SlideShare uma empresa Scribd logo
A Cultura do Palco
   Nos séculos XVI e XVII
    assistiu-se ao
    nascimento de uma
    economia à escala
    mundial, marcada pelo
    desenvolvimento do
    comércio.

   Contudo, apesar da
    intensificação dos
    tráficos comerciais a
    principal actividade
    económica do Antigo
    regime continuou a ser a
    agricultura.
A agricultura praticada era
        arcaica, tecnicamente
   atrasada. Usava tecnologia
    tradicional, produzindo os
         produtos de primeira
  necessidade: cereais, vinho,
                azeite, frutos.


A terra era a base da
riqueza e era a posse da
terra que determinava a
posição das famílias na
pirâmide social.
    As terras estavam
    nas mãos da nobreza e
    do clero, proprietários
    com pouca propensão
    para investir e
    modernizar as
    explorações.
    A carga fiscal sobre
    os camponeses era
    elevada.
   Os camponeses ao
    trabalharem em
    terras que não eram
    suas levava-os a não
    fazerem
    investimentos.
Interpreta o esquema
“Uma Nação é tanto mais poderosa e rica
quanto mais elevado for o montante de
dinheiro (ouro e prata) que conseguir
acumular nos seus cofres.”

                                   Colbert
Apesar      da      economia
assentar na agricultura , o
comércio     colonial    era
também importante.
Os produtos ultramarinos
(especiarias, açúcar, chá,
tabaco, algodão, cacau,…)
animavam     a    vida   nas
cidades e enriqueciam a
burguesia.

Em       França,    Colbert,
ministro do rei Luís XIV,
desenvolveu um conjunto de
políticas económicas a que
se     deu    o  nome    de
mercantilismo.
• Para Colbert:                               Mercantilismo
  – A riqueza de um pais
    estava na quantidade de
    ouro    que      o     pais
    conseguisse fazer entrar;
  – Assim, as exportações
    deveriam aumentar e as                              Manufacturas
    importações diminuir.         Taxas alfandegárias   Monopólios
                                  Leis Pragmáticas      Exploração colonial
A sociedade do antigo regime

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Absolutismo e mercantilismo numa sociedade de ordens
Absolutismo e mercantilismo numa sociedade de ordensAbsolutismo e mercantilismo numa sociedade de ordens
Absolutismo e mercantilismo numa sociedade de ordens
home
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
Ana Batista
 
O Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêSO Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêS
Sílvia Mendonça
 
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
Hist8
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
Fátima da História
 
Resumo sobre a a matéria (O antigo regime) de 8ºano.
Resumo sobre a a matéria (O antigo regime) de 8ºano. Resumo sobre a a matéria (O antigo regime) de 8ºano.
Resumo sobre a a matéria (O antigo regime) de 8ºano.
HizqeelMajoka
 
Portugal na Europa do Antigo Regime
Portugal na Europa do Antigo RegimePortugal na Europa do Antigo Regime
Portugal na Europa do Antigo Regime
Carlos Pinheiro
 
O Antigo Regime E O Mercantilismo
O Antigo Regime E O MercantilismoO Antigo Regime E O Mercantilismo
O Antigo Regime E O Mercantilismo
crie_historia8
 
O quadro económico e demográfico xii xiv
O quadro económico e demográfico xii xivO quadro económico e demográfico xii xiv
O quadro económico e demográfico xii xiv
cattonia
 
O Absolutismo e o Mercantilismo
O Absolutismo e o MercantilismoO Absolutismo e o Mercantilismo
O Absolutismo e o Mercantilismo
Patrícia Costa Grigório
 
Antigo regime e iluminismo
Antigo regime e iluminismo Antigo regime e iluminismo
Antigo regime e iluminismo
inessalgado
 
Resumo De História do 8º Ano
Resumo De História do 8º AnoResumo De História do 8º Ano
Resumo De História do 8º Ano
Denis Best
 
O mercantilismo histopria a joana aleida 11ºj
O mercantilismo histopria a joana aleida 11ºjO mercantilismo histopria a joana aleida 11ºj
O mercantilismo histopria a joana aleida 11ºj
slidjuu
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
Edenilson Morais
 
