SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
ANTROPOLOGIA CONTEMPORÂNEA
A antropologia sempre trabalhou com a lógica do distanciamento, distanciamento entre o pesquisador e pesquisado, distanciamento entre civilizações e culturas, distanciamento no tempo e no espaço entre o europeu e o não europeu. Ocorre que a história e a crescente internacionalização dom capitalismo promoveram o contínuo encurtamento dessas distancias.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
É nesse cenário que cientistas sociais como Roberto Cardoso de Oliveira veem emergir junto aos modelos tradicionais de pesquisa antropológica, que ele denomina como racionalista/funcionalista; estrutural/funcionalista e culturalista, um novo paradigma denominado  HERMENÊUTICO.  * esse modelo, combina a tradição européia com a metodologia interpretativa norte-americana. ( reação ao modelo idealista iluminista ) Segundo Michel Foucault, o homem é um ser de linguagem. O estudo tem que decifrar  suas formas de expressão. A hermenêutica é a ciência da interpretação do dito, do não dito e das entrelinhas. Modelo decifrativo que se apóia em sinais, em vestígios para descobrir na expressão simbólica conteúdos profundamente significativos.
O sujeito deixa de ser visto como um objetividade para ganhar toda a riqueza de sua capacidade simbólica. Clifford Geertz, O conceito de cultura que eu defendo, e cuja utilidade os ensaios abaixo tentam demonstrar, é essencialmente semiótico. Acreditando como Max Weber que o homem é um animal amarrado a teia de significados que ele teceu, assumo a cultura como sendo essas teias e a sua análise; portanto, não como uma ciência experimental em busca de leis, mas como uma ciência interpretativa à procura de significados.
[object Object],[object Object],[object Object]
Os estudos recentes mostram que as instituições como o Estado,a Igreja e os Partidos políticos perderam a capacidade de consolidar identidades individuais e coletivas, pois a cultura de massa acaba  padronizando o imaginário das pessoas de forma global. A sociedade contemporânea tornou ineficazes as formas tradicionais da cultura pelas quais se construíram as identidades de grupo e individuais, entre elas o ofício, o regionalismo e o nacionalismo.
Os cientistas partem do princípio de que a sociedade contemporânea tornou ineficazes as formas tradicionais da cultura pelas quais se construíam as identidades de grupo e individuais, entre elas o ofício ou profissão, o regionalismo e o nacionalismo. A antropologia abandonou a busca por formas de identidade  normativas, regulares ou institucionais, como família e a nação, para se pesquisar mecanismo identitários Emergentes, de natureza cultural e política, como a organização das minorias.
[object Object],[object Object],Antiguidade Idade Média Idade Moderna Idade Contemporânea O romano em relação aos bárbaros. Princípio da Igualdade. Todos somos filhos de Deus  Os filósofos iluministas procuraram entender a origem das desigualdades. Novos aspectos da Igualdade  (jurídica e civil) O socialismo mostrou  que a estrutura de classes sociais era responsável pelas diferenças entre os homens.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Ao mesmo tempo em que a representatividade apoiada na maioria de votos garantia a legitimidade aos governos e às suas ações – por menor que fosse o grupo que representassem-, a idéia de consenso, associada à de maioria e unanimidade, dava às instituições sociais um sentido de normalidade e saúde. * O uso indiscriminado da estatística ajudou na disseminação desses princípios. Os números (índices e taxas ), conforme o seu uso, transformam a realidade em quantidades, fazem desaparecer as nuanças e impedem uma real avaliação das situações. A metade mais um é maioria?
Atualmente, entende-se por maioria ou minoria a capacidade de certos grupos sociais fazerem pressão e obterem sucesso em suas reivindicações.  É a força da ação política que torna as questões majoritárias ou minoritárias. Na história da sociedade ocidental, os homens passaram da diferenciação à massificação. A formação política das minorias raciais, sexuais ou profissionais foram revertendo essa tendência, assim como foram criando condições para a emergência de uma nova política:  a democracia participativa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1°B,C FILOSOFIA GUIA DE APRENDIZAGEM 3°BIMESTRE.docx
1°B,C FILOSOFIA GUIA DE APRENDIZAGEM 3°BIMESTRE.docx1°B,C FILOSOFIA GUIA DE APRENDIZAGEM 3°BIMESTRE.docx
1°B,C FILOSOFIA GUIA DE APRENDIZAGEM 3°BIMESTRE.docxJULIOPAULOSILVADEOLI
 
