O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Atacando os problemas certos com 
Métricas, Kanban e Visualização 
Amanda Varella 1
Contexto 
Gerência de desenvolvimento de soluções de apoio à exploração e produção 
de petróleo (E&P) 
293 
pessoas 
4 
co...
Gerência de desenvolvimento de soluções de apoio à exploração e produção 
de petróleo (E&P) 
entre 
30 
e 40 times 
Contex...
Contexto 
Nossos Clientes são pessoas do 
negócio (Engenheiros de Petróleo, 
Geólogos, Geofísicos...) que 
solicitam soluç...
Contexto 
Nós – SMArt – Soluções em Metodologias e Arquitetura Tecnológica 
Propósito: ajudar os times a entrarem 
em um e...
2008 
2009 
2011 
2013 
Primeiro projeto 
com Scrum 
na gerência 
Expansão 
do uso para 
outros times 
Kanban 
(Visualizaç...
Essa experiência não foi um 
mar de rosas… 
7
Muitos Times 
Diferentes níveis de 
Interesse 
na adoção de 
métodos ágeis 
Pouco interesse na 
adoção de práticas 
técnic...
As mudanças que os times estão 
passando são duradouras? 
Realmente se transformaram em 
resultados? 
9
Alguns times melhoraram e permaneceram! 
Outros melhoraram, mas ao longo do tempo 
regrediram 
Outros ficaram na mesma 
Fe...
Desafio: como promover mudanças 
de efeito durador? 
11
Alguns Experimentos 
12
Integração Contínua 
Todos os jobs verdes 
em 1 semana 13
Redução em 30% da 
Dívida Técnica em 1 ano 
14
E quanto aos quadros 
físicos das equipes? 
15
No começo, todas as equipes possuíam 
quadro físico. 
16
Hoje, todas possuem quadro 
eletrônico 
17
Não foi planejado, aconteceu. 
Perdemos algumas coisas, 
ganhamos outras 
18
Visualizar o fluxo de trabalho 
Limitar o WIP 
Medir e Gerenciar o fluxo 
Tornar as políticas explícitas 
Implementar meca...
Neste momento, muitas equipes 
já não faziam reuniões diárias 
nem retrospectivas 
20
Estávamos estagnados… 
21
E de um problema específico, 
surge uma oportunidade. 
Tudo começou assim… 
22
Amanda, tem como ocultar 
do cliente quem está fazendo o que 
no Jira? 
Apresentação Scrum Gathering 
23
Olha, não tem como fazer, 
mas…. 
...porque vocês querem isso? 
24
O cliente está 
querendo controlar 
o nosso trabalho 
Ele quer dizer 
quem vai fazer 
o que na equipe 
Ele disse que vai 
...
Pessoas de negócio e desenvolvedores devem trabalhar 
diariamente em conjunto por todo o projeto. 
Construa projetos em to...
Novo representante 
de um antigo cliente 
Problemas parecidos! 
Cenário 
27
Aparentemente, 
esconder no Jira 
quem está 
fazendo o que, 
não ia resolver 
o problema. 
Mas qual era mesmo o problema? ...
Hipótese 
O cliente não está 
confiando no trabalho 
da equipe 
29
Kanban para ajudar 
Visualizar o fluxo de trabalho 
Limitar o WIP 
Medir e Gerenciar o fluxo 
Tornar as políticas explícit...
Visualizar o fluxo de trabalho 
O Jira estava muito desatualizado e não 
estava correspondendo à realidade 
• Limpeza do J...
Visualizar o fluxo de trabalho 
Ajuste de estados (quadro da equipe de desenvolvimento) 
Quadro de priorização (do cliente...
Limitar o WIP 
Equipes de 3 pessoas 
estavam com 20 
itens em andamento 
33
Limitar o WIP 
Ajuste de Limites 
34
Comunicando ao Cliente 
Tivemos que explicar ao cliente o porquê do uso de 
limites 
Quanto menos coisas em andamento, mai...
Limitar o WIP 
Combinado da Equipe 
Sempre que a coluna ficar vermelha, teremos que conversar sobre isso 
36
Medir e Gerenciar o fluxo 
Cumulative Flow 
Control Chart 
Throughput 
Lead Time 
Percentual de falhas 
... e outras métri...
SAG 
Início do 
Trabalho 
Muitas coisas 
Aguardando deploy 
Maior disciplina de atualização 
Porém sem política de 
WIP 
W...
