SlideShare uma empresa Scribd logo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo 
debate contemporâneo da educação 
José Carlos Libâneo
• A pedagogia ocupa-se das tarefas de formação humana em 
contextos determinados por marcos espaciais e temporais. A 
investigação do seu objeto, a educação, implica considerá-lo 
como uma realidade em mudança. A realidade atual mostra um 
mundo ao mesmo tempo homogêneo e heterogêneo, num 
processo de globalização e individuação, afetando sentidos e 
significados de indivíduos e grupos, criando múltiplas culturas, 
múltiplas relações, múltiplos sujeitos. Se de um lado, a 
pedagogia centra suas preocupações na explicitação de seu 
objeto dirigindo-se ao esclarecimento intencional do fenômeno 
do qual se ocupa, por outro esse objeto requer ser pensado na 
sua complexidade. Este texto aborda possíveis mudanças no 
interior das teorias pedagógicas modernas em sua interface com 
teorias contemporâneas alinhadas ao pensamento “pós-moderno”.
As exigências da pedagogia em um mundo em 
mudança 
• Aos que se ocupam da educação escolar, das escolas, 
da aprendizagem dos estudantes, é requerido que 
façam opções pedagógicas, que assumam um 
posicionamento sobre objetivos e modos de promover 
o desenvolvimento e a aprendizagem de sujeitos 
inseridos em contextos socioculturais e institucionais 
concretos. Os educadores, tanto os que se dedicam à 
pesquisa quanto os envolvidos diretamente na 
atividade docente, enfrentam uma realidade educativa 
imersa em perplexidades, crises, incertezas, pressões 
sociais e econômicas, relativismo moral, dissoluções de 
crenças e utopias.
Talvez a ressonância mais 
problemática disso se dê na 
sala de aula, onde decisões 
precisam ser tomadas e ações 
imediatas e pontuais precisam 
ser efetivadas visando 
promover mudanças 
qualitativas no 
desenvolvimento e 
aprendizagem dos sujeitos.
• A pedagogia quer 
compreender como 
fatores socioculturais e 
institucionais atuam 
nos processos de 
transformação dos 
sujeitos mas, também, 
em que condições 
esses sujeitos 
aprendem melhor. 
• onde estão as reais 
explicações do 
sentimento de fracasso, 
de mediocridade, de 
incompetência, que vai 
tomando conta do 
alunado.
• A tarefa crucial dos pesquisadores e dos educadores 
profissionais preocupados com o agir pedagógico está em 
investigar constantemente o conteúdo do ato educativo, 
admitindo por princípio que ele é multifacetado, complexo, 
relacional. Sendo assim, educamos ao mesmo tempo para a 
subjetivação e a socialização, para a autonomia e para a 
integração social, para as necessidades sociais e 
necessidades individuais, para a reprodução e para a 
apropriação ativa de saberes, para o universal e para o 
particular, para a inserção nas normas sociais e culturais e 
para a crítica e produção de estratégias inovadoras. Isto 
requer portas abertas para análises e integração de 
conceitos, captados de várias fontes – culturais, 
psicológicas, econômicas, antropológicas, simbólicas, na 
ótica da complexidade e da contradição, sem perder de 
vista a dimensão humanizadora das práticas educativas.
• É o processo por meio do qual um membro da 
espécie humana, inacabado, desprovido dos instintos 
e capacidades que lhe permitiriam sobreviver 
rapidamente sozinho, se apropria, graças à mediação 
dos adultos, de um patrimônio humano de saberes, 
práticas, formas subjetivas, obras.
As teorias pedagógicas modernas 
• “ensinar tudo a todos”
A literatura internacional e nacional dispõem 
de conhecidas classificações de teorias da 
educação ora chamadas de tendências ou 
correntes. 
Em âmbito nacional há os trabalhos de 
Dermeval Saviani, José Carlos Libâneo, 
Maria das Graças Misukami, Moacir 
Gadotti
As classificações de teorias pedagógicas, são modernas a pedagogia 
tradicional, a pedagogia renovada3, o tecnicismo educacional, e todas as 
pedagogias críticas inspiradas na tradição moderna como a pedagogia 
libertária, a pedagogia libertadora, a pedagogia crítico-social. 
Esquematicamente, essas teorias apresentam 
como características em comum: 
- Acentuação do poder da razão, isto é, da atividade racional, científica, tecnológica, 
enquanto objeto de conhecimento que leva as pessoas a pensarem com autonomia e 
objetividade, contra todas as formas de ignorância e arbitrariedade. 
- Conhecimentos e modos de ação, deduzidos de uma cultura universal objetiva, precisam 
ser comunicados às novas gerações e recriados em função da continuidade dessa 
cultura. 
- Os seres humanos possuem uma natureza humana básica, postulando-se a partir daí 
direitos básicos universais. 
- Os educadores são representantes legítimos dessa cultura e cabe-lhes ajudar os alunos a 
internalizarem valores universais, tais como racionalidade, autoconsciência, autonomia, 
liberdade, seja pela intervenção pedagógica direta seja pelo esclarecimento de valores 
em âmbito pessoal
Uma herança comum dessas teorias, vista 
pelos críticos como negativa, é que em 
nome da razão e da ciência se abafa o 
sentimento, a imaginação, a subjetividade 
e, até, a liberdade, à medida que a razão 
institui-se como instrumento de 
dominação sobre os seres humanos.
O contexto “pós-moderno” e os 
impactos na educação. 
Alguns traços gerais que caracterizam 
a condição pós-moderna 
• - Mudanças no processo de 
produção industrial ligadas aos 
avanços científicos e tecnológicos, 
