Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 105-106

602 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
602
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
363
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 105-106

  1. 1. • merchandising
  2. 2. Resolve as perguntas 10 e 10.1 (p. 15).
  3. 3. 1 alimentam G 2 única E 3 falar A 4 vocabulário E 5 omnipresença G 6 projeção A
  4. 4. 7 Luísa G 8 aí A 9 descubramos G 10 autênticos E 11 descobrir A 12 código E
  5. 5. • Têm acento gráfico todas as palavras esdrúxulas.
  6. 6. • Há uma palavra aguda que tem acento gráfico, para desfazer ditongo (aí).
  7. 7. • Há uma palavra grave que leva acento gráfico, para desfazer o ditongo que, sem ele, a vogal tónica formaria com a vogal precedente (Luísa).
  8. 8. rainha ruindo sairdes
  9. 9. [1.º parágrafo] Gosto das casas com muitos livros, cuja presença considero imprescindível a um ambiente hospitaleiro. É um grande prazer reencontrar numa estante um desses velhos amigos. Porém, é sempre novo o que neles descobrimos.
  10. 10. [2.º parágrafo] As minhas mais antigas recordações da extraordinária biblioteca do meu Avô reportam-se a dicionários, enciclopédias, porque era na companhia dessas e de outras obras de referência (atlas, catálogos de museus) que passava longos sábados, sozinho e com os mortos.
  11. 11. [3.º parágrafo] Como o gosto pelos livros devia ser inato, lia tudo. Da História, que predominava em casa do meu avô, passei aos romances e à poesia, incluindo clássicos greco- latinos, narrativas universais, Camilo e Eça, poesia portuguesa. Aos mortos das enciclopédias juntavam-se os heróis dos romances.
  12. 12. [4.º parágrafo] Lembro-me também com saudade de quando a minha mãe me vinha chamar.
  13. 13. Eça de Queirós, O Primo Basílio Tinham dado onze horas no cuco da sala de jantar. Jorge fechou o volume de Luís Figuier que estivera folheando devagar, estirado na velha voltaire de marroquim escuro, espreguiçou-se, bocejou e disse:
  14. 14. Vergílio, Eneida Canto as armas e o varão que nos primórdios veio das costas de Troia para Itália [...]
  15. 15. Eça de Queirós, Os Maias A casa que os Maias vieram habitar em Lisboa, no Outono de 1875, era conhecida na vizinhança da Rua de S. Francisco de Paula, e em todo o bairro das Janelas Verdes, pela Casa do Ramalhete, ou simplesmente o Ramalhete.
  16. 16. Daniel Defoe, As Aventuras de Robinson Crusoe Nasci em 1632, na cidade de Iorque, no seio de uma boa família. Esta, porém, não era oriunda da terra, pois o meu pai era um estrangeiro de Bremen que começou por se fixar em Hull.
  17. 17. Homero, Odisseia Fala-me, Musa, do homem astuto que tanto vagueou, / depois que de Troia destruiu a cidadela sagrada.
  18. 18. Eça de Queirós, A Cidade e as Serras O meu amigo Jacinto nasceu num palácio, com cento e nove contos de renda em terras de semeadura, de vinhedo, de cortiça e de olival.
  19. 19. Homero, Ilíada Canta, ó deusa, a cólera de Aquiles, [...]
  20. 20. Jonathan Swift, As Viagens de Gulliver Espero que estejas preparado para admitir publicamente, sempre que fores chamado a fazê-lo, que foi por grande insistência tua que decidi autorizar a a publicação de uma narrativa pouco cuidada e incorreta das minhas viagens [...]
  21. 21. Júlio Verne, Vinte Mil Léguas Submarinas O ano de 1866 ficou marcado por um acontecimento estranho, um fenómeno inexplicado e inexplicável, que certamente ninguém ainda esqueceu.
  22. 22. Camilo Castelo Branco, Amor de Perdição Domingos José Correia Botelho de Mesquita e Meneses, fidalgo de linhagem e um dos mais antigos solarengos de Vila Real de Trás-os-Montes, era, em 1779, juiz de fora de Cascais, e nesse mesmo ano casara com uma dama do paço, D. Rita Teresa Margarida Preciosa da Veiga Caldeirão Castelo Branco
  23. 23. TPC (i) [Para quem não enviou bibliofilme:] Trata desse assunto sem falta. (ii) [Como proximamente faremos pequeno trabalho sobre assuntos mais informativos (gramática, teoria da literatura):] Revê matérias. (iii) Escreve as continuações das dez obras.
  24. 24. A máquina de escrever é sagrada. / O poema é sagrado. / A voz é sagrada. / As orelhas são sagradas. / O êxtase é sagrado.
  25. 25. A máquina de escrever é sagrada. O poema é sagrado. A voz é sagrada. As orelhas são sagradas. O êxtase é sagrado. epífora
  26. 26. viera lançar bombas angélicas
  27. 27. viera lançar bombas angélicas hipálage?
  28. 28. TPC (i) [Para quem não enviou bibliofilme:] Trata desse assunto sem falta. (ii) [Como proximamente faremos pequeno trabalho sobre assuntos mais informativos (gramática, teoria da literatura):] Revê matérias. (iii) Cria as pequenas continuações dos inícios das dez obras que identificámos em aula.

×