SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
RENASCIMENTO
Renascimento
Renascimento Cultural
Ressurgimento da cultura clássica greco-romana
 Transformações culturais, econômicas, sociais, políticas, e
religiosas – transição do feudalismo para o capitalismo
 Ruptura cultural ante a estrutura medieval
 Interesses saem do plano religioso – profano ou secular
 Visão de mundo – realidade humana – fim do
sobrenatural e do divino
 Humanismo – estudo e glorificação do ser humano
 Tomada de consciência sobre seu tempo
Renascimento
Renascimento Italiano
 Fatores Econômicos – Crescimento da Burguesia
• Cidades Italianas – desenvolvimento comercial – centro
econômico europeu
• Início do pré capitalismo
• Cidades – estreitamento do contato entre as pessoas,
intercâmbio de ideias, difusão de conhecimento, nova
maneira de ver o mundo
• Mecenato – os mecenas – patrocinados por ricos
burgueses que davam proteção aos artistas -
desenvolvimento da vida cultural – expressando os valores
da burguesia
• Renascimento – expressão de uma nova mentalidade,
gerada pelo pré-capitalismo
Renascimento
Renascimento Italiano
 Fatores Sociais - Valores Burgueses
• Mecenato – projeção social
• Hierarquia burguesa – ordem de nascimento
• Patrocínio – atividades culturais – elevação do status
sociais
Renascimento
Renascimento Italiano
 Fatores Políticos – Poder dos príncipes e dos Papas
• Príncipes e Papas – mecenato – legitimar ou ampliar poder
• Itália – vários grupos políticos – concepção própria de
governo – contraste com centralismo demais países
• Fragmentação – resultante das lutas entre Papado e Império
• Güelfos – apoio ao papado facções – poder
• Gibelinos – partidário dos Imperadores cidades italianas
• Intelectuais – relevo político – justificação teórica do novo
tipo de estado
• Maquiavel – ideia de razão de Estado – desejos dos tiranos
locais – cobertura ideológica a suas ações políticas
Renascimento
Renascimento Italiano
 Fatores Culturais – Resgate da cultura clássica
•Monumentos, construções, produção escultórica e obras
literárias da Antiguidade
• Influência da civilização bizantina – tradição greco-romana
Renascimento
Expansão do Renascimento Italiano
 Cidades Italianas – países Europa Ocidental
 Manifestações renascentistas na Alemanha, França, Países
Baixos (Holanda), Inglaterra – Espanha e Portugal (menor
intensidade)
Etapas do Renascimento Italiano
 Séc. XIV – Dante, Boccaccio e Petrarca – obras
características renascentistas – alguns conceitos medievais
 Período Áureo – Itália entre 1450 e 1550
 Demais países europeus – metade séc. XVI
Renascimento
Características do Renascimento
 Renascentistas – divisão dos tempos históricos
• Antiguidade – cultura greco-romana
• Medievo – cultura de origem bárbara
• Modernidade – progresso cultural – redescoberta civilização
clássica
 Menosprezo a cultura da Idade Média – à cultura da
Antiguidade
 Idade Média – Idade das Trevas – sem produção artística
Renascimento
Características do Renascimento
 Elementos essenciais do Renascimento
• valorização da cultura greco-romana
• glorificação do homem (antropocentrismo)
• busca de um padrão intelectual, transcendente às fronteiras
nacionais (universalismo)
• importância da natureza e seus fenômenos
• racionalismo e espírito crítico (observação do método
experimental)
Renascimento
Características do Renascimento
 Renascimento civil – cidades republicanas da Itália –
direção da burguesia e nobreza mercantil (personagens
cotidianos)
 Renascimento cortesão – Estados principescos – mecenato
restringido aos governantes (assuntos mitológicos e da igreja)
 Guerra da Itália (1494 – 1544) – produção cultural do
Renascimento Italiano visível para os demais países europeus
Renascimento
Humanismo
Revolução intelectual do Renascimento
 Características
• pensamento individualista, universalismo intelectual,
refinamento cultural, preocupações espirituais
• eclesiásticos e professores universitários de origem
burguesa
• interesse pela Antiguidade Clássica – desprezo a cultura
gótica medieval
• Dante – “A Divina Comédia”; Petrarca – sonetos da “África”;
Boccaccio – contos do “Decameron”
• imprensa – evolução intelectual – leitura acessível e
divulgação das ideias e de conhecimento
Renascimento
Humanismo
 Características
• 1450 – nova forma de imprimir – liga de chumbo – firmas
impressoras se multiplicam
• Roma – Papa Nicolau V – reúne numerosos documentos
antigos na Biblioteca do Vaticano – abertura ao público em
1475
• Florença – centro humanístico
• Maquiavel – Obra “O Príncipe” – fundamentos teóricos do
Estado Moderno
Renascimento
Humanismo
 Francês
• Colégio da França (1529) – Triunfo do humanismo entre os
franceses – Ronsard (poesia); Rabelais (prosa); Montaigne
 Inglês
• William Shakespeare – teatrólogo; problemas sociais
 Português
• Camões – “Os Lusíadas” – glórias do país
 Espanhol
• Cervantes – “Dom Quixote” – sátira às novelas de cavalarias
e valores da nobreza medieval
Renascimento
Renascimento Científico
 conhecimento medieval – sagradas escrituras (bíblias) e
textos de Padres da Igreja
 observação científica – experimentalismo
 Leonardo Da Vinci – inventos modernos, máquinas de voar,
pára-quedas, submarino, e tanque de guerra
 Copérnico – Terra não é o centro do universo – pesquisa
completada por Kepler e Galileu (contribuições na Física)
• geocentrismo – Sol gira em torno da Terra
• heliocentrismo – Terra gira em torno do Sol
 Vesálio – “Pai da Anatomia”
 Miguel Servet – pequena circulação sanguínea
Paré – cirurgia – técnica de ligação das artérias
Renascimento
Renascimento Artístico
 Pintura – integração do natural, humano, espaço
tridimensional, impressão de profundidade
• Itália – estátuas, monumentos e ruínas clássicas
• Florença – Mosaccio, Mantegna, e Botticelli
• Roma – Michelangelo Buonarroti e Rafael
• Veneza – Bellini, Ticiano, Veronese, Tentoretto, Leonardo Da
Vinci, Doantello
 Arquitetura – palácios, igrejas e monumentos da
Antiguidade
• Bramante –Basílica de São Pedro
• Vignole e Palladio
Renascimento
Renascimento Artístico
 França – arquitetos – Lescot e Delorme
– escultores – Goujon e Pilon
 Holanda – Brughel – pinturas e paisagismo
 Alemanha – Holbein (pinturas), Dürer (gravuras)
 Espanha – El Greco – pinturas de cenas religiosas
Renascimento
CONCLUSÃO
Renascimento – movimento de renovação geral que atingiu a
Filosofia, as Artes e as Ciências, no início da Idade Moderna
Resultante das transformações econômicas – sociais, políticas
e religiosas e a presença clássica em território italiano
Da Itália difundiu-se por toda a Europa Ocidental e Central

