SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 36
Prof. Esp. Darlan Campos
Historiador (UFES),
Professor Universitário e
Diretor Executivo da DC Consultoria e Marketing Político
www.omarketingpolitico.com.br
Serra
2014
O que é criado a partir do processo de

aprendizado ou da interpretação de dados
e informações.
O conhecimento é próprio das pessoas e
é criado num processo mental complexo
ainda não completamente desvendado.
O conhecimento não existe apenas na
“cabeça das pessoas”.
2
Explícito – Presente nas diversas forma de

representação: documentos, livros, etc.
Implícito – O que está na nossa cabeça,
mas que pode ser explicitado.
Exemplo: para ir para a Faculdade é só.....

Tácito – Conhecimento subjetivo,

interiorizado nas pessoas e que é muito
difícil de ser explicitado e transmitido.

Exemplo: eu sei ir, mas não sei explicar com

chegar lá.

3
* Ramo da Filosofia que trata dos problemas filosóficos relacionados à
crença e ao conhecimento

4
Conjunto de etapas,ordenadamente

dispostas, para o estudo de uma ciência,
ou para alcançar um determinado fim.
Método Científico
Conjunto de processos a serem seguidos

sistematicamente, na investigação dos fatos
ou na procura de uma verdade.

5
Estudo do método.

6
“Como apontou George Sarton, a ciência é única ao mostrar
um progresso cumulativo. Newton explicava suas
importantes descobertas dizendo que estava de pé sobre
os ombros de gigantes. Todos os cientistas, gigantes ou
não,capacitam aqueles que o seguem a começar um pouco
mais além. Isto não é necessariamente verdadeiro em
outras
atividades.
Escritores,
artistas,
filósofos
contemporâneos não são apreciavelmente mais eficazes do
que os da idade de ouro da Grécia, enquanto o estudante
secundário médio entende muito mais a natureza do que o
maior dos cientistas gregos.” (Skinner, 1998, p.11).
conhecimento científico distingue-se pelo: Caráter
cumulativo. Método (de pesquisa). Sistematização
de informações (teoria). O pressuposto da ordem: o
empreendimento científico depende da ideia de que
a natureza funciona de forma ordenada - existe
regularidade nas suas relações.
Considera-se como um trabalho científico qualquer
atividade fundamentada em conhecimento
cientificamente produzido e/ou atividade cujo
objetivo é a produção de conhecimento científico.
Um trabalho de intervenção pode ser considerado
científico se for estruturado de tal forma que seus
produtos contribuam para o corpo de conhecimento
científico já acumulado na área.
método experimental é considerado o método
científico por excelência. É o método adotado
unanimemente por todas as ciências (naturais,
especialmente). A partir do momento em que as
disciplinas humanas passaram a receber tratamento
científico, novas epistemologias e métodos de
pesquisa foram adotados.
Ainda que o poder do método experimental seja
inegável, sua utilização em ciências humanas e
sociais é muitas vezes impraticável, de forma que se
opta por aproximações ou métodos alternativos.
Alguns tipos comuns de pesquisa:
Pesquisa-ação: Processo de pesquisa essencialmente
interventivo, no qual o pesquisador está inserido
ativamente no contexto pesquisado:empresas,
comunidades, instituições.
Estudo de caso: Estudo aprofundado de uma unidade
individual (pessoa, grupo, empresa) que obedece a
formas de análise menos estruturadas.
Alguns tipos comuns de pesquisa:
Grupo focal: Método qualitativo no qual são realizadas
entrevista sem grupos, buscando levantar-se
problemas e estimular o diálogo.
Survey: Método altamente estruturado de coleta de
informações comum grupo grande de pessoas
(geralmente utilizando-se questionários ou
entrevistas).
Técnicas comuns de coleta de dados:
Questionários
Entrevista
Escalas ou inventários
Observação direta
Pesquisa documental
Revisão bibliográfica
Atividade de investigação capaz de

produzir conhecimento novo ou
sintetizar o que já se sabe a respeito de
um determinado assunto ou área.
Procedimento racional, sistemático, que
tem por objetivo buscar respostas aos
problemas que são propostos.
19
O projeto de pesquisa envolve o planejamento e a
especificação de todas as etapas e elementos
importantes para a condução de uma atividade
científica. Ainda que nem todos os elementos do
projeto estejam explicitamente presentes em um
artigo científico, a clareza de cada um dos itens é
necessária para a execução da pesquisa e para seu
relato.
Tema: O tema se refere a uma delimitação ampla da
área de conhecimento ou de atividade à qual a
pesquisa investigará.
Exemplos:
1.

Motivação de professores do ensino fundamental.
Remuneração e desempenho.
Qualidade de vida no sistema na educação.
Pergunta: Todo o desenvolvimento de uma pesquisa
científica gira em torno de uma pergunta de pesquisa.
Ainda que às vezes ela não apareça de forma explícita
no trabalho, deve ser mantida em mente a todo
momento.
A pergunta de pesquisa irá orientar:
2.

A escolha da literatura a ser revisada;
Os objetivos do trabalho;
O método utilizado;
A forma de análise dos dados;
A descrição das principais conclusões, etc.
2.

Pergunta: A pergunta de pesquisa deve expressar, na
forma interrogativa, quais as variáveis cuja relação
será investigada, qual o universo amostrado, e o que
se busca descobrir com a pesquisa. Exemplos:
Qual a relação entre tipos de remuneração e a cultura
organizacional (clima) da Escola?
Quais as condições de saúde dos profissionais da
educação a partir de 5 anos de trabalho?
O desempenho dos professores em sala de aula tem como
fator fundamental a remuneração?
Qual os fatores histórico-filosóficos da má imagem das
pedagogas frente aos grupos de professores.
3.

Justificativa: A justificativa de um projeto de
pesquisa consiste na consideração de fatores que
tornam aquela pesquisa relevante de um ponto de
vista social, científico ou prático.

A justificativa deve levar em consideração a realidade
sociocultural na qual a pesquisa está inserida, os
problemas ou lacunas deixados pelo campo de
investigação, e as demandas da realidade imediata
do pesquisador.
Objetivos: Os objetivos determinam aonde o
pesquisador pretende chegar com as informações
obtidas através de sua pesquisa. Distinguem-se os
objetivos gerais e específicos.
Os objetivos gerais: geralmente podem ser enunciados
como uma versão afirmativa da pergunta de
pesquisa. Exemplo:
4.

Pergunta: Qual a relação entre tipos de remuneração e a
cultura organizacional da escola?
Objetivo: Investigar a relação entre tipos de remuneração
e a cultura organizacional de empresas.
Objetivos: Os objetivos determinam aonde o
pesquisador pretende chegar com as informações
obtidas através de sua pesquisa. Distinguem-se os
objetivos gerais e específicos.
Os objetivos específicos: Desdobramentos do objetivo
geral: Exemplo:
4.

Entender os fundamentos motivacionais dos seres
humanos
Conhecer o plano de carreira e discutir a defasagem
salarial da classe
Perceber as influências das diferentes funções na escola,
sua remuneração e as relações de poder existentes.
5.

Hipóteses: As hipóteses referem-se a previsões ou
especulações sobre as respostas à pergunta de
pesquisa. Ainda que sejam opcionais e que não deva
haver alguma espécie de compromisso do
pesquisador comas hipóteses estabelecidas, as
hipóteses ajudam o pesquisador a definir o que
buscar nos resultados. Exemplo:
Qual a relação entre tipos de remuneração e a cultura
organizacional (clima) da Escola?
Hipótese: 40% da motivação do professor vem do salário,
porém, outros fatores também são fundamentais,
como: Apoio didático-pedagógico, suporte estrutural e
relação professor-aluno.
5.

 Hipóteses:  As  hipóteses  referem-se  a  previsões  ou 
especulações  sobre  as  respostas  à  pergunta  de 
pesquisa.  Ainda que sejam opcionais  e  que não  deva 
haver  alguma  espécie  de  compromisso  do 
pesquisador  comas  hipóteses  estabelecidas,  as 
hipóteses  ajudam  o  pesquisador  a  definir  o  que 
buscar nos resultados. Exemplo:
Qual  a  relação  entre  tipos  de  remuneração  e  a  cultura 
organizacional (clima) da Escola?
Hipótese:  40%  da  motivação  do  professor  vem  do  salário, 
porém,  outros  fatores  também  são  fundamentais, 
como: Apoio didático-pedagógico, suporte estrutural e 
relação professor-aluno.
6.

Metodologia:  A  definição  dos  itens  da  metodologia 
referem-se  aos  passos  da  execução  do  trabalho  de 
pesquisa propriamente dito - a coleta.

A  clareza  da  definição  dos  itens  metodológicos  é  o  que 
dará  maior  validade  científica  ao  trabalho  de 
pesquisa. Na definição e descrição da metodologia da 
pesquisa,  princípio da replicabilidade: os parâmetros 
devem ser suficientemente precisos e específicos para 
permitir  a  replicação  do  estudo  com  o  maior  grau 
possível de aproximação.
7.

Cronograma e orçamento: Um projeto de pesquisa deve 
incluir um cronograma de atividades e uma projeção dos 
custos  envolvidos  em  todas  as  etapas  da  execução.A 
exatidão  na  descrição  desses  itens  é  mais  importante 
quando o projeto precisa ser avaliado por algum tipo de 
comissão que irá aprovar ou patrocinar a pesquisa.Ainda 
que  exista  possibilidade  de  flexibilização  de 
tempo/gastos, essa etapa do planejamento é importante 
para a organização do pesquisador..
Devido  à  natureza  da  produção  do  conhecimento 
científico,  é  fundamental  que  qualquer  atividade 
científica  seja  construída  com  base  no  corpo  de 
conhecimento  já  produzido  da  área.  O 
conhecimento  da  literatura  da  área  irá  ajudar  o 
pesquisador a:
Identificar  problemas  e  lacunas  na  construção  do 
conhecimento e formulação teórica da área.
Capacitar  o  pesquisador  a  fazer  leituras  mais 
aprofundadas  e  fundamentadas  de  problemas 
práticos.
Devido  à  natureza  da  produção  do  conhecimento 
científico,  é  fundamental  que  qualquer  atividade 
científica  seja  construída  com  base  no  corpo  de 
conhecimento  já  produzido  da  área.  O 
conhecimento  da  literatura  da  área  irá  ajudar  o 
pesquisador a:
Identificar  instrumentos  comumente  utilizados  para 
coleta de dados na área.
Definir operacionalmente variáveis de interesse.
Em outras palavras: a falta de conhecimento da produção 
científica  da  área  resultará  em  dificuldades  na 
formulação de todas as etapas do projeto de pesquisa.
O que buscar (em ordem de importância):
 

Artigos  publicados  em  periódicos 
especializados.
Livros com produção de pesquisadores.
Outros livros.
Comunicações orais.
Revistas e jornais não científicos. 
Onde buscar
Bibliotecas e acervos.
Acesso direto aos pesquisadores (e-mail).
Internet.

