SlideShare uma empresa Scribd logo
ARTE CONCEITUAL:
Performance / Instalação / LandArte ou
    Arte ambiental/ Interferências

                   Por
         Elisa B. Herrera Peres
      Professora de Artes Visuais

                                         1
Artistas:

            Joseph Beuys

            Spencer Tunik

      Christo e Jean-Claude


                              2
PERFORMANCE ou Arte efímera
LINGUAGEM ARTÍSTCA MODERNA
A art performance ou performance artistítica é uma modalidade de
manifestação artística interdisciplinar que - assim como o happening - pode
combinar teatro, música, poesia ou vídeo. É característica da segunda metade
do século XX, mas suas origens estão ligadas aos movimentos
de vanguarda (dadaísmo, futurismo, Bauhaus, etc.) do início do século passado.
Difere do happening por ser mais cuidadosamente elaborada e não envolver
necessariamente a participação dos espectadores. Em geral, segue um "roteiro"
previamente definido, podendo ser reproduzida em outros momentos ou locais. É
realizada para uma plateia quase sempre restrita ou mesmo ausente e, assim,
depende de registros - através de fotografias, vídeos e/ou memoriais descritivos -
para se tornar conhecida do público.
                                                                                 3
A performance foi introduzida durante a década de 1960,
pelo grupo Fluxus e, muito especialmente, através das obras
de Joseph Beuys. Numa de suas performances, Beuys passou
horas sozinho na Galeria Schmela, em Düsseldorf, com o
rosto coberto de mel e folhas de ouro, carregando nos braços
uma lebre morta, a quem comentava detalhes sobre as obras
expostas.
Em alguns casos, as performances ligadas à body art se
tornaram sensoriais ou até masoquistas. Chris
Burden rastejou sobre um piso coberto com cacos de vidro,
levou tiros e foi crucificado sobre um automóvel.
                                                               4
Joseph Beuys
Foi um artista alemão que produziu em vários meios e
técnicas, incluindo escultura, performance, vídeo e instalação.
Ele é considerado um dos mais influentes artistas europeus da
segunda metade do século XX.
Frases:
"Toda a gente é um artista."
"Libertar as pessoas é o objetivo da arte, portanto a arte para
mim é a ciência da liberdade."
"Tornai os segredos produtivos."
                                                                  5
• A Matilha (1969) - instalação com uma Kombi Volkswagen e 24 trenós de madeira
  contendo feltro, lanternas e gordura;
• Como Explicar Desenhos a uma Lebre Morta (1965) - o artista vaga pela galeria com o
  rosto recoberto de mel e ouro, carregando no colo uma lebre morta com quem ele
  fala;
• Terno de Feltro (1970) - um terno de feltro em um cabide de arame;
• Canto Gorduroso (1973) - gordura de porco no canto de um espaço. A gordura derrete
  e se torna rançosa com o tempo;
• Eu Amo a América e a América me Ama (EUA, 1974) - performance em que o artista
  ficou envolvido em feltro em uma sala com um coiote durante cinco dias;
• Bomba de Mel no Local de Trabalho (Documenta de Kassel, 1977) - instalação /
  performance em que alunos da Universidade Livre Internacional de Criatividade e
  Pesquisa Interdisciplinar tomam parte;
• 7.000 Carvalhos (1979) - Sete mil pedras foram espalhadas em Kassel durante uma
  documenta: para cada pedra retirada, Beuys determinou que seria plantado em seu
  lugar um carvalho, na esperança de que a ideia se espalharia para mais cidades.   6
Performance




Como Explicar Desenhos a uma Lebre Morta (1965) - Joseph Beuys
com mel e as folhas de ouro no rosto e o coelho morto no colo com quem ele conversa
Spencer Tunik

PERFORMANCE
LINGUAGEM ARTÍSTCA MODERNA

                             8
Spencer Tunick
É um fotógrafo que nasceu nos Estados Unidos, Middeltown,
em 1967 conhecido pelas suas polémicas fotografias onde
utiliza grandes aglomerações de pessoas em corpo nu. Por
exemplo, em 2005 foi detido pela polícia de Nova Iorque
quando fotografava uma modelo nua frente uma árvore de
natal no Rockfeller Center.
O fotógrafo americano Spencer Tunick é a única pessoa vestida
nas suas sessões de fotos. Ele recruta, ao redor do mundo,
milhares de voluntários para ficarem nus nos mais diferentes
cenários, do calor australiano às geleiras suíças.
                                                                9
Spencer Tunik
Numa parceria entre Tunick e o Greenpeace,
voluntários posam na geleira de Aletsch, Suíça,
para chamar a atenção sobre o aquecimento global.
                                                    10
Spencer Tunik
Quatrocentas e cinquenta mulheres são dispostas ao
redor do terminal de informações do Grand Central
Terminal de Nova York, a maior estação de trens do
mundo.                                               11
Spencer Tunik
Milhares de pessoas posam em Sidney,
Austrália.
                                       12
No Brasil:
  Hélio Oiticica – nasceu no Rio de Janeiro em 1937, morreu no Rio em
1980. Suas instalações mostram que a arte pode fugir dos limites de um
quadro. Na instalação chamada “Penetráveis”, o espetador é convidado a
 entrar e andar pela obra. Os “Parangolés” são estandartes, bandeiras,
      capas de vestir onde o espetador usava esses elementos e se
    manifestava artisticamente, fazendo sua própria performance.