Política económica - século XVIII
Política económica - século XVIIIPolítica económica - século XVIII
Política económica - século XVIII
Maria Gomes
 
7deg anos a_b_-_prof._sandro_historia_-_as_logicas_mercantis_e_o_dominio_europeu
7deg anos a_b_-_prof._sandro_historia_-_as_logicas_mercantis_e_o_dominio_europeu7deg anos a_b_-_prof._sandro_historia_-_as_logicas_mercantis_e_o_dominio_europeu
7deg anos a_b_-_prof._sandro_historia_-_as_logicas_mercantis_e_o_dominio_europeu
Nivea Neves
 
Mercantilismo
Mercantilismo Mercantilismo
Mercantilismo
Maria Gomes
 
O capitalismo comercial no século XVII
O capitalismo comercial no século XVIIO capitalismo comercial no século XVII
O capitalismo comercial no século XVII
Rainha Maga
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
Nelson Faustino
 
O Antigo Regime.
O Antigo Regime.O Antigo Regime.
O Antigo Regime.
MarceloFreitas
 

Mais procurados (20)

Absolutismo e mercantilismo numa sociedade de ordens
Absolutismo e mercantilismo numa sociedade de ordensAbsolutismo e mercantilismo numa sociedade de ordens
Absolutismo e mercantilismo numa sociedade de ordens
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
 
O Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêSO Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêS
 
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Resumo sobre a a matéria (O antigo regime) de 8ºano.
Resumo sobre a a matéria (O antigo regime) de 8ºano. Resumo sobre a a matéria (O antigo regime) de 8ºano.
Resumo sobre a a matéria (O antigo regime) de 8ºano.
 
Portugal na Europa do Antigo Regime
Portugal na Europa do Antigo RegimePortugal na Europa do Antigo Regime
Portugal na Europa do Antigo Regime
 
O Antigo Regime E O Mercantilismo
O Antigo Regime E O MercantilismoO Antigo Regime E O Mercantilismo
O Antigo Regime E O Mercantilismo
 
O quadro económico e demográfico xii xiv
O quadro económico e demográfico xii xivO quadro económico e demográfico xii xiv
O quadro económico e demográfico xii xiv
 
O Absolutismo e o Mercantilismo
O Absolutismo e o MercantilismoO Absolutismo e o Mercantilismo
O Absolutismo e o Mercantilismo
 
Antigo regime e iluminismo
Antigo regime e iluminismo Antigo regime e iluminismo
Antigo regime e iluminismo
 
Resumo De História do 8º Ano
Resumo De História do 8º AnoResumo De História do 8º Ano
Resumo De História do 8º Ano
 
O mercantilismo histopria a joana aleida 11ºj
O mercantilismo histopria a joana aleida 11ºjO mercantilismo histopria a joana aleida 11ºj
O mercantilismo histopria a joana aleida 11ºj
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Política económica - século XVIII
Política económica - século XVIIIPolítica económica - século XVIII
Política económica - século XVIII
 
7deg anos a_b_-_prof._sandro_historia_-_as_logicas_mercantis_e_o_dominio_europeu
7deg anos a_b_-_prof._sandro_historia_-_as_logicas_mercantis_e_o_dominio_europeu7deg anos a_b_-_prof._sandro_historia_-_as_logicas_mercantis_e_o_dominio_europeu
7deg anos a_b_-_prof._sandro_historia_-_as_logicas_mercantis_e_o_dominio_europeu
 
Mercantilismo
Mercantilismo Mercantilismo
Mercantilismo
 
O capitalismo comercial no século XVII
O capitalismo comercial no século XVIIO capitalismo comercial no século XVII
O capitalismo comercial no século XVII
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
 
O Antigo Regime.
O Antigo Regime.O Antigo Regime.
O Antigo Regime.
 

