SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Capital
deGiro
eCiclo
Financeiro
@andrefaria
andrefaria.com
O que fazer com os
resultados da empresa?
• Aumento da reserva financeira (capital de giro)
• Reinvestimento
• Retirada dos sócios
Capitaldegiro = Ativo Circulante
Capital necessário para financiar a
continuidade das operações da empresa,
como recursos para financiamento aos
clientes (nas vendas a prazo), recursos
para manter estoques e recursos para
pagamento aos fornecedores (compras
de matéria-prima ou mercadorias de
revenda), pagamento de impostos,
salários e demais custos e despesas
operacionais.
Reflete a capacidade de gerenciar relações com fornecedores e clientes
É o Passivo Circulante (PC) do Ativo Circulante (AC) .
CGL=AC−PC
CGL positivo: superávit de capital de giro.
CGL negativo: deficiência em seu capital de giro.
Parte de seu ativo não circulante (permanente)
esta sendo financiada com seus passivos a
curto prazo, denotando um quadro de risco.
CapitaldeGiroLíquido(CGL)
Toda empresa que vendeaprazo precisa de recursos
para financiar seus clientes;
Toda empresa que mantém estoque de matéria-prima
ou de mercadorias precisa de recursos para financiá-lo;
Quando a empresa compraaprazo (matéria-prima ou
mercadorias) significa que os fornecedores financiam
parte ou todo o estoque;
Quando a empresa tem prazosparapagarasdespesas
(impostos, energia, salários e outros gastos) significa
que parte ou o total dessas despesas é financiada
pelos fornecedores de serviços.
Sazonalidade
Prazos de Compra e de Venda
Inadimplência
Aumento de Despesas Financeiras e/ou Custos
InfluênciasnoCapitaldeGiro
CicloFinanceiro ou Ciclo de Caixa é o tempo decorrido do
momento em que a empresa efetuaopagamentodas
compras de mercadorias aos seus fornecedores até o
momento em que ela recebeovalordasvendas
efetuadas aos seus clientes.
O ciclo financeiro (CF) é o prazomédio desde a aquisição da
mercadoria até a venda aos clientes, chamado prazo médio de
renovaçãodeestoques (PMRE), mais o prazo médio concedido aos
clientes para recebimento das vendas (PMRV), menos o prazo
médio recebido do fornecedor para pagamento das compras
(PMPC).
CF=PMRE+PMRV–PMPC
Exemplo:
Prazo médio de renovação de estoques: 40 dias;
Prazo médio de recebimento de vendas: 20 dias;
Prazo médio de pagamento de compras: 25 dias;
CicloFinanceiro:40+20–25=35dias.
O ciclooperacional(CO) é mais amplo, englobando desde a data das compras até
o recebimento de clientes, sem descontar o PMPC.
É o período em que são investidos recursos nas operações, sem que ocorram
entradas de caixa correspondentes.
CO=PMRE+PMRV
Exemplo:
Prazo médio de renovação de estoques: 40 dias;
Prazo médio de recebimento de vendas: 20 dias;
Ciclooperacional:40+20=60dias.
Se o PMPC for superior ao PMRE, então os fornecedores estarão
financiando também uma parte das vendas da empresa.
Após o pagamento a fornecedores, a empresa terá que financiar
asoperaçõescomseuprópriocapitaldegiro, uma vez que o
numerário destinado aos fornecedores, que estava sendo
utilizado na manutenção das atividades, já terá sido pago.
A necessidade de capital de giro (NCG) é a diferença entre as aplicações
cíclicas (AC) e as fontes cíclicas (FC):
NCG=AC–FC
Aplicaçõesefontescíclicastípicas:
AC: Clientes, Estoques e Despesas Antecipadas (AC Operacional)
FC: Fornecedores, Salários a Pagar; Impostos e Taxas a Pagar (PC Operacional)
A necessidade de capital de giro (NCG) indica o montantederecursos
necessáriosparasemanterogirodosnegócios, devido à insuficiência das
fontes operacionais.
NecessidadedeCapitaldeGiro
Exemplo:
Contas a Receber: 25.000
Estoques: 40.000
Fornecedores: 30.000
Impostos a Pagar: 5.000
NCG: 25.000 + 40.000 – 30.000 – 5.000 = 30.000
NecessidadedeCapitaldeGiro
UmbomcontroledoCapitaldeGirodasuaempresaé
chaveparaumaboasaúdefinanceira!
sebrae.com.br
meusucesso.com
endeavor.org.br
editoraferreira.com.br
Referências

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 1 introdução a adm financeira
Aula 1   introdução a adm financeiraAula 1   introdução a adm financeira
Aula 1 introdução a adm financeira
sscutrim
 
