INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS

13.450 visualizações

Publicada em

Breve resumo sobre a influencia dos espirítos em nossos pensamentos e atos.

Publicada em: Espiritual
1 comentário
12 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Bom dia Rodrigo. Tenho uma palestra hoje e a forma com que você estruturou o assunto condiz muito com a minha forma de pensar. Deus o Abençoe. Muita Paz e Muita Luz!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.450
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
743
Comentários
1
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS

  1. 1. RODRIGO LEITE – IELAR – SJ RIO PRETO – rebleite@hotmail.com Influência dos Espíritos 1 Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos, e nos acontecimentos da vida. (Fonte: FEB)
  2. 2.  Explicar como se processa essa influência; PROPÓSITO DO TEMA:  Indicar a forma de neutralizar as más influências espirituais. Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos, e nos acontecimentos da vida  Identificar a natureza da influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos, e nos acontecimentos da vida; Influência dos Espíritos 2
  3. 3. Influência dos Espíritos 3 Fonte Básica de consulta: Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos, e nos acontecimentos da vida. Questões 459 a 472 de o Livro dos Espíritos
  4. 4. Influência dos Espíritos 4 Espíritos Imperfeitos? Terceira ordem:  predominância da matéria  Propensão ao mal  Orgulho, egoísmo, más paixões Tem a intuição de Deus, mas não o compreendem. Um pouco de revisão ... Fonte: KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Tradução Evandro Noleto Bezerra. 1.ed. Comemorativa do Sesquicentenário. Brasília: FEB, 2006. Questão 101-106, p.119-122.
  5. 5. Influência dos Espíritos 5 Espíritos bons? Segunda ordem:  Predominância sobre a matéria;  desejo do bem.  poderes dependem de seu grau de  adiantamento.  Compreendem Deus  já gozam da felicidade dos bons. Um pouco de revisão ... Fonte: KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Tradução Evandro Noleto Bezerra. 1.ed. Comemorativa do Sesquicentenário. Brasília: FEB, 2006. Questão 107-111, p.122-124.
  6. 6. Influência dos Espíritos 6 Espíritos puros? Primeira ordem:  Se despojaram da matéria  não têm mais que sofrer provas  nem expiações,  não estão mais sujeitos à reencarnação  gozam de inalterável felicidade. Um pouco de revisão ... Fonte: KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Tradução Evandro Noleto Bezerra. 1.ed. Comemorativa do Sesquicentenário. Brasília: FEB, 2006. Questão 112-113, p.124-125.
  7. 7. Influência dos Espíritos 7 Resposta dos Espíritos Superiores: Muito mais do que imaginais, pois frequentemente são eles que vos dirigem. Tema Central do Estudo Questão 459 (Livro dos Espíritos): Influem os Espíritos em nossos pensamentos e em nossos atos? Fonte: KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Tradução Evandro Noleto Bezerra. 1.ed. Comemorativa do Sesquicentenário. Brasília: FEB, 2006. Questão 459, p.292.
  8. 8. Influência dos Espíritos 8 Nesse processo, cada criatura funciona, ao mesmo tempo, como uma fonte geradora e receptora das vibrações (energias) espalhadas no universo. Como se processa essa influência? universo mergulhado em um mesmo fluido universal que vibra sob a ação do pensamento e da vontade (ESE: Cap.27, item, 10).
  9. 9. Influência dos Espíritos 9 FLUIDOS ENERGIAS VIBRAÇÕES E PENSAMENTOS No encarnado, a absorção das energias, fluidos, vibrações e pensamentos ocorre automaticamente. www.cele.org.br IRRADIAÇÕES O perispírito processa esse “material” absorvido e irradia parte dele ao derredor do corpo físico, formando nossa “aura”.
  10. 10. Influência dos Espíritos 10 Vossa alma é um Espírito que pensa. Não ignorais que, freqüentemente, muitos pensamentos vos acodem a um tempo sobre o MESMO ASSUNTO E, NÃO RARO, CONTRÁRIOS UNS AOS OUTROS. Pois bem! No conjunto deles, estão sempre de mistura os vossos com os nossos. Daí a incerteza em que vos vedes. É que tendes em vós duas idéias a se combaterem.” . Nossos pensamentos ou dos Espíritos? L.E. 460. De par com os pensamentos que nos são próprios, outros haverá que nos sejam sugeridos?
  11. 11. Influência dos Espíritos 11 Como distinguir o pensamento SUGERIDO ESPIRITOS x PROPRIOS? SUGERIDOS: impressão de que alguém vos fala. Fonte: KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Tradução Evandro Noleto Bezerra. 1.ed. Comemorativa do Sesquicentenário. Brasília: FEB, 2006. Questão 461 p.294. PROPRIOS: os que acodem em primeiro lugar. NÃO É DE GRANDE INTERESSE ESTABELECER ESSA DISTINÇÃO. MUITAS VEZES, É ÚTIL NÃO SABER FAZÊ-LA. LIVRE ARBITRIO!
  12. 12. Influência dos Espíritos 12 Como distinguir o pensamento sugerido? Bom Espírito x Espírito imperfeito? Os bons Espíritos só para o bem aconselham Fonte: KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Tradução Evandro Noleto Bezerra. 1.ed. Comemorativa do Sesquicentenário. Brasília: FEB, 2006. Questão 464-465, p.294. Espíritos imperfeitos procuram nos induzir ao erro. Cabe a nós discernir. Dependendo de nossas atitudes, nos tornamos propensos à influenciação para o mal ou para o bem.
  13. 13. Influência dos Espíritos 13 CONDUTA MORAL X TIPO DE INFLUÊNCIA  Nossa atitude mental  estabelece o padrão vibratório  LEI DE AFINIDADE: Espíritos afins, sintonizados nessa mesma faixa vibratória.
  14. 14. Influência dos Espíritos 14 TEMOS A LIBERDADE DE SEGUIR OS ESPÍRITOS BONS OU OS ESPÍRITOS IMPERFEITOS. Praticando o bem e pondo em Deus toda a nossa confiança. Fonte: KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Tradução Evandro Noleto Bezerra. 1.ed. Comemorativa do Sesquicentenário. Brasília: FEB, 2006. Questão 469, p.295. COMO ATRAIR A ATENÇÃO DOS BONS ESPÍRITOS? cuidado ESPIRITOS que exaltam o orgulho, causa principal de nossas quedas morais.
  15. 15. Influência dos Espíritos 15 “O poder das trevas”, questão 459 de O Livro dos Espíritos. A lição destaca o pensamento como a principal PORTA DE ENTRADA dos Espíritos em nossas vidas. XAVIER, Francisco Cândido. O poder das Trevas. In: _ . Jesus no Lar. Pelo Espírito Neio Lúcio. 23. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1998. p.167-170
  16. 16. Influência dos Espíritos 16 XAVIER, Francisco Cândido. O poder das Trevas. In: _ . Jesus no Lar. Pelo Espírito Neio Lúcio. 23. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1998. p.167-170
  17. 17. Influência dos Espíritos 17 OBSESSÃO ESPIRITUAL DOENÇA DA ALMA XAVIER, Francisco Cândido. O poder das Trevas. In: _ . Jesus no Lar. Pelo Espírito Neio Lúcio. 23. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1998. p.167-170 nossa alma favorece as condições para as obsessões através das “VIBRAÇÕES”
  18. 18. Influência dos Espíritos 18 OBSESSÃO ESPIRITUAL O QUE É UMA OBSESSÃO? XAVIER, Francisco Cândido. O poder das Trevas. In: _ . Jesus no Lar. Pelo Espírito Neio Lúcio. 23. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1998. p.167-170 Allan Kardec:“A obsessão é uma ação permanente que um espírito mau exerce sobre um indivíduo”.
  19. 19. Influência dos Espíritos 19 OBSESSÃO ESPIRITUAL Por que algum espírito se põe a obsidiar uma pessoa reencarnada? XAVIER, Francisco Cândido. O poder das Trevas. In: _ . Jesus no Lar. Pelo Espírito Neio Lúcio. 23. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1998. p.167-170 VINGANÇA DE VIDAS PASSADAS!!!  ASSASSINIOS  ABORTOS  “AFINIDADE”
  20. 20. Influência dos Espíritos 20 OBSESSÃO ESPIRITUAL COMO O INDIVIDUO SOFRE OBSESSÃO? XAVIER, Francisco Cândido. O poder das Trevas. In: _ . Jesus no Lar. Pelo Espírito Neio Lúcio. 23. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1998. p.167-170  “PORTAS ABERTAS”  MÁ CONDUTA  AFASTAMENTO DOS PRECEITOS MORAIS  AFINIDADE  ATRAIR DE “LUGARES BAIXOS”
  21. 21. Influência dos Espíritos 21 OBSESSÃO ESPIRITUAL Como “curar” uma obsessão? XAVIER, Francisco Cândido. O poder das Trevas. In: _ . Jesus no Lar. Pelo Espírito Neio Lúcio. 23. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1998. p.167-170  Depende do próprio obsedado  Reforma interior  Frequentando centro espirita  Orando pelo Obsessor  elevando a própria freqüência vibratória  Tomando “passes”
  22. 22. Influência dos Espíritos 22 - Vigilância mental - Oração (sintonia com os planos superiores) - prática do bem e da caridade - não à fofoca e a maledicência - não aos vícios - não ao ódio e a raiva - corrigir imediatamente qualquer erro cometido - pensamento constante no bem - evoluir a cada dia TRANSFORMAR AS TEMPESTADES DO MAL EM ATITUDES DO BEM www.cele.org.br
  23. 23. ENERGIAS BOAS ATRAI BONS ESPÍRITOS TRAZ SAÚDE E EQUILÍBRIO ABRE AS PORTAS DO BEM E DO AMOR ENERGIAS RUINS ATRAI MAUS ESPÍRITOS TRAZ DOENÇA E DESEQUILÍBRIO ABRE AS PORTAS DO MAL E DO ÓDIO www.cele.org.br
  24. 24. Por isso, é importante não esquecermos da recomendação do Mestre Jesus. “Orai e Vigiai” Influência dos Espíritos 24
  25. 25. Todos nós temos as companhias espirituais que atraímos através das nossas atitudes e ações. Influência dos Espíritos 25 MUITA PAZ - FIM DISPONIVEL EM: www.slideshare.net/RodrigoLeite12

×