Aula 4 classificação 2

804 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
804
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 4 classificação 2

  1. 1. AULA 4 INFOGRAFIA CLASSIFICAÇÃO 2 segundo Tatiana Teixeira
  2. 2. Classificação Vimos na aula anterior a classificação espanhola das infografias, um modelo aceito mundialmente.
  3. 3. Classificação Espanhola 1) Comparativas - COMPARAÇÕES 2) Documentais – PERFIL / PROFUNDIDADE 3) Cênicas - RECONSTITUIÇÕES 4) Localizadoras - GEOGRÁFICAS
  4. 4. Classificação (Tatiana Teixeira) •Porém, a pesquisadora Tatiana Teixeira faz uma sugestão tipológica, a partir do estudo de vários modelos de infografia, até chegar às particularidades do infográfico jornalístico
  5. 5. PROTOINFOGAFIA INFOGRAFIA ENCICLOPÉDICO JORNALÍSTICO INDEPENDENTE COMPLEMENTAR INDEPENDENTE COMPLEMENTAR REPORTAGEM INFOGRÁFICA
  6. 6. PROTOINFOGRÁFICOS
  7. 7. Protoinfográficos •Ao contrário do que parece não se trata de um tipo antigo de infografia, mas uma infografia que não utiliza adequadamente os elementos visuais e textuais.
  8. 8. protoinfográfico
  9. 9. O infográfico pode ser: enciclopédico ou jornalístico
  10. 10. Enciclopédico •são infográficos com informações de caráter universal, como detalhes do corpo humano; como se formam as nuvens, o que são bactérias, o que é ciranda financeira, o ciclo da água etc. •são generalistas •possuem estrutura parecida com a de infográficos de livros didáticos •equivalem às infografias documentais, na classificação espanhola
  11. 11. enciclopédico
  12. 12. enciclopédico
  13. 13. enciclopédico
  14. 14. Jornalístico •Os infográficos jornalísticos são mais específicos, são singulares •reproduzem/explicam acidentes (a partir de depoimentos), novas técnicas da medicina/odontologia, composições legislativas ou partidárias
  15. 15. jornalístico
  16. 16. jornalístico
  17. 17. jornalístico
  18. 18. jornalístico
  19. 19. jornalístico
  20. 20. jornalístico
  21. 21. Diferença entre um jornalístico
  22. 22. ... e um enciclopédico
  23. 23. Complementar ou Independente Jornalístico
  24. 24. Jornalístico Complementar •É indispensável para a matéria, pois explica detalhes complexos da informação •É feito a partir de uma ação conjunta de repórteres, editores, designers e diagramadores •São aqueles vinculados diretamente à uma notícia ou reportagem, atuando como um mecanismo para melhor compreensão do texto
  25. 25. Jornalístico Complementar
  26. 26. Jornalístico Complementar
  27. 27. Jornalístico Independente •São as chamadas reportagens infográficas, composta de uma narrativa inicial e introdutória, seguida de um infográfico ou infográficos •No Brasil, a técnica é exaustivamente utilizada pela revista Superinteressante •Na classificação espanhola, são as chamadas megainfografias coletivas
  28. 28. Reportagem Infográfica
  29. 29. Reportagem infográfica
  30. 30. Reportagem infográfica
  31. 31. Independente ou Complementar Enciclopédico
  32. 32. Enciclopédicos independentes •Não acompanham nenhuma reportagem ou notícia •São generalistas e tratam de temas como: personagens da mitologia, acontecimentos históricos, fenômenos biológicos, inovações tecnológicas •São mais comuns em revistas
  33. 33. enciclopédicos independentes
  34. 34. enciclopédico independente
  35. 35. enciclopédico independente
  36. 36. enciclopédico independente
  37. 37. Enciclopédico complementar •Ele explica um detalhe; possui profundidade num só tema
  38. 38. Enciclopédico complementar
  39. 39. enciclopédico complementar
  40. 40. Exercícios
  41. 41. Relembrando a classificação espanhola 1) Comparativas - COMPARAÇÕES 2) Documentais – PERFIL / PROFUNDIDADE 3) Cênicas - RECONSTITUIÇÕES 4) Localizadoras - GEOGRÁFICAS
  42. 42. A partir da classificação espanhola, indique o tipo mais adequado de infografia para as notícias a seguir: 1) Serra e Suplicy oscilam e empate pelo Senado persiste em SP, diz Datafolha O ex-governador José Serra (PSDB) e o senador Eduardo Suplicy (PT), empatados nas pesquisas pela vaga paulista em disputa no Senado, oscilaram um ponto para baixo cada, revela pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (11) encomendada pelaFolha em parceria com a TV Globo. O tucano variou de 35% para 34%; o petista, de 32% para 31% –com a margem de erro de dois pontos percentuais, continuam tecnicamente igualados na liderança. Eles aparecem equiparados desde a segunda rodada do Datafolha. De lá para cá, a distância entre Serra e Suplicy manteve-se no patamar de três pontos percentuais: 33% a 30% (12 e 13 de agosto), 35% a 32% (2 e 3 de setembro) e, agora, 34% a 31%, sempre respectivamente. (...)