Destaque

Ficha 4 arquitectura civil
Ficha 4  arquitectura civilFicha 4  arquitectura civil
Ficha 4 arquitectura civilCarla Teixeira
 
Ficha 1 cultura da catedral- sociedade e cruzadas
Ficha 1  cultura da catedral- sociedade e cruzadasFicha 1  cultura da catedral- sociedade e cruzadas
Ficha 1 cultura da catedral- sociedade e cruzadasCarla Teixeira
 
A crise do século xiv parte 2
A crise do século xiv parte 2A crise do século xiv parte 2
A crise do século xiv parte 2
Carla Teixeira
 
Cultura popular
Cultura popularCultura popular
Cultura popular
Carla Teixeira
 
O desevolvimento cmoercial parte 2
O desevolvimento cmoercial parte 2O desevolvimento cmoercial parte 2
O desevolvimento cmoercial parte 2
Carla Teixeira
 
A sociedade medieval parte 2
A sociedade medieval parte 2A sociedade medieval parte 2
A sociedade medieval parte 2
Carla Teixeira
 
Absolutismo 2
Absolutismo 2Absolutismo 2
Absolutismo 2
Carla Teixeira
 
Revolução francesa parte 3
Revolução francesa parte 3Revolução francesa parte 3
Revolução francesa parte 3
Carla Teixeira
 
A cultura monástica, cortesã e popular parte 1
A cultura monástica, cortesã e popular parte 1A cultura monástica, cortesã e popular parte 1
A cultura monástica, cortesã e popular parte 1
Carla Teixeira
 
A cultura do palco ficha 1
A cultura do palco  ficha 1A cultura do palco  ficha 1
A cultura do palco ficha 1
Carla Teixeira
 
A crise do século xiv parte 1
A crise do século xiv parte 1A crise do século xiv parte 1
A crise do século xiv parte 1
Carla Teixeira
 
A sociedade medieval parte 1
A sociedade medieval parte 1A sociedade medieval parte 1
A sociedade medieval parte 1
Carla Teixeira
 
Barroco3
Barroco3Barroco3
Barroco3
Carla Teixeira
 
Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1
Carla Teixeira
 
Crescimento económico parte 1
Crescimento económico  parte 1Crescimento económico  parte 1
Crescimento económico parte 1
Carla Teixeira
 
O barroco 1
O barroco 1O barroco 1
O barroco 1
Carla Teixeira
 
A sociedade medieval parte 3
A sociedade medieval parte 3A sociedade medieval parte 3
A sociedade medieval parte 3
Carla Teixeira
 

Destaque (20)

Ficha 4 arquitectura civil
Ficha 4  arquitectura civilFicha 4  arquitectura civil
Ficha 4 arquitectura civil
 
Ficha 3 islamismo
Ficha 3  islamismoFicha 3  islamismo
Ficha 3 islamismo
 
Ficha 1 cultura da catedral- sociedade e cruzadas
Ficha 1  cultura da catedral- sociedade e cruzadasFicha 1  cultura da catedral- sociedade e cruzadas
Ficha 1 cultura da catedral- sociedade e cruzadas
 
Ficha 2 módulo 4
Ficha 2  módulo 4Ficha 2  módulo 4
Ficha 2 módulo 4
 
A crise do século xiv parte 2
A crise do século xiv parte 2A crise do século xiv parte 2
A crise do século xiv parte 2
 
Absolutismo 1
Absolutismo 1Absolutismo 1
Absolutismo 1
 
Cultura popular
Cultura popularCultura popular
Cultura popular
 
O desevolvimento cmoercial parte 2
O desevolvimento cmoercial parte 2O desevolvimento cmoercial parte 2
O desevolvimento cmoercial parte 2
 
A sociedade medieval parte 2
A sociedade medieval parte 2A sociedade medieval parte 2
A sociedade medieval parte 2
 
Absolutismo 2
Absolutismo 2Absolutismo 2
Absolutismo 2
 
Revolução francesa parte 3
Revolução francesa parte 3Revolução francesa parte 3
Revolução francesa parte 3
 
A cultura monástica, cortesã e popular parte 1
A cultura monástica, cortesã e popular parte 1A cultura monástica, cortesã e popular parte 1
A cultura monástica, cortesã e popular parte 1
 
A cultura do palco ficha 1
A cultura do palco  ficha 1A cultura do palco  ficha 1
A cultura do palco ficha 1
 
A crise do século xiv parte 1
A crise do século xiv parte 1A crise do século xiv parte 1
A crise do século xiv parte 1
 
A sociedade medieval parte 1
A sociedade medieval parte 1A sociedade medieval parte 1
A sociedade medieval parte 1
 