mudanças no perfil da força de 
trabalho, intelectualização do 
processo produtivo; 
• - Novas tecnologias da 
comunicação e informação, 
ampliação e difusão da informação, 
novas formas de produção, 
circulação e consumo da cultura, 
colapso da divisão entre realidade e 
imagem, arte e vida; 
• - Mudanças nas formas de fazer 
política: descrédito nas formas mais 
convencionais e emergência de novos 
movimentos e sujeitos sociais, novas 
identidades sociais e culturais; 
• - Mudanças nos paradigmas do 
conhecimento, sustentando a não 
separação entre sujeito e objeto, a 
construção social do conhecimento, o 
caráter não-absolutizado da ciência, a 
acentuação da linguagem. 
• - Rejeição dos grandes sistemas 
teóricos de referência e de idéias-força 
formuladas na tradição 
filosófica.
Alguns aspectos que o pensamento e a condição pós-moderna trazem para a 
educação escolar, em contraposição aos que foram mencionados como traços 
da pedagogia moderna. 
• - Relativização do conhecimento 
sistematizado, especialmente do poder da 
ciência, destacando o caráter instável de 
todo conhecimento, acentuando-se, por 
outro lado, a idéia dos sujeitos como 
produtores de conhecimento dentro de sua 
cultura, capazes de desejo e imaginação, de 
assumir seu papel de protagonistas na 
construção da sociedade e do conhecimento. 
• - Mais do que aprender e aplicar o 
conhecimento objetivo, os indivíduos e a 
sociedade progridem à medida que se 
empenham em alcançar seus próprios 
objetivos. 
• Não há cultura dominante, todas as culturas 
têm valor igual. Os sujeitos devem resistir às 
formas de homogeneização e dominação 
cultural. 
• - É preciso buscar critérios de 
restabelecimento da unidade do 
conhecimento e das práticas sociais que a 
modernidade fragmentou, por meio do 
principio da integração, onde os saberes 
eliminem suas fronteiras e comuniquem-se 
entre si. 
• - Não há uma natureza humana universal, os 
sujeitos são construídos socialmente e vão 
formando sua identidade, de modo a 
recuperar sua condição de construtores de 
sua vida pessoal e seu papel transformador, 
isto é, sujeito pessoal e sujeito da sociedade. 
• - Os educadores devem ajudar os estudantes 
a construírem seus próprios quadros 
valorativos a partir do contexto de suas 
próprias culturas, não havendo valores com 
sentido universal. Os valores a serem 
cultivados dentro de grupos particulares são 
a diversidade, a tolerância, a liberdade, a 
criatividade, as emoções, a intuição.
Um esboço das teorias e correntes 
pedagógicas contemporâneas 
• Correntes 
1. Racional-tecnológica 
2. Neocognivistas 
3. Sociocríticas 
4. Holísticas 
5. Pós-modernas 
• Modalidades 
1 .Ensino de excelência 
Ensino Tecnológico 
2. Construtivismo pós-piagetiano 
Ciências cognitivas . 
3. Sociologia crítica do currículo 
Teoria histórico-cultural 
Teoria sócio-cultural 
Teoria sócio-cognitiva 
Teoria da ação comunicativa. 
4. Holismo 
Teoria da Complexidade 
Teoria naturalista do conhecimento 
Ecopedagogia 
Conhecimento em rede . 
5. Pós-estrutruralismo 
Neo-pragmatismo.
Temas emergentes das teorias educacionais 
contemporâneas em embate com as teorias modernas 
As teorias e correntes que tentamos agrupar suscitam importantes temas 
que tangenciam as teorias modernas da educação, seja como negação seja 
como incorporação 
1- Crise da noção de totalidade e valores e objetivos da educação 
2 - A crítica da razão e a consciência individual autônoma 
3 - A noção de ciência e os conteúdos escolares 
4 - Do paradigma da consciência à filosofia da linguagem 
5 - Sociedade do conhecimento, novas tecnologias, qualidade da educação 
6 - O currículo e sua interface com a cultura, o poder e a linguagem 
7 - Totalidade do ser e subjetividade fragmentada 
8 - Relativismo cultural, diferença, universalidade 
9 - Objetivismo epistemológico e saberes da experiência
• O primeiro, é a crença na educação como 
capacitação para a autodeterminação 
racional. 
• O segundo princípio é que tal capacitação 
implica prover as condições, para todos, do 
domínio da cultura geral de base, da ciência 
e da arte. 
• O terceiro princípio sustenta a dialética 
entre o individual e o coletivo. 
• O quarto propõe a educação como 
formação de todas as potencialidades 
humanas, a educação onilateral, que 
contempla as dimensões física, cognitiva, 
afetiva, moral e estética. 
• O quinto princípio consuma-se uma 
concepção crítica de educação apostando 
em práticas educativas que aliem os 
conteúdos à experiência sociocultural 
concreta dos alunos. 
São esses os 
temas que 
perpassam as 
teorias 
pedagógicas 
contemporâneas 
com sugestões 
de interfaces 
com as teorias 
modernas.
Conclui-se que: 
• Não se deve educar as crianças segundo o 
presente estado da espécie humana, mas 
segundo um estado melhor possível no futuro, 
isto é, segundo a idéia de humanidade e de 
sua inteira determinação. 
• Os pais deveriam dar (aos seus filhos) uma 
educação melhor, para que possa acontecer 
um estado melhor no futuro. (Kant, 2000)
O futuro de nossas crianças depende 
de nós. 
NTEN 
Informatica I. 
TD - Denise G. Santana 
Aluna:Adriana M. Lima 
Grupo:3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemPsicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Débora Silveira
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultosEducação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos
Linda-maria12
 

