SlideShare uma empresa Scribd logo
ScrumGerenciamento Ágil de Projetos
Curso de Férias
Fatec Praia Grande - julho de 2013
Gabriel Rubens
http://gabrielrubens.com.br
http://grupohaw.com.br
@gabrielrubenss
Primeiros
passos com
Scrum
Scrum?
FrameworkFramework
Para, para, para!
Antes de Falar do
Scrum
Uma
História
Como queComo que
“normalmente”“normalmente”
criamoscriamos
projetos deprojetos de
softwaressoftwares
Um cliente tem um
problema
Procura uma empresa
para resolver
Projeto de 4 anos
Problema
As Empresas
Apresentam suas
propostas
(
<ironia>
sem muitos critérios,
afinal, todas a
empresas são iguais.
Pior que está não fica!
</ironia>
)
Os projetos são
“iniciados”
O Cliente Espera o
Projeto
O feedback
Não Vem
Os custos do projetos
ficam maiores
E tempo vai passando e
nada do projeto
O Cliente Espera...O Cliente Espera...
Os problemas
continuam
O cliente tenta entrar emO cliente tenta entrar em
contato. Mas...contato. Mas...
O cliente tenta entrar
em contato
…E não consegue, pois
o combinado foram os
quatro anos
SendoSendo
assimassim
...O cliente espera
4 anos depois
Acaba o tempo da
Empresa Contratada
O “Projeto” é entregue
do jeito que está
E Cliente começa a
testar.
E...
O Cliente reporta os
problemas
A Empresa diz que
precisa de mais tempo
Depois de ga$tar muito
dinheiro.
O Cliente tem de
escolher
1 – Continuar
2 – Contratar nova
E assim se vai mais R$!
Voltando ao focoVoltando ao foco
Todo o sistema é
levantado logo no
início e...
Para iniciar a próxima
etapa devemos
terminar a outra
Depois de 4 anosDepois de 4 anos
Resultado finalResultado final
(eu falo blá, você(eu falo blá, você
entende blá, fazentende blá, faz
blá, blá, blá blá)blá, blá, blá blá)
Se todoSe todo
mundomundo
sabesabe
disso...disso...
Então praEntão pra
queque
continuarcontinuar
fazendofazendo
dessedesse
jeito?jeito?
É muito
complexo/impossível
melhorar a estrutura
do prédio
Mas podemos refatorar
nosso software
No episódio de hojeNo episódio de hoje
aprendemos que:aprendemos que:
Não da pra prever comoNão da pra prever como
será todo o sistemaserá todo o sistema
E a única constanteE a única constante
é a mudançaé a mudança
Devemos fazer entregasDevemos fazer entregas
frequentes o usuáriosfrequentes o usuários
E com isso receberE com isso receber
o feedbacko feedback
Pois podemos melhorarPois podemos melhorar
o nosso projetoo nosso projeto
Por isso devemos quebrarPor isso devemos quebrar
nosso projeto em váriosnosso projeto em vários
Mas não é assim que a
“maioria” das empresas
fazem!
Não importa se todo
mundo faz, você
não é todo mundo
Mas há tantosMas há tantos
problemas!problemas!
Mas há tantosMas há tantos
problemas!problemas!
Não seria legalNão seria legal
se houvesse umase houvesse uma
metodologia quemetodologia que
dividisse todasdividisse todas
essas fazes doessas fazes do
rojeto em váriasrojeto em várias
iteraçõesiterações
Não seria legalNão seria legal
se houvesse umase houvesse uma
metodologia quemetodologia que
dividisse todasdividisse todas
essas fazes doessas fazes do
rojeto em váriasrojeto em várias
iteraçõesiterações
onde a empresaonde a empresa
contratada mecontratada me
desse feedbacksdesse feedbacks
constantesconstantes
onde a empresaonde a empresa
contratada mecontratada me
desse feedbacksdesse feedbacks
constantesconstantes
ee
cada problemacada problema
fosse detectadofosse detectado
e corrigidos dee corrigidos de
maneira Ágilmaneira Ágil
ee
cada problemacada problema
fosse detectadofosse detectado
e corrigidos dee corrigidos de
maneira Ágilmaneira Ágil
E seria melhorE seria melhor
ainda se...ainda se...
E seria melhorE seria melhor
ainda se...ainda se...
A Equipe queA Equipe que
estáestá
DesenvolvendoDesenvolvendo
agilidadeagilidade parapara
atender asatender as
mudançasmudanças
A Equipe queA Equipe que
estáestá
DesenvolvendoDesenvolvendo
agilidadeagilidade parapara
atender asatender as
mudançasmudanças
E teríamos
entregas
frequentes pra
eu testar,
e Zaz
Assim eu não
tenho que
esperar 4 anos,
e Zaz
E essas
entregas
poderiam ser
mensais, e Zaz
E eu poderia e
aprendendo
mais sobre o
projeto, e Zaz
Assim eu não
teria que
adivinhar
TODAS as
funcionalidas,
e Zaz
E a cada
iteração nós
nos
reuniríamos, e
Zaz
e zaz,e zaz,
e zaze zaz
e zaz...e zaz...
será que todos estão felizesserá que todos estão felizes
com o modo que as coisa sãocom o modo que as coisa são
feitas hoje?feitas hoje?
Se lembrarmosSe lembrarmos
da históriada história
