SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
Higiene e Segurança do Trabalho
Professor: Daniel Moura
Art. 196. A saúde é direito de
todos, e dever do Estado,
garantido mediante políticas
sociais e econômicas que visem
à redução do risco de doença e
de outros agravos e ao acesso
universal e igualitário às ações
e serviços para sua promoção,
proteção e recuperação.
2
O que é higiene do trabalho?
Higiene do trabalho é um conjunto de normas e
procedimentos que visam à proteção da integridade
física e mental do trabalhador, preservando-o dos
riscos de saúde inerentes às tarefas do cargo e ao
ambiente físico onde são executadas.
(Chiavenato, 1999).
3
A higiene do trabalho tem caráter eminentemente
preventivo, pois objetiva a saúde e o conforto do
trabalhador, evitando que adoeça e se ausente
provisória ou definitivamente do trabalho.
4
Os principais objetivos são:
1 - Eliminação das causas das doenças profissionais
2 - Redução dos efeitos prejudiciais provocados pelo
trabalho em pessoas doentes ou portadoras de defeitos
físicos.
3 - Prevenção de agravamento de doenças e de lesões
4 - Manutenção da saúde dos trabalhadores e aumento
da produtividade por meio de controle do ambiente de
trabalho5
O programa de higiene no trabalho envolve:
1-Ambiente físico de trabalho: Todo o ambiente que circunda as
atividades diárias.
2-Ambiente psicológico: os relacionamentos humanos agradáveis,
tipos de atividade agradável e motivadora, estilo de gerência
democrático e participativo e eliminação de possíveis fontes de
estresse
3-Aplicação de princípios de ergonomia: máquinas e equipamentos
adequados às características humanas, mesas e instalações ajustadas
ao tamanho das pessoas e ferramentas que reduzam a necessidade de
esforço físico humano
4-Saúde ocupacional: ausência de doenças por meio da assistência
médica preventiva.
6
Introdução à Segurança do
Trabalho
O que é Segurança do Trabalho ?
Segurança do trabalho pode ser entendida
como os conjuntos de medidas que são
adotadas visando minimizar os acidentes
de trabalho, doenças ocupacionais, bem
como proteger a integridade e a capacidade
de trabalho do trabalhador.
7
Introdução à Segurança do
Trabalho
O que estuda a Segurança do Trabalho ?
 Comunicação e Treinamento
 Administração aplicada à Engenharia de Segurança
 O Ambiente e as Doenças do Trabalho
 Higiene do Trabalho
 Metodologia de Pesquisa
 Legislação
8
Introdução à Segurança do
Trabalho
O que estuda a Segurança do Trabalho ?
 Normas Técnicas
 Responsabilidade Civil e Criminal
 Perícias
 Proteção do Meio Ambiente
 Ergonomia e Iluminação, Proteção contra Incêndios
 Explosões e Gerência de Riscos.
9
Introdução à Segurança do
Trabalho
A equipe de Segurança do Trabalho
SESMT - Serviço Especializado em Engenharia de
Segurança e Medicina do Trabalho
 Técnico de Segurança do Trabalho
 Engenheiro de Segurança do Trabalho
 Médico do Trabalho
 Enfermeiro do Trabalho
10
NR 4 - SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM
ENGENHARIA DE SEGURANÇA
E EM MEDICINA DO TRABALHO
 4.2 O dimensionamento dos Serviços
Especializados em Engenharia de Segurança
e em Medicina do Trabalho vincula-se à
gradação do risco da atividade principal e ao
número total de empregados do
estabelecimento
11
12
Introdução à Segurança do
Trabalho
A equipe de Segurança do Trabalho
NR – 5 - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
(CIPA)
 tem como objetivo a prevenção de acidentes e
doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar
compatível permanentemente o trabalho com a
preservação da vida e a promoção da saúde do
trabalhador.
13
 A CIPA será composta de representantes do
empregador e dos empregados, de acordo com o
dimensionamento previsto no Quadro I desta NR,
ressalvadas as alterações disciplinadas em atos
normativos para setores econômicos específicos
14
Introdução à Segurança do
Trabalho
