico
jaguahand
 
A arte de Comunicar
A arte de Comunicar  A arte de Comunicar
A arte de Comunicar
Claudio Roberto
 
Tarefa sistematica
Tarefa sistematicaTarefa sistematica
Tarefa sistematica
Futbol Tactico Brasil
 
exercicios_futebol_anolasco
exercicios_futebol_anolascoexercicios_futebol_anolasco
exercicios_futebol_anolasco
Cesar Braga
 
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Futbol Tactico Brasil
 
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativoFutebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Renato Schmitt
 
A receita da bola no futebol
A receita da bola no futebolA receita da bola no futebol
A receita da bola no futebol
Renato Schmitt
 
24 pressing-futbol[2]
24 pressing-futbol[2]24 pressing-futbol[2]
24 pressing-futbol[2]
ari rios cossio
 
Exercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bolaExercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bola
Pedro Sousa
 
NUEVOS ESQUEMAS Y FUNCIONES DE LOS FUTBOLISTAS
NUEVOS ESQUEMAS Y FUNCIONES DE LOS FUTBOLISTASNUEVOS ESQUEMAS Y FUNCIONES DE LOS FUTBOLISTAS
NUEVOS ESQUEMAS Y FUNCIONES DE LOS FUTBOLISTAS
Javier Graziottin Alonso
 
Modelo de Jogo - Lusitano FC 2011/2012
Modelo de Jogo - Lusitano FC 2011/2012Modelo de Jogo - Lusitano FC 2011/2012
Modelo de Jogo - Lusitano FC 2011/2012
Fundação Real Madrid
 
Sistemas de juego futbol
Sistemas de juego futbolSistemas de juego futbol
Sistemas de juego futbol
alencito
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Fundação Real Madrid
 
FC Barcelona - Exercícios para a Construção do Sistema de Jogo
FC Barcelona - Exercícios para a Construção do Sistema de JogoFC Barcelona - Exercícios para a Construção do Sistema de Jogo
FC Barcelona - Exercícios para a Construção do Sistema de Jogo
Renato Moreira
 
Treinos em construção
Treinos em construçãoTreinos em construção
Treinos em construção
Humberto Bettencourt
 
Modelo de Jogo do FC Bayern Munique
Modelo de Jogo do FC Bayern MuniqueModelo de Jogo do FC Bayern Munique
Modelo de Jogo do FC Bayern Munique
Fundação Real Madrid
 
Periodização - Prolongamento do estado de forma
Periodização - Prolongamento do estado de formaPeriodização - Prolongamento do estado de forma
Periodização - Prolongamento do estado de forma
Fundação Real Madrid
 
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de TreinoConcepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
Fundação Real Madrid
 
GUIA TACTICA DEL BARCELONA F.C 2011 - 2012
GUIA TACTICA DEL BARCELONA F.C 2011 - 2012GUIA TACTICA DEL BARCELONA F.C 2011 - 2012
GUIA TACTICA DEL BARCELONA F.C 2011 - 2012
OCTAVIO ENRQIUE RIVERA BARROS
 
Sistema 1 4-3-3
Sistema 1 4-3-3Sistema 1 4-3-3
Sistema 1 4-3-3
Futbol_Ofensivo
 

Destaque (20)

Treinamento TéCnico TáTico
Treinamento TéCnico TáTicoTreinamento TéCnico TáTico
Treinamento TéCnico TáTico
 
A arte de Comunicar
A arte de Comunicar  A arte de Comunicar
A arte de Comunicar
 
Tarefa sistematica
Tarefa sistematicaTarefa sistematica
Tarefa sistematica
 
exercicios_futebol_anolasco
exercicios_futebol_anolascoexercicios_futebol_anolasco
exercicios_futebol_anolasco
 
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
 
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativoFutebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
 
A receita da bola no futebol
A receita da bola no futebolA receita da bola no futebol
A receita da bola no futebol
 
24 pressing-futbol[2]
24 pressing-futbol[2]24 pressing-futbol[2]
24 pressing-futbol[2]
 
Exercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bolaExercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bola
 
NUEVOS ESQUEMAS Y FUNCIONES DE LOS FUTBOLISTAS
NUEVOS ESQUEMAS Y FUNCIONES DE LOS FUTBOLISTASNUEVOS ESQUEMAS Y FUNCIONES DE LOS FUTBOLISTAS
NUEVOS ESQUEMAS Y FUNCIONES DE LOS FUTBOLISTAS
 
Modelo de Jogo - Lusitano FC 2011/2012
Modelo de Jogo - Lusitano FC 2011/2012Modelo de Jogo - Lusitano FC 2011/2012
Modelo de Jogo - Lusitano FC 2011/2012
 
Sistemas de juego futbol
Sistemas de juego futbolSistemas de juego futbol
Sistemas de juego futbol
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
FC Barcelona - Exercícios para a Construção do Sistema de Jogo
FC Barcelona - Exercícios para a Construção do Sistema de JogoFC Barcelona - Exercícios para a Construção do Sistema de Jogo
FC Barcelona - Exercícios para a Construção do Sistema de Jogo
 
Treinos em construção
Treinos em construçãoTreinos em construção
Treinos em construção
 
Modelo de Jogo do FC Bayern Munique
Modelo de Jogo do FC Bayern MuniqueModelo de Jogo do FC Bayern Munique
Modelo de Jogo do FC Bayern Munique
 
Periodização - Prolongamento do estado de forma
Periodização - Prolongamento do estado de formaPeriodização - Prolongamento do estado de forma
Periodização - Prolongamento do estado de forma
 
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de TreinoConcepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
 
GUIA TACTICA DEL BARCELONA F.C 2011 - 2012
GUIA TACTICA DEL BARCELONA F.C 2011 - 2012GUIA TACTICA DEL BARCELONA F.C 2011 - 2012
GUIA TACTICA DEL BARCELONA F.C 2011 - 2012
 
Sistema 1 4-3-3
Sistema 1 4-3-3Sistema 1 4-3-3
Sistema 1 4-3-3
 

Semelhante a Coaching

6 Coaching
6   Coaching6   Coaching
6 Coaching
taniamaciel
 
Coaching wm
Coaching wmCoaching wm
Coaching wm
WRM2013
 
Apresentação INSTIAD
Apresentação INSTIAD Apresentação INSTIAD
Apresentação INSTIAD
lcbinato
 
Apresentação Executiva LPH SOLUTION
Apresentação Executiva LPH SOLUTIONApresentação Executiva LPH SOLUTION
Apresentação Executiva LPH SOLUTION
Luís Caramurú
 
Apresentação Executiva LPH SOLUTION
Apresentação Executiva LPH SOLUTIONApresentação Executiva LPH SOLUTION
Apresentação Executiva LPH SOLUTION
lphsolution
 
Gi Isquierdo (Portifólio 2012)
Gi Isquierdo (Portifólio 2012)Gi Isquierdo (Portifólio 2012)
Gi Isquierdo (Portifólio 2012)
Wender Sobrinho
 
Apresentacao Acao Consultoria E Treinamento Linkedin
Apresentacao   Acao Consultoria E Treinamento   LinkedinApresentacao   Acao Consultoria E Treinamento   Linkedin
Apresentacao Acao Consultoria E Treinamento Linkedin
Ação Consultoria e Treinamento
 
A importância da cultura de Coaching nas organizações
A importância da cultura de Coaching nas organizaçõesA importância da cultura de Coaching nas organizações
A importância da cultura de Coaching nas organizações
IBC Coaching
 
Introducao ao Coaching amostra
Introducao ao Coaching amostraIntroducao ao Coaching amostra
Introducao ao Coaching amostra
Sergio Cabral
 
Coaching Education
Coaching Education Coaching Education
Coaching Education
GIFTWISH App
 
Coaching
CoachingCoaching
Líder Coach Presencial em Goiânia
Líder Coach Presencial em GoiâniaLíder Coach Presencial em Goiânia
Líder Coach Presencial em Goiânia
Fernando Soares
 
Apresentação Silvia Bernardi
Apresentação Silvia BernardiApresentação Silvia Bernardi
Apresentação Silvia Bernardi
KGN Design
 
Coaching education
Coaching educationCoaching education
Coaching education
GIFTWISH App
 
Overview Solutions
Overview SolutionsOverview Solutions
Overview Solutions
overview
 
Desenvolvimento sferas coaching de equipe - 2014
Desenvolvimento sferas   coaching de equipe - 2014Desenvolvimento sferas   coaching de equipe - 2014
Desenvolvimento sferas coaching de equipe - 2014
SFERAS CONSULTORIA
 
Gestao trabalho
Gestao trabalhoGestao trabalho
Gestao trabalho
LUZIANEBOSKAECOSTA
 
Introdução ao Coaching
Introdução ao CoachingIntrodução ao Coaching
Introdução ao Coaching
Paulo André Jesus
 
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013 Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
IBC Coaching
 
Coaching: construindo caminhos para a aprendizagem continuada
Coaching: construindo caminhos para a aprendizagem continuadaCoaching: construindo caminhos para a aprendizagem continuada
Coaching: construindo caminhos para a aprendizagem continuada
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 

Semelhante a Coaching (20)

6 Coaching
6   Coaching6   Coaching
6 Coaching
 
Coaching wm
Coaching wmCoaching wm
Coaching wm
 
Apresentação INSTIAD
Apresentação INSTIAD Apresentação INSTIAD
Apresentação INSTIAD
 
Apresentação Executiva LPH SOLUTION
Apresentação Executiva LPH SOLUTIONApresentação Executiva LPH SOLUTION
Apresentação Executiva LPH SOLUTION
 
Apresentação Executiva LPH SOLUTION
Apresentação Executiva LPH SOLUTIONApresentação Executiva LPH SOLUTION
Apresentação Executiva LPH SOLUTION
 
Gi Isquierdo (Portifólio 2012)
Gi Isquierdo (Portifólio 2012)Gi Isquierdo (Portifólio 2012)
Gi Isquierdo (Portifólio 2012)
 
Apresentacao Acao Consultoria E Treinamento Linkedin
Apresentacao   Acao Consultoria E Treinamento   LinkedinApresentacao   Acao Consultoria E Treinamento   Linkedin
Apresentacao Acao Consultoria E Treinamento Linkedin
 
A importância da cultura de Coaching nas organizações
A importância da cultura de Coaching nas organizaçõesA importância da cultura de Coaching nas organizações
A importância da cultura de Coaching nas organizações
 
Introducao ao Coaching amostra
Introducao ao Coaching amostraIntroducao ao Coaching amostra
Introducao ao Coaching amostra
 
Coaching Education
Coaching Education Coaching Education
Coaching Education
 
Coaching
CoachingCoaching
Coaching
 
Líder Coach Presencial em Goiânia
Líder Coach Presencial em GoiâniaLíder Coach Presencial em Goiânia
Líder Coach Presencial em Goiânia
 
Apresentação Silvia Bernardi
Apresentação Silvia BernardiApresentação Silvia Bernardi
Apresentação Silvia Bernardi
 
Coaching education
Coaching educationCoaching education
Coaching education
 
Overview Solutions
Overview SolutionsOverview Solutions
Overview Solutions
 
Desenvolvimento sferas coaching de equipe - 2014
Desenvolvimento sferas   coaching de equipe - 2014Desenvolvimento sferas   coaching de equipe - 2014
Desenvolvimento sferas coaching de equipe - 2014
 
Gestao trabalho
Gestao trabalhoGestao trabalho
Gestao trabalho
 
Introdução ao Coaching
Introdução ao CoachingIntrodução ao Coaching
Introdução ao Coaching
 
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013 Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
 
Coaching: construindo caminhos para a aprendizagem continuada
Coaching: construindo caminhos para a aprendizagem continuadaCoaching: construindo caminhos para a aprendizagem continuada
Coaching: construindo caminhos para a aprendizagem continuada
 

Mais de Claudio Roberto

Course Uefa A
Course Uefa ACourse Uefa A
Course Uefa A
Claudio Roberto
 
Tactical Periodization
Tactical PeriodizationTactical Periodization
Tactical Periodization
Claudio Roberto
 
Modelo de Jogo
Modelo de Jogo  Modelo de Jogo
Modelo de Jogo
Claudio Roberto
 
Análise Tática de Futebol
Análise Tática de FutebolAnálise Tática de Futebol
Análise Tática de Futebol
Claudio Roberto
 
Football Coach | Claudio Roberto
Football Coach | Claudio RobertoFootball Coach | Claudio Roberto
Football Coach | Claudio Roberto
Claudio Roberto
 
O Treinador mediante as inovações tecnológicas
O Treinador mediante as inovações tecnológicasO Treinador mediante as inovações tecnológicas
O Treinador mediante as inovações tecnológicas
Claudio Roberto
 
CD. Monte Carlo 2016
CD. Monte Carlo 2016CD. Monte Carlo 2016
CD. Monte Carlo 2016
Claudio Roberto
 
O treino das competências psicológicas
O treino das competências psicológicasO treino das competências psicológicas
O treino das competências psicológicas
Claudio Roberto
 
Palestra inicial ceara
Palestra inicial cearaPalestra inicial ceara
Palestra inicial ceara
Claudio Roberto
 

Mais de Claudio Roberto (9)

Course Uefa A
Course Uefa ACourse Uefa A
Course Uefa A
 
Tactical Periodization
Tactical PeriodizationTactical Periodization
Tactical Periodization
 
Modelo de Jogo
Modelo de Jogo  Modelo de Jogo
Modelo de Jogo
 
Análise Tática de Futebol
Análise Tática de FutebolAnálise Tática de Futebol
Análise Tática de Futebol
 
Football Coach | Claudio Roberto
Football Coach | Claudio RobertoFootball Coach | Claudio Roberto
Football Coach | Claudio Roberto
 
O Treinador mediante as inovações tecnológicas
O Treinador mediante as inovações tecnológicasO Treinador mediante as inovações tecnológicas
O Treinador mediante as inovações tecnológicas
 
CD. Monte Carlo 2016
CD. Monte Carlo 2016CD. Monte Carlo 2016
CD. Monte Carlo 2016
 
O treino das competências psicológicas
O treino das competências psicológicasO treino das competências psicológicas
O treino das competências psicológicas
 
Palestra inicial ceara
Palestra inicial cearaPalestra inicial ceara
Palestra inicial ceara
 

Coaching

  • 1. COACHING – DESAFIO DE GESTÃO DE PESSOASCOACHING – DESAFIO DE GESTÃO DE PESSOAS
  • 2. COACHINGCOACHING DESAFIO DE GESTÃO DE PESSOASDESAFIO DE GESTÃO DE PESSOAS
  • 3. O QUE ÉO QUE É COACHING?COACHING? COACHINGCOACHING
  • 4. O QUE ÉO QUE É COACHING?COACHING?  Tipo de relacionamento no qual o coach seTipo de relacionamento no qual o coach se compromete a apoiar e a ajudar o aprendiz, para quecompromete a apoiar e a ajudar o aprendiz, para que este possa atingir determinado resultado ou seguireste possa atingir determinado resultado ou seguir determinado caminho.determinado caminho.  Processo que ativa as redes de cooperação,Processo que ativa as redes de cooperação, possibilitando que o capital humano (intelectual,possibilitando que o capital humano (intelectual, emocional e operacional) circule livremente dentro daemocional e operacional) circule livremente dentro da organização em prol de melhores resultados.organização em prol de melhores resultados.  Ferramenta para lidar com a diversidade, propiciandoFerramenta para lidar com a diversidade, propiciando o máximo de proveito das similaridades e daso máximo de proveito das similaridades e das diferenças.diferenças.
  • 5. ““Coaching é uma relação de parceriaCoaching é uma relação de parceria que revela e liberta o potencial das pessoas,que revela e liberta o potencial das pessoas, de forma a maximizar o seu desempenho.de forma a maximizar o seu desempenho. É ajudá-las a aprender,É ajudá-las a aprender, ao invés de ensinar algo a elasao invés de ensinar algo a elas .”.” Timothy GallweyTimothy Gallwey
  • 6. COACHINGCOACHING O APOIO QUE FAZ AS PESSOASO APOIO QUE FAZ AS PESSOAS BILHAREMBILHAREM
  • 7. COACHING COMOCOACHING COMO PROCESSOPROCESSO AnáliseAnálise da situaçãoda situação atualatual AplicabilidadeAplicabilidade dos novosdos novos conhecimentosconhecimentos e habilidadese habilidades ProjeçãoProjeção da situaçãoda situação desejadadesejada
  • 8. Tem como foco de ação: informações, ferramentas , desenvolvimento de habilidades , orientação e avaliação Desenvolve-se a partir da elaboração de um Plano de Ação, que contempla as principais metas de crescimento do participantes para atingir seus objetivos profissionais e pessoais Começa com uma fase de sensibilização, seguida de capacitação, consolidação e conclusão O Coach é uma atividade que se desenvolve ao longo de um tempo desejável FASESFASES TEMPOTEMPO FOCOFOCO PLANO AÇÃOPLANO AÇÃO ELEMENTOS DO PROCESSOELEMENTOS DO PROCESSO COACHINGCOACHING
  • 9. MODALIDADES DO PROCESSOMODALIDADES DO PROCESSO COACHINGCOACHING Preparar uma pessoa para ser o Coach da sua Equipe Ser um Coach para apoiar o desenvolvimento profissional de outra pessoa
  • 10. APLICAÇÕES DO COACHINGAPLICAÇÕES DO COACHING  Melhoria do desempenho funcionalMelhoria do desempenho funcional  Desenvolvimento de competências eDesenvolvimento de competências e habilidadeshabilidades  Aprendizado e obtenção deAprendizado e obtenção de conhecimentoconhecimento  Aplicabilidade do conhecimentoAplicabilidade do conhecimento
  • 11. APLICAÇÕES DOAPLICAÇÕES DO COACHINGCOACHING Diagnóstico e resolução deDiagnóstico e resolução de problemasproblemas Criatividade e inovação noCriatividade e inovação no trabalhotrabalho Foco na aprendizagem, em umaFoco na aprendizagem, em uma abordagem educacional eabordagem educacional e pedagógica, auxiliando aspedagógica, auxiliando as pessoas a aprenderpessoas a aprender
  • 12. Treinador, educador que:Treinador, educador que:  Dá suporte ao aprendizDá suporte ao aprendiz  Apóia o aprendiz a atingir determinadoApóia o aprendiz a atingir determinado resultado e realizar um projetoresultado e realizar um projeto  Ajuda o aprendiz a criar a própria visãoAjuda o aprendiz a criar a própria visão e a identificar seus valores e dare a identificar seus valores e dar expressão aos seus projetosexpressão aos seus projetos PAPEIS E FUNÇOES DOPAPEIS E FUNÇOES DO COACHCOACH
  • 13. Percebe e aceita que o processo (Percebe e aceita que o processo ( coachingcoaching)) é conduzido pelo aprendiz, ou equipe, paraé conduzido pelo aprendiz, ou equipe, para quem ele está a serviçoquem ele está a serviço Ajuda o aprendiz, ou equipe, a identificar eAjuda o aprendiz, ou equipe, a identificar e selecionar o que é necessário, o que falta, eselecionar o que é necessário, o que falta, e o que não é necessário no projetoo que não é necessário no projeto Orienta-o a atingir objetivos, mas tambémOrienta-o a atingir objetivos, mas também para obter realizaçãopara obter realização pessoal.pessoal. PAPEIS E FUNÇOES DOPAPEIS E FUNÇOES DO COACHCOACH
  • 14. METODOLOGIA DO COACHINGMETODOLOGIA DO COACHING  SEMINÁRIOS COM GRUPOSSEMINÁRIOS COM GRUPOS  SESSÕES DE ATENDIMENTO INDIVIDUALSESSÕES DE ATENDIMENTO INDIVIDUAL  LEITURAS E EXERCÍCIOSLEITURAS E EXERCÍCIOS  CANAL ABERTOCANAL ABERTO  REUNIÕES DE FEEDBACK E ACOMPANHAMENTOREUNIÕES DE FEEDBACK E ACOMPANHAMENTO..
  • 15. COACHING - UM MODELOCOACHING - UM MODELO PRÁTICOPRÁTICO Etapa 1Etapa 1 – Identificação dos problemas– Identificação dos problemas Etapa 2Etapa 2 – Priorização– Priorização Etapa 3Etapa 3 – Identificação de causas e efeitos– Identificação de causas e efeitos Etapa 4Etapa 4 – Sugestões para solucionar os– Sugestões para solucionar os problemas priorizadosproblemas priorizados
  • 16. Etapa 5Etapa 5 – Discussão e priorização das propostas– Discussão e priorização das propostas dede açãoação Etapa 6Etapa 6 – Consolidação e Estruturação: Planos de– Consolidação e Estruturação: Planos de AçãoAção Etapa 7Etapa 7 – Exercício dos Projetos Desenvolvidos– Exercício dos Projetos Desenvolvidos Etapa 8Etapa 8 – Apresentação e Fechamento do Projeto– Apresentação e Fechamento do Projeto COACHING - UM MODELOCOACHING - UM MODELO PRÁTICOPRÁTICO
  • 17. Líderes  Melhorar a performance dos negócios, aumentandoMelhorar a performance dos negócios, aumentando a produtividade e otimizando recursosa produtividade e otimizando recursos  Preparar suas Organizações para o crescimentoPreparar suas Organizações para o crescimento futurofuturo Organizações  Equipar seus líderes com perspectivas, ferramentasEquipar seus líderes com perspectivas, ferramentas e talentos para que possam gerenciar hoje e sere talentos para que possam gerenciar hoje e ser bem sucedidos amanhãbem sucedidos amanhã  Criar estratégia de Atração e Retenção de TalentosCriar estratégia de Atração e Retenção de Talentos Desafios dos Líderes eDesafios dos Líderes e OrganizaçõesOrganizações no Mundo Atualno Mundo Atual
  • 18.  É um instrumento bastante forte para papéisÉ um instrumento bastante forte para papéis de liderança nos dias atuaisde liderança nos dias atuais  A média gerencia torna-se preparada eA média gerencia torna-se preparada e responsável pelo cumprimento da missão,responsável pelo cumprimento da missão, visão e direção estratégica da organizaçãovisão e direção estratégica da organização  Exige um nível baixo de supervisãoExige um nível baixo de supervisão  Utiliza o tempo de maneira eficazUtiliza o tempo de maneira eficaz BenefíciosBenefícios O PROCESSO COACHINGO PROCESSO COACHING
  • 19. BenefíciosBenefícios RESULTADOS DO PROCESSORESULTADOS DO PROCESSO COACHINGCOACHING  Assume um alto nível de responsabilidadeAssume um alto nível de responsabilidade  Demonstra um alto nível de energiaDemonstra um alto nível de energia  Promove iniciativa compartilhadaPromove iniciativa compartilhada  Necessita de pouca direçãoNecessita de pouca direção  É um processo eficaz – mantém a altaÉ um processo eficaz – mantém a alta gerência e os outros níveis bemgerência e os outros níveis bem conectadosconectados
  • 20. BenefíciosBenefícios  Tem alto potencial para mobilidade de carreiraTem alto potencial para mobilidade de carreira  Demonstra alto nível de competências em muitas dasDemonstra alto nível de competências em muitas das expectativas corporativasexpectativas corporativas  Trabalha bem as equipeTrabalha bem as equipe  Atua no nível de conhecimentos e habilidadesAtua no nível de conhecimentos e habilidades necessárias para o desenvolvimento das atividadesnecessárias para o desenvolvimento das atividades  É a forma mais eficaz de criação de sucessores nasÉ a forma mais eficaz de criação de sucessores nas organizaçõesorganizações RESULTADOS DO PROCESSORESULTADOS DO PROCESSO COACHINGCOACHING
  • 21. RESULTADOS DO PROCESSORESULTADOS DO PROCESSO COACHINGCOACHING  Atingir os objetivos (resultados) do negócioAtingir os objetivos (resultados) do negócio  Melhorar a performance da liderança e das equipesMelhorar a performance da liderança e das equipes  Melhorar o relacionamento com osMelhorar o relacionamento com os stakeholdersstakeholders, externa e, externa e internamenteinternamente  Incrementar alterações no estilo de liderança queIncrementar alterações no estilo de liderança que impactem positivamente na cultura e no alinhamentoimpactem positivamente na cultura e no alinhamento organizacionalorganizacional  Criar abordagem estratégica mais ampla da missão e doCriar abordagem estratégica mais ampla da missão e do negócionegócio
  • 22. O COACHING NA PRÁTICAO COACHING NA PRÁTICA ProcedimentosProcedimentos  Conhecimento da situação: contato com a organizaçãoConhecimento da situação: contato com a organização e com a alta liderança; entendimento do contexto, dae com a alta liderança; entendimento do contexto, da cultura organizacional e do segmentocultura organizacional e do segmento  Identificação dos principais pontos fortes eIdentificação dos principais pontos fortes e oportunidades de melhoria do perfil da alta liderançaoportunidades de melhoria do perfil da alta liderança  Reflexão e definição dos aspectos a seremReflexão e definição dos aspectos a serem trabalhados; com elaboração de Planos de Açãotrabalhados; com elaboração de Planos de Ação  Acompanhamento da implementação dos Planos deAcompanhamento da implementação dos Planos de Ação, utilizando ferramentas de analise eAção, utilizando ferramentas de analise e feedbackfeedback dodo processo de desenvolvimentoprocesso de desenvolvimento
  • 23. CRIANDO A CULTURA DO COACHINGCRIANDO A CULTURA DO COACHING – UM PROCESSO PERMANENTE– UM PROCESSO PERMANENTE Envolvend o o cliente individual Envolvend o o cliente individual Desenvol- vendo Relacioname ntos Desenvol- vendo Relacioname ntos Levantando dados (avaliação) e Feedback Levantando dados (avaliação) e Feedback Formulando Plano de Desenvolvi- mento Formulando Plano de Desenvolvi- mento Realizando o Coaching (Plano de Desenvolvi -mento) Realizando o Coaching (Plano de Desenvolvi -mento) Finalizando e Avaliando Finalizando e Avaliando Planejand o os próximos passos Planejand o os próximos passos
  • 24. CRITÉRIOS DO PROCESSOCRITÉRIOS DO PROCESSO COACHINGCOACHING COMO DEVE SERCOMO DEVE SER  Personalizado; focado na necessidadePersonalizado; focado na necessidade específica da organização e do executivoespecífica da organização e do executivo  Desenvolvimento; implica num aprendizadoDesenvolvimento; implica num aprendizado just on timejust on time  Processo; ocorre num determinado espaçoProcesso; ocorre num determinado espaço de tempo e envolve mudançasde tempo e envolve mudanças
  • 25. O PROCESSO COACHINGO PROCESSO COACHING COMO DEVE SERCOMO DEVE SER  Foco em performanceFoco em performance  Objetivos de Negócios; projeto focado naObjetivos de Negócios; projeto focado na realidade da organização, no seurealidade da organização, no seu momentomomento  Metodologia; coerente com o negócio eMetodologia; coerente com o negócio e com a cultura organizacionalcom a cultura organizacional