científicos 
Devido  à  natureza  da  produção  do  conhecimento 
científico,  é  fundamental  que  qualquer  atividade 
científica  seja  construída  com  base  no  corpo  de 
conhecimento  já  produzido  da  área.  O 
conhecimento  da  literatura  da  área  irá  ajudar  o 
pesquisador a:
Identificar  instrumentos  comumente  utilizados  para 
coleta de dados na área.
Definir operacionalmente variáveis de interesse.
Em outras palavras: a falta de conhecimento da produção 
científica  da  área  resultará  em  dificuldades  na 
formulação de todas as etapas do projeto de pesquisa.
Recomendado:
http://www.periodicos.capes.gov.br/
http://www.scielo.org/php/index.php
http://teses.usp.br
http://www.ibge.gov.br/

Não recomendado:
Google / Wikipedia / blogs
Metodologia científica   Aula - Pós Graduação em Educação

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSCSlide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSCCândido Silva
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científicaLudmila Moura
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientificaFelipe Mago
 
Aula 1-metodologia-da-pesquisa
Aula 1-metodologia-da-pesquisaAula 1-metodologia-da-pesquisa
Aula 1-metodologia-da-pesquisaPT
 
1 avaliação de metodologia científica cópia - cópia
1 avaliação de metodologia científica   cópia - cópia1 avaliação de metodologia científica   cópia - cópia
1 avaliação de metodologia científica cópia - cópiaDaiana Almeida
 
Prova_metodologia cientifica
Prova_metodologia cientificaProva_metodologia cientifica
Prova_metodologia cientificaMarcelo Leite
 
Métodos e técnicas de pesquisa
Métodos e técnicas de pesquisaMétodos e técnicas de pesquisa
Métodos e técnicas de pesquisaFelipe Hiago
 
Unidade i tópicos discutidos com exemplos na prática.
Unidade  i     tópicos discutidos com exemplos na prática.Unidade  i     tópicos discutidos com exemplos na prática.
Unidade i tópicos discutidos com exemplos na prática.Marta Carolina Santos
 
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisaAlvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisaAndré de Oliveira
 
Projeto de Conclusão de Curso - Justificativas, Objetivos, Resumos, Esquemas,...
Projeto de Conclusão de Curso - Justificativas, Objetivos, Resumos, Esquemas,...Projeto de Conclusão de Curso - Justificativas, Objetivos, Resumos, Esquemas,...
Projeto de Conclusão de Curso - Justificativas, Objetivos, Resumos, Esquemas,...Pedro Neto
 

Mais procurados (19)

Introdução à Metodologia Da Pesquisa Ii
Introdução à Metodologia Da Pesquisa IiIntrodução à Metodologia Da Pesquisa Ii
Introdução à Metodologia Da Pesquisa Ii
 
metodologia científica da pesquisa
 metodologia científica da pesquisa metodologia científica da pesquisa
metodologia científica da pesquisa
 
Apresentação metodologia científica
Apresentação metodologia científicaApresentação metodologia científica
Apresentação metodologia científica
 
Aula 2 metodologia científica
Aula 2   metodologia científicaAula 2   metodologia científica
Aula 2 metodologia científica
 
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSCSlide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
 
Tema 3 alguns tipos de conhecimento
Tema 3  alguns tipos de conhecimentoTema 3  alguns tipos de conhecimento
Tema 3 alguns tipos de conhecimento
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
 
Unidade ii metodologia científica
Unidade ii metodologia científicaUnidade ii metodologia científica
Unidade ii metodologia científica
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
 
Metodologia da pesquisa
Metodologia da pesquisaMetodologia da pesquisa
Metodologia da pesquisa
 
Metodologia científica
Metodologia científica Metodologia científica
Metodologia científica
 
Aula 1-metodologia-da-pesquisa
Aula 1-metodologia-da-pesquisaAula 1-metodologia-da-pesquisa
Aula 1-metodologia-da-pesquisa
 
1 avaliação de metodologia científica cópia - cópia
1 avaliação de metodologia científica   cópia - cópia1 avaliação de metodologia científica   cópia - cópia
1 avaliação de metodologia científica cópia - cópia
 
Prova_metodologia cientifica
Prova_metodologia cientificaProva_metodologia cientifica
Prova_metodologia cientifica
 
Métodos e técnicas de pesquisa
Métodos e técnicas de pesquisaMétodos e técnicas de pesquisa
Métodos e técnicas de pesquisa
 
Unidade i tópicos discutidos com exemplos na prática.
Unidade  i     tópicos discutidos com exemplos na prática.Unidade  i     tópicos discutidos com exemplos na prática.
Unidade i tópicos discutidos com exemplos na prática.
 
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisaAlvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
 
Métodos e técnicas de Pesquisa
Métodos e técnicas de PesquisaMétodos e técnicas de Pesquisa
Métodos e técnicas de Pesquisa
 
Projeto de Conclusão de Curso - Justificativas, Objetivos, Resumos, Esquemas,...
Projeto de Conclusão de Curso - Justificativas, Objetivos, Resumos, Esquemas,...Projeto de Conclusão de Curso - Justificativas, Objetivos, Resumos, Esquemas,...
Projeto de Conclusão de Curso - Justificativas, Objetivos, Resumos, Esquemas,...
 

Destaque

Competências comportamentais fabra jan 2014
Competências comportamentais  fabra jan 2014Competências comportamentais  fabra jan 2014
Competências comportamentais fabra jan 2014Darlan Campos
 
Liderança motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014
Liderança   motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014Liderança   motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014
Liderança motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014Darlan Campos
 
éTica e formação profissional
éTica e formação profissional   éTica e formação profissional
éTica e formação profissional Darlan Campos
 
Políticas públicas educacionais aula 2
Políticas públicas educacionais   aula   2Políticas públicas educacionais   aula   2
Políticas públicas educacionais aula 2Darlan Campos
 
Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino Darlan Campos
 
Resenhacrtica modelo-111108071011-phpapp02
Resenhacrtica modelo-111108071011-phpapp02Resenhacrtica modelo-111108071011-phpapp02
Resenhacrtica modelo-111108071011-phpapp02willian pereira
 
Resenha 3a.aula 23 08-11 babbie cap i-v1
Resenha 3a.aula 23 08-11 babbie cap i-v1Resenha 3a.aula 23 08-11 babbie cap i-v1
Resenha 3a.aula 23 08-11 babbie cap i-v1Thomaz Lessa
 
1 metodologia do_trabalho_científico
1 metodologia do_trabalho_científico1 metodologia do_trabalho_científico
1 metodologia do_trabalho_científicoDawdson Aline
 
16. aula de história geral - período napolenico
16. aula de história geral - período napolenico16. aula de história geral - período napolenico
16. aula de história geral - período napolenicoDarlan Campos
 
10. aula de história geral - absolutismo
10. aula de história geral - absolutismo10. aula de história geral - absolutismo
10. aula de história geral - absolutismoDarlan Campos
 
17. aula de história geral - revoluções liberais
17. aula de história geral - revoluções liberais17. aula de história geral - revoluções liberais
17. aula de história geral - revoluções liberaisDarlan Campos
 
18. aula de história geral - américa no século XIX
18. aula de história geral - américa no século XIX18. aula de história geral - américa no século XIX
18. aula de história geral - américa no século XIXDarlan Campos
 
12. aula de história geral - revolução inglesa
12. aula de história geral - revolução inglesa12. aula de história geral - revolução inglesa
12. aula de história geral - revolução inglesaDarlan Campos
 
Metodologia científica
Metodologia científicaMetodologia científica
Metodologia científicaJose Ribamar
 
Fichamento resenha - artigos - monografias - nbr apresentação
Fichamento   resenha - artigos - monografias - nbr apresentaçãoFichamento   resenha - artigos - monografias - nbr apresentação
Fichamento resenha - artigos - monografias - nbr apresentaçãojoana2017
 

Destaque (20)

Competências comportamentais fabra jan 2014
Competências comportamentais  fabra jan 2014Competências comportamentais  fabra jan 2014
Competências comportamentais fabra jan 2014
 
Liderança motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014
Liderança   motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014Liderança   motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014
Liderança motivação e formaçao de equipes - fabra jan 2014
 
éTica e formação profissional
éTica e formação profissional   éTica e formação profissional
éTica e formação profissional
 
Políticas públicas educacionais aula 2
Políticas públicas educacionais   aula   2Políticas públicas educacionais   aula   2
Políticas públicas educacionais aula 2
 
Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino
 
Resenha
ResenhaResenha
Resenha
 
Resenhacrtica modelo-111108071011-phpapp02
Resenhacrtica modelo-111108071011-phpapp02Resenhacrtica modelo-111108071011-phpapp02
Resenhacrtica modelo-111108071011-phpapp02
 
Resenha 3a.aula 23 08-11 babbie cap i-v1
Resenha 3a.aula 23 08-11 babbie cap i-v1Resenha 3a.aula 23 08-11 babbie cap i-v1
Resenha 3a.aula 23 08-11 babbie cap i-v1
 
1 metodologia do_trabalho_científico
1 metodologia do_trabalho_científico1 metodologia do_trabalho_científico
1 metodologia do_trabalho_científico
 
O governo vargas
O governo vargas O governo vargas
O governo vargas
 
16. aula de história geral - período napolenico
16. aula de história geral - período napolenico16. aula de história geral - período napolenico
16. aula de história geral - período napolenico
 
10. aula de história geral - absolutismo
10. aula de história geral - absolutismo10. aula de história geral - absolutismo
10. aula de história geral - absolutismo
 
Metodologia Científica - Aula 1
Metodologia Científica - Aula 1Metodologia Científica - Aula 1
Metodologia Científica - Aula 1
 
17. aula de história geral - revoluções liberais
17. aula de história geral - revoluções liberais17. aula de história geral - revoluções liberais
17. aula de história geral - revoluções liberais
 
18. aula de história geral - américa no século XIX
18. aula de história geral - américa no século XIX18. aula de história geral - américa no século XIX
18. aula de história geral - américa no século XIX
 
12. aula de história geral - revolução inglesa
12. aula de história geral - revolução inglesa12. aula de história geral - revolução inglesa
12. aula de história geral - revolução inglesa
 
Metodologia científica
Metodologia científicaMetodologia científica
Metodologia científica
 
Aula1
Aula1Aula1
Aula1
 
Analisando os dados coletados [modo de compatibilidade]
Analisando os dados coletados [modo de compatibilidade]Analisando os dados coletados [modo de compatibilidade]
Analisando os dados coletados [modo de compatibilidade]
 
Fichamento resenha - artigos - monografias - nbr apresentação
Fichamento   resenha - artigos - monografias - nbr apresentaçãoFichamento   resenha - artigos - monografias - nbr apresentação
Fichamento resenha - artigos - monografias - nbr apresentação
 

Semelhante a Metodologia científica Aula - Pós Graduação em Educação

Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)Nicolau Chaud
 
Introduçao texto 1
Introduçao   texto 1Introduçao   texto 1
Introduçao texto 1UNICEP
 
Apresentação metodologia
Apresentação metodologiaApresentação metodologia
Apresentação metodologiaGestaoconstcivil
 
Planejamento de Pesquisas qualitativas
Planejamento de Pesquisas qualitativasPlanejamento de Pesquisas qualitativas
Planejamento de Pesquisas qualitativasSonia Matos Moutinho
 
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociaisMétodos e técnicas de investigação em ciências sociais
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociaisFábio Miguel
 
Metodologia de pesquisa qualitativa
Metodologia de pesquisa qualitativaMetodologia de pesquisa qualitativa
Metodologia de pesquisa qualitativaadriano09
 
Apostila de santa cruz
Apostila de santa cruzApostila de santa cruz
Apostila de santa cruzluizadell
 
Concurso Professor Cariri Pesquisa
Concurso Professor Cariri   PesquisaConcurso Professor Cariri   Pesquisa
Concurso Professor Cariri PesquisaJonathas Carvalho
 
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth FantauzziComo elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth FantauzziElizabeth Fantauzzi
 
Aula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iiiAula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iiijeancff84
 
INTRODUÇÃO A METODOLOGIA CIENTÍFICA.pptx
INTRODUÇÃO  A METODOLOGIA CIENTÍFICA.pptxINTRODUÇÃO  A METODOLOGIA CIENTÍFICA.pptx
INTRODUÇÃO A METODOLOGIA CIENTÍFICA.pptxluandecarlossilvadea
 
Introduçao texto 1
Introduçao   texto 1Introduçao   texto 1
Introduçao texto 1UNICEP
 
Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1Moises Ribeiro
 
Metodologia_Cientificaapresentação__Copy.pdf
Metodologia_Cientificaapresentação__Copy.pdfMetodologia_Cientificaapresentação__Copy.pdf
Metodologia_Cientificaapresentação__Copy.pdfprofsandragurgelfama
 
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2Débora Santos
 
Trabalho projeto de pesquisa edimilson curso pap
Trabalho projeto de pesquisa edimilson curso papTrabalho projeto de pesquisa edimilson curso pap
Trabalho projeto de pesquisa edimilson curso papEdimilson1962ETC
 

Semelhante a Metodologia científica Aula - Pós Graduação em Educação (20)

Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
 
Introduçao texto 1
Introduçao   texto 1Introduçao   texto 1
Introduçao texto 1
 
Apresentação metodologia
Apresentação metodologiaApresentação metodologia
Apresentação metodologia
 
Planejamento de Pesquisas qualitativas
Planejamento de Pesquisas qualitativasPlanejamento de Pesquisas qualitativas
Planejamento de Pesquisas qualitativas
 
Pesquisa
PesquisaPesquisa
Pesquisa
 
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociaisMétodos e técnicas de investigação em ciências sociais
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais
 
Metodologia de pesquisa qualitativa
Metodologia de pesquisa qualitativaMetodologia de pesquisa qualitativa
Metodologia de pesquisa qualitativa
 
Apostila de santa cruz
Apostila de santa cruzApostila de santa cruz
Apostila de santa cruz
 
Concurso Professor Cariri Pesquisa
Concurso Professor Cariri   PesquisaConcurso Professor Cariri   Pesquisa
Concurso Professor Cariri Pesquisa
 
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth FantauzziComo elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
Como elaborar um projeto de pesquisa - profa. Elizabeth Fantauzzi
 
Aula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iiiAula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iii
 
INTRODUÇÃO A METODOLOGIA CIENTÍFICA.pptx
INTRODUÇÃO  A METODOLOGIA CIENTÍFICA.pptxINTRODUÇÃO  A METODOLOGIA CIENTÍFICA.pptx
INTRODUÇÃO A METODOLOGIA CIENTÍFICA.pptx
 
Introduçao texto 1
Introduçao   texto 1Introduçao   texto 1
Introduçao texto 1
 
Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1
 
Metodologia_Cientificaapresentação__Copy.pdf
Metodologia_Cientificaapresentação__Copy.pdfMetodologia_Cientificaapresentação__Copy.pdf
Metodologia_Cientificaapresentação__Copy.pdf
 
Modalidades pesquisa
Modalidades pesquisaModalidades pesquisa
Modalidades pesquisa
 
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
 
Trabalho projeto de pesquisa edimilson curso pap
Trabalho projeto de pesquisa edimilson curso papTrabalho projeto de pesquisa edimilson curso pap
Trabalho projeto de pesquisa edimilson curso pap
 
Projeto de Pré-Pesquisa
Projeto de Pré-PesquisaProjeto de Pré-Pesquisa
Projeto de Pré-Pesquisa
 
Projeto de pesquisa 2013
Projeto de pesquisa 2013Projeto de pesquisa 2013
Projeto de pesquisa 2013
 

Mais de Darlan Campos

Marketing Político Estratégico
Marketing Político Estratégico Marketing Político Estratégico
Marketing Político Estratégico Darlan Campos
 
O posicionamento digital e o impacto na carreira -
O posicionamento digital e o impacto na carreira - O posicionamento digital e o impacto na carreira -
O posicionamento digital e o impacto na carreira - Darlan Campos
 
Palestra em busca da reeleição
Palestra   em busca da reeleiçãoPalestra   em busca da reeleição
Palestra em busca da reeleiçãoDarlan Campos
 
Universidade e a formação profisisonal dos docentes novos questionamentos
Universidade e a formação profisisonal dos docentes   novos questionamentosUniversidade e a formação profisisonal dos docentes   novos questionamentos
Universidade e a formação profisisonal dos docentes novos questionamentosDarlan Campos
 
éTica na formação profissional uma reflexão
éTica na formação profissional   uma reflexãoéTica na formação profissional   uma reflexão
éTica na formação profissional uma reflexãoDarlan Campos
 
A formação profissional no século xxi desafios e dilemas
A formação profissional no século xxi   desafios e dilemasA formação profissional no século xxi   desafios e dilemas
A formação profissional no século xxi desafios e dilemasDarlan Campos
 
ética profissional e formação em educação
ética profissional e formação em educaçãoética profissional e formação em educação
ética profissional e formação em educaçãoDarlan Campos
 
