O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

O Desafio de Identificar os Espíritos

1.531 visualizações

Publicada em

Palestra realizada durante a 22ª SEMEP - Semana Espírita de Parnamirim, em 2009.

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

O Desafio de Identificar os Espíritos

  1. 1. 04/09/2009
  2. 2. POR QUE “DESAFIO”?“A questão da identidade dosEspíritos é uma das maiscontrovertidas, mesmo entre osadeptos do Espiritismo. É que, comefeito, os Espíritos não nos trazemum ato de notoriedade e sabe-secom que facilidade alguns dentreeles tomam nomes que nunca lhespertenceram. Esta, por isso mesmo,é, depois da obsessão, uma dasmaiores dificuldades do Espiritismoprático.” (Kardec, O Livro dosMédiuns, XXIV – 255)
  3. 3. NÃO SE DESESPERE!!!! VAMOS ESTUDAR ?
  4. 4. KARDEC EXPLICA...
  5. 5. “A escala nos oferece um quadropsicológico da evoluçãoespiritual, que podemos tambémaplicar aos encarnados.”(J. H. Pires, Obsessão – O Passe – ADoutrinação)
  6. 6. Qual o nome dessaamiga espiritual queestá auxiliando osenhor em seusestudos ??????? Nesse caso, é irrelevante!!!
  7. 7. IDENTIDADE DOS ESPÍRITOS NAS INSTRUÇÕES NAS COMUNICAÇÕES GERAIS ÍNTIMAS O NOME É INDIFERENTE INTERESSA-NOS INTERESSA APENAS O ENSINO O INDIVÍDUO AO LONGO DA SUA ENTRE OS ESPÍRITOS PURIFICAÇÃO ASSUPERIORES A MAIORIA NÃO CARACTERÍSTICAS DADEVE TER NOMES PARA NÓS. JULGAMOS PERSONALIDADE DOSMAS PRECISAMOS DE NOMES OS ESPÍRITOS ESPÍRITOS DESAPARECEM NA UNIFORMIDADE PARA FIXAR IDÉIAS COMO OS HOMENS DA PERFEIÇÃO ELES TOMAM O NOME DE PELA SUA FORMAM POR ASSIM DIZERPERSONAGEM CONHECIDO LINGUAGEM UM TODO COLETIVO MAS (CUJA NATUREZA MAIS SE CONSERVAM A SUAIDENTIFIQUE COM A DELES) INDIVIDUALIDADE NOSSOS ANJOS GUARDIÃES SE MAS OS ESPÍRITOS INFERIORES DÃO A CONHECER PELO NOME PODEM SE ENFEITAR COM UM DE UM SANTO NOME RESPEITÁVEL (QUE VENERAMOS) (CASO MUITO COMUM)
  8. 8. COMUNICAÇÕES DE JESUS ?“Filhos da minha fé, cristãos da minha doutrina esquecida pelosinteresses das ondas da filosofia dos materialistas, segui-me nocaminho da Judéia, segui a paixão da minha vida, contemplaimeus inimigos agora, vede os meus sofrimentos, meus tormentose meu sangue derramado.” JESUS (Ver: LM, cap. XXXI)
  9. 9. MAS, E AGORA ????COMO FAZER A DISTINÇÃO?
  10. 10. MODOS DE DISTINGUIR OS BONS DOS MAUS ESPÍRITOSSe a identidade absoluta dos Espíritos é, em muitos casos, umaquestão acessória e sem importância, o mesmo já não se dá coma distinção a ser feita entre bons e maus espíritos. Pode ser-nosindiferente a individualidade deles; suas qualidades, nunca.Pode estabelecer-se como regra invariável e sem exceção que – alinguagem dos Espíritos está sempre em relação com o grau deelevação a que já tenham chegado.Os Espíritos realmente superiores não só dizem unicamente coisasboas, como também as dizem em termos isentos, de modoabsoluto, de toda trivialidade. Por melhores que sejam essas coisas,se uma única expressão denotando baixeza as macula, istoconstitui um sinal indubitável de inferioridade; com mais forterazão, se o conjunto do ditado fere as conveniência pela grosseria.
