SlideShare uma empresa Scribd logo

Acompanhamento da PBMF em caso de Carcinoma Epidermóide em criança

F
F
FundectoFundecto

Acompanhamento da PBMF em caso de Carcinoma Epidermóide em criança

1 de 3
Baixar para ler offline
Acompanhamento da PBMF em caso
de Carcinoma Epidermóide em criança
Autores: Reinaldo Brito e Dias, Neide Pena Coto, Cleusa Aparecida
Campanini Geraldini e Ricardo César dos Reis
Introdução
O termo Carcinoma Mucoepidermóide
(CM) foi descrito, primeiramente, por
Stewart, Foote e Becker (1945), possui
etiologia desconhecida. Representam
de 6 a 9% das neoplasias das glândulas
salivares, principalmente das maiores.
Porém quando acomete glândulas menores
tem prevalência no palato. Podem ocorrer
principalmente em mandíbula de mulheres
de meia idade.
É uma das neoplasias malignas de glândula
salivar mais comum, com potencial
biológico altamente variável. Relacionado
ao seu grau histológico. possui diversas
variantes, incluindo esclerose, unicístico,
oncocístico, sebáceos, célula agressiva
global. Tem leve predileção pelo gênero
feminino; ampla variação etária, da segunda
até sétima década de vida. Raramente
ocorre na primeira década, no entanto, é
o tumor maligno de glândula salivar mais
comum em crianças. Sem distinção racial.
Quando observado clinicamente ele
apresenta aumento de volume na região
acometida, sua evolução é lenta
e assintomática. Pode apresentar
coloração azul e/ou vermelha,
edema, podendo ser confundido
com mucocele.
Apresenta características
histopatológicas descritas pela
Organização Mundial da Saúde
(OMS) como presença de células
escamosas e produtoras de muco.
Coram positivamente por mucina.
Relato do caso
Paciente,gênerofeminino,10anos,procurou
o Ambulatório de Prótese Bucomaxilofacial
da FOUSP para conduta protética. Sua
responsável relatou ter percebido uma
lesão nodular no palato, procurando
imediatamente um Cirurgião-Dentista. Este
realizou uma punção aspirativa e, com
base no conteúdo e aparência da lesão,
diagnosticou como mucocele. A paciente
foi então encaminhada para o tratamento.
Como o profissional não solicitou
tratamento de urgência, a responsável
pela paciente demorou nove meses para
procurar tratamento, em um serviço
público. Desta vez o profissional, baseado
no aspecto clínico da lesão, considerou
como hipótese diagnóstica o carcinoma
mucoepidermóide, encaminhando a
paciente para o atendimento da clínica de
Cirurgia Bucomaxilofacial. O diagnóstico
carcinoma mucoepidermiode de palato
foi confirmado. Foi realizada a excisão
cirúrgica do tumor. A sequela observada
foi comunicação bucosinusal na região
posterior esquerda do palato duro (Figura 1).
Figura 1 – Sequela da resseção cirúrgica do carcinoma
mucoepidermóide de palato
No Ambulatório de Prótese
Bucomaxilofacial , após anamnese, exame
clínico e confecção de modelo de estudo,
optou-se pela instalação de uma placa
palatina passando em ponte sobre a lesão,
com grampos de retenção (Figura 2), para
que o crescimento e desenvolvimento
da paciente possa ser acompanhado,
com constantes avaliações. O caso tem
seguimento bimestral, com observação da
estabilidade da placa (Figura 3).
Desde o controle pós-operatório, até o
momento, não há evidências de recidiva.
Considerações Finais
O tratamento do carcinoma
mucoepidermiode de palato, inicia-
se frequentemente com sua ressecção
cirurgíca, podendo apresentar recidiva
dependendo do grau de infiltração das
margens da lesão. A radioterapia pós
cirúrgica pode ser considerada.
Todos os estudos aqui relatados fazem
a importante afirmação que a ocorrência
do carcinoma mucoepidermoide devem
preferencialmente ser diagnosticados
o mais precoce possível, permitindo, na
maioria das vezes um prognostico mais
favorável
Este relato de caso clínico vem apontar
a importância do conhecimento das
patologiasorofaciaispeloCirurgiãoDentista
bem como o correto encaminhamento
e tratamento necessário nesses casos,
inclusive para a reabilitação protética
bucomaxilofacial, além da integração entre
os profissionais envolvidos.
Figura 2 – Placa palatina
Figura 3 – Paciente com a placa instalada e com acompanhamento em ambulatório
Referências
Bibliográficas 
Carvalho, JCM; Dias, RB; Mattos, BSC; André
M, Reabilitação Protética Craniomaxilofacial.
Fundamentos de Odontologia .São Paulo: Santos,
2013 168 p. 
EpsteinJB,HollenderL,PruzanSR. Mucoepidermoid
carcinoma in a young adult: recognition, diagnosis,
and treatment and responsibility. Gen Dent. 2004;
52:434-9.
 