Planejamento anual sociologia completo
Planejamento anual sociologia completoPlanejamento anual sociologia completo
Planejamento anual sociologia completoRafael Vigentin
 
Sociologia - O processo de desnaturalização ou estranhamento da realidade.
Sociologia - O processo de desnaturalização ou estranhamento da realidade.Sociologia - O processo de desnaturalização ou estranhamento da realidade.
Sociologia - O processo de desnaturalização ou estranhamento da realidade.Manoelito Filho Soares
 
201 sociologia
201 sociologia201 sociologia
201 sociologiarosilane32
 
Antropologia CONCEITOS BÁSICOS
Antropologia CONCEITOS BÁSICOSAntropologia CONCEITOS BÁSICOS
Antropologia CONCEITOS BÁSICOSUniceuma
 
Sociologia introducao as teorias sociologicas
Sociologia   introducao as teorias sociologicasSociologia   introducao as teorias sociologicas
Sociologia introducao as teorias sociologicasGustavo Soares
 
Jogo de Tabuleiro Sociologia - Correntes Sociológicas
Jogo de Tabuleiro Sociologia - Correntes Sociológicas Jogo de Tabuleiro Sociologia - Correntes Sociológicas
Jogo de Tabuleiro Sociologia - Correntes Sociológicas Paula Meyer Piagentini
 
Raça, cor , cor da pele e etnia
Raça, cor , cor da pele e etniaRaça, cor , cor da pele e etnia
Raça, cor , cor da pele e etniaMyla Sousa
 
Aula 2 Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2  Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 2  Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2 Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 

Mais procurados (20)

O ser humano
O ser humanoO ser humano
O ser humano
 
Antropologia: conceitos basicos
 Antropologia: conceitos basicos Antropologia: conceitos basicos
Antropologia: conceitos basicos
 
Ideologia
IdeologiaIdeologia
Ideologia
 
1°B,C FILOSOFIA GUIA DE APRENDIZAGEM 3°BIMESTRE.docx
1°B,C FILOSOFIA GUIA DE APRENDIZAGEM 3°BIMESTRE.docx1°B,C FILOSOFIA GUIA DE APRENDIZAGEM 3°BIMESTRE.docx
1°B,C FILOSOFIA GUIA DE APRENDIZAGEM 3°BIMESTRE.docx
 
Planejamento anual sociologia completo
Planejamento anual sociologia completoPlanejamento anual sociologia completo
Planejamento anual sociologia completo
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
ALIENAÇÃO E IDEOLOGIA
ALIENAÇÃO E IDEOLOGIAALIENAÇÃO E IDEOLOGIA
ALIENAÇÃO E IDEOLOGIA
 
Sociologia - O processo de desnaturalização ou estranhamento da realidade.
Sociologia - O processo de desnaturalização ou estranhamento da realidade.Sociologia - O processo de desnaturalização ou estranhamento da realidade.
Sociologia - O processo de desnaturalização ou estranhamento da realidade.
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
 
Socialização
SocializaçãoSocialização
Socialização
 
Aula 01 - Individualismo e coletividade
Aula 01 - Individualismo e coletividadeAula 01 - Individualismo e coletividade
Aula 01 - Individualismo e coletividade
 
Política e poder
Política e poderPolítica e poder
Política e poder
 
201 sociologia
201 sociologia201 sociologia
201 sociologia
 
Estratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade SocialEstratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade Social
 
Antropologia CONCEITOS BÁSICOS
Antropologia CONCEITOS BÁSICOSAntropologia CONCEITOS BÁSICOS
Antropologia CONCEITOS BÁSICOS
 
Sociologia introducao as teorias sociologicas
Sociologia   introducao as teorias sociologicasSociologia   introducao as teorias sociologicas
Sociologia introducao as teorias sociologicas
 
6. apostila de sociologia
6. apostila de sociologia6. apostila de sociologia
6. apostila de sociologia
 
Jogo de Tabuleiro Sociologia - Correntes Sociológicas
Jogo de Tabuleiro Sociologia - Correntes Sociológicas Jogo de Tabuleiro Sociologia - Correntes Sociológicas
Jogo de Tabuleiro Sociologia - Correntes Sociológicas
 
