SlideShare uma empresa Scribd logo
Capítulo 1 Fundamentos de Capital de Giro Coordenação: Prof. Dr. Alberto Borges Matias Finanças Corporativas de Curto Prazo
Objetivos do Capítulo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contextualização do Capital de Giro FINANÇAS ÂMBITO MACRO ÂMBITO  MICRO Fluxos Internacionais de Capital Sistema Financeiro Nacional Mercados Financeiros Finanças Empresariais Gestão do  Capital de Giro Longo Prazo   Criação de Valor com Sustentabilidade Financeira Curto Prazo
A RESPOSTA ESTÁ NA GESTÃO DO  CAPITAL DE GIRO Aumentei as vendas, aumentei o faturamento, mas estou endividado e sem dinheiro... O QUE OCORREU ? Aconteceu na Empresa...
Disponível Fornecedores Estoques Clientes Compra de Mercadorias Venda de Mercadorias Pagamento Recebimento Capital de Giro e Ciclo Operacional
Balanço Patrimonial Disponível Aplicações Financeiras Contas a Receber Estoques Fornecedores Empréstimos CP Duplicatas Descontadas Salários a Pagar Encargos e Tributos a Pagar ATIVO CIRCULANTE (AC) PASSIVO CIRCULANTE (PC) ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO (RLP) ATIVO PERMANENTE (AP) Investimentos Imobilizado Diferido PASSIVO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO (ELP) PATRIMÔNIO LÍQUIDO (PL) ATIVO  PASSIVO  Capital Reservas Lucros ou Prejuízos Acumulados
Importância e Volume do Capital de  Giro Importância e Volume do Capital de Giro Política de Negócios: Alterações Vendas, Crédito, Produção... Fatores Cíclicos da Economia Sazonalidade dos Negócios Volume de Vendas afeta Volume de Estoque, Caixa e Recebíveis Tecnologia  Custos e Tempo de Produção
Gestão do Capital de Giro Diz respeito à administração dos elementos de GIRO (recursos correntes) Gerenciamento Caixa Nível Crédito Nível Estoques ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Objetivo:  Gerar  VALOR  com os elementos de giro Inter- relações Fornecedores Empréstimos de CP Duplicatas Descontadas Salários e Encargos Tributos
$ ATIVIDADES OPERACIONAIS NECESSIDADES INESPERADAS  $ CRÉDITO (RECIPROCIDADE) DESCONTOS COMERCIAIS GESTÃO DA CAPACIDADE DE PAGAMENTO DA EMPRESA Gestão do Ativo  Circulante
Capital de Giro Total Capital de Giro Total (CGT) = Capital de Giro Bruto Investimento de Capital em ativos de curto prazo ATIVO CIRCULANTE Disponibilidades Recebíveis Estoques
Capital de  Giro Líquido CAPITAL DE GIRO LÍQUIDO representa os recursos de longo prazo demandados pela empresa para financiar suas necessidades operacionais AC RLP PL ELP PC AP Elementos de Giro Elementos de Longo Prazo Capital de Giro Capital de Giro Líquido CGL = AC - PC
AC RLP PL ELP PC AP AC RLP PL ELP PC AP CGL positivo: CGL negativo: Quanto maior o CGL  maior a Liquidez Capital de  Giro Líquido
Capital de Giro Próprio ,[object Object],[object Object],[object Object],CGP = PL – AP - RLP
AC RLP PL ELP PC AP Recursos Próprios financiando Ativos Correntes Capital de  Giro Próprio CGP = PL - (RLP + AP)
Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos (Doar)
CICLOS OPERACIONAL, ECONÔMICO E FINANCEIRO
Ciclo Operacional, Econômico e Financeiro Compra de Matéria-prima Início da Fabricação Fim da Fabricação Vendas Recebimento das Vendas PMF PMR Ciclo Econômico Ciclo Financeiro (Caixa) Ciclo Operacional PMP PME MP PME PA
GESTÃO DO  CAPITAL DE  GIRO OPERACIONAL
FINANCEIRO FINANCEIRO OPERACIONAL OPERACIONAL Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Empréstimos e Financiamentos  Duplicatas Descontadas Contas a Receber Estoques Fornecedores Salários e Encargos Tributos a pagar ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Grupos Patrimoniais
Capital de  Giro e Ciclo Operacional Ciclo Operacional de uma Manufatura Compra de Matéria-prima Início  da Fabricação Fim da Fabricação Vendas Recebimento das Vendas PME MP PMF PME PA PMR Nível satisfatório de capital de giro Sustentar atividade operacional Ciclo Operacional
GESTÃO DO  CAPITAL DE  GIRO  FINANCEIRO
Ciclo Financeiro CICLO FINANCEIRO = (PME + PMR) – PMP = 60 dias
Compra de Matéria-prima Início da Fabricação Fim da Fabricação Vendas Recebimento das Vendas Ciclo Financeiro (Caixa) = [ (69 + 21) - 30 ] = 60 dias PMP  (30 dias) PME (69 dias) Ciclo Financeiro PMR  (21 dias)
Compra de Matéria-prima Início da Fabricação Fim da Fabricação Vendas Recebimento das Vendas PME MP PMF PME PA PMR Ciclo Econômico Ciclo Financeiro (Caixa) PMP PME Diminuir o Ciclo de Caixa: PMP PME PMR Ciclo Operacional, Econômico e Financeiro
NECESSIDADE DE CAPITAL DE GIRO (NCG)
Necessidade de Capital de  Giro (NCG) FALTA DE SINCRONIZAÇÃO TEMPORAL ENTRE PRODUÇÃO, VENDA, RECEBIMENTO CONHECIMENTO INTEGRADO DA EVOLUÇÃO DO NEGÓCIO PARA DIMENSIONAR A NECESSIDADE DE CAPITAL DE GIRO E EFETIVAR SEU CONTROLE
NCG =  AC Operacional  -  PC Operacional FINANCEIRO FINANCEIRO OPERACIONAL OPERACIONAL Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Empréstimos e Financiamentos  Duplicatas Descontadas Contas a Receber Estoques Fornecedores Salários e Encargos Tributos a pagar ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Necessidade de Capital de  Giro (NCG)
Recursos Próprios Recursos Terceiros  CP Patrimônio  Líquido ( Capital   de   Giro   Próprio ) NCG Passivo Circulante Empréstimos Duplic. Descontadas Recursos Terceiros  LP Custo Financeiro Custo Oportunidade Cobertura da NCG Exigível   LP Empréstimos
NCG Estoques Contas a Receber Fornecedores  FINANCEIRO FINANCEIRO OPERACIONAL OPERACIONAL Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Empréstimos e Financiamentos  Duplicatas Descontadas Contas a Receber Estoques Fornecedores Salários e Encargos Tributos a pagar ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Alterações na NCG
GESTÃO DO  CAPITAL DE GIRO  FINANCEIRO
FINANCEIRO FINANCEIRO OPERACIONAL OPERACIONAL Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Empréstimos e Financiamentos  Duplicatas Descontadas Duplicatas a Receber Estoques Fornecedores Salários e Encargos Tributos a pagar ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Grupos Patrimoniais
GESTÃO INTEGRADA DO CAPITAL DE GIRO
Integração do Capital de Giro Financeiro BANCO Conta Corrente e Aplicações Financeiras Empréstimos Bancários e Descontos de Duplicatas Disponível Fornecedores Clientes Estoques Pagamento
FINANCEIRO FINANCEIRO OPERACIONAL OPERACIONAL Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Empréstimos e Financiamentos  Duplicatas Descontadas Duplicatas a Receber Estoques Fornecedores Salários e Encargos Tributos a pagar ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE SALDO DE TESOURARIA = AC Financeiro – PC Financeiro Saldo em Tesouraria
GESTÃO INTEGRADA DO CAPITAL DE GIRO  CGL = NCG + ST Ativo Circulante (-) Passivo Circulante (=) CGL AC Operacional (-) PC Operacional (=) NCG AC Financeiro (-) PC Financeiro (=) ST = +
Avaliação da Liquidez no Capital de Giro
Indicadores de Liquidez Estática
Liquidez Corrente  Liquidez Seca  Liquidez Imediata 2000 2001 2001 0,75 1,20 1,02 0,44 0,71 0,71 0,01 0,03 0,01 Exemplo – Liquidez Estática
[object Object],Indicadores de Liquidez Dinâmica
Efeito Tesoura Crescimento da NCG  >  Crescimento do CGL Saldo negativo de tesouraria
Overtrading ,[object Object],[object Object],[object Object],A SITUAÇÃO DE OVERTRADING CONDUZ UMA ORGANIZAÇÃO À INSOLVÊNCIA. NESSA SITUAÇÃO É MELHOR RETRAIR AS VENDAS, DE FORMA VOLUNTÁRIA, MESMO QUE COM PREJUÍZO, DO QUE SER CONDUZIDA À INSOLVÊNCIA.
Equilíbrio Financeiro ,[object Object],[object Object],[object Object]
LUCRATIVIDADE RECEITAS - DESPESAS - Liquidez x Lucratividade Ativos de LP são mais lucrativos Diferenças entre juros de CP e LP capacidade de pagamento da empresa LIQUIDEZ
Síndromes na Gestão do Capital de Giro
Síndromes na Gestão do Capital de Giro Síndrome do Distribuidor Síndrome do Supermercado ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Referências ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Dúvidas ?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de SuprimentosGestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gerisval Pessoa
 