Ghosh-Laskar S, Murthy V, Wadasadawala T,
AgarwalJ,BudrukkarA,PatilN,etal.Mucoepidermoid
carcinoma of the parotid gland: factors affecting
outcome. Head Neck. 2011; 33:497-503. 
Lee WH, Yoon JH. Mucoepidermoid carcinoma of
the hard palate: a rare cause of hypervascular tumor.
Yonsei Med J. 2003; 44:723-6. 
Munhoz Ede A, Cardoso CL, Tjioe KC, Sant’ana
E, Consolaro A, Damante JH, et al. Atypical clinical
manifestation of mucoepidermoid carcinoma in the
palate. Gen Dent. 2009; 57:e51-3. 
Neville BW, Damm DD, Allen CM, Bouquot J.
Patologia oral e maxilofacial. 3 ed. Rio de Janeiro:
Elsevier; 2009. p.489 – 92.
Pires FR, De Almeida OP, De Araujo VC,
Kowalski LP. Prognostic factors in head and neck
mucoepidermoid carcinoma. Arch Otolaryngol
Head Neck Surg. 2004; 130:174-80. 
Terada T, Ikeuchi S, Inomoto C, Shimamura
K. Mucoepidermoid carcinoma of the palate
composed exclusively of clear cells (clear cell
variant). Virchows Arch. 2004; 445:541-3. 
ZiniM,MoreschiE,TrentoCL,GottardoVD,Zardetto
Jr R, Aleixo T R de C. Carcinoma mucoepidermóide
em palato: relato de caso. Rev Cir Traumatol Buco-
Maxilo-Fac 2010;10(1):57-62.

Recomendados

1.tumores em cabeça e pescoço
1.tumores em cabeça e pescoço1.tumores em cabeça e pescoço
1.tumores em cabeça e pescoçoGlauson Chaves
 
Dr. Claudio Casali: "Oncologia na Era da medicina personalizada".
Dr. Claudio Casali: "Oncologia na Era da medicina personalizada".Dr. Claudio Casali: "Oncologia na Era da medicina personalizada".
Dr. Claudio Casali: "Oncologia na Era da medicina personalizada".Academia Nacional de Medicina
 
Painel ufpr sb pq_o 2013allana pivovar
Painel ufpr sb pq_o 2013allana pivovarPainel ufpr sb pq_o 2013allana pivovar
Painel ufpr sb pq_o 2013allana pivovarPET - Odontologia UFPR
 
CâNcer De CabeçA E PescoçO VariáVeis De Resposta Ao Tratamento E BenefíCio D...
CâNcer De CabeçA E PescoçO  VariáVeis De Resposta Ao Tratamento E BenefíCio D...CâNcer De CabeçA E PescoçO  VariáVeis De Resposta Ao Tratamento E BenefíCio D...
CâNcer De CabeçA E PescoçO VariáVeis De Resposta Ao Tratamento E BenefíCio D...Carlos Frederico Pinto
 
Surta,+estima v14n1 21-28
Surta,+estima v14n1 21-28Surta,+estima v14n1 21-28
Surta,+estima v14n1 21-28kratos8
 
36 clínica e epidemiologia dos tumores de cabeça e pescoço
36   clínica e epidemiologia dos tumores de cabeça e pescoço36   clínica e epidemiologia dos tumores de cabeça e pescoço
36 clínica e epidemiologia dos tumores de cabeça e pescoçoONCOcare
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

15113 article-198471-1-10-20210516
15113 article-198471-1-10-2021051615113 article-198471-1-10-20210516
15113 article-198471-1-10-20210516kratos8
 
Um caso de meduloblastoma e piora neurológica tardia
Um caso de meduloblastoma e piora neurológica tardiaUm caso de meduloblastoma e piora neurológica tardia
Um caso de meduloblastoma e piora neurológica tardiaFrancisco H C Felix
 
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Patricia Prolla (pt.2)
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Patricia Prolla (pt.2)7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Patricia Prolla (pt.2)
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Patricia Prolla (pt.2)Oncoguia
 
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unit
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unitAllan artigo 2013 rev ctbmf patologia unit
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unitAllan Ulisses
 
Detecção do genoma de hpv em pacientes com carcinoma espino celular da laring...
Detecção do genoma de hpv em pacientes com carcinoma espino celular da laring...Detecção do genoma de hpv em pacientes com carcinoma espino celular da laring...
Detecção do genoma de hpv em pacientes com carcinoma espino celular da laring...Safia Naser
 
Câncer de Cabeça e Pescoço
Câncer de Cabeça e PescoçoCâncer de Cabeça e Pescoço
Câncer de Cabeça e PescoçoOncoguia
 
7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Teresa Cristina Cardoso Fonseca
7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Teresa Cristina Cardoso Fonseca7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Teresa Cristina Cardoso Fonseca
7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Teresa Cristina Cardoso FonsecaOncoguia
 
Artigo avaliação do pé dabetico
Artigo avaliação do pé dabetico Artigo avaliação do pé dabetico
Artigo avaliação do pé dabetico Johannes Oliveira
 