O que define a Segurança do Trabalho ?
A Segurança do Trabalho é definida por normas e leis:
 Normas Regulamentadoras
 Normas Regulamentadoras Rurais
 portarias e decretos
 convenções Internacionais da Organização
Internacional do Trabalho, ratificadas pelo Brasil.
15
Introdução à Segurança do
Trabalho
Porque minha empresa precisa constituir
equipe de Segurança do Trabalho?
Além de ser exigido por lei, a Segurança do
Trabalho faz com que a empresa se organize,
aumentando a produtividade e a qualidade dos
produtos, melhorando as relações humanas no
trabalho.
16
Introdução à Segurança do
Trabalho
Onde atua o profissional de Segurança do
Trabalho?
 em todas as esferas da sociedade onde houver
trabalhadores.
 em fábricas de alimentos, construção civil, hospitais,
empresas comerciais e industriais, grandes empresas
estatais, mineradoras e de extração.
 em área rural
 em empresas agro-industriais.
17
Introdução à Segurança do
Trabalho
O que faz o profissional de Segurança do
Trabalho?
 O engenheiro e o técnico de segurança atuam em
empresas organizando programas de prevenção de
acidentes, orientando a CIPA, os trabalhadores quanto
ao uso de equipamentos de proteção individual,
elaborando planos de prevenção de riscos ambientais,
fazendo inspeção de segurança, laudos técnicos e
ainda organizando e dando palestras e treinamento.
Muitas vezes esse profissional também é responsável
pela implementação de programas de meio ambiente e
ecologia na empresa.
18
Introdução à Segurança do
Trabalho
O que faz o profissional de Segurança do
Trabalho?
 O médico e o enfermeiro do trabalho dedicam-se a
parte de saúde ocupacional, prevenindo doenças,
fazendo consultas, tratando ferimentos, ministrando
vacinas, fazendo exames de admissão e periódicos
nos empregados.
19
Introdução à Segurança do
Trabalho
Como minimizar os custos com a
Segurança do Trabalho?
 A melhor maneira de minimizar os custos da
empresa é investir na prevenção de acidentes.
Muitos empresários tem a idéia errônea que devem
diminuir seus investimentos em equipamentos de
proteção individual, contratação de pessoal de
segurança do trabalho e medidas de segurança. O
custo de um acidente pode trazer inúmeros prejuízos
à empresa.
20
Introdução à Segurança do
Trabalho
Como minimizar os custos com a
Segurança do Trabalho?
 O acidente leva a encargos com advogados, perdas
de tempo e materiais e na produção. Sabem-se
casos de empresas que tiveram que fechar suas
portas devido à indenização por acidentes de
trabalho.
21
Introdução à Segurança do
Trabalho
Na minha empresa nunca teve acidente de
trabalho. Acho que investir em Segurança
atualmente é perda de tempo.
 Investir em segurança também vai aumentar o grau
de conscientização dos empregados.
 Fazer treinamento de segurança vai melhorar o
relacionamento entre eles.
 Se nunca aconteceu acidente não quer dizer que
nunca vai acontecer.
22
Introdução à Segurança do
Trabalho
Acho que meu dever como administrador de
empresas e ou dono da empresa é contratar o
serviço de segurança do trabalho da empresa e
ponto final.
 Em uma campanha de segurança da empresa toda a diretoria
deve estar envolvida.
 De nada adianta treinar os funcionários, fazer campanhas, se a
diretoria, a maior responsável pela empresa, não estiver
envolvida e engajada com a Segurança do Trabalho.
23
Trabalho sem segurança ainda é muito comum..............
ESSE IMPROVISO NÃO VAI DAR CERTO.........
Qual a relação entre higiene e
segurança no trabalho?
A saúde e segurança dos empregados constituem uma
das principais bases para a preservação da força de
trabalho adequada.
De modo genérico, higiene e segurança do trabalho
constituem duas atividades intimamente relacionadas,
no sentido de garantir condições pessoais e materiais de
trabalho capazes de manter certo nível de saúde dos
empregados.
Estatísticas sobre acidentes do trabalho
29
30
31
32