anterior...anterior...
Mas...Mas...
Uma metologiaUma metologia
assim é sóassim é só
sonho!sonho!
Mas...Mas...
Uma metologiaUma metologia
assim é sóassim é só
sonho!sonho!
17 profissionais17 profissionais
Em Fevereiro de 2001Em Fevereiro de 2001
Nasceu oNasceu o
Manifesto ÁgilManifesto Ágil
Estamos descobrindo
maneiras melhores de
desenvolver
software, fazendo-o nós
mesmos e ajudando outros a
fazerem o mesmo. Através
deste trabalho, passamos a
valorizar:
Indivíduos e interações
mais que
processos e ferramentas;
Software em funcionamento
mais que
documentação abrangente;
Colaboração com o cliente
mais que
negociação de contratos;
Responder a mudanças
mais que
seguir um plano.
Ou seja, mesmo havendoOu seja, mesmo havendo
valor nos itens àvalor nos itens à
direita,valorizamos maisdireita,valorizamos mais
os itens à esquerda.os itens à esquerda.
[direita verde e esquerda em vermelhor :)][direita verde e esquerda em vermelhor :)]
Indivíduos e interações
mais que
processos e ferramentas;
Software em funcionamento
mais que
documentação abrangente;
Colaboração com o cliente
mais que
negociação de contratos;
Responder a mudanças
mais que
seguir um plano.
Software em funcionamento
mais que
documentação abrangente;
!=!=Não tem documentação
Princípios porPrincípios por
trás dotrás do
Manifesto ÁgilManifesto Ágil
Esse agile é coisaEsse agile é coisa
de programador.de programador.
Declaração de
Interdependência da
Gestão de Projeto Ágil
Que...Que...
Gestão de Projeto ÁgilGestão de Projeto Ágil
Somos uma comunidade de
líderes de projeto que tem
sido altamente
bem-sucedida em entregar
resultados. Para alcançar
tais resultados:
Aumentamos o retorno do
investimento, tornando o
fluxo contínuo de valor o
nosso foco;
Entregamos resultados
confiáveis, engajando os
clientes em interações
frequentes e propriedade
compartilhada;
Esperamos incertezas e
gerenciamos levando-as em
conta, por meio de
iterações, antecipação e
adaptação;
Promovemos criatividade e
inovação reconhecendo que
os indivíduos são a fonte
última de valor e criamos
um ambiente em que eles
fazem a diferença;
Impulsionamos o
desempenho por meio do
compromisso do grupo em
obter resultados e da
responsabilidade
compartilhada pela eficácia
do grupo;
Difícil de ver.Difícil de ver.
Sempre emSempre em
movimentomovimento
está o Futuro.está o Futuro.
Foque mais nas pessoasFoque mais nas pessoas
que nos contratosque nos contratos
Mas esse Agile é novo!Mas esse Agile é novo!
FrederickFrederick
P. BrooksP. Brooks
19751975
Como um
produto atrasa
um ano?
Um dia
de cada vez!
É impossível, para um
cliente, especificar
completamente e
precisamente os
requisitos de um
software antes que...
... esse software tenha
sido construído e que
o cliente tenha usado
e testado algumas de
suas versões.
Que papo
é esse?
Que papo
é esse?
Cadê o
Scrum?
Lições aprendidas
Manifesto Ágil
Indivíduos e interações
Software em funcionamento
Colaboração com o cliente
Responder a mudanças
ProjetosRetorno do investimento
Fluxo contínuo
Engajando os clientes
Interações frequentes
Propriedade
compartilhada
Projetos
Esperamos incertezas e gerenciamos
Iterações e adaptação
Indivíduo, criamos um ambiente
em que eles fazem a diferença
Compromisso do grupo
Eficácia do grupo
ContinuandoContinuando......
Até aqui,
dúvidas?
ContinuandoContinuando......
O Scrum é umO Scrum é um
framework Ágilframework Ágil
O Scrum é:
Leve
Simples de Entender
Difícil de dominar
Iterativo
e
Incremental
(entregas frequentes, lembra?)
Foca no ROI(Return Of Investment - Retorno Sobre o
Investimento)
Como é o Scrum?(superficialmente)
Início do projeto
Planejamento do Sprint
Desenvolvimento
Encerramento do Sprint
Rever o Sprint
Entregas
Final do projeto
Papéis
Eventos
Artefatos
Regras
Servem para integrar
os Eventos, Papéis e
Artefatos
EmpirismoEmpirismo
Conhecimento
vem da
experiência
Conhecimento vem da experiência
E da tomada de
decisões baseadas no
que é conhecido
Por isso é Iterativo e
Incremental
Para nos ajudar a
aprender conforme o
processo anda
TransparênciaTransparência
Todo o processo deve ser visívelTodo o processo deve ser visível
Devem haver padrões comum paraDevem haver padrões comum para
alinhar o entendimentoalinhar o entendimento
InspeçãoInspeção
Dividido em pequenos projetosDividido em pequenos projetos
Há alguns Eventos definidos queHá alguns Eventos definidos que
nos ajudam a Inspecionar onos ajudam a Inspecionar o
andamentoandamento
AdaptaçãoAdaptação