Um salto para o presente a educação básica no brasil
Um salto para o presente   a educação básica no brasilUm salto para o presente   a educação básica no brasil
Um salto para o presente a educação básica no brasilDarlan Campos
 
Educacão basica no brasil na decada de 90 a lógica do mercado
Educacão basica no brasil na decada de 90   a lógica do mercadoEducacão basica no brasil na decada de 90   a lógica do mercado
Educacão basica no brasil na decada de 90 a lógica do mercadoDarlan Campos
 
Educação básica no brasil agenda da modernidade
Educação básica no brasil   agenda da modernidade Educação básica no brasil   agenda da modernidade
Educação básica no brasil agenda da modernidade Darlan Campos
 
Educação básica no brasil
Educação básica no brasil Educação básica no brasil
Educação básica no brasil Darlan Campos
 
Políticas públicas educacionais aula 1
Políticas públicas educacionais   aula   1Políticas públicas educacionais   aula   1
Políticas públicas educacionais aula 1Darlan Campos
 
Professor, um lider na arte de educar
Professor, um lider na arte de educarProfessor, um lider na arte de educar
Professor, um lider na arte de educarDarlan Campos
 
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientificaWillian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientificaDarlan Campos
 
Pesquisa em educação buscando rigor e qualidade
Pesquisa em educação   buscando rigor e qualidadePesquisa em educação   buscando rigor e qualidade
Pesquisa em educação buscando rigor e qualidadeDarlan Campos
 
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasilAs crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasilDarlan Campos
 
15. aula sobre revolução francesa
15. aula sobre revolução francesa15. aula sobre revolução francesa
15. aula sobre revolução francesaDarlan Campos
 
14. aula de história geral - independencia dos estados unidos
14. aula de história geral - independencia dos estados unidos14. aula de história geral - independencia dos estados unidos
14. aula de história geral - independencia dos estados unidosDarlan Campos
 
13. aula de história geral - iluminismo
13. aula de história geral - iluminismo13. aula de história geral - iluminismo
13. aula de história geral - iluminismoDarlan Campos
 
11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações
11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações
11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegaçõesDarlan Campos
 

Mais de Darlan Campos (20)

Marketing Político Estratégico
Marketing Político Estratégico Marketing Político Estratégico
Marketing Político Estratégico
 
O posicionamento digital e o impacto na carreira -
O posicionamento digital e o impacto na carreira - O posicionamento digital e o impacto na carreira -
O posicionamento digital e o impacto na carreira -
 
Palestra em busca da reeleição
Palestra   em busca da reeleiçãoPalestra   em busca da reeleição
Palestra em busca da reeleição
 
Universidade e a formação profisisonal dos docentes novos questionamentos
Universidade e a formação profisisonal dos docentes   novos questionamentosUniversidade e a formação profisisonal dos docentes   novos questionamentos
Universidade e a formação profisisonal dos docentes novos questionamentos
 
éTica na formação profissional uma reflexão
éTica na formação profissional   uma reflexãoéTica na formação profissional   uma reflexão
éTica na formação profissional uma reflexão
 
A formação profissional no século xxi desafios e dilemas
A formação profissional no século xxi   desafios e dilemasA formação profissional no século xxi   desafios e dilemas
A formação profissional no século xxi desafios e dilemas
 
ética profissional e formação em educação
ética profissional e formação em educaçãoética profissional e formação em educação
ética profissional e formação em educação
 
Um salto para o presente a educação básica no brasil
Um salto para o presente   a educação básica no brasilUm salto para o presente   a educação básica no brasil
Um salto para o presente a educação básica no brasil
 
Educacão basica no brasil na decada de 90 a lógica do mercado
Educacão basica no brasil na decada de 90   a lógica do mercadoEducacão basica no brasil na decada de 90   a lógica do mercado
Educacão basica no brasil na decada de 90 a lógica do mercado
 
Educação básica no brasil agenda da modernidade
Educação básica no brasil   agenda da modernidade Educação básica no brasil   agenda da modernidade
Educação básica no brasil agenda da modernidade
 
Educação básica no brasil
Educação básica no brasil Educação básica no brasil
Educação básica no brasil
 
Políticas públicas educacionais aula 1
Políticas públicas educacionais   aula   1Políticas públicas educacionais   aula   1
Políticas públicas educacionais aula 1
 
Professor, um lider na arte de educar
Professor, um lider na arte de educarProfessor, um lider na arte de educar
Professor, um lider na arte de educar
 
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientificaWillian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
 
Pesquisa em educação buscando rigor e qualidade
Pesquisa em educação   buscando rigor e qualidadePesquisa em educação   buscando rigor e qualidade
Pesquisa em educação buscando rigor e qualidade
 
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasilAs crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
As crianças de 0 a 6 anos nas políticas educacionais no brasil
 
15. aula sobre revolução francesa
15. aula sobre revolução francesa15. aula sobre revolução francesa
15. aula sobre revolução francesa
 
14. aula de história geral - independencia dos estados unidos
14. aula de história geral - independencia dos estados unidos14. aula de história geral - independencia dos estados unidos
14. aula de história geral - independencia dos estados unidos
 
13. aula de história geral - iluminismo
13. aula de história geral - iluminismo13. aula de história geral - iluminismo
13. aula de história geral - iluminismo
 
11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações
11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações
11. aula de história geral - mercantilismo e grandes navegações
 

Último

trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 

Último (20)

trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 

Metodologia científica Aula - Pós Graduação em Educação

  • 1. Prof. Esp. Darlan Campos Historiador (UFES), Professor Universitário e Diretor Executivo da DC Consultoria e Marketing Político www.omarketingpolitico.com.br Serra 2014
  • 2. O que é criado a partir do processo de aprendizado ou da interpretação de dados e informações. O conhecimento é próprio das pessoas e é criado num processo mental complexo ainda não completamente desvendado. O conhecimento não existe apenas na “cabeça das pessoas”. 2
  • 3. Explícito – Presente nas diversas forma de representação: documentos, livros, etc. Implícito – O que está na nossa cabeça, mas que pode ser explicitado. Exemplo: para ir para a Faculdade é só..... Tácito – Conhecimento subjetivo, interiorizado nas pessoas e que é muito difícil de ser explicitado e transmitido. Exemplo: eu sei ir, mas não sei explicar com chegar lá. 3
  • 4. * Ramo da Filosofia que trata dos problemas filosóficos relacionados à crença e ao conhecimento 4
  • 5. Conjunto de etapas,ordenadamente dispostas, para o estudo de uma ciência, ou para alcançar um determinado fim. Método Científico Conjunto de processos a serem seguidos sistematicamente, na investigação dos fatos ou na procura de uma verdade. 5
  • 7. “Como apontou George Sarton, a ciência é única ao mostrar um progresso cumulativo. Newton explicava suas importantes descobertas dizendo que estava de pé sobre os ombros de gigantes. Todos os cientistas, gigantes ou não,capacitam aqueles que o seguem a começar um pouco mais além. Isto não é necessariamente verdadeiro em outras atividades. Escritores, artistas, filósofos contemporâneos não são apreciavelmente mais eficazes do que os da idade de ouro da Grécia, enquanto o estudante secundário médio entende muito mais a natureza do que o maior dos cientistas gregos.” (Skinner, 1998, p.11).
  • 8.
  • 9. conhecimento científico distingue-se pelo: Caráter cumulativo. Método (de pesquisa). Sistematização de informações (teoria). O pressuposto da ordem: o empreendimento científico depende da ideia de que a natureza funciona de forma ordenada - existe regularidade nas suas relações.
  • 10. Considera-se como um trabalho científico qualquer atividade fundamentada em conhecimento cientificamente produzido e/ou atividade cujo objetivo é a produção de conhecimento científico. Um trabalho de intervenção pode ser considerado científico se for estruturado de tal forma que seus produtos contribuam para o corpo de conhecimento científico já acumulado na área.
  • 11.
  • 12. método experimental é considerado o método científico por excelência. É o método adotado unanimemente por todas as ciências (naturais, especialmente). A partir do momento em que as disciplinas humanas passaram a receber tratamento científico, novas epistemologias e métodos de pesquisa foram adotados.
  • 13. Ainda que o poder do método experimental seja inegável, sua utilização em ciências humanas e sociais é muitas vezes impraticável, de forma que se opta por aproximações ou métodos alternativos.
  • 14. Alguns tipos comuns de pesquisa: Pesquisa-ação: Processo de pesquisa essencialmente interventivo, no qual o pesquisador está inserido ativamente no contexto pesquisado:empresas, comunidades, instituições. Estudo de caso: Estudo aprofundado de uma unidade individual (pessoa, grupo, empresa) que obedece a formas de análise menos estruturadas.
  • 15. Alguns tipos comuns de pesquisa: Grupo focal: Método qualitativo no qual são realizadas entrevista sem grupos, buscando levantar-se problemas e estimular o diálogo. Survey: Método altamente estruturado de coleta de informações comum grupo grande de pessoas (geralmente utilizando-se questionários ou entrevistas).
  • 16. Técnicas comuns de coleta de dados: Questionários Entrevista Escalas ou inventários Observação direta Pesquisa documental Revisão bibliográfica
  • 17.
  • 18.
  • 19. Atividade de investigação capaz de produzir conhecimento novo ou sintetizar o que já se sabe a respeito de um determinado assunto ou área. Procedimento racional, sistemático, que tem por objetivo buscar respostas aos problemas que são propostos. 19
  • 20. O projeto de pesquisa envolve o planejamento e a especificação de todas as etapas e elementos importantes para a condução de uma atividade científica. Ainda que nem todos os elementos do projeto estejam explicitamente presentes em um artigo científico, a clareza de cada um dos itens é necessária para a execução da pesquisa e para seu relato.
  • 21. Tema: O tema se refere a uma delimitação ampla da área de conhecimento ou de atividade à qual a pesquisa investigará. Exemplos: 1. Motivação de professores do ensino fundamental. Remuneração e desempenho. Qualidade de vida no sistema na educação.
  • 22. Pergunta: Todo o desenvolvimento de uma pesquisa científica gira em torno de uma pergunta de pesquisa. Ainda que às vezes ela não apareça de forma explícita no trabalho, deve ser mantida em mente a todo momento. A pergunta de pesquisa irá orientar: 2. A escolha da literatura a ser revisada; Os objetivos do trabalho; O método utilizado; A forma de análise dos dados; A descrição das principais conclusões, etc.
  • 23. 2. Pergunta: A pergunta de pesquisa deve expressar, na forma interrogativa, quais as variáveis cuja relação será investigada, qual o universo amostrado, e o que se busca descobrir com a pesquisa. Exemplos: Qual a relação entre tipos de remuneração e a cultura organizacional (clima) da Escola? Quais as condições de saúde dos profissionais da educação a partir de 5 anos de trabalho? O desempenho dos professores em sala de aula tem como fator fundamental a remuneração? Qual os fatores histórico-filosóficos da má imagem das pedagogas frente aos grupos de professores.