  11. 11. PROVAS DA IDENTIDADE DOS ESPÍRITOS SÃO PROVAS: -A LINGUAGEM; -PALAVRAS FAMILIARES; -CITAÇÃO DE FATOS; -CIRCUNSTÂNCIAS FORTUITAS (ESPERAR, SEM PROVOCAR)DISTINGUIR: ENTRE OS BONS ÚNICO MEIO INFALÍVEL: E OS MAUS ESPÍRITOS. UMA CRÍTICA RIGOROSA. – EIS O PONTO EM QUE REJEITAR TUDO O QUE PECA DEVEMOS CONCENTRAR TODA A NOSSA ATENÇÃO PROVAS PELA LÓGICA E O BOM SENSO DA IDENTIDADEREGRA: A LINGUAGEM DOS DOS ESPÍRITOS OS BONS ESPÍRITOS NÃO SEESPÍRITOS CORRESPONDE OFENDEM JAMAIS ESEMPRE AO SEU GRAU DE ACONSELHAM ELEVAÇÃO A CRÍTICA RIGOROSA IMITAVEL: O SINAL DE IMPOSTURA: A FORMA MATERIAL É IMITÁVEL MAS O INFERIOR NÃO IMITA: SEMPRE APARECERÁ. . -O PENSAMENTO SUPERIOR É PRECISO PERSPICÁCIA NO . -O VERDADEIRO SABER . -A VIRTUDE JULGAMENTO
  12. 12. QUERO SABER MAIS !!!!!
  13. 13. CASOS DE IDENTIFICAÇÃO“Eu ordenei a C... (o nome do senhor) que é o facho da luz dos bonsEspíritos, e que recebeu deles a missão de difundi-la entre seusirmãos, de ir à casa de Allan Kardec, que deverá crer cegamente noque lhe direi, porque estou em nome dos eleitos nomeados por Deuspara velar pela salvação dos homens, e que venho anunciar averdade...” (R.E., 09/1959 – Procedimentos para afastar os maus espíritos)
  14. 14. CASOS DE IDENTIFICAÇÃO“Recebam, querido papai equerida mamãe, com as nossasqueridas Nádia e Maria José, ecom todos os nossos, um abraçode muito carinho e respeito, dofilho que lhes pede perdão peloscontratempos havidos.Prometendo melhorar, para fazê-los tão felizes quanto eu puder,sou o filho e o irmão saudoso e agradecido,Maurício Garcez Henrique”Livro: Claramente Vivos, Francisco CândidoXavier, Espíritos Diversos
  15. 15. “EGO SUM” Eu sou quem sou. Extremamente injusto Seria, então, se não vos declarasse, Se vos mentisse, se mistificasse No anonimato, sendo eu o Augusto. Sou eu que, com intelecto de arbusto, Jamais cri, e por mais que o procurasse, Quer com Darwin, com Haeckel, com Laplace, Levantar-me do leito de Procusto.Sou eu, que a rota etérica transponho Com a rapidez fantástica do sonho, Inexprimível nas terminologias,O mesmo triste e estrábico produto,Atramente a gemer a mágoa e o luto, Nas mais contrárias idiossincrasias.
  16. 16. RECEITA DE BOLO Combine estudo persistente, análise criteriosa e misturecom observação à vontade. Passe tudo pela peneira do bom- senso e deixe descansar com muita perseverança. Cubra tudo com muita humildade e saboreie com moderação.
  17. 17. Eduquemos, assim, a mediunidade, entre nós, para que elapossa surpreender e fixar a emoção e a idéia, a palavra e otrabalho dos mensageiros que supervisionam e conduzem oaperfeiçoamento terrestre, porque, em verdade, nesse ounaquele documentário, o livro é o comando mágico dasmultidões e só o livro nobre, que esclarece a inteligência eilumina a razão, será capaz de vencer as trevas do mundo.(Emmanuel)
  18. 18. MUITA PAZ! E QUE JESUS NOS ABENÇÕE!!!! igor.mateus@oi.com.br http://esde2009.blogspot.com

×