Raça, cor , cor da pele e etnia
Raça, cor , cor da pele e etniaRaça, cor , cor da pele e etnia
Raça, cor , cor da pele e etnia
 
Aula 2 Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2  Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 2  Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2 Sociedade civil e democracia - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
 

Destaque (16)

Perspectivas antropológicas contemporáneas
Perspectivas antropológicas contemporáneasPerspectivas antropológicas contemporáneas
Perspectivas antropológicas contemporáneas
 
Antropología Posmoderna
Antropología PosmodernaAntropología Posmoderna
Antropología Posmoderna
 
Antropologia renacentista
Antropologia renacentistaAntropologia renacentista
Antropologia renacentista
 
Antropologia contemporânea cap 10
Antropologia contemporânea cap 10Antropologia contemporânea cap 10
Antropologia contemporânea cap 10
 
Antropología Postmoderna II
Antropología Postmoderna IIAntropología Postmoderna II
Antropología Postmoderna II
 
Escuelas antropologicas
Escuelas antropologicasEscuelas antropologicas
Escuelas antropologicas
 
TEORÍAS ANTROPOLÓGICAS
TEORÍAS ANTROPOLÓGICASTEORÍAS ANTROPOLÓGICAS
TEORÍAS ANTROPOLÓGICAS
 
Antropología contemporánea
Antropología  contemporáneaAntropología  contemporánea
Antropología contemporánea
 
Antropologia contemporanea
Antropologia contemporaneaAntropologia contemporanea
Antropologia contemporanea
 
Antropologia moderna
Antropologia modernaAntropologia moderna
Antropologia moderna
 
Escuelas antropologicas
Escuelas antropologicasEscuelas antropologicas
Escuelas antropologicas
 
Escuelas antropologicas
Escuelas antropologicasEscuelas antropologicas
Escuelas antropologicas
 
Teorías antropológicas
Teorías antropológicasTeorías antropológicas
Teorías antropológicas
 
La antropología marxista
La antropología marxistaLa antropología marxista
La antropología marxista
 
teorias antropologicas
teorias antropologicasteorias antropologicas
teorias antropologicas
 
Mapas Conceptuales de la posmodernidad
Mapas Conceptuales de la posmodernidadMapas Conceptuales de la posmodernidad
Mapas Conceptuales de la posmodernidad
 

Semelhante a Antropologia contemporânea

Semelhante a Antropologia contemporânea (20)

Antrop. contêmp
Antrop. contêmpAntrop. contêmp
Antrop. contêmp
 
Moda, Opinião e Estetização do Mundo
Moda, Opinião e Estetização do MundoModa, Opinião e Estetização do Mundo
Moda, Opinião e Estetização do Mundo
 
Estudos culturais - teorias da comunicação
Estudos culturais - teorias da comunicaçãoEstudos culturais - teorias da comunicação
Estudos culturais - teorias da comunicação
 
Antropologia da religião 2
Antropologia da religião 2Antropologia da religião 2
Antropologia da religião 2
 
CULTURA, DOMINAÇÃO E IDEOLOGIA
CULTURA, DOMINAÇÃO E IDEOLOGIACULTURA, DOMINAÇÃO E IDEOLOGIA
CULTURA, DOMINAÇÃO E IDEOLOGIA
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Sociologia unidade V
Sociologia unidade VSociologia unidade V
Sociologia unidade V
 
Sociologia iv
Sociologia ivSociologia iv
Sociologia iv
 
Antropologia da Comunicação
Antropologia da ComunicaçãoAntropologia da Comunicação
Antropologia da Comunicação
 
Ideologias
IdeologiasIdeologias
Ideologias
 
Cap. 8 antrop
Cap. 8 antropCap. 8 antrop
Cap. 8 antrop
 
Introdução antropologia cultural
Introdução antropologia culturalIntrodução antropologia cultural
Introdução antropologia cultural
 
Trabalho de filosofia pronto
Trabalho de filosofia prontoTrabalho de filosofia pronto
Trabalho de filosofia pronto
 
Relações sociais e identidade
Relações sociais e identidadeRelações sociais e identidade
Relações sociais e identidade
 
Sociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Sociologia: Revisando os Primeiros ConceitosSociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
Sociologia: Revisando os Primeiros Conceitos
 