Cada Evento/Reunião é umaCada Evento/Reunião é uma
oportunidade de melhorar ooportunidade de melhorar o
processoprocesso
[...]seja maleável, como a água.
Se você coloca água numa
xícara ela se torna a xícara.
Se a coloca numa garrafa,
ela se torna a garrafa[…]
A água pode fluir, ou pode
esmagar.
seja como a água, meu amigo.
PapéisPapéis
Product OwnerProduct Owner
Equipe de DesenvolvimentoEquipe de Desenvolvimento
Scrum MasterScrum Master
ProductProduct
OwnerOwner
P.O.P.O.
Representa o ClienteRepresenta o Cliente
Ou um grupo de ClientesOu um grupo de Clientes
Define oDefine o
ProdutoProduto
GaranteGarante
O ROIO ROI
Organiza oOrganiza o
Backlog do ProdutoBacklog do Produto
Criando (ajudando) asCriando (ajudando) as
Estórias de UsuárioEstórias de Usuário
Tira DúvidasTira Dúvidas
da Equipe deda Equipe de
DesenvolvimentoDesenvolvimento
AceitaAceita ouou
NãoNão oo
incrementoincremento
Time de DesenvolvimentoTime de Desenvolvimento
MultidisciplinarMultidisciplinar
Auto-OrganizávelAuto-Organizável
Trabalha nas prioridadesTrabalha nas prioridades
definidas pelodefinidas pelo
Product OwnerProduct Owner
Tira dúvidas comTira dúvidas com
o Product Ownero Product Owner
topo do Sprint Backlog
topo do Sprint Backlog
Estórias
de
Usuário
tarefa
tarefa tarefa
tarefa
Scrum MasterScrum Master
ScrumScrum
MasterMaster
Assegura oAssegura o
entendimentoentendimento
do Scrumdo Scrum
Comunicação,Comunicação,
facilitação e políticafacilitação e política
RemoveRemove
DaDa
EquipeEquipe
ConflitosConflitos
ImparcialImparcial
(neutro)(neutro)
Mah oeeeee!Mah oeeeee!
Quantos PapéisQuantos Papéis
há no Scrum?há no Scrum?
Quem quebraQuem quebra
as estóriasas estórias
em tarefas?em tarefas?
Qual o PapelQual o Papel
dodo
Product Owner?Product Owner?
E desse tal deE desse tal de
Scrum Master?Scrum Master?
E doE do
Scrum Master?Scrum Master?
Quem removeQuem remove
os impedimentosos impedimentos
da Equipe?da Equipe?
Então esseEntão esse
Scrum MasterScrum Master
é o chefe?é o chefe?
Quem defini aQuem defini a
dificuldade dedificuldade de
cada tarefa?cada tarefa?
Ué!! Agora eu nãoUé!! Agora eu não
entendi...entendi...
Se é o time queSe é o time que
define a dificuldade.define a dificuldade.
E se houver dúvidas?E se houver dúvidas?
Mah Lombardi,Mah Lombardi,
então esseentão esse
Product OwnerProduct Owner
é que manja deé que manja de
negócios então!negócios então!
E o tal de, de...E o tal de, de...
Scrum MasterScrum Master
domina odomina o
Processo eProcesso e
garante quegarante que
funcione.funcione.
Alô, Scrum Master.Alô, Scrum Master.
Estou com umEstou com um
problema noproblema no
microfone, que estámicrofone, que está
ImpedindoImpedindo oo
meu trabalho.meu trabalho.
Eventos
Eventos Scrum
Sprint
Reunião de Planejamento
Reunião Diária
Revisão do Sprint
Retrospectiva da Sprint
SprintSprint
Reunião de PlanejamentoReunião de Planejamento
Reunião DiáriaReunião Diária
Revisão da SprintRevisão da Sprint
Retrospectiva da SprintRetrospectiva da Sprint
Time deTime de
Desenvolvimento,Desenvolvimento,
Product Owner eProduct Owner e
Scrum MasterScrum Master
Sprint=mini projetoSprint=mini projeto
'
Duração
2 – 4
Semanas
'
Duração
2 – 4
Semanas
Trabalho com
Sprint de
1 semana :)
Reunião deReunião de
PlanejamentoPlanejamento
((Sprint PlanningSprint Planning))
Quando?
Primeiro dia.
Product OwnerProduct Owner
Time deTime de
DesenvolvimentoDesenvolvimento
ScrumMasterScrumMaster
Meta do SprintMeta do Sprint
Sprint BacklogSprint Backlog
8 horas8 horas
parapara
SprintsSprints
de 1 mêsde 1 mês
PARTE 1
O Time tira dúvidas
Com o Product Owner
Começando pelo topo
Até onde o Time
Acredita ser possível
produzir no Sprint
Empirismo, lembra?
Product Owner
Negocia com o Time
e
Define a meta do Sprint
Acaba quando o Time
se compromete com a
meta estabelecida
PARTE 2
O Time planeja como
será feito o trabalho.
Normalmente quebrando
Em Tarefas
Dica:
As Tarefas de até 1 dia
são mais fáceis de
gerencias
Defini a dificuldadeDefini a dificuldade
de cada tarefade cada tarefa
Dica:
Prefira utilizar Pontos.
Tendem a utilizar as Horas
como forma de cobrança.
E esse não é o objetivo.
Dica:
Quando as métricas são
utilizadas como metas, o
pessoal tende a “fazer defazer de
tudotudo” pra chegar na meta.
E as métricas perdem o sentido.
Reunião DiáriaReunião Diária
((Daily ScrumDaily Scrum))
Time de
Desenvolvimento
Sim, o Scrum Master não é obrigado a
participar...
Mas é bom que participe :)
O Time Planeja o
