SlideShare uma empresa Scribd logo
ARTE NO INÍCIO DA IDADE MODERNA
ARTE RENASCENTISTA
Formatação: Profa. Ana Beatriz Cargnin
RENASCIMENTO
• O termo Renascimento é comumente aplicado à civilização europeia que se
desenvolveu entre os séculos XIV e XV, época das grandes navegações.
• Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse período muitos
progressos e incontáveis realizações no campo das artes, da literatura e das
ciências, que superaram a herança clássica.
Retrato de Erasmo,
1523, por Hans
Holbein, o
Jovem (Frick
O homem
Vitruviano de Leonard
o da Vinci sintetiza o
ideário renascentista:
humanista e clássico.
Collection).
São características gerais da arte renascentista:
racionalidade;
rigor científico;
dignidade do ser humano;
ideal humanista;
resgate e revalorização das artes greco-romanas.
Michelangelo: David, 1504. Galleria
dell’Accademia
Botticelli: O nascimento
de Vênus, 1485. Uffizi
Alguns autores dividem o período renascentista em quatro períodos, indo
desde as suas primeiras aparições, paralelas ao estilo gótico do século XIII até
o século XVI, a saber:
Ambrogio
Lorenzetti: Alegoria
do Bom Governo,
Duocento - 1200 a 1299 (séc. XIII) Trecento – 1300 a 1399 (séc. XIV)
do Bom Governo,
c. 1328. Palazzo
Pubblico, Siena
Retrato de Luca
Pacioli com um
aluno, por Jacopo
de' Barbari
Quinquecento – 1500 a 1599 (séc. XVI)Quattrocento – 1400 a 1499 (séc. XV)
Rafael: Madonna
Cowper,
1504/1505. Nationa
l Gallery of
Art,Washington
ARQUITETURA
Arcos de Volta-Perfeita.
Simplicidade na construção.
A escultura e a pintura se desprendem da
arquitetura e passam a ser autônomas.
Construções; palácios, igrejas, vilas (casaConstruções; palácios, igrejas, vilas (casa
de descanso fora da cidade), fortalezas
(funções militares)
Michelangelo: A
cúpula de São
Pedro
Vignola: Palazzo
Farnese
Alberti: Fachada deSanta
Maria Novella
PINTURA
Perspectiva;
Uso do chiaroscuro (claro-escuro);
Realismo;
Inicia-se o uso da tela e da tinta à óleo;
Tornam-se manifestações independentes;Tornam-se manifestações independentes;
Surgimento de artistas com um estilo
pessoal. Leda e o
Cisne, cópia
de Cesare da
Sesto, pupilo
de Leonardo,
baseado no
original
perdido.
Rafael: A Escola de
Atenas, 1509. Vaticano
Piero della
Francesca:Fla
gelação de
Cristo,
1460. Galleria
Nazionale
delle Marche,
Urbino
ESCULTURA
Buscavam representar o homem tal como
ele é na realidade.
Proporção da figura mantendo a sua
relação com a realizada.
Profundidade e perspectiva.Profundidade e perspectiva.
Estudo do corpo e do caráter humano.
Verrocchio: S
ão Tomé e
Cristo, 1466-
83,
Orsanmichele
, Florença
Ghiberti: A
história de
José, painel
da Porta do
Paraíso,
Batistério de
São João
Michelangelo: Baco,Museu
del Bargello
Giambologna: O rapto da
sabina, 1581-82. Loggia
