SlideShare uma empresa Scribd logo
Formatação: Ana Beatriz
Cargnin
É o sistema que, nos humanos, é responsável
pela obtenção dos nutrientes dos alimentos
ingeridos, necessários às diferentes funções
do organismo, como crescimento, energia
para reprodução, locomoção, etc.
É composto por um conjunto de órgãos que
têm por função a realização da digestão.
A digestão envolve processos MECÂNICOS e QUÍMICOS
• Preensão;
• Mastigação;
• Deglutição;
• Digestão;
• Absorção.
CANAL ALIMENTAR
ÓRGÃOS ANEXOS
Cavidade bucal
Faringe
Esôfago
Estômago
Intestinos (delgado e grosso)
Reto
Ânus
Glândulas salivares
Fígado
Pâncreas
A Boca é uma abertura circundada pelos lábios que conduz à entrada
do tubo digestório. Nela se encontram os dentes, para a mastigação,
a língua, sede do paladar, órgão auxiliar da mastigação e deglutição e
as aberturas das glândulas salivares. As glândulas salivares
desembocam na boca, produzindo a saliva.
A Saliva lubrifica os alimentos, facilitando a deglutição, e atua na
digestão química por meio de enzimas que contém.
A Faringe é um órgão comum ao sistema digestório e ao respiratório
e serve de passagem tanto para o ar, quanto para o alimento. Quando
deglutimos o alimento, fecha-se a passagem para a laringe, e o
alimento cai no esôfago.
O Esôfago é um tubo liso, que vai da faringe ao estômago. Suas
paredes musculosas realizam movimentos que empurram o alimento
para frente. Mesmo se o indivíduo estiver deitado ou de cabeça para
baixo, o alimento será empurrado para o estômago graças ao
trabalho das paredes do esôfago.
O Esôfago é um canal que
conduz ativamente o
alimento para o
estômago.
O Estômago é uma grande bolsa em forma de JOTA. Possui duas
válvulas (como portas que funcionam só para um lado), uma na
entrada, outra na saída, que controlam a entrada e a saída do
alimento. Nas paredes do estômago existem glândulas, chamadas
glândulas gástricas, que produzem mais enzimas digestivas. Estas
enzimas do estômago iniciam o desmonte das moléculas de
proteínas.
O Estômago produz o suco gástrico, que inicia o processo químico
da digestão das proteínas.
O Intestino Delgado é um tubo longo, de aprox. 7m de comprimento,
com duas regiões bem distintas. Na porção inicial desembocam os
canais vindos do fígado e do pâncreas, trazendo enzimas digestivas,
que auxiliam a digestão tanto das proteínas ainda não
completamente digeridas no estômago quanto dos carboidratos e
das gorduras.
Fígado e Pâncreas são glândulas
anexas que auxiliam na digestão
química: o fígado produz a bílis e o
pâncreas o suco pancreático.
Mucosas do Intestino Delgado
Nas paredes do intestino delgado
também existem glândulas que
fabricam o suco entérico, que
auxilia na digestão das proteínas,
lipídios, lactose (açúcar do leite) e
sacarose (açúcar da cana).
Na segunda parte do intestino
delgado existem inúmeras
pequenas saliências que ajudam
na absorção dos alimentos, que já
se encontram totalmente
digeridos, constituindo uma
espécie de mingau.
Uma vez absorvidos pelas células do intestino delgado, os
alimentos passam para a corrente sanguínea e são levados a todas
as células do organismo, para seu aproveitamento final.
O Intestino Grosso é um tubo com 1,5 metros de comprimento e 5
centímetros de largura, dividido em: cerco, cólon, ascendente, cólon
transverso, cólon descendente e reto, terminando no ânus.
No ceco existe o apêndice vermiforme, que pode ser infeccionado
por bactérias, causando uma inflamação chamada apendicite.
As células das paredes do intestino grosso não produzem enzimas. À
medida que o que sobrou do caldo inicial, chamado quilo, vai
passando pelo intestino grosso, vai perdendo água e sais minerais,
absorvidos pela parede intestinal.
Com a perda de água, o quilo vai escurecendo e endurecendo,
transformando-se em fezes que passam para o reto, sendo
eliminadas pelo ânus durante a defecação.
Sistema digestório

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório
crisbassanimedeiros
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
As etapas do sistema digestivo
As etapas do sistema digestivoAs etapas do sistema digestivo
As etapas do sistema digestivo
Betina Astride
 
Ciências Naturais 9ºano, sistema digestivo
Ciências Naturais 9ºano, sistema digestivoCiências Naturais 9ºano, sistema digestivo
Ciências Naturais 9ºano, sistema digestivo
Gabriela Vasconcelos
 