Fluxo de caixa apresentação
Fluxo de caixa   apresentaçãoFluxo de caixa   apresentação
Fluxo de caixa apresentação
Ana Marques
 
Demonstrações contábeis e sua análise
Demonstrações contábeis e sua análiseDemonstrações contábeis e sua análise
Demonstrações contábeis e sua análise
smalheiros
 

Mais procurados (20)

Adm capital de giro - questões com respostas
Adm capital de giro - questões com respostasAdm capital de giro - questões com respostas
Adm capital de giro - questões com respostas
 
Administração financeira
Administração financeiraAdministração financeira
Administração financeira
 
Ciclo econômico, financeiro e operacional
Ciclo econômico, financeiro e operacionalCiclo econômico, financeiro e operacional
Ciclo econômico, financeiro e operacional
 
Fluxo de caixa
Fluxo de caixaFluxo de caixa
Fluxo de caixa
 
DRE
DREDRE
DRE
 
Cap 1 fundamentos da gestao do capital de giro
Cap 1   fundamentos da gestao do capital de giroCap 1   fundamentos da gestao do capital de giro
Cap 1 fundamentos da gestao do capital de giro
 
Balanço patrimonial
Balanço patrimonialBalanço patrimonial
Balanço patrimonial
 
Aula 1 introdução a adm financeira
Aula 1   introdução a adm financeiraAula 1   introdução a adm financeira
Aula 1 introdução a adm financeira
 
Cap 1 Fundamentos da gestao do capital de giro
Cap 1   Fundamentos da gestao do capital de giroCap 1   Fundamentos da gestao do capital de giro
Cap 1 Fundamentos da gestao do capital de giro
 
Aula gestão financeira - Aula 01
Aula gestão financeira - Aula 01Aula gestão financeira - Aula 01
Aula gestão financeira - Aula 01
 
Contabilidade conceitos básicos
Contabilidade   conceitos básicosContabilidade   conceitos básicos
Contabilidade conceitos básicos
 
Introdução à Gestão Financeira
Introdução à Gestão FinanceiraIntrodução à Gestão Financeira
Introdução à Gestão Financeira
 
Aula 8 - Fluxo de caixa
Aula 8 - Fluxo de caixaAula 8 - Fluxo de caixa
Aula 8 - Fluxo de caixa
 
Planejamento financeiro
Planejamento financeiroPlanejamento financeiro
Planejamento financeiro
 
Fluxo de Caixa: teoria e prática
Fluxo de Caixa: teoria e práticaFluxo de Caixa: teoria e prática
Fluxo de Caixa: teoria e prática
 
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
 
Escrituração ContÁbil
Escrituração ContÁbilEscrituração ContÁbil
Escrituração ContÁbil
 
Aula Instituições e mercados financeiros 04.04
Aula   Instituições e mercados financeiros 04.04Aula   Instituições e mercados financeiros 04.04
Aula Instituições e mercados financeiros 04.04
 
Fluxo de caixa apresentação
Fluxo de caixa   apresentaçãoFluxo de caixa   apresentação
Fluxo de caixa apresentação
 
Demonstrações contábeis e sua análise
Demonstrações contábeis e sua análiseDemonstrações contábeis e sua análise
Demonstrações contábeis e sua análise
 

Destaque

Introdução a administração financeira Professor Danilo Pires
Introdução a administração financeira  Professor Danilo PiresIntrodução a administração financeira  Professor Danilo Pires
Introdução a administração financeira Professor Danilo Pires
Danilo Pires
 
Controle de contas a pagar
Controle de contas a pagarControle de contas a pagar
Controle de contas a pagar
Valéria Lins
 

Destaque (20)

Apresentação do ciclo financeiro
Apresentação do ciclo financeiroApresentação do ciclo financeiro
Apresentação do ciclo financeiro
 
Objetividade: A Virtude Esquecida
Objetividade: A Virtude EsquecidaObjetividade: A Virtude Esquecida
Objetividade: A Virtude Esquecida
 
Lições de empreendedorismo com Flávio Augusto
Lições de empreendedorismo com Flávio AugustoLições de empreendedorismo com Flávio Augusto
Lições de empreendedorismo com Flávio Augusto
 
Followership
FollowershipFollowership
Followership
 
Pensando Rápido e Devagar
Pensando Rápido e DevagarPensando Rápido e Devagar
Pensando Rápido e Devagar
 
Gestão Financeira
Gestão FinanceiraGestão Financeira
Gestão Financeira
 
Palestra na Uninove sobre Agilidade
Palestra na Uninove sobre AgilidadePalestra na Uninove sobre Agilidade
Palestra na Uninove sobre Agilidade
 