dei Lanzi, Florença
ARTÍSTAS RENASCENTISTAS
Sandro Botticelli
(1444-1510)
Os temas de seus quadros foram escolhidos segundo a possibilidade que lhe
proporcionavam de expressar seu ideal de beleza.
Botticelli (Autorretrato) Retrato de Dante Alighieri O Inferno de Dante
Sandro Botticelli (1444-1510)
Primavera, c. 1482. Uma das obras-primas de Botticelli.
Minerva e o Centauroc.
Vênus e Marte. Madeira. 1485 ca.
Minerva e o Centauroc.
1482Têmpera e óleo
sobre tela
ARTÍSTAS RENASCENTISTAS
Leonardo da
Vinci (1452-1519)
Ele dominou com sabedoria um jogo expressivo de luz e sombra, gerador de
uma atmosfera que parte da realidade, mas estimula a imaginação do
observador.
Salai, criado de Leonardo da
Vinci, como São João
Batista(c. 1514) — Louvre.
Estudos de embriões (1510–
1513) nos quais retrata imagens
impossíveis de se ver na época,
mas completamente atuais.
Modelos de máquinas
voadoras planejados por
Leonardo
Leonardo da
Vinci (1452-1519)
Foi possuidor de um espírito versátil que o tornou
capaz de pesquisar e realizar trabalhos em diversos
campos do conhecimento humano.
Mona Lisa (1503–1507 —
Louvre) é o retrato que mais
tem rendido, em termos de
literatura .
A Virgem e o Menino com Santa
Ana (1508) — Louvre.
Provável autorretrato de
Leonardo da Vinci, cerca
de 1512 a 1515.
ARTÍSTAS RENASCENTISTAS
Michelangelo
Buonarroti
(1475-1564)Entre 1508 e 1512 trabalhou na pintura do teto da Capela
Sistina, no Vaticano. Para essa capela, concebeu e realizou
grande número de cenas do Antigo Testamento.
Michelangelo: Pietà,
1499. Basílica de São
Pedro, Vaticano.
Maria e Jesus, detalhe
do Juízo Final, 1534–41.
Capela Sistina.
Michelangelo:Escravo
moribundo, 1513–1515.Museu
do Louvre, Paris.
Michelangelo Buonarroti (1475-1564)
Michelangelo: visão parcial do teto da Capela
Sistina
ARTÍSTAS RENASCENTISTAS
Lucas Cranach
(1472-1553)
Quando jovem, Cranach passou vários anos no sul da Alemanha e na Áustria,
onde descobriu a beleza do cenário montanhoso. Suas pinturas retratam cenas
bíblicas e mitológicas quase sempre com paisagens nórdicas ao fundo.
"Adão e Eva", quadro pintado
por Lucas, exposto no Instituto
Courtauld de Arte.
As três graças"Kreuzigung Christi" (Português:
"Crucificação de Cristo") de Lucas
Cranach, o Velho, 1503
Lucas Cranach (1472-1553)
Diana e Acteon
ARTÍSTAS RENASCENTISTAS
Hieronymus Bosch
(1450-1516)
Ficou conhecido por representar em seus trabalhos cenas de pecado e
tentação, recorrendo à utilização de figuras simbólicas complexas, originais,
imaginativas e caricaturais, muitas das quais eram obscuras mesmo no seu
tempo.
A Nau dos Insensatos A Tentação de Santo Antão A Morte e o
Avarento
Hieronymus Bosch (1450-1516)
O Jardim das Delicias (Museu do
Prado, Madrid)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
DeaaSouza
 