                                     Caetano Veloso vestindo um
                                          “Parangolé” - 1964




                                                                  13
INSTALAÇÃO
               LINGUAGEM ARTÍSTICA MODERNA

instalação (krafts) é uma manifestação artística onde a obra é
composta de elementos organizados em um ambiente. A
disposição de elementos no espaço tem a intenção de criar uma
relação com o espectador. É uma obra de arte que só "existe" na
hora da exposição, é montada na hora, e após isto é desmontada,
sendo que de lembrança da mesma só ficam fotos e recordações.
Uma das possibilidades da instalação é provocar
sensações: frio, calor, odores, som ou coisas que simplesmente
chamem a atenção do público ao redor.
                                                                 14
INSTALAÇÃO
LINGUAGEM ARTÍSTICA MODERNA




                              15
Instalação de Artur Barrio – na exposição nomeada de “situações
artísticas”, em Marselha.

                                                                  16
Land Art                    (Arte ambiental)
A Land Art, também conhecida como Earth Art ou Earthwork é o tipo de arte em que o
terreno natural, em vez de prover o ambiente para uma obra de arte, é ele próprio
trabalhado de modo a integrar-se à obra.
A Land Art surgiu em finais da década de 1960, em parte como consequência de uma
insatisfação crescente em face da deliberada monotonia cultural pelas formas simples
do minimalismo, em parte como expressão de um desencanto relativo à
sofisticada tecnologia da cultura industrial, bem como ao aumento do interesse às questões
ligadas à ecologia. O conceito estabeleceu-se numa exposição organizada na Dwan
Gallery, Nova York, em 1968, e na exposição Earth Art, promovida pela Universidade de
Cornell, em 1969.
É um tipo de arte que, por suas características, não é possível expor em museus ou galerias
(a não ser por meio de fotografias). Devido às muitas dificuldades de colocar-se em prática
os esquemas de land art, suas obras muitas vezes não vão além do estágio de projeto.
Assim, a afinidade com a arte conceitual é mais do que apenas aparente.                 17
INTERFERÊNCIAS
         LINGUAGEM ARTÍSTICA CONTEMPORÂNEA


Christo Vladimirov Javacheff e Jeanne -Claude Denat de
Guillebon são um casal que se dedica à arte de “embrulhar”
grandes monumentos e cenários pelo mundo. Muitos consideram
esse trabalho uma forma de arte ecológica ou até mesmo um
protesto, porém, eles afirmam que o fazem somente pelo seu
apelo estético. Chisto afirma que é um artista com coragem pois
além dos desenhos preparatórios nada sobra de sua obra de arte.
“É preciso muito mais coragem para criar peças que irão
desaparecer do que para criar peças que ficam” diz Christo. Para
conhecer mais sobre o trabalho do casal acesse o site oficial de
Christo e Jeanne-Claude.

                                                               18
Christo e Jean-Claude   19
INTERFERÊNCIAS
LINGUAGEM ARTÍSTICA CONTEMPORÂNEA




                                    20
    Árvores embrulhadas na Suíça
Interferências:
As árvores "embrulhadas" na Suíça: intervenções
radicais na paisagem.


                                                  21
Central Park de Nova York
                            22
Parte sul do Central Park com os "portões" de Christo
As criações da dupla sempre foram cercadas de polêmica.



                                                          23
Interferências: Pont Neuf, Paris, 1985 –
trabalho de interferência de Christo e Jean-
Claude                                         24
Palácio do Reichstag em Berlin, Alemanha

                                           25
Vallley Curtain, Rifle, Colorado, 1970-72




                                            26
Olhando de frente o Vallley Curtain, Rifle, Colorado,
1970-72

                                                        27
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Art Nouveau
Art NouveauArt Nouveau
Art Nouveau
Hely Costa Júnior
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
Andrea Dressler
 
Art Nouveau (Arte Nova)
Art Nouveau (Arte Nova)Art Nouveau (Arte Nova)
Art Nouveau (Arte Nova)
Andrea Dressler
 
Land art
Land artLand art
Land art
Andrea Sulzbach
 
A Arte ContemporâNea
A   Arte ContemporâNeaA   Arte ContemporâNea
A Arte ContemporâNea
rosangela13
 
História da arte - Arte Contemporânea
História da arte -  Arte ContemporâneaHistória da arte -  Arte Contemporânea
História da arte - Arte Contemporânea
Andrea Dressler
 
Op Art
Op ArtOp Art
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticos
Daniele Duque
 
Arte contemporanea
Arte contemporaneaArte contemporanea
Arte contemporanea
Jucielly Vasconcellos
 
Expressionismo abstrato (1)
Expressionismo abstrato (1)Expressionismo abstrato (1)
Expressionismo abstrato (1)
sheilabeca
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
Bruna M
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
Arte Educadora
 
Pós impressionismo
Pós impressionismoPós impressionismo
Pós impressionismo
Cristiane Seibt
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
Ana Barreiros
 
Introdução a Arte
Introdução a ArteIntrodução a Arte
Introdução a Arte
www.historiadasartes.com
 
Arte Conceitual Semina´Rio
Arte Conceitual  Semina´RioArte Conceitual  Semina´Rio
Arte Conceitual Semina´Rio
guest2b9b0d
 
