SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP

         CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

           ANA CAROLINA BERTONI
                RA 2375466761




RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO - SERVIÇO SOCIAL




                SANTO ANDRÉ
                     2012
UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP

                 CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA



         Relatório final de Estágio - Serviço Social


IDENTIFICAÇÃO :



Nome da Estagiária: Ana Carolina Bertoni.

Endereço: Rua Justiniano, nº 56, bairro: Jd. Santo Antônio, CEP: 09240-260,
Santo André – SP.

Telefone: (11) 8444-7882. e-mail: ac.bertoni87@bol.com.br

Nível do Estágio Supervisionado: Nível I.

Local de Estágio: Hospital e Maternidade Bartira, Santo André.

Nome do (a) Supervisor (a) Acadêmico (a): Amarildo Rodrigues.

Nome do (a) Supervisor (a) de Campo: Sônia Cecília Berto.

Carga horária: 124 horas. Início: 03/04/2012. Término: 28/06/2012.
I - INTRODUÇÃO


       O estágio aqui apresentado é exercido pela acadêmica de graduação
do Curso de Serviço Social da Universidade Anhanguera-Uniderp, pólo de
ensino UNIA-Santo André, realizado no Hospital Bartira que basicamente volta
sua atenção para a área do atendimento social, mas especificamente a saúde,
sendo este hospital pertencente à iniciativa privada.
       No âmbito do Curso de Serviço Social, o aprendizado pode melhorar
dialogar com prática do estágio, sendo que este ocorre sob a supervisão
técnica da assistente social do      Hospital Bartira, local onde o mesmo é
realizado, e da supervisão pedagógica do professor-tutor Amarildo , o qual
está vinculado à instituição de ensino Anhanguera-Uniderp.


OBJETIVO GERAL


Interação dos três atores no processo aprendizado-estágio:
• aluno, enquanto estagiário;
• assistente social do campo: responsável pela supervisão técnica no Hospital;
• docente, sendo o professor-tutor em sua atribuição pedagógica.


OBJETIVO ESPECÍFICO


       No estágio supervisionado são trabalhadas as três dimensões da
prática profissional:
   •   Teórico-metodológica: com a apreensão do método e das teorias e, por
       conseguinte, da relação que faz com a prática.
   •   Ético-política: diz respeito ao desenvolvimento da capacidade de
       analisar a sociedade e a própria profissão como campo de forças
       contraditórias, considerando-se o caráter eminentemente político do
       exercício profissional, assim como a consciência do profissional acerca
       da direção social que imprime em sua intervenção.
   •   Técnico-operativa: refere-se mais estritamente aos elementos técnicos
       e instrumentais para o desenvolvimento da intervenção.
II - A ORGANIZAÇÃO:



     a) Identificação da Instituição:
        Hospital e Maternidade Bartira em Santo André – SP.




b) Descrever e analisar de forma breve e a partir da sua experiência
prática como estagiário a realidade da organização (missão, visão,
valores, serviços, programas e projetos realizados junto à comunidade).


R: A realidade da Organização está voltada principalmente aos valores e ao
acolhimento, através de programas que visam à melhoria no atendimento e a
integração do público atendido. Quanto aos projetos realizados com a
comunidade, pode-se destacar a Campanha do Agasalho e a Caminhada
Anual, que reúne moradores da região a fim de promover uma melhor
qualidade de vida e conscientização sobre o tema.


c) Situar o espaço de estágio dentro da organização, ou seja, localizar a
sua     atuação    como     estagiário   na   rotina     dos   atendimentos,
acompanhamentos e encaminhamentos dentro da instituição.
R: Meu espaço como estagiária dentro da organização se faz através do
acompanhamento observatório direto na rotina do Hospital, sob a orientação
da Supervisora de Campo.


d) Descrever o alcance social dos projetos, programas e serviços
encontrados na Organização.
R: O alcance dos projetos, programas e serviços encontrados na Organização
abrangem os pacientes, familiares e comunidade.


e)    Descrever    a   vivência   considerando      o   aprendizado   teórico-
metodológico articulado à prática do serviço, lembrando que alguns
eixos deverão estar comtemplados, tais como:
•   Quais foram as políticas acessadas pelos usuários?
       R: Acesso às informações, desde o diagnóstico até o processo de
       tratamento ou internação.