Arte do Renascimento
Arte do RenascimentoArte do Renascimento
Arte do Renascimento
Hca Faro
 
A Escultura Renascentista
A Escultura RenascentistaA Escultura Renascentista
A Escultura Renascentista
Susana Simões
 
Arte medieval
Arte medievalArte medieval
Arte medieval
Paulo Alexandre
 
Arte Egípcia
Arte Egípcia Arte Egípcia
Arte Egípcia
Andrea Dressler
 
Maneirismo
ManeirismoManeirismo
Maneirismo
Alexandre Amorim
 
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao RomantismoHistória da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
Raphael Lanzillotte
 
Aula 03 arte clássica grécia antiga
Aula 03 arte clássica   grécia antigaAula 03 arte clássica   grécia antiga
Aula 03 arte clássica grécia antiga
Elizeu Nascimento Silva
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Josefa Libório
 
Arte Medieval - Românica, Bizantina e Gótica
Arte Medieval -  Românica, Bizantina e GóticaArte Medieval -  Românica, Bizantina e Gótica
Arte Medieval - Românica, Bizantina e Gótica
Andrea Dressler
 
6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito
ArtesElisa
 
Módulo 5 - Pintura Renascentista
Módulo 5 - Pintura RenascentistaMódulo 5 - Pintura Renascentista
Módulo 5 - Pintura Renascentista
Carla Freitas
 
Império Bizantino - 6º ano
Império Bizantino - 6º anoImpério Bizantino - 6º ano
Império Bizantino - 6º ano
Lu Rebordosa
 
Arte no Renascimento
Arte no RenascimentoArte no Renascimento
Arte no Renascimento
pacobr
 
Atividades arte paleocristã
Atividades arte paleocristãAtividades arte paleocristã
Atividades arte paleocristã
Doug Caesar
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
Marcio Duarte
 
Arte Bizantina
Arte BizantinaArte Bizantina
Arte Bizantina
Andrea Dressler
 
Maneirismo
ManeirismoManeirismo
Maneirismo
cattonia
 
Arte paleocristã
Arte paleocristãArte paleocristã
Arte paleocristã
Sandro Bottene
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Lua Soriano
 

Mais procurados (20)

Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Arte do Renascimento
Arte do RenascimentoArte do Renascimento
Arte do Renascimento
 
A Escultura Renascentista
A Escultura RenascentistaA Escultura Renascentista
A Escultura Renascentista
 
Arte medieval
Arte medievalArte medieval
Arte medieval
 
Arte Egípcia
Arte Egípcia Arte Egípcia
Arte Egípcia
 
Maneirismo
ManeirismoManeirismo
Maneirismo
 
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao RomantismoHistória da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
 
Aula 03 arte clássica grécia antiga
Aula 03 arte clássica   grécia antigaAula 03 arte clássica   grécia antiga
Aula 03 arte clássica grécia antiga
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Arte Medieval - Românica, Bizantina e Gótica
Arte Medieval -  Românica, Bizantina e GóticaArte Medieval -  Românica, Bizantina e Gótica
Arte Medieval - Românica, Bizantina e Gótica
 
6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito
 
Módulo 5 - Pintura Renascentista
Módulo 5 - Pintura RenascentistaMódulo 5 - Pintura Renascentista
Módulo 5 - Pintura Renascentista
 
Império Bizantino - 6º ano
Império Bizantino - 6º anoImpério Bizantino - 6º ano
Império Bizantino - 6º ano
 
Arte no Renascimento
Arte no RenascimentoArte no Renascimento
Arte no Renascimento
 
Atividades arte paleocristã
Atividades arte paleocristãAtividades arte paleocristã
Atividades arte paleocristã
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Arte Bizantina
Arte BizantinaArte Bizantina
Arte Bizantina
 
Maneirismo
ManeirismoManeirismo
Maneirismo
 
Arte paleocristã
Arte paleocristãArte paleocristã
Arte paleocristã
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 

Destaque

Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
Maria Barroso
 
A arte renascentista (contexto histórico)
A arte renascentista (contexto histórico)A arte renascentista (contexto histórico)
A arte renascentista (contexto histórico)
araujombarbara
 
O quattrocento
O  quattrocentoO  quattrocento
O quattrocento
Jose Luis Lopez Lopez
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
Daniel Lêda
 
Pintura renascentista
Pintura renascentistaPintura renascentista
Pintura renascentista
Filipe Moreira
 
Renascimento - Prof. Kelly Mendes - Arte
Renascimento - Prof. Kelly Mendes - ArteRenascimento - Prof. Kelly Mendes - Arte
Renascimento - Prof. Kelly Mendes - Arte
Hadassa Castro
 
Arte pré-colonial de Macapá
Arte pré-colonial de MacapáArte pré-colonial de Macapá
Arte pré-colonial de Macapá
Daniel Lêda
 
Renascimento pintura
Renascimento   pinturaRenascimento   pintura
Renascimento pintura
Luis Henrique Gallina
 
Arquitetura Renascentista
Arquitetura RenascentistaArquitetura Renascentista
Arquitetura Renascentista
DeaaSouza
 
Cultura do Palácio - Pintura do renascimento
Cultura do Palácio - Pintura do renascimentoCultura do Palácio - Pintura do renascimento
Cultura do Palácio - Pintura do renascimento
Carlos Vieira
 
Industria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de MassaIndustria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de Massa
Elisama Lopes
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
secretaria estadual de educação
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Mariana Dias
 
História da Arte - Renascimento. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Renascimento. Prof. Garcia JuniorHistória da Arte - Renascimento. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Renascimento. Prof. Garcia Junior
Secretaria de Educação do Maranhão e Imagética Consultoria e Design
 
Pintura renascentista
Pintura renascentistaPintura renascentista
Pintura renascentista
Karyn XP
 
Música, Artes Visuais, Dança e Teatro - Idade Média, Renascimento e Barroco
Música, Artes Visuais, Dança e Teatro - Idade Média, Renascimento e BarrocoMúsica, Artes Visuais, Dança e Teatro - Idade Média, Renascimento e Barroco
Música, Artes Visuais, Dança e Teatro - Idade Média, Renascimento e Barroco
Gabriel Resende
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria Cultural
Beatriz Schnaider Tontini
 
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia JuniorHistória da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
Secretaria de Educação do Maranhão e Imagética Consultoria e Design
 
A Arte Renascentista
A  Arte RenascentistaA  Arte Renascentista
A Arte Renascentista
Hist8
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
Carlos Pinheiro
 

Destaque (20)

Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 
A arte renascentista (contexto histórico)
A arte renascentista (contexto histórico)A arte renascentista (contexto histórico)
A arte renascentista (contexto histórico)
 
O quattrocento
O  quattrocentoO  quattrocento
O quattrocento
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 
Pintura renascentista
Pintura renascentistaPintura renascentista
Pintura renascentista
 
Renascimento - Prof. Kelly Mendes - Arte
Renascimento - Prof. Kelly Mendes - ArteRenascimento - Prof. Kelly Mendes - Arte
Renascimento - Prof. Kelly Mendes - Arte
 
Arte pré-colonial de Macapá
Arte pré-colonial de MacapáArte pré-colonial de Macapá
Arte pré-colonial de Macapá
 
Renascimento pintura
Renascimento   pinturaRenascimento   pintura
Renascimento pintura
 
Arquitetura Renascentista
Arquitetura RenascentistaArquitetura Renascentista
Arquitetura Renascentista
 
Cultura do Palácio - Pintura do renascimento
Cultura do Palácio - Pintura do renascimentoCultura do Palácio - Pintura do renascimento
Cultura do Palácio - Pintura do renascimento
 
Industria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de MassaIndustria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de Massa
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
História da Arte - Renascimento. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Renascimento. Prof. Garcia JuniorHistória da Arte - Renascimento. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Renascimento. Prof. Garcia Junior
 
Pintura renascentista
Pintura renascentistaPintura renascentista
Pintura renascentista
 
Música, Artes Visuais, Dança e Teatro - Idade Média, Renascimento e Barroco
Música, Artes Visuais, Dança e Teatro - Idade Média, Renascimento e BarrocoMúsica, Artes Visuais, Dança e Teatro - Idade Média, Renascimento e Barroco
Música, Artes Visuais, Dança e Teatro - Idade Média, Renascimento e Barroco
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria Cultural
 
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia JuniorHistória da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
 
A Arte Renascentista
A  Arte RenascentistaA  Arte Renascentista
A Arte Renascentista
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 

Semelhante a Arte renascentista

Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Lu Rebordosa
 
arte
artearte
Renascimento EM 2015
Renascimento EM 2015Renascimento EM 2015
Renascimento EM 2015
Adriana Guimarães Manaro
 
O renascimento
O renascimentoO renascimento
O renascimento
ma.no.el.ne.ves
 
Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1
Damião Fagundes
 
RENASCIMENTO ITALIANO- 7ª ANO
RENASCIMENTO ITALIANO- 7ª ANO RENASCIMENTO ITALIANO- 7ª ANO
RENASCIMENTO ITALIANO- 7ª ANO
Luzia de Fatima LayolaNunes
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Gabriel de Oliveira
 