Mais procurados (20)

Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
 
Tendência pedagógica histórico crítica
Tendência pedagógica histórico críticaTendência pedagógica histórico crítica
Tendência pedagógica histórico crítica
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
 
Teoria neocognitiva
Teoria neocognitivaTeoria neocognitiva
Teoria neocognitiva
 
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOSEDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
 
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRiaPsicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
 
Trajetória da educação inclusiva
Trajetória da educação inclusivaTrajetória da educação inclusiva
Trajetória da educação inclusiva
 
Concepções Pedagógicas resumo
Concepções Pedagógicas resumoConcepções Pedagógicas resumo
Concepções Pedagógicas resumo
 
A atuação do pedagogo em espaços não escolares
A atuação do pedagogo em espaços não escolaresA atuação do pedagogo em espaços não escolares
A atuação do pedagogo em espaços não escolares
 
Teoria critica do currículo educacional
Teoria critica do currículo educacionalTeoria critica do currículo educacional
Teoria critica do currículo educacional
 
Os Pioneiros do Manifesto da Educação Nova
Os Pioneiros do Manifesto da Educação NovaOs Pioneiros do Manifesto da Educação Nova
Os Pioneiros do Manifesto da Educação Nova
 
Inclusão
InclusãoInclusão
Inclusão
 
Tendência crítico social dos conteúdos
Tendência crítico social dos conteúdosTendência crítico social dos conteúdos
Tendência crítico social dos conteúdos
 
Slide história da educação - pdf
Slide   história da educação - pdfSlide   história da educação - pdf
Slide história da educação - pdf
 
Currículo
CurrículoCurrículo
Currículo
 
Política e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação BrasileiraPolítica e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação Brasileira
 
A educação e os desafios da contemporaneidade.
A educação e os desafios da contemporaneidade.A educação e os desafios da contemporaneidade.
A educação e os desafios da contemporaneidade.
 
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemPsicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultosEducação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos
 
Historia da Educação Especial no Brasil
 Historia da Educação Especial no Brasil Historia da Educação Especial no Brasil
Historia da Educação Especial no Brasil
 

Destaque

Teorias Pedagógica de Aprendizagem
Teorias Pedagógica de AprendizagemTeorias Pedagógica de Aprendizagem
Teorias Pedagógica de Aprendizagem
Sabrina Mariana
 
Tendencias pedagógicas contemporáneas
Tendencias pedagógicas contemporáneasTendencias pedagógicas contemporáneas
Tendencias pedagógicas contemporáneas
Elizabeth Pacheco
 
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Instituto Consciência GO
 

Destaque (13)

Teorias Pedagógica de Aprendizagem
Teorias Pedagógica de AprendizagemTeorias Pedagógica de Aprendizagem
Teorias Pedagógica de Aprendizagem
 
Teoria pedagógicas conteporâneas
Teoria pedagógicas conteporâneasTeoria pedagógicas conteporâneas
Teoria pedagógicas conteporâneas
 
As Principais Correntes Pedagógicas
As Principais Correntes PedagógicasAs Principais Correntes Pedagógicas
As Principais Correntes Pedagógicas
 
As correntes holísticas e a Cibercultura
As correntes holísticas e a CiberculturaAs correntes holísticas e a Cibercultura
As correntes holísticas e a Cibercultura
 
A corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológica
A corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológicaA corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológica
A corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológica
 
A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura
A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura  A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura
A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura
 
Teorias Pedagógicas Modernas
Teorias Pedagógicas ModernasTeorias Pedagógicas Modernas
Teorias Pedagógicas Modernas
 
Tendencias pedagógicas contemporáneas
Tendencias pedagógicas contemporáneasTendencias pedagógicas contemporáneas
Tendencias pedagógicas contemporáneas
 
Teorias sociocríticas segundo Libâneo
Teorias sociocríticas segundo LibâneoTeorias sociocríticas segundo Libâneo
Teorias sociocríticas segundo Libâneo
 
Correntes Pedagógicas
Correntes PedagógicasCorrentes Pedagógicas
Correntes Pedagógicas
 
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
 
Teorias pedagogicas
Teorias pedagogicasTeorias pedagogicas
Teorias pedagogicas
 
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para AlunosTeorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
 

Semelhante a As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo

A corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura libâneo
A corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura  libâneoA corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura  libâneo
A corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura libâneo
Haroldo Nunes
 
Universidade federal fluminense pronto
Universidade federal fluminense prontoUniversidade federal fluminense pronto
Universidade federal fluminense pronto
Nicoly_caio
 
Deniseborba teoriaspedagogicas-ntem
Deniseborba teoriaspedagogicas-ntemDeniseborba teoriaspedagogicas-ntem
Deniseborba teoriaspedagogicas-ntem
Denise Borba
 
A Crise e o Paradigma Educacional Emergente
A Crise e o Paradigma Educacional EmergenteA Crise e o Paradigma Educacional Emergente
A Crise e o Paradigma Educacional Emergente
Adilson P Motta Motta
 
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
Thiago Manfredi
 
Tendências e correntes na educação brasileira
Tendências e correntes na educação brasileiraTendências e correntes na educação brasileira
Tendências e correntes na educação brasileira
richard_romancini
 

Semelhante a As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo (20)

A corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura Libâneo
A corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura  LibâneoA corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura  Libâneo
A corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura Libâneo
 
A corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura libâneo
A corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura  libâneoA corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura  libâneo
A corrente pedagógica racional tecnológica e cibercultura libâneo
 
O que muda na educação com a cibercultura?
O que muda na educação com a cibercultura?O que muda na educação com a cibercultura?
O que muda na educação com a cibercultura?
 