   •   Quais os instrumentais técnicos usados nesses atendimentos?
       R: O trabalho direto com as famílias e pacientes, tratando do processo
       saúde/doença, intermediando conflitos, fazendo encaminhamentos,
       transferências e prestando orientações aos usuários quanto aos seus
       direitos. A participação do assistente social dentro do hospital, acontece
       por   meio    de      equipe   multidisciplinar   (psicóloga,   médicos(as),
       enfermeiros(as)...), e sua meta principal é a de zelar pelo bem estar do
       paciente através do acompanhamento regular de cada caso.


   •   Qual a concepção teórico-metodológica usada pelo estagiário e
       pelo Assistente Social (Supervisor de Campo)?
       R: Observação, entrevistas e conhecimento teórico do Serviço Social
       Institucionalizado.


   •   O código de ética e os documentos legais da profissão estão
       sendo respeitados no momento do perfazer profissional?
       R: Sim, estão sendo respeitados.




CONSIDERAÇÕES FINAIS:


       O estágio tem a intenção de favorecer condições de reflexão sobre a
prática profissional, sendo que o estagiário deve ter uma visão crítico-analítica
das dificuldades e facilitadores dentro da dinâmica que acontece nas relações
sociais existentes no campo de estágio, levando em consideração os desafios
a serem enfrentados dentro das instituições, quer pública, quer privada.
       É importante nesse processo estreitar laços de aprendizado com a
supervisão no Serviço Social, de modo que haja vinculação do estagiário aos
objetivos e às orientações no aspecto formativo.
      Na minha primeira etapa como estagiária supervisionada, posso dizer
que, através da observação nos atendimentos prestados, eu pude notar as
necessidades dos pacientes e familiares envolvidos, e as dificuldades, muitas
vezes enfrentadas pelos mesmos, no momento, por exemplo, de se conseguir
um tratamento especializado que o convênio não cubra ou algum tipo de
encaminhamento.
      Para finalizar, o estágio prático está contribuindo não apenas com o
meu lado como estudante, mas também, com o meu lado pessoal, pois, tenho
a oportunidade de vivenciar diretamente situações do dia-a-dia na profissão. E
assim, portanto, posso enriquecer as minhas teorias aprendidas em sala de
aula, através da prática, o que se faz muito importante para a formação
completa do profissional de Serviço Social.




REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:


COSTA, Selma Frossard. O planejamento do estágio em Serviço Social.
Disponível                                                                em:
http://www.uel.br/revistas/ssrevista/c_v1n1_planejamento.htm. Acesso em
20 de junho de 2012.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil filicianunes
 
Modelo relatorio
Modelo relatorioModelo relatorio
Modelo relatoriorsaloes
 
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...baibicalho
 
Relatorio de estagio observação
Relatorio de estagio observaçãoRelatorio de estagio observação
Relatorio de estagio observaçãoLena_md
 
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Arivaldom
 
Projeto de pesquisa exemplo
Projeto de pesquisa   exemploProjeto de pesquisa   exemplo
Projeto de pesquisa exemploFelipe Pereira
 
Aula 9. modelo de plano de aula
Aula 9. modelo de plano de aulaAula 9. modelo de plano de aula
Aula 9. modelo de plano de aulaKarlla Costa
 
Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarMaryanne Monteiro
 
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com DeficiênciaJogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com DeficiênciaRosane Domingues
 
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativoRelatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativoAlessandra Alves
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOEdlauva Santos
 
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins RodriguesRelatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins RodriguesKamilla Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Relatório estágio
Relatório  estágioRelatório  estágio
Relatório estágio
 
Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil
 
Modelo relatorio
Modelo relatorioModelo relatorio
Modelo relatorio
 
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
 
Exemplo. plano de aula
Exemplo. plano de aulaExemplo. plano de aula
Exemplo. plano de aula
 
