MISSÃO DOSESPÍRITAS  (E.S.E – Cap. XX – Item 4)
Espiritualista x Espírita
O que vem a ser uma missão?   1. Tarefa de que se foi encarregado: ter a      missão de controlar algo;   2. Conjunto de p...
Reflexão:Q. 115, de “O livro dos Espíritos”
O consolador prometido   “Se me amais, guardai os meus mandamentos; e eu rogarei a meu   Pai e ele vos enviará outro Conso...
“A quem muito foi dado, muito será cobrado”.                 (LUCAS: 12,48)
“(...) É chegada a hora em que deveis sacrificar os vossos hábitos, os        vossos trabalhos, as vossas futilidades, à s...
(...) Ide e agradecei a Deus a gloriosa tarefa que nos vos concedeu.        Mas, cuidado, que entre os chamados para o Esp...
Se entre os chamados para o Espiritismo, muitos se transviaram, quais os sinais pelos quais reconheceremos os que se      ...
“Podeis reconhecê-los pelo ensino e a prática dos verdadeiros  princípios da caridade; pela consolação que distribuírem ao...
Temos que sacrificar nossos hábitos:• Maledicência;• Trabalho em excesso para ter em excesso.
As brechas:-   A vaidade e a presunção;-   A depressão;-   O apelo genésico;-   Os bens materiais;-   A desculpa (falta de...
"A pessoa, que nem sequer concebe o mau pensamento,já realizou o progresso; aquela que ainda tem essepensamento, mas o rep...
REFORMA ÍNTIMA  “Conhece-te a ti mesmo”  (Q. 919 e 920 – O livro dos Espíritos)
“O verdadeiro espírita vê as coisas destemundo de um ponto de vista tão elevado; elaslhe parecem tão pequenas, tão mesquin...
“(...) Reconhece-se o verdadeiro espírita pela suatransformação moral e pelos esforços que empregapara domar suas más incl...
A missão dos espíritas:efetivar a vinda do Consolador prometido.
Divulgação do Espiritismo"A maior caridade em favor do Espiritismo é a suadivulgação.” (Emmanuel)
Divulgação do EspiritismoReflexão: “Enquanto espíritas, devemos ir àspraças pregar a nossa fé? Seria isso parte damissão d...
Espíritas: trabalhadores da última hora    "Bons espíritas, meus bem-amados, sois todos     obreiros da última hora. Bem o...
"Espíritas! amai-vos, este o primeiro ensinamento;instruí-vos, este o segundo.” (O Espírito da Verdade)
“Meus discípulos serão reconhecidos  por muito se amarem.” (Jesus)
Referências:   O Evangelho Segundo o Espiritismo - Allan Kardec   O Livro dos Espíritos - Allan Kardec   O que é o Espi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra Espírita - Missão dos espíritas

6.962 visualizações

Publicada em

Palestra espírita baseada em O Evangelho segundo o Espiritismo – Cap. XX – Item 4)

Publicada em: Espiritual
3 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.962
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
389
Comentários
3
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra Espírita - Missão dos espíritas