Barroco3
Barroco3Barroco3
Barroco3
 
Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1
 
Crescimento económico parte 1
Crescimento económico  parte 1Crescimento económico  parte 1
Crescimento económico parte 1
 
O barroco 1
O barroco 1O barroco 1
O barroco 1
 
A sociedade medieval parte 3
A sociedade medieval parte 3A sociedade medieval parte 3
A sociedade medieval parte 3
 

Semelhante a A sociedade do antigo regime

Conjuração mineira
Conjuração mineiraConjuração mineira
Conjuração mineira
Aulas de História
 
O mercantilismo 14
O mercantilismo 14O mercantilismo 14
O mercantilismo 14
Jose Ribamar Santos
 
O Mercantilismo
O MercantilismoO Mercantilismo
O Mercantilismo
Jose Ribamar Santos
 
4 sociedade mineradora
4 sociedade mineradora4 sociedade mineradora
4 sociedade mineradora
Lucas Cechinel
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Trabalho de história 4BIMESTRE
Trabalho de história 4BIMESTRETrabalho de história 4BIMESTRE
Trabalho de história 4BIMESTRE
Jefferson Barroso
 
Tempo colonia data
Tempo colonia dataTempo colonia data
Tempo colonia data
cursinhoembu
 
Antigo regime - história
Antigo regime - históriaAntigo regime - história
Antigo regime - história
baixinha tareca
 
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
Elizeu filho
 
Aula 11 colonização na américa espanhola
Aula 11   colonização na américa espanholaAula 11   colonização na américa espanhola
Aula 11 colonização na américa espanhola
Dalton Lopes Reis Jr.
 
Brasil Colonial XVI - XVII
Brasil Colonial   XVI - XVIIBrasil Colonial   XVI - XVII
Brasil Colonial XVI - XVII
Alexandre Protásio
 
A economia do brasil colonial
A economia do brasil colonialA economia do brasil colonial
A economia do brasil colonial
historiando
 
O mercantilismo
O mercantilismoO mercantilismo
O mercantilismo
historiando
 
O antigo regime
O antigo regime O antigo regime
O antigo regime
Marcelo Ferreira Boia
 
O mercantilismo
O mercantilismoO mercantilismo
O mercantilismo
historiando
 
Economia colonial (capítulo 30)
Economia colonial (capítulo 30)Economia colonial (capítulo 30)
Economia colonial (capítulo 30)
Wilton Moretto
 
A montagem da colonização cap.21
A montagem da colonização   cap.21A montagem da colonização   cap.21
A montagem da colonização cap.21
Auxiliadora
 
Mercantilismo (aula 21)
Mercantilismo (aula 21)Mercantilismo (aula 21)
Mercantilismo (aula 21)
Rodrigo Vaz Rui
 
O sistema colonial português na américa
O sistema colonial português na américaO sistema colonial português na américa
O sistema colonial português na américa
Daniel IX
 
Brasil pré-colonial e colonial: 2020
Brasil pré-colonial e colonial: 2020Brasil pré-colonial e colonial: 2020
Brasil pré-colonial e colonial: 2020
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 

Semelhante a A sociedade do antigo regime (20)

Conjuração mineira
Conjuração mineiraConjuração mineira
Conjuração mineira
 
O mercantilismo 14
O mercantilismo 14O mercantilismo 14
O mercantilismo 14
 
O Mercantilismo
O MercantilismoO Mercantilismo
O Mercantilismo
 
4 sociedade mineradora
4 sociedade mineradora4 sociedade mineradora
4 sociedade mineradora
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Trabalho de história 4BIMESTRE
Trabalho de história 4BIMESTRETrabalho de história 4BIMESTRE
Trabalho de história 4BIMESTRE
 
Tempo colonia data
Tempo colonia dataTempo colonia data
Tempo colonia data
 
Antigo regime - história
Antigo regime - históriaAntigo regime - história
Antigo regime - história
 
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
 
Aula 11 colonização na américa espanhola
Aula 11   colonização na américa espanholaAula 11   colonização na américa espanhola
Aula 11 colonização na américa espanhola
 
Brasil Colonial XVI - XVII
Brasil Colonial   XVI - XVIIBrasil Colonial   XVI - XVII
Brasil Colonial XVI - XVII
 