Início do 
Trabalho 
Coach 
sai 
Um pouco de 
Irregularidade 
aqui 
Estouro dos 
WIP! 
Grande 
Release Voltando 
à normali...
Acúmulos 
Mas nada demais 
WIPs 
estourados! 
Início do 
Trabalho 
40 
Medir e Gerenciar o fluxo 
Cumulative Flow 
O que a...
41 
Medir e Gerenciar o fluxo 
Cumulative Flow
Início do 
Trabalho 
Fluxo de Histórias bom 
Lead Time Médio entre 11 e 16 dias 
Problema na atualização dos demais tipos!...
Medir e Gerenciar o fluxo 
Control Chart – Projeto 1 
43
44 
Medir e Gerenciar o fluxo 
Control Chart – Projeto 2
45 
Medir e Gerenciar o fluxo 
Control Chart – Projeto 3
Medir e Gerenciar o fluxo 
Comparativo Control Chart – Lead Time 
200 
180 
160 
140 
120 
100 
80 
60 
40 
20 
0 
Media D...
200 
180 
160 
140 
120 
100 
80 
60 
40 
20 
0 
Media Desvio Padrão + Tempo Maximo 
Projeto 1 
Projeto 2 
Projeto 3 
4,5x...
Medir e Gerenciar o fluxo 
Características presentes nos Lead Time menores 
Baixa quantidade de WIP 
Releases mais frequen...
Medir e Gerenciar o fluxo 
Throughput 
18 
16 
14 
12 
10 
8 
6 
4 
2 
0 
1 2 3 
Proj 1 
Proj 2 
Proj 3 
49 
Média Desvio ...
Medir e Gerenciar o fluxo 
Throughput 
18 
16 
14 
12 
10 
8 
6 
4 
2 
0 
1 2 3 
Proj 1 
Proj 2 
Proj 3 
50 
Média Desvio ...
Lead Time: 5x acima da média 
Throughput: 2x acima da média 
51 
Medir e Gerenciar o fluxo 
Comparativo Control Chart – Le...
52 
Medir e Gerenciar o fluxo 
Cumulative Type Chart 
80 
70 
60 
50 
40 
30 
20 
10 
0 
Defeito 
Reunião 
Consultoria 
Su...
Cumulative Type Chart 
Maximizar atividades de Valor 
Minimizar atividades de Desperdício 
53 
Medir e Gerenciar o fluxo 
...
Medir e Gerenciar o fluxo 
Throughput 
Média = 7,5 histórias/mês 
Média = 10 histórias/mês 
Média = 5,3 histórias/mês 
54
Medir e Gerenciar o fluxo 
Métricas para resolver problemas 
100.00% 
90.00% 
80.00% 
70.00% 
60.00% 
50.00% 
40.00% 
30.0...
O Cliente demora a homologar 
Tempos de Homologação 
56 
Medir e Gerenciar o fluxo 
Métricas para resolver problemas
57 
Percentual de Tempos de Acordo com as Fases 
1% 
15% 
2% 
3% 
4% 
73% 
2% 
Impedimento 
Fazendo 
Aguardando Teste 
Em ...
60 
50 
40 
30 
20 
10 
0 
Suporte 
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 
Suporte 
58 
Medir e Gerenciar o fluxo 
Métricas para reso...
Tornar as políticas explícitas 
Tipos de Itens 
59
60 
Tornar as políticas explícitas 
Tipos de Itens
Implementar mecanismos de feedback 
Reunião de Revisão e Priorização 
1 
2 
3 
4 
5 
1 
2 
3 
4 
5 
Quinzenais com o clien...
Implementar mecanismos de feedback 
Revisão da Operação 
Mensais 
Equipe + Coordenador 
Analisando as métricas, o que 
aco...
Implementar mecanismos de feedback 
Reunião Diária 
Nas equipes pequenas (até 3) não houve nenhuma recomendação 
específic...
Melhorar colaborativamente utilizando modelos e método científico 
Problema 
Hipótese 
Resultados 
Métricas Visualização 
...
Resultados 
Não foi necessário esconder 
quem faz o que no Jira para 
o cliente!!! 
65
O cliente parou de perguntar 
quem está fazendo o que 
Ainda houve tentativas de 
atribuição de tarefas, mas 
a coordenaçã...
Equipe passou a ter mais 
visibilidade da execução de suas 
próprias atividades 
Processo de desenvolvimento 
mais estrutu...