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneoAs teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
 
Universidade federal fluminense pronto
Universidade federal fluminense prontoUniversidade federal fluminense pronto
Universidade federal fluminense pronto
 
Deniseborba teoriaspedagogicas-ntem
Deniseborba teoriaspedagogicas-ntemDeniseborba teoriaspedagogicas-ntem
Deniseborba teoriaspedagogicas-ntem
 
Apresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoaApresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoa
 
Apresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoaApresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoa
 
Atividade semana dois teorias sociocríticas
Atividade semana dois teorias sociocríticasAtividade semana dois teorias sociocríticas
Atividade semana dois teorias sociocríticas
 
Atividade semana dois teorias sociocríticas
Atividade semana dois teorias sociocríticasAtividade semana dois teorias sociocríticas
Atividade semana dois teorias sociocríticas
 
A Crise e o Paradigma Educacional Emergente
A Crise e o Paradigma Educacional EmergenteA Crise e o Paradigma Educacional Emergente
A Crise e o Paradigma Educacional Emergente
 
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
 
Teoria pedagógica teoria sociocritica
Teoria pedagógica teoria sociocriticaTeoria pedagógica teoria sociocritica
Teoria pedagógica teoria sociocritica
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
Teorias pedagógicas modernas revisitadas com base em Libâneo
Teorias pedagógicas modernas revisitadas com base em LibâneoTeorias pedagógicas modernas revisitadas com base em Libâneo
Teorias pedagógicas modernas revisitadas com base em Libâneo
 
Teoria da Ação Comunicativa no cotexto da Cibercultura
Teoria da Ação Comunicativa no cotexto da CiberculturaTeoria da Ação Comunicativa no cotexto da Cibercultura
Teoria da Ação Comunicativa no cotexto da Cibercultura
 
Teoria da Ação Comunicativa no contexto da Cibercultura
Teoria da Ação Comunicativa no contexto da CiberculturaTeoria da Ação Comunicativa no contexto da Cibercultura
Teoria da Ação Comunicativa no contexto da Cibercultura
 
Tendências e correntes na educação brasileira
Tendências e correntes na educação brasileiraTendências e correntes na educação brasileira
Tendências e correntes na educação brasileira
 
Slide informatica educatia i tarefa 2
Slide informatica educatia i tarefa 2Slide informatica educatia i tarefa 2
Slide informatica educatia i tarefa 2
 

Último

5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
edjailmax
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
LisaneWerlang
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (20)

5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
 
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfmanual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
 