Capital giro
Capital giroCapital giro
Capital giro
 
Bematech IFRS
Bematech IFRSBematech IFRS
Bematech IFRS
 
Café Kaizen
Café KaizenCafé Kaizen
Café Kaizen
 
Gestão Ágil com Management 3.0
Gestão Ágil com Management 3.0Gestão Ágil com Management 3.0
Gestão Ágil com Management 3.0
 
Introduction to Getting Things Done (GTD)
Introduction to Getting Things Done (GTD)Introduction to Getting Things Done (GTD)
Introduction to Getting Things Done (GTD)
 
Tips for SaaS Sales Team
Tips for SaaS Sales TeamTips for SaaS Sales Team
Tips for SaaS Sales Team
 
Escolha ser mais feliz
Escolha ser mais felizEscolha ser mais feliz
Escolha ser mais feliz
 
Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes
Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazesOs 7 hábitos das pessoas altamente eficazes
Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes
 
Introdução a administração financeira Professor Danilo Pires
Introdução a administração financeira  Professor Danilo PiresIntrodução a administração financeira  Professor Danilo Pires
Introdução a administração financeira Professor Danilo Pires
 
Controle de contas a pagar
Controle de contas a pagarControle de contas a pagar
Controle de contas a pagar
 
14 princípios para influenciar pessoas
14 princípios para influenciar pessoas14 princípios para influenciar pessoas
14 princípios para influenciar pessoas
 
Modelos de Gestão - Apresentação - Gestão Financeira
Modelos de Gestão - Apresentação - Gestão FinanceiraModelos de Gestão - Apresentação - Gestão Financeira
Modelos de Gestão - Apresentação - Gestão Financeira
 
Feedback 360
Feedback 360Feedback 360
Feedback 360
 

Semelhante a Capital de Giro e Ciclo Financeiro

46276 administração do-cg
46276 administração do-cg46276 administração do-cg
46276 administração do-cg
Ana Mota
 
Acofi cap08 girosprazos
Acofi cap08 girosprazosAcofi cap08 girosprazos
Acofi cap08 girosprazos
Adriano Bruni
 
Glossario financeiro indices
Glossario financeiro indicesGlossario financeiro indices
Glossario financeiro indices
simuladocontabil
 
Custo das mercadoria vendidas
Custo das mercadoria vendidasCusto das mercadoria vendidas
Custo das mercadoria vendidas
simuladocontabil
 
Calculo do capital de giro
Calculo do capital de giroCalculo do capital de giro
Calculo do capital de giro
João Nascimento
 
Calcular ciclo operacional
Calcular ciclo operacionalCalcular ciclo operacional
Calcular ciclo operacional
Reinaldo Cruz
 

Semelhante a Capital de Giro e Ciclo Financeiro (20)

SLIDES_AULA_02.pptx
SLIDES_AULA_02.pptxSLIDES_AULA_02.pptx
SLIDES_AULA_02.pptx
 
46276 administração do-cg
46276 administração do-cg46276 administração do-cg
46276 administração do-cg
 
Giro apresentação 2016
Giro apresentação 2016Giro apresentação 2016
Giro apresentação 2016
 
Acofi cap08 girosprazos
Acofi cap08 girosprazosAcofi cap08 girosprazos
Acofi cap08 girosprazos
 
Palestra: Gestão do fluxo de caixa
Palestra: Gestão do fluxo de caixaPalestra: Gestão do fluxo de caixa
Palestra: Gestão do fluxo de caixa
 
Glossario financeiro indices
Glossario financeiro indicesGlossario financeiro indices
Glossario financeiro indices
 
Custo das mercadoria vendidas
Custo das mercadoria vendidasCusto das mercadoria vendidas
Custo das mercadoria vendidas
 
PrazosMedios
PrazosMediosPrazosMedios
PrazosMedios
 
Cap14
Cap14Cap14
Cap14
 
RáCios Financeiros
RáCios FinanceirosRáCios Financeiros
RáCios Financeiros
 
Calculo do capital de giro
Calculo do capital de giroCalculo do capital de giro
Calculo do capital de giro
 
Gestão de Tesouraria
Gestão de TesourariaGestão de Tesouraria
Gestão de Tesouraria
 
Otimizando O Ciclo Cash To Cash
Otimizando O Ciclo Cash To CashOtimizando O Ciclo Cash To Cash
Otimizando O Ciclo Cash To Cash
 
Calcular ciclo operacional
Calcular ciclo operacionalCalcular ciclo operacional
Calcular ciclo operacional
 