Próximo dia de
Desenvolvimento
O que eu fiz desde a última
Reunião Diária?
O que eu pretendo fazer
até a próxima reunião Diária?
Qual impedimento que há
no meu trabalho?
Ajuda o Time a
Responder de forma
Ágil
Não é uma Prestação
de Contas
Evitar que sejaEvitar que seja
muito longamuito longa
Revisão da SprintRevisão da Sprint
((Sprint Review)Sprint Review)
4 horas4 horas
parapara
SprintsSprints
de 1 mêsde 1 mês
No último dia do Sprint
Obter o feedback
sobre o Incremento
Desenvolvido no Sprint
Clientes do projeto
Time de Desenvolvimento
Product Owner
Scrum Master
O Product Owner e o
Time trabalham juntos
para apresentar o
trabalho ao Clientes
Apresentam oApresentam o
trabalho ao Clientestrabalho ao Clientes
Retrospectiva da SprintRetrospectiva da Sprint
((Sprint Retrospective)Sprint Retrospective)
3 horas3 horas
parapara
SprintsSprints
de 1 mêsde 1 mês
HoraHora
DeDe
RefletirRefletir
Time de
Desenvolvimento
Product Owner
Scrum Master
LiçõesLições
aprendidasaprendidas
Onde podemos
melhorar?
Como melhorar?
Dica:
É importante anotar e
revisar na próxima
Retrospectiva.
(talvez separar um lugar no quadro de
tarefas)
Mah oeeeee!Mah oeeeee!
Eu tô de volta!!Eu tô de volta!!
E agora euE agora eu
quero saber...quero saber...
Já que temosJá que temos
que dividir emque dividir em
iterações...iterações...
Como se chamaComo se chama
a Iteração noa Iteração no
Scrum?Scrum?
Qual o tempoQual o tempo
máximomáximo
(recomendado)(recomendado)
para o Sprint?para o Sprint?
Quem é mesmoQuem é mesmo
que defini asque defini as
prioridades?prioridades?
E em qual EventoE em qual Evento
o Time quebra aso Time quebra as
Estórias em TarefasEstórias em Tarefas
E doE do
Scrum Master?Scrum Master?
E o Time pegaE o Time pega
as tarefas deas tarefas de
cima ou de baixo?cima ou de baixo?
Em que dia doEm que dia do
Sprint é feitaSprint é feita
o Planejamento?o Planejamento?
E qual ou quais osE qual ou quais os
Eventos queEventos que
ocorrem no últimoocorrem no último
dia?dia?
Uma coisa queUma coisa que
eu esqueci....eu esqueci....
Quem é que aceitaQuem é que aceita
ou não o trabalhoou não o trabalho
Que o Time produziuQue o Time produziu
no Sprint?no Sprint?
Perguntas?Perguntas?
E bate papo!E bate papo!
Artefatos doArtefatos do
ScrumScrum
Artefatos...Artefatos...
Como eles são... Pra que servem...Como eles são... Pra que servem...
Vejam hoje no Globo Repórter.Vejam hoje no Globo Repórter.
Artefatos do Scrum
Backlog do Produto
Backlog do Sprint
Incremento
Backlog do Produto
(Product Backlog)
Contém tudo ser
possivelmente será
desenvolvido pelo
Time
Cada vez que o Item vai
subindo ele deve ser
refinado
O Time trabalha
sempre com os Itens do
Topo
Estimativa mais
abrangente
É atualizada pelo
Product Owner
EstóriasEstórias
dede
UsuárioUsuário
É uma descrição em
alto nível sobre o
ponto de vista do
usuário.
Como [tipo de usuário]
Desejo [alcançar algum
objetivo]
Por [algum motivo]
Como um cliente
Desejo pesquisar um
produto
Para adicionar ao
carrinho de compras
NormalmenteNormalmente
são quebradassão quebradas
em tarefasem tarefas
Modo de estimar
(
'
Debate sobre a TarefaDebate sobre a Tarefa
Quem colocar o Maior
e
Quem colocar o menor
Explicam os motivos
Jogam novamenteJogam novamente
)
Tarefas que o Time
Desenvolverá no Sprint
Devem estar de acordo
com a Meta do Sprint
As Tarefas mais
importantes ficam no
topo
IncrementoIncremento
É o Produto
Desenvolvido Pelo
Time no Sprint
Deve estar
completamente Pronto
É somado com todo o
Produto já
Desenvolvido
(ou não, depende da estratégia)
Pontos/Horas no Y
Dias no X
O ideal é ao final do
Sprint ele estar zerado
Serve somente para a
Equipe acompanhar o
seu Progresso
É atualizado na
Reunião Diária
Debate:Debate:
Como é no seu trabalho?Como é no seu trabalho?
Mah oeeeee!Mah oeeeee!
Agora eu nãoAgora eu não
Vou perguntarVou perguntar
nada!!nada!!
Vocês que vãoVocês que vão
Trabalhar.Trabalhar.
E muito mais
Minimize oMinimize o
trabalho feito.trabalho feito.
Foque no que éFoque no que é
importante.importante.
AprendaAprenda
PratiquePratique
ModifiqueModifique
Aprenda osAprenda os
FundamentosFundamentos
ÁgeisÁgeis
Só assim vocêSó assim você
““modificamodifica” o” o
Scrum semScrum sem
estragá-loestragá-lo
Mais Dúvidas?Mais Dúvidas?
ScrumGerenciamento Ágil de Projetos
Curso de Férias
Fatec Praia Grande - julho de 2013
Gabriel Rubens
http://gabrielrubens.com.br
http://grupohaw.com.br
@gabrielrubenss
obs.: não guardei a fonte das imgs :'(