Aula 10 Expressionismo Abstrato
Aula 10  Expressionismo AbstratoAula 10  Expressionismo Abstrato
Aula 10 Expressionismo Abstrato
Aline Okumura
 
Dadaismo
DadaismoDadaismo
Dadaismo
Diogo Reis
 
Arte minimalista
Arte minimalistaArte minimalista
Arte minimalista
samuel ananias
 
História da Arte: Realismo
História da Arte: RealismoHistória da Arte: Realismo
História da Arte: Realismo
Raphael Lanzillotte
 

Mais procurados (20)

Art Nouveau
Art NouveauArt Nouveau
Art Nouveau
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Art Nouveau (Arte Nova)
Art Nouveau (Arte Nova)Art Nouveau (Arte Nova)
Art Nouveau (Arte Nova)
 
Land art
Land artLand art
Land art
 
A Arte ContemporâNea
A   Arte ContemporâNeaA   Arte ContemporâNea
A Arte ContemporâNea
 
História da arte - Arte Contemporânea
História da arte -  Arte ContemporâneaHistória da arte -  Arte Contemporânea
História da arte - Arte Contemporânea
 
Op Art
Op ArtOp Art
Op Art
 
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticos
 
Arte contemporanea
Arte contemporaneaArte contemporanea
Arte contemporanea
 
Expressionismo abstrato (1)
Expressionismo abstrato (1)Expressionismo abstrato (1)
Expressionismo abstrato (1)
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
 
Pós impressionismo
Pós impressionismoPós impressionismo
Pós impressionismo
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
 
Introdução a Arte
Introdução a ArteIntrodução a Arte
Introdução a Arte
 
Arte Conceitual Semina´Rio
Arte Conceitual  Semina´RioArte Conceitual  Semina´Rio
Arte Conceitual Semina´Rio
 
Aula 10 Expressionismo Abstrato
Aula 10  Expressionismo AbstratoAula 10  Expressionismo Abstrato
Aula 10 Expressionismo Abstrato
 
Dadaismo
DadaismoDadaismo
Dadaismo
 
Arte minimalista
Arte minimalistaArte minimalista
Arte minimalista
 
História da Arte: Realismo
História da Arte: RealismoHistória da Arte: Realismo
História da Arte: Realismo
 

Destaque

Ensino Médio- Arte conceitual no Brasil
Ensino Médio- Arte conceitual no BrasilEnsino Médio- Arte conceitual no Brasil
Ensino Médio- Arte conceitual no Brasil
ArtesElisa
 
Arte conceitual
Arte conceitualArte conceitual
Arte conceitual
Stefânia Balestero
 
Arte conceitual
Arte conceitualArte conceitual
Arte conceitual
Cristiano Acosta
 
O Audiovisual na Economia Criativa - Dia 1
O Audiovisual na Economia Criativa - Dia 1O Audiovisual na Economia Criativa - Dia 1
O Audiovisual na Economia Criativa - Dia 1
cultcultura
 
Iavm Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
Iavm   Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãOIavm   Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
Iavm Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
Edione Zelenka
 
9º ano B - Impactos ambientais da industrialização
9º ano B - Impactos ambientais da industrialização9º ano B - Impactos ambientais da industrialização
9º ano B - Impactos ambientais da industrialização
artedasustentabilidade
 
8° B - A sustentabilidade na rua
8° B -  A sustentabilidade na rua8° B -  A sustentabilidade na rua
8° B - A sustentabilidade na rua
artedasustentabilidade
 
Arte conceptual
Arte conceptualArte conceptual
Arte conceptual
mtjeronimo
 
Artigo arte e sustentabilidade
Artigo arte e sustentabilidadeArtigo arte e sustentabilidade
Artigo arte e sustentabilidade
Lígia Lima
 
08 A Arte da Sustentabilidade
08 A Arte da Sustentabilidade08 A Arte da Sustentabilidade
08 A Arte da Sustentabilidade
Kohän-Saagoyen Ltda
 
Arte - um Projeto de Desenvolvimento Sustentável
Arte - um Projeto de Desenvolvimento SustentávelArte - um Projeto de Desenvolvimento Sustentável
Arte - um Projeto de Desenvolvimento Sustentável
Adilson P Motta Motta
 
Mercado dobeco
Mercado dobecoMercado dobeco
Mercado dobeco
Mercado Do Beco
 
Arte e educação. proj. interdisciplinar
Arte e educação. proj. interdisciplinarArte e educação. proj. interdisciplinar
Arte e educação. proj. interdisciplinar
Gilbertofreitas
 
Aula 12 Minimalismo Arte Conceitual
Aula 12  Minimalismo Arte ConceitualAula 12  Minimalismo Arte Conceitual
Aula 12 Minimalismo Arte Conceitual
Aline Okumura
 
Arte conceptual
Arte conceptualArte conceptual
Arte conceptual
Inmaplastica
 
arte conceptual
arte conceptualarte conceptual
arte conceptual
Andres Cuervo
 
Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
 Ensino Médio-   As muitas linguagens da arte contemporânea Ensino Médio-   As muitas linguagens da arte contemporânea
Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
ArtesElisa
 
Arte Século XX
Arte Século XXArte Século XX
Arte Século XX
Carlos Vieira
 
Semana de arte moderna
Semana de arte moderna Semana de arte moderna
Semana de arte moderna
licss
 

Destaque (20)

