SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Barroco no Brasil: 
contexto de produção, estética e valores 
MS. MIQUÉIAS VITORINO
Contexto histórico 
Momento de tensão na Europa entre a reforma e 
contrarreforma (catolicismo x protestantismo) 
Na América Latina, os Jesuítas ibéricos investiam na 
evangelização e doutrina de colonos e índios, 
imprimindo , simultaneamente, valores de fé e 
culturais. As pessoas, então, temiam o tribunal de 
inquisição, destinado aos hereges e protestantes. 
No Brasil, o modo de produção era voltado para a 
cana-de-açúcar no nordeste, tornando a Bahia (hoje 
Salvador) o principal centro econômico.
Princípios e estética barroca 
O Barroco promove um eu-lírico dividido, tenso e 
inconstante. 
Luís de Góngora (espanhol) e Gianbattista Marini 
(italiano) eram nomes fortes do barroco europeu e 
que tiveram impacto sobre a produção literária da 
época. 
O dualismo era presente na poesia, principalmente 
no jogo de palavras e ideias que tornavam a 
poesia e o eu-lírico divididos por valores opostos – 
igreja x mundo, homem x deus, razão x fé, pecado x 
santidade.
Princípios e estética barroca 
Conceptismo é o nome dado à tendência de utilizar 
a linguagem com fins de argumentar e convencer o 
outro com base na lógica. 
Cultismo é a tendência a usar do jogo de 
palavras e ideias além da linguagem rebuscada 
(complexa) para valorizar a produção literária.
Autores e obras de referência 
Bento Teixeira, segundo registros canônicos, é o 
inaugurador da tendência barroca no Brasil. Sua 
Prosopopeia é uma epopeia de louvor ao governador da 
Capitania de Pernambuco, Jorge d’Albuquerque Coelho. 
A obra, apesar de canônica, é considerada de baixa 
qualidade e sem muita relevância por críticos literários 
como Sílvio Romero, embora consiga fazer soar os ecos 
do Barroco. Ver mais 
Botelho de Oliveira também é incluído na lista, apesar 
de sua obra (Música do Parnaso) ter herdado muitas 
características e tendências renascentistas. Apresenta, no 
entanto, alguns sinais de conceptismo e cultismo que 
seriam acentuados em obras posteriores, como as de 
Gregório de Matos.
Autores e obras de referência 
Pe. Antonio Vieira é conhecido por seus sermões 
da Sexagésima, da quinta Dominga de Quaresma e 
do Bom-Ladrão, ricos em figuras de linguagem, 
estilo e pensamento (antíteses, paradoxos, 
hipérboles, ironias, alegorias etc). Em seus sermões, 
Vieira tratava não apenas de questões religiosas, mas 
também de questões seculares.
Autores e obras de referência 
Com uma vasta produção de poemas dos mais 
variados temas, sobretudo lírico-amorosos, sacros, 
satíricos e pornográficos, o Gregório de Matos é 
o representante-mor desse período literário no 
Brasil. Tendo como pano de fundo a cidade da Bahia, 
Gregório de Matos desconstruia e descrevia, com 
uma linguagem única, ações, pessoas e situações 
pitorescas. Dos mulatos vadios aos governantes, suas 
críticas ácidas não deixavam ninguém passar em 
branco. Não chegou a publicar nenhuma obra, mas 
os poemas seus foram reunidos postumamente.
Bibliografia Básica 
Enciclopédia Itaú Cultural. Barroco. Disponível em: 
<http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedi 
a_lit/index.cfm?fuseaction=definicoes_texto&cd_verbete= 
12158&cd_item=237&cd_produto=84>. Acesso em 19 fev. 
2014. 
BOSI, Alfredo. História concisa da literatura 
brasileira. São Paulo: Cultrix, 2006. 
CANDIDO, Antonio. O Romantismo no Brasil. São 
Paulo: Humanitas, 2004.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O barroco no brasil
O barroco no brasilO barroco no brasil
O barroco no brasil
carvalho31
 
Barroco em Portugal
Barroco em PortugalBarroco em Portugal
Barroco em Portugal
Francisco
 
