Protótipos Textuais

12.009 visualizações

Publicada em

Breve descrição dos protótipos textuais

Publicada em: Educação, Tecnologia

Protótipos Textuais

  1. 1. PROTÓTIPO TEXTUAL OU TIPO DE TEXTO Um protótipo textual é um esquema abstracto (arquétipo) construí- do a partir dos modos fundamentais de estruturação que se combi- nam nos textos efectivos. A elaboração de diferentes tipologias tex- tuais pode dar conta de como as estruturas linguísticas se organizam segundo as finalidades ou as intenções que se pretendem.
  2. 2. TIPOS DE PROTÓTIPOS FUNDAMENTAIS : <ul><li>Narrativo; </li></ul>2. Descritivo; 3. Argumentativo; 4. Expositivo-explicativo; 5. Injuntivo-instrucional; 6. Dialogal-conversacional.
  3. 3. PROTÓTIPO TEXTUAL NARRATIVO <ul><li>Entende-se por protótipo textual narrativo todo o texto ou sequên- cia em que: </li></ul><ul><li>haja uma representação de uma sucessão temporal de acções; </li></ul><ul><li>sejam realizadas certas acções por actantes; </li></ul><ul><li>se dê sentido a esta sucessão de acções e de acontecimentos </li></ul><ul><li>no tempo e no espaço . </li></ul>
  4. 4. PROTÓTIPO TEXTUAL DESCRITIVO Entende-se por protótipo textual descritivo todo o texto ou sequên- cia em que se actualiza o referente (ser humano, animal, elementos da natureza, espaços e todo o tipo de fenómenos e objectos) por meio de qualificações e predicações. A descrição pode tomar a forma de texto curto (adivinha, definição dos dicionários, enumeração, tautologias – O Porto é o Porto) ou de sequên- cia (a forma mais frequente). Neste caso, a função das descrições é intercalar-se entre outras sequências (narrativa, argumentativa, exposi- tiva...)
  5. 5. PROTÓTIPO TEXTUAL ARGUMENTATIVO Trata-se de todo o texto em que predomina a existência de um problema com duas ou mais soluções possíveis e em que a con- frontação das ideias e a existência de posições diferentes ou contrárias sejam possíveis, defendendo-se uma delas. Há argumentação quando se quer influenciar, convencer, persuadir fazer crer alguma coisa a alguém (individual ou colectivo). Por isso, a argumentação é uma actividade discursiva amplamente presente na vida social: na política, na publicidade, na justiça, nos discursos religiosos...
  6. 6. PROTÓTIPO TEXTUAL EXPOSITIVO-EXPLICATIVO Esta tipologia textual não tem a finalidade impressiva nem a força dinâmica próprias do texto argumentativo. A sua apresentação aparenta-se mais ao desenvolvimento descritivo, onde se expõem, definem, enumeram e explicam factos e elementos de informação.
  7. 7. PROTÓTIPO TEXTUAL INJUNTIVO-INSTRUCIONAL Nesta tipologia textual, cabem todos os discursos que, de alguma forma, procuram alterar o comportamento actual ou futuro dos seus destinatários, por meio de instruções ou sugestões. Pertencem a este protótipo diversos géneros de discurso: - receitas; - instruções de montagem; - horóscopos; - interdições; - provérbios - slôganes.
  8. 8. PROTÓTIPO TEXTUAL DIALOGAL-CONVERSACIONAL Manifesta-se em discursos realizados em situação, produzidos na presença do(s) destinatário(s) e cuja recepção é imediata. O enunciador ancora o enunciado na situação de enunciação e é responsável pelos actos de fala que realiza e que podem tomar a forma de asserção, pedido, ordem, pergunta...

×