SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 68
Falando de Scrum
Leonardo Dias, CSPO, PMP – Outubro 2009
Agenda da apresentação
O que é
Scrum
As pessoas do
Scrum
Visão do
Produto
Planejamento
com Scrum
Ferramentas
do Scrum
Case da
Fivecom
Certificação
Scrum
Agenda da apresentação
O que é
Scrum
As pessoas do
Scrum
Visão do
Produto
Planejamento
com Scrum
Ferramentas
do Scrum
Case da
Fivecom
Certificação
Scrum
O que é Scrum
Manifesto Agil
Surgiu em 2001 no encontro de profissionais da área nos EUA para
discutir formas de melhorar o desempenho dos projetos.
Embora cada um tivesse suas práticas de gerenciar projetos um
pequeno conjunto de princípios sempre tinham sido respeitado
quando ele obtiam sucesso nos projetos.
O que é agilidade?
• Um estado mental, não um conjunto de documentos, passos ou técnicas;
• É mais atitude do que um processo, mais ambiente que uma metodologia;
• Desenvolvimento iterativo;
• Entregar produto com valor para o negócio, mais rápido e continuamente;
• Garantir progresso real;
• Abraçar mudanças;
• Melhorar a comunicação entre negócios e TI;
• Qualidade desde o início;
O que é Scrum
 É um framework interativo e incremental para
gerenciar projetos que permite entregar um conjunto
potencialmente utilizável a cada interação;
 Scrum oferece agilidade para responder
rapidamente as mudanças do projeto;
 É o método mais popular no mundo do
desenvolvimento ágil
Scrum é compostas por
equipes pequenas e
multidisciplinares
Agenda da apresentação
O que é
Scrum
As pessoas do
Scrum
Visão do
Negócio
Planejamento
com Scrum
Ferramentas
do Scrum
Case da
Fivecom
Certificação
Scrum
As pessoas do Scrum
Scrum Product Owner
Scrum Master
Equipe ou Time do projeto
As pessoas do Scrum
As pessoas do Scrum
Visão do projeto
As pessoas do Scrum
Tomar decisões
As pessoas do Scrum
Definir o product backlog
As pessoas do Scrum
Validar as entregas da Sprint
As pessoas do Scrum
Conhecer as necessidades do negócio
As pessoas do Scrum
As pessoas do Scrum
Permir que o time seja auto-gerenciável
As pessoas do Scrum
Garantir a comunicação
As pessoas do Scrum
Garantir e auxiliar o time nas praticas
As pessoas do Scrum
Remover impedimentos
As pessoas do Scrum
Proteger o time
As pessoas do Scrum
Facilitador
As pessoas do Scrum
As pessoas do Scrum
Ajudar a Estimar
As pessoas do Scrum
Comprometimento nas entregas
As pessoas do Scrum
Garantir a entrega final do projeto
As pessoas do Scrum
Ser uma equipe multidisciplinar
Agenda da apresentação
O que é
Scrum
As pessoas do
Scrum
Visão do
Produto
Planejamento
com Scrum
Ferramentas
do Scrum
Case da
Fivecom
Certificação
Scrum
Visão do Produto
Quem é o resposável?
 O Product Owner é o responsável por
criar a visão do produto
 O Product Owner que compartilha
essa visão com a equipe e o SM
 O PO é responsável por refinar a visão
com a equipe scrum
 Ele é responsável pela visão estar
alinhada com a estratégia da empresa
Para uma visão ser considerada boa ela deve gerar uma atração
emocional entre as pessoas e o produto ou serviço.
Visão do Produto
Visão do Produto
Uma boa visão do produto é
aquela que permace constante
a medida que a implementação
é frequentemente adaptada
Visão do Produto
Elevator Statement
Visão do Produto
Elevator Statement
 For “Para” (target customer)
 Who “Que” (statement of the need or opportunity)
 The “O” (product name) is a “é um” (product category)
 That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)
 Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)
 Our product “nosso produto” (statement of primary
differentiation)
Visão do Produto
Elevator Statement
 For “Para” (target customer)
 Who “Que” (statement of the need or opportunity)
 The “O” (product name) is a “é um” (product category)
 That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)
 Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)
 Our product “nosso produto” (statement of primary
differentiation)
Visão do Produto
Elevator Statement