Literatura - Barroco
Literatura - BarrocoLiteratura - Barroco
Literatura - Barroco
CrisBiagio
 
Barroco no Brasil - atividade hipermidiática - Plano de Aula
Barroco no Brasil - atividade hipermidiática - Plano de AulaBarroco no Brasil - atividade hipermidiática - Plano de Aula
Barroco no Brasil - atividade hipermidiática - Plano de Aula
Bibiana Souza
 
Barroco aula de literatura
Barroco   aula de literaturaBarroco   aula de literatura
Barroco aula de literatura
CrisBiagio
 

Mais procurados (20)

O barroco no brasil
O barroco no brasilO barroco no brasil
O barroco no brasil
 
Barroco 1 ano
Barroco 1 anoBarroco 1 ano
Barroco 1 ano
 
Literatura barroca
Literatura barrocaLiteratura barroca
Literatura barroca
 
Barroco no brasil
Barroco no brasil Barroco no brasil
Barroco no brasil
 
Barroco em Portugal
Barroco em PortugalBarroco em Portugal
Barroco em Portugal
 
Movimento Literário Barroco do 1º ANO D
Movimento Literário Barroco do 1º ANO DMovimento Literário Barroco do 1º ANO D
Movimento Literário Barroco do 1º ANO D
 
Barroco nota de aula -
Barroco nota de aula    - Barroco nota de aula    -
Barroco nota de aula -
 
Barroco
BarrocoBarroco
Barroco
 
Literatura - Barroco
Literatura - BarrocoLiteratura - Barroco
Literatura - Barroco
 
Aula barroco 1ano
Aula barroco 1anoAula barroco 1ano
Aula barroco 1ano
 
Barroco - Literatura.
Barroco - Literatura.Barroco - Literatura.
Barroco - Literatura.
 
O Barroco No Brasil
O Barroco No BrasilO Barroco No Brasil
O Barroco No Brasil
 
Barroco
BarrocoBarroco
Barroco
 
Barroco no Brasil - atividade hipermidiática - Plano de Aula
Barroco no Brasil - atividade hipermidiática - Plano de AulaBarroco no Brasil - atividade hipermidiática - Plano de Aula
Barroco no Brasil - atividade hipermidiática - Plano de Aula
 
Barroco
Barroco   Barroco
Barroco
 
Barroco
BarrocoBarroco
Barroco
 
O Barroco no Brasil, Parte 1
O Barroco no Brasil,  Parte 1O Barroco no Brasil,  Parte 1
O Barroco no Brasil, Parte 1
 
Literatura slides
Literatura  slidesLiteratura  slides
Literatura slides
 
Barroco aula de literatura
Barroco   aula de literaturaBarroco   aula de literatura
Barroco aula de literatura
 
Barroco | Literatura | Profª Luciana Tavares
Barroco | Literatura | Profª Luciana TavaresBarroco | Literatura | Profª Luciana Tavares
Barroco | Literatura | Profª Luciana Tavares
 

Semelhante a Barroco no brasil

13650916 literatura-aula-05-barroco-em-portugal-e-literatura-informativa
13650916 literatura-aula-05-barroco-em-portugal-e-literatura-informativa13650916 literatura-aula-05-barroco-em-portugal-e-literatura-informativa
13650916 literatura-aula-05-barroco-em-portugal-e-literatura-informativa
Alecio Marcelo Vaz Vaz
 
Barroco e-arcadismo-no-brasil
Barroco e-arcadismo-no-brasilBarroco e-arcadismo-no-brasil
Barroco e-arcadismo-no-brasil
joelson1
 
Barroco & Rococó
Barroco & Rococó Barroco & Rococó
Barroco & Rococó
carlosbidu
 
Características do barroco
Características do barrocoCaracterísticas do barroco
Características do barroco
Wesley Henrique
 
Barroco contexto e caract
Barroco   contexto e caractBarroco   contexto e caract
Barroco contexto e caract
Helena Coutinho
 

Semelhante a Barroco no brasil (20)

Barroco no brasil
Barroco no brasilBarroco no brasil
Barroco no brasil
 
Aula 05 barroco em portugal e literatura informativa
Aula 05   barroco em portugal e literatura informativaAula 05   barroco em portugal e literatura informativa
Aula 05 barroco em portugal e literatura informativa
 
Barroco
Barroco Barroco
Barroco
 
obarroco-121120033949-phpapp01.pdf
obarroco-121120033949-phpapp01.pdfobarroco-121120033949-phpapp01.pdf
obarroco-121120033949-phpapp01.pdf
 
O BARROCO.pptx
O BARROCO.pptxO BARROCO.pptx
O BARROCO.pptx
 
13650916 literatura-aula-05-barroco-em-portugal-e-literatura-informativa
13650916 literatura-aula-05-barroco-em-portugal-e-literatura-informativa13650916 literatura-aula-05-barroco-em-portugal-e-literatura-informativa
13650916 literatura-aula-05-barroco-em-portugal-e-literatura-informativa
 
O barroco
O barrocoO barroco
O barroco
 
A Religiosidade e a Cultura do Barroco
A Religiosidade e a Cultura do BarrocoA Religiosidade e a Cultura do Barroco
A Religiosidade e a Cultura do Barroco
 
Arte e cultura
Arte e culturaArte e cultura
Arte e cultura
 
literatura-barroco1-101103152934-phpapp01.pdf
literatura-barroco1-101103152934-phpapp01.pdfliteratura-barroco1-101103152934-phpapp01.pdf
literatura-barroco1-101103152934-phpapp01.pdf
 
Barroco
BarrocoBarroco
Barroco
 
Barroco e-arcadismo-no-brasil
Barroco e-arcadismo-no-brasilBarroco e-arcadismo-no-brasil
Barroco e-arcadismo-no-brasil
 
Barroco & Rococó
Barroco & Rococó Barroco & Rococó
Barroco & Rococó
 
Barroco em Pernambuco
Barroco em PernambucoBarroco em Pernambuco
Barroco em Pernambuco
 
Seminário Barroco
Seminário BarrocoSeminário Barroco
Seminário Barroco
 
Barroco
BarrocoBarroco
Barroco
 
Barroco
BarrocoBarroco
Barroco
 
Características do barroco
Características do barrocoCaracterísticas do barroco
Características do barroco
 
Barroco contexto e caract
Barroco   contexto e caractBarroco   contexto e caract
Barroco contexto e caract
 
Sermão da sexagésima (slides)
Sermão da sexagésima (slides)Sermão da sexagésima (slides)
Sermão da sexagésima (slides)
 

Mais de Miquéias Vitorino

Mais de Miquéias Vitorino (20)

A redação do enem hoje
A redação do enem hojeA redação do enem hoje
A redação do enem hoje
 
Relações lexicais e coesão textual
Relações lexicais e coesão textualRelações lexicais e coesão textual
Relações lexicais e coesão textual
 
Argumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enemArgumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enem
 
Paráfrase
ParáfraseParáfrase
Paráfrase
 
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementosBreve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
 
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
 
Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...
Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...
Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...
 
Principais obras e autores do modernismo
Principais obras e autores do modernismoPrincipais obras e autores do modernismo
Principais obras e autores do modernismo
 
Quinhentismo no brasil
Quinhentismo no brasilQuinhentismo no brasil
Quinhentismo no brasil
 
Modernismo no brasil
Modernismo no brasilModernismo no brasil
Modernismo no brasil
 
Modernismo fases
Modernismo fasesModernismo fases
Modernismo fases
 
Arcadismo no brasil
Arcadismo no brasilArcadismo no brasil
Arcadismo no brasil
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 
Arcadismo no brasil
Arcadismo no brasilArcadismo no brasil
Arcadismo no brasil
 
Arcadismo no brasil
Arcadismo no brasilArcadismo no brasil
Arcadismo no brasil
 
Algumas dicas básicas para a redação do enem
Algumas dicas básicas para a redação do enemAlgumas dicas básicas para a redação do enem
Algumas dicas básicas para a redação do enem
 