  • 26. Um Modelo para DesenvolvimentoUm Modelo para Desenvolvimento de Liderança Coachingde Liderança Coaching Gerenciamento de Sucessão Modelagem de Competência de Liderança Centros de Avaliação e Desenvolvimento Coaching e Liderança Feedback 360° Programa de Desenvolvimento de Liderança Estratégia Organizacional
  • 27. O GERENTE E O COACHINGO GERENTE E O COACHING ,O Gerente preserva
  • 28. COACHS SÃO CRAQUESCOACHS SÃO CRAQUES - ,Juntam se aos bons- ,Juntam se aos bons - ,administram se bem- ,administram se bem ,têm visão de conjunto,têm visão de conjunto ,reverenciam outros,reverenciam outros ,torcem pelos colegas,torcem pelos colegas ,são íntimos das tecnologias,são íntimos das tecnologias ,trabalham bem em equipe,trabalham bem em equipe ,são democráticos,são democráticos - ...comunicam se bem- ...comunicam se bem compreendem a missão e ocompreendem a missão e o ,negócio,negócio .revolucionam os resultados.revolucionam os resultados ...Craques
  • 29. A LIDERANÇAA LIDERANÇA COACHINGCOACHING  Sabe alternar uma reunião entre coaching e mentoringSabe alternar uma reunião entre coaching e mentoring dependendo do “gap” - habilidade, motivação e recursosdependendo do “gap” - habilidade, motivação e recursos  Ajuda o sucesso das pessoas monitorando e observandoAjuda o sucesso das pessoas monitorando e observando a performance constantemente (delegar e acompanhar)a performance constantemente (delegar e acompanhar)  Mantem as pessoas prontas para novas atividades ouMantem as pessoas prontas para novas atividades ou responsabilidades que exijam novas competências ouresponsabilidades que exijam novas competências ou habilidades, direcionando, apoiando, retroalimentando ehabilidades, direcionando, apoiando, retroalimentando e treinando.treinando. UM BOM COACHINGUM BOM COACHING
  • 30. Por que muitos Líderes não praticam oPor que muitos Líderes não praticam o COACHING em suas organizações?COACHING em suas organizações? Não...Não...  Tenho tempoTenho tempo  Sei dar feedbackSei dar feedback  Quero assustar ou protegerQuero assustar ou proteger pessoaspessoas  Acho habitual/ normalAcho habitual/ normal  TiveTive coachingcoaching nuncanunca  Consigo, são muitosConsigo, são muitos  Tenho as metas definidasTenho as metas definidas antesantes  Ouvem meus “feedbacks”Ouvem meus “feedbacks”  Devo. É o RH que deve cuidarDevo. É o RH que deve cuidar das pessoas. Meu negócio édas pessoas. Meu negócio é fazer cumprir a missãofazer cumprir a missão  Sou eu que devo avisar, eleSou eu que devo avisar, ele deve perceber e pedir paradeve perceber e pedir para sairsair  Pedem minha ajudaPedem minha ajuda  A pessoa está motivada e nãoA pessoa está motivada e não precisa deprecisa de feedbackfeedback  As pessoas ficam defensivasAs pessoas ficam defensivas  Precisa de mais tempo paraPrecisa de mais tempo para aprender o seu trabalhoaprender o seu trabalho  Fico iritado se tiver que darFico iritado se tiver que dar exemplos específicos. Nãoexemplos específicos. Não tenho paciênciatenho paciência  Nossas expectativas sãoNossas expectativas são claras. As pessoas devemclaras. As pessoas devem buscar informação e saber obuscar informação e saber o que fazerque fazer  Não me preocupo com oNão me preocupo com o desenvolvimento deles. Sódesenvolvimento deles. Só quero o resultado.quero o resultado.  Acho que a pessoa nãoAcho que a pessoa não reagirá bemreagirá bem  As pessoas devem resolverAs pessoas devem resolver seus problemas sozinhasseus problemas sozinhas
  • 31. Razões que justificam o ProcessoRazões que justificam o Processo  Orientar e treinar um novo profissionalOrientar e treinar um novo profissional  Ensinar uma nova habilidadeEnsinar uma nova habilidade  As metas assumidas não são alcançadasAs metas assumidas não são alcançadas  Tem problemas com os paresTem problemas com os pares  As metas ou as orientações mudaramAs metas ou as orientações mudaram  Você é um líder novoVocê é um líder novo  Existem conflito com clientesExistem conflito com clientes  Definir prioridades da organizaçãoDefinir prioridades da organização  Fazer follow-upFazer follow-up  Há perda de tempo e de focoHá perda de tempo e de foco  Você tem boas idéias mas não as implementaVocê tem boas idéias mas não as implementa