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Segurança e higiene do trabalho - Aula 1
Segurança e higiene do trabalho - Aula 1Segurança e higiene do trabalho - Aula 1
Segurança e higiene do trabalho - Aula 1IBEST ESCOLA
 
Aula EPI - Apresentação
Aula EPI - ApresentaçãoAula EPI - Apresentação
Aula EPI - ApresentaçãoRapha_Carvalho
 
Aula 3 doenças ocupacionais
Aula 3   doenças ocupacionaisAula 3   doenças ocupacionais
Aula 3 doenças ocupacionaisDaniel Moura
 
Riscos ambientais
Riscos ambientais   Riscos ambientais
Riscos ambientais Ythia Karla
 
Doença Profissional e Doença do Trabalho
Doença Profissional e Doença do TrabalhoDoença Profissional e Doença do Trabalho
Doença Profissional e Doença do TrabalhoDay Vasconcellos
 
Nr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completaNr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completaDaniel Lira
 
Slides Primeiros Socorros
Slides Primeiros SocorrosSlides Primeiros Socorros
Slides Primeiros SocorrosOberlania Alves
 
Doenças ocupacionais
Doenças ocupacionaisDoenças ocupacionais
Doenças ocupacionaisTiago Malta
 
Riscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos
Riscos Ambientais e Medidas de Controle de RiscosRiscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos
Riscos Ambientais e Medidas de Controle de RiscosGerlane Batista
 
Acidentes de trabalho (causas e consequências)
Acidentes de trabalho   (causas e consequências)Acidentes de trabalho   (causas e consequências)
Acidentes de trabalho (causas e consequências)Agostinho J. Neto
 
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalhoMedidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalhoThaysa Brito
 
Slide Qualidade de Vida no Trabalho
Slide Qualidade de Vida no TrabalhoSlide Qualidade de Vida no Trabalho
Slide Qualidade de Vida no TrabalhoCrícia Silva
 

Mais procurados (20)

Riscos físicos
Riscos físicosRiscos físicos
Riscos físicos
 
Segurança e higiene do trabalho - Aula 1
Segurança e higiene do trabalho - Aula 1Segurança e higiene do trabalho - Aula 1
Segurança e higiene do trabalho - Aula 1
 
riscos ambientais
 riscos ambientais riscos ambientais
riscos ambientais
 
Aula EPI - Apresentação
Aula EPI - ApresentaçãoAula EPI - Apresentação
Aula EPI - Apresentação
 
Aula 3 doenças ocupacionais
Aula 3   doenças ocupacionaisAula 3   doenças ocupacionais
Aula 3 doenças ocupacionais
 
NR7 PCMSO
NR7 PCMSONR7 PCMSO
NR7 PCMSO
 
Riscos ambientais
Riscos ambientais   Riscos ambientais
Riscos ambientais
 
NR 15 - Insalubridade e Periculosidade
NR 15 - Insalubridade e PericulosidadeNR 15 - Insalubridade e Periculosidade
NR 15 - Insalubridade e Periculosidade
 
Normas regulamentadoras
Normas regulamentadorasNormas regulamentadoras
Normas regulamentadoras
 
Doença Profissional e Doença do Trabalho
Doença Profissional e Doença do TrabalhoDoença Profissional e Doença do Trabalho
Doença Profissional e Doença do Trabalho
 
Nr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completaNr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completa
 
Slides Primeiros Socorros
Slides Primeiros SocorrosSlides Primeiros Socorros
Slides Primeiros Socorros
 
Doenças ocupacionais
Doenças ocupacionaisDoenças ocupacionais
Doenças ocupacionais
 
Riscos químicos
Riscos químicos Riscos químicos
Riscos químicos
 
Riscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos
Riscos Ambientais e Medidas de Controle de RiscosRiscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos
Riscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos
 
ERGONOMIA NO TRABALHO
ERGONOMIA NO TRABALHOERGONOMIA NO TRABALHO
ERGONOMIA NO TