SlideShare uma empresa Scribd logo
Karl Marx
Professorleosilva.blogspot.com
SOCIOLOGIA
 Feudalismo:
• Vida rural.
• Economia de subsistência.
• Sociedade estamental.
• Fragmentação política.
• Monopólio cultural católico.
 Crise do feudalismo.
HISTÓRIA DO CAPITALISMO
SOCIOLOGIA
 Cruzadas:
• 1096 (Papa Urbano II).
• Participantes.
• Comércio Ocidente (“atrasado”) X Oriente
(“moderno”).
• Feiras medievais (volta do dinheiro).
• Renascimento comercial.
ORIGENS DO CAPITALISMO
SOCIOLOGIA
 Burgos e cidades:
• Renascimento Urbano.
• Nova classe (Burguesia).
 Surgimento do Estado:
• Rei + burguesia (centralização política).
• Desenvolvimento burguês (proteção do
comércio, grandes navegações,
Revolução Industrial).
• A burguesia perde apoio real.
ORIGENS DO CAPITALISMO
SOCIOLOGIA
 Iluminismo:
• Projeto burguês.
• Racionalismo.
• Liberalismo (político/ econômico/ religioso).
• Consequências (Rev. Inglesa/ Rev.
Francesa/ Rev. EUA).
ORIGENS DO CAPITALISMO
SOCIOLOGIA
SOCIOLOGIA
O modo de produção que se caracteriza pela
relação entre trabalho assalariado e capital é
definido como modo de produção:
a)Asiático.
b)Camponês.
c)Mercantilista.
d)Capitalista.
e)Socialista.
SOCIOLOGIA
O modo de produção que se caracteriza pela
relação entre trabalho assalariado e capital é
definido como modo de produção:
a)Asiático.
b)Camponês.
c)Mercantilista.
d)Capitalista.
e)Socialista.
SOCIOLOGIA
 Biografia:
• Alemão.
• Família burguesa.
• Friedrich Engels.
• Grande influência no século XX.
• Principais obras (Manifesto do Partido
Comunista e O capital).
KARL MARX
SOCIOLOGIA
 Hegel:
• Dialética (totalidade/ contradição).
• Idealismo (contra).
 Socialismo utópico.
 Materialismo.
AS INFLUÊNCIAS DE MARX
ESQUEMA DA DIALÉTICA DE HEGEL
Tese Antítese
Síntese Tese Antítese
Síntese Tese Antítese
Síntese
SOCIOLOGIA
 Hegel:
• Dialética (totalidade/ contradição).
• Idealismo (contra).
 Socialismo utópico.
 Materialismo.
AS INFLUÊNCIAS DE MARX
SOCIOLOGIA
 Características:
• O material (modo de produção) define o
ser humano.
• Dialética (Opressores X oprimidos).
• “A luta de classes é o motor da História”.
MATERIALISMO HISTÓRICO DIALÉTICO
SOCIOLOGIA
 Infraestrutura:
• Base da sociedade (economia).
 Superestrutura:
• Composto por crenças, religião, filosofia,
Estado, politica, tradições.
INFRAESTRUTURA E SUPERESTRUTURA
INFRAESTRUTURA SUPERESTRUTURA
SOCIOLOGIA
MATERIALISMO HISTÓRICO DIALÉTICO
Social
Política
Jurídica
Modo
de
Produção
Religiosa
Ideologia
SOCIOLOGIA
SOCIOLOGIA
O comunismo rondava a Europa. Em meados do
século XIX, o Manifesto Comunista é publicado. As
lutas entre as forças conservadoras da nobreza e do
clero contra a burguesia se acirram. Aumenta
também a tensão entre liberais e socialistas. É neste
contexto que Karl Marx ganha força com seu
a)espiritualismo histórico dialético.
b)materialismo histórico dialético.
c)positivismo histórico dialético.
d)criticismo histórico dialético.
SOCIOLOGIA
O comunismo rondava a Europa. Em meados do
século XIX, o Manifesto Comunista é publicado. As
lutas entre as forças conservadoras da nobreza e do
clero contra a burguesia se acirram. Aumenta
também a tensão entre liberais e socialistas. É neste
contexto que Karl Marx ganha força com seu
a)espiritualismo histórico dialético.
b)materialismo histórico dialético.
c)positivismo histórico dialético.
d)criticismo histórico dialético.
SOCIOLOGIA
 Definição:
• Forma hegemônica de se produzir dentro
de uma sociedade em determinado
período.
MODO DE PRODUÇÃO
Forças
Produtivas
Instrumentos
de trabalho
Força de trabalho
Objeto de trabalho
Meios de
Produção
Produçãohumana
SOCIOLOGIA
 Caracterização dos modos de produção:
• Igualitário (Meios de Produção pertencem
a todos).
• Desigual (Meios de Produção pertencem a
particulares).
 Modos de Produção segundo Marx:
• Comunismo Primitivo.
• Asiático.
• Escravista.
• Feudal.
• Capitalista.
• Socialista.
MODO DE PRODUÇÃO
D M D’
Dinheiro -----> Mercadoria -----> + Dinheiro
SOCIOLOGIA
 Formula do capital:
CAPITAL
 Mais-valia:
• Diferença entre o valor produzido pelo
trabalho e o salário pago ao trabalhador.
SOCIOLOGIA
CONSEQUÊNCIAS DAS RELAÇÕES SOCIAIS
DE PRODUÇÃO
 Fetiche:
• Quando a mercadoria parece adquirir valor em si
mesma.
 Alienação:
• Distanciamento ou perda de algo. “Homem-
mercadoria” (não se pertence mais). Perda de
conhecimento (linha de produção).
 Reificação (“coisificação”):
• O homem se torna um “apêndice vivo” da
máquina.
 Exército de reserva:
• Massa de desempregados (que força o salário p/
baixo).
SOCIOLOGIA
 Surgimento do termo ideologia:
IDEOLOGIA
Desttut de tracy
Seres vivos + Meio ambiente = ideias
 Definição:
• Aquilo que desvia a atenção da realidade.
• A ideologia muda conforme o modo de
produção.
 Ideologia capitalista:
• Ordem, troca, propriedade privada,
esforço.
• Difusão da ideologia = escolas, igrejas,
associações, mídia.
SOCIOLOGIA
HEGEMONIA
 Definição:
• Conjunto de duas coisas operando ao
mesmo tempo: coerção e consenso.
 Divulgação:
• Mídia.
 Intelectual orgânico:
• Intelectuais “espontâneos” que defendem
a classe dominante.
 Contra-hegemonia:
• Resposta da classe dominada usando as
mesmas “armas”.
Antônio
Gramsci
SOCIOLOGIA
SOCIOLOGIA
“Os proletários nada têm a perder com ela [a
revolução], a não ser as próprias cadeias. E têm um
mundo a ganhar. Proletários de todo os países, uni-
vos.”
Karl Marx e Friedrich Engels
Neste trecho do Manifesto Comunista escrito há 150
anos, estão expressos alguns dos fundamentos do
socialismo científico, cujos princípios são:
a) internacionalismo e dialética idealista.
b) ditadura do proletariado e organização dos
Sovietes.
c) corporativismo e materialismo dialético.
d) comunismo e nacional-socialismo.
e) materialismo histórico e luta de classes.
SOCIOLOGIA
“Os proletários nada têm a perder com ela [a
revolução], a não ser as próprias cadeias. E têm um
mundo a ganhar. Proletários de todo os países, uni-
vos.”
Karl Marx e Friedrich Engels
Neste trecho do Manifesto Comunista escrito há 150
anos, estão expressos alguns dos fundamentos do
socialismo científico, cujos princípios são:
a) internacionalismo e dialética idealista.
b) ditadura do proletariado e organização dos
Sovietes.
c) corporativismo e materialismo dialético.
d) comunismo e nacional-socialismo.
e) materialismo histórico e luta de classes.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introduçao a sociologia
Introduçao a sociologiaIntroduçao a sociologia
Introduçao a sociologia
Marcelo Freitas
 
A Sociedade Capitalista e as Classes Sociais
A Sociedade Capitalista e as Classes SociaisA Sociedade Capitalista e as Classes Sociais
A Sociedade Capitalista e as Classes Sociais
Joemille Leal
 
Introdução à Sociologia
Introdução à SociologiaIntrodução à Sociologia
Introdução à Sociologia
Alison Nunes
 
Clássicos da sociologia
Clássicos da sociologiaClássicos da sociologia
Clássicos da sociologia
Luciano Carvalho
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max Weber
Alison Nunes
 
Relações de poder
Relações de poderRelações de poder
Relações de poder
José Amaral
 
Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
Sociologia - Relações Sociais
Sociologia - Relações SociaisSociologia - Relações Sociais
Sociologia - Relações Sociais
Paulo Alexandre
 
Karl Marx. Aula de Sociologia
Karl Marx. Aula de SociologiaKarl Marx. Aula de Sociologia
Karl Marx. Aula de Sociologia
Josias Vitor
 
Poder, Política e Estado.
Poder, Política e Estado.Poder, Política e Estado.
Poder, Política e Estado.
Paula Raphaela
 
Teoria Marxista
Teoria MarxistaTeoria Marxista
Teoria Marxista
Isabella Silva
 
O trabalho em nossa vida.
O trabalho em nossa vida.O trabalho em nossa vida.
O trabalho em nossa vida.
Italo Colares
 
O surgimento de uma ciência da sociedade
O surgimento de uma ciência da sociedadeO surgimento de uma ciência da sociedade
O surgimento de uma ciência da sociedade
Paula Meyer Piagentini
 
Escola de Frankfurt - Indústria Cultural
Escola de  Frankfurt - Indústria CulturalEscola de  Frankfurt - Indústria Cultural
Escola de Frankfurt - Indústria Cultural
Juliana Corvino de Araújo
 
O que é Sociologia?
O que é Sociologia? O que é Sociologia?
O que é Sociologia?
Paula Meyer Piagentini
 
Sobre viver em sociedade
Sobre viver em sociedadeSobre viver em sociedade
Sobre viver em sociedade
Mara Salvucci
 
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
Nábila Quennet
 
Surgimento da Sociologia
Surgimento da SociologiaSurgimento da Sociologia
Surgimento da Sociologia
roberto mosca junior
 
Definições de cultura / Etnocentrismo e Identidade Cultural
Definições de cultura / Etnocentrismo e Identidade CulturalDefinições de cultura / Etnocentrismo e Identidade Cultural
Definições de cultura / Etnocentrismo e Identidade Cultural
Paula Meyer Piagentini
 
Estratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade SocialEstratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade Social
Vitor Vieira Vasconcelos
 

Mais procurados (20)

Introduçao a sociologia
Introduçao a sociologiaIntroduçao a sociologia
Introduçao a sociologia
 
A Sociedade Capitalista e as Classes Sociais
A Sociedade Capitalista e as Classes SociaisA Sociedade Capitalista e as Classes Sociais
A Sociedade Capitalista e as Classes Sociais
 
Introdução à Sociologia
Introdução à SociologiaIntrodução à Sociologia
Introdução à Sociologia
 
Clássicos da sociologia
Clássicos da sociologiaClássicos da sociologia
Clássicos da sociologia
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max Weber
 
Relações de poder
Relações de poderRelações de poder
Relações de poder
 
Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
Karl Marx
 
Sociologia - Relações Sociais
Sociologia - Relações SociaisSociologia - Relações Sociais
Sociologia - Relações Sociais
 
Karl Marx. Aula de Sociologia
Karl Marx. Aula de SociologiaKarl Marx. Aula de Sociologia
Karl Marx. Aula de Sociologia
 
Poder, Política e Estado.
Poder, Política e Estado.Poder, Política e Estado.
Poder, Política e Estado.
 
Teoria Marxista
Teoria MarxistaTeoria Marxista
Teoria Marxista
 
O trabalho em nossa vida.
O trabalho em nossa vida.O trabalho em nossa vida.
O trabalho em nossa vida.
 
O surgimento de uma ciência da sociedade
O surgimento de uma ciência da sociedadeO surgimento de uma ciência da sociedade
O surgimento de uma ciência da sociedade
 
Escola de Frankfurt - Indústria Cultural
Escola de  Frankfurt - Indústria CulturalEscola de  Frankfurt - Indústria Cultural
Escola de Frankfurt - Indústria Cultural
 
O que é Sociologia?
O que é Sociologia? O que é Sociologia?
O que é Sociologia?
 
Sobre viver em sociedade
Sobre viver em sociedadeSobre viver em sociedade
Sobre viver em sociedade
 
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
TEORIA CONTRATUALISTA SEGUNDO Rosseau,Hobbes, Locke.
 
Surgimento da Sociologia
Surgimento da SociologiaSurgimento da Sociologia
Surgimento da Sociologia
 
Definições de cultura / Etnocentrismo e Identidade Cultural
Definições de cultura / Etnocentrismo e Identidade CulturalDefinições de cultura / Etnocentrismo e Identidade Cultural
Definições de cultura / Etnocentrismo e Identidade Cultural
 
Estratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade SocialEstratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade Social
 

Destaque

Modos de produção
Modos de produçãoModos de produção
Modos de produção
Marcela Marangon Ribeiro
 
Karl marx slides
Karl marx slidesKarl marx slides
Karl marx slides
Tiago de Melo
 
Conceitos de Karl Marx
Conceitos de Karl MarxConceitos de Karl Marx
Conceitos de Karl Marx
João Marcelo
 
Os Clássicos da Sociologia - Karl Marx
Os Clássicos da Sociologia - Karl MarxOs Clássicos da Sociologia - Karl Marx
Os Clássicos da Sociologia - Karl Marx
Isaquel Silva
 
Sociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino MédioSociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino Médio
Matheus Rodrigues
 
Karl marx sociologia
Karl marx   sociologiaKarl marx   sociologia
Karl marx sociologia
Samara Mattos
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
Fatima Freitas
 
Karl Marx e suas teorias
Karl Marx e suas teoriasKarl Marx e suas teorias
Karl Marx e suas teorias
Rafaela Alves
 
Introdução a filosofia de marx sergio lessa e ivo tonet
Introdução a filosofia de  marx        sergio lessa e ivo tonetIntrodução a filosofia de  marx        sergio lessa e ivo tonet
Introdução a filosofia de marx sergio lessa e ivo tonet
Marcos Silvabh
 
O método dialético como possível metodologia para o Ensino Médio
O método dialético como possível metodologia para o Ensino MédioO método dialético como possível metodologia para o Ensino Médio
O método dialético como possível metodologia para o Ensino Médio
Viviane Silveira Batista
 
Aulão de Filosofia (2015)
Aulão de Filosofia (2015)Aulão de Filosofia (2015)
Aulão de Filosofia (2015)
professorleo1989
 
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo ClássicoParte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
vallmachado
 
Parte III - Resgate da Centralidade do Trabalho
Parte III - Resgate da Centralidade do TrabalhoParte III - Resgate da Centralidade do Trabalho
Parte III - Resgate da Centralidade do Trabalho
vallmachado
 
Dialética Marxista SóqueNão
Dialética Marxista SóqueNãoDialética Marxista SóqueNão
Dialética Marxista SóqueNão
Juuh Rodrigues
 
Émile durkheim
Émile durkheimÉmile durkheim
Émile durkheim
professorleo1989
 
6 idealismo dialetico hegel slide
6 idealismo dialetico hegel slide6 idealismo dialetico hegel slide
6 idealismo dialetico hegel slide
Erica Frau
 
weber
 weber  weber
weber
Matias Silva
 
Dialética
DialéticaDialética
Dialética
Lucila Pesce
 
Aula 7 e 8 max weber
Aula 7 e 8   max weberAula 7 e 8   max weber
Aula 7 e 8 max weber
professorleo1989
 
Karl marx e as classes sociais
Karl marx e as classes sociaisKarl marx e as classes sociais
Karl marx e as classes sociais
Italo Colares
 

Destaque (20)

Modos de produção
Modos de produçãoModos de produção
Modos de produção
 
Karl marx slides
Karl marx slidesKarl marx slides
Karl marx slides
 
Conceitos de Karl Marx
Conceitos de Karl MarxConceitos de Karl Marx
Conceitos de Karl Marx
 
Os Clássicos da Sociologia - Karl Marx
Os Clássicos da Sociologia - Karl MarxOs Clássicos da Sociologia - Karl Marx
Os Clássicos da Sociologia - Karl Marx
 
Sociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino MédioSociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino Médio
 
Karl marx sociologia
Karl marx   sociologiaKarl marx   sociologia
Karl marx sociologia
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
 
Karl Marx e suas teorias
Karl Marx e suas teoriasKarl Marx e suas teorias
Karl Marx e suas teorias
 
Introdução a filosofia de marx sergio lessa e ivo tonet
Introdução a filosofia de  marx        sergio lessa e ivo tonetIntrodução a filosofia de  marx        sergio lessa e ivo tonet
Introdução a filosofia de marx sergio lessa e ivo tonet
 
O método dialético como possível metodologia para o Ensino Médio
O método dialético como possível metodologia para o Ensino MédioO método dialético como possível metodologia para o Ensino Médio
O método dialético como possível metodologia para o Ensino Médio
 
Aulão de Filosofia (2015)
Aulão de Filosofia (2015)Aulão de Filosofia (2015)
Aulão de Filosofia (2015)
 
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo ClássicoParte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
 
Parte III - Resgate da Centralidade do Trabalho
Parte III - Resgate da Centralidade do TrabalhoParte III - Resgate da Centralidade do Trabalho
Parte III - Resgate da Centralidade do Trabalho
 
Dialética Marxista SóqueNão
Dialética Marxista SóqueNãoDialética Marxista SóqueNão
Dialética Marxista SóqueNão
 
Émile durkheim
Émile durkheimÉmile durkheim
Émile durkheim
 
6 idealismo dialetico hegel slide
6 idealismo dialetico hegel slide6 idealismo dialetico hegel slide
6 idealismo dialetico hegel slide
 
weber
 weber  weber
weber
 
Dialética
DialéticaDialética
Dialética
 
Aula 7 e 8 max weber
Aula 7 e 8   max weberAula 7 e 8   max weber
Aula 7 e 8 max weber
 
Karl marx e as classes sociais
Karl marx e as classes sociaisKarl marx e as classes sociais
Karl marx e as classes sociais
 

Semelhante a Aula 9 e 10 karl marx

Doutrinas sociais do séc xix
Doutrinas  sociais do séc xix Doutrinas  sociais do séc xix
Doutrinas sociais do séc xix
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Ideias sociais e políticas do Século XIX
Ideias sociais  e políticas do Século XIXIdeias sociais  e políticas do Século XIX
Ideias sociais e políticas do Século XIX
lourenco_comcedilha
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
e neto
 
Doutrinas sociais do século XIX
Doutrinas sociais do século XIXDoutrinas sociais do século XIX
Doutrinas sociais do século XIX
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Política marxista
Política marxistaPolítica marxista
Política marxista
Victor Said
 