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira casaamofraterno
 
Moises definitivo
Moises definitivoMoises definitivo
Moises definitivomsesemoi
 
Palestra da Letícia, da Oncotag, no VIII Siminove - Belo Horizonte
Palestra da Letícia, da Oncotag, no VIII Siminove - Belo HorizontePalestra da Letícia, da Oncotag, no VIII Siminove - Belo Horizonte
Palestra da Letícia, da Oncotag, no VIII Siminove - Belo HorizonteSistema Mineiro de Inovação
 
Alterações genética em câncer de cabeça e pescoço
Alterações genética em câncer de cabeça e pescoçoAlterações genética em câncer de cabeça e pescoço
Alterações genética em câncer de cabeça e pescoçoGlauson Chaves
 

Mais procurados (20)

Alterações em boca em pacientes portadores de leucemia
Alterações em boca em pacientes portadores de leucemia Alterações em boca em pacientes portadores de leucemia
Alterações em boca em pacientes portadores de leucemia
 
15113 article-198471-1-10-20210516
15113 article-198471-1-10-2021051615113 article-198471-1-10-20210516
15113 article-198471-1-10-20210516
 
Um caso de meduloblastoma e piora neurológica tardia
Um caso de meduloblastoma e piora neurológica tardiaUm caso de meduloblastoma e piora neurológica tardia
Um caso de meduloblastoma e piora neurológica tardia
 
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Patricia Prolla (pt.2)
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Patricia Prolla (pt.2)7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Patricia Prolla (pt.2)
7º Fórum Oncoguia - 28/06/2017 - Patricia Prolla (pt.2)
 
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unit
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unitAllan artigo 2013 rev ctbmf patologia unit
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unit
 
Detecção do genoma de hpv em pacientes com carcinoma espino celular da laring...
Detecção do genoma de hpv em pacientes com carcinoma espino celular da laring...Detecção do genoma de hpv em pacientes com carcinoma espino celular da laring...
Detecção do genoma de hpv em pacientes com carcinoma espino celular da laring...
 
Câncer de Cabeça e Pescoço
Câncer de Cabeça e PescoçoCâncer de Cabeça e Pescoço
Câncer de Cabeça e Pescoço
 
7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Teresa Cristina Cardoso Fonseca
7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Teresa Cristina Cardoso Fonseca7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Teresa Cristina Cardoso Fonseca
7º Fórum Oncoguia - 27/06/2017 - Teresa Cristina Cardoso Fonseca
 
HPV Bucal - aspectos atuais com o carcinoma epidermóide
HPV Bucal - aspectos atuais com o carcinoma epidermóideHPV Bucal - aspectos atuais com o carcinoma epidermóide
HPV Bucal - aspectos atuais com o carcinoma epidermóide
 
Onco
OncoOnco
Onco
 
Artigo avaliação do pé dabetico
Artigo avaliação do pé dabetico Artigo avaliação do pé dabetico
Artigo avaliação do pé dabetico
 
Cancer
CancerCancer
Cancer
 
Otimização dos métodos de imagem
Otimização dos métodos de imagemOtimização dos métodos de imagem
Otimização dos métodos de imagem
 
Aula Basica Oncologia
Aula Basica OncologiaAula Basica Oncologia
Aula Basica Oncologia
 
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira
Oncologia - Dr. Carlos A.S. Ferreira
 
Moises definitivo
Moises definitivoMoises definitivo
Moises definitivo
 
Palestra da Letícia, da Oncotag, no VIII Siminove - Belo Horizonte
Palestra da Letícia, da Oncotag, no VIII Siminove - Belo HorizontePalestra da Letícia, da Oncotag, no VIII Siminove - Belo Horizonte
Palestra da Letícia, da Oncotag, no VIII Siminove - Belo Horizonte
 
Carcinoma Epidermóide
Carcinoma EpidermóideCarcinoma Epidermóide
Carcinoma Epidermóide
 
024
024024
024
 
Alterações genética em câncer de cabeça e pescoço
Alterações genética em câncer de cabeça e pescoçoAlterações genética em câncer de cabeça e pescoço
Alterações genética em câncer de cabeça e pescoço
 

Destaque

atendimento de Bebes com Fissura Labio Palatina
atendimento de Bebes com Fissura Labio Palatinaatendimento de Bebes com Fissura Labio Palatina
atendimento de Bebes com Fissura Labio PalatinaFlavio Salomao-Miranda
 
Fenda palatina, ll e fistula traqueoesofagica
Fenda palatina, ll e fistula traqueoesofagicaFenda palatina, ll e fistula traqueoesofagica
Fenda palatina, ll e fistula traqueoesofagicaSolange Giaretta
 
Fissura lábio palatina
Fissura lábio palatina Fissura lábio palatina
Fissura lábio palatina Adhonias Moura
 
Contribuição para o estudo do trauma bucomaxilofacial em
Contribuição para o estudo do trauma bucomaxilofacial emContribuição para o estudo do trauma bucomaxilofacial em
Contribuição para o estudo do trauma bucomaxilofacial emClaudio Fleig
 
Válvula de uretra posterior
Válvula de uretra posteriorVálvula de uretra posterior
Válvula de uretra posteriorUrovideo.org
 
Influência das dimensões craniofaciais e orais no de tratamento de aparelhos ...
Influência das dimensões craniofaciais e orais no de tratamento de aparelhos ...Influência das dimensões craniofaciais e orais no de tratamento de aparelhos ...
Influência das dimensões craniofaciais e orais no de tratamento de aparelhos ...lya Botler
 
Fissura Labiopalatina
Fissura LabiopalatinaFissura Labiopalatina
Fissura Labiopalatinahyguer
 
Bifosfonatos e osteonecrose
Bifosfonatos e osteonecroseBifosfonatos e osteonecrose
Bifosfonatos e osteonecroseSobracid Eap
 
Cefalometria dr. huete 025
Cefalometria     dr. huete 025Cefalometria     dr. huete 025
Cefalometria dr. huete 025Rigoberto Huete
 
Valvulas de uretra posterior
Valvulas de uretra posteriorValvulas de uretra posterior
Valvulas de uretra posteriorNoé Morales
 
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)Adriana Bonadia dos Santos
 

Destaque (20)

Prótese para Fissura Palatina
Prótese para Fissura PalatinaPrótese para Fissura Palatina
Prótese para Fissura Palatina
 
Prótese Para Paciente com Fissura de Palato
Prótese Para Paciente com Fissura de PalatoPrótese Para Paciente com Fissura de Palato
Prótese Para Paciente com Fissura de Palato
 
atendimento de Bebes com Fissura Labio Palatina
atendimento de Bebes com Fissura Labio Palatinaatendimento de Bebes com Fissura Labio Palatina
atendimento de Bebes com Fissura Labio Palatina
 
Fenda palatina, ll e fistula traqueoesofagica
Fenda palatina, ll e fistula traqueoesofagicaFenda palatina, ll e fistula traqueoesofagica
Fenda palatina, ll e fistula traqueoesofagica
 
Fissura lábio palatina
Fissura lábio palatina Fissura lábio palatina
Fissura lábio palatina
 
Válvula de uretra posterior
Válvula de uretra posteriorVálvula de uretra posterior
Válvula de uretra posterior
 
Contribuição para o estudo do trauma bucomaxilofacial em
Contribuição para o estudo do trauma bucomaxilofacial emContribuição para o estudo do trauma bucomaxilofacial em
Contribuição para o estudo do trauma bucomaxilofacial em
 
Válvula de uretra posterior
Válvula de uretra posteriorVálvula de uretra posterior
Válvula de uretra posterior
 
Influência das dimensões craniofaciais e orais no de tratamento de aparelhos ...
Influência das dimensões craniofaciais e orais no de tratamento de aparelhos ...Influência das dimensões craniofaciais e orais no de tratamento de aparelhos ...
Influência das dimensões craniofaciais e orais no de tratamento de aparelhos ...
 
Fissura Labiopalatina
Fissura LabiopalatinaFissura Labiopalatina
Fissura Labiopalatina
 
Bifosfonatos e osteonecrose
Bifosfonatos e osteonecroseBifosfonatos e osteonecrose
Bifosfonatos e osteonecrose
 
Células tronco aula
Células tronco aulaCélulas tronco aula
Células tronco aula
 
Caxumba
CaxumbaCaxumba
Caxumba
 
Fimose e hipospádia
Fimose e hipospádiaFimose e hipospádia
Fimose e hipospádia
 
Cefalometria dr. huete 025
Cefalometria     dr. huete 025Cefalometria     dr. huete 025
Cefalometria dr. huete 025
 
Valvulas de uretra posterior
Valvulas de uretra posteriorValvulas de uretra posterior
Valvulas de uretra posterior
 
Labio leporino
Labio leporinoLabio leporino
Labio leporino
 
Caxumba
CaxumbaCaxumba
Caxumba
 
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
 
Trabalho Caxumba Slaides
Trabalho Caxumba SlaidesTrabalho Caxumba Slaides
Trabalho Caxumba Slaides
 

Semelhante a Acompanhamento da PBMF em caso de Carcinoma Epidermóide em criança

carcinoma espinocelular
carcinoma espinocelularcarcinoma espinocelular
carcinoma espinocelularJoão Olivato
 
rafaella-feitosa-guimar-es.pdf
rafaella-feitosa-guimar-es.pdfrafaella-feitosa-guimar-es.pdf
rafaella-feitosa-guimar-es.pdfMaianaSantos12
 
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASOCUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASOJonathan Sampaio
 
Diagnóstico e tratamento do câncer de mama
Diagnóstico e tratamento do câncer de mamaDiagnóstico e tratamento do câncer de mama
Diagnóstico e tratamento do câncer de mamaOPERAGATEAU
 
Lesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterinoLesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterinoitsufpr
 
Preservação da fertilidade em homens jovens com câncer: conceitos atuais e fu...
Preservação da fertilidade em homens jovens com câncer: conceitos atuais e fu...Preservação da fertilidade em homens jovens com câncer: conceitos atuais e fu...
Preservação da fertilidade em homens jovens com câncer: conceitos atuais e fu...Conrado Alvarenga
 