Relatorio de estagio observação
Relatorio de estagio observaçãoRelatorio de estagio observação
Relatorio de estagio observação
 
061 relatorio modelo
061 relatorio modelo061 relatorio modelo
061 relatorio modelo
 
Oficio
Oficio Oficio
Oficio
 
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Projeto de pesquisa exemplo
Projeto de pesquisa   exemploProjeto de pesquisa   exemplo
Projeto de pesquisa exemplo
 
Aula 9. modelo de plano de aula
Aula 9. modelo de plano de aulaAula 9. modelo de plano de aula
Aula 9. modelo de plano de aula
 
Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolar
 
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com DeficiênciaJogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
Jogos e Dinâmicas de Grupo - Pessoa com Deficiência
 
Oficio modelo convite
Oficio modelo   conviteOficio modelo   convite
Oficio modelo convite
 
Estagio regencia de sala
Estagio regencia de salaEstagio regencia de sala
Estagio regencia de sala
 
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativoRelatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
 
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins RodriguesRelatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
 
Modelo de ata
Modelo de ataModelo de ata
Modelo de ata
 
Relatório final de estágio
Relatório final de estágio Relatório final de estágio
Relatório final de estágio
 

Destaque

Modelo relatório individual
Modelo relatório individualModelo relatório individual
Modelo relatório individualstraraposa
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularNethy Marques
 
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumond
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumondModelos de relatórios de alunos simone helen drumond
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Modelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especialModelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especialstraraposa
 
Relatórios Educação Infantil
Relatórios Educação InfantilRelatórios Educação Infantil
Relatórios Educação InfantilMelissa Oliveira
 
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limitesSimoneHelenDrumond
 
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaParecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaSimoneHelenDrumond
 
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitadoParecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitadoSimoneHelenDrumond
 
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.SimoneHelenDrumond
 
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1SimoneHelenDrumond
 
Modelo relatorio estagio unopar
Modelo relatorio estagio unoparModelo relatorio estagio unopar
Modelo relatorio estagio unoparRogerio Sena
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestreAraceli Kleemann
 
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano   1 trimestreFicha descritiva 1 ano   1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestreNaysa Taboada
 
Breve apontamento relativo ao relatório do grupo de trabalho sobre educação e...
Breve apontamento relativo ao relatório do grupo de trabalho sobre educação e...Breve apontamento relativo ao relatório do grupo de trabalho sobre educação e...
Breve apontamento relativo ao relatório do grupo de trabalho sobre educação e...Joaquim Colôa
 
E9 t13 o curso de especializacao em gestao escolar ufopa como politica publi...
E9 t13  o curso de especializacao em gestao escolar ufopa como politica publi...E9 t13  o curso de especializacao em gestao escolar ufopa como politica publi...
E9 t13 o curso de especializacao em gestao escolar ufopa como politica publi...Gelsia Vítor
 
Relatorio de pesquisa
Relatorio de pesquisaRelatorio de pesquisa
Relatorio de pesquisacristianyours
 
Modelo relatório evento
Modelo relatório eventoModelo relatório evento
Modelo relatório eventoRobert_Reis
 
Relatório técnico científico - citações
Relatório técnico científico - citaçõesRelatório técnico científico - citações
Relatório técnico científico - citaçõesBeatriz Gaydeczka
 
Modelo de apresentação para relatório pós evento
Modelo de apresentação para relatório pós evento Modelo de apresentação para relatório pós evento
Modelo de apresentação para relatório pós evento Eventbrite Brasil
 

Destaque (20)

Modelos relatorios
Modelos relatoriosModelos relatorios
Modelos relatorios
 
Modelo relatório individual
Modelo relatório individualModelo relatório individual
Modelo relatório individual
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
 
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumond
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumondModelos de relatórios de alunos simone helen drumond
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumond
 
Modelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especialModelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especial
 
Relatórios Educação Infantil
Relatórios Educação InfantilRelatórios Educação Infantil
Relatórios Educação Infantil
 
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
 
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaParecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
 
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitadoParecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
 
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
 
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
 
Modelo relatorio estagio unopar
Modelo relatorio estagio unoparModelo relatorio estagio unopar
Modelo relatorio estagio unopar
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
 
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano   1 trimestreFicha descritiva 1 ano   1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
 
Breve apontamento relativo ao relatório do grupo de trabalho sobre educação e...
Breve apontamento relativo ao relatório do grupo de trabalho sobre educação e...Breve apontamento relativo ao relatório do grupo de trabalho sobre educação e...
Breve apontamento relativo ao relatório do grupo de trabalho sobre educação e...
 