As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo

  • 1. As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo da educação José Carlos Libâneo
  • 2. • A pedagogia ocupa-se das tarefas de formação humana em contextos determinados por marcos espaciais e temporais. A investigação do seu objeto, a educação, implica considerá-lo como uma realidade em mudança. A realidade atual mostra um mundo ao mesmo tempo homogêneo e heterogêneo, num processo de globalização e individuação, afetando sentidos e significados de indivíduos e grupos, criando múltiplas culturas, múltiplas relações, múltiplos sujeitos. Se de um lado, a pedagogia centra suas preocupações na explicitação de seu objeto dirigindo-se ao esclarecimento intencional do fenômeno do qual se ocupa, por outro esse objeto requer ser pensado na sua complexidade. Este texto aborda possíveis mudanças no interior das teorias pedagógicas modernas em sua interface com teorias contemporâneas alinhadas ao pensamento “pós-moderno”.
  • 3. As exigências da pedagogia em um mundo em mudança • Aos que se ocupam da educação escolar, das escolas, da aprendizagem dos estudantes, é requerido que façam opções pedagógicas, que assumam um posicionamento sobre objetivos e modos de promover o desenvolvimento e a aprendizagem de sujeitos inseridos em contextos socioculturais e institucionais concretos. Os educadores, tanto os que se dedicam à pesquisa quanto os envolvidos diretamente na atividade docente, enfrentam uma realidade educativa imersa em perplexidades, crises, incertezas, pressões sociais e econômicas, relativismo moral, dissoluções de crenças e utopias.
  • 4. Talvez a ressonância mais problemática disso se dê na sala de aula, onde decisões precisam ser tomadas e ações imediatas e pontuais precisam ser efetivadas visando promover mudanças qualitativas no desenvolvimento e aprendizagem dos sujeitos.
  • 5. • A pedagogia quer compreender como fatores socioculturais e institucionais atuam nos processos de transformação dos sujeitos mas, também, em que condições esses sujeitos aprendem melhor. • onde estão as reais explicações do sentimento de fracasso, de mediocridade, de incompetência, que vai tomando conta do alunado.
  • 6. • A tarefa crucial dos pesquisadores e dos educadores profissionais preocupados com o agir pedagógico está em investigar constantemente o conteúdo do ato educativo, admitindo por princípio que ele é multifacetado, complexo, relacional. Sendo assim, educamos ao mesmo tempo para a subjetivação e a socialização, para a autonomia e para a integração social, para as necessidades sociais e necessidades individuais, para a reprodução e para a apropriação ativa de saberes, para o universal e para o particular, para a inserção nas normas sociais e culturais e para a crítica e produção de estratégias inovadoras. Isto requer portas abertas para análises e integração de conceitos, captados de várias fontes – culturais, psicológicas, econômicas, antropológicas, simbólicas, na ótica da complexidade e da contradição, sem perder de vista a dimensão humanizadora das práticas educativas.
  • 7. • É o processo por meio do qual um membro da espécie humana, inacabado, desprovido dos instintos e capacidades que lhe permitiriam sobreviver rapidamente sozinho, se apropria, graças à mediação dos adultos, de um patrimônio humano de saberes, práticas, formas subjetivas, obras.
  • 8. As teorias pedagógicas modernas • “ensinar tudo a todos”
  • 9. A literatura internacional e nacional dispõem de conhecidas classificações de teorias da educação ora chamadas de tendências ou correntes. Em âmbito nacional há os trabalhos de Dermeval Saviani, José Carlos Libâneo, Maria das Graças Misukami, Moacir Gadotti
  • 10. As classificações de teorias pedagógicas, são modernas a pedagogia tradicional, a pedagogia renovada3, o tecnicismo educacional, e todas as pedagogias críticas inspiradas na tradição moderna como a pedagogia libertária, a pedagogia libertadora, a pedagogia crítico-social. Esquematicamente, essas teorias apresentam como características em comum: - Acentuação do poder da razão, isto é, da atividade racional, científica, tecnológica, enquanto objeto de conhecimento que leva as pessoas a pensarem com autonomia e objetividade, contra todas as formas de ignorância e arbitrariedade. - Conhecimentos e modos de ação, deduzidos de uma cultura universal objetiva, precisam ser comunicados às novas gerações e recriados em função da continuidade dessa cultura. - Os seres humanos possuem uma natureza humana básica, postulando-se a partir daí direitos básicos universais. - Os educadores são representantes legítimos dessa cultura e cabe-lhes ajudar os alunos a internalizarem valores universais, tais como racionalidade, autoconsciência, autonomia, liberdade, seja pela intervenção pedagógica direta seja pelo esclarecimento de valores em âmbito pessoal
  • 11. Uma herança comum dessas teorias, vista pelos críticos como negativa, é que em nome da razão e da ciência se abafa o sentimento, a imaginação, a subjetividade e, até, a liberdade, à medida que a razão institui-se como instrumento de dominação sobre os seres humanos.
  • 12. O contexto “pós-moderno” e os impactos na educação. Alguns traços gerais que caracterizam a condição pós-moderna • - Mudanças no processo de produção industrial ligadas aos avanços científicos e tecnológicos, mudanças no perfil da força de trabalho, intelectualização do processo produtivo; • - Novas tecnologias da comunicação e informação, ampliação e difusão da informação, novas formas de produção, circulação e consumo da cultura, colapso da divisão entre realidade e imagem, arte e vida; • - Mudanças nas formas de fazer política: descrédito nas formas mais convencionais e emergência de novos movimentos e sujeitos sociais, novas identidades sociais e culturais; • - Mudanças nos paradigmas do conhecimento, sustentando a não separação entre sujeito e objeto, a construção social do conhecimento, o caráter não-absolutizado da ciência, a acentuação da linguagem. • - Rejeição dos grandes sistemas teóricos de referência e de idéias-força formuladas na tradição filosófica.
  • 13. Alguns aspectos que o pensamento e a condição pós-moderna trazem para a educação escolar, em contraposição aos que foram mencionados como traços da pedagogia moderna. • - Relativização do conhecimento sistematizado, especialmente do poder da ciência, destacando o caráter instável de todo conhecimento, acentuando-se, por outro lado, a idéia dos sujeitos como produtores de conhecimento dentro de sua cultura, capazes de desejo e imaginação, de assumir seu papel de protagonistas na construção da sociedade e do conhecimento. • - Mais do que aprender e aplicar o conhecimento objetivo, os indivíduos e a sociedade progridem à medida que se empenham em alcançar seus próprios objetivos. • Não há cultura dominante, todas as culturas têm valor igual. Os sujeitos devem resistir às formas de homogeneização e dominação cultural. • - É preciso buscar critérios de restabelecimento da unidade do conhecimento e das práticas sociais que a modernidade fragmentou, por meio do principio da integração, onde os saberes eliminem suas fronteiras e comuniquem-se entre si. • - Não há uma natureza humana universal, os sujeitos são construídos socialmente e vão formando sua identidade, de modo a recuperar sua condição de construtores de sua vida pessoal e seu papel transformador, isto é, sujeito pessoal e sujeito da sociedade. • - Os educadores devem ajudar os estudantes a construírem seus próprios quadros valorativos a partir do contexto de suas próprias culturas, não havendo valores com sentido universal. Os valores a serem cultivados dentro de grupos particulares são a diversidade, a tolerância, a liberdade, a criatividade, as emoções, a intuição.
  • 14. Um esboço das teorias e correntes pedagógicas contemporâneas • Correntes 1. Racional-tecnológica 2. Neocognivistas 3. Sociocríticas 4. Holísticas 5. Pós-modernas • Modalidades 1 .Ensino de excelência Ensino Tecnológico 2. Construtivismo pós-piagetiano Ciências cognitivas . 3. Sociologia crítica do currículo Teoria histórico-cultural Teoria sócio-cultural Teoria sócio-cognitiva Teoria da ação comunicativa. 4. Holismo Teoria da Complexidade Teoria naturalista do conhecimento Ecopedagogia Conhecimento em rede . 5. Pós-estrutruralismo Neo-pragmatismo.
  • 15. Temas emergentes das teorias educacionais contemporâneas em embate com as teorias modernas As teorias e correntes que tentamos agrupar suscitam importantes temas que tangenciam as teorias modernas da educação, seja como negação seja como incorporação 1- Crise da noção de totalidade e valores e objetivos da educação 2 - A crítica da razão e a consciência individual autônoma 3 - A noção de ciência e os conteúdos escolares 4 - Do paradigma da consciência à filosofia da linguagem 5 - Sociedade do conhecimento, novas tecnologias, qualidade da educação 6 - O currículo e sua interface com a cultura, o poder e a linguagem 7 - Totalidade do ser e subjetividade fragmentada 8 - Relativismo cultural, diferença, universalidade 9 - Objetivismo epistemológico e saberes da experiência
  • 16. • O primeiro, é a crença na educação como capacitação para a autodeterminação racional. • O segundo princípio é que tal capacitação implica prover as condições, para todos, do domínio da cultura geral de base, da ciência e da arte. • O terceiro princípio sustenta a dialética entre o individual e o coletivo. • O quarto propõe a educação como formação de todas as potencialidades humanas, a educação onilateral, que contempla as dimensões física, cognitiva, afetiva, moral e estética. • O quinto princípio consuma-se uma concepção crítica de educação apostando em práticas educativas que aliem os conteúdos à experiência sociocultural concreta dos alunos. São esses os temas que perpassam as teorias pedagógicas contemporâneas com sugestões de interfaces com as teorias modernas.
  • 17. Conclui-se que: • Não se deve educar as crianças segundo o presente estado da espécie humana, mas segundo um estado melhor possível no futuro, isto é, segundo a idéia de humanidade e de sua inteira determinação. • Os pais deveriam dar (aos seus filhos) uma educação melhor, para que possa acontecer um estado melhor no futuro. (Kant, 2000)
  • 18. O futuro de nossas crianças depende de nós. NTEN Informatica I. TD - Denise G. Santana Aluna:Adriana M. Lima Grupo:3