  • 24. 3. Justificativa: A justificativa de um projeto de pesquisa consiste na consideração de fatores que tornam aquela pesquisa relevante de um ponto de vista social, científico ou prático. A justificativa deve levar em consideração a realidade sociocultural na qual a pesquisa está inserida, os problemas ou lacunas deixados pelo campo de investigação, e as demandas da realidade imediata do pesquisador.
  • 25. Objetivos: Os objetivos determinam aonde o pesquisador pretende chegar com as informações obtidas através de sua pesquisa. Distinguem-se os objetivos gerais e específicos. Os objetivos gerais: geralmente podem ser enunciados como uma versão afirmativa da pergunta de pesquisa. Exemplo: 4. Pergunta: Qual a relação entre tipos de remuneração e a cultura organizacional da escola? Objetivo: Investigar a relação entre tipos de remuneração e a cultura organizacional de empresas.
  • 26. Objetivos: Os objetivos determinam aonde o pesquisador pretende chegar com as informações obtidas através de sua pesquisa. Distinguem-se os objetivos gerais e específicos. Os objetivos específicos: Desdobramentos do objetivo geral: Exemplo: 4. Entender os fundamentos motivacionais dos seres humanos Conhecer o plano de carreira e discutir a defasagem salarial da classe Perceber as influências das diferentes funções na escola, sua remuneração e as relações de poder existentes.
  • 27. 5. Hipóteses: As hipóteses referem-se a previsões ou especulações sobre as respostas à pergunta de pesquisa. Ainda que sejam opcionais e que não deva haver alguma espécie de compromisso do pesquisador comas hipóteses estabelecidas, as hipóteses ajudam o pesquisador a definir o que buscar nos resultados. Exemplo: Qual a relação entre tipos de remuneração e a cultura organizacional (clima) da Escola? Hipótese: 40% da motivação do professor vem do salário, porém, outros fatores também são fundamentais, como: Apoio didático-pedagógico, suporte estrutural e relação professor-aluno.
  • 28. 5.  Hipóteses:  As  hipóteses  referem-se  a  previsões  ou  especulações  sobre  as  respostas  à  pergunta  de  pesquisa.  Ainda que sejam opcionais  e  que não  deva  haver  alguma  espécie  de  compromisso  do  pesquisador  comas  hipóteses  estabelecidas,  as  hipóteses  ajudam  o  pesquisador  a  definir  o  que  buscar nos resultados. Exemplo: Qual  a  relação  entre  tipos  de  remuneração  e  a  cultura  organizacional (clima) da Escola? Hipótese:  40%  da  motivação  do  professor  vem  do  salário,  porém,  outros  fatores  também  são  fundamentais,  como: Apoio didático-pedagógico, suporte estrutural e  relação professor-aluno.
  • 29. 6. Metodologia:  A  definição  dos  itens  da  metodologia  referem-se  aos  passos  da  execução  do  trabalho  de  pesquisa propriamente dito - a coleta. A  clareza  da  definição  dos  itens  metodológicos  é  o  que  dará  maior  validade  científica  ao  trabalho  de  pesquisa. Na definição e descrição da metodologia da  pesquisa,  princípio da replicabilidade: os parâmetros  devem ser suficientemente precisos e específicos para  permitir  a  replicação  do  estudo  com  o  maior  grau  possível de aproximação.
  • 30. 7. Cronograma e orçamento: Um projeto de pesquisa deve  incluir um cronograma de atividades e uma projeção dos  custos  envolvidos  em  todas  as  etapas  da  execução.A  exatidão  na  descrição  desses  itens  é  mais  importante  quando o projeto precisa ser avaliado por algum tipo de  comissão que irá aprovar ou patrocinar a pesquisa.Ainda  que  exista  possibilidade  de  flexibilização  de  tempo/gastos, essa etapa do planejamento é importante  para a organização do pesquisador..
  • 31. Devido  à  natureza  da  produção  do  conhecimento  científico,  é  fundamental  que  qualquer  atividade  científica  seja  construída  com  base  no  corpo  de  conhecimento  já  produzido  da  área.  O  conhecimento  da  literatura  da  área  irá  ajudar  o  pesquisador a: Identificar  problemas  e  lacunas  na  construção  do  conhecimento e formulação teórica da área. Capacitar  o  pesquisador  a  fazer  leituras  mais  aprofundadas  e  fundamentadas  de  problemas  práticos.
  • 32. Devido  à  natureza  da  produção  do  conhecimento  científico,  é  fundamental  que  qualquer  atividade  científica  seja  construída  com  base  no  corpo  de  conhecimento  já  produzido  da  área.  O  conhecimento  da  literatura  da  área  irá  ajudar  o  pesquisador a: Identificar  instrumentos  comumente  utilizados  para  coleta de dados na área. Definir operacionalmente variáveis de interesse. Em outras palavras: a falta de conhecimento da produção  científica  da  área  resultará  em  dificuldades  na  formulação de todas as etapas do projeto de pesquisa.
  • 33. O que buscar (em ordem de importância):   Artigos  publicados  em  periódicos  especializados. Livros com produção de pesquisadores. Outros livros. Comunicações orais. Revistas e jornais não científicos.  Onde buscar Bibliotecas e acervos. Acesso direto aos pesquisadores (e-mail). Internet. científicos 
  • 34. Devido  à  natureza  da  produção  do  conhecimento  científico,  é  fundamental  que  qualquer  atividade  científica  seja  construída  com  base  no  corpo  de  conhecimento  já  produzido  da  área.  O  conhecimento  da  literatura  da  área  irá  ajudar  o  pesquisador a: Identificar  instrumentos  comumente  utilizados  para  coleta de dados na área. Definir operacionalmente variáveis de interesse. Em outras palavras: a falta de conhecimento da produção  científica  da  área  resultará  em  dificuldades  na  formulação de todas as etapas do projeto de pesquisa.