Digestão
DigestãoDigestão
Digestão
guest3532ad
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
Helena Borralho
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
Rita Pereira
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
Solange Ferreira de Paula
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
Cláudia Moura
 
SISTEMA DIGESTIVO
SISTEMA DIGESTIVOSISTEMA DIGESTIVO
SISTEMA DIGESTIVO
Sofia Mendes
 
Morfologia sistema digestivo
Morfologia sistema digestivoMorfologia sistema digestivo
Morfologia sistema digestivo
Pelo Siro
 
Ciencias
CienciasCiencias
Ciencias
Diogo Bargas
 
O sistema digestivo no homem
O sistema digestivo no homemO sistema digestivo no homem
O sistema digestivo no homem
hugo dias
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
Catir
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
anaquartin
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
professoraludmila
 
Sist digestivo
Sist digestivoSist digestivo
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
Rosario Jeronimo
 
Sistema Digestivo - 9ºAno
Sistema Digestivo - 9ºAnoSistema Digestivo - 9ºAno
Sistema Digestivo - 9ºAno
mariapinto
 
Sistema Digestivo Humano
Sistema Digestivo HumanoSistema Digestivo Humano
Sistema Digestivo Humano
Rosa Pereira
 

Mais procurados (20)

8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
As etapas do sistema digestivo
As etapas do sistema digestivoAs etapas do sistema digestivo
As etapas do sistema digestivo
 
Ciências Naturais 9ºano, sistema digestivo
Ciências Naturais 9ºano, sistema digestivoCiências Naturais 9ºano, sistema digestivo
Ciências Naturais 9ºano, sistema digestivo
 
Digestão
DigestãoDigestão
Digestão
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
SISTEMA DIGESTIVO
SISTEMA DIGESTIVOSISTEMA DIGESTIVO
SISTEMA DIGESTIVO
 
Morfologia sistema digestivo
Morfologia sistema digestivoMorfologia sistema digestivo
Morfologia sistema digestivo
 
Ciencias
CienciasCiencias
Ciencias
 
O sistema digestivo no homem
O sistema digestivo no homemO sistema digestivo no homem
O sistema digestivo no homem
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Sist digestivo
Sist digestivoSist digestivo
Sist digestivo
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Sistema Digestivo - 9ºAno
Sistema Digestivo - 9ºAnoSistema Digestivo - 9ºAno
Sistema Digestivo - 9ºAno
 
Sistema Digestivo Humano
Sistema Digestivo HumanoSistema Digestivo Humano
Sistema Digestivo Humano
 

Destaque

Cárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestórioCárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestório
Ana Beatriz Cargnin
 
Células e tecidos
Células e tecidosCélulas e tecidos
Células e tecidos
Ana Beatriz Cargnin
 
Misturas
MisturasMisturas
O SOL
O SOLO SOL
Filo dos artrópodes
Filo dos artrópodesFilo dos artrópodes
Filo dos artrópodes
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
Ana Beatriz Cargnin
 
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRAUNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Importância dos meios de cultura
Importância dos meios de culturaImportância dos meios de cultura
Importância dos meios de cultura
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueletoSistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueleto
Ana Beatriz Cargnin
 
Estudo dos movimentos
Estudo dos movimentosEstudo dos movimentos
Estudo dos movimentos
Ana Beatriz Cargnin
 
Filo dos platelmintos
Filo dos platelmintosFilo dos platelmintos
Filo dos platelmintos
Ana Beatriz Cargnin
 
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan BrazilAndreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Ana Beatriz Andreata
 

Destaque (13)

Cárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestórioCárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestório
 
Células e tecidos
Células e tecidosCélulas e tecidos
Células e tecidos
 
Misturas
MisturasMisturas
Misturas
 
O SOL
O SOLO SOL
O SOL
 
Filo dos artrópodes
Filo dos artrópodesFilo dos artrópodes
Filo dos artrópodes
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
 
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRAUNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Importância dos meios de cultura
Importância dos meios de culturaImportância dos meios de cultura
Importância dos meios de cultura
 
Sistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueletoSistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueleto
 
Estudo dos movimentos
Estudo dos movimentosEstudo dos movimentos
Estudo dos movimentos
 
Filo dos platelmintos
Filo dos platelmintosFilo dos platelmintos
Filo dos platelmintos
 
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan BrazilAndreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
 

Semelhante a Sistema digestório

Aparelho digestivo
Aparelho digestivoAparelho digestivo
Aparelho digestivo
Lílian Melo
 
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpoAula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
RodrigoSousa736857
 
Aspectos Morfológicos e Fisiológicos do S. Digestivo
Aspectos Morfológicos e Fisiológicos do S. DigestivoAspectos Morfológicos e Fisiológicos do S. Digestivo
Aspectos Morfológicos e Fisiológicos do S. Digestivo
Patrícia Santos
 
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos AlimentosComo Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Tookmed
 
Aula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestórioAula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestório
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Aula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestórioAula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestório
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Sistema digestórioblog
Sistema digestórioblogSistema digestórioblog
Sistema digestórioblog
nielim
 
Sistema digestórioblog
Sistema digestórioblogSistema digestórioblog
Sistema digestórioblog
nielim
 
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologiaAula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Ciências sistema digestivo
Ciências sistema digestivoCiências sistema digestivo
Ciências sistema digestivo
Vania Alice Carinha
 
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo anoSistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
ThiagoAlmeida458596
 
nutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdfnutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdf
FabianaAlessandro2
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
Susana Morais
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Ilustração aula 2.pdf
Ilustração aula 2.pdfIlustração aula 2.pdf
Ilustração aula 2.pdf
Roosivelt Honorato
 
Aula 4 - Sistema Digestorio.pdf
Aula 4 - Sistema Digestorio.pdfAula 4 - Sistema Digestorio.pdf
Aula 4 - Sistema Digestorio.pdf
MicheleLanusseDiasVi1
 
Sistema Digestório1.pdf
Sistema Digestório1.pdfSistema Digestório1.pdf
Sistema Digestório1.pdf
Luana Pereira
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
César Milani
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
wagneripo
 
Sistema Digestivo (6º Ano).pptx
Sistema Digestivo (6º Ano).pptxSistema Digestivo (6º Ano).pptx
Sistema Digestivo (6º Ano).pptx
ssusera93981
 

Semelhante a Sistema digestório (20)

Aparelho digestivo
Aparelho digestivoAparelho digestivo
Aparelho digestivo
 
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpoAula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
 
Aspectos Morfológicos e Fisiológicos do S. Digestivo
Aspectos Morfológicos e Fisiológicos do S. DigestivoAspectos Morfológicos e Fisiológicos do S. Digestivo
Aspectos Morfológicos e Fisiológicos do S. Digestivo
 
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos AlimentosComo Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
 
Aula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestórioAula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestório
 
Aula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestórioAula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestório
 
Sistema digestórioblog
Sistema digestórioblogSistema digestórioblog
Sistema digestórioblog
 
Sistema digestórioblog
Sistema digestórioblogSistema digestórioblog
Sistema digestórioblog
 
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologiaAula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
 
Ciências sistema digestivo
Ciências sistema digestivoCiências sistema digestivo
Ciências sistema digestivo
 
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo anoSistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
 
nutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdfnutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdf
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Ilustração aula 2.pdf
Ilustração aula 2.pdfIlustração aula 2.pdf
Ilustração aula 2.pdf
 
Aula 4 - Sistema Digestorio.pdf
Aula 4 - Sistema Digestorio.pdfAula 4 - Sistema Digestorio.pdf
Aula 4 - Sistema Digestorio.pdf
 
Sistema Digestório1.pdf
Sistema Digestório1.pdfSistema Digestório1.pdf
Sistema Digestório1.pdf
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Sistema Digestivo (6º Ano).pptx
Sistema Digestivo (6º Ano).pptxSistema Digestivo (6º Ano).pptx
Sistema Digestivo (6º Ano).pptx
 

Mais de Ana Beatriz Cargnin

Cultura catarinense
Cultura catarinenseCultura catarinense
Cultura catarinense
Ana Beatriz Cargnin
 
Arte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiaresArte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiares
Ana Beatriz Cargnin
 
Gravuras
GravurasGravuras
Dissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - PapercraftDissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - Papercraft
Ana Beatriz Cargnin
 
O Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body artO Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body art
Ana Beatriz Cargnin
 
Teatro de fantoches
Teatro de fantochesTeatro de fantoches
Teatro de fantoches
Ana Beatriz Cargnin
 
Átomo
ÁtomoÁtomo
Introdução a química matéria
Introdução a química matériaIntrodução a química matéria
Introdução a química matéria
Ana Beatriz Cargnin
 
Proriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matériaProriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matéria
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
Ana Beatriz Cargnin
 
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratórioDoenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dstSexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Ana Beatriz Cargnin
 
Filo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintosFilo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintos
Ana Beatriz Cargnin
 
Vírus
VírusVírus
Instrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratórioInstrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Arte na pré história
Arte na pré históriaArte na pré história
Arte na pré história
Ana Beatriz Cargnin
 
Os vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatroOs vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatro
Ana Beatriz Cargnin
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
Ana Beatriz Cargnin
 

Mais de Ana Beatriz Cargnin (18)

Cultura catarinense
Cultura catarinenseCultura catarinense
Cultura catarinense
 
Arte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiaresArte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiares
 
Gravuras
GravurasGravuras
Gravuras
 
Dissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - PapercraftDissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - Papercraft
 
O Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body artO Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body art
 
Teatro de fantoches
Teatro de fantochesTeatro de fantoches
Teatro de fantoches
 
Átomo
ÁtomoÁtomo
Átomo
 
Introdução a química matéria
Introdução a química matériaIntrodução a química matéria
Introdução a química matéria
 
Proriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matériaProriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matéria
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratórioDoenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
 
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dstSexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
 
Filo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintosFilo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintos
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
Instrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratórioInstrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratório
 
Arte na pré história
Arte na pré históriaArte na pré história
Arte na pré história
 
Os vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatroOs vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatro
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
 

Último

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 

Último (20)

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 

Sistema digestório

  • 2. É o sistema que, nos humanos, é responsável pela obtenção dos nutrientes dos alimentos ingeridos, necessários às diferentes funções do organismo, como crescimento, energia para reprodução, locomoção, etc. É composto por um conjunto de órgãos que têm por função a realização da digestão. A digestão envolve processos MECÂNICOS e QUÍMICOS
  • 3. • Preensão; • Mastigação; • Deglutição; • Digestão; • Absorção.
  • 4. CANAL ALIMENTAR ÓRGÃOS ANEXOS Cavidade bucal Faringe Esôfago Estômago Intestinos (delgado e grosso) Reto Ânus Glândulas salivares Fígado Pâncreas
  • 5.
  • 6. A Boca é uma abertura circundada pelos lábios que conduz à entrada do tubo digestório. Nela se encontram os dentes, para a mastigação, a língua, sede do paladar, órgão auxiliar da mastigação e deglutição e as aberturas das glândulas salivares. As glândulas salivares desembocam na boca, produzindo a saliva.
  • 7. A Saliva lubrifica os alimentos, facilitando a deglutição, e atua na digestão química por meio de enzimas que contém.
  • 8. A Faringe é um órgão comum ao sistema digestório e ao respiratório e serve de passagem tanto para o ar, quanto para o alimento. Quando deglutimos o alimento, fecha-se a passagem para a laringe, e o alimento cai no esôfago.
  • 9.
  • 10. O Esôfago é um tubo liso, que vai da faringe ao estômago. Suas paredes musculosas realizam movimentos que empurram o alimento para frente. Mesmo se o indivíduo estiver deitado ou de cabeça para baixo, o alimento será empurrado para o estômago graças ao trabalho das paredes do esôfago.
  • 11. O Esôfago é um canal que conduz ativamente o alimento para o estômago.
  • 12. O Estômago é uma grande bolsa em forma de JOTA. Possui duas válvulas (como portas que funcionam só para um lado), uma na entrada, outra na saída, que controlam a entrada e a saída do alimento. Nas paredes do estômago existem glândulas, chamadas glândulas gástricas, que produzem mais enzimas digestivas. Estas enzimas do estômago iniciam o desmonte das moléculas de proteínas.
  • 13. O Estômago produz o suco gástrico, que inicia o processo químico da digestão das proteínas.
  • 14. O Intestino Delgado é um tubo longo, de aprox. 7m de comprimento, com duas regiões bem distintas. Na porção inicial desembocam os canais vindos do fígado e do pâncreas, trazendo enzimas digestivas, que auxiliam a digestão tanto das proteínas ainda não completamente digeridas no estômago quanto dos carboidratos e das gorduras. Fígado e Pâncreas são glândulas anexas que auxiliam na digestão química: o fígado produz a bílis e o pâncreas o suco pancreático.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18. Mucosas do Intestino Delgado Nas paredes do intestino delgado também existem glândulas que fabricam o suco entérico, que auxilia na digestão das proteínas, lipídios, lactose (açúcar do leite) e sacarose (açúcar da cana). Na segunda parte do intestino delgado existem inúmeras pequenas saliências que ajudam na absorção dos alimentos, que já se encontram totalmente digeridos, constituindo uma espécie de mingau. Uma vez absorvidos pelas células do intestino delgado, os alimentos passam para a corrente sanguínea e são levados a todas as células do organismo, para seu aproveitamento final.
  • 19. O Intestino Grosso é um tubo com 1,5 metros de comprimento e 5 centímetros de largura, dividido em: cerco, cólon, ascendente, cólon transverso, cólon descendente e reto, terminando no ânus. No ceco existe o apêndice vermiforme, que pode ser infeccionado por bactérias, causando uma inflamação chamada apendicite. As células das paredes do intestino grosso não produzem enzimas. À medida que o que sobrou do caldo inicial, chamado quilo, vai passando pelo intestino grosso, vai perdendo água e sais minerais, absorvidos pela parede intestinal. Com a perda de água, o quilo vai escurecendo e endurecendo, transformando-se em fezes que passam para o reto, sendo eliminadas pelo ânus durante a defecação.