Reforma protestante ok

6.509 visualizações

Publicada em

AULA SOBRE REFORMA PROTESTAN TE

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.509
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
138
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • 25/09/10
  • 25/09/10
  • Reforma protestante ok

    1. 1. A Reforma Protestante 1517
    2. 2. Características da Reforma do Século XVI <ul><li>Movimento restaurador. </li></ul><ul><li>Primariamente religiosa; dimensões políticas, econômicas e sociais. </li></ul><ul><li>Origem das igrejas históricas do protestantismo. </li></ul><ul><li>Três manifestações principais: luteranismo, calvinismo e anglicanismo. </li></ul>
    3. 3. Causas <ul><li>A situação da Igreja Católica medieval. </li></ul><ul><li>A insatisfação política e religiosa dos povos europeus. </li></ul><ul><li>O nacionalismo emergente. </li></ul><ul><li>A ansiedade e insegurança provocadas pela espiritualidade vigente. </li></ul>Papa Leão X
    4. 4. Preparação <ul><li>Os pré-reformadores: </li></ul><ul><li>João Wyclif (c.1325-1384) </li></ul><ul><li>João Huss (c.1372-1415) e os irmãos boemios. </li></ul><ul><li>A tradução das Escrituras nas línguas locais. </li></ul><ul><li>A obra dos humanistas. </li></ul>
    5. 5. O Estopim da Reforma <ul><li>A experiência religiosa de Lutero. </li></ul><ul><li>A eleição do sacro imperador romano – Carlos V (Alemanha). </li></ul><ul><li>A venda das indulgências. </li></ul><ul><li>As Noventa e Cinco Teses . </li></ul>
    6. 6. 1. A Reforma Luterana: Martinho Lutero <ul><li>1483 - Nasce em Vitemberga, leste da Alemanha, filho de Hans e Margaretha Luder. </li></ul>
    7. 7. Martinho Lutero <ul><li>1505 - Ingressa no mosteiro agostiniano de Erfurt. </li></ul><ul><li>1512 - Torna-se professor da Universidade de Wittemberg. </li></ul><ul><li>1517 - 31 de outubro: convoca a comunidade acadêmica para um debate sobre as indulgências (as 95 Teses). </li></ul>
    8. 8. Vitemberga e Igreja do Castelo
    9. 9. Lutero <ul><li>1519 - Em debate com João Eck, defende Huss e afirma que papas e concílios podem errar. </li></ul><ul><li>1520 - Bula Exsurge Domine dá-lhe 60 dias para retratar-se. É queimada em praça pública. </li></ul><ul><li>1520 - Escreve À Nobreza Cristã da Nação Alemã , O Cativeiro Babilônico da Igreja e A Liberdade do Cristão . </li></ul>
    10. 10. Lutero <ul><li>1521 - Bula de excomunhão: Decet Pontificem Romanum . </li></ul><ul><li>Lutero vai à Dieta de Worms: defende-se e é condenado. </li></ul><ul><li>Refugia-se no Castelo de Wartburg, onde começa a traduzir a Bíblia. </li></ul>
    11. 11. Luteranismo <ul><li>Idéias de Lutero difundem-se na Alemanha e na Europa graças à imprensa. </li></ul><ul><li>1529 - Dieta de Spira: surge o nome “protestantes.” </li></ul><ul><li>Na Alemanha, ocorrem guerras entre católicos e luteranos, que cessam com a Paz de Augsburgo (1555). </li></ul>Oficina do Impressor
    12. 12. 2. A Reforma Calvinista <ul><li>O segundo movimento de reforma surgiu na Suíça. </li></ul><ul><li>Seus primeiros líderes foram Ulrico Zwínglio (Zurique) e João Calvino (Genebra). </li></ul><ul><li>Esta segunda expressão histórica do protestantismo ficou conhecida como “movimento reformado.” </li></ul>
    13. 13. João Calvino <ul><li>Com a morte precoce de Zwínglio, o movimento reformado passou à liderança de João Calvino. </li></ul><ul><li>1509 - Calvino nasce em Noyon, no nordeste da França. Seus pais são Gérard Cauvin e Jeanne Le Franc. </li></ul><ul><li>1523 - Estuda e humanidades e teologia em Paris. </li></ul>
    14. 14. Calvino <ul><li>1528 - Estuda direito em Orléans e Bourges. </li></ul><ul><li>1531 - Retorna a Paris e retoma seus estudos humanísticos. Escreve um comentário do tratado de Sêneca “De Clementia.” </li></ul><ul><li>1533 - Converte-se e tem de fugir de Paris. Começa a escrever a sua obra magna. </li></ul>
    15. 15. Princípios calvinistas <ul><li>A soberania de Deus na criação, providência e redenção. </li></ul><ul><li>O estudo sério e criterioso das Escrituras. </li></ul><ul><li>A importância da educação, para os pastores e os crentes em geral. </li></ul><ul><li>Governo representativo através de presbíteros e concílios. </li></ul>
    16. 16. 3. A Reforma Anglicana <ul><li>Ao contrário de outros países da Europa, na Inglaterra a Reforma foi introduzida pela acção directa de alguns reis. </li></ul><ul><li>1527 - Henrique VIII procura a anulação do seu casamento com Catarina de Aragão, mas o papa recusa-se a atendê-lo. </li></ul>
    17. 17. Henrique VIII <ul><li>1533 - Um tribunal eclesiástico inglês declara nulo o casamento do rei. </li></ul><ul><li>1534 - O Acto de Supremacia reconhece o rei como “chefe supremo” da Igreja da Inglaterra. </li></ul><ul><li>1547 - Eduardo VI sucede o pai. Seus conselheiros são todos protestantes. </li></ul>Rei Henrique VIII
    18. 18. Esposas de Henrique VIII

    ×