Adm capital de giro - questões com respostas
Adm capital de giro - questões com respostasAdm capital de giro - questões com respostas
Adm capital de giro - questões com respostas
Leandro Trelesse Vieira
 
Introdução a Administração de Produção e Operações
Introdução a Administração de Produção e OperaçõesIntrodução a Administração de Produção e Operações
Introdução a Administração de Produção e Operações
douglas
 
Aula 1- Analise de Investimento
Aula 1- Analise de InvestimentoAula 1- Analise de Investimento
Aula 1- Analise de Investimento
Luciano Rodrigues
 
Administração financeira
Administração financeiraAdministração financeira
Administração financeira
Francine Manhabosco
 
Introdução ao Mercado de Capitais
Introdução ao Mercado de CapitaisIntrodução ao Mercado de Capitais
Introdução ao Mercado de Capitais
Milton Henrique do Couto Neto
 
Fluxo de caixa apresentação
Fluxo de caixa   apresentaçãoFluxo de caixa   apresentação
Fluxo de caixa apresentação
Ana Marques
 
Palestra capital de giro
Palestra capital de giroPalestra capital de giro
Palestra capital de giro
Ideia Consultoria
 
Administração financeira e orçamentária
Administração financeira e orçamentáriaAdministração financeira e orçamentária
Administração financeira e orçamentária
Tadeu Mendes
 
Produção cap1 aula 1
Produção cap1   aula 1Produção cap1   aula 1
Produção cap1 aula 1
Diego José
 
Introdução à Contabilidade
Introdução à ContabilidadeIntrodução à Contabilidade
Introdução à Contabilidade
Eliseu Fortolan
 
Indicadores Financeiros
Indicadores FinanceirosIndicadores Financeiros
Indicadores Financeiros
SALVADOR SERRATO
 
Aula 1 orçamento empresarial
Aula 1   orçamento empresarialAula 1   orçamento empresarial
Aula 1 orçamento empresarial
PAULO Leal
 
Analise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de EquilibrioAnalise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de Equilibrio
Filipe Mello
 
Administração financeira
Administração financeiraAdministração financeira
Administração financeira
PMY TECNOLOGIA LTDA
 
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos BásicosContabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Diego Lopes
 
Administração financeira análise de balanços
Administração financeira   análise de balançosAdministração financeira   análise de balanços
Administração financeira análise de balanços
Kleber Mantovanelli
 
Analise das demonstrações financeiras
Analise das demonstrações financeirasAnalise das demonstrações financeiras
Analise das demonstrações financeiras
belyalmeida
 
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Rafael Gonçalves
 
Questões ENADE - Administração Financeira
Questões ENADE - Administração FinanceiraQuestões ENADE - Administração Financeira
Questões ENADE - Administração Financeira
Milton Henrique do Couto Neto
 

Mais procurados (20)

Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de SuprimentosGestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de Suprimentos
 
Adm capital de giro - questões com respostas
Adm capital de giro - questões com respostasAdm capital de giro - questões com respostas
Adm capital de giro - questões com respostas
 
Introdução a Administração de Produção e Operações
Introdução a Administração de Produção e OperaçõesIntrodução a Administração de Produção e Operações
Introdução a Administração de Produção e Operações
 
Aula 1- Analise de Investimento
Aula 1- Analise de InvestimentoAula 1- Analise de Investimento
Aula 1- Analise de Investimento
 
Administração financeira
Administração financeiraAdministração financeira
Administração financeira
 
Introdução ao Mercado de Capitais
Introdução ao Mercado de CapitaisIntrodução ao Mercado de Capitais
Introdução ao Mercado de Capitais
 
Fluxo de caixa apresentação
Fluxo de caixa   apresentaçãoFluxo de caixa   apresentação
Fluxo de caixa apresentação
 
Palestra capital de giro
Palestra capital de giroPalestra capital de giro
Palestra capital de giro
 
Administração financeira e orçamentária
Administração financeira e orçamentáriaAdministração financeira e orçamentária
Administração financeira e orçamentária
 
Produção cap1 aula 1
Produção cap1   aula 1Produção cap1   aula 1
Produção cap1 aula 1
 
Introdução à Contabilidade
Introdução à ContabilidadeIntrodução à Contabilidade
Introdução à Contabilidade
 
Indicadores Financeiros
Indicadores FinanceirosIndicadores Financeiros
Indicadores Financeiros
 
Aula 1 orçamento empresarial
Aula 1   orçamento empresarialAula 1   orçamento empresarial
Aula 1 orçamento empresarial
 
Analise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de EquilibrioAnalise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de Equilibrio
 
Administração financeira
Administração financeiraAdministração financeira
Administração financeira
 
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos BásicosContabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
 
Administração financeira análise de balanços
Administração financeira   análise de balançosAdministração financeira   análise de balanços
Administração financeira análise de balanços
 
Analise das demonstrações financeiras
Analise das demonstrações financeirasAnalise das demonstrações financeiras
Analise das demonstrações financeiras
 
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
 
Questões ENADE - Administração Financeira
Questões ENADE - Administração FinanceiraQuestões ENADE - Administração Financeira
Questões ENADE - Administração Financeira
 

Semelhante a Cap 1 fundamentos da gestao do capital de giro

Gestão de Tesouraria
Gestão de TesourariaGestão de Tesouraria
Gestão de Tesouraria
Milton Henrique do Couto Neto
 
SLIDES_AULA_02.pptx
SLIDES_AULA_02.pptxSLIDES_AULA_02.pptx
SLIDES_AULA_02.pptx
Cleverson Neves
 
Giro apresentação 2016
Giro apresentação 2016Giro apresentação 2016
Giro apresentação 2016
Ueliton Carvalho
 
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas EmpresasA Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.
A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.
A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+smsAulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
IFMG e COLTEC
 
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+smsAulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
IFMG e COLTEC
 
Apostila financeira
Apostila financeiraApostila financeira
Apostila financeira
Evandro Willians Wicher
 
Demonstrações contábeis balanço patrimonial, demonstração de resultado e flux...
Demonstrações contábeis balanço patrimonial, demonstração de resultado e flux...Demonstrações contábeis balanço patrimonial, demonstração de resultado e flux...
Demonstrações contábeis balanço patrimonial, demonstração de resultado e flux...
Concurseiro Antenado
 
Aula 05 balanço patrimonial - grupo de contas
Aula 05   balanço patrimonial - grupo de contasAula 05   balanço patrimonial - grupo de contas
Aula 05 balanço patrimonial - grupo de contas
Raul Alberto
 
46276 administração do-cg
46276 administração do-cg46276 administração do-cg
46276 administração do-cg
Ana Mota
 
Res capital de giro
Res capital de giroRes capital de giro
Res capital de giro
Leonardo Poth
 
A administração do capital de giro da empresa
A administração do capital de giro da empresaA administração do capital de giro da empresa
A administração do capital de giro da empresa
Brunno101
 