E9 t13 o curso de especializacao em gestao escolar ufopa como politica publi...
E9 t13  o curso de especializacao em gestao escolar ufopa como politica publi...E9 t13  o curso de especializacao em gestao escolar ufopa como politica publi...
E9 t13 o curso de especializacao em gestao escolar ufopa como politica publi...
 
Relatorio de pesquisa
Relatorio de pesquisaRelatorio de pesquisa
Relatorio de pesquisa
 
Modelo relatório evento
Modelo relatório eventoModelo relatório evento
Modelo relatório evento
 
Relatório técnico científico - citações
Relatório técnico científico - citaçõesRelatório técnico científico - citações
Relatório técnico científico - citações
 
Modelo de apresentação para relatório pós evento
Modelo de apresentação para relatório pós evento Modelo de apresentação para relatório pós evento
Modelo de apresentação para relatório pós evento
 

Semelhante a Relatório final de Estágio - Serviço Social no Hospital Bartira

PROJETO DE INTERVENÇÃO SOBRE A HUMANIZAÇÃO NA ÁREA HOSPITALAR COM OS USUÁRIO...
PROJETO DE INTERVENÇÃO SOBRE A HUMANIZAÇÃO NA ÁREA  HOSPITALAR COM OS USUÁRIO...PROJETO DE INTERVENÇÃO SOBRE A HUMANIZAÇÃO NA ÁREA  HOSPITALAR COM OS USUÁRIO...
PROJETO DE INTERVENÇÃO SOBRE A HUMANIZAÇÃO NA ÁREA HOSPITALAR COM OS USUÁRIO...Allan Vieira
 
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARESCST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARESColaborar Educacional
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARESPROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARESColaborar Educacional
 
Enpess 2012 blog.certo
Enpess 2012   blog.certoEnpess 2012   blog.certo
Enpess 2012 blog.certoneepssuerj
 
Enpess 2012 blog
Enpess 2012   blogEnpess 2012   blog
Enpess 2012 blogneepssuerj
 
Enpess 2012 blog
Enpess 2012   blogEnpess 2012   blog
Enpess 2012 blogneepssuerj
 
Enpess 2012 blog
Enpess 2012   blogEnpess 2012   blog
Enpess 2012 blogneepssuerj
 
Comunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoaisComunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoaisCarlos Vaz
 
Manutencão de cadeira rolante
Manutencão de cadeira rolanteManutencão de cadeira rolante
Manutencão de cadeira rolanteEderFacu
 
Informe saúde abril 2010
Informe saúde abril 2010Informe saúde abril 2010
Informe saúde abril 2010neepssuerj
 
Manual de Estágio em Serviço Social.pdf
Manual de Estágio em Serviço Social.pdfManual de Estágio em Serviço Social.pdf
Manual de Estágio em Serviço Social.pdfHELENO FAVACHO
 
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolar
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolarSessão de Educação para a saúde - Idade escolar
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolarLiteracia em Saúde
 
Serviço social e alcoolismo
Serviço social e alcoolismoServiço social e alcoolismo
Serviço social e alcoolismoCarol Alves
 

Semelhante a Relatório final de Estágio - Serviço Social no Hospital Bartira (14)

PROJETO DE INTERVENÇÃO SOBRE A HUMANIZAÇÃO NA ÁREA HOSPITALAR COM OS USUÁRIO...
PROJETO DE INTERVENÇÃO SOBRE A HUMANIZAÇÃO NA ÁREA  HOSPITALAR COM OS USUÁRIO...PROJETO DE INTERVENÇÃO SOBRE A HUMANIZAÇÃO NA ÁREA  HOSPITALAR COM OS USUÁRIO...
PROJETO DE INTERVENÇÃO SOBRE A HUMANIZAÇÃO NA ÁREA HOSPITALAR COM OS USUÁRIO...
 