Filosofia e arte na modernidade
Filosofia e arte na modernidadeFilosofia e arte na modernidade
Filosofia e arte na modernidade
Colégio Nova Geração COC
 
Filosofia e arte na modernidade
Filosofia e arte na modernidadeFilosofia e arte na modernidade
Filosofia e arte na modernidade
Colégio Nova Geração COC
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
Patrick Von Braun
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Engelis Oliveira
 
Renascimento Cultural.ppt
Renascimento Cultural.pptRenascimento Cultural.ppt
Renascimento Cultural.ppt
FerNanda490758
 
Renascimento Cultural.ppt
Renascimento Cultural.pptRenascimento Cultural.ppt
Renascimento Cultural.ppt
Simone0224
 
Renascimento Cultural.pptx
Renascimento Cultural.pptxRenascimento Cultural.pptx
Renascimento Cultural.pptx
MariaNascimento162968
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Fabio Lemes
 
Renascimento Cultural.pptx
Renascimento Cultural.pptxRenascimento Cultural.pptx
Renascimento Cultural.pptx
WellingtonNicacioCoi
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Daniel Alves Bronstrup
 
Renascimento parte 3
Renascimento   parte 3Renascimento   parte 3
Renascimento parte 3
Professor Gilson Nunes
 
6 renascimento 2020
6 renascimento 20206 renascimento 2020
6 renascimento 2020
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Renascimento 2020
Renascimento 2020Renascimento 2020
Renascimento 2020
CLEBER LUIS DAMACENO
 

Semelhante a Arte renascentista (20)

Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
arte
artearte
arte
 
Renascimento EM 2015
Renascimento EM 2015Renascimento EM 2015
Renascimento EM 2015
 
O renascimento
O renascimentoO renascimento
O renascimento
 
Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1
 
RENASCIMENTO ITALIANO- 7ª ANO
RENASCIMENTO ITALIANO- 7ª ANO RENASCIMENTO ITALIANO- 7ª ANO
RENASCIMENTO ITALIANO- 7ª ANO
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Filosofia e arte na modernidade
Filosofia e arte na modernidadeFilosofia e arte na modernidade
Filosofia e arte na modernidade
 
Filosofia e arte na modernidade
Filosofia e arte na modernidadeFilosofia e arte na modernidade
Filosofia e arte na modernidade
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento Cultural.ppt
Renascimento Cultural.pptRenascimento Cultural.ppt
Renascimento Cultural.ppt
 
Renascimento Cultural.ppt
Renascimento Cultural.pptRenascimento Cultural.ppt
Renascimento Cultural.ppt
 
Renascimento Cultural.pptx
Renascimento Cultural.pptxRenascimento Cultural.pptx
Renascimento Cultural.pptx
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento Cultural.pptx
Renascimento Cultural.pptxRenascimento Cultural.pptx
Renascimento Cultural.pptx
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento parte 3
Renascimento   parte 3Renascimento   parte 3
Renascimento parte 3
 
6 renascimento 2020
6 renascimento 20206 renascimento 2020
6 renascimento 2020
 
Renascimento 2020
Renascimento 2020Renascimento 2020
Renascimento 2020
 

Mais de Ana Beatriz Cargnin

Cultura catarinense
Cultura catarinenseCultura catarinense
Cultura catarinense
Ana Beatriz Cargnin
 
Arte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiaresArte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiares
Ana Beatriz Cargnin
 
Gravuras
GravurasGravuras
Dissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - PapercraftDissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - Papercraft
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueletoSistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueleto
Ana Beatriz Cargnin
 
O Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body artO Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body art
Ana Beatriz Cargnin
 
Teatro de fantoches
Teatro de fantochesTeatro de fantoches
Teatro de fantoches
Ana Beatriz Cargnin
 
Estudo dos movimentos
Estudo dos movimentosEstudo dos movimentos
Estudo dos movimentos
Ana Beatriz Cargnin
 
Misturas
MisturasMisturas
Átomo
ÁtomoÁtomo
Introdução a química matéria
Introdução a química matériaIntrodução a química matéria
Introdução a química matéria
Ana Beatriz Cargnin
 
Proriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matériaProriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matéria
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
Ana Beatriz Cargnin
 
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratórioDoenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Cárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestórioCárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestório
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
Ana Beatriz Cargnin
 
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dstSexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Ana Beatriz Cargnin
 
Células e tecidos
Células e tecidosCélulas e tecidos
Células e tecidos
Ana Beatriz Cargnin
 

Mais de Ana Beatriz Cargnin (20)

Cultura catarinense
Cultura catarinenseCultura catarinense
Cultura catarinense
 
Arte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiaresArte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiares
 
Gravuras
GravurasGravuras
Gravuras
 
Dissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - PapercraftDissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - Papercraft
 
Sistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueletoSistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueleto
 
O Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body artO Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body art
 
Teatro de fantoches
Teatro de fantochesTeatro de fantoches
Teatro de fantoches
 
Estudo dos movimentos
Estudo dos movimentosEstudo dos movimentos
Estudo dos movimentos
 
Misturas
MisturasMisturas
Misturas
 
Átomo
ÁtomoÁtomo
Átomo
 
Introdução a química matéria
Introdução a química matériaIntrodução a química matéria
Introdução a química matéria
 
Proriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matériaProriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matéria
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratórioDoenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Cárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestórioCárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestório
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dstSexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
 
Células e tecidos
Células e tecidosCélulas e tecidos
Células e tecidos
 

Último

A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 

Último (20)

