SlideShare uma empresa Scribd logo
Formatação: Ana Beatriz Cargnin
Associação de duas ou mais substâncias, em quaisquer
proporções na qual cada uma mantém suas propriedades.
Essas substâncias podem ser separadas por processos
físicos.
Água + Açúcar Água + Óleo
Qual a diferença entre as duas misturas?
Possuem um único aspecto (exemplo: água + açúcar)
SOLUÇÃO
Possuem mais de um aspecto (exemplo: água + areia)
FASES

Recomendado para você

Misturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e HeterogeneasMisturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e Heterogeneas

O documento discute misturas homogêneas e heterogêneas. Explica que uma mistura é a união de duas ou mais substâncias e que existem misturas líquidas, gasosas e sólidas. As misturas podem ser classificadas em homogêneas, quando as substâncias não podem ser separadas visualmente, ou heterogêneas, quando há separação visível entre elas. O granito é dado como exemplo de mistura heterogênea com três fases.

cienciastio ronnibiologia
Química separação de misturas
Química   separação de misturasQuímica   separação de misturas
Química separação de misturas

1) O documento descreve vários métodos de separação de misturas, incluindo cristalização, destilação simples e fracionada, flotação, levigação e dissolução fracionada. 2) Também apresenta a evolução do modelo atômico desde Demócrito e Leucipo até Rutherford e Bohr, reconhecendo o átomo como constituído por núcleo e elétrons. 3) Detalha as propriedades dos prótons, nêutrons e elétrons e como esses conceitos levaram ao entendimento

Misturas Químicas
Misturas QuímicasMisturas Químicas
Misturas Químicas

O documento descreve as características de misturas homogêneas e heterogêneas. Uma mistura homogênea tem uma única fase e composição uniforme em qualquer ponto, enquanto uma mistura heterogênea tem duas ou mais fases distintas que podem ser observadas. Exemplos de misturas homogêneas incluem álcool e vinagre, enquanto exemplos de misturas heterogêneas incluem água e areia.

Misturas
Misturas
Para separar o ferro, o níquel ou o cobalto de outro componente,
utilizando ímãs.
Misturas

Recomendado para você

Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas

O documento descreve vários processos para separar misturas, incluindo catação, peneiração, levigação, ventilação, separação magnética, flotação, dissolução fracionada, fusão fracionada, sublimação fracionada, decantação, filtração, centrifugação, cristalização fracionada, evaporação, destilação simples, destilação fracionada, destilação do petróleo, cromatografia e liquefação fracionada. Cada processo é apropriado para diferentes tipos de misturas com base nas propriedades

quimicaseparação de misturas
Relatorio 3 quimica
Relatorio 3 quimicaRelatorio 3 quimica
Relatorio 3 quimica

Este documento descreve vários processos de separação de misturas, incluindo filtração simples e a vácuo, purificação por recristalização, sublimação e destilação. O objetivo era introduzir os alunos aos conceitos de misturas, fases e métodos de separação. Vários experimentos ilustraram cada processo, como a separação de Cu(OH)2 e NaSO4 através da filtração de uma mistura de CuSO4 e NaOH.

chemistryufop
Substancias e misturas quimicas
Substancias e misturas quimicasSubstancias e misturas quimicas
Substancias e misturas quimicas

Este documento apresenta informações sobre substâncias químicas puras e misturas. Discute a diferença entre substâncias puras e misturas, tipos de misturas, número de fases em sistemas e processos para separar componentes de misturas, como filtração, decantação e destilação.

prof. severino araújo
Quando um dos componentes sofre sublimação (iodo, benjoim,
naftalina)
Quando a mistura fica em repouso, as
partículas depositam-se no fundo do
recipiente.
Por rotação, as
partículas depositam-se
no fundo do recipiente.
Usando filtros de papel ou de porcelana.

Recomendado para você

Aula sobre matéria
Aula sobre matériaAula sobre matéria
Aula sobre matéria

O documento discute conceitos básicos de química, incluindo: (1) a definição de química como a ciência que estuda a estrutura e propriedades das substâncias e suas transformações; (2) os conceitos de matéria, estados físicos da matéria, e transformações da matéria; e (3) a diferença entre substâncias puras e misturas.

Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012   Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012

O documento descreve vários métodos de separação de misturas heterogêneas e homogêneas, incluindo peneiração, levigação, separação magnética, catação, ventilação, flotação, fusão fracionada, dissolução fracionada, cristalização fracionada, filtração, decantação, centrifugação, destilação simples e destilação fracionada. Os métodos se baseiam nas diferenças de tamanho, densidade, magnetismo e pontos de ebulição entre os componentes das misturas.

MéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeas
MéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeasMéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeas
MéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeas

O documento descreve métodos de separação de misturas homogêneas em três categorias: sólido-líquido, líquido-líquido e gás-gás. Dentre os métodos listados estão a evaporação, destilação simples, destilação fracionada, cristalização fracionada e liquefação fracionada.

Quando a mistura fica em repouso.
Utilizando aspiradores de pó.
Misturas
Vaporização do líquido e sua
posterior condensação.
Para líquidos que tenham
pontos de ebulição diferentes.
É necessário observar e anotar
a temperatura do sistema de
tempo em tempo, isso é feito
para saber quando o vapor
estiver sendo formado em um
ponto de ebulição.

Recomendado para você

Separacao de mistura
Separacao de misturaSeparacao de mistura
Separacao de mistura

O documento discute os conceitos de mistura e separação de misturas em química. Apresenta exemplos de misturas homogêneas e heterogêneas e descreve vários métodos para separar componentes de misturas, incluindo decantação, filtração, destilação e fusão fracionada. Explica como esses processos se aplicam para separar sólidos, líquidos e misturas homogêneas com base nas propriedades físicas dos componentes.

quimica
"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas
"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas
"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas

As misturas heterogêneas são aquelas em que os componentes aparecem em fases distintas e podem ser separados por métodos físicos. Elas incluem sistemas como água e óleo, que não se misturam, e o granito, composto por quartzo, feldspato e mica em fases separadas. Os componentes das misturas heterogêneas geralmente aparecem em estados físicos diferentes e sua separação pode envolver processos como filtragem.

Misturas Homogêneas e Heterogêneas
Misturas Homogêneas e HeterogêneasMisturas Homogêneas e Heterogêneas
Misturas Homogêneas e Heterogêneas

O documento discute misturas homogêneas e heterogêneas, definindo-as como sistemas de uma ou mais fases. Misturas homogêneas, como soluções, contêm apenas uma fase e não podem ter as substâncias diferenciadas a olho nu, enquanto misturas heterogêneas contêm duas ou mais fases visíveis. Exemplos de cada tipo de mistura são fornecidos.

quimica
Nas combinações, os componentes estão
em proporções definidas e formam novas
substâncias.
Os componentes das combinações perdem
suas propriedades e não podem ser
separados por processos físicos, somente
por meio de reações químicas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo   classificação, propriedades e transformações da matériaResumo   classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Profª Alda Ernestina
 
separação de mistura
separação de misturaseparação de mistura
separação de mistura
TALITACAVALCANTECOST
 
Pré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º anoPré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º ano
madalenapico
 
Misturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e HeterogeneasMisturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e Heterogeneas
URCA
 
Química separação de misturas
Química   separação de misturasQuímica   separação de misturas
Química separação de misturas
Marcella Rocha
 
Misturas Químicas
Misturas QuímicasMisturas Químicas
Misturas Químicas
Álef Joanes
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
Escola Modelo de Iguatu
 
Relatorio 3 quimica
Relatorio 3 quimicaRelatorio 3 quimica
Relatorio 3 quimica
Marcelo Pawlowski
 
Substancias e misturas quimicas
Substancias e misturas quimicasSubstancias e misturas quimicas
Substancias e misturas quimicas
Estude Mais
 
Aula sobre matéria
Aula sobre matériaAula sobre matéria
Aula sobre matéria
Rodrigo Rocha de Lima
 
Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012   Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012
José Marcelo Cangemi
 
MéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeas
MéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeasMéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeas
MéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeas
Lucas Nogueira
 
Separacao de mistura
Separacao de misturaSeparacao de mistura
Separacao de mistura
Lucas pk'
 
"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas
"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas
"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Misturas Homogêneas e Heterogêneas
Misturas Homogêneas e HeterogêneasMisturas Homogêneas e Heterogêneas
Misturas Homogêneas e Heterogêneas
Igor Santos
 
Apresentação química (slides)
Apresentação química (slides)Apresentação química (slides)
Apresentação química (slides)
Laís Hildebrand
 
Aula murialdo 2
Aula murialdo 2Aula murialdo 2
Aula murialdo 2
Nai Mariano
 
9 ano | Profª Shirley | substâncias e misturas
9 ano  | Profª Shirley | substâncias e misturas9 ano  | Profª Shirley | substâncias e misturas
9 ano | Profª Shirley | substâncias e misturas
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Fisico-quimica 7ºano - Quimica e distâncias no universo
Fisico-quimica 7ºano - Quimica e distâncias no universoFisico-quimica 7ºano - Quimica e distâncias no universo
Fisico-quimica 7ºano - Quimica e distâncias no universo
Olbera
 
Substâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
Substâncias e misturas | 9 ANO | QuimicaSubstâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
Substâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
Alpha Colégio e Vestibulares
 

Mais procurados (20)

Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo   classificação, propriedades e transformações da matériaResumo   classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
 
separação de mistura
separação de misturaseparação de mistura
separação de mistura
 
Pré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º anoPré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º ano
 
Misturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e HeterogeneasMisturas homogêneas e Heterogeneas
Misturas homogêneas e Heterogeneas
 
Química separação de misturas
Química   separação de misturasQuímica   separação de misturas
Química separação de misturas
 
Misturas Químicas
Misturas QuímicasMisturas Químicas
Misturas Químicas
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
 
Relatorio 3 quimica
Relatorio 3 quimicaRelatorio 3 quimica
Relatorio 3 quimica
 
Substancias e misturas quimicas
Substancias e misturas quimicasSubstancias e misturas quimicas
Substancias e misturas quimicas
 
Aula sobre matéria
Aula sobre matériaAula sobre matéria
Aula sobre matéria
 
Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012   Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012
 
MéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeas
MéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeasMéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeas
MéTodos De SeparaçãO De Mistura HomogêNeas
 
Separacao de mistura
Separacao de misturaSeparacao de mistura
Separacao de mistura
 
"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas
"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas
"Somos Físicos" Misturas Heterogêneas
 
Misturas Homogêneas e Heterogêneas
Misturas Homogêneas e HeterogêneasMisturas Homogêneas e Heterogêneas
Misturas Homogêneas e Heterogêneas
 
Apresentação química (slides)
Apresentação química (slides)Apresentação química (slides)
Apresentação química (slides)
 
Aula murialdo 2
Aula murialdo 2Aula murialdo 2
Aula murialdo 2
 
9 ano | Profª Shirley | substâncias e misturas
9 ano  | Profª Shirley | substâncias e misturas9 ano  | Profª Shirley | substâncias e misturas
9 ano | Profª Shirley | substâncias e misturas
 
Fisico-quimica 7ºano - Quimica e distâncias no universo
Fisico-quimica 7ºano - Quimica e distâncias no universoFisico-quimica 7ºano - Quimica e distâncias no universo
Fisico-quimica 7ºano - Quimica e distâncias no universo
 
Substâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
Substâncias e misturas | 9 ANO | QuimicaSubstâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
Substâncias e misturas | 9 ANO | Quimica
 

Destaque

O SOL
O SOLO SOL
Células e tecidos
Células e tecidosCélulas e tecidos
Células e tecidos
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
Ana Beatriz Cargnin
 
Filo dos artrópodes
Filo dos artrópodesFilo dos artrópodes
Filo dos artrópodes
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
Ana Beatriz Cargnin
 
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRAUNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueletoSistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueleto
Ana Beatriz Cargnin
 
Importância dos meios de cultura
Importância dos meios de culturaImportância dos meios de cultura
Importância dos meios de cultura
Ana Beatriz Cargnin
 
Estudo dos movimentos
Estudo dos movimentosEstudo dos movimentos
Estudo dos movimentos
Ana Beatriz Cargnin
 
Filo dos platelmintos
Filo dos platelmintosFilo dos platelmintos
Filo dos platelmintos
Ana Beatriz Cargnin
 
Cárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestórioCárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestório
Ana Beatriz Cargnin
 
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan BrazilAndreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Ana Beatriz Andreata
 

Destaque (13)

O SOL
O SOLO SOL
O SOL
 
Células e tecidos
Células e tecidosCélulas e tecidos
Células e tecidos
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Filo dos artrópodes
Filo dos artrópodesFilo dos artrópodes
Filo dos artrópodes
 
Sistema linfático
Sistema linfáticoSistema linfático
Sistema linfático
 
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRAUNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
UNIVERSO - SISTEMA SOLAR - MOVIMENTOS DA TERRA
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueletoSistema Locomotor - O esqueleto
Sistema Locomotor - O esqueleto
 
Importância dos meios de cultura
Importância dos meios de culturaImportância dos meios de cultura
Importância dos meios de cultura
 
Estudo dos movimentos
Estudo dos movimentosEstudo dos movimentos
Estudo dos movimentos
 
Filo dos platelmintos
Filo dos platelmintosFilo dos platelmintos
Filo dos platelmintos
 
Cárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestórioCárie e outras doenças do tubo digestório
Cárie e outras doenças do tubo digestório
 
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan BrazilAndreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
Andreata Moraes, Ana Beatriz - Business Plan Brazil
 

Mais de Ana Beatriz Cargnin

Cultura catarinense
Cultura catarinenseCultura catarinense
Cultura catarinense
Ana Beatriz Cargnin
 
Arte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiaresArte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiares
Ana Beatriz Cargnin
 
Gravuras
GravurasGravuras
Dissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - PapercraftDissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - Papercraft
Ana Beatriz Cargnin
 
O Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body artO Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body art
Ana Beatriz Cargnin
 
Teatro de fantoches
Teatro de fantochesTeatro de fantoches
Teatro de fantoches
Ana Beatriz Cargnin
 
Átomo
ÁtomoÁtomo
Introdução a química matéria
Introdução a química matériaIntrodução a química matéria
Introdução a química matéria
Ana Beatriz Cargnin
 
Proriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matériaProriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matéria
Ana Beatriz Cargnin
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
Ana Beatriz Cargnin
 
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratórioDoenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dstSexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Ana Beatriz Cargnin
 
Filo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintosFilo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintos
Ana Beatriz Cargnin
 
Vírus
VírusVírus
Instrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratórioInstrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratório
Ana Beatriz Cargnin
 
Arte na pré história
Arte na pré históriaArte na pré história
Arte na pré história
Ana Beatriz Cargnin
 
Os vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatroOs vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatro
Ana Beatriz Cargnin
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
Ana Beatriz Cargnin
 

Mais de Ana Beatriz Cargnin (18)

Cultura catarinense
Cultura catarinenseCultura catarinense
Cultura catarinense
 
Arte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiaresArte em pinturas de grupos familiares
Arte em pinturas de grupos familiares
 
Gravuras
GravurasGravuras
Gravuras
 
Dissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - PapercraftDissecação de Anuro - Papercraft
Dissecação de Anuro - Papercraft
 
O Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body artO Labirinto do Fauno e a Body art
O Labirinto do Fauno e a Body art
 
Teatro de fantoches
Teatro de fantochesTeatro de fantoches
Teatro de fantoches
 
Átomo
ÁtomoÁtomo
Átomo
 
Introdução a química matéria
Introdução a química matériaIntrodução a química matéria
Introdução a química matéria
 
Proriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matériaProriedades específicas da matéria
Proriedades específicas da matéria
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratórioDoenças e distúrbios dos sistema respiratório
Doenças e distúrbios dos sistema respiratório
 
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dstSexualidade -  puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
Sexualidade - puberdade - reprodução humana - métodos contraceptivos - dst
 
Filo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintosFilo dos nematelmintos
Filo dos nematelmintos
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
Instrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratórioInstrumentos de laboratório
Instrumentos de laboratório
 
Arte na pré história
Arte na pré históriaArte na pré história
Arte na pré história
 
Os vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatroOs vários tipos de teatro
Os vários tipos de teatro
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
 

Último

Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
Faga1939
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
Geagra UFG
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 

Misturas

  • 2. Associação de duas ou mais substâncias, em quaisquer proporções na qual cada uma mantém suas propriedades. Essas substâncias podem ser separadas por processos físicos.
  • 3. Água + Açúcar Água + Óleo Qual a diferença entre as duas misturas?
  • 4. Possuem um único aspecto (exemplo: água + açúcar) SOLUÇÃO Possuem mais de um aspecto (exemplo: água + areia) FASES
  • 7. Para separar o ferro, o níquel ou o cobalto de outro componente, utilizando ímãs.
  • 9. Quando um dos componentes sofre sublimação (iodo, benjoim, naftalina)
  • 10. Quando a mistura fica em repouso, as partículas depositam-se no fundo do recipiente.
  • 11. Por rotação, as partículas depositam-se no fundo do recipiente.
  • 12. Usando filtros de papel ou de porcelana.
  • 13. Quando a mistura fica em repouso. Utilizando aspiradores de pó.
  • 15. Vaporização do líquido e sua posterior condensação.
  • 16. Para líquidos que tenham pontos de ebulição diferentes. É necessário observar e anotar a temperatura do sistema de tempo em tempo, isso é feito para saber quando o vapor estiver sendo formado em um ponto de ebulição.
  • 17. Nas combinações, os componentes estão em proporções definidas e formam novas substâncias. Os componentes das combinações perdem suas propriedades e não podem ser separados por processos físicos, somente por meio de reações químicas.