 For “Para” (target customer)
 Who “Que” (statement of the need
or opportunity)
 The “O” (product name) is a “é um” (product category)
 That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)
 Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)
 Our product “nosso produto” (statement of primary
differentiation)
Visão do Produto
Elevator Statement
 For “Para” (target customer)
 Who “Que” (statement of the need or opportunity)
 The “O” (product name) is a “é
um” (product category)
 That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)
 Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)
 Our product “nosso produto” (statement of primary
differentiation)
Visão do Produto
Elevator Statement
 For “Para” (target customer)
 Who “Que” (statement of the need or opportunity)
 The “O” (product name) is a “é um” (product category)
 That “Que” (key benefit, compelling
reason to buy)
 Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)
 Our product “nosso produto” (statement of primary
differentiation)
Visão do Produto
Elevator Statement
 For “Para” (target customer)
 Who “Que” (statement of the need or opportunity)
 The “O” (product name) is a “é um” (product category)
 That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)
 Unlike “Ao contrário” (primary
competitive alternative)
 Our product “nosso produto” (statement of primary
differentiation)
Visão do Produto
Elevator Statement
 For “Para” (target customer)
 Who “Que” (statement of the need or opportunity)
 The “O” (product name) is a “é um” (product category)
 That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)
 Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)
 Our product “nosso produto”
(statement of primary differentiation)
Visão do Produto
Elevator Statement
Para atender aos analistas e desenvolvedores que
precisam representar o interesses dos clientes que
querem projetos ageis, a apresentação “Falando
sobre Scrum” é uma aprensetação de 4h que
ajuda os participantes a terem uma visão melhor
sobre Scrum. Ao contrário de outras
apresentações de outros palestrantes, nosso
produto oferece uma visão geral do Scrum
Agenda da apresentação
O que é
Scrum
As pessoas do
Scrum
Visão do
Produto
Planejamento
com Scrum
Ferramentas
do Scrum
Case da
Fivecom
Certificação
Scrum
Planejamento com Scrum
1 2 3
1 Planning Meeting
Sprint Review
Sprint Retrospective
2
3
Planejamento com Scrum
Planning Meeting
Feita a cada início da Sprint;
Participantes: Product Owner, Scrum Master e
Equipe;
Dividida em duas partes:
#1 – O Product owner detalha os itens
prioritários do Product Backlog
#2 – Os membros do time detalham cada item
priorizado pelo Product Owner, planejando o que
será feito na Sprint
Planejamento com Scrum
1 2 3
1 Planning Meeting
Sprint Review
Sprint Retrospective
2
3
Planejamento com Scrum
Sprint Review
Feita ao término da Sprint;
É demonstrado o que foi feito na sprint;
Sugestões podem ser feitas, cabendo ao
Product Owner adicioná-las ao Product BackLog
Participantes: Product Owner, Scrum Master e
Equipe;
Planejamento com Scrum
1 2 3
1 Planning Meeting
Sprint Review
Sprint Retrospective
2
3
Planejamento com Scrum
Sprint Retrospective
Feita logo após a Sprint Review;
É demonstrado o que foi bem na sprint e o que
deve ser melhorado na próxima sprint;
Participantes: Scrum Master e Equipe;
Agenda da apresentação
O que é
Scrum
As pessoas do
Scrum
Visão do
Produto
Planejamento
com Scrum
Ferramentas
do Scrum
Case da
Fivecom
Certificação
Scrum
Ferramentas do Scrum
Product Backlog
Sprint Backlog
Gráfico de Burndown
Sprint
Quadro de Kanban
Agenda da apresentação
O que é
Scrum
As pessoas do
Scrum
Visão do
Produto
Planejamento
com Scrum
Ferramentas
do Scrum
Case da
Fivecom
Certificação
Scrum
Case da Fivecom
Objetivo do projeto
Desafios do projeto
Resultados do projeto com a
implantação do Scrum
Pontos positivos e negativos na
implantação do Scrum
Fotos do projeto e da equipe
Case da Fivecom
Objetivo do projeto
Desafios do projeto
Resultados do projeto com a
implantação do Scrum
Pontos positivos e negativos na
implantação do Scrum
Fotos do projeto e da equipe
Case da Fivecom
Objetivo do projeto
Para todas as pessoas que assistem televisão e que
gostariam de ser lembradas do seus programas
favoritos, o projeto Avvisa é um portal com a
grade de programação de todos os canais abertos
e pagos que ajuda a lembrar que horas o programa
favorito irá passar. Ao contrário das páginas dos
canais de tv, nosso produto oferece o sistema de
lembretes via SMS, podendo o usuário agendar
um SMS para ser enviado alguns minutos antes da
exibição.
Case da Fivecom
Objetivo do projeto
Desafios do projeto
Resultados do projeto com a
implantação do Scrum
Pontos positivos e negativos na
implantação do Scrum
Fotos do projeto e da equipe
Case da Fivecom
Desafios do projeto
• Desenvolver o projeto em menos de 2,5 meses
• Fazer o projeto do Avvisa ser multiplataforma
(internet, iphone, tv digital)
• Homologar o serviço nas operadoras Claro e Vivo
• Receber da Integradora o LA
• Fazer toda a campanha de divulgação do avvisa
• Finalizar o registro de patente do avvisa
• Desenvolver o sistema do Iphone e o portal
colaborativo
Case da Fivecom
Objetivo do projeto
Desafios do projeto
Resultados do projeto com a
implantação do Scrum
Pontos positivos e negativos na
implantação do Scrum
Fotos do projeto e da equipe
Case da Fivecom
Resultados do projeto com a implantação do
Scrum
• Projeto do portal e iphone foram desenvolvidos em
1,5 mês com 4 pessoas na equipe + 1 PO
• O projeto do avvisa já está disponível nas
plataformas web, desktop e iphone
• Homologado o serviço nas operadoras Claro e Vivo
• Liberado para usuários da operadora Claro
• Recebemos o LA da integradora
• Foi feito todo o projeto da campanha de
divulgação
• Foi finalizado o regitro de patente do avvisa
Case da Fivecom
www.avvisa.com.br
Case da Fivecom
www.avvisa.com.br
Case da Fivecom
www.avvisa.com.br
Case da Fivecom
www.avvisa.com.br
Case da Fivecom
Objetivo do projeto
Desafios do projeto
Resultados do projeto com a
implantação do Scrum
Pontos positivos e negativos na
implantação do Scrum
Fotos do projeto e da equipe
Case da Fivecom
Pontos positivos e negativos na implantação do
Scrum
Pontos negativos
• Ter pessoas na equipe
multidiciplinares
• Ter pessoas na equipe
autogerenciaveis
• Problema quando o cliente não tem
a visão bem definida do produto
• Problema quando o cliente não faz o
papel do PO
Pontos positivos
• Formação de equipe multidiciplinar
• Maior foco da equipe no projeto
• Agilidade no desenvolvimento do
produto final
• Produto é entregue em partes
utilizaveis
• Priorização das funcionalidades mais
relevantes para o projeto
• A visão do projeto é entendida mais
claramente
• Maior aproximação com o cliente
Case da Fivecom
Objetivo do projeto
Desafios do projeto
Resultados do projeto com a
implantação do Scrum
Pontos positivos e negativos na
implantação do Scrum
Fotos do projeto e da equipe
Case da Fivecom
Case da Fivecom
Case da Fivecom
Case da Fivecom
Agenda da apresentação
O que é
Scrum
As pessoas do
Scrum
Visão do
Produto
Planejamento
com Scrum
Ferramentas
do Scrum
Case da
Fivecom
Certificação
Scrum
Certificação Scrum
Certified
ScrumMaster
Certified Scrum
Product Owner
Certified Scrum
Practitioner
Certified Scrum
Coach
Certified Scrum
Trainer
CSM ou CSPO
Tenha participado ativamente do
treinamento de 16hs da Scrum
Alliance fornecido por um CST –
profissional certificado pela Scrum
Alliance para ministrar
treinamentos de Scrum.
CSP
Tenha comprovado experiência de
no minimo 1 ano em aplicação de
Scrum em algum projeto de
sucesso.
CST
Tenha comprovado grande
experiência na aplicação de Scrum
nos projetos e habilidade para
treinar novos CSPO e CSM.
CSC
Tenha comprovado experiência real
de sucesso em consultoria para
equipes de Scrum
Perguntas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumMarcos Garrido
 
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPalestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPaulo Furtado
 
Uma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUMUma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUMelliando dias
 
Concepção de um Product Backlog Efetivo
Concepção de um Product Backlog EfetivoConcepção de um Product Backlog Efetivo
Concepção de um Product Backlog EfetivoFábio Aguiar
 
Requisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindsetRequisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindsetFábio Aguiar
 
Scrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutosScrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutosSerge Rehem
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)Manoel Pimentel Medeiros
 
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product Backlog
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product BacklogComo usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product Backlog
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product BacklogFábio Aguiar
 
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016Annelise Gripp
 
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times ScrumGestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times ScrumMarcos Garrido
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPDesenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPlucianocoelho
 
Mais de 24 anos de Scrum - Ainda faz sentido usar?
Mais de 24 anos de Scrum - Ainda faz sentido usar?Mais de 24 anos de Scrum - Ainda faz sentido usar?
Mais de 24 anos de Scrum - Ainda faz sentido usar?Andrei Tognolo
 
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de ProjetosMetodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de ProjetosLeandro Faria
 
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel PimentelScrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel PimentelManoel Pimentel Medeiros
 

Mais procurados (20)

Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
Palestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em JuazeiroPalestra de SCRUM em Juazeiro
Palestra de SCRUM em Juazeiro
 
Uma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUMUma introdução ao SCRUM
Uma introdução ao SCRUM
 
Concepção de um Product Backlog Efetivo
Concepção de um Product Backlog EfetivoConcepção de um Product Backlog Efetivo
Concepção de um Product Backlog Efetivo
 
Requisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindsetRequisitos Ágeis um novo mindset
Requisitos Ágeis um novo mindset
 
Scrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutosScrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutos
 
Metodos Ageis
Metodos AgeisMetodos Ageis
Metodos Ageis
 
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)Scrum -  Framework, Competências e Valores (versão community)
Scrum - Framework, Competências e Valores (versão community)
 
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product Backlog
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product BacklogComo usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product Backlog
Como usar o Learning Canvas para descobrir Features para o Product Backlog
 
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
Extreme Programming - Workshop Praticas Jedi XP - LinguÁgil 2016
 
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times ScrumGestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
Gestão Ágil de Produtos com Lean Startup para times Scrum
 
Mini-curso Scrum e Kanban WES 2015
Mini-curso Scrum e Kanban WES 2015Mini-curso Scrum e Kanban WES 2015
Mini-curso Scrum e Kanban WES 2015
 
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XPDesenvolvimento Ágil com Scrum e XP
Desenvolvimento Ágil com Scrum e XP
 
Um guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em PortuguêsUm guia definitivo para o Scrum em Português
Um guia definitivo para o Scrum em Português
 
Mais de 24 anos de Scrum - Ainda faz sentido usar?
Mais de 24 anos de Scrum - Ainda faz sentido usar?Mais de 24 anos de Scrum - Ainda faz sentido usar?
Mais de 24 anos de Scrum - Ainda faz sentido usar?
 
Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Apostila introdutória ao Scrum (V1)Apostila introdutória ao Scrum (V1)
Apostila introdutória ao Scrum (V1)
 
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de ProjetosMetodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
 
Agile SCRUM
Agile SCRUMAgile SCRUM
Agile SCRUM
 
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel PimentelScrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
Scrum - Conceitos, Práticas e Experiências - Manoel Pimentel
 
Desenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrumDesenvolvimento ágil com scrum
Desenvolvimento ágil com scrum
 

Semelhante a Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)

Workshop Desenvolvimento Ágil
Workshop Desenvolvimento ÁgilWorkshop Desenvolvimento Ágil
Workshop Desenvolvimento ÁgilRicardo Infante
 
Inciando com Scrum
Inciando com ScrumInciando com Scrum
Inciando com ScrumIdéia Ágil
 
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMElumini Outdoing IT
 
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetosCenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetosJoão Clineu - CTFL, CSM, CSD
 
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014Vanilton Pinheiro
 
Scrum - Engenharia de Software
Scrum - Engenharia de Software Scrum - Engenharia de Software
Scrum - Engenharia de Software ProfThiagoAAlves
 
Agile Development Software - Scrum
Agile Development Software - ScrumAgile Development Software - Scrum
Agile Development Software - ScrumDiego Castro
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Libia Boss
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilIsrael Santiago
 
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisAplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisfayrusm
 
Redistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumRedistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumJuan Bernabó
 

Semelhante a Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis) (20)

Workshop Desenvolvimento Ágil
Workshop Desenvolvimento ÁgilWorkshop Desenvolvimento Ágil
Workshop Desenvolvimento Ágil
 