A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 

Arte renascentista

  • 1. ARTE NO INÍCIO DA IDADE MODERNA ARTE RENASCENTISTA Formatação: Profa. Ana Beatriz Cargnin
  • 2. RENASCIMENTO • O termo Renascimento é comumente aplicado à civilização europeia que se desenvolveu entre os séculos XIV e XV, época das grandes navegações. • Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse período muitos progressos e incontáveis realizações no campo das artes, da literatura e das ciências, que superaram a herança clássica. Retrato de Erasmo, 1523, por Hans Holbein, o Jovem (Frick O homem Vitruviano de Leonard o da Vinci sintetiza o ideário renascentista: humanista e clássico. Collection).
  • 3. São características gerais da arte renascentista: racionalidade; rigor científico; dignidade do ser humano; ideal humanista; resgate e revalorização das artes greco-romanas. Michelangelo: David, 1504. Galleria dell’Accademia Botticelli: O nascimento de Vênus, 1485. Uffizi
  • 4. Alguns autores dividem o período renascentista em quatro períodos, indo desde as suas primeiras aparições, paralelas ao estilo gótico do século XIII até o século XVI, a saber: Ambrogio Lorenzetti: Alegoria do Bom Governo, Duocento - 1200 a 1299 (séc. XIII) Trecento – 1300 a 1399 (séc. XIV) do Bom Governo, c. 1328. Palazzo Pubblico, Siena Retrato de Luca Pacioli com um aluno, por Jacopo de' Barbari Quinquecento – 1500 a 1599 (séc. XVI)Quattrocento – 1400 a 1499 (séc. XV) Rafael: Madonna Cowper, 1504/1505. Nationa l Gallery of Art,Washington
  • 5. ARQUITETURA Arcos de Volta-Perfeita. Simplicidade na construção. A escultura e a pintura se desprendem da arquitetura e passam a ser autônomas. Construções; palácios, igrejas, vilas (casaConstruções; palácios, igrejas, vilas (casa de descanso fora da cidade), fortalezas (funções militares) Michelangelo: A cúpula de São Pedro Vignola: Palazzo Farnese Alberti: Fachada deSanta Maria Novella
  • 6. PINTURA Perspectiva; Uso do chiaroscuro (claro-escuro); Realismo; Inicia-se o uso da tela e da tinta à óleo; Tornam-se manifestações independentes;Tornam-se manifestações independentes; Surgimento de artistas com um estilo pessoal. Leda e o Cisne, cópia de Cesare da Sesto, pupilo de Leonardo, baseado no original perdido. Rafael: A Escola de Atenas, 1509. Vaticano Piero della Francesca:Fla gelação de Cristo, 1460. Galleria Nazionale delle Marche, Urbino
  • 7. ESCULTURA Buscavam representar o homem tal como ele é na realidade. Proporção da figura mantendo a sua relação com a realizada. Profundidade e perspectiva.Profundidade e perspectiva. Estudo do corpo e do caráter humano. Verrocchio: S ão Tomé e Cristo, 1466- 83, Orsanmichele , Florença Ghiberti: A história de José, painel da Porta do Paraíso, Batistério de São João Michelangelo: Baco,Museu del Bargello Giambologna: O rapto da sabina, 1581-82. Loggia dei Lanzi, Florença
  • 8. ARTÍSTAS RENASCENTISTAS Sandro Botticelli (1444-1510) Os temas de seus quadros foram escolhidos segundo a possibilidade que lhe proporcionavam de expressar seu ideal de beleza. Botticelli (Autorretrato) Retrato de Dante Alighieri O Inferno de Dante
  • 9. Sandro Botticelli (1444-1510) Primavera, c. 1482. Uma das obras-primas de Botticelli. Minerva e o Centauroc. Vênus e Marte. Madeira. 1485 ca. Minerva e o Centauroc. 1482Têmpera e óleo sobre tela
  • 10. ARTÍSTAS RENASCENTISTAS Leonardo da Vinci (1452-1519) Ele dominou com sabedoria um jogo expressivo de luz e sombra, gerador de uma atmosfera que parte da realidade, mas estimula a imaginação do observador. Salai, criado de Leonardo da Vinci, como São João Batista(c. 1514) — Louvre. Estudos de embriões (1510– 1513) nos quais retrata imagens impossíveis de se ver na época, mas completamente atuais. Modelos de máquinas voadoras planejados por Leonardo
  • 11. Leonardo da Vinci (1452-1519) Foi possuidor de um espírito versátil que o tornou capaz de pesquisar e realizar trabalhos em diversos campos do conhecimento humano. Mona Lisa (1503–1507 — Louvre) é o retrato que mais tem rendido, em termos de literatura . A Virgem e o Menino com Santa Ana (1508) — Louvre. Provável autorretrato de Leonardo da Vinci, cerca de 1512 a 1515.
  • 12. ARTÍSTAS RENASCENTISTAS Michelangelo Buonarroti (1475-1564)Entre 1508 e 1512 trabalhou na pintura do teto da Capela Sistina, no Vaticano. Para essa capela, concebeu e realizou grande número de cenas do Antigo Testamento. Michelangelo: Pietà, 1499. Basílica de São Pedro, Vaticano. Maria e Jesus, detalhe do Juízo Final, 1534–41. Capela Sistina. Michelangelo:Escravo moribundo, 1513–1515.Museu do Louvre, Paris.
  • 13. Michelangelo Buonarroti (1475-1564) Michelangelo: visão parcial do teto da Capela Sistina
  • 14. ARTÍSTAS RENASCENTISTAS Lucas Cranach (1472-1553) Quando jovem, Cranach passou vários anos no sul da Alemanha e na Áustria, onde descobriu a beleza do cenário montanhoso. Suas pinturas retratam cenas bíblicas e mitológicas quase sempre com paisagens nórdicas ao fundo. "Adão e Eva", quadro pintado por Lucas, exposto no Instituto Courtauld de Arte. As três graças"Kreuzigung Christi" (Português: "Crucificação de Cristo") de Lucas Cranach, o Velho, 1503
  • 16. ARTÍSTAS RENASCENTISTAS Hieronymus Bosch (1450-1516) Ficou conhecido por representar em seus trabalhos cenas de pecado e tentação, recorrendo à utilização de figuras simbólicas complexas, originais, imaginativas e caricaturais, muitas das quais eram obscuras mesmo no seu tempo. A Nau dos Insensatos A Tentação de Santo Antão A Morte e o Avarento
  • 17. Hieronymus Bosch (1450-1516) O Jardim das Delicias (Museu do Prado, Madrid)