SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula 6   Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
• Vibrações e Sintonia
• Perispírito
• Centros de Força
2
A Capacitação Biológica da Mediunidade
3
• “A mente permanece na base de todos os
fenômenos mediúnicos”.
• “Em mediunidade não podemos olvidar o
problema da sintonia”.
4
Efeitos Físicos e Efeitos Inteligentes
5
• O mecanismo básico da comunicação
mediúnica envolve fluidos espirituais, o
perispírito, a mente e os sistemas nervoso e
endócrino. É importante estudarmos esses
assuntos, ainda que de forma geral, tendo em
vista os benefícios que a prática mediúnica
produz e a necessidade de exercê-la com
segurança.
6
Ação dos fluidos espirituais e do Perispírito
• Nos momentos iniciais que antecedem a
comunicação mediúnica, o médium é
envolvido em fluidos ou energias do Espírito
comunicante.
• Este envolvimento é controlado por dedicados
trabalhadores do plano espiritual, sobretudo
quando se trata de comunicação de entidade
necessitada.
7
Ação dos fluidos espirituais e do Perispírito (2)
• Trata-se de uma medida de segurança que
visa à preservação da saúde do medianeiro,
considerando que o intercambio mediúnico
movimenta diferentes tidos de energias que
atuam sobre o carro fisiológico do médium,
estimulando ou inibindo a produção de
substancias na intimidade dos tecidos e dos
órgãos.
8
• As irradiações energéticas da entidade
comunicante atingem o perispírito do médium
pelos centros de força, alcançando,
imediatamente, o corpo físico onde são
captadas pelos órgãos sensoriais sob a forma
de sensações, agradáveis ou desagradáveis.
9
• Estas sensações produzem, por sua vez,
sumarizações no veiculo físico do medianeiro,
tais como: bem-estar ou mal-estar, geral ou
localizado; tristeza ou alegria; irritação ou
serenidade; sensação de fome, sede ou dor;
medo, angustia ou solidão, etc.
10
• A ligação mental é também conhecida pela
expressão “sintonia mediúnica”. Na fase inicial do
intercambio a sintonia é mais leve, superficial,
caracterizada pelo envolvimento fluídico que
acontece entre o Espírito comunicante e o médium.
11
• A medida que se estreita essa ligação mental a
sintonia se faz mais intensa e, conseqüentemente,
maiores são as repercussões no corpo somático do
médium. Por outro lado, o médium educado, que
conhece com segurança o seu papel, lança boas
energias e bons pensamentos ao comunicante, com
quem se mantém unido dentro do circuito
mediúnico.
12
• É possível então ao medianeiro captar maiores
informações a respeito do Espírito que se
manifesta: intenções, tipo de sofrimento, auxilio
que solicita (“vontade-apelo”) e situação espiritual.
Alguns detalhes só são percebidos neste instante:
sexo, vestimenta, aspectos fisionômicos, nome,
condições da desencarnação, etc.
13
• Durante o transe mediúnico, as ondas mentais
emitidas pelo Espírito comunicante deslocam-
se ao longo do córtex cerebral, em processo de
varredura, até atingirem a região mediana do
cérebro, onde estão localizadas estruturas
nervosas diretamente envolvidas nas funções
psíquicas do ser humano.
14
• Neste local, os impulsos mentais do
desencarnado – que é mantido ligado à mente
do intermediário encarnado, sob amparo dos
orientadores espirituais - , podem acessar as
memórias do médium, sob a concordância
deste, de forma que seja possível, ao
medianeiro, processar as idéias que lhe
chegam ao mundo íntimo e acionar comandos
psicomotores para que estas idéias sejam
manifestadas.
15
• São exemplos de comando psicomotores:
movimento da mão na psicografia; emissão
verbal de palavras e frases na psicofonia;
implementação das funções ópticas (visuais) e
auditivas (óticas), de ocorrência na vidência e
na audiência mediúnicas, respectivamente.
16
17
• Os benfeitores espirituais não consideram os médiuns como
simples máquinas ou aparelho, a serviço do trabalho de
intercâmbio mediúnico. Contudo, não ignoram que os
desgastes naturais acontecem, ainda que a prática mediúnica
contínua e dedicada seja abençoada pela preponderância de
fatores morais. Apóiam, assim, o médium que “[...] para ser
fiel ao mandato superior, necessita clareza e serenidade,
como espelho cristalino dum lago [...]” (2), a fim de que as
vibrações desarmonizadas dos comunicantes espirituais não
lhe perturbem o equilíbrio intimo.
• Perante o envolvimento das emanações fluídicas de Espíritos
que sofrem, é importante que o médium aja com equilíbrio e
responsabilidade.
18
19

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

8ª aula do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
8ª aula   do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem8ª aula   do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
8ª aula do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
Wagner Quadros
 
Obsessao 1
Obsessao 1Obsessao 1
Obsessao 1
Graça Maciel
 
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidadeQuarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidade
CeiClarencio
 
A morte: transição para a vida espiritual
A morte: transição para a vida espiritualA morte: transição para a vida espiritual
A morte: transição para a vida espiritual
Felipe Guedes
 
6ª aula manifestaçoes visuais - coem
6ª aula   manifestaçoes visuais - coem6ª aula   manifestaçoes visuais - coem
6ª aula manifestaçoes visuais - coem
Wagner Quadros
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
Maria Alice Sannini
 
Ação do perispírito e da mente na comunicação mediúnica.pptx
Ação do perispírito e da mente na comunicação mediúnica.pptxAção do perispírito e da mente na comunicação mediúnica.pptx
Ação do perispírito e da mente na comunicação mediúnica.pptx
FabiaFavero2
 
Nos domínios da mediunidade Cap. 6 Psicofonia consciente
Nos domínios da mediunidade   Cap. 6 Psicofonia conscienteNos domínios da mediunidade   Cap. 6 Psicofonia consciente
Nos domínios da mediunidade Cap. 6 Psicofonia consciente
Patricia Farias
 
Influência Moral do Médium e do Meio
Influência Moral do Médium e do MeioInfluência Moral do Médium e do Meio
Influência Moral do Médium e do Meio
igmateus
 
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Denise Aguiar
 
Nos domínios da mediunidade - Capítulo 12
Nos domínios da mediunidade - Capítulo 12Nos domínios da mediunidade - Capítulo 12
Nos domínios da mediunidade - Capítulo 12
Deborah Oliver
 
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporteAula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Sergio Lima Dias Junior
 
Desdobramento Espiritual e Transporte
Desdobramento Espiritual e TransporteDesdobramento Espiritual e Transporte
Desdobramento Espiritual e Transporte
paikachambi
 
Obsessao
ObsessaoObsessao
Obsessao
Daniela Azevedo
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
duadv
 
Comunicações mediúnicas!
Comunicações mediúnicas!Comunicações mediúnicas!
Comunicações mediúnicas!
Leonardo Pereira
 
19/02/14 Cap 4 Parte 1 Livro Missionários da Luz
19/02/14 Cap 4 Parte 1 Livro Missionários da Luz19/02/14 Cap 4 Parte 1 Livro Missionários da Luz
19/02/14 Cap 4 Parte 1 Livro Missionários da Luz
Lar Irmã Zarabatana
 
O passe espirita
O passe espiritaO passe espirita
O passe espirita
carlos freire
 
Perispirito
PerispiritoPerispirito
Perispirito
Vjmarx
 
O Passe
O PasseO Passe
O Passe
paikachambi
 

Mais procurados (20)

8ª aula do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
8ª aula   do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem8ª aula   do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
8ª aula do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
 
Obsessao 1
Obsessao 1Obsessao 1
Obsessao 1
 
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidadeQuarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidade
 
A morte: transição para a vida espiritual
A morte: transição para a vida espiritualA morte: transição para a vida espiritual
A morte: transição para a vida espiritual
 
6ª aula manifestaçoes visuais - coem
6ª aula   manifestaçoes visuais - coem6ª aula   manifestaçoes visuais - coem
6ª aula manifestaçoes visuais - coem
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Ação do perispírito e da mente na comunicação mediúnica.pptx
Ação do perispírito e da mente na comunicação mediúnica.pptxAção do perispírito e da mente na comunicação mediúnica.pptx
Ação do perispírito e da mente na comunicação mediúnica.pptx
 
Nos domínios da mediunidade Cap. 6 Psicofonia consciente
Nos domínios da mediunidade   Cap. 6 Psicofonia conscienteNos domínios da mediunidade   Cap. 6 Psicofonia consciente
Nos domínios da mediunidade Cap. 6 Psicofonia consciente
 
Influência Moral do Médium e do Meio
Influência Moral do Médium e do MeioInfluência Moral do Médium e do Meio
Influência Moral do Médium e do Meio
 
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
 
Nos domínios da mediunidade - Capítulo 12
Nos domínios da mediunidade - Capítulo 12Nos domínios da mediunidade - Capítulo 12
Nos domínios da mediunidade - Capítulo 12
 
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporteAula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
 
Desdobramento Espiritual e Transporte
Desdobramento Espiritual e TransporteDesdobramento Espiritual e Transporte
Desdobramento Espiritual e Transporte
 
Obsessao
ObsessaoObsessao
Obsessao
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
 
Comunicações mediúnicas!
Comunicações mediúnicas!Comunicações mediúnicas!
Comunicações mediúnicas!
 
19/02/14 Cap 4 Parte 1 Livro Missionários da Luz
19/02/14 Cap 4 Parte 1 Livro Missionários da Luz19/02/14 Cap 4 Parte 1 Livro Missionários da Luz
19/02/14 Cap 4 Parte 1 Livro Missionários da Luz
 
O passe espirita
O passe espiritaO passe espirita
O passe espirita
 
Perispirito
PerispiritoPerispirito
Perispirito
 
O Passe
O PasseO Passe
O Passe
 

Destaque

Espiritismo e mediunidade 01
Espiritismo e mediunidade 01Espiritismo e mediunidade 01
Espiritismo e mediunidade 01
Leonardo Pereira
 
Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
Aula 19  - Nos domínios da mediunidadeAula 19  - Nos domínios da mediunidade
Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
Leonardo Pereira
 
Andre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
Andre Luiz - Mecanismos da MediunidadeAndre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
Andre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
Ari Carrasco
 
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo BarrosO médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
ADEP Portugal
 
Efeitos psicofisiológicos
Efeitos psicofisiológicosEfeitos psicofisiológicos
Efeitos psicofisiológicos
Eduardo Izawa
 
Mecanismo da mediunidade
Mecanismo da mediunidade Mecanismo da mediunidade
Mecanismo da mediunidade
Graça Maciel
 
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Bio
 
Sistema endócrino slides da aula
Sistema endócrino slides da aulaSistema endócrino slides da aula
Sistema endócrino slides da aula
Fabiano Reis
 

Destaque (8)

Espiritismo e mediunidade 01
Espiritismo e mediunidade 01Espiritismo e mediunidade 01
Espiritismo e mediunidade 01
 
Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
Aula 19  - Nos domínios da mediunidadeAula 19  - Nos domínios da mediunidade
Aula 19 - Nos domínios da mediunidade
 
Andre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
Andre Luiz - Mecanismos da MediunidadeAndre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
Andre Luiz - Mecanismos da Mediunidade
 
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo BarrosO médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
O médium e a mediunidade no Espiritismo. Reinaldo Barros
 
Efeitos psicofisiológicos
Efeitos psicofisiológicosEfeitos psicofisiológicos
Efeitos psicofisiológicos
 
Mecanismo da mediunidade
Mecanismo da mediunidade Mecanismo da mediunidade
Mecanismo da mediunidade
 
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
 
Sistema endócrino slides da aula
Sistema endócrino slides da aulaSistema endócrino slides da aula
Sistema endócrino slides da aula
 

Semelhante a Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas

Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
A comunicacao mediunica-eduardo_w
A comunicacao mediunica-eduardo_wA comunicacao mediunica-eduardo_w
A comunicacao mediunica-eduardo_w
carlos freire
 
Espiritismo e mediunidade 02
Espiritismo e  mediunidade 02Espiritismo e  mediunidade 02
Espiritismo e mediunidade 02
Leonardo Pereira
 
Curso para doutrinadores
Curso para doutrinadoresCurso para doutrinadores
Curso para doutrinadores
Alencar Santana
 
Curso para doutrinadores
Curso para doutrinadoresCurso para doutrinadores
Curso para doutrinadores
Movimento da Fraternidade
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 01 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 01 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 01 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 01 doc
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 01 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 01 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 01 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 01 doc
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Psicofonia
Mocidade Espírita Chico Xavier - PsicofoniaMocidade Espírita Chico Xavier - Psicofonia
Mocidade Espírita Chico Xavier - Psicofonia
Sergio Lima Dias Junior
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 01 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 01 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 01 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 01 doc
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Quarto Módulo - 3ª aula - O transe mediúnico
Quarto Módulo - 3ª aula - O transe mediúnicoQuarto Módulo - 3ª aula - O transe mediúnico
Quarto Módulo - 3ª aula - O transe mediúnico
CeiClarencio
 
Apostila do III Módulo do Projeto Mediunidade sem tabu. - A Fisiologia da Com...
Apostila do III Módulo do Projeto Mediunidade sem tabu. - A Fisiologia da Com...Apostila do III Módulo do Projeto Mediunidade sem tabu. - A Fisiologia da Com...
Apostila do III Módulo do Projeto Mediunidade sem tabu. - A Fisiologia da Com...
6º Conselho Espírita de Unificação
 
Terceiro Módulo - 6ª aula - Influência moral do médium
Terceiro Módulo - 6ª aula - Influência moral do médiumTerceiro Módulo - 6ª aula - Influência moral do médium
Terceiro Módulo - 6ª aula - Influência moral do médium
CeiClarencio
 
4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)
4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)
4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)
Adriano Alves de Souza
 
Perispirito ppt
Perispirito   pptPerispirito   ppt
Perispirito ppt
Solange Sol Oliveira
 
Eclosão da Mediunidade; por: Josiete andrade.pptx
Eclosão da Mediunidade; por: Josiete andrade.pptxEclosão da Mediunidade; por: Josiete andrade.pptx
Eclosão da Mediunidade; por: Josiete andrade.pptx
EduardoJuc8
 
Eclosão da mediunidade.pptx
Eclosão da mediunidade.pptxEclosão da mediunidade.pptx
Eclosão da mediunidade.pptx
M.R.L
 
18 envolvimento mediunico
18 envolvimento mediunico18 envolvimento mediunico
18 envolvimento mediunico
Antonio SSantos
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
01 apostila [1]..
01 apostila [1]..01 apostila [1]..

Semelhante a Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas (20)

Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
A comunicacao mediunica-eduardo_w
A comunicacao mediunica-eduardo_wA comunicacao mediunica-eduardo_w
A comunicacao mediunica-eduardo_w
 
Espiritismo e mediunidade 02
Espiritismo e  mediunidade 02Espiritismo e  mediunidade 02
Espiritismo e mediunidade 02
 
Curso para doutrinadores
Curso para doutrinadoresCurso para doutrinadores
Curso para doutrinadores
 
Curso para doutrinadores
Curso para doutrinadoresCurso para doutrinadores
Curso para doutrinadores
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 01 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 01 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 01 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 01 doc
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 01 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 01 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 01 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 01 doc
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Psicofonia
Mocidade Espírita Chico Xavier - PsicofoniaMocidade Espírita Chico Xavier - Psicofonia
Mocidade Espírita Chico Xavier - Psicofonia
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 01 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 01 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 01 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 01 doc
 
Quarto Módulo - 3ª aula - O transe mediúnico
Quarto Módulo - 3ª aula - O transe mediúnicoQuarto Módulo - 3ª aula - O transe mediúnico
Quarto Módulo - 3ª aula - O transe mediúnico
 
Apostila do III Módulo do Projeto Mediunidade sem tabu. - A Fisiologia da Com...
Apostila do III Módulo do Projeto Mediunidade sem tabu. - A Fisiologia da Com...Apostila do III Módulo do Projeto Mediunidade sem tabu. - A Fisiologia da Com...
Apostila do III Módulo do Projeto Mediunidade sem tabu. - A Fisiologia da Com...
 
Terceiro Módulo - 6ª aula - Influência moral do médium
Terceiro Módulo - 6ª aula - Influência moral do médiumTerceiro Módulo - 6ª aula - Influência moral do médium
Terceiro Módulo - 6ª aula - Influência moral do médium
 
4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)
4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)
4 prticamedinica-perisprito-110324150330-phpapp02 (1)
 
Perispirito ppt
Perispirito   pptPerispirito   ppt
Perispirito ppt
 
Eclosão da Mediunidade; por: Josiete andrade.pptx
Eclosão da Mediunidade; por: Josiete andrade.pptxEclosão da Mediunidade; por: Josiete andrade.pptx
Eclosão da Mediunidade; por: Josiete andrade.pptx
 
Eclosão da mediunidade.pptx
Eclosão da mediunidade.pptxEclosão da mediunidade.pptx
Eclosão da mediunidade.pptx
 
18 envolvimento mediunico
18 envolvimento mediunico18 envolvimento mediunico
18 envolvimento mediunico
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
01 apostila [1]..
01 apostila [1]..01 apostila [1]..
01 apostila [1]..
 

Mais de EHMANA

Aula 8 Identidade dos Espíritos
Aula 8   Identidade dos EspíritosAula 8   Identidade dos Espíritos
Aula 8 Identidade dos Espíritos
EHMANA
 
Aula 8 Identidade dos Espíritos
Aula 8   Identidade dos EspíritosAula 8   Identidade dos Espíritos
Aula 8 Identidade dos Espíritos
EHMANA
 
Influencia dos Espiritos
Influencia dos EspiritosInfluencia dos Espiritos
Influencia dos Espiritos
EHMANA
 
Aula 5 Centros de Força
Aula 5   Centros de ForçaAula 5   Centros de Força
Aula 5 Centros de Força
EHMANA
 
Aula 4 mediunidade e moral
Aula 4   mediunidade e moralAula 4   mediunidade e moral
Aula 4 mediunidade e moral
EHMANA
 
REGULAMENTO INTERNO ESPAÇO UMBANDA - EHMANA
REGULAMENTO INTERNO ESPAÇO UMBANDA - EHMANAREGULAMENTO INTERNO ESPAÇO UMBANDA - EHMANA
REGULAMENTO INTERNO ESPAÇO UMBANDA - EHMANA
EHMANA
 
Aula 3 perispírito
Aula 3   perispíritoAula 3   perispírito
Aula 3 perispírito
EHMANA
 

Mais de EHMANA (7)

Aula 8 Identidade dos Espíritos
Aula 8   Identidade dos EspíritosAula 8   Identidade dos Espíritos
Aula 8 Identidade dos Espíritos
 
Aula 8 Identidade dos Espíritos
Aula 8   Identidade dos EspíritosAula 8   Identidade dos Espíritos
Aula 8 Identidade dos Espíritos
 
Influencia dos Espiritos
Influencia dos EspiritosInfluencia dos Espiritos
Influencia dos Espiritos
 
Aula 5 Centros de Força
Aula 5   Centros de ForçaAula 5   Centros de Força
Aula 5 Centros de Força
 
Aula 4 mediunidade e moral
Aula 4   mediunidade e moralAula 4   mediunidade e moral
Aula 4 mediunidade e moral
 
REGULAMENTO INTERNO ESPAÇO UMBANDA - EHMANA
REGULAMENTO INTERNO ESPAÇO UMBANDA - EHMANAREGULAMENTO INTERNO ESPAÇO UMBANDA - EHMANA
REGULAMENTO INTERNO ESPAÇO UMBANDA - EHMANA
 
Aula 3 perispírito
Aula 3   perispíritoAula 3   perispírito
Aula 3 perispírito
 

Último

13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
PIB Penha
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
PIB Penha
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
Sammis Reachers
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 

Último (14)