Inciando com Scrum
Inciando com ScrumInciando com Scrum
Inciando com Scrum
 
Agilidade Com Scrum
Agilidade Com ScrumAgilidade Com Scrum
Agilidade Com Scrum
 
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
 
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrumGerenciamento ágil de projetos com scrum
Gerenciamento ágil de projetos com scrum
 
Scrum - evolução contínua
Scrum - evolução contínuaScrum - evolução contínua
Scrum - evolução contínua
 
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetosCenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
Cenartec 2014 - FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos
 
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
FPF Tech - SCRUM - Framework para desenvolver projetos - Cenartec 2014
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Scrum - Visão Geral
Scrum - Visão GeralScrum - Visão Geral
Scrum - Visão Geral
 
Desmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & ScrumDesmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & Scrum
 
Scrum - Engenharia de Software
Scrum - Engenharia de Software Scrum - Engenharia de Software
Scrum - Engenharia de Software
 
Agile Development Software - Scrum
Agile Development Software - ScrumAgile Development Software - Scrum
Agile Development Software - Scrum
 
Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012Apresentação Scrum 2012
Apresentação Scrum 2012
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento Ágil
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisAplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
 
Redistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To ScrumRedistributable Intro To Scrum
Redistributable Intro To Scrum
 

Último

Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...imostorept
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxEduardoRodriguesOliv2
 
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdfb2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdfRenandantas16
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...E-Commerce Brasil
 
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos AcontecerPesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos AcontecerMarina Evangelista
 
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptxDROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptxednamonteiro13
 

Último (6)

Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdfb2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos AcontecerPesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
 
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptxDROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
 

Fiveday - Falando de Scrum (conceitos e práticas utilizando métodos Ágeis)