Conceitos básicos em análise semântica
Conceitos básicos em análise semânticaConceitos básicos em análise semântica
Conceitos básicos em análise semântica
 
Anáfora, contexto e coesão textual
Anáfora, contexto e coesão textualAnáfora, contexto e coesão textual
Anáfora, contexto e coesão textual
 
Compreendendo a proposta e planejando a redação
Compreendendo a proposta e planejando a redaçãoCompreendendo a proposta e planejando a redação
Compreendendo a proposta e planejando a redação
 

Último

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 

Último (20)

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 

Barroco no brasil

  • 1. Barroco no Brasil: contexto de produção, estética e valores MS. MIQUÉIAS VITORINO
  • 2. Contexto histórico Momento de tensão na Europa entre a reforma e contrarreforma (catolicismo x protestantismo) Na América Latina, os Jesuítas ibéricos investiam na evangelização e doutrina de colonos e índios, imprimindo , simultaneamente, valores de fé e culturais. As pessoas, então, temiam o tribunal de inquisição, destinado aos hereges e protestantes. No Brasil, o modo de produção era voltado para a cana-de-açúcar no nordeste, tornando a Bahia (hoje Salvador) o principal centro econômico.
  • 3. Princípios e estética barroca O Barroco promove um eu-lírico dividido, tenso e inconstante. Luís de Góngora (espanhol) e Gianbattista Marini (italiano) eram nomes fortes do barroco europeu e que tiveram impacto sobre a produção literária da época. O dualismo era presente na poesia, principalmente no jogo de palavras e ideias que tornavam a poesia e o eu-lírico divididos por valores opostos – igreja x mundo, homem x deus, razão x fé, pecado x santidade.
  • 4. Princípios e estética barroca Conceptismo é o nome dado à tendência de utilizar a linguagem com fins de argumentar e convencer o outro com base na lógica. Cultismo é a tendência a usar do jogo de palavras e ideias além da linguagem rebuscada (complexa) para valorizar a produção literária.
  • 5. Autores e obras de referência Bento Teixeira, segundo registros canônicos, é o inaugurador da tendência barroca no Brasil. Sua Prosopopeia é uma epopeia de louvor ao governador da Capitania de Pernambuco, Jorge d’Albuquerque Coelho. A obra, apesar de canônica, é considerada de baixa qualidade e sem muita relevância por críticos literários como Sílvio Romero, embora consiga fazer soar os ecos do Barroco. Ver mais Botelho de Oliveira também é incluído na lista, apesar de sua obra (Música do Parnaso) ter herdado muitas características e tendências renascentistas. Apresenta, no entanto, alguns sinais de conceptismo e cultismo que seriam acentuados em obras posteriores, como as de Gregório de Matos.
  • 6. Autores e obras de referência Pe. Antonio Vieira é conhecido por seus sermões da Sexagésima, da quinta Dominga de Quaresma e do Bom-Ladrão, ricos em figuras de linguagem, estilo e pensamento (antíteses, paradoxos, hipérboles, ironias, alegorias etc). Em seus sermões, Vieira tratava não apenas de questões religiosas, mas também de questões seculares.
  • 7. Autores e obras de referência Com uma vasta produção de poemas dos mais variados temas, sobretudo lírico-amorosos, sacros, satíricos e pornográficos, o Gregório de Matos é o representante-mor desse período literário no Brasil. Tendo como pano de fundo a cidade da Bahia, Gregório de Matos desconstruia e descrevia, com uma linguagem única, ações, pessoas e situações pitorescas. Dos mulatos vadios aos governantes, suas críticas ácidas não deixavam ninguém passar em branco. Não chegou a publicar nenhuma obra, mas os poemas seus foram reunidos postumamente.
  • 8. Bibliografia Básica Enciclopédia Itaú Cultural. Barroco. Disponível em: <http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedi a_lit/index.cfm?fuseaction=definicoes_texto&cd_verbete= 12158&cd_item=237&cd_produto=84>. Acesso em 19 fev. 2014. BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix, 2006. CANDIDO, Antonio. O Romantismo no Brasil. São Paulo: Humanitas, 2004.