Capital De Giro
Capital De GiroCapital De Giro
Capital De Giro
fabricio vitoria
 
Afo 1
Afo 1Afo 1
Afo 1
Lucasscn
 
Contabilidade b apostila
Contabilidade b   apostilaContabilidade b   apostila
Contabilidade b apostila
zeramento contabil
 
Fluxo de caixa
Fluxo de caixaFluxo de caixa
Gestão e análise de risco de crédito iv
Gestão e análise de risco de crédito ivGestão e análise de risco de crédito iv
Gestão e análise de risco de crédito iv
professoredmilson
 
Investimento de capital
Investimento de capitalInvestimento de capital
Investimento de capital
Universidade Pedagogica
 
Apostila financ i
Apostila financ iApostila financ i
Apostila financ i
custos contabil
 

Semelhante a Cap 1 fundamentos da gestao do capital de giro (20)

Gestão de Tesouraria
Gestão de TesourariaGestão de Tesouraria
Gestão de Tesouraria
 
SLIDES_AULA_02.pptx
SLIDES_AULA_02.pptxSLIDES_AULA_02.pptx
SLIDES_AULA_02.pptx
 
Giro apresentação 2016
Giro apresentação 2016Giro apresentação 2016
Giro apresentação 2016
 
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas EmpresasA Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
 
A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.
A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.
A Importância do Planejamento Financeiro para Micro e Pequenas Empresas.
 
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+smsAulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
 
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+smsAulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
Aulas+de+adm+financeira+e+orçamentária+i+sms
 
Apostila financeira
Apostila financeiraApostila financeira
Apostila financeira
 
Demonstrações contábeis balanço patrimonial, demonstração de resultado e flux...
Demonstrações contábeis balanço patrimonial, demonstração de resultado e flux...Demonstrações contábeis balanço patrimonial, demonstração de resultado e flux...
Demonstrações contábeis balanço patrimonial, demonstração de resultado e flux...
 
Aula 05 balanço patrimonial - grupo de contas
Aula 05   balanço patrimonial - grupo de contasAula 05   balanço patrimonial - grupo de contas
Aula 05 balanço patrimonial - grupo de contas
 
46276 administração do-cg
46276 administração do-cg46276 administração do-cg
46276 administração do-cg
 
Res capital de giro
Res capital de giroRes capital de giro
Res capital de giro
 
A administração do capital de giro da empresa
A administração do capital de giro da empresaA administração do capital de giro da empresa
A administração do capital de giro da empresa
 
Capital De Giro
Capital De GiroCapital De Giro
Capital De Giro
 
Afo 1
Afo 1Afo 1
Afo 1
 
Contabilidade b apostila
Contabilidade b   apostilaContabilidade b   apostila
Contabilidade b apostila
 
Fluxo de caixa
Fluxo de caixaFluxo de caixa
Fluxo de caixa
 
Gestão e análise de risco de crédito iv
Gestão e análise de risco de crédito ivGestão e análise de risco de crédito iv
Gestão e análise de risco de crédito iv
 
Investimento de capital
Investimento de capitalInvestimento de capital
Investimento de capital
 
Apostila financ i
Apostila financ iApostila financ i
Apostila financ i
 

Último

aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
polianasenaces
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
E-Commerce Brasil
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
MartesonCasteloBranc1
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
E-Commerce Brasil
 

Último (6)

aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
 

Cap 1 fundamentos da gestao do capital de giro

  • 1. Capítulo 1 Fundamentos de Capital de Giro Coordenação: Prof. Dr. Alberto Borges Matias Finanças Corporativas de Curto Prazo
  • 2.
  • 3. Contextualização do Capital de Giro FINANÇAS ÂMBITO MACRO ÂMBITO MICRO Fluxos Internacionais de Capital Sistema Financeiro Nacional Mercados Financeiros Finanças Empresariais Gestão do Capital de Giro Longo Prazo Criação de Valor com Sustentabilidade Financeira Curto Prazo
  • 4. A RESPOSTA ESTÁ NA GESTÃO DO CAPITAL DE GIRO Aumentei as vendas, aumentei o faturamento, mas estou endividado e sem dinheiro... O QUE OCORREU ? Aconteceu na Empresa...
  • 5. Disponível Fornecedores Estoques Clientes Compra de Mercadorias Venda de Mercadorias Pagamento Recebimento Capital de Giro e Ciclo Operacional
  • 6. Balanço Patrimonial Disponível Aplicações Financeiras Contas a Receber Estoques Fornecedores Empréstimos CP Duplicatas Descontadas Salários a Pagar Encargos e Tributos a Pagar ATIVO CIRCULANTE (AC) PASSIVO CIRCULANTE (PC) ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO (RLP) ATIVO PERMANENTE (AP) Investimentos Imobilizado Diferido PASSIVO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO (ELP) PATRIMÔNIO LÍQUIDO (PL) ATIVO PASSIVO Capital Reservas Lucros ou Prejuízos Acumulados
  • 7. Importância e Volume do Capital de Giro Importância e Volume do Capital de Giro Política de Negócios: Alterações Vendas, Crédito, Produção... Fatores Cíclicos da Economia Sazonalidade dos Negócios Volume de Vendas afeta Volume de Estoque, Caixa e Recebíveis Tecnologia Custos e Tempo de Produção
  • 8. Gestão do Capital de Giro Diz respeito à administração dos elementos de GIRO (recursos correntes) Gerenciamento Caixa Nível Crédito Nível Estoques ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Objetivo: Gerar VALOR com os elementos de giro Inter- relações Fornecedores Empréstimos de CP Duplicatas Descontadas Salários e Encargos Tributos
  • 9. $ ATIVIDADES OPERACIONAIS NECESSIDADES INESPERADAS $ CRÉDITO (RECIPROCIDADE) DESCONTOS COMERCIAIS GESTÃO DA CAPACIDADE DE PAGAMENTO DA EMPRESA Gestão do Ativo Circulante
  • 10. Capital de Giro Total Capital de Giro Total (CGT) = Capital de Giro Bruto Investimento de Capital em ativos de curto prazo ATIVO CIRCULANTE Disponibilidades Recebíveis Estoques
  • 11. Capital de Giro Líquido CAPITAL DE GIRO LÍQUIDO representa os recursos de longo prazo demandados pela empresa para financiar suas necessidades operacionais AC RLP PL ELP PC AP Elementos de Giro Elementos de Longo Prazo Capital de Giro Capital de Giro Líquido CGL = AC - PC
  • 12. AC RLP PL ELP PC AP AC RLP PL ELP PC AP CGL positivo: CGL negativo: Quanto maior o CGL maior a Liquidez Capital de Giro Líquido
  • 13.
  • 14. AC RLP PL ELP PC AP Recursos Próprios financiando Ativos Correntes Capital de Giro Próprio CGP = PL - (RLP + AP)
  • 15. Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos (Doar)
  • 17. Ciclo Operacional, Econômico e Financeiro Compra de Matéria-prima Início da Fabricação Fim da Fabricação Vendas Recebimento das Vendas PMF PMR Ciclo Econômico Ciclo Financeiro (Caixa) Ciclo Operacional PMP PME MP PME PA
  • 18. GESTÃO DO CAPITAL DE GIRO OPERACIONAL
  • 19. FINANCEIRO FINANCEIRO OPERACIONAL OPERACIONAL Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Empréstimos e Financiamentos Duplicatas Descontadas Contas a Receber Estoques Fornecedores Salários e Encargos Tributos a pagar ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Grupos Patrimoniais