O cliente aos poucos foi deixando de aparecer todas as semanas 
Passou a acompanhar e priorizar diretamente no Jira (ele s...
Não pare no primeiro problema! 
Por que? 
Por que? 
Por que? 
Por que? 
69 
Principal Lição
Mais transparência e 
organização das informações 
resolveu um problema de 
confiança 
Ocultar quem faz o quê do 
cliente ...
71 
Apenas contar as coisas (uma forma de 
medição barata) pode ter resultados bem 
razoáveis 
Dar uma visualização concre...
72 
Não adianta melhorar o 
fluxo de algo que não deve 
ser feito
73 
Continuamos ampliando o número de 
equipes que estão sendo auxiliadas por 
esta abordagem.
Atacando os problemas certos com 
Métricas, Kanban e Visualização 
Obrigada!!! 
74
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visualização

1.282 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada no dia 04/09/2014 no Scrum Gathering Rio

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

SCRUM RIO 2014 - Resolvendo os problemas certos com Kanban, Métricas e Visualização

  1. 1. Atacando os problemas certos com Métricas, Kanban e Visualização Amanda Varella 1
  2. 2. Contexto Gerência de desenvolvimento de soluções de apoio à exploração e produção de petróleo (E&P) 293 pessoas 4 coordenações 2
  3. 3. Gerência de desenvolvimento de soluções de apoio à exploração e produção de petróleo (E&P) entre 30 e 40 times Contexto 3
  4. 4. Contexto Nossos Clientes são pessoas do negócio (Engenheiros de Petróleo, Geólogos, Geofísicos...) que solicitam soluções de TI para apoio às suas atividades 4
  5. 5. Contexto Nós – SMArt – Soluções em Metodologias e Arquitetura Tecnológica Propósito: ajudar os times a entrarem em um estado de Entrega Contínua 5
  6. 6. 2008 2009 2011 2013 Primeiro projeto com Scrum na gerência Expansão do uso para outros times Kanban (Visualização) Kanban (Métricas) Amadurecimento na Adoção de Práticas Técnicas 6
  7. 7. Essa experiência não foi um mar de rosas… 7
  8. 8. Muitos Times Diferentes níveis de Interesse na adoção de métodos ágeis Pouco interesse na adoção de práticas técnicas Cultura da organização Times trabalhando há muito tempo juntos e de uma maneira específica 8
  9. 9. As mudanças que os times estão passando são duradouras? Realmente se transformaram em resultados? 9
  10. 10. Alguns times melhoraram e permaneceram! Outros melhoraram, mas ao longo do tempo regrediram Outros ficaram na mesma Felizmente ninguém ficou pior do que era antes! 10
  11. 11. Desafio: como promover mudanças de efeito durador? 11
  12. 12. Alguns Experimentos 12
  13. 13. Integração Contínua Todos os jobs verdes em 1 semana 13
  14. 14. Redução em 30% da Dívida Técnica em 1 ano 14
  15. 15. E quanto aos quadros físicos das equipes? 15
  16. 16. No começo, todas as equipes possuíam quadro físico. 16
  17. 17. Hoje, todas possuem quadro eletrônico 17
  18. 18. Não foi planejado, aconteceu. Perdemos algumas coisas, ganhamos outras 18
  19. 19. Visualizar o fluxo de trabalho Limitar o WIP Medir e Gerenciar o fluxo Tornar as políticas explícitas Implementar mecanismos de feedback Melhorar colaborativamente utilizando modelos e método científico 19
  20. 20. Neste momento, muitas equipes já não faziam reuniões diárias nem retrospectivas 20
  21. 21. Estávamos estagnados… 21
  22. 22. E de um problema específico, surge uma oportunidade. Tudo começou assim… 22
  23. 23. Amanda, tem como ocultar do cliente quem está fazendo o que no Jira? Apresentação Scrum Gathering 23
  24. 24. Olha, não tem como fazer, mas…. ...porque vocês querem isso? 24
  25. 25. O cliente está querendo controlar o nosso trabalho Ele quer dizer quem vai fazer o que na equipe Ele disse que vai vir aqui toda semana Ele fica olhando no Jira pra ver quem está fazendo o que 25