13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 

Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas

  • 2. • Vibrações e Sintonia • Perispírito • Centros de Força 2
  • 3. A Capacitação Biológica da Mediunidade 3
  • 4. • “A mente permanece na base de todos os fenômenos mediúnicos”. • “Em mediunidade não podemos olvidar o problema da sintonia”. 4
  • 5. Efeitos Físicos e Efeitos Inteligentes 5
  • 6. • O mecanismo básico da comunicação mediúnica envolve fluidos espirituais, o perispírito, a mente e os sistemas nervoso e endócrino. É importante estudarmos esses assuntos, ainda que de forma geral, tendo em vista os benefícios que a prática mediúnica produz e a necessidade de exercê-la com segurança. 6
  • 7. Ação dos fluidos espirituais e do Perispírito • Nos momentos iniciais que antecedem a comunicação mediúnica, o médium é envolvido em fluidos ou energias do Espírito comunicante. • Este envolvimento é controlado por dedicados trabalhadores do plano espiritual, sobretudo quando se trata de comunicação de entidade necessitada. 7
  • 8. Ação dos fluidos espirituais e do Perispírito (2) • Trata-se de uma medida de segurança que visa à preservação da saúde do medianeiro, considerando que o intercambio mediúnico movimenta diferentes tidos de energias que atuam sobre o carro fisiológico do médium, estimulando ou inibindo a produção de substancias na intimidade dos tecidos e dos órgãos. 8
  • 9. • As irradiações energéticas da entidade comunicante atingem o perispírito do médium pelos centros de força, alcançando, imediatamente, o corpo físico onde são captadas pelos órgãos sensoriais sob a forma de sensações, agradáveis ou desagradáveis. 9
  • 10. • Estas sensações produzem, por sua vez, sumarizações no veiculo físico do medianeiro, tais como: bem-estar ou mal-estar, geral ou localizado; tristeza ou alegria; irritação ou serenidade; sensação de fome, sede ou dor; medo, angustia ou solidão, etc. 10
  • 11. • A ligação mental é também conhecida pela expressão “sintonia mediúnica”. Na fase inicial do intercambio a sintonia é mais leve, superficial, caracterizada pelo envolvimento fluídico que acontece entre o Espírito comunicante e o médium. 11
  • 12. • A medida que se estreita essa ligação mental a sintonia se faz mais intensa e, conseqüentemente, maiores são as repercussões no corpo somático do médium. Por outro lado, o médium educado, que conhece com segurança o seu papel, lança boas energias e bons pensamentos ao comunicante, com quem se mantém unido dentro do circuito mediúnico. 12
  • 13. • É possível então ao medianeiro captar maiores informações a respeito do Espírito que se manifesta: intenções, tipo de sofrimento, auxilio que solicita (“vontade-apelo”) e situação espiritual. Alguns detalhes só são percebidos neste instante: sexo, vestimenta, aspectos fisionômicos, nome, condições da desencarnação, etc. 13
  • 14. • Durante o transe mediúnico, as ondas mentais emitidas pelo Espírito comunicante deslocam- se ao longo do córtex cerebral, em processo de varredura, até atingirem a região mediana do cérebro, onde estão localizadas estruturas nervosas diretamente envolvidas nas funções psíquicas do ser humano. 14
  • 15. • Neste local, os impulsos mentais do desencarnado – que é mantido ligado à mente do intermediário encarnado, sob amparo dos orientadores espirituais - , podem acessar as memórias do médium, sob a concordância deste, de forma que seja possível, ao medianeiro, processar as idéias que lhe chegam ao mundo íntimo e acionar comandos psicomotores para que estas idéias sejam manifestadas. 15
  • 16. • São exemplos de comando psicomotores: movimento da mão na psicografia; emissão verbal de palavras e frases na psicofonia; implementação das funções ópticas (visuais) e auditivas (óticas), de ocorrência na vidência e na audiência mediúnicas, respectivamente. 16
  • 17. 17
  • 18. • Os benfeitores espirituais não consideram os médiuns como simples máquinas ou aparelho, a serviço do trabalho de intercâmbio mediúnico. Contudo, não ignoram que os desgastes naturais acontecem, ainda que a prática mediúnica contínua e dedicada seja abençoada pela preponderância de fatores morais. Apóiam, assim, o médium que “[...] para ser fiel ao mandato superior, necessita clareza e serenidade, como espelho cristalino dum lago [...]” (2), a fim de que as vibrações desarmonizadas dos comunicantes espirituais não lhe perturbem o equilíbrio intimo. • Perante o envolvimento das emanações fluídicas de Espíritos que sofrem, é importante que o médium aja com equilíbrio e responsabilidade. 18
  • 19. 19