  • 32. Razões que justificam o ProcessoRazões que justificam o Processo  Necessita de elogios pelos bons resultadosNecessita de elogios pelos bons resultados  Faz julgamentos frágeis ou inconsistentes sobre oFaz julgamentos frágeis ou inconsistentes sobre o trabalhotrabalho  Deseja ser preparado para desafiosDeseja ser preparado para desafios  Não vem tendo Análise de Desempenho eNão vem tendo Análise de Desempenho e PerformancePerformance  Pretende tornar excelente ou referência no que fazPretende tornar excelente ou referência no que faz  Não consegue cumprir os prazosNão consegue cumprir os prazos  Precisa melhorar a auto confiança com novasPrecisa melhorar a auto confiança com novas habilidadeshabilidades
  • 33. RESULTADOS DO COACHINGRESULTADOS DO COACHING  Fortalecimento da autonomia, criatividade e compromissoFortalecimento da autonomia, criatividade e compromisso com os resultados globais da empresa.com os resultados globais da empresa.  Estímulo à criação de ambiente propício a mudanças,Estímulo à criação de ambiente propício a mudanças, novas tecnologias e processos.novas tecnologias e processos.  Potencialização dos recursos pessoais favoráveis aoPotencialização dos recursos pessoais favoráveis ao exercício do papel gerencialexercício do papel gerencial  Estímulo à criação de modelo de gestão consonante comEstímulo à criação de modelo de gestão consonante com as políticas e estratégias da organizaçãoas políticas e estratégias da organização  Absorção de conceitos e técnicas contemporâneas deAbsorção de conceitos e técnicas contemporâneas de liderança e gestãoliderança e gestão
  • 34. RESULTADOS DO COACHINGRESULTADOS DO COACHING  Desenvolvimento de habilidades e competências gerenciais  Subsídios à construção da matriz de capacitação da equipe gerencial  Incremento da motivação  Democratização do conhecimento  Redução do estresse provocado pelos desafios dos líderes  Estímulo à superação de conflitos  Aumento de produtividade e melhoria do Clima Organizacional
  • 35. PERCEBENDO ASPERCEBENDO AS DIFERENÇASDIFERENÇAS CHEFECHEFE Controla o Comportamento Dá Órdens Foca na Execução da Tarefa Resolve Problemas Assume a Responsabilidade Dirige as Pessoas COACHINGCOACHING Libera o ProfissionalLibera o Profissional MotivaMotiva Foca no ProcessoFoca no Processo Ouve e Ensina a Resolver osOuve e Ensina a Resolver os ProblemasProblemas Compartilha aCompartilha a ResponsabilidadeResponsabilidade Serve às PessoasServe às Pessoas
  • 36. ITEM COACHING MENTORING FOCO No Modelo de Sucesso Organizacional No Modelo de Sucesso Pessoal OBJETIVO Acelerar inserção do cliente na estrutura e na posição Potencializar, ampliar e acelerar a realização de seus projetos de vida e carreira CLIENTE TÍPICO Colaboradores em ascenção; afirmação de carreira; novos desafios; recuperação. (Transita na estrutura) Potencializar, acelerar e agregar valor à carreira, oportunidades e desvios na carreira. (Transitam fora da estrutura) METODOLOGIA Prática; orientação, exercícios, acompanhamento e feedback Escolhas, encontros e vivências compartilhados, todas as ferramentas disponíveis INFORMAÇÕES Formais; avaliação de desempenho; competências; perfil 360º Formais, informais reservadas e públicas PRODUTOS Padrões de desempenho esperados; proficiência no cargo; instalação de competências Atuação profissional alinhada à visão e à estratégia pessoal; ampliação da percepção sobre si, o mundo, as oportunidades e as estratégias de carreira PRAZOS Variável (de 8 a 245h) Variável, fases (de 6 meses a 2 anos) Conhecimento, desempenho; ganhos; Compartilhamento; descoberta;
  • 37. CAMPOS DE ABRANGÊNCIACAMPOS DE ABRANGÊNCIA HOLOM ENTORING HOLOM ENTORING MENTORING COACHING COUNSELLINGCOUNSELLING