Congresso Anual ASRM 2014: melhores aulas
Congresso Anual ASRM 2014: melhores aulasCongresso Anual ASRM 2014: melhores aulas
Congresso Anual ASRM 2014: melhores aulasRenato Tomioka, MD
 
Clube de Revista CBC com Margens.pdf
Clube de Revista CBC com Margens.pdfClube de Revista CBC com Margens.pdf
Clube de Revista CBC com Margens.pdfBrunno Rosique
 
Câncer de mama e incapacidade laboral
Câncer de mama e incapacidade laboralCâncer de mama e incapacidade laboral
Câncer de mama e incapacidade laboralEstúdio Site Ltda
 
TC - RELATO DE CASO - ADENOMA PLEOMÓRFICO.pptx
TC - RELATO DE CASO - ADENOMA PLEOMÓRFICO.pptxTC - RELATO DE CASO - ADENOMA PLEOMÓRFICO.pptx
TC - RELATO DE CASO - ADENOMA PLEOMÓRFICO.pptxHygor Malheiros
 
Allan artigo 2013 spemd
Allan artigo 2013 spemdAllan artigo 2013 spemd
Allan artigo 2013 spemdAllan Ulisses
 
Resenha critica sobre resonancia magnetica pronto para enviar
Resenha critica sobre resonancia magnetica pronto para enviarResenha critica sobre resonancia magnetica pronto para enviar
Resenha critica sobre resonancia magnetica pronto para enviarElanne Cristina
 
Resposta celso caso hospital aliança pps red 09 2012
Resposta celso caso hospital aliança pps red 09 2012Resposta celso caso hospital aliança pps red 09 2012
Resposta celso caso hospital aliança pps red 09 2012Celso Silva
 
Carcinogenese as bases moleculares do cancer
Carcinogenese as bases moleculares do cancerCarcinogenese as bases moleculares do cancer
Carcinogenese as bases moleculares do cancerVirgínia L. Sousa
 
Fibroadenoma x Tu phylodes_como diferenciar.pdf
Fibroadenoma x Tu phylodes_como diferenciar.pdfFibroadenoma x Tu phylodes_como diferenciar.pdf
Fibroadenoma x Tu phylodes_como diferenciar.pdfCristina Costa
 

Semelhante a Acompanhamento da PBMF em caso de Carcinoma Epidermóide em criança (20)

carcinoma espinocelular
carcinoma espinocelularcarcinoma espinocelular
carcinoma espinocelular
 
Mixoma Odontogênico - Relato de caso
Mixoma Odontogênico - Relato de casoMixoma Odontogênico - Relato de caso
Mixoma Odontogênico - Relato de caso
 
rafaella-feitosa-guimar-es.pdf
rafaella-feitosa-guimar-es.pdfrafaella-feitosa-guimar-es.pdf
rafaella-feitosa-guimar-es.pdf
 
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASOCUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
 
Diagnóstico e tratamento do câncer de mama
Diagnóstico e tratamento do câncer de mamaDiagnóstico e tratamento do câncer de mama
Diagnóstico e tratamento do câncer de mama
 
Lesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterinoLesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterino
 
Preservação da fertilidade em homens jovens com câncer: conceitos atuais e fu...
Preservação da fertilidade em homens jovens com câncer: conceitos atuais e fu...Preservação da fertilidade em homens jovens com câncer: conceitos atuais e fu...
Preservação da fertilidade em homens jovens com câncer: conceitos atuais e fu...
 
Anais - I SPEED
Anais - I SPEEDAnais - I SPEED
Anais - I SPEED
 
Congresso Anual ASRM 2014: melhores aulas
Congresso Anual ASRM 2014: melhores aulasCongresso Anual ASRM 2014: melhores aulas
Congresso Anual ASRM 2014: melhores aulas
 
Clube de Revista CBC com Margens.pdf
Clube de Revista CBC com Margens.pdfClube de Revista CBC com Margens.pdf
Clube de Revista CBC com Margens.pdf
 
Câncer de mama e incapacidade laboral
Câncer de mama e incapacidade laboralCâncer de mama e incapacidade laboral
Câncer de mama e incapacidade laboral
 
TC - RELATO DE CASO - ADENOMA PLEOMÓRFICO.pptx
TC - RELATO DE CASO - ADENOMA PLEOMÓRFICO.pptxTC - RELATO DE CASO - ADENOMA PLEOMÓRFICO.pptx
TC - RELATO DE CASO - ADENOMA PLEOMÓRFICO.pptx
 
Allan artigo 2013 spemd
Allan artigo 2013 spemdAllan artigo 2013 spemd
Allan artigo 2013 spemd
 
Resenha critica sobre resonancia magnetica pronto para enviar
Resenha critica sobre resonancia magnetica pronto para enviarResenha critica sobre resonancia magnetica pronto para enviar
Resenha critica sobre resonancia magnetica pronto para enviar
 
Apresentação-1.pptx
Apresentação-1.pptxApresentação-1.pptx
Apresentação-1.pptx
 
Endo 2018 1
Endo 2018 1Endo 2018 1
Endo 2018 1
 
Apresentação.pptx
Apresentação.pptxApresentação.pptx
Apresentação.pptx
 
Resposta celso caso hospital aliança pps red 09 2012
Resposta celso caso hospital aliança pps red 09 2012Resposta celso caso hospital aliança pps red 09 2012
Resposta celso caso hospital aliança pps red 09 2012
 