Ensino Médio- Arte conceitual no Brasil
Ensino Médio- Arte conceitual no BrasilEnsino Médio- Arte conceitual no Brasil
Ensino Médio- Arte conceitual no Brasil
 
Arte conceitual
Arte conceitualArte conceitual
Arte conceitual
 
Arte conceitual
Arte conceitualArte conceitual
Arte conceitual
 
Arte Conceitual
Arte ConceitualArte Conceitual
Arte Conceitual
 
O Audiovisual na Economia Criativa - Dia 1
O Audiovisual na Economia Criativa - Dia 1O Audiovisual na Economia Criativa - Dia 1
O Audiovisual na Economia Criativa - Dia 1
 
Iavm Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
Iavm   Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãOIavm   Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
Iavm Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
 
9º ano B - Impactos ambientais da industrialização
9º ano B - Impactos ambientais da industrialização9º ano B - Impactos ambientais da industrialização
9º ano B - Impactos ambientais da industrialização
 
8° B - A sustentabilidade na rua
8° B -  A sustentabilidade na rua8° B -  A sustentabilidade na rua
8° B - A sustentabilidade na rua
 
Arte conceptual
Arte conceptualArte conceptual
Arte conceptual
 
Artigo arte e sustentabilidade
Artigo arte e sustentabilidadeArtigo arte e sustentabilidade
Artigo arte e sustentabilidade
 
08 A Arte da Sustentabilidade
08 A Arte da Sustentabilidade08 A Arte da Sustentabilidade
08 A Arte da Sustentabilidade
 
Arte - um Projeto de Desenvolvimento Sustentável
Arte - um Projeto de Desenvolvimento SustentávelArte - um Projeto de Desenvolvimento Sustentável
Arte - um Projeto de Desenvolvimento Sustentável
 
Mercado dobeco
Mercado dobecoMercado dobeco
Mercado dobeco
 
Arte e educação. proj. interdisciplinar
Arte e educação. proj. interdisciplinarArte e educação. proj. interdisciplinar
Arte e educação. proj. interdisciplinar
 
Aula 12 Minimalismo Arte Conceitual
Aula 12  Minimalismo Arte ConceitualAula 12  Minimalismo Arte Conceitual
Aula 12 Minimalismo Arte Conceitual
 
Arte conceptual
Arte conceptualArte conceptual
Arte conceptual
 
arte conceptual
arte conceptualarte conceptual
arte conceptual
 
Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
 Ensino Médio-   As muitas linguagens da arte contemporânea Ensino Médio-   As muitas linguagens da arte contemporânea
Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
 
Arte Século XX
Arte Século XXArte Século XX
Arte Século XX
 
Semana de arte moderna
Semana de arte moderna Semana de arte moderna
Semana de arte moderna
 

Semelhante a Ensino Médio- Arte Conceitual-

Ensino Médio- A Arte Contemporânea
Ensino Médio-  A  Arte ContemporâneaEnsino Médio-  A  Arte Contemporânea
Ensino Médio- A Arte Contemporânea
ArtesElisa
 
2- Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
 2- Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea 2- Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
2- Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
ArtesElisa
 
Apresentação Silêncios
Apresentação SilênciosApresentação Silêncios
Apresentação Silêncios
resespress
 
Ensino Médio - Arte Conceitual -Christo e Jeanne-Claude -14 slides-
Ensino Médio - Arte Conceitual -Christo e Jeanne-Claude    -14 slides-Ensino Médio - Arte Conceitual -Christo e Jeanne-Claude    -14 slides-
Ensino Médio - Arte Conceitual -Christo e Jeanne-Claude -14 slides-
ArtesElisa
 
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdfHAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
ssuser90b57a
 
04 julho 2012 nossa apresentaçao
04 julho 2012  nossa apresentaçao04 julho 2012  nossa apresentaçao
04 julho 2012 nossa apresentaçao
Sandra Kroetz
 
Fluxus arte digital e arte eletronica
Fluxus arte digital e arte eletronicaFluxus arte digital e arte eletronica
Fluxus arte digital e arte eletronica
Rodrigo Leite
 
Arte pop
Arte popArte pop
Arte abstrata 1910 1950
Arte abstrata        1910 1950Arte abstrata        1910 1950
Arte abstrata 1910 1950
Professor Gilson Nunes
 
Body arte, instalação e performance.
Body arte, instalação e performance. Body arte, instalação e performance.
Body arte, instalação e performance.
KATIALUIZAFOLLETO
 
Um pouco da arte contemporanea na fotografia
Um pouco da arte contemporanea na fotografiaUm pouco da arte contemporanea na fotografia
Um pouco da arte contemporanea na fotografia
SamaraSalesMendes2
 
25 arte anos 1950 2020
25 arte anos 1950 202025 arte anos 1950 2020
25 arte anos 1950 2020
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Pós Modernismo
Pós ModernismoPós Modernismo
Pós Modernismo
Bruno Conti
 
Minimalismo, Arte pop, Arte conceitual, Instalação, Performance, e Land Art.
Minimalismo,Arte pop, Arte conceitual,Instalação,Performance, e Land Art.Minimalismo,Arte pop, Arte conceitual,Instalação,Performance, e Land Art.
Minimalismo, Arte pop, Arte conceitual, Instalação, Performance, e Land Art.
Hebert Barbosa
 
arte.pdf
arte.pdfarte.pdf
arte.pdf
RafaelVictor46
 
Palestra - Arte Ambiental
Palestra - Arte Ambiental Palestra - Arte Ambiental
Palestra - Arte Ambiental
MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal
 
Nazismo, Pop ART, Expressionismo Abstrato, Arte conceitual,
Nazismo, Pop ART, Expressionismo Abstrato, Arte conceitual, Nazismo, Pop ART, Expressionismo Abstrato, Arte conceitual,
Nazismo, Pop ART, Expressionismo Abstrato, Arte conceitual,
Bianca Vasconcelos
 
Arte a partir dos anos 1950 contemporânea
Arte  a partir dos anos 1950  contemporânea Arte  a partir dos anos 1950  contemporânea
Arte a partir dos anos 1950 contemporânea
CLEBER LUIS DAMACENO
 
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
Wesley Macedo
 
Carina pires joseph beuys
Carina pires   joseph beuysCarina pires   joseph beuys
Carina pires joseph beuys
CarinaAfonso27
 

Semelhante a Ensino Médio- Arte Conceitual- (20)

Ensino Médio- A Arte Contemporânea
Ensino Médio-  A  Arte ContemporâneaEnsino Médio-  A  Arte Contemporânea
Ensino Médio- A Arte Contemporânea
 
2- Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
 2- Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea 2- Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
2- Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
 
Apresentação Silêncios
Apresentação SilênciosApresentação Silêncios
Apresentação Silêncios
 
Ensino Médio - Arte Conceitual -Christo e Jeanne-Claude -14 slides-
Ensino Médio - Arte Conceitual -Christo e Jeanne-Claude    -14 slides-Ensino Médio - Arte Conceitual -Christo e Jeanne-Claude    -14 slides-
Ensino Médio - Arte Conceitual -Christo e Jeanne-Claude -14 slides-
 
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdfHAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
 
04 julho 2012 nossa apresentaçao
04 julho 2012  nossa apresentaçao04 julho 2012  nossa apresentaçao
04 julho 2012 nossa apresentaçao
 
Fluxus arte digital e arte eletronica
Fluxus arte digital e arte eletronicaFluxus arte digital e arte eletronica
Fluxus arte digital e arte eletronica
 
Arte pop
Arte popArte pop
Arte pop
 
Arte abstrata 1910 1950
Arte abstrata        1910 1950Arte abstrata        1910 1950
Arte abstrata 1910 1950
 
Body arte, instalação e performance.
Body arte, instalação e performance. Body arte, instalação e performance.
Body arte, instalação e performance.
 
Um pouco da arte contemporanea na fotografia
Um pouco da arte contemporanea na fotografiaUm pouco da arte contemporanea na fotografia
Um pouco da arte contemporanea na fotografia
 
25 arte anos 1950 2020
25 arte anos 1950 202025 arte anos 1950 2020
25 arte anos 1950 2020
 
Pós Modernismo
Pós ModernismoPós Modernismo
Pós Modernismo
 
Minimalismo, Arte pop, Arte conceitual, Instalação, Performance, e Land Art.
Minimalismo,Arte pop, Arte conceitual,Instalação,Performance, e Land Art.Minimalismo,Arte pop, Arte conceitual,Instalação,Performance, e Land Art.
Minimalismo, Arte pop, Arte conceitual, Instalação, Performance, e Land Art.
 
arte.pdf
arte.pdfarte.pdf
arte.pdf
 
Palestra - Arte Ambiental
Palestra - Arte Ambiental Palestra - Arte Ambiental
Palestra - Arte Ambiental
 
Nazismo, Pop ART, Expressionismo Abstrato, Arte conceitual,
Nazismo, Pop ART, Expressionismo Abstrato, Arte conceitual, Nazismo, Pop ART, Expressionismo Abstrato, Arte conceitual,
Nazismo, Pop ART, Expressionismo Abstrato, Arte conceitual,
 
Arte a partir dos anos 1950 contemporânea
Arte  a partir dos anos 1950  contemporânea Arte  a partir dos anos 1950  contemporânea
Arte a partir dos anos 1950 contemporânea
 
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
 
Carina pires joseph beuys
Carina pires   joseph beuysCarina pires   joseph beuys
Carina pires joseph beuys
 

Mais de ArtesElisa

6o. ano -A Arte no Egito- do livro Descobrindo a História da Arte de Graça P...
6o. ano  -A Arte no Egito- do livro Descobrindo a História da Arte de Graça P...6o. ano  -A Arte no Egito- do livro Descobrindo a História da Arte de Graça P...
6o. ano -A Arte no Egito- do livro Descobrindo a História da Arte de Graça P...
ArtesElisa
 
6o. ano texto -Arte na Grécia- 2-
6o. ano  texto -Arte na Grécia- 2-6o. ano  texto -Arte na Grécia- 2-
6o. ano texto -Arte na Grécia- 2-
ArtesElisa
 
6o. ano texto- arte na grécia -1-
6o. ano  texto- arte na grécia -1-6o. ano  texto- arte na grécia -1-
6o. ano texto- arte na grécia -1-
ArtesElisa
 
Ensino Médio- Academimismo v ersus. Modernismo
Ensino Médio- Academimismo v ersus. ModernismoEnsino Médio- Academimismo v ersus. Modernismo
Ensino Médio- Academimismo v ersus. Modernismo
ArtesElisa
 
texto Ensino Médio- Gravura, litografia, xilogravura, serigrafia ou silkscreen
texto Ensino Médio- Gravura, litografia, xilogravura, serigrafia ou silkscreentexto Ensino Médio- Gravura, litografia, xilogravura, serigrafia ou silkscreen
texto Ensino Médio- Gravura, litografia, xilogravura, serigrafia ou silkscreen
ArtesElisa
 
Ensino Médio- Marina abramovic performance- texto
Ensino Médio- Marina abramovic  performance- textoEnsino Médio- Marina abramovic  performance- texto
Ensino Médio- Marina abramovic performance- texto
ArtesElisa
 
Ensino Médio -3 pop arte -roy lichtentein-antonio dias-rubens gerchman- z
Ensino Médio -3  pop arte -roy lichtentein-antonio dias-rubens gerchman- zEnsino Médio -3  pop arte -roy lichtentein-antonio dias-rubens gerchman- z
Ensino Médio -3 pop arte -roy lichtentein-antonio dias-rubens gerchman- z
ArtesElisa
 
Ensino Médio - pop art- andy warhol - -23 slides-
Ensino Médio -  pop art-   andy warhol -     -23 slides-Ensino Médio -  pop art-   andy warhol -     -23 slides-
Ensino Médio - pop art- andy warhol - -23 slides-
ArtesElisa
 
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
ArtesElisa
 
Ensino médio 1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
Ensino médio  1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...Ensino médio  1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
Ensino médio 1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
ArtesElisa
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
ArtesElisa
 
Ensino médio texto- análise de uma obra de arte-
Ensino médio  texto- análise de uma obra de arte-Ensino médio  texto- análise de uma obra de arte-
Ensino médio texto- análise de uma obra de arte-
ArtesElisa
 
Ensino Médio- A arte do cubismo
Ensino Médio- A arte do cubismoEnsino Médio- A arte do cubismo
Ensino Médio- A arte do cubismo
ArtesElisa
 
7o. ano renascimento na itália
7o. ano  renascimento na itália7o. ano  renascimento na itália
7o. ano renascimento na itália
ArtesElisa
 
Ensino médio dadaísmo marcel duchamp
Ensino médio  dadaísmo marcel duchampEnsino médio  dadaísmo marcel duchamp
Ensino médio dadaísmo marcel duchamp
ArtesElisa
 
8o. ano século xix na europa- as inovações na arte- neoclassicismo
8o. ano  século xix na europa- as inovações na arte- neoclassicismo8o. ano  século xix na europa- as inovações na arte- neoclassicismo
8o. ano século xix na europa- as inovações na arte- neoclassicismo
ArtesElisa
 
6o. ano a arte romana
6o. ano   a arte romana6o. ano   a arte romana
6o. ano a arte romana
ArtesElisa
 
7o. ano renascimento na alemanha e nos países baixos
7o. ano  renascimento na alemanha e nos países baixos7o. ano  renascimento na alemanha e nos países baixos
7o. ano renascimento na alemanha e nos países baixos
ArtesElisa
 
9o. ano final do século xix na europa
9o. ano  final do século xix na europa9o. ano  final do século xix na europa
9o. ano final do século xix na europa
ArtesElisa
 
6º ano continuação arte na pré-história
6º ano  continuação arte na pré-história6º ano  continuação arte na pré-história
6º ano continuação arte na pré-história
ArtesElisa
 

Mais de ArtesElisa (20)

6o. ano -A Arte no Egito- do livro Descobrindo a História da Arte de Graça P...
6o. ano  -A Arte no Egito- do livro Descobrindo a História da Arte de Graça P...6o. ano  -A Arte no Egito- do livro Descobrindo a História da Arte de Graça P...
6o. ano -A Arte no Egito- do livro Descobrindo a História da Arte de Graça P...
 
6o. ano texto -Arte na Grécia- 2-
6o. ano  texto -Arte na Grécia- 2-6o. ano  texto -Arte na Grécia- 2-
6o. ano texto -Arte na Grécia- 2-
 
6o. ano texto- arte na grécia -1-
6o. ano  texto- arte na grécia -1-6o. ano  texto- arte na grécia -1-
6o. ano texto- arte na grécia -1-
 
Ensino Médio- Academimismo v ersus. Modernismo
Ensino Médio- Academimismo v ersus. ModernismoEnsino Médio- Academimismo v ersus. Modernismo
Ensino Médio- Academimismo v ersus. Modernismo
 
texto Ensino Médio- Gravura, litografia, xilogravura, serigrafia ou silkscreen
texto Ensino Médio- Gravura, litografia, xilogravura, serigrafia ou silkscreentexto Ensino Médio- Gravura, litografia, xilogravura, serigrafia ou silkscreen
texto Ensino Médio- Gravura, litografia, xilogravura, serigrafia ou silkscreen
 
Ensino Médio- Marina abramovic performance- texto
Ensino Médio- Marina abramovic  performance- textoEnsino Médio- Marina abramovic  performance- texto
Ensino Médio- Marina abramovic performance- texto
 
Ensino Médio -3 pop arte -roy lichtentein-antonio dias-rubens gerchman- z
Ensino Médio -3  pop arte -roy lichtentein-antonio dias-rubens gerchman- zEnsino Médio -3  pop arte -roy lichtentein-antonio dias-rubens gerchman- z
Ensino Médio -3 pop arte -roy lichtentein-antonio dias-rubens gerchman- z
 
Ensino Médio - pop art- andy warhol - -23 slides-
Ensino Médio -  pop art-   andy warhol -     -23 slides-Ensino Médio -  pop art-   andy warhol -     -23 slides-
Ensino Médio - pop art- andy warhol - -23 slides-
 
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
 
Ensino médio 1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
Ensino médio  1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...Ensino médio  1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
Ensino médio 1o. bimestre- a arte da primeira metade do século xx-expression...
 
