Renascimento - Prof. Kelly Mendes - Arte

623 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
623
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Renascimento - Prof. Kelly Mendes - Arte

  1. 1. Colégio Adventista de Imperatriz 3ºAço História da Arte Renascimento Professora Kelly Mendes
  2. 2.  O termo Renascimento é comumente aplicado à civilização europeia que se desenvolveu entre 1300 e 1650.  Revive a antiga cultura greco-romana.  período de progressos no campo das artes, da literatura e das ciências;  Antropocentrismo.  volta deliberada que propunha a ressurreição consciente do passado;  valorização do homem (Humanismo) e da natureza, em oposição ao divino e ao sobrenatural. RENASCIMENTO
  3. 3. Características gerais  Racionalismo  Dignidade do ser humano  Rigor científico  Ideal humanista  Reutilização das artes greco- romanas Penso, logo existo!
  4. 4. ARQUITETURA a ocupação do espaço pelo edifício baseia-se em relações matemáticas  estabelecidas de tal forma que o observador possa compreender a lei que o organiza, de qualquer ponto em que se coloque. “Já não é o edifício que possui o homem, mas este que, aprendendo a lei simples do espaço, possui o segredo do edifício” (Bruno Zevi, Saber Ver a Arquitetura) Principais características: * Ordens Arquitetônicas * Arcos de Volta-Perfeita * Simplicidade na construção * A escultura e a pintura se desprendem da arquitetura e passam a ser autônomas * Construções; palácios, igrejas, vilas (casa de descanso fora da cidade), fortalezas (funções militares)
  5. 5. Brunelleschi exemplo de artista completo renascentista: pintor, escultor e arquiteto. Além de dominar conhecimentos de Matemática, Geometria e de ser grande conhecedor da poesia de Dante. Foi como construtor, porém, que realizou seus mais importantes trabalhos, entre eles a cúpula da catedral de Florença e a Capela Pazzi. Já não é o edifício que possui o homem, mas este que, aprendendo a lei simples do espaço, possui o segredo do edifício.”
  6. 6. PINTURA * Perspectiva: arte de figura, no desenho ou pintura, segundo os princípios da matemática e da geometria. * Uso do claro-escuro: volume dos corpos. * Realismo * Inicia-se o uso da tela e da tinta à óleo. * Tanto a pintura como a escultura tornam-se manifestações independentes. * Surgimento de artistas com um estilo pessoal caracterizado pelo individualismo. Retiro de São Joaquim entre os pastores – 1304 – Giotto – Arte Gótica. A virgem e o menino rodeados por seis anjos – 1295 – Cinabue – Arte Gótica.
  7. 7. Masaccio - A imitação do real Tenta convencer a realidade da cena; Pinturas mostram que a concepção do homem mudou em relação a Deus. Não mais simples observador, mas expressão do próprio Deus. O mundo pensado segundo a ciência, não apenas admirador;
  8. 8. Realidade humana – herdeiro de Masaccio; Tendência religiosa; Sentido místico; Apresenta seres serenos, submissos à vontade de Deus; Anunciação
  9. 9. Paolo Uccello: encontra das fantasias medievais e da perspectiva geométrica Recria a realidade segundo princípios matemáticos; Imaginação medieval; Mundo lendário, passado superado; Momento contido.São Jorge e o Dragão – Paolo Uccello
  10. 10. Batalha de São Romão (1456-1460) – Paolo Uccello
  11. 11. Piero della Francesa – imobilidade e beleza geométrica Pintura não como representação de acontecimento; Cenas - suporte para a apresentação de composição geométrica; A pintura não transmite emoção – combinação de figuras e do uso de áreas de luz e sombra. Ressurreição de Jesus -1450
  12. 12. Batista Sforza - 1472 Federico de Montefeltro- 1472
  13. 13. Botticelli  os temas de seus quadros expressam seu ideal de beleza.  a beleza estava associada ao ideal cristão.  Por isso, as figuras humanas de seus quadros são belas porque manifestam a graça divina, e, ao mesmo tempo, melancólicas porque supõem que perderam esse dom de Deus. Cupido Vênus Zéfiro Ninfa Clóris Primavera Três graças Mercúrio A Primavera
  14. 14. O nascimento de Vênus – Bottichelli.
  15. 15. Leonardo da Vinci A busca do conhecimento científico e a beleza artística  Dominou o jogo de luz e sombra, gerador de uma atmosfera que parte da realidade mas estimula a imaginação do observador.  Realizou trabalhos em diversos campos do conhecimento humano.  Obras destacadas: A Virgem dos Rochedos e Monalisa.
  16. 16.  Jogo de luz e sombra;  Maria, São João Batista, Jesus e um anjo;  Estrutura piramidal;  A luminosidade no rosto de Maria faz dela o centro da tela;  Porém, recursos de da Vinci fazem a atenção ser voltada para Jesus;
  17. 17.  Afresco (Santa Maria Delle Grazie)  demonstra a reação de cada discípulo diante da afirmação de Jesus que seria traído.  Sentimentos de interrogação, inquietação dos apóstolos e imobilidade de Jesus;  Profundidade no forro da sala e janelas abertas;  Claridade da parte direita em oposição à parte esquerda;
  18. 18. • Sorriso misterioso; • Impressão de profundidade; • Luminosidade refletida pela pele; • Traços nítidos, sentimentos imprecisos; •Técnica do sfumato.
  19. 19. Michelângelo -  1508 e 1512 - pintura do teto da Capela Sistina, no Vaticano.  cenas do Antigo Testamento.  Dentre tantas que expressam a genialidade do artista, uma particularmente representativa é a criação do homem.  Obras destacadas: Teto da Capela Sistina e a Sagrada Família A genialidade a serviço da expressão da dignidade humana
  20. 20. Afresco em que Deus é um homem vigorosos, cercado por anjos, estende a mão para tocar a de Adão, um homem jovem, forte e harmonioso, concretizando magnificamente o ideal de beleza renascentista.
  21. 21. Rafael–  obras comunicam ao observador um sentimento de ordem e segurança,  elementos dispostos em espaços amplo, claros e de acordo com uma simetria equilibrada.   Foi considerado grande pintor de “Madonas”.  Obras destacadas: A Escola de Atenas e Madona da Manhã.
  22. 22. Grandes escultores se revelam, o maior dos quais é Michelângelo, que domina toda a escultura italiana do século XVI. Algumas obras: Moisés, Davi (4,10m) e Pietá. Outro grande escultor desse período foi Andrea del Verrochio. Trabalhou em ourivesaria e esse fato acabou influenciando sua escultura. Obra destacada: Davi (1,26m) em bronze.
  23. 23. Alegoria Verrocchio criou uma escultura de bronze, retrata um adolescente ágil,e elegante, com uma sensação de fragilidade. Em Michelângelo, observa-se no mármore um adulto com corpo tenso e cheio de energias controladas, um herói, capaz de enfrentas os desafios da vida
  24. 24. Donatello–  escultor italiano.  Trabalhou em Florença recorrendo a várias técnicas e materiais (mármore, bronze, madeira).  Separou -se definitivamente do gótico retomando e superando a arte grega.  Muito particular foi sua capacidade de sugerir humanidade e introspecção em suas obras.
  25. 25. Depois analisaremos Rafael em sua grande obra Escola de Atenas Você se surpreenderá com a genialidade e poder imaginativo desse artista, sem falar em seu profundo conhecimento filosófico. Bons estudos!!!

×