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicasA descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicasgofontoura
 
Módulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - RomantismoMódulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - RomantismoCarla Freitas
 
Unidade 2 renascimento e reforma alunos
Unidade 2 renascimento e reforma alunosUnidade 2 renascimento e reforma alunos
Unidade 2 renascimento e reforma alunosVítor Santos
 
Ficha formativa roma
Ficha formativa romaFicha formativa roma
Ficha formativa romaAna Barreiros
 
Geração de 70
Geração de 70Geração de 70
Geração de 70inesabento
 
Camões lírico: vida obra
Camões lírico: vida obraCamões lírico: vida obra
Camões lírico: vida obraDina Baptista
 
Módulo 5 - Pintura Renascentista
Módulo 5 - Pintura RenascentistaMódulo 5 - Pintura Renascentista
Módulo 5 - Pintura RenascentistaCarla Freitas
 
Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"Ana Barreiros
 
Arte do renascimento - arquitetura
Arte do renascimento - arquiteturaArte do renascimento - arquitetura
Arte do renascimento - arquiteturaCarlos Vieira
 
Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.home
 
Renascimento em Portugal
Renascimento em PortugalRenascimento em Portugal
Renascimento em PortugalCarlos Vieira
 
Mulher renascimento
Mulher renascimentoMulher renascimento
Mulher renascimentoana salema
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentistacindy1977
 