  • 1. Falando de Scrum Leonardo Dias, CSPO, PMP – Outubro 2009
  • 2. Agenda da apresentação O que é Scrum As pessoas do Scrum Visão do Produto Planejamento com Scrum Ferramentas do Scrum Case da Fivecom Certificação Scrum
  • 3. Agenda da apresentação O que é Scrum As pessoas do Scrum Visão do Produto Planejamento com Scrum Ferramentas do Scrum Case da Fivecom Certificação Scrum
  • 4. O que é Scrum Manifesto Agil Surgiu em 2001 no encontro de profissionais da área nos EUA para discutir formas de melhorar o desempenho dos projetos. Embora cada um tivesse suas práticas de gerenciar projetos um pequeno conjunto de princípios sempre tinham sido respeitado quando ele obtiam sucesso nos projetos. O que é agilidade? • Um estado mental, não um conjunto de documentos, passos ou técnicas; • É mais atitude do que um processo, mais ambiente que uma metodologia; • Desenvolvimento iterativo; • Entregar produto com valor para o negócio, mais rápido e continuamente; • Garantir progresso real; • Abraçar mudanças; • Melhorar a comunicação entre negócios e TI; • Qualidade desde o início;
  • 5. O que é Scrum  É um framework interativo e incremental para gerenciar projetos que permite entregar um conjunto potencialmente utilizável a cada interação;  Scrum oferece agilidade para responder rapidamente as mudanças do projeto;  É o método mais popular no mundo do desenvolvimento ágil Scrum é compostas por equipes pequenas e multidisciplinares
  • 6. Agenda da apresentação O que é Scrum As pessoas do Scrum Visão do Negócio Planejamento com Scrum Ferramentas do Scrum Case da Fivecom Certificação Scrum
  • 7. As pessoas do Scrum Scrum Product Owner Scrum Master Equipe ou Time do projeto
  • 9. As pessoas do Scrum Visão do projeto
  • 10. As pessoas do Scrum Tomar decisões
  • 11. As pessoas do Scrum Definir o product backlog
  • 12. As pessoas do Scrum Validar as entregas da Sprint
  • 13. As pessoas do Scrum Conhecer as necessidades do negócio
  • 14. As pessoas do Scrum
  • 15. As pessoas do Scrum Permir que o time seja auto-gerenciável
  • 16. As pessoas do Scrum Garantir a comunicação
  • 17. As pessoas do Scrum Garantir e auxiliar o time nas praticas
  • 18. As pessoas do Scrum Remover impedimentos
  • 19. As pessoas do Scrum Proteger o time
  • 20. As pessoas do Scrum Facilitador
  • 21. As pessoas do Scrum
  • 22. As pessoas do Scrum Ajudar a Estimar
  • 23. As pessoas do Scrum Comprometimento nas entregas
  • 24. As pessoas do Scrum Garantir a entrega final do projeto
  • 25. As pessoas do Scrum Ser uma equipe multidisciplinar
  • 26. Agenda da apresentação O que é Scrum As pessoas do Scrum Visão do Produto Planejamento com Scrum Ferramentas do Scrum Case da Fivecom Certificação Scrum
  • 27. Visão do Produto Quem é o resposável?  O Product Owner é o responsável por criar a visão do produto  O Product Owner que compartilha essa visão com a equipe e o SM  O PO é responsável por refinar a visão com a equipe scrum  Ele é responsável pela visão estar alinhada com a estratégia da empresa Para uma visão ser considerada boa ela deve gerar uma atração emocional entre as pessoas e o produto ou serviço. Visão do Produto
  • 28. Visão do Produto Uma boa visão do produto é aquela que permace constante a medida que a implementação é frequentemente adaptada
  • 30. Visão do Produto Elevator Statement  For “Para” (target customer)  Who “Que” (statement of the need or opportunity)  The “O” (product name) is a “é um” (product category)  That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)  Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)  Our product “nosso produto” (statement of primary differentiation)
  • 31. Visão do Produto Elevator Statement  For “Para” (target customer)  Who “Que” (statement of the need or opportunity)  The “O” (product name) is a “é um” (product category)  That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)  Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)  Our product “nosso produto” (statement of primary differentiation)
  • 32. Visão do Produto Elevator Statement  For “Para” (target customer)  Who “Que” (statement of the need or opportunity)  The “O” (product name) is a “é um” (product category)  That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)  Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)  Our product “nosso produto” (statement of primary differentiation)
  • 33. Visão do Produto Elevator Statement  For “Para” (target customer)  Who “Que” (statement of the need or opportunity)  The “O” (product name) is a “é um” (product category)  That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)  Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)  Our product “nosso produto” (statement of primary differentiation)
  • 34. Visão do Produto Elevator Statement  For “Para” (target customer)  Who “Que” (statement of the need or opportunity)  The “O” (product name) is a “é um” (product category)  That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)  Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)  Our product “nosso produto” (statement of primary differentiation)
  • 35. Visão do Produto Elevator Statement  For “Para” (target customer)  Who “Que” (statement of the need or opportunity)  The “O” (product name) is a “é um” (product category)  That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)  Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)  Our product “nosso produto” (statement of primary differentiation)
  • 36. Visão do Produto Elevator Statement  For “Para” (target customer)  Who “Que” (statement of the need or opportunity)  The “O” (product name) is a “é um” (product category)  That “Que” (key benefit, compelling reason to buy)  Unlike “Ao contrário” (primary competitive alternative)  Our product “nosso produto” (statement of primary differentiation)