Expressionismo
ExpressionismoExpressionismo
Expressionismo
 
Ensino médio texto- análise de uma obra de arte-
Ensino médio  texto- análise de uma obra de arte-Ensino médio  texto- análise de uma obra de arte-
Ensino médio texto- análise de uma obra de arte-
 
Ensino Médio- A arte do cubismo
Ensino Médio- A arte do cubismoEnsino Médio- A arte do cubismo
Ensino Médio- A arte do cubismo
 
7o. ano renascimento na itália
7o. ano  renascimento na itália7o. ano  renascimento na itália
7o. ano renascimento na itália
 
Ensino médio dadaísmo marcel duchamp
Ensino médio  dadaísmo marcel duchampEnsino médio  dadaísmo marcel duchamp
Ensino médio dadaísmo marcel duchamp
 
8o. ano século xix na europa- as inovações na arte- neoclassicismo
8o. ano  século xix na europa- as inovações na arte- neoclassicismo8o. ano  século xix na europa- as inovações na arte- neoclassicismo
8o. ano século xix na europa- as inovações na arte- neoclassicismo
 
6o. ano a arte romana
6o. ano   a arte romana6o. ano   a arte romana
6o. ano a arte romana
 
7o. ano renascimento na alemanha e nos países baixos
7o. ano  renascimento na alemanha e nos países baixos7o. ano  renascimento na alemanha e nos países baixos
7o. ano renascimento na alemanha e nos países baixos
 
9o. ano final do século xix na europa
9o. ano  final do século xix na europa9o. ano  final do século xix na europa
9o. ano final do século xix na europa
 
6º ano continuação arte na pré-história
6º ano  continuação arte na pré-história6º ano  continuação arte na pré-história
6º ano continuação arte na pré-história
 

Último

planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 

Último (20)

planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 

Ensino Médio- Arte Conceitual-

  • 1. ARTE CONCEITUAL: Performance / Instalação / LandArte ou Arte ambiental/ Interferências Por Elisa B. Herrera Peres Professora de Artes Visuais 1
  • 2. Artistas: Joseph Beuys Spencer Tunik Christo e Jean-Claude 2
  • 3. PERFORMANCE ou Arte efímera LINGUAGEM ARTÍSTCA MODERNA A art performance ou performance artistítica é uma modalidade de manifestação artística interdisciplinar que - assim como o happening - pode combinar teatro, música, poesia ou vídeo. É característica da segunda metade do século XX, mas suas origens estão ligadas aos movimentos de vanguarda (dadaísmo, futurismo, Bauhaus, etc.) do início do século passado. Difere do happening por ser mais cuidadosamente elaborada e não envolver necessariamente a participação dos espectadores. Em geral, segue um "roteiro" previamente definido, podendo ser reproduzida em outros momentos ou locais. É realizada para uma plateia quase sempre restrita ou mesmo ausente e, assim, depende de registros - através de fotografias, vídeos e/ou memoriais descritivos - para se tornar conhecida do público. 3
  • 4. A performance foi introduzida durante a década de 1960, pelo grupo Fluxus e, muito especialmente, através das obras de Joseph Beuys. Numa de suas performances, Beuys passou horas sozinho na Galeria Schmela, em Düsseldorf, com o rosto coberto de mel e folhas de ouro, carregando nos braços uma lebre morta, a quem comentava detalhes sobre as obras expostas. Em alguns casos, as performances ligadas à body art se tornaram sensoriais ou até masoquistas. Chris Burden rastejou sobre um piso coberto com cacos de vidro, levou tiros e foi crucificado sobre um automóvel. 4
  • 5. Joseph Beuys Foi um artista alemão que produziu em vários meios e técnicas, incluindo escultura, performance, vídeo e instalação. Ele é considerado um dos mais influentes artistas europeus da segunda metade do século XX. Frases: "Toda a gente é um artista." "Libertar as pessoas é o objetivo da arte, portanto a arte para mim é a ciência da liberdade." "Tornai os segredos produtivos." 5
  • 6. • A Matilha (1969) - instalação com uma Kombi Volkswagen e 24 trenós de madeira contendo feltro, lanternas e gordura; • Como Explicar Desenhos a uma Lebre Morta (1965) - o artista vaga pela galeria com o rosto recoberto de mel e ouro, carregando no colo uma lebre morta com quem ele fala; • Terno de Feltro (1970) - um terno de feltro em um cabide de arame; • Canto Gorduroso (1973) - gordura de porco no canto de um espaço. A gordura derrete e se torna rançosa com o tempo; • Eu Amo a América e a América me Ama (EUA, 1974) - performance em que o artista ficou envolvido em feltro em uma sala com um coiote durante cinco dias; • Bomba de Mel no Local de Trabalho (Documenta de Kassel, 1977) - instalação / performance em que alunos da Universidade Livre Internacional de Criatividade e Pesquisa Interdisciplinar tomam parte; • 7.000 Carvalhos (1979) - Sete mil pedras foram espalhadas em Kassel durante uma documenta: para cada pedra retirada, Beuys determinou que seria plantado em seu lugar um carvalho, na esperança de que a ideia se espalharia para mais cidades. 6
  • 7. Performance Como Explicar Desenhos a uma Lebre Morta (1965) - Joseph Beuys com mel e as folhas de ouro no rosto e o coelho morto no colo com quem ele conversa
  • 9. Spencer Tunick É um fotógrafo que nasceu nos Estados Unidos, Middeltown, em 1967 conhecido pelas suas polémicas fotografias onde utiliza grandes aglomerações de pessoas em corpo nu. Por exemplo, em 2005 foi detido pela polícia de Nova Iorque quando fotografava uma modelo nua frente uma árvore de natal no Rockfeller Center. O fotógrafo americano Spencer Tunick é a única pessoa vestida nas suas sessões de fotos. Ele recruta, ao redor do mundo, milhares de voluntários para ficarem nus nos mais diferentes cenários, do calor australiano às geleiras suíças. 9
  • 10. Spencer Tunik Numa parceria entre Tunick e o Greenpeace, voluntários posam na geleira de Aletsch, Suíça, para chamar a atenção sobre o aquecimento global. 10
  • 11. Spencer Tunik Quatrocentas e cinquenta mulheres são dispostas ao redor do terminal de informações do Grand Central Terminal de Nova York, a maior estação de trens do mundo. 11
  • 12. Spencer Tunik Milhares de pessoas posam em Sidney, Austrália. 12
  • 13. No Brasil: Hélio Oiticica – nasceu no Rio de Janeiro em 1937, morreu no Rio em 1980. Suas instalações mostram que a arte pode fugir dos limites de um quadro. Na instalação chamada “Penetráveis”, o espetador é convidado a entrar e andar pela obra. Os “Parangolés” são estandartes, bandeiras, capas de vestir onde o espetador usava esses elementos e se manifestava artisticamente, fazendo sua própria performance. Caetano Veloso vestindo um “Parangolé” - 1964 13
  • 14. INSTALAÇÃO LINGUAGEM ARTÍSTICA MODERNA instalação (krafts) é uma manifestação artística onde a obra é composta de elementos organizados em um ambiente. A disposição de elementos no espaço tem a intenção de criar uma relação com o espectador. É uma obra de arte que só "existe" na hora da exposição, é montada na hora, e após isto é desmontada, sendo que de lembrança da mesma só ficam fotos e recordações. Uma das possibilidades da instalação é provocar sensações: frio, calor, odores, som ou coisas que simplesmente chamem a atenção do público ao redor. 14
  • 16. Instalação de Artur Barrio – na exposição nomeada de “situações artísticas”, em Marselha. 16
  • 17. Land Art (Arte ambiental) A Land Art, também conhecida como Earth Art ou Earthwork é o tipo de arte em que o terreno natural, em vez de prover o ambiente para uma obra de arte, é ele próprio trabalhado de modo a integrar-se à obra. A Land Art surgiu em finais da década de 1960, em parte como consequência de uma insatisfação crescente em face da deliberada monotonia cultural pelas formas simples do minimalismo, em parte como expressão de um desencanto relativo à sofisticada tecnologia da cultura industrial, bem como ao aumento do interesse às questões ligadas à ecologia. O conceito estabeleceu-se numa exposição organizada na Dwan Gallery, Nova York, em 1968, e na exposição Earth Art, promovida pela Universidade de Cornell, em 1969. É um tipo de arte que, por suas características, não é possível expor em museus ou galerias (a não ser por meio de fotografias). Devido às muitas dificuldades de colocar-se em prática os esquemas de land art, suas obras muitas vezes não vão além do estágio de projeto. Assim, a afinidade com a arte conceitual é mais do que apenas aparente. 17
  • 18. INTERFERÊNCIAS LINGUAGEM ARTÍSTICA CONTEMPORÂNEA Christo Vladimirov Javacheff e Jeanne -Claude Denat de Guillebon são um casal que se dedica à arte de “embrulhar” grandes monumentos e cenários pelo mundo. Muitos consideram esse trabalho uma forma de arte ecológica ou até mesmo um protesto, porém, eles afirmam que o fazem somente pelo seu apelo estético. Chisto afirma que é um artista com coragem pois além dos desenhos preparatórios nada sobra de sua obra de arte. “É preciso muito mais coragem para criar peças que irão desaparecer do que para criar peças que ficam” diz Christo. Para conhecer mais sobre o trabalho do casal acesse o site oficial de Christo e Jeanne-Claude. 18
  • 20. INTERFERÊNCIAS LINGUAGEM ARTÍSTICA CONTEMPORÂNEA 20 Árvores embrulhadas na Suíça
  • 21. Interferências: As árvores "embrulhadas" na Suíça: intervenções radicais na paisagem. 21
  • 22. Central Park de Nova York 22
  • 23. Parte sul do Central Park com os "portões" de Christo As criações da dupla sempre foram cercadas de polêmica. 23
  • 24. Interferências: Pont Neuf, Paris, 1985 – trabalho de interferência de Christo e Jean- Claude 24
  • 25. Palácio do Reichstag em Berlin, Alemanha 25
  • 26. Vallley Curtain, Rifle, Colorado, 1970-72 26
  • 27. Olhando de frente o Vallley Curtain, Rifle, Colorado, 1970-72 27
  • 28. Fim