Carcinogenese as bases moleculares do cancer
Carcinogenese as bases moleculares do cancerCarcinogenese as bases moleculares do cancer
Carcinogenese as bases moleculares do cancer
 
Fibroadenoma x Tu phylodes_como diferenciar.pdf
Fibroadenoma x Tu phylodes_como diferenciar.pdfFibroadenoma x Tu phylodes_como diferenciar.pdf
Fibroadenoma x Tu phylodes_como diferenciar.pdf
 

Mais de Fundecto

Bases legais da Odontologia do Trabalho
Bases legais da Odontologia do TrabalhoBases legais da Odontologia do Trabalho
Bases legais da Odontologia do TrabalhoFundecto
 
ORTODONTIA INTERCEPTATIVA: CORREÇAO DA MORDIDA CRUZADA ANTERIOR DENTÁRIA
ORTODONTIA INTERCEPTATIVA: CORREÇAO DA MORDIDA CRUZADA ANTERIOR DENTÁRIAORTODONTIA INTERCEPTATIVA: CORREÇAO DA MORDIDA CRUZADA ANTERIOR DENTÁRIA
ORTODONTIA INTERCEPTATIVA: CORREÇAO DA MORDIDA CRUZADA ANTERIOR DENTÁRIAFundecto
 
COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA COLOCAÇÃO DE PIERCINGS EM CAVIDADE ORAL – RELATO ...
COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA COLOCAÇÃO DE PIERCINGS EM CAVIDADE ORAL – RELATO ...COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA COLOCAÇÃO DE PIERCINGS EM CAVIDADE ORAL – RELATO ...
COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA COLOCAÇÃO DE PIERCINGS EM CAVIDADE ORAL – RELATO ...Fundecto
 
Protetor Facial para Esportes: Relato de Caso
Protetor Facial para Esportes: Relato de CasoProtetor Facial para Esportes: Relato de Caso
Protetor Facial para Esportes: Relato de CasoFundecto
 
Mantenedor de Espaço Estético-Funcional em Odontopediatria - Prótese Fixa ...
Mantenedor de Espaço Estético-Funcional em Odontopediatria - Prótese Fixa ...Mantenedor de Espaço Estético-Funcional em Odontopediatria - Prótese Fixa ...
Mantenedor de Espaço Estético-Funcional em Odontopediatria - Prótese Fixa ...Fundecto
 
A importância de se repor dentes perdidos – Descrição de caso - FFO
A importância de se repor dentes perdidos – Descrição de caso - FFOA importância de se repor dentes perdidos – Descrição de caso - FFO
A importância de se repor dentes perdidos – Descrição de caso - FFOFundecto
 
Alternativa para remoção de instrumento fraturado – Descrição de caso - FFO
Alternativa para remoção de instrumento fraturado – Descrição de caso - FFO Alternativa para remoção de instrumento fraturado – Descrição de caso - FFO
Alternativa para remoção de instrumento fraturado – Descrição de caso - FFO Fundecto
 

Mais de Fundecto (7)

Bases legais da Odontologia do Trabalho
Bases legais da Odontologia do TrabalhoBases legais da Odontologia do Trabalho
Bases legais da Odontologia do Trabalho
 
ORTODONTIA INTERCEPTATIVA: CORREÇAO DA MORDIDA CRUZADA ANTERIOR DENTÁRIA
ORTODONTIA INTERCEPTATIVA: CORREÇAO DA MORDIDA CRUZADA ANTERIOR DENTÁRIAORTODONTIA INTERCEPTATIVA: CORREÇAO DA MORDIDA CRUZADA ANTERIOR DENTÁRIA
ORTODONTIA INTERCEPTATIVA: CORREÇAO DA MORDIDA CRUZADA ANTERIOR DENTÁRIA
 
COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA COLOCAÇÃO DE PIERCINGS EM CAVIDADE ORAL – RELATO ...
COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA COLOCAÇÃO DE PIERCINGS EM CAVIDADE ORAL – RELATO ...COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA COLOCAÇÃO DE PIERCINGS EM CAVIDADE ORAL – RELATO ...
COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA COLOCAÇÃO DE PIERCINGS EM CAVIDADE ORAL – RELATO ...
 
Protetor Facial para Esportes: Relato de Caso
Protetor Facial para Esportes: Relato de CasoProtetor Facial para Esportes: Relato de Caso
Protetor Facial para Esportes: Relato de Caso
 
Mantenedor de Espaço Estético-Funcional em Odontopediatria - Prótese Fixa ...
Mantenedor de Espaço Estético-Funcional em Odontopediatria - Prótese Fixa ...Mantenedor de Espaço Estético-Funcional em Odontopediatria - Prótese Fixa ...
Mantenedor de Espaço Estético-Funcional em Odontopediatria - Prótese Fixa ...
 