  • 37. Visão do Produto Elevator Statement Para atender aos analistas e desenvolvedores que precisam representar o interesses dos clientes que querem projetos ageis, a apresentação “Falando sobre Scrum” é uma aprensetação de 4h que ajuda os participantes a terem uma visão melhor sobre Scrum. Ao contrário de outras apresentações de outros palestrantes, nosso produto oferece uma visão geral do Scrum
  • 38. Agenda da apresentação O que é Scrum As pessoas do Scrum Visão do Produto Planejamento com Scrum Ferramentas do Scrum Case da Fivecom Certificação Scrum
  • 39. Planejamento com Scrum 1 2 3 1 Planning Meeting Sprint Review Sprint Retrospective 2 3
  • 40. Planejamento com Scrum Planning Meeting Feita a cada início da Sprint; Participantes: Product Owner, Scrum Master e Equipe; Dividida em duas partes: #1 – O Product owner detalha os itens prioritários do Product Backlog #2 – Os membros do time detalham cada item priorizado pelo Product Owner, planejando o que será feito na Sprint
  • 41. Planejamento com Scrum 1 2 3 1 Planning Meeting Sprint Review Sprint Retrospective 2 3
  • 42. Planejamento com Scrum Sprint Review Feita ao término da Sprint; É demonstrado o que foi feito na sprint; Sugestões podem ser feitas, cabendo ao Product Owner adicioná-las ao Product BackLog Participantes: Product Owner, Scrum Master e Equipe;
  • 43. Planejamento com Scrum 1 2 3 1 Planning Meeting Sprint Review Sprint Retrospective 2 3
  • 44. Planejamento com Scrum Sprint Retrospective Feita logo após a Sprint Review; É demonstrado o que foi bem na sprint e o que deve ser melhorado na próxima sprint; Participantes: Scrum Master e Equipe;
  • 45. Agenda da apresentação O que é Scrum As pessoas do Scrum Visão do Produto Planejamento com Scrum Ferramentas do Scrum Case da Fivecom Certificação Scrum
  • 46. Ferramentas do Scrum Product Backlog Sprint Backlog Gráfico de Burndown Sprint Quadro de Kanban
  • 47. Agenda da apresentação O que é Scrum As pessoas do Scrum Visão do Produto Planejamento com Scrum Ferramentas do Scrum Case da Fivecom Certificação Scrum
  • 48. Case da Fivecom Objetivo do projeto Desafios do projeto Resultados do projeto com a implantação do Scrum Pontos positivos e negativos na implantação do Scrum Fotos do projeto e da equipe
  • 49. Case da Fivecom Objetivo do projeto Desafios do projeto Resultados do projeto com a implantação do Scrum Pontos positivos e negativos na implantação do Scrum Fotos do projeto e da equipe
  • 50. Case da Fivecom Objetivo do projeto Para todas as pessoas que assistem televisão e que gostariam de ser lembradas do seus programas favoritos, o projeto Avvisa é um portal com a grade de programação de todos os canais abertos e pagos que ajuda a lembrar que horas o programa favorito irá passar. Ao contrário das páginas dos canais de tv, nosso produto oferece o sistema de lembretes via SMS, podendo o usuário agendar um SMS para ser enviado alguns minutos antes da exibição.
  • 51. Case da Fivecom Objetivo do projeto Desafios do projeto Resultados do projeto com a implantação do Scrum Pontos positivos e negativos na implantação do Scrum Fotos do projeto e da equipe
  • 52. Case da Fivecom Desafios do projeto • Desenvolver o projeto em menos de 2,5 meses • Fazer o projeto do Avvisa ser multiplataforma (internet, iphone, tv digital) • Homologar o serviço nas operadoras Claro e Vivo • Receber da Integradora o LA • Fazer toda a campanha de divulgação do avvisa • Finalizar o registro de patente do avvisa • Desenvolver o sistema do Iphone e o portal colaborativo
  • 53. Case da Fivecom Objetivo do projeto Desafios do projeto Resultados do projeto com a implantação do Scrum Pontos positivos e negativos na implantação do Scrum Fotos do projeto e da equipe
  • 54. Case da Fivecom Resultados do projeto com a implantação do Scrum • Projeto do portal e iphone foram desenvolvidos em 1,5 mês com 4 pessoas na equipe + 1 PO • O projeto do avvisa já está disponível nas plataformas web, desktop e iphone • Homologado o serviço nas operadoras Claro e Vivo • Liberado para usuários da operadora Claro • Recebemos o LA da integradora • Foi feito todo o projeto da campanha de divulgação • Foi finalizado o regitro de patente do avvisa
  • 59. Case da Fivecom Objetivo do projeto Desafios do projeto Resultados do projeto com a implantação do Scrum Pontos positivos e negativos na implantação do Scrum Fotos do projeto e da equipe
  • 60. Case da Fivecom Pontos positivos e negativos na implantação do Scrum Pontos negativos • Ter pessoas na equipe multidiciplinares • Ter pessoas na equipe autogerenciaveis • Problema quando o cliente não tem a visão bem definida do produto • Problema quando o cliente não faz o papel do PO Pontos positivos • Formação de equipe multidiciplinar • Maior foco da equipe no projeto • Agilidade no desenvolvimento do produto final • Produto é entregue em partes utilizaveis • Priorização das funcionalidades mais relevantes para o projeto • A visão do projeto é entendida mais claramente • Maior aproximação com o cliente
  • 61. Case da Fivecom Objetivo do projeto Desafios do projeto Resultados do projeto com a implantação do Scrum Pontos positivos e negativos na implantação do Scrum Fotos do projeto e da equipe
  • 66. Agenda da apresentação O que é Scrum As pessoas do Scrum Visão do Produto Planejamento com Scrum Ferramentas do Scrum Case da Fivecom Certificação Scrum
  • 67. Certificação Scrum Certified ScrumMaster Certified Scrum Product Owner Certified Scrum Practitioner Certified Scrum Coach Certified Scrum Trainer CSM ou CSPO Tenha participado ativamente do treinamento de 16hs da Scrum Alliance fornecido por um CST – profissional certificado pela Scrum Alliance para ministrar treinamentos de Scrum. CSP Tenha comprovado experiência de no minimo 1 ano em aplicação de Scrum em algum projeto de sucesso. CST Tenha comprovado grande experiência na aplicação de Scrum nos projetos e habilidade para treinar novos CSPO e CSM. CSC Tenha comprovado experiência real de sucesso em consultoria para equipes de Scrum