  • 20. Capital de Giro e Ciclo Operacional Ciclo Operacional de uma Manufatura Compra de Matéria-prima Início da Fabricação Fim da Fabricação Vendas Recebimento das Vendas PME MP PMF PME PA PMR Nível satisfatório de capital de giro Sustentar atividade operacional Ciclo Operacional
  • 21. GESTÃO DO CAPITAL DE GIRO FINANCEIRO
  • 22. Ciclo Financeiro CICLO FINANCEIRO = (PME + PMR) – PMP = 60 dias
  • 23. Compra de Matéria-prima Início da Fabricação Fim da Fabricação Vendas Recebimento das Vendas Ciclo Financeiro (Caixa) = [ (69 + 21) - 30 ] = 60 dias PMP (30 dias) PME (69 dias) Ciclo Financeiro PMR (21 dias)
  • 24. Compra de Matéria-prima Início da Fabricação Fim da Fabricação Vendas Recebimento das Vendas PME MP PMF PME PA PMR Ciclo Econômico Ciclo Financeiro (Caixa) PMP PME Diminuir o Ciclo de Caixa: PMP PME PMR Ciclo Operacional, Econômico e Financeiro
  • 25. NECESSIDADE DE CAPITAL DE GIRO (NCG)
  • 26. Necessidade de Capital de Giro (NCG) FALTA DE SINCRONIZAÇÃO TEMPORAL ENTRE PRODUÇÃO, VENDA, RECEBIMENTO CONHECIMENTO INTEGRADO DA EVOLUÇÃO DO NEGÓCIO PARA DIMENSIONAR A NECESSIDADE DE CAPITAL DE GIRO E EFETIVAR SEU CONTROLE
  • 27. NCG = AC Operacional - PC Operacional FINANCEIRO FINANCEIRO OPERACIONAL OPERACIONAL Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Empréstimos e Financiamentos Duplicatas Descontadas Contas a Receber Estoques Fornecedores Salários e Encargos Tributos a pagar ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Necessidade de Capital de Giro (NCG)
  • 28. Recursos Próprios Recursos Terceiros CP Patrimônio Líquido ( Capital de Giro Próprio ) NCG Passivo Circulante Empréstimos Duplic. Descontadas Recursos Terceiros LP Custo Financeiro Custo Oportunidade Cobertura da NCG Exigível LP Empréstimos
  • 29. NCG Estoques Contas a Receber Fornecedores FINANCEIRO FINANCEIRO OPERACIONAL OPERACIONAL Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Empréstimos e Financiamentos Duplicatas Descontadas Contas a Receber Estoques Fornecedores Salários e Encargos Tributos a pagar ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Alterações na NCG
  • 30. GESTÃO DO CAPITAL DE GIRO FINANCEIRO
  • 31. FINANCEIRO FINANCEIRO OPERACIONAL OPERACIONAL Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Empréstimos e Financiamentos Duplicatas Descontadas Duplicatas a Receber Estoques Fornecedores Salários e Encargos Tributos a pagar ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Grupos Patrimoniais
  • 32. GESTÃO INTEGRADA DO CAPITAL DE GIRO
  • 33. Integração do Capital de Giro Financeiro BANCO Conta Corrente e Aplicações Financeiras Empréstimos Bancários e Descontos de Duplicatas Disponível Fornecedores Clientes Estoques Pagamento
  • 34. FINANCEIRO FINANCEIRO OPERACIONAL OPERACIONAL Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Empréstimos e Financiamentos Duplicatas Descontadas Duplicatas a Receber Estoques Fornecedores Salários e Encargos Tributos a pagar ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE SALDO DE TESOURARIA = AC Financeiro – PC Financeiro Saldo em Tesouraria
  • 35. GESTÃO INTEGRADA DO CAPITAL DE GIRO CGL = NCG + ST Ativo Circulante (-) Passivo Circulante (=) CGL AC Operacional (-) PC Operacional (=) NCG AC Financeiro (-) PC Financeiro (=) ST = +
  • 36. Avaliação da Liquidez no Capital de Giro
  • 38. Liquidez Corrente Liquidez Seca Liquidez Imediata 2000 2001 2001 0,75 1,20 1,02 0,44 0,71 0,71 0,01 0,03 0,01 Exemplo – Liquidez Estática
  • 39.
  • 40. Efeito Tesoura Crescimento da NCG > Crescimento do CGL Saldo negativo de tesouraria
  • 41.
  • 42.
  • 43. LUCRATIVIDADE RECEITAS - DESPESAS - Liquidez x Lucratividade Ativos de LP são mais lucrativos Diferenças entre juros de CP e LP capacidade de pagamento da empresa LIQUIDEZ
  • 44. Síndromes na Gestão do Capital de Giro
  • 45.
  • 46.