  43. 43. 2) Banco BVA pede falência na Justiça de São Paulo •A administração do Banco BVA, que está sob liquidação extrajudicial desde junho do ano passado, deu entrada nesta quinta (11) ao pedido de autofalência na Justiça Federal de São Paulo. O pedido será analisado pela 1ª Vara de Falências de São Paulo. •O liquidante do BVA, Valder Viana de Carvalho, concluiu que não há outra solução para o banco além da falência, que será analisada agora pela Justiça. Até que seja decretada a falência, a equipe de Viana seguirá vendendo imóveis e demais ativos em leilão para pagar os credores. •Com rombo estimado em mais de R$ 1,5 bilhão, o BVA ficou oito meses sob intervenção do Banco Central, que tentava vendê-lo para o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, dono da concessionária Caoa e único interessado no BVA. Diante do fracasso das negociações, decidiu pela liquidação extrajudicial.
  44. 44. 3) Sem chuva, nível do Cantareira volta a cair e atinge marca de 9,7% •O nível do sistema cantareira voltou a cair nesta quinta- feira (11). De acordo com o balanço diário divulgado pela Sabesp, o principal manancial de abastecimento da Grande São Paulo opera com 9,7% de sua plena capacidade. •Desde o começo deste mês, choveu na região do sistema o equivalente a 30,1 mm. Ou seja, em 11 dias choveu 1/3 do esperado para todo o mês. •Segundo os boletins meteorológicos do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), até novembro, há pouca chance de chover forte sobre as represas.
  45. 45. 4) Compositor da nouvelle vague, Antoine Duhamel morre aos 89 anos O compositor francês Antoine Duhamel, que fez trilhas sonoras para diversos filmes da nouvelle vague, morreu nesta quinta-feira (11) aos 89 anos, em sua casa em Val-d'Oise. A informação foi confirmada pela família de Duhamel ao jornal francês "Le Monde", mas a causa da morte não foi informada. (...) Duhamel compôs músicas para dois filmes de Jean-Luc Godard: "O Demônio das Onze Horas" (1965) e "Week-end à Francesa" (1967). Com outro grande nome da época, François Truffaut, trabalhou em "Beijos Roubados" (1968), "A Sereia do Mississippi" (1969) e "Domicílio Conjugal" (1970). Por fim, compôs também para Bertrand Tavernier, nos longas "A Morte Ao Vivo" (1980), "Daddy Nostalgie" (1990) e "Passaporte para a Vida" (2002). Pelo último, venceu o Urso de Prata no Festival de Berlim por melhor trilha sonora. Duhamel fundou em 1980 a Escola de Música de Villeurbanne, dedicada ao jazz, músicas tradicionais, composições barrocas e à canção
  46. 46. 5) Caminhão derruba muro e detentos fogem de prisão em Pedrinhas (MA) Seis presos fugiram após um caminhão-caçamba bater e derrubar parte do muro dos fundos do CDP (Centro de Detenção Provisória), do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, na noite de quarta-feira (10). O impacto da batida provocou um grande buraco no muro que foi utilizado pelos presos para a fuga. Segundo a Sejap (Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária), um detento foi recapturado e quatro ficaram feridos durante a ação da polícia para conter a fuga. A Sejap informou que a Polícia Militar e do Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop) reforçam a segurança na unidade prisional para evitar mais fugas. Pedrinhas contabilizou 60 mortos no ano passado, algumas em atos de barbárie. A situação provocou a reação de entidades internacionais de defesa dos direitos humanos. Só neste ano, são 15 mortos no complexo e 20 em presídios de todo o Estado.
  47. 47. 6) Casos de ebola na República Democrática do Congo chegam a 62 O vírus do ebola infectou 62 pessoas na República Democrática do Congo (RDC), das quais 35 morreram, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). De acordo com o órgão, o atual surto no país não tem relação com a epidemia que já infectou mais de 4.000 pessoas na África Ocidental. O vírus que circula na RDC não é a mesma variante do que afeta Libéria, Guiné, Serra Leoa e Nigéria. Para conter a disseminação da doença, o governo do país está vigiando as fronteiras e fazendo uma campanha de conscientização com a população. Este surto teria começado quando uma mulher preparou um animal selvagem, presumidamente infectado pelo vírus, caçado por seu marido. Trata-se do sétimo surto que atinge a RDC (antigo Zaire) desde 1976, quando a doença surgiu. O ebola emergiu no Zaire e no Sudão do Sul (na época, apenas Sudão), em surtos praticamente simultâneos. A OMS não recomenda nenhuma restrição de viagens ou comércio, exceto para pessoas com infecção confirmada ou suspeita.
  48. 48. fim

×