As teorias socialistas
As teorias socialistasAs teorias socialistas
As teorias socialistas
Alan
 
As teorias socialistas 1
As teorias socialistas 1As teorias socialistas 1
As teorias socialistas 1
Alan
 
Sociologia apresentacao
Sociologia apresentacaoSociologia apresentacao
Sociologia apresentacao
1980261531
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
fernandacarolinestang
 
Ideologias do século XIX
Ideologias do século XIXIdeologias do século XIX
Materialismo histórico
Materialismo histórico Materialismo histórico
Materialismo histórico
Colégio Nova Geração COC
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Vagner Roberto
 
Trabalho de Filosofia - Karl Marx
Trabalho de Filosofia - Karl MarxTrabalho de Filosofia - Karl Marx
Trabalho de Filosofia - Karl Marx
Brenna Tainá
 
Aula Karl Marx
Aula Karl MarxAula Karl Marx
Economia e Mercado - Socialismo Científico ou Marxista
Economia e Mercado - Socialismo Científico ou Marxista Economia e Mercado - Socialismo Científico ou Marxista
Economia e Mercado - Socialismo Científico ou Marxista
Bolivar Motta
 
TC - Escola de Frankfurt
TC - Escola de FrankfurtTC - Escola de Frankfurt
TC - Escola de Frankfurt
UNIP. Universidade Paulista
 
Novas Doutrinas Sociais - século XIX
Novas Doutrinas Sociais - século XIXNovas Doutrinas Sociais - século XIX
Novas Doutrinas Sociais - século XIX
Andre Luiz
 
Socialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismoSocialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismo
ProfessoresColeguium
 
Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Aula 1 - Relações sociais e identidade.pdf
Aula 1 - Relações sociais e identidade.pdfAula 1 - Relações sociais e identidade.pdf
Aula 1 - Relações sociais e identidade.pdf
Katia Hartmann
 

Semelhante a Aula 9 e 10 karl marx (20)

Doutrinas sociais do séc xix
Doutrinas  sociais do séc xix Doutrinas  sociais do séc xix
Doutrinas sociais do séc xix
 
Ideias sociais e políticas do Século XIX
Ideias sociais  e políticas do Século XIXIdeias sociais  e políticas do Século XIX
Ideias sociais e políticas do Século XIX
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
 
Doutrinas sociais do século XIX
Doutrinas sociais do século XIXDoutrinas sociais do século XIX
Doutrinas sociais do século XIX
 
Política marxista
Política marxistaPolítica marxista
Política marxista
 
As teorias socialistas
As teorias socialistasAs teorias socialistas
As teorias socialistas
 
As teorias socialistas 1
As teorias socialistas 1As teorias socialistas 1
As teorias socialistas 1
 
Sociologia apresentacao
Sociologia apresentacaoSociologia apresentacao
Sociologia apresentacao
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 
Ideologias do século XIX
Ideologias do século XIXIdeologias do século XIX
Ideologias do século XIX
 
Materialismo histórico
Materialismo histórico Materialismo histórico
Materialismo histórico
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
 
Trabalho de Filosofia - Karl Marx
Trabalho de Filosofia - Karl MarxTrabalho de Filosofia - Karl Marx
Trabalho de Filosofia - Karl Marx
 
Aula Karl Marx
Aula Karl MarxAula Karl Marx
Aula Karl Marx
 
Economia e Mercado - Socialismo Científico ou Marxista
Economia e Mercado - Socialismo Científico ou Marxista Economia e Mercado - Socialismo Científico ou Marxista
Economia e Mercado - Socialismo Científico ou Marxista
 
TC - Escola de Frankfurt
TC - Escola de FrankfurtTC - Escola de Frankfurt
TC - Escola de Frankfurt
 
Novas Doutrinas Sociais - século XIX
Novas Doutrinas Sociais - século XIXNovas Doutrinas Sociais - século XIX
Novas Doutrinas Sociais - século XIX
 
Socialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismoSocialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismo
 
Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)
 
Aula 1 - Relações sociais e identidade.pdf
Aula 1 - Relações sociais e identidade.pdfAula 1 - Relações sociais e identidade.pdf
Aula 1 - Relações sociais e identidade.pdf
 

Último

Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 

Último (20)

Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 

Aula 9 e 10 karl marx

  • 2. SOCIOLOGIA  Feudalismo: • Vida rural. • Economia de subsistência. • Sociedade estamental. • Fragmentação política. • Monopólio cultural católico.  Crise do feudalismo. HISTÓRIA DO CAPITALISMO
  • 3. SOCIOLOGIA  Cruzadas: • 1096 (Papa Urbano II). • Participantes. • Comércio Ocidente (“atrasado”) X Oriente (“moderno”). • Feiras medievais (volta do dinheiro). • Renascimento comercial. ORIGENS DO CAPITALISMO
  • 4. SOCIOLOGIA  Burgos e cidades: • Renascimento Urbano. • Nova classe (Burguesia).  Surgimento do Estado: • Rei + burguesia (centralização política). • Desenvolvimento burguês (proteção do comércio, grandes navegações, Revolução Industrial). • A burguesia perde apoio real. ORIGENS DO CAPITALISMO
  • 5. SOCIOLOGIA  Iluminismo: • Projeto burguês. • Racionalismo. • Liberalismo (político/ econômico/ religioso). • Consequências (Rev. Inglesa/ Rev. Francesa/ Rev. EUA). ORIGENS DO CAPITALISMO
  • 7. SOCIOLOGIA O modo de produção que se caracteriza pela relação entre trabalho assalariado e capital é definido como modo de produção: a)Asiático. b)Camponês. c)Mercantilista. d)Capitalista. e)Socialista.
  • 8. SOCIOLOGIA O modo de produção que se caracteriza pela relação entre trabalho assalariado e capital é definido como modo de produção: a)Asiático. b)Camponês. c)Mercantilista. d)Capitalista. e)Socialista.
  • 9. SOCIOLOGIA  Biografia: • Alemão. • Família burguesa. • Friedrich Engels. • Grande influência no século XX. • Principais obras (Manifesto do Partido Comunista e O capital). KARL MARX
  • 10. SOCIOLOGIA  Hegel: • Dialética (totalidade/ contradição). • Idealismo (contra).  Socialismo utópico.  Materialismo. AS INFLUÊNCIAS DE MARX
  • 11. ESQUEMA DA DIALÉTICA DE HEGEL Tese Antítese Síntese Tese Antítese Síntese Tese Antítese Síntese
  • 12. SOCIOLOGIA  Hegel: • Dialética (totalidade/ contradição). • Idealismo (contra).  Socialismo utópico.  Materialismo. AS INFLUÊNCIAS DE MARX
  • 13. SOCIOLOGIA  Características: • O material (modo de produção) define o ser humano. • Dialética (Opressores X oprimidos). • “A luta de classes é o motor da História”. MATERIALISMO HISTÓRICO DIALÉTICO
  • 14. SOCIOLOGIA  Infraestrutura: • Base da sociedade (economia).  Superestrutura: • Composto por crenças, religião, filosofia, Estado, politica, tradições. INFRAESTRUTURA E SUPERESTRUTURA INFRAESTRUTURA SUPERESTRUTURA
  • 17. SOCIOLOGIA O comunismo rondava a Europa. Em meados do século XIX, o Manifesto Comunista é publicado. As lutas entre as forças conservadoras da nobreza e do clero contra a burguesia se acirram. Aumenta também a tensão entre liberais e socialistas. É neste contexto que Karl Marx ganha força com seu a)espiritualismo histórico dialético. b)materialismo histórico dialético. c)positivismo histórico dialético. d)criticismo histórico dialético.