Ssocial288487
Ssocial288487Ssocial288487
Ssocial288487
 
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARESCST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARESPROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
 
Enpess 2012 blog.certo
Enpess 2012   blog.certoEnpess 2012   blog.certo
Enpess 2012 blog.certo
 
Enpess 2012 blog
Enpess 2012   blogEnpess 2012   blog
Enpess 2012 blog
 
Enpess 2012 blog
Enpess 2012   blogEnpess 2012   blog
Enpess 2012 blog
 
Enpess 2012 blog
Enpess 2012   blogEnpess 2012   blog
Enpess 2012 blog
 
Comunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoaisComunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoais
 
Manutencão de cadeira rolante
Manutencão de cadeira rolanteManutencão de cadeira rolante
Manutencão de cadeira rolante
 
Informe saúde abril 2010
Informe saúde abril 2010Informe saúde abril 2010
Informe saúde abril 2010
 
Manual de Estágio em Serviço Social.pdf
Manual de Estágio em Serviço Social.pdfManual de Estágio em Serviço Social.pdf
Manual de Estágio em Serviço Social.pdf
 
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolar
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolarSessão de Educação para a saúde - Idade escolar
Sessão de Educação para a saúde - Idade escolar
 
Serviço social e alcoolismo
Serviço social e alcoolismoServiço social e alcoolismo
Serviço social e alcoolismo
 

Último

cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 

Último (20)

cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 

Relatório final de Estágio - Serviço Social no Hospital Bartira

  • 1. UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA ANA CAROLINA BERTONI RA 2375466761 RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO - SERVIÇO SOCIAL SANTO ANDRÉ 2012
  • 2. UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Relatório final de Estágio - Serviço Social IDENTIFICAÇÃO : Nome da Estagiária: Ana Carolina Bertoni. Endereço: Rua Justiniano, nº 56, bairro: Jd. Santo Antônio, CEP: 09240-260, Santo André – SP. Telefone: (11) 8444-7882. e-mail: ac.bertoni87@bol.com.br Nível do Estágio Supervisionado: Nível I. Local de Estágio: Hospital e Maternidade Bartira, Santo André. Nome do (a) Supervisor (a) Acadêmico (a): Amarildo Rodrigues. Nome do (a) Supervisor (a) de Campo: Sônia Cecília Berto. Carga horária: 124 horas. Início: 03/04/2012. Término: 28/06/2012.
  • 3. I - INTRODUÇÃO O estágio aqui apresentado é exercido pela acadêmica de graduação do Curso de Serviço Social da Universidade Anhanguera-Uniderp, pólo de ensino UNIA-Santo André, realizado no Hospital Bartira que basicamente volta sua atenção para a área do atendimento social, mas especificamente a saúde, sendo este hospital pertencente à iniciativa privada. No âmbito do Curso de Serviço Social, o aprendizado pode melhorar dialogar com prática do estágio, sendo que este ocorre sob a supervisão técnica da assistente social do Hospital Bartira, local onde o mesmo é realizado, e da supervisão pedagógica do professor-tutor Amarildo , o qual está vinculado à instituição de ensino Anhanguera-Uniderp. OBJETIVO GERAL Interação dos três atores no processo aprendizado-estágio: • aluno, enquanto estagiário; • assistente social do campo: responsável pela supervisão técnica no Hospital; • docente, sendo o professor-tutor em sua atribuição pedagógica. OBJETIVO ESPECÍFICO No estágio supervisionado são trabalhadas as três dimensões da prática profissional: • Teórico-metodológica: com a apreensão do método e das teorias e, por conseguinte, da relação que faz com a prática. • Ético-política: diz respeito ao desenvolvimento da capacidade de analisar a sociedade e a própria profissão como campo de forças contraditórias, considerando-se o caráter eminentemente político do exercício profissional, assim como a consciência do profissional acerca da direção social que imprime em sua intervenção. • Técnico-operativa: refere-se mais estritamente aos elementos técnicos e instrumentais para o desenvolvimento da intervenção.
  • 4. II - A ORGANIZAÇÃO: a) Identificação da Instituição: Hospital e Maternidade Bartira em Santo André – SP. b) Descrever e analisar de forma breve e a partir da sua experiência prática como estagiário a realidade da organização (missão, visão, valores, serviços, programas e projetos realizados junto à comunidade). R: A realidade da Organização está voltada principalmente aos valores e ao acolhimento, através de programas que visam à melhoria no atendimento e a integração do público atendido. Quanto aos projetos realizados com a comunidade, pode-se destacar a Campanha do Agasalho e a Caminhada Anual, que reúne moradores da região a fim de promover uma melhor qualidade de vida e conscientização sobre o tema. c) Situar o espaço de estágio dentro da organização, ou seja, localizar a sua atuação como estagiário na rotina dos atendimentos, acompanhamentos e encaminhamentos dentro da instituição. R: Meu espaço como estagiária dentro da organização se faz através do acompanhamento observatório direto na rotina do Hospital, sob a orientação da Supervisora de Campo. d) Descrever o alcance social dos projetos, programas e serviços encontrados na Organização. R: O alcance dos projetos, programas e serviços encontrados na Organização abrangem os pacientes, familiares e comunidade. e) Descrever a vivência considerando o aprendizado teórico- metodológico articulado à prática do serviço, lembrando que alguns eixos deverão estar comtemplados, tais como:
  • 5. Quais foram as políticas acessadas pelos usuários? R: Acesso às informações, desde o diagnóstico até o processo de tratamento ou internação. • Quais os instrumentais técnicos usados nesses atendimentos? R: O trabalho direto com as famílias e pacientes, tratando do processo saúde/doença, intermediando conflitos, fazendo encaminhamentos, transferências e prestando orientações aos usuários quanto aos seus direitos. A participação do assistente social dentro do hospital, acontece por meio de equipe multidisciplinar (psicóloga, médicos(as), enfermeiros(as)...), e sua meta principal é a de zelar pelo bem estar do paciente através do acompanhamento regular de cada caso. • Qual a concepção teórico-metodológica usada pelo estagiário e pelo Assistente Social (Supervisor de Campo)? R: Observação, entrevistas e conhecimento teórico do Serviço Social Institucionalizado. • O código de ética e os documentos legais da profissão estão sendo respeitados no momento do perfazer profissional? R: Sim, estão sendo respeitados. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O estágio tem a intenção de favorecer condições de reflexão sobre a prática profissional, sendo que o estagiário deve ter uma visão crítico-analítica das dificuldades e facilitadores dentro da dinâmica que acontece nas relações sociais existentes no campo de estágio, levando em consideração os desafios a serem enfrentados dentro das instituições, quer pública, quer privada. É importante nesse processo estreitar laços de aprendizado com a supervisão no Serviço Social, de modo que haja vinculação do estagiário aos
  • 6. objetivos e às orientações no aspecto formativo. Na minha primeira etapa como estagiária supervisionada, posso dizer que, através da observação nos atendimentos prestados, eu pude notar as necessidades dos pacientes e familiares envolvidos, e as dificuldades, muitas vezes enfrentadas pelos mesmos, no momento, por exemplo, de se conseguir um tratamento especializado que o convênio não cubra ou algum tipo de encaminhamento. Para finalizar, o estágio prático está contribuindo não apenas com o meu lado como estudante, mas também, com o meu lado pessoal, pois, tenho a oportunidade de vivenciar diretamente situações do dia-a-dia na profissão. E assim, portanto, posso enriquecer as minhas teorias aprendidas em sala de aula, através da prática, o que se faz muito importante para a formação completa do profissional de Serviço Social. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: COSTA, Selma Frossard. O planejamento do estágio em Serviço Social. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/ssrevista/c_v1n1_planejamento.htm. Acesso em 20 de junho de 2012.