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de ProjetosUma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
Giovani Elísio Silva
 
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MGModelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Neubio Ferreira
 
Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009
Clavius Tales
 
Revolucao Agile - UFSCar
Revolucao Agile - UFSCarRevolucao Agile - UFSCar
Revolucao Agile - UFSCar
Luiz Ribeiro
 
Aula - Metodologias Ágeis
Aula - Metodologias ÁgeisAula - Metodologias Ágeis
Aula - Metodologias Ágeis
Mauricio Cesar Santos da Purificação
 
Encontro Locaweb
Encontro  LocawebEncontro  Locaweb
Encontro Locaweb
Fabio Akita
 
Synapses Scrum
Synapses ScrumSynapses Scrum
Synapses Scrum
Synapses Group
 
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
Amanda Varella
 
Engenharia de Software I - Aula 8
Engenharia de Software I - Aula 8Engenharia de Software I - Aula 8
Engenharia de Software I - Aula 8
Alessandro Almeida
 
Requisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindsetRequisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindset
Fábio Aguiar
 
Scrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspectiveScrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspective
Marcos Alves
 
Métodos Ágeis
Métodos ÁgeisMétodos Ágeis
Métodos Ágeis
Adriano Bertucci
 
Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de SoftwareMetodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Adolfo Neto
 
Modelagem com historias bem além dos requisitos
Modelagem com historias bem além dos requisitosModelagem com historias bem além dos requisitos
Modelagem com historias bem além dos requisitos
Kleitor Franklint Correa Araujo
 
Engenharia de software Lean Kanban
Engenharia de software  Lean KanbanEngenharia de software  Lean Kanban
Engenharia de software Lean Kanban
Kleitor Franklint Correa Araujo
 
Gerenciamento Ágil de Projetos
Gerenciamento Ágil de ProjetosGerenciamento Ágil de Projetos
Gerenciamento Ágil de Projetos
Edivandro Conforto
 
Teste de software gestao e kaizen
Teste de software gestao e kaizenTeste de software gestao e kaizen
Teste de software gestao e kaizen
Kleitor Franklint Correa Araujo
 
Metricas (e previsões) acionáveis de projeto
Metricas (e previsões) acionáveis de projetoMetricas (e previsões) acionáveis de projeto
Metricas (e previsões) acionáveis de projeto
Kleitor Franklint Correa Araujo
 
Curso Scrum
Curso ScrumCurso Scrum
Curso Scrum
Paulo Furtado
 
MBA em projetos - Gestao Ágil
MBA em projetos - Gestao ÁgilMBA em projetos - Gestao Ágil
MBA em projetos - Gestao Ágil
Kleitor Franklint Correa Araujo
 

Mais procurados (20)

Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de ProjetosUma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
 
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MGModelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
 
Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009Governança Ágil - Ágiles 2009
Governança Ágil - Ágiles 2009
 
Revolucao Agile - UFSCar
Revolucao Agile - UFSCarRevolucao Agile - UFSCar
Revolucao Agile - UFSCar
 
Aula - Metodologias Ágeis
Aula - Metodologias ÁgeisAula - Metodologias Ágeis
Aula - Metodologias Ágeis
 
Encontro Locaweb
Encontro  LocawebEncontro  Locaweb
Encontro Locaweb
 
Synapses Scrum
Synapses ScrumSynapses Scrum
Synapses Scrum
 
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visual...
 
Engenharia de Software I - Aula 8
Engenharia de Software I - Aula 8Engenharia de Software I - Aula 8
Engenharia de Software I - Aula 8
 
Requisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindsetRequisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindset
 
Scrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspectiveScrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspective
 
Métodos Ágeis
Métodos ÁgeisMétodos Ágeis
Métodos Ágeis
 
Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de SoftwareMetodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
 
Modelagem com historias bem além dos requisitos
Modelagem com historias bem além dos requisitosModelagem com historias bem além dos requisitos
Modelagem com historias bem além dos requisitos
 
Engenharia de software Lean Kanban
Engenharia de software  Lean KanbanEngenharia de software  Lean Kanban
Engenharia de software Lean Kanban
 
Gerenciamento Ágil de Projetos
Gerenciamento Ágil de ProjetosGerenciamento Ágil de Projetos
Gerenciamento Ágil de Projetos
 
Teste de software gestao e kaizen
Teste de software gestao e kaizenTeste de software gestao e kaizen
Teste de software gestao e kaizen
 
Metricas (e previsões) acionáveis de projeto
Metricas (e previsões) acionáveis de projetoMetricas (e previsões) acionáveis de projeto
Metricas (e previsões) acionáveis de projeto
 
Curso Scrum
Curso ScrumCurso Scrum
Curso Scrum
 
MBA em projetos - Gestao Ágil
MBA em projetos - Gestao ÁgilMBA em projetos - Gestao Ágil
MBA em projetos - Gestao Ágil
 

Destaque

A Conspiração - Falando Francamente
A Conspiração - Falando FrancamenteA Conspiração - Falando Francamente
A Conspiração - Falando Francamente
Volney Faustini
 
Curso Scrum - Turma Visie
Curso Scrum - Turma VisieCurso Scrum - Turma Visie
Curso Scrum - Turma Visie
Ricardo P. Silva
 
Agilidade: Scrum e Xp
Agilidade: Scrum e XpAgilidade: Scrum e Xp
Agilidade: Scrum e Xp
Fernando Costa
 
Experiências Scrum em Desenvolvimento de Software - Manoel Pimentel
Experiências Scrum em Desenvolvimento de Software -  Manoel PimentelExperiências Scrum em Desenvolvimento de Software -  Manoel Pimentel
Experiências Scrum em Desenvolvimento de Software - Manoel Pimentel
Manoel Pimentel Medeiros
 
Gestão de projetos ágeis utilizando scrum
Gestão de projetos ágeis utilizando scrumGestão de projetos ágeis utilizando scrum
Gestão de projetos ágeis utilizando scrum
Lazaro Fernandes Lima
 
Scrum: Na prática o que importa são os Valores
Scrum: Na prática o que importa são os ValoresScrum: Na prática o que importa são os Valores
Scrum: Na prática o que importa são os Valores
Danilo Bardusco
 
Gerenciando Projetos com Scrum - FEI
Gerenciando Projetos com Scrum - FEIGerenciando Projetos com Scrum - FEI
Gerenciando Projetos com Scrum - FEI
Danilo Ferreira
 
Scrum - IMES 2013 (Remodelada)
Scrum - IMES 2013 (Remodelada)Scrum - IMES 2013 (Remodelada)
Scrum - IMES 2013 (Remodelada)
Eduardo Bregaida
 
Scrum
ScrumScrum
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobitCobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
Andre Dourado
 
Como alimentar o cérebro? - 1ª Parte: Apresentação Neurologista Drª Ana Marti...
Como alimentar o cérebro? - 1ª Parte: Apresentação Neurologista Drª Ana Marti...Como alimentar o cérebro? - 1ª Parte: Apresentação Neurologista Drª Ana Marti...
Como alimentar o cérebro? - 1ª Parte: Apresentação Neurologista Drª Ana Marti...
SPEM - Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Israel Santiago
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Manoel Pimentel Medeiros
 
Desenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAIS
Desenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAISDesenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAIS
Desenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAIS
Araguaci Andrade
 
LIVRO GRATUITO SCRUM X KANBAN
LIVRO GRATUITO SCRUM X KANBAN LIVRO GRATUITO SCRUM X KANBAN
LIVRO GRATUITO SCRUM X KANBAN
Fernando Palma
 
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumApostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
MindMasterBrasil
 
Memória e Aprendizagem
Memória e AprendizagemMemória e Aprendizagem
Memória e Aprendizagem
Mauricio Volkweis Astiazara
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com Scrum
Igor Macaubas
 
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em PortuguêsUm guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Marcelo Gaspar BLACK BELT, CISA, CGEIT
 
Cognição
CogniçãoCognição
Cognição
Anaí Peña
 

Destaque (20)

A Conspiração - Falando Francamente
A Conspiração - Falando FrancamenteA Conspiração - Falando Francamente
A Conspiração - Falando Francamente
 
Curso Scrum - Turma Visie
Curso Scrum - Turma VisieCurso Scrum - Turma Visie
Curso Scrum - Turma Visie
 
Agilidade: Scrum e Xp
Agilidade: Scrum e XpAgilidade: Scrum e Xp
Agilidade: Scrum e Xp
 
Experiências Scrum em Desenvolvimento de Software - Manoel Pimentel
Experiências Scrum em Desenvolvimento de Software -  Manoel PimentelExperiências Scrum em Desenvolvimento de Software -  Manoel Pimentel
Experiências Scrum em Desenvolvimento de Software - Manoel Pimentel
 
Gestão de projetos ágeis utilizando scrum
Gestão de projetos ágeis utilizando scrumGestão de projetos ágeis utilizando scrum
Gestão de projetos ágeis utilizando scrum
 
Scrum: Na prática o que importa são os Valores
Scrum: Na prática o que importa são os ValoresScrum: Na prática o que importa são os Valores
Scrum: Na prática o que importa são os Valores
 
Gerenciando Projetos com Scrum - FEI
Gerenciando Projetos com Scrum - FEIGerenciando Projetos com Scrum - FEI
Gerenciando Projetos com Scrum - FEI
 
Scrum - IMES 2013 (Remodelada)
Scrum - IMES 2013 (Remodelada)Scrum - IMES 2013 (Remodelada)
Scrum - IMES 2013 (Remodelada)
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobitCobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
Cobit 5 na prática – parte i – como nós fazemos cobit
 
Como alimentar o cérebro? - 1ª Parte: Apresentação Neurologista Drª Ana Marti...
Como alimentar o cérebro? - 1ª Parte: Apresentação Neurologista Drª Ana Marti...Como alimentar o cérebro? - 1ª Parte: Apresentação Neurologista Drª Ana Marti...
Como alimentar o cérebro? - 1ª Parte: Apresentação Neurologista Drª Ana Marti...
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento Ágil
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
 
Desenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAIS
Desenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAISDesenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAIS
Desenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAIS
 
LIVRO GRATUITO SCRUM X KANBAN
LIVRO GRATUITO SCRUM X KANBAN LIVRO GRATUITO SCRUM X KANBAN
LIVRO GRATUITO SCRUM X KANBAN
 
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do ScrumApostila Scrum: Fundamentos do Scrum
Apostila Scrum: Fundamentos do Scrum
 
Memória e Aprendizagem
Memória e AprendizagemMemória e Aprendizagem
Memória e Aprendizagem
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com Scrum
 
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em PortuguêsUm guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em Português
 
Cognição
CogniçãoCognição
Cognição
 

Semelhante a Scrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia Grande

Manifesto Ágil.pdf
Manifesto Ágil.pdfManifesto Ágil.pdf
Manifesto Ágil.pdf
LeonardoCristianoQui
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (08/08/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (08/08/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (08/08/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (08/08/2013)
Alessandro Almeida
 
Empreendedorismo (10/02/2015)
Empreendedorismo (10/02/2015)Empreendedorismo (10/02/2015)
Empreendedorismo (10/02/2015)
Alessandro Almeida
 
Agilizando processos com Scrum
Agilizando processos com ScrumAgilizando processos com Scrum
Agilizando processos com Scrum
BonoBee
 
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshellGerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Dextra
 
Os desafios da análise de negócios em equipes ágeis
Os desafios da análise de negócios em equipes ágeisOs desafios da análise de negócios em equipes ágeis
Os desafios da análise de negócios em equipes ágeis
Emerson Schenatto
 
Agência Digital, Freela ou Equipe Interna? Saiba como escolher!
Agência Digital, Freela ou Equipe Interna? Saiba como escolher!Agência Digital, Freela ou Equipe Interna? Saiba como escolher!
Agência Digital, Freela ou Equipe Interna? Saiba como escolher!
Ricardo Marsili
 
[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)
[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)
[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)
Alessandro Almeida
 
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs AgileMetodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
Marcelo Murad
 
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
Leonardo Dias Nascimento
 
Princípios Ágeis
Princípios ÁgeisPrincípios Ágeis
Princípios Ágeis
PedroLuizMartinsCruz
 
Desenvolvendo produtos de forma ágil com scrum
Desenvolvendo produtos de forma ágil com scrumDesenvolvendo produtos de forma ágil com scrum
Desenvolvendo produtos de forma ágil com scrum
Rômulo Gomes
 
Gestão da Tecnologia da Informação (14/05/2013)
Gestão da Tecnologia da Informação (14/05/2013)Gestão da Tecnologia da Informação (14/05/2013)
Gestão da Tecnologia da Informação (14/05/2013)
Alessandro Almeida
 
Treinamento agile caixa seguradora
Treinamento agile caixa seguradoraTreinamento agile caixa seguradora
Treinamento agile caixa seguradora
Thomas Kuryura
 
Desmitificando o ágil e o scrum
Desmitificando o ágil e o scrumDesmitificando o ágil e o scrum
Desmitificando o ágil e o scrum
Scumpb
 
Antecipando o sucesso de uma arquitetura de software emergente em times ágeis
Antecipando o sucesso de uma arquitetura de software emergente em times ágeisAntecipando o sucesso de uma arquitetura de software emergente em times ágeis
Antecipando o sucesso de uma arquitetura de software emergente em times ágeis
Sérgio Giraldo
 
Descomplicando a Agilidade - Case GPTW
Descomplicando a Agilidade - Case GPTWDescomplicando a Agilidade - Case GPTW
Descomplicando a Agilidade - Case GPTW
Erick Stoic
 
Agile
AgileAgile
Ferramentas e ritos
Ferramentas e ritosFerramentas e ritos
Ferramentas e ritos
Davidson Sales
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra DigitalksDesenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
Rômulo Gomes
 

Semelhante a Scrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia Grande (20)

Manifesto Ágil.pdf
Manifesto Ágil.pdfManifesto Ágil.pdf
Manifesto Ágil.pdf
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (08/08/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (08/08/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (08/08/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (08/08/2013)
 
Empreendedorismo (10/02/2015)
Empreendedorismo (10/02/2015)Empreendedorismo (10/02/2015)
Empreendedorismo (10/02/2015)
 
Agilizando processos com Scrum
Agilizando processos com ScrumAgilizando processos com Scrum
Agilizando processos com Scrum
 
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshellGerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
 
Os desafios da análise de negócios em equipes ágeis
Os desafios da análise de negócios em equipes ágeisOs desafios da análise de negócios em equipes ágeis
Os desafios da análise de negócios em equipes ágeis
 
Agência Digital, Freela ou Equipe Interna? Saiba como escolher!
Agência Digital, Freela ou Equipe Interna? Saiba como escolher!Agência Digital, Freela ou Equipe Interna? Saiba como escolher!
Agência Digital, Freela ou Equipe Interna? Saiba como escolher!
 
[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)
[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)
[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)
 
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs AgileMetodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
Metodologias de desenvolvimento - Waterfall vs Agile
 
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)
 
Princípios Ágeis
Princípios ÁgeisPrincípios Ágeis
Princípios Ágeis
 
Desenvolvendo produtos de forma ágil com scrum
Desenvolvendo produtos de forma ágil com scrumDesenvolvendo produtos de forma ágil com scrum
Desenvolvendo produtos de forma ágil com scrum
 
Gestão da Tecnologia da Informação (14/05/2013)
Gestão da Tecnologia da Informação (14/05/2013)Gestão da Tecnologia da Informação (14/05/2013)
Gestão da Tecnologia da Informação (14/05/2013)
 
Treinamento agile caixa seguradora
Treinamento agile caixa seguradoraTreinamento agile caixa seguradora
Treinamento agile caixa seguradora
 
Desmitificando o ágil e o scrum
Desmitificando o ágil e o scrumDesmitificando o ágil e o scrum
Desmitificando o ágil e o scrum
 
Antecipando o sucesso de uma arquitetura de software emergente em times ágeis
Antecipando o sucesso de uma arquitetura de software emergente em times ágeisAntecipando o sucesso de uma arquitetura de software emergente em times ágeis
Antecipando o sucesso de uma arquitetura de software emergente em times ágeis
 
Descomplicando a Agilidade - Case GPTW
Descomplicando a Agilidade - Case GPTWDescomplicando a Agilidade - Case GPTW
Descomplicando a Agilidade - Case GPTW
 
Agile
AgileAgile
Agile
 
Ferramentas e ritos
Ferramentas e ritosFerramentas e ritos
Ferramentas e ritos
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra DigitalksDesenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
Desenvolvimento Ágil com Scrum - Palestra Digitalks
 

Mais de Gabriel Rubens

Aprendendo a aprender! Técnicas compiladas
Aprendendo a aprender! Técnicas compiladasAprendendo a aprender! Técnicas compiladas
Aprendendo a aprender! Técnicas compiladas
Gabriel Rubens
 
Profissao-programador-praticas-para-melhoria-continua-unimonte-outubro-2013
Profissao-programador-praticas-para-melhoria-continua-unimonte-outubro-2013Profissao-programador-praticas-para-melhoria-continua-unimonte-outubro-2013
Profissao-programador-praticas-para-melhoria-continua-unimonte-outubro-2013
Gabriel Rubens
 
Planning Poker - Scrum
Planning Poker - ScrumPlanning Poker - Scrum
Planning Poker - Scrum
Gabriel Rubens
 
Profissoa programador-praticas-para-melhoria-continua-fatec-santos-outubro-2013
Profissoa programador-praticas-para-melhoria-continua-fatec-santos-outubro-2013Profissoa programador-praticas-para-melhoria-continua-fatec-santos-outubro-2013
Profissoa programador-praticas-para-melhoria-continua-fatec-santos-outubro-2013
Gabriel Rubens
 
Profissão programador práticas para melhoria contínua fatec pg setembro 2013
Profissão programador práticas para melhoria contínua fatec pg setembro 2013Profissão programador práticas para melhoria contínua fatec pg setembro 2013
Profissão programador práticas para melhoria contínua fatec pg setembro 2013
Gabriel Rubens
 
Sistema de Controle de Versão - CVS, SVN e GIT
Sistema de Controle de Versão - CVS, SVN e GITSistema de Controle de Versão - CVS, SVN e GIT
Sistema de Controle de Versão - CVS, SVN e GIT
Gabriel Rubens
 
Criando uma cultura de aprendizagem
Criando uma cultura de aprendizagemCriando uma cultura de aprendizagem
Criando uma cultura de aprendizagem
Gabriel Rubens
 

Mais de Gabriel Rubens (7)

Aprendendo a aprender! Técnicas compiladas
Aprendendo a aprender! Técnicas compiladasAprendendo a aprender! Técnicas compiladas
Aprendendo a aprender! Técnicas compiladas
 
Profissao-programador-praticas-para-melhoria-continua-unimonte-outubro-2013
Profissao-programador-praticas-para-melhoria-continua-unimonte-outubro-2013Profissao-programador-praticas-para-melhoria-continua-unimonte-outubro-2013
Profissao-programador-praticas-para-melhoria-continua-unimonte-outubro-2013
 
Planning Poker - Scrum
Planning Poker - ScrumPlanning Poker - Scrum
Planning Poker - Scrum
 
Profissoa programador-praticas-para-melhoria-continua-fatec-santos-outubro-2013
Profissoa programador-praticas-para-melhoria-continua-fatec-santos-outubro-2013Profissoa programador-praticas-para-melhoria-continua-fatec-santos-outubro-2013
Profissoa programador-praticas-para-melhoria-continua-fatec-santos-outubro-2013
 
Profissão programador práticas para melhoria contínua fatec pg setembro 2013
Profissão programador práticas para melhoria contínua fatec pg setembro 2013Profissão programador práticas para melhoria contínua fatec pg setembro 2013
Profissão programador práticas para melhoria contínua fatec pg setembro 2013
 
Sistema de Controle de Versão - CVS, SVN e GIT
Sistema de Controle de Versão - CVS, SVN e GITSistema de Controle de Versão - CVS, SVN e GIT
Sistema de Controle de Versão - CVS, SVN e GIT
 
Criando uma cultura de aprendizagem
Criando uma cultura de aprendizagemCriando uma cultura de aprendizagem
Criando uma cultura de aprendizagem
 

Scrum - Primeiros Passos - Curso de Férias Fatec Praia Grande