  • 18. SOCIOLOGIA O comunismo rondava a Europa. Em meados do século XIX, o Manifesto Comunista é publicado. As lutas entre as forças conservadoras da nobreza e do clero contra a burguesia se acirram. Aumenta também a tensão entre liberais e socialistas. É neste contexto que Karl Marx ganha força com seu a)espiritualismo histórico dialético. b)materialismo histórico dialético. c)positivismo histórico dialético. d)criticismo histórico dialético.
  • 19. SOCIOLOGIA  Definição: • Forma hegemônica de se produzir dentro de uma sociedade em determinado período. MODO DE PRODUÇÃO Forças Produtivas Instrumentos de trabalho Força de trabalho Objeto de trabalho Meios de Produção Produçãohumana
  • 20. SOCIOLOGIA  Caracterização dos modos de produção: • Igualitário (Meios de Produção pertencem a todos). • Desigual (Meios de Produção pertencem a particulares).  Modos de Produção segundo Marx: • Comunismo Primitivo. • Asiático. • Escravista. • Feudal. • Capitalista. • Socialista. MODO DE PRODUÇÃO
  • 21. D M D’ Dinheiro -----> Mercadoria -----> + Dinheiro SOCIOLOGIA  Formula do capital: CAPITAL  Mais-valia: • Diferença entre o valor produzido pelo trabalho e o salário pago ao trabalhador.
  • 22. SOCIOLOGIA CONSEQUÊNCIAS DAS RELAÇÕES SOCIAIS DE PRODUÇÃO  Fetiche: • Quando a mercadoria parece adquirir valor em si mesma.  Alienação: • Distanciamento ou perda de algo. “Homem- mercadoria” (não se pertence mais). Perda de conhecimento (linha de produção).  Reificação (“coisificação”): • O homem se torna um “apêndice vivo” da máquina.  Exército de reserva: • Massa de desempregados (que força o salário p/ baixo).
  • 23. SOCIOLOGIA  Surgimento do termo ideologia: IDEOLOGIA Desttut de tracy Seres vivos + Meio ambiente = ideias  Definição: • Aquilo que desvia a atenção da realidade. • A ideologia muda conforme o modo de produção.  Ideologia capitalista: • Ordem, troca, propriedade privada, esforço. • Difusão da ideologia = escolas, igrejas, associações, mídia.
  • 24. SOCIOLOGIA HEGEMONIA  Definição: • Conjunto de duas coisas operando ao mesmo tempo: coerção e consenso.  Divulgação: • Mídia.  Intelectual orgânico: • Intelectuais “espontâneos” que defendem a classe dominante.  Contra-hegemonia: • Resposta da classe dominada usando as mesmas “armas”. Antônio Gramsci
  • 26. SOCIOLOGIA “Os proletários nada têm a perder com ela [a revolução], a não ser as próprias cadeias. E têm um mundo a ganhar. Proletários de todo os países, uni- vos.” Karl Marx e Friedrich Engels Neste trecho do Manifesto Comunista escrito há 150 anos, estão expressos alguns dos fundamentos do socialismo científico, cujos princípios são: a) internacionalismo e dialética idealista. b) ditadura do proletariado e organização dos Sovietes. c) corporativismo e materialismo dialético. d) comunismo e nacional-socialismo. e) materialismo histórico e luta de classes.
  • 27. SOCIOLOGIA “Os proletários nada têm a perder com ela [a revolução], a não ser as próprias cadeias. E têm um mundo a ganhar. Proletários de todo os países, uni- vos.” Karl Marx e Friedrich Engels Neste trecho do Manifesto Comunista escrito há 150 anos, estão expressos alguns dos fundamentos do socialismo científico, cujos princípios são: a) internacionalismo e dialética idealista. b) ditadura do proletariado e organização dos Sovietes. c) corporativismo e materialismo dialético. d) comunismo e nacional-socialismo. e) materialismo histórico e luta de classes.