Notas do Editor

  1. Cria e compartilha a visão do projeto;
  2. Tomardecisõescontinuamentesobreositens do product backlog;
  3. Escrever e priorizaritens do product backlog;
  4. Validar as entregasa cada final de sprint;
  5. Conhecer as necessidadesdo clienteou do negócio;
  6. Permitirque o time seja auto-gerenciável;
  7. Garantira comunicaçãoaberta e franca;
  8. Garantir e auxiliaro time naspráticas do Scrum;
  9. Removerimpedimentos;
  10. Protegero time de interferênciasexternas;
  11. Facilitaras reuniõesdiárias;
  12. Ajudar a Estimaritens do Backlog;
  13. Ajudar a Estimaritens do Backlog;Garantir a entrega final do projeto
  14. Ajudar a Estimaritens do Backlog;
  15. Ajudar a Estimaritens do Backlog;
  16. Uma boa visão do produto é aquelaquepermaceconstante a medidaque a implementação é frequentementeadaptada
  17. No jargão empresarial uma declaração de elevador (ou elevatorpitch) é uma curta e concisa declaração convincente sobre uma empresa ou uma situação de negócios que podem ser entregues no tempo que leva para uma viagem de elevador imaginário. Pretende-se fazer uso de uma oportunidade tempo limitado para breve um gerente sênior, cliente ou potencial investidor. A declaração do elevador seria ensaiou e aprimorou a dar o máximo impacto. Alguém que pretenda lobby uma idéia ou caso poderia preparar uma declaração de elevador para apresentá-lo na luz melhor possível no menor tempo possível, sempre que a oportunidade surgiu
  18. Planning MeetingA cada início de Sprint, o time se reúne juntamente com o ProductOwner para definirem o que será feito durante a Sprint e sua meta. A esta reunião damos o nome de Planning Meeting.Ela é dividida em duas partes: na primeira parte, o ProductOwner detalha os itens prioritários do ProductBacklog para que o time consiga estimar o tamanho de cada item. Na segunda parte, os membros do time decompõem cada item em tarefas técnicas, estimando-as em horas de trabalho. Assim, a cada Sprint é feito o planejamento do que será feito, permitindo que alterações sejam feitas no ProductBacklog de acordo com a necessidade do cliente.
  19. SprintReviewAo término da Sprint, o time apresenta o que foi produzido na Sprint em uma reunião chamada SprintReview. A apresentação é feita no formato de demonstração e podem comparecer qualquer pessoa interessada. Sugestões podem ser feitas e cabe ao ProductOwner adicioná-las ao ProductBacklog ou não.Todos os membros do time participam da demonstração.
  20. SprintRetrospectiveLogo após a SprintReview ocorre uma reunião entre os membros do time para discutirem o que foi bem na Sprint e o que precisa ser melhorado para a próxima. Esta reunião chama-se SprintRetrospective, e participam todos os membros do time e mais o ScrumMaster – este como facilitador.Esta reunião é de extrema importância, pois é através dela que os membros do time conseguem aprimorar o processo e se aprimorar, individualmente.
  21. Um gráfico burn-down registra o tamanho do backlog do Sprint ao longo do Sprint. Durante a retrospectiva do sprint, o gráfico burn-down pode fornecer dados valiosos sobre como foi o sprint. Mike Sutton usa anotações para capturar mais dados no gráfico burn-down, tornando-o ainda mais útil durante a retrospectiva.Durante um sprint, o gráfico burn-down mantém o time e qualquer um que olhar para ele, informado sobre o tamanho do backlog do sprint atual e qual a velocidade do time. Idealmente, o gráfico deve cair de forma que atingirá o 'zero de trabalho restante' antes ou exatamente no final do sprint.