A união ibérica e invasões holandesas.filé

13.159 visualizações

Publicada em

AULA INVASÃO HOLANDESA

3 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.159
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
478
Comentários
3
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A união ibérica e invasões holandesas.filé

  1. 1. A União Ibérica e A Invasão Holandesa
  2. 2. <ul><li>União Ibérica (1580-1640) </li></ul><ul><li>Com a morte do rei de Portugal, D. Sebastião, em 1578, o trono português ficou vago. </li></ul><ul><li>Felipe II, rei da Espanha e neto de D. Manuel rei de Portugal, reivindicou o trono português e conquistou à força; </li></ul><ul><li>Portugal era da Espanha ( União Ibérica ) </li></ul><ul><li>Holanda X Espanha </li></ul><ul><li>Holanda pertencia a Espanha ( era uma região desenvolvida por causa do comércio ); </li></ul><ul><li>A partir de 1572, começa a luta pela independência da Holanda e dos reinos adjacentes; </li></ul><ul><li>Em 1581, a Holanda torna-se independente </li></ul><ul><li>Como represália: </li></ul><ul><li>Espanha faz um embargo econômico que afeta a economia de Portugal, Holanda e Brasil; </li></ul><ul><li>Em 1621, é criada a Cia das Índias Ocidentais (pela Holanda) para enfrentar o embargo; </li></ul><ul><li>Os holandeses planejaram a invasão de Salvador em 1624. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Holandeses na Bahia </li></ul><ul><li>Em 1624, a Holanda invade Salvador e aprisiona o governador Diogo de Mendonça Furtado </li></ul><ul><li>colonos organizam a resistência ( guerra de guerrilha) </li></ul><ul><li>Em 1625, a Espanha envia a Bahia uma esquadra com 50 navios e 12mil homens. Foi comandado pelo Fradique Toledo Osório. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Holandeses em Pernambuco </li></ul><ul><li>Em 1630, holandeses voltam a atacar o Brasil ( PE)= Olinda e Recife </li></ul><ul><li>A chegada dos holandeses levou parte da população para o interior, criando focos de resistência  em PE ( o maior foi o arraial do Bom Jesus  e seu chefe era Mathias de Albuquerque ) </li></ul><ul><li>Tática militar era a guerra de guerrilhas </li></ul><ul><li>Em 1632, Domingos Jorge Calabar ajuda os holandeses a destruir o Arraial, destruição 1635. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Resultado das conquistas holandesas até esse período (1630-1635) </li></ul><ul><li>Engenhos destruídos </li></ul><ul><li>Olinda incendiada e destruída </li></ul><ul><li>Fuga de negros ( cresce o Quilombo dos Palmares) </li></ul><ul><li>Plantações destruídas </li></ul><ul><li>Holandeses dominam o litoral nordestino. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Nassau chega ao Recife (1637-1644) </li></ul><ul><li>Período de relativa &quot;paz&quot; por adotar algumas medidas, tais como: </li></ul><ul><li>             * Aliança com Senhores de Engenho </li></ul><ul><li>             * Reativa a produção açucareira </li></ul><ul><li>              * Faz empréstimos aos Senhores de Engenho </li></ul><ul><li>              * Garante o abastecimento de escravos </li></ul><ul><li>              * Faz o saneamento e modernização do Recife </li></ul><ul><li>              * Recife passou a se chamar Mauritzstad ou Maurícia </li></ul><ul><li>               * criou o Jardim Botânico </li></ul><ul><li>               * Fez pontes </li></ul><ul><li>               * pratica a tolerância religiosa </li></ul><ul><li>              * trouxe os pintores Albert Echout e Frans Post </li></ul><ul><li>Trouxe cientistas como: Jorge Marcgrave ( naturalista ) e Wiliam Piso ( Médico) </li></ul>
  7. 12.                                                                                                    
  8. 17. <ul><li>  Restauração Portuguesa </li></ul><ul><li>Em 1640, Portugal com ajuda da Inglaterra e da Holanda tornou-se independente da Espanha </li></ul><ul><li>Assume o trono português D. João IV, iniciando a dinastia de Bragança </li></ul><ul><li>Nassau retorna em 1644 a Holanda </li></ul><ul><li>Começa o processo de Insurreição Pernambucana </li></ul>
  9. 18. <ul><li>Terceira fase do domínio holandês em Pernambuco (1645-1654) </li></ul><ul><li>Os holandeses começam a cobrar os empréstimos feitos aos Senhores de Engenho </li></ul><ul><li>Intolerância religiosa </li></ul><ul><li>Inicia um sentimento de revolta </li></ul><ul><li>No dia 03/08/1645, Batalha dos Montes das Tabocas </li></ul>
  10. 19. <ul><li>  Líderes : </li></ul><ul><li>João Fernandes Vieira (branco) </li></ul><ul><li>Henrique Dias (negro) </li></ul><ul><li>Felipe Camarão (índio) </li></ul><ul><li>        * representação das três raças do Brasil. </li></ul>
  11. 20. 19/04/1648 e em 11/1649 - Batalha dos Guararapes
  12. 21. <ul><li>Tratado de paz com a Holanda foi firmado em 08/1661, em Haia </li></ul><ul><li>Pontos do acordo: </li></ul><ul><li>Holanda renuncia qualquer pretensão sobre o Brasil </li></ul><ul><li>Portugal paga uma indenização de 4 milhões de cruzados </li></ul><ul><li>Portugal cede o Ceilão ( Sri Lanka, na Ásia) e Molucas na Indonésia. </li></ul><ul><li>No dia 26/01/1654 , os holandeses são expulsos definitivamente de Recife </li></ul>

×