Elaboração de Material para
aprendizagem para Educação On Line
Teorias de aprendizagem
Tutora: Professora Osilene Cruz
Alu...
Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire
A abordagem sociocultural enfatiza que a atividade
humana é mediada e nela tem sido ...
Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire
Paulo Reglus Neves Freire (Recife, 19 de setembro de 1921
— São Paulo, 2 de maio de ...
Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire
A perspectiva educacional de Paulo Freire se
materializou em projetos eucacionais no...
Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire
Nos círculos de cultura, não existia um programa de
conteúdos definidos previamente....
Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire
Adicionalmente, Paulo Freire defendia que as
tecnologias não podem ser consideradas ...
Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Teorias_de_aprendizagem_contribuicao_RenatoQuintal_27MAR2014

223 visualizações

Publicada em

Trata-se de exercício realizado por Renato Quintal no Curso de Capacitação em Elaboração de Material Didático para EAD, promovido pela CEAD (UNIRIO). Coordenador Professor Vicente Nunes. Professora-Tutora Osilene Cruz. Rio/RJ, 28MAR2014.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
223
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teorias_de_aprendizagem_contribuicao_RenatoQuintal_27MAR2014

  1. 1. Elaboração de Material para aprendizagem para Educação On Line Teorias de aprendizagem Tutora: Professora Osilene Cruz Aluno: Renato Quintal aprendizagem para Educação On Line
  2. 2. Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire A abordagem sociocultural enfatiza que a atividade humana é mediada e nela tem sido investigado o desenvolvimento humano dentro das práticas culturais dos grupos. professor deixa de ser um transmissor para se tornar um mediador do conhecimento que estimula ase tornar um mediador do conhecimento que estimula a procura, a descoberta, a assimilação e a acomodação do conhecimento.
  3. 3. Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire Paulo Reglus Neves Freire (Recife, 19 de setembro de 1921 — São Paulo, 2 de maio de 1997) foi um educador, estudioso da ciência pedagógica e filósofo brasileiro. É considerado ainda um dos educadores mais influentes em todo o planeta. Suas concepções da educação tiveram iníciotodo o planeta. Suas concepções da educação tiveram início na em 1960 e causaram grande impacto mundial. Seu livro Pedagogia do Oprimido foi escrito em 1966 e é provavelmente o mais conhecido de seus livros, tendo sido publicado em vários idiomas entre 1970 (inglês) e 1981 (hebraico), somente publicada no Brasil em 1974.
  4. 4. Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire A perspectiva educacional de Paulo Freire se materializou em projetos eucacionais no final da década de 50, a partir dos seus trabalhos com os círculos de cultura. Em um de seus projetos, foram beneficiados 300 cortadores de cana em apenas 45 dias. Em 1963, foi300 cortadores de cana em apenas 45 dias. Em 1963, foi convidado pelo Presidente João Goulart para reformar o sistema de alfabetização de adultos no país, mas viu seu trabalho ser interrompido com o advento do regime militar. .
  5. 5. Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire Nos círculos de cultura, não existia um programa de conteúdos definidos previamente. Os temas eram debatidos e era o grupo que os estabelecia. Cabia aos educadores orientar os alunos fortalecendo os debates e sugerindo temas secundários que viabilizavam osugerindo temas secundários que viabilizavam o processo educativo.
  6. 6. Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire Adicionalmente, Paulo Freire defendia que as tecnologias não podem ser consideradas como substitutas permanentes do processo de ensino- aprendizado. Entretanto elas têm se mostrado como ferramentas complementares e eficazes que incentivamferramentas complementares e eficazes que incentivam uma atuação interativa, cooperativa e comunicativa tanto do educador como do educando.
  7. 7. Teoria Sócio-cultural de Paulo Freire

×