A importância de se repor dentes perdidos – Descrição de caso - FFO
A importância de se repor dentes perdidos – Descrição de caso - FFOA importância de se repor dentes perdidos – Descrição de caso - FFO
A importância de se repor dentes perdidos – Descrição de caso - FFO
 
Alternativa para remoção de instrumento fraturado – Descrição de caso - FFO
Alternativa para remoção de instrumento fraturado – Descrição de caso - FFO Alternativa para remoção de instrumento fraturado – Descrição de caso - FFO
Alternativa para remoção de instrumento fraturado – Descrição de caso - FFO
 

Último

ciências morfo sistema imune e hematologico
ciências morfo sistema imune e hematologicociências morfo sistema imune e hematologico
ciências morfo sistema imune e hematologicopamelacastro71
 
amazonicarosa-com-br-pv2-pvlippgkvlafafi3vjd86d1-240107103257-661a7832.pdf
amazonicarosa-com-br-pv2-pvlippgkvlafafi3vjd86d1-240107103257-661a7832.pdfamazonicarosa-com-br-pv2-pvlippgkvlafafi3vjd86d1-240107103257-661a7832.pdf
amazonicarosa-com-br-pv2-pvlippgkvlafafi3vjd86d1-240107103257-661a7832.pdfdaianebarbosaribeiro
 
COMO PREVENIR A DENGUE: ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO
COMO PREVENIR A DENGUE: ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃOCOMO PREVENIR A DENGUE: ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO
COMO PREVENIR A DENGUE: ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃOMr. Johnny Bispo
 
Como prevenir a queda no seu cabelo|queda nunca mais!
Como prevenir a queda no seu cabelo|queda nunca mais!Como prevenir a queda no seu cabelo|queda nunca mais!
Como prevenir a queda no seu cabelo|queda nunca mais!lojadropch
 
2.Gardner - Anatomia.pdf
2.Gardner - Anatomia.pdf2.Gardner - Anatomia.pdf
2.Gardner - Anatomia.pdfBrunnaHolanda
 
Como diminuir a diabetes rapidamente de forma natural
Como diminuir a diabetes rapidamente de forma naturalComo diminuir a diabetes rapidamente de forma natural
Como diminuir a diabetes rapidamente de forma naturalsauljunior
 
Vencendo a Depressão: Um Guia para a Recuperação
Vencendo a Depressão: Um Guia para a RecuperaçãoVencendo a Depressão: Um Guia para a Recuperação
Vencendo a Depressão: Um Guia para a Recuperaçãodouglasmeira456
 

Último (7)

ciências morfo sistema imune e hematologico
ciências morfo sistema imune e hematologicociências morfo sistema imune e hematologico
ciências morfo sistema imune e hematologico
 
amazonicarosa-com-br-pv2-pvlippgkvlafafi3vjd86d1-240107103257-661a7832.pdf
amazonicarosa-com-br-pv2-pvlippgkvlafafi3vjd86d1-240107103257-661a7832.pdfamazonicarosa-com-br-pv2-pvlippgkvlafafi3vjd86d1-240107103257-661a7832.pdf
amazonicarosa-com-br-pv2-pvlippgkvlafafi3vjd86d1-240107103257-661a7832.pdf
 
COMO PREVENIR A DENGUE: ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO
COMO PREVENIR A DENGUE: ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃOCOMO PREVENIR A DENGUE: ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO
COMO PREVENIR A DENGUE: ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO
 
Como prevenir a queda no seu cabelo|queda nunca mais!
Como prevenir a queda no seu cabelo|queda nunca mais!Como prevenir a queda no seu cabelo|queda nunca mais!
Como prevenir a queda no seu cabelo|queda nunca mais!
 
2.Gardner - Anatomia.pdf
2.Gardner - Anatomia.pdf2.Gardner - Anatomia.pdf
2.Gardner - Anatomia.pdf
 
Como diminuir a diabetes rapidamente de forma natural
Como diminuir a diabetes rapidamente de forma naturalComo diminuir a diabetes rapidamente de forma natural
Como diminuir a diabetes rapidamente de forma natural
 
Vencendo a Depressão: Um Guia para a Recuperação
Vencendo a Depressão: Um Guia para a RecuperaçãoVencendo a Depressão: Um Guia para a Recuperação
Vencendo a Depressão: Um Guia para a Recuperação
 