Fundo de maneio completo
Fundo de maneio completoFundo de maneio completo
Fundo de maneio completo
 
Estudo sobre o fundo de maneio completo
Estudo sobre o fundo de maneio completoEstudo sobre o fundo de maneio completo
Estudo sobre o fundo de maneio completo
 
Investimento de capital
Investimento de capitalInvestimento de capital
Investimento de capital
 
Análise econômico financeira de uma organização
Análise econômico financeira de uma organizaçãoAnálise econômico financeira de uma organização
Análise econômico financeira de uma organização
 
Financas
FinancasFinancas
Financas
 
Loja virtual análise econômica financeira
Loja virtual   análise econômica financeiraLoja virtual   análise econômica financeira
Loja virtual análise econômica financeira
 

Mais de André Faria Gomes

Mais de André Faria Gomes (20)

Meetup Escale - Gestão para Equipes de Alta Performance
Meetup Escale - Gestão para Equipes de Alta PerformanceMeetup Escale - Gestão para Equipes de Alta Performance
Meetup Escale - Gestão para Equipes de Alta Performance
 
Protagonistas da inovação - Como criar e gerir os negócios do futuro
Protagonistas da inovação - Como criar e gerir os negócios do futuroProtagonistas da inovação - Como criar e gerir os negócios do futuro
Protagonistas da inovação - Como criar e gerir os negócios do futuro
 
A Mobilidade como Propulsor da Transformação Digital
A Mobilidade como Propulsor da Transformação DigitalA Mobilidade como Propulsor da Transformação Digital
A Mobilidade como Propulsor da Transformação Digital
 
Além da Agilidade 2019 - KickOff Wow
Além da Agilidade 2019 - KickOff WowAlém da Agilidade 2019 - KickOff Wow
Além da Agilidade 2019 - KickOff Wow
 
Modern systems architectures: Uber, Lyft, Cabify
Modern systems architectures: Uber, Lyft, CabifyModern systems architectures: Uber, Lyft, Cabify
Modern systems architectures: Uber, Lyft, Cabify
 
Breaking the monolith
Breaking the monolithBreaking the monolith
Breaking the monolith
 
Agilidade - APAS
Agilidade - APASAgilidade - APAS
Agilidade - APAS
 
Principles and Radical Transparency - Lessons Learned from Ray Dalio
Principles and Radical Transparency - Lessons Learned from Ray DalioPrinciples and Radical Transparency - Lessons Learned from Ray Dalio
Principles and Radical Transparency - Lessons Learned from Ray Dalio
 
Bluesoft @ AWS re:Invent 2017 + AWS 101
Bluesoft @ AWS re:Invent 2017 + AWS 101Bluesoft @ AWS re:Invent 2017 + AWS 101
Bluesoft @ AWS re:Invent 2017 + AWS 101
 
Boas Práticas da Rede Supermercadista Wegmans
Boas Práticas da Rede Supermercadista WegmansBoas Práticas da Rede Supermercadista Wegmans
Boas Práticas da Rede Supermercadista Wegmans
 
Boas Práticas para Supermercadistas inspiradas no Whole Foods, Sprouts Marke...
Boas Práticas para Supermercadistas inspiradas no Whole Foods, Sprouts Marke...Boas Práticas para Supermercadistas inspiradas no Whole Foods, Sprouts Marke...
Boas Práticas para Supermercadistas inspiradas no Whole Foods, Sprouts Marke...
 
Change management - Kotter’s eight-step model
Change management - Kotter’s eight-step model Change management - Kotter’s eight-step model
Change management - Kotter’s eight-step model
 
What happened to Google Reader?
What happened to Google Reader?What happened to Google Reader?
What happened to Google Reader?
 
Lições aprendidas em 10 anos de agilidade
Lições aprendidas em 10 anos de agilidadeLições aprendidas em 10 anos de agilidade
Lições aprendidas em 10 anos de agilidade
 
Innovation - Think outside the box
Innovation - Think outside the boxInnovation - Think outside the box
Innovation - Think outside the box
 
Atendimento Campeão
Atendimento CampeãoAtendimento Campeão
Atendimento Campeão
 
Introduction to Microservices
Introduction to MicroservicesIntroduction to Microservices
Introduction to Microservices
 
Big Ideias about Spotify Culture
Big Ideias about Spotify CultureBig Ideias about Spotify Culture
Big Ideias about Spotify Culture
 
SEO em 2015
SEO em 2015SEO em 2015
SEO em 2015
 
Introdução à management 3.0 para o CEO Nerds
Introdução à management 3.0 para o CEO NerdsIntrodução à management 3.0 para o CEO Nerds
Introdução à management 3.0 para o CEO Nerds
 