  1. 1. MISSÃO DOSESPÍRITAS (E.S.E – Cap. XX – Item 4)
  2. 2. Espiritualista x Espírita
  3. 3. O que vem a ser uma missão? 1. Tarefa de que se foi encarregado: ter a missão de controlar algo; 2. Conjunto de pessoas encarregadas de fazer algo: ser enviado em missão. (Dicionário Léxico)
  4. 4. Reflexão:Q. 115, de “O livro dos Espíritos”
  5. 5. O consolador prometido “Se me amais, guardai os meus mandamentos; e eu rogarei a meu Pai e ele vos enviará outro Consolador, a fim de que fique eternamente convosco: - O Espírito de Verdade, que o mundo não pode receber, porque o não vê e absolutamente não o conhece. Mas, quanto a vós, conhecê-lo-eis, porque ficará convosco e estará em vós. Porém, o Consolador, que é o Santo Espírito, que meu Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará recordar tudo o que vos tenho dito.” (JOÃO, cap. XIV, v. 15 a 17 e 26.)
  6. 6. “A quem muito foi dado, muito será cobrado”. (LUCAS: 12,48)
  7. 7. “(...) É chegada a hora em que deveis sacrificar os vossos hábitos, os vossos trabalhos, as vossas futilidades, à sua propagação. Ide e pregai: os Espíritos elevados estão convosco. Falareis, certamente, a pessoas que não quererão escutar a palavra de Deus, porque essa palavra os convida incessantemente ao sacrifício. (...)” (E.S.E – Cap. XX – Item 4)
  8. 8. (...) Ide e agradecei a Deus a gloriosa tarefa que nos vos concedeu. Mas, cuidado, que entre os chamados para o Espiritismo, muitos se transviaram; reparai, pois, vosso caminho e segue a verdade. (...) (E.S.E – Cap. XX – Item 4)
  9. 9. Se entre os chamados para o Espiritismo, muitos se transviaram, quais os sinais pelos quais reconheceremos os que se acham no bom caminho?
  10. 10. “Podeis reconhecê-los pelo ensino e a prática dos verdadeiros princípios da caridade; pela consolação que distribuírem aos aflitos; pelo amor que dedicarem ao próximo; pela sua abnegação e o seu desinteresse pessoal. Podeis reconhecê-los, finalmente, pela vitória dos seus princípios, porque Deus querque a Sua lei triunfe, e os que a seguem são os escolhidos e Ele lhes dará a vitória. (...)” (E.S.E – Cap. XX – Item 4)
  11. 11. Temos que sacrificar nossos hábitos:• Maledicência;• Trabalho em excesso para ter em excesso.
  12. 12. As brechas:- A vaidade e a presunção;- A depressão;- O apelo genésico;- Os bens materiais;- A desculpa (falta de tempo).
  13. 13. "A pessoa, que nem sequer concebe o mau pensamento,já realizou o progresso; aquela que ainda tem essepensamento, mas o repele, está em vias de realizá-lo; e,por fim, aquele que tem esse pensamento e nela secompraz, ainda está sob toda a força do mal.Numa, o trabalho está feito; nas outras, está por fazer".(E.S.E – Cap. VIII)
  14. 14. REFORMA ÍNTIMA “Conhece-te a ti mesmo” (Q. 919 e 920 – O livro dos Espíritos)
  15. 15. “O verdadeiro espírita vê as coisas destemundo de um ponto de vista tão elevado; elaslhe parecem tão pequenas, tão mesquinhas, apar do futuro que o aguarda; a vida se lhemostra tão curta, tão fugaz, que, aos seusolhos, as tribulações não passam de incidentesdesagradáveis, no curso de uma viagem”. (Introdução – O livro dos Espíritos)
  16. 16. “(...) Reconhece-se o verdadeiro espírita pela suatransformação moral e pelos esforços que empregapara domar suas más inclinações. (...)” (ESE. Cap. XVII, Item 4 – Os bons Espíritas)
  17. 17. A missão dos espíritas:efetivar a vinda do Consolador prometido.
  18. 18. Divulgação do Espiritismo"A maior caridade em favor do Espiritismo é a suadivulgação.” (Emmanuel)
  19. 19. Divulgação do EspiritismoReflexão: “Enquanto espíritas, devemos ir àspraças pregar a nossa fé? Seria isso parte damissão dos Espíritas, ou seria isso apenasproselitismo?”(O que é o Espiritismo. Cap. I – “O crítico”)
  20. 20. Espíritas: trabalhadores da última hora "Bons espíritas, meus bem-amados, sois todos obreiros da última hora. Bem orgulhoso seria aquele que dissesse: Comecei o trabalho ao alvorecer do dia e só o terminarei ao anoitecer. Todos viestes quando fostes chamados, um pouco mais cedo, um pouco mais tarde, para a encarnação cujos grilhões arrastais; mas há quantos séculos e séculos o Senhor vos chamava para a sua vinha, sem que quisésseis penetrar nela! (...)" - Constantino, Espírito Protetor. (Bordéus, 1863)
  21. 21. "Espíritas! amai-vos, este o primeiro ensinamento;instruí-vos, este o segundo.” (O Espírito da Verdade)
  22. 22. “Meus discípulos serão reconhecidos por muito se amarem.” (Jesus)
  23. 23. Referências: O Evangelho Segundo o Espiritismo - Allan Kardec O Livro dos Espíritos - Allan Kardec O que é o Espiritismo - Allan Kardec Bíblia

×