Acompanhamento da PBMF em caso de Carcinoma Epidermóide em criança

  • 1. Acompanhamento da PBMF em caso de Carcinoma Epidermóide em criança Autores: Reinaldo Brito e Dias, Neide Pena Coto, Cleusa Aparecida Campanini Geraldini e Ricardo César dos Reis Introdução O termo Carcinoma Mucoepidermóide (CM) foi descrito, primeiramente, por Stewart, Foote e Becker (1945), possui etiologia desconhecida. Representam de 6 a 9% das neoplasias das glândulas salivares, principalmente das maiores. Porém quando acomete glândulas menores tem prevalência no palato. Podem ocorrer principalmente em mandíbula de mulheres de meia idade. É uma das neoplasias malignas de glândula salivar mais comum, com potencial biológico altamente variável. Relacionado ao seu grau histológico. possui diversas variantes, incluindo esclerose, unicístico, oncocístico, sebáceos, célula agressiva global. Tem leve predileção pelo gênero feminino; ampla variação etária, da segunda até sétima década de vida. Raramente ocorre na primeira década, no entanto, é o tumor maligno de glândula salivar mais comum em crianças. Sem distinção racial. Quando observado clinicamente ele apresenta aumento de volume na região acometida, sua evolução é lenta e assintomática. Pode apresentar coloração azul e/ou vermelha, edema, podendo ser confundido com mucocele. Apresenta características histopatológicas descritas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como presença de células escamosas e produtoras de muco. Coram positivamente por mucina. Relato do caso Paciente,gênerofeminino,10anos,procurou o Ambulatório de Prótese Bucomaxilofacial da FOUSP para conduta protética. Sua responsável relatou ter percebido uma lesão nodular no palato, procurando imediatamente um Cirurgião-Dentista. Este realizou uma punção aspirativa e, com base no conteúdo e aparência da lesão, diagnosticou como mucocele. A paciente foi então encaminhada para o tratamento. Como o profissional não solicitou tratamento de urgência, a responsável pela paciente demorou nove meses para procurar tratamento, em um serviço público. Desta vez o profissional, baseado no aspecto clínico da lesão, considerou como hipótese diagnóstica o carcinoma mucoepidermóide, encaminhando a paciente para o atendimento da clínica de Cirurgia Bucomaxilofacial. O diagnóstico carcinoma mucoepidermiode de palato foi confirmado. Foi realizada a excisão cirúrgica do tumor. A sequela observada foi comunicação bucosinusal na região posterior esquerda do palato duro (Figura 1). Figura 1 – Sequela da resseção cirúrgica do carcinoma mucoepidermóide de palato
  • 2. No Ambulatório de Prótese Bucomaxilofacial , após anamnese, exame clínico e confecção de modelo de estudo, optou-se pela instalação de uma placa palatina passando em ponte sobre a lesão, com grampos de retenção (Figura 2), para que o crescimento e desenvolvimento da paciente possa ser acompanhado, com constantes avaliações. O caso tem seguimento bimestral, com observação da estabilidade da placa (Figura 3). Desde o controle pós-operatório, até o momento, não há evidências de recidiva. Considerações Finais O tratamento do carcinoma mucoepidermiode de palato, inicia- se frequentemente com sua ressecção cirurgíca, podendo apresentar recidiva dependendo do grau de infiltração das margens da lesão. A radioterapia pós cirúrgica pode ser considerada. Todos os estudos aqui relatados fazem a importante afirmação que a ocorrência do carcinoma mucoepidermoide devem preferencialmente ser diagnosticados o mais precoce possível, permitindo, na maioria das vezes um prognostico mais favorável Este relato de caso clínico vem apontar a importância do conhecimento das patologiasorofaciaispeloCirurgiãoDentista bem como o correto encaminhamento e tratamento necessário nesses casos, inclusive para a reabilitação protética bucomaxilofacial, além da integração entre os profissionais envolvidos. Figura 2 – Placa palatina Figura 3 – Paciente com a placa instalada e com acompanhamento em ambulatório
  • 3. Referências Bibliográficas  Carvalho, JCM; Dias, RB; Mattos, BSC; André M, Reabilitação Protética Craniomaxilofacial. Fundamentos de Odontologia .São Paulo: Santos, 2013 168 p.  EpsteinJB,HollenderL,PruzanSR. Mucoepidermoid carcinoma in a young adult: recognition, diagnosis, and treatment and responsibility. Gen Dent. 2004; 52:434-9.   Ghosh-Laskar S, Murthy V, Wadasadawala T, AgarwalJ,BudrukkarA,PatilN,etal.Mucoepidermoid carcinoma of the parotid gland: factors affecting outcome. Head Neck. 2011; 33:497-503.  Lee WH, Yoon JH. Mucoepidermoid carcinoma of the hard palate: a rare cause of hypervascular tumor. Yonsei Med J. 2003; 44:723-6.  Munhoz Ede A, Cardoso CL, Tjioe KC, Sant’ana E, Consolaro A, Damante JH, et al. Atypical clinical manifestation of mucoepidermoid carcinoma in the palate. Gen Dent. 2009; 57:e51-3.  Neville BW, Damm DD, Allen CM, Bouquot J. Patologia oral e maxilofacial. 3 ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2009. p.489 – 92. Pires FR, De Almeida OP, De Araujo VC, Kowalski LP. Prognostic factors in head and neck mucoepidermoid carcinoma. Arch Otolaryngol Head Neck Surg. 2004; 130:174-80.  Terada T, Ikeuchi S, Inomoto C, Shimamura K. Mucoepidermoid carcinoma of the palate composed exclusively of clear cells (clear cell variant). Virchows Arch. 2004; 445:541-3.  ZiniM,MoreschiE,TrentoCL,GottardoVD,Zardetto Jr R, Aleixo T R de C. Carcinoma mucoepidermóide em palato: relato de caso. Rev Cir Traumatol Buco- Maxilo-Fac 2010;10(1):57-62.