Último

018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
Renandantas16
 
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptxsistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
CarladeOliveira25
 
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdfAula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
lucianatorresdemelo
 

Último (12)

MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIAMERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
 
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptxsistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
 
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdfAula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
 
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
 
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxProfissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
 

Capital de Giro e Ciclo Financeiro

  • 2. O que fazer com os resultados da empresa? • Aumento da reserva financeira (capital de giro) • Reinvestimento • Retirada dos sócios
  • 3. Capitaldegiro = Ativo Circulante Capital necessário para financiar a continuidade das operações da empresa, como recursos para financiamento aos clientes (nas vendas a prazo), recursos para manter estoques e recursos para pagamento aos fornecedores (compras de matéria-prima ou mercadorias de revenda), pagamento de impostos, salários e demais custos e despesas operacionais.
  • 4. Reflete a capacidade de gerenciar relações com fornecedores e clientes É o Passivo Circulante (PC) do Ativo Circulante (AC) . CGL=AC−PC CGL positivo: superávit de capital de giro. CGL negativo: deficiência em seu capital de giro. Parte de seu ativo não circulante (permanente) esta sendo financiada com seus passivos a curto prazo, denotando um quadro de risco. CapitaldeGiroLíquido(CGL)
  • 5. Toda empresa que vendeaprazo precisa de recursos para financiar seus clientes; Toda empresa que mantém estoque de matéria-prima ou de mercadorias precisa de recursos para financiá-lo; Quando a empresa compraaprazo (matéria-prima ou mercadorias) significa que os fornecedores financiam parte ou todo o estoque; Quando a empresa tem prazosparapagarasdespesas (impostos, energia, salários e outros gastos) significa que parte ou o total dessas despesas é financiada pelos fornecedores de serviços.
  • 6. Sazonalidade Prazos de Compra e de Venda Inadimplência Aumento de Despesas Financeiras e/ou Custos InfluênciasnoCapitaldeGiro
  • 7. CicloFinanceiro ou Ciclo de Caixa é o tempo decorrido do momento em que a empresa efetuaopagamentodas compras de mercadorias aos seus fornecedores até o momento em que ela recebeovalordasvendas efetuadas aos seus clientes.
  • 8. O ciclo financeiro (CF) é o prazomédio desde a aquisição da mercadoria até a venda aos clientes, chamado prazo médio de renovaçãodeestoques (PMRE), mais o prazo médio concedido aos clientes para recebimento das vendas (PMRV), menos o prazo médio recebido do fornecedor para pagamento das compras (PMPC). CF=PMRE+PMRV–PMPC Exemplo: Prazo médio de renovação de estoques: 40 dias; Prazo médio de recebimento de vendas: 20 dias; Prazo médio de pagamento de compras: 25 dias; CicloFinanceiro:40+20–25=35dias.
  • 9. O ciclooperacional(CO) é mais amplo, englobando desde a data das compras até o recebimento de clientes, sem descontar o PMPC. É o período em que são investidos recursos nas operações, sem que ocorram entradas de caixa correspondentes. CO=PMRE+PMRV Exemplo: Prazo médio de renovação de estoques: 40 dias; Prazo médio de recebimento de vendas: 20 dias; Ciclooperacional:40+20=60dias.
  • 10.
  • 11. Se o PMPC for superior ao PMRE, então os fornecedores estarão financiando também uma parte das vendas da empresa. Após o pagamento a fornecedores, a empresa terá que financiar asoperaçõescomseuprópriocapitaldegiro, uma vez que o numerário destinado aos fornecedores, que estava sendo utilizado na manutenção das atividades, já terá sido pago.
  • 12. A necessidade de capital de giro (NCG) é a diferença entre as aplicações cíclicas (AC) e as fontes cíclicas (FC): NCG=AC–FC Aplicaçõesefontescíclicastípicas: AC: Clientes, Estoques e Despesas Antecipadas (AC Operacional) FC: Fornecedores, Salários a Pagar; Impostos e Taxas a Pagar (PC Operacional) A necessidade de capital de giro (NCG) indica o montantederecursos necessáriosparasemanterogirodosnegócios, devido à insuficiência das fontes operacionais. NecessidadedeCapitaldeGiro
  • 13. Exemplo: Contas a Receber: 25.000 Estoques: 40.000 Fornecedores: 30.000 Impostos a Pagar: 5.000 NCG: 25.000 + 40.000 – 30.000 – 5.000 = 30.000 NecessidadedeCapitaldeGiro