Antrapologia 1
Antrapologia 1Antrapologia 1
Antrapologia 1
 
Mam 251
Mam 251 Mam 251
Mam 251
 
Breve trajetória da antropologia &
Breve trajetória  da antropologia                 &Breve trajetória  da antropologia                 &
Breve trajetória da antropologia &
 
Ideologias1
Ideologias1Ideologias1
Ideologias1
 
Ideologias1
Ideologias1Ideologias1
Ideologias1
 

Mais de mundica broda

Vanguardas européias revistas[1]
Vanguardas européias revistas[1]Vanguardas européias revistas[1]
Vanguardas européias revistas[1]mundica broda
 
A união ibérica e invasões holandesas.filé
A união ibérica e invasões holandesas.filéA união ibérica e invasões holandesas.filé
A união ibérica e invasões holandesas.filémundica broda
 
A união ibérica e invasões holandesas.filé
A união ibérica e invasões holandesas.filéA união ibérica e invasões holandesas.filé
A união ibérica e invasões holandesas.filémundica broda
 
Revolução russa chinesa e cubana.filé
Revolução russa chinesa e cubana.filéRevolução russa chinesa e cubana.filé
Revolução russa chinesa e cubana.filémundica broda
 
America sec xix.filé
America sec xix.filéAmerica sec xix.filé
America sec xix.filémundica broda
 
Cultura medieval filé
Cultura medieval filéCultura medieval filé
Cultura medieval filémundica broda
 
Os primeiros hominídeos show.filé
Os primeiros hominídeos show.filéOs primeiros hominídeos show.filé
Os primeiros hominídeos show.filémundica broda
 
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filémundica broda
 
Brasil ciclo do ouro.filé
Brasil ciclo do ouro.filéBrasil ciclo do ouro.filé
Brasil ciclo do ouro.filémundica broda
 
Karl marx e a história da exploração do
Karl marx e a história da exploração doKarl marx e a história da exploração do
Karl marx e a história da exploração domundica broda
 
A sociologia alemã max weber
A sociologia alemã   max weberA sociologia alemã   max weber
A sociologia alemã max webermundica broda
 
Período pre colonial e colonial
Período pre colonial e colonialPeríodo pre colonial e colonial
Período pre colonial e colonialmundica broda
 
Bandeirantes e expansão
Bandeirantes e expansãoBandeirantes e expansão
Bandeirantes e expansãomundica broda
 
Aula sobre história introdução
Aula sobre história introduçãoAula sobre história introdução
Aula sobre história introduçãomundica broda
 
Renascimento show de bola
Renascimento show de bolaRenascimento show de bola
Renascimento show de bolamundica broda
 
Reforma protestante ok
Reforma protestante okReforma protestante ok
Reforma protestante okmundica broda
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundialmundica broda
 

Mais de mundica broda (20)

Os fascismos
Os fascismos   Os fascismos
Os fascismos
 
Vanguardas européias revistas[1]
Vanguardas européias revistas[1]Vanguardas européias revistas[1]
Vanguardas européias revistas[1]
 
A união ibérica e invasões holandesas.filé
A união ibérica e invasões holandesas.filéA união ibérica e invasões holandesas.filé
A união ibérica e invasões holandesas.filé
 
A união ibérica e invasões holandesas.filé
A união ibérica e invasões holandesas.filéA união ibérica e invasões holandesas.filé
A união ibérica e invasões holandesas.filé
 
Revolução russa chinesa e cubana.filé
Revolução russa chinesa e cubana.filéRevolução russa chinesa e cubana.filé
Revolução russa chinesa e cubana.filé
 
America sec xix.filé
America sec xix.filéAmerica sec xix.filé
America sec xix.filé
 
Imperialismo.filé
Imperialismo.filéImperialismo.filé
Imperialismo.filé
 
Cultura medieval filé
Cultura medieval filéCultura medieval filé
Cultura medieval filé
 
Os primeiros hominídeos show.filé
Os primeiros hominídeos show.filéOs primeiros hominídeos show.filé
Os primeiros hominídeos show.filé
 
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 
Brasil ciclo do ouro.filé
Brasil ciclo do ouro.filéBrasil ciclo do ouro.filé
Brasil ciclo do ouro.filé
 
Durkheim sociologia
Durkheim sociologiaDurkheim sociologia
Durkheim sociologia
 
Karl marx e a história da exploração do
Karl marx e a história da exploração doKarl marx e a história da exploração do
Karl marx e a história da exploração do
 
A sociologia alemã max weber
A sociologia alemã   max weberA sociologia alemã   max weber
A sociologia alemã max weber
 
Período pre colonial e colonial
Período pre colonial e colonialPeríodo pre colonial e colonial
Período pre colonial e colonial
 
Bandeirantes e expansão
Bandeirantes e expansãoBandeirantes e expansão
Bandeirantes e expansão
 
Aula sobre história introdução
Aula sobre história introduçãoAula sobre história introdução
Aula sobre história introdução
 
Renascimento show de bola
Renascimento show de bolaRenascimento show de bola
Renascimento show de bola
 
Reforma protestante ok
Reforma protestante okReforma protestante ok
Reforma protestante ok
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
 

Último

Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 

Último (20)

Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 

Antropologia contemporânea

  • 2. A antropologia sempre trabalhou com a lógica do distanciamento, distanciamento entre o pesquisador e pesquisado, distanciamento entre civilizações e culturas, distanciamento no tempo e no espaço entre o europeu e o não europeu. Ocorre que a história e a crescente internacionalização dom capitalismo promoveram o contínuo encurtamento dessas distancias.
  • 3.
  • 4. É nesse cenário que cientistas sociais como Roberto Cardoso de Oliveira veem emergir junto aos modelos tradicionais de pesquisa antropológica, que ele denomina como racionalista/funcionalista; estrutural/funcionalista e culturalista, um novo paradigma denominado HERMENÊUTICO. * esse modelo, combina a tradição européia com a metodologia interpretativa norte-americana. ( reação ao modelo idealista iluminista ) Segundo Michel Foucault, o homem é um ser de linguagem. O estudo tem que decifrar suas formas de expressão. A hermenêutica é a ciência da interpretação do dito, do não dito e das entrelinhas. Modelo decifrativo que se apóia em sinais, em vestígios para descobrir na expressão simbólica conteúdos profundamente significativos.
  • 5. O sujeito deixa de ser visto como um objetividade para ganhar toda a riqueza de sua capacidade simbólica. Clifford Geertz, O conceito de cultura que eu defendo, e cuja utilidade os ensaios abaixo tentam demonstrar, é essencialmente semiótico. Acreditando como Max Weber que o homem é um animal amarrado a teia de significados que ele teceu, assumo a cultura como sendo essas teias e a sua análise; portanto, não como uma ciência experimental em busca de leis, mas como uma ciência interpretativa à procura de significados.
  • 6.
  • 7. Os estudos recentes mostram que as instituições como o Estado,a Igreja e os Partidos políticos perderam a capacidade de consolidar identidades individuais e coletivas, pois a cultura de massa acaba padronizando o imaginário das pessoas de forma global. A sociedade contemporânea tornou ineficazes as formas tradicionais da cultura pelas quais se construíram as identidades de grupo e individuais, entre elas o ofício, o regionalismo e o nacionalismo.
  • 8. Os cientistas partem do princípio de que a sociedade contemporânea tornou ineficazes as formas tradicionais da cultura pelas quais se construíam as identidades de grupo e individuais, entre elas o ofício ou profissão, o regionalismo e o nacionalismo. A antropologia abandonou a busca por formas de identidade normativas, regulares ou institucionais, como família e a nação, para se pesquisar mecanismo identitários Emergentes, de natureza cultural e política, como a organização das minorias.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13. Ao mesmo tempo em que a representatividade apoiada na maioria de votos garantia a legitimidade aos governos e às suas ações – por menor que fosse o grupo que representassem-, a idéia de consenso, associada à de maioria e unanimidade, dava às instituições sociais um sentido de normalidade e saúde. * O uso indiscriminado da estatística ajudou na disseminação desses princípios. Os números (índices e taxas ), conforme o seu uso, transformam a realidade em quantidades, fazem desaparecer as nuanças e impedem uma real avaliação das situações. A metade mais um é maioria?
  • 14. Atualmente, entende-se por maioria ou minoria a capacidade de certos grupos sociais fazerem pressão e obterem sucesso em suas reivindicações. É a força da ação política que torna as questões majoritárias ou minoritárias. Na história da sociedade ocidental, os homens passaram da diferenciação à massificação. A formação política das minorias raciais, sexuais ou profissionais foram revertendo essa tendência, assim como foram criando condições para a emergência de uma nova política: a democracia participativa.