A economia do brasil colonial
A economia do brasil colonialA economia do brasil colonial
A economia do brasil colonial
 
O mercantilismo
O mercantilismoO mercantilismo
O mercantilismo
 
O antigo regime
O antigo regime O antigo regime
O antigo regime
 
O mercantilismo
O mercantilismoO mercantilismo
O mercantilismo
 
Economia colonial (capítulo 30)
Economia colonial (capítulo 30)Economia colonial (capítulo 30)
Economia colonial (capítulo 30)
 
A montagem da colonização cap.21
A montagem da colonização   cap.21A montagem da colonização   cap.21
A montagem da colonização cap.21
 
Mercantilismo (aula 21)
Mercantilismo (aula 21)Mercantilismo (aula 21)
Mercantilismo (aula 21)
 
O sistema colonial português na américa
O sistema colonial português na américaO sistema colonial português na américa
O sistema colonial português na américa
 
Brasil pré-colonial e colonial: 2020
Brasil pré-colonial e colonial: 2020Brasil pré-colonial e colonial: 2020
Brasil pré-colonial e colonial: 2020
 

Mais de Carla Teixeira

A civilização industrial no séc XIX.ppt
A civilização industrial no séc XIX.pptA civilização industrial no séc XIX.ppt
A civilização industrial no séc XIX.ppt
Carla Teixeira
 
1-guerra-mundial-esic.ppt
1-guerra-mundial-esic.ppt1-guerra-mundial-esic.ppt
1-guerra-mundial-esic.ppt
Carla Teixeira
 
a polis no mundo grego.ppt
a polis no mundo grego.ppta polis no mundo grego.ppt
a polis no mundo grego.ppt
Carla Teixeira
 
O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1
Carla Teixeira
 
Arte renascentista parte 3
Arte renascentista  parte 3Arte renascentista  parte 3
Arte renascentista parte 3
Carla Teixeira
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
Carla Teixeira
 
A reforma religiosa parte 2
A reforma religiosa  parte 2A reforma religiosa  parte 2
A reforma religiosa parte 2
Carla Teixeira
 
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
A reforma católica e a contra  reforma- parte 1A reforma católica e a contra  reforma- parte 1
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
Carla Teixeira
 
A contra reforma parte 3
A contra reforma  parte 3A contra reforma  parte 3
A contra reforma parte 3
Carla Teixeira
 
A contra reforma parte 2
A contra reforma   parte 2A contra reforma   parte 2
A contra reforma parte 2
Carla Teixeira
 
A arte renascentista parte 2
A arte renascentista parte 2A arte renascentista parte 2
A arte renascentista parte 2
Carla Teixeira
 
O rococó e o neoclássico parte 1
O rococó e o neoclássico parte 1O rococó e o neoclássico parte 1
O rococó e o neoclássico parte 1
Carla Teixeira
 
Neoclássico parte 2
Neoclássico parte 2Neoclássico parte 2
Neoclássico parte 2
Carla Teixeira
 
Neoclássico parte3
Neoclássico parte3Neoclássico parte3
Neoclássico parte3
Carla Teixeira
 
Revolução francesa módulo 7
Revolução francesa  módulo 7Revolução francesa  módulo 7
Revolução francesa módulo 7
Carla Teixeira
 
Revolução francesa módulo 7
Revolução francesa  módulo 7Revolução francesa  módulo 7
Revolução francesa módulo 7
Carla Teixeira
 
Revolução francesa 2
Revolução francesa 2Revolução francesa 2
Revolução francesa 2
Carla Teixeira
 
Revolução francesa 2
Revolução francesa 2Revolução francesa 2
Revolução francesa 2
Carla Teixeira
 
Da rev cient ao iluminismo parte 2
Da rev cient ao iluminismo parte 2Da rev cient ao iluminismo parte 2
Da rev cient ao iluminismo parte 2
Carla Teixeira
 
Da rev cient ao iluminismo
Da rev cient ao iluminismoDa rev cient ao iluminismo
Da rev cient ao iluminismo
Carla Teixeira
 

Mais de Carla Teixeira (20)