  26. 26. Pessoas de negócio e desenvolvedores devem trabalhar diariamente em conjunto por todo o projeto. Construa projetos em torno de indivíduos motivados. Dê a eles o ambiente e o suporte necessário e confie neles para fazer o trabalho. 26
  27. 27. Novo representante de um antigo cliente Problemas parecidos! Cenário 27
  28. 28. Aparentemente, esconder no Jira quem está fazendo o que, não ia resolver o problema. Mas qual era mesmo o problema? 28
  29. 29. Hipótese O cliente não está confiando no trabalho da equipe 29
  30. 30. Kanban para ajudar Visualizar o fluxo de trabalho Limitar o WIP Medir e Gerenciar o fluxo Tornar as políticas explícitas Implementar mecanismos de feedback Melhorar colaborativamente utilizando modelos e método científico 30
  31. 31. Visualizar o fluxo de trabalho O Jira estava muito desatualizado e não estava correspondendo à realidade • Limpeza do Jira para refletir a situação atual Todo o trabalho deveria ser cadastrado no Jira Todo trabalho deveria ser corretamente atualizado no Jira Apesar da responsabilidade ser de toda a equipe, seria responsabilidade do líder garantir que o quadro está em um estado consistente com o trabalho sendo feito 31
  32. 32. Visualizar o fluxo de trabalho Ajuste de estados (quadro da equipe de desenvolvimento) Quadro de priorização (do cliente) 32
  33. 33. Limitar o WIP Equipes de 3 pessoas estavam com 20 itens em andamento 33
  34. 34. Limitar o WIP Ajuste de Limites 34
  35. 35. Comunicando ao Cliente Tivemos que explicar ao cliente o porquê do uso de limites Quanto menos coisas em andamento, mais rápido cada uma delas será concluída Se você repriorizar, algo terá que sair Evite repriorizar o que já começou a ser feito. Prejudica o fluxo, causa retrabalho entre outros prejuízos Limitar o WIP 35
  36. 36. Limitar o WIP Combinado da Equipe Sempre que a coluna ficar vermelha, teremos que conversar sobre isso 36
  37. 37. Medir e Gerenciar o fluxo Cumulative Flow Control Chart Throughput Lead Time Percentual de falhas ... e outras métricas 37
  38. 38. SAG Início do Trabalho Muitas coisas Aguardando deploy Maior disciplina de atualização Porém sem política de WIP WIP sob controle ??? Medir e Gerenciar o fluxo Cumulative Flow 38
  39. 39. Início do Trabalho Coach sai Um pouco de Irregularidade aqui Estouro dos WIP! Grande Release Voltando à normalidade 39 Medir e Gerenciar o fluxo Cumulative Flow
  40. 40. Acúmulos Mas nada demais WIPs estourados! Início do Trabalho 40 Medir e Gerenciar o fluxo Cumulative Flow O que aconteceu? Esta equipe aparentemente estava indo bem
  41. 41. 41 Medir e Gerenciar o fluxo Cumulative Flow
  42. 42. Início do Trabalho Fluxo de Histórias bom Lead Time Médio entre 11 e 16 dias Problema na atualização dos demais tipos! Analisar sob várias perspectivas! 42 Medir e Gerenciar o fluxo Cumulative Flow
  43. 43. Medir e Gerenciar o fluxo Control Chart – Projeto 1 43
  44. 44. 44 Medir e Gerenciar o fluxo Control Chart – Projeto 2
  45. 45. 45 Medir e Gerenciar o fluxo Control Chart – Projeto 3
  46. 46. Medir e Gerenciar o fluxo Comparativo Control Chart – Lead Time 200 180 160 140 120 100 80 60 40 20 0 Media Desvio Padrão + Tempo Maximo Projeto 1 Projeto 2 Projeto 3 46
  47. 47. 200 180 160 140 120 100 80 60 40 20 0 Media Desvio Padrão + Tempo Maximo Projeto 1 Projeto 2 Projeto 3 4,5x 5x 6x 47 Medir e Gerenciar o fluxo Comparativo Control Chart – Lead Time
  48. 48. Medir e Gerenciar o fluxo Características presentes nos Lead Time menores Baixa quantidade de WIP Releases mais frequentes Analisar tamanho das atividades 48
  49. 49. Medir e Gerenciar o fluxo Throughput 18 16 14 12 10 8 6 4 2 0 1 2 3 Proj 1 Proj 2 Proj 3 49 Média Desvio Padrão + Valor Máximo
  50. 50. Medir e Gerenciar o fluxo Throughput 18 16 14 12 10 8 6 4 2 0 1 2 3 Proj 1 Proj 2 Proj 3 50 Média Desvio Padrão + Valor Máximo 1,6x 2,3x 2,8x