Arquitectura romantica
Arquitectura romanticaArquitectura romantica
Arquitectura romanticaAndreia Ramos
 
Cultura na idade média
Cultura na idade médiaCultura na idade média
Cultura na idade médiaHCA_10I
 
A primeira república portuguesa
A primeira república portuguesaA primeira república portuguesa
A primeira república portuguesacattonia
 

Mais procurados (20)

A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicasA descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
A descrença no pensamento positivista e as novas concepções científicas
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Módulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - RomantismoMódulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - Romantismo
 
Unidade 2 renascimento e reforma alunos
Unidade 2 renascimento e reforma alunosUnidade 2 renascimento e reforma alunos
Unidade 2 renascimento e reforma alunos
 
Ficha formativa roma
Ficha formativa romaFicha formativa roma
Ficha formativa roma
 
Geração de 70
Geração de 70Geração de 70
Geração de 70
 
Camões lírico: vida obra
Camões lírico: vida obraCamões lírico: vida obra
Camões lírico: vida obra
 
Módulo 5 - Pintura Renascentista
Módulo 5 - Pintura RenascentistaMódulo 5 - Pintura Renascentista
Módulo 5 - Pintura Renascentista
 
Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"
 
Arte do renascimento - arquitetura
Arte do renascimento - arquiteturaArte do renascimento - arquitetura
Arte do renascimento - arquitetura
 
Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.Portugal no primeiro pós-guerra.
Portugal no primeiro pós-guerra.
 
Iluminismo
Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
 
Renascimento em Portugal
Renascimento em PortugalRenascimento em Portugal
Renascimento em Portugal
 
Mulher renascimento
Mulher renascimentoMulher renascimento
Mulher renascimento
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 
Arquitectura romantica
Arquitectura romanticaArquitectura romantica
Arquitectura romantica
 
História da língua portuguesa
História da língua portuguesaHistória da língua portuguesa
História da língua portuguesa
 
Cultura na idade média
Cultura na idade médiaCultura na idade média
Cultura na idade média
 
A primeira república portuguesa
A primeira república portuguesaA primeira república portuguesa
A primeira república portuguesa
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 

Destaque

Destaque (15)

Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
Aula 10 renascimento e humanismo
Aula 10   renascimento e humanismoAula 10   renascimento e humanismo
Aula 10 renascimento e humanismo
 
6 Renascimento e Reforma
6  Renascimento e  Reforma6  Renascimento e  Reforma
6 Renascimento e Reforma
 
Revolução industrial 3
Revolução industrial 3Revolução industrial 3
Revolução industrial 3
 
Reforma Protestante
Reforma ProtestanteReforma Protestante
Reforma Protestante
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
 
Apres peixes para blog
Apres peixes para blogApres peixes para blog
Apres peixes para blog
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Trabalho - Renascimento
Trabalho - RenascimentoTrabalho - Renascimento
Trabalho - Renascimento
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
 
Renascimento - História Geral
Renascimento - História GeralRenascimento - História Geral
Renascimento - História Geral
 
O Renascimento - 8ºano
O Renascimento - 8ºanoO Renascimento - 8ºano
O Renascimento - 8ºano
 
Cap v repreensões particular
Cap v repreensões particularCap v repreensões particular
Cap v repreensões particular
 

Semelhante a Renascimento

Renascimento Cultural Módulo
Renascimento Cultural Módulo Renascimento Cultural Módulo
Renascimento Cultural Módulo CarlosNazar1
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRodrigo Vaz Rui
 
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º anoRenascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano7 de Setembro
 
Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1CarlosNazar1
 
Cultura do palácio contexto
Cultura do palácio   contextoCultura do palácio   contexto
Cultura do palácio contextocattonia
 
Renascimento moderna I
Renascimento moderna IRenascimento moderna I
Renascimento moderna IAna Carvalho
 
O renascimento cultural 2014 artes plásticas
O renascimento cultural 2014   artes plásticasO renascimento cultural 2014   artes plásticas
O renascimento cultural 2014 artes plásticasNelia Salles Nantes
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Culturaleiprofessor
 
Renascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntasRenascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntasVitoriaNunes
 
Renascimento show de bola
Renascimento show de bolaRenascimento show de bola
Renascimento show de bolamundica broda
 
Cultura renascentista.ppt
Cultura renascentista.pptCultura renascentista.ppt
Cultura renascentista.pptMauricioFraga5
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesJanayna Lira
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesJanayna Lira
 

Semelhante a Renascimento (20)

Renascimento cultural2
Renascimento cultural2Renascimento cultural2
Renascimento cultural2
 
Renascimento Cultural Módulo
Renascimento Cultural Módulo Renascimento Cultural Módulo
Renascimento Cultural Módulo
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
 
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º anoRenascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
 
1ºano - Renascimento Cultural
1ºano - Renascimento Cultural1ºano - Renascimento Cultural
1ºano - Renascimento Cultural
 
Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1
 
Cultura do palácio contexto
Cultura do palácio   contextoCultura do palácio   contexto
Cultura do palácio contexto
 
Renascimento moderna I
Renascimento moderna IRenascimento moderna I
Renascimento moderna I
 
O renascimento cultural 2014 artes plásticas
O renascimento cultural 2014   artes plásticasO renascimento cultural 2014   artes plásticas
O renascimento cultural 2014 artes plásticas
 
Renascimento parte1
Renascimento parte1Renascimento parte1
Renascimento parte1
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntasRenascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntas
 
Renascimento show de bola
Renascimento show de bolaRenascimento show de bola
Renascimento show de bola
 
Cultura renascentista.ppt
Cultura renascentista.pptCultura renascentista.ppt
Cultura renascentista.ppt
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 

Último

ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalDouglasVasconcelosMa
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdflbgsouza
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfAntonio Barros
 

Último (20)

ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 

Renascimento

  • 2. Renascimento Renascimento Cultural Ressurgimento da cultura clássica greco-romana  Transformações culturais, econômicas, sociais, políticas, e religiosas – transição do feudalismo para o capitalismo  Ruptura cultural ante a estrutura medieval  Interesses saem do plano religioso – profano ou secular  Visão de mundo – realidade humana – fim do sobrenatural e do divino  Humanismo – estudo e glorificação do ser humano  Tomada de consciência sobre seu tempo
  • 3. Renascimento Renascimento Italiano  Fatores Econômicos – Crescimento da Burguesia • Cidades Italianas – desenvolvimento comercial – centro econômico europeu • Início do pré capitalismo • Cidades – estreitamento do contato entre as pessoas, intercâmbio de ideias, difusão de conhecimento, nova maneira de ver o mundo • Mecenato – os mecenas – patrocinados por ricos burgueses que davam proteção aos artistas - desenvolvimento da vida cultural – expressando os valores da burguesia • Renascimento – expressão de uma nova mentalidade, gerada pelo pré-capitalismo
  • 4. Renascimento Renascimento Italiano  Fatores Sociais - Valores Burgueses • Mecenato – projeção social • Hierarquia burguesa – ordem de nascimento • Patrocínio – atividades culturais – elevação do status sociais
  • 5. Renascimento Renascimento Italiano  Fatores Políticos – Poder dos príncipes e dos Papas • Príncipes e Papas – mecenato – legitimar ou ampliar poder • Itália – vários grupos políticos – concepção própria de governo – contraste com centralismo demais países • Fragmentação – resultante das lutas entre Papado e Império • Güelfos – apoio ao papado facções – poder • Gibelinos – partidário dos Imperadores cidades italianas • Intelectuais – relevo político – justificação teórica do novo tipo de estado • Maquiavel – ideia de razão de Estado – desejos dos tiranos locais – cobertura ideológica a suas ações políticas
  • 6. Renascimento Renascimento Italiano  Fatores Culturais – Resgate da cultura clássica •Monumentos, construções, produção escultórica e obras literárias da Antiguidade • Influência da civilização bizantina – tradição greco-romana
  • 7. Renascimento Expansão do Renascimento Italiano  Cidades Italianas – países Europa Ocidental  Manifestações renascentistas na Alemanha, França, Países Baixos (Holanda), Inglaterra – Espanha e Portugal (menor intensidade) Etapas do Renascimento Italiano  Séc. XIV – Dante, Boccaccio e Petrarca – obras características renascentistas – alguns conceitos medievais  Período Áureo – Itália entre 1450 e 1550  Demais países europeus – metade séc. XVI
  • 8. Renascimento Características do Renascimento  Renascentistas – divisão dos tempos históricos • Antiguidade – cultura greco-romana • Medievo – cultura de origem bárbara • Modernidade – progresso cultural – redescoberta civilização clássica  Menosprezo a cultura da Idade Média – à cultura da Antiguidade  Idade Média – Idade das Trevas – sem produção artística
  • 9. Renascimento Características do Renascimento  Elementos essenciais do Renascimento • valorização da cultura greco-romana • glorificação do homem (antropocentrismo) • busca de um padrão intelectual, transcendente às fronteiras nacionais (universalismo) • importância da natureza e seus fenômenos • racionalismo e espírito crítico (observação do método experimental)
  • 10. Renascimento Características do Renascimento  Renascimento civil – cidades republicanas da Itália – direção da burguesia e nobreza mercantil (personagens cotidianos)  Renascimento cortesão – Estados principescos – mecenato restringido aos governantes (assuntos mitológicos e da igreja)  Guerra da Itália (1494 – 1544) – produção cultural do Renascimento Italiano visível para os demais países europeus
  • 11. Renascimento Humanismo Revolução intelectual do Renascimento  Características • pensamento individualista, universalismo intelectual, refinamento cultural, preocupações espirituais • eclesiásticos e professores universitários de origem burguesa • interesse pela Antiguidade Clássica – desprezo a cultura gótica medieval • Dante – “A Divina Comédia”; Petrarca – sonetos da “África”; Boccaccio – contos do “Decameron” • imprensa – evolução intelectual – leitura acessível e divulgação das ideias e de conhecimento
  • 12. Renascimento Humanismo  Características • 1450 – nova forma de imprimir – liga de chumbo – firmas impressoras se multiplicam • Roma – Papa Nicolau V – reúne numerosos documentos antigos na Biblioteca do Vaticano – abertura ao público em 1475 • Florença – centro humanístico • Maquiavel – Obra “O Príncipe” – fundamentos teóricos do Estado Moderno
  • 13. Renascimento Humanismo  Francês • Colégio da França (1529) – Triunfo do humanismo entre os franceses – Ronsard (poesia); Rabelais (prosa); Montaigne  Inglês • William Shakespeare – teatrólogo; problemas sociais  Português • Camões – “Os Lusíadas” – glórias do país  Espanhol • Cervantes – “Dom Quixote” – sátira às novelas de cavalarias e valores da nobreza medieval
  • 14. Renascimento Renascimento Científico  conhecimento medieval – sagradas escrituras (bíblias) e textos de Padres da Igreja  observação científica – experimentalismo  Leonardo Da Vinci – inventos modernos, máquinas de voar, pára-quedas, submarino, e tanque de guerra  Copérnico – Terra não é o centro do universo – pesquisa completada por Kepler e Galileu (contribuições na Física) • geocentrismo – Sol gira em torno da Terra • heliocentrismo – Terra gira em torno do Sol  Vesálio – “Pai da Anatomia”  Miguel Servet – pequena circulação sanguínea Paré – cirurgia – técnica de ligação das artérias
  • 15. Renascimento Renascimento Artístico  Pintura – integração do natural, humano, espaço tridimensional, impressão de profundidade • Itália – estátuas, monumentos e ruínas clássicas • Florença – Mosaccio, Mantegna, e Botticelli • Roma – Michelangelo Buonarroti e Rafael • Veneza – Bellini, Ticiano, Veronese, Tentoretto, Leonardo Da Vinci, Doantello  Arquitetura – palácios, igrejas e monumentos da Antiguidade • Bramante –Basílica de São Pedro • Vignole e Palladio
  • 16. Renascimento Renascimento Artístico  França – arquitetos – Lescot e Delorme – escultores – Goujon e Pilon  Holanda – Brughel – pinturas e paisagismo  Alemanha – Holbein (pinturas), Dürer (gravuras)  Espanha – El Greco – pinturas de cenas religiosas
  • 17. Renascimento CONCLUSÃO Renascimento – movimento de renovação geral que atingiu a Filosofia, as Artes e as Ciências, no início da Idade Moderna Resultante das transformações econômicas – sociais, políticas e religiosas e a presença clássica em território italiano Da Itália difundiu-se por toda a Europa Ocidental e Central