A civilização industrial no séc XIX.ppt
A civilização industrial no séc XIX.pptA civilização industrial no séc XIX.ppt
A civilização industrial no séc XIX.ppt
 
1-guerra-mundial-esic.ppt
1-guerra-mundial-esic.ppt1-guerra-mundial-esic.ppt
1-guerra-mundial-esic.ppt
 
a polis no mundo grego.ppt
a polis no mundo grego.ppta polis no mundo grego.ppt
a polis no mundo grego.ppt
 
O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1
 
Arte renascentista parte 3
Arte renascentista  parte 3Arte renascentista  parte 3
Arte renascentista parte 3
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 
A reforma religiosa parte 2
A reforma religiosa  parte 2A reforma religiosa  parte 2
A reforma religiosa parte 2
 
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
A reforma católica e a contra  reforma- parte 1A reforma católica e a contra  reforma- parte 1
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
 
A contra reforma parte 3
A contra reforma  parte 3A contra reforma  parte 3
A contra reforma parte 3
 
A contra reforma parte 2
A contra reforma   parte 2A contra reforma   parte 2
A contra reforma parte 2
 
A arte renascentista parte 2
A arte renascentista parte 2A arte renascentista parte 2
A arte renascentista parte 2
 
O rococó e o neoclássico parte 1
O rococó e o neoclássico parte 1O rococó e o neoclássico parte 1
O rococó e o neoclássico parte 1
 
Neoclássico parte 2
Neoclássico parte 2Neoclássico parte 2
Neoclássico parte 2
 
Neoclássico parte3
Neoclássico parte3Neoclássico parte3
Neoclássico parte3
 
Revolução francesa módulo 7
Revolução francesa  módulo 7Revolução francesa  módulo 7
Revolução francesa módulo 7
 
Revolução francesa módulo 7
Revolução francesa  módulo 7Revolução francesa  módulo 7
Revolução francesa módulo 7
 
Revolução francesa 2
Revolução francesa 2Revolução francesa 2
Revolução francesa 2
 
Revolução francesa 2
Revolução francesa 2Revolução francesa 2
Revolução francesa 2
 
Da rev cient ao iluminismo parte 2
Da rev cient ao iluminismo parte 2Da rev cient ao iluminismo parte 2
Da rev cient ao iluminismo parte 2
 
Da rev cient ao iluminismo
Da rev cient ao iluminismoDa rev cient ao iluminismo
Da rev cient ao iluminismo
 

A sociedade do antigo regime

  • 1. A Cultura do Palco
  • 2.
  • 3. Nos séculos XVI e XVII assistiu-se ao nascimento de uma economia à escala mundial, marcada pelo desenvolvimento do comércio.  Contudo, apesar da intensificação dos tráficos comerciais a principal actividade económica do Antigo regime continuou a ser a agricultura.
  • 4. A agricultura praticada era arcaica, tecnicamente atrasada. Usava tecnologia tradicional, produzindo os produtos de primeira necessidade: cereais, vinho, azeite, frutos. A terra era a base da riqueza e era a posse da terra que determinava a posição das famílias na pirâmide social.
  • 5. As terras estavam nas mãos da nobreza e do clero, proprietários com pouca propensão para investir e modernizar as explorações.  A carga fiscal sobre os camponeses era elevada.  Os camponeses ao trabalharem em terras que não eram suas levava-os a não fazerem investimentos.
  • 6.
  • 8. “Uma Nação é tanto mais poderosa e rica quanto mais elevado for o montante de dinheiro (ouro e prata) que conseguir acumular nos seus cofres.” Colbert
  • 9. Apesar da economia assentar na agricultura , o comércio colonial era também importante. Os produtos ultramarinos (especiarias, açúcar, chá, tabaco, algodão, cacau,…) animavam a vida nas cidades e enriqueciam a burguesia. Em França, Colbert, ministro do rei Luís XIV, desenvolveu um conjunto de políticas económicas a que se deu o nome de mercantilismo.
  • 10. • Para Colbert: Mercantilismo – A riqueza de um pais estava na quantidade de ouro que o pais conseguisse fazer entrar; – Assim, as exportações deveriam aumentar e as Manufacturas importações diminuir. Taxas alfandegárias Monopólios Leis Pragmáticas Exploração colonial