  51. 51. Lead Time: 5x acima da média Throughput: 2x acima da média 51 Medir e Gerenciar o fluxo Comparativo Control Chart – Lead Time
  52. 52. 52 Medir e Gerenciar o fluxo Cumulative Type Chart 80 70 60 50 40 30 20 10 0 Defeito Reunião Consultoria Suporte Story
  53. 53. Cumulative Type Chart Maximizar atividades de Valor Minimizar atividades de Desperdício 53 Medir e Gerenciar o fluxo 80 70 60 50 40 30 20 10 0 Defeito Reunião Consultoria Suporte Story
  54. 54. Medir e Gerenciar o fluxo Throughput Média = 7,5 histórias/mês Média = 10 histórias/mês Média = 5,3 histórias/mês 54
  55. 55. Medir e Gerenciar o fluxo Métricas para resolver problemas 100.00% 90.00% 80.00% 70.00% 60.00% 50.00% 40.00% 30.00% 20.00% 10.00% 0.00% Disponibilidade Equipe 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Disponibilidade Equipe Presença em Reuniões 55 O Cliente chama a equipe para várias reuniões que não necessariamente tem a ver com a construção do produto
  56. 56. O Cliente demora a homologar Tempos de Homologação 56 Medir e Gerenciar o fluxo Métricas para resolver problemas
  57. 57. 57 Percentual de Tempos de Acordo com as Fases 1% 15% 2% 3% 4% 73% 2% Impedimento Fazendo Aguardando Teste Em Teste Preparando Homologação Em Homologação Homologado
  58. 58. 60 50 40 30 20 10 0 Suporte 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Suporte 58 Medir e Gerenciar o fluxo Métricas para resolver problemas A equipe dá muito suporte e isso atrapalha a produtividade
  59. 59. Tornar as políticas explícitas Tipos de Itens 59
  60. 60. 60 Tornar as políticas explícitas Tipos de Itens
  61. 61. Implementar mecanismos de feedback Reunião de Revisão e Priorização 1 2 3 4 5 1 2 3 4 5 Quinzenais com o cliente 61
  62. 62. Implementar mecanismos de feedback Revisão da Operação Mensais Equipe + Coordenador Analisando as métricas, o que aconteceu no mês e oportunidades de melhorias 62
  63. 63. Implementar mecanismos de feedback Reunião Diária Nas equipes pequenas (até 3) não houve nenhuma recomendação específica. As próprias sinalizações do Kanban, e a disciplina na atualização do Jira já reduzem bastante a necessidade de sincronização diária. WIP estourou, conversar! Equipe juntas há bastante tempo. Nas maiores (mais que 4,5) a reunião diária é uma necessidade 63
  64. 64. Melhorar colaborativamente utilizando modelos e método científico Problema Hipótese Resultados Métricas Visualização 64
  65. 65. Resultados Não foi necessário esconder quem faz o que no Jira para o cliente!!! 65
  66. 66. O cliente parou de perguntar quem está fazendo o que Ainda houve tentativas de atribuição de tarefas, mas a coordenação contornou isso 66 Resultados
  67. 67. Equipe passou a ter mais visibilidade da execução de suas próprias atividades Processo de desenvolvimento mais estruturado 67 Efeitos Colaterais
  68. 68. O cliente aos poucos foi deixando de aparecer todas as semanas Passou a acompanhar e priorizar diretamente no Jira (ele sabe exatamente o que está sendo feito) O Cliente parou de aparecer Não era exatamente isso que queríamos!!! 68 Efeitos Colaterais
  69. 69. Não pare no primeiro problema! Por que? Por que? Por que? Por que? 69 Principal Lição
  70. 70. Mais transparência e organização das informações resolveu um problema de confiança Ocultar quem faz o quê do cliente poderia ter ocasionado mais tensões! 70
  71. 71. 71 Apenas contar as coisas (uma forma de medição barata) pode ter resultados bem razoáveis Dar uma visualização concreta a um problema que já se conhecia (ex: quantidade de suportes) ajudou a minimizar o problema
  72. 72. 72 Não adianta melhorar o fluxo de algo que não deve ser feito
  73. 73. 73 Continuamos ampliando o número de equipes que estão sendo auxiliadas por esta abordagem.
  74. 74. Atacando os problemas certos com Métricas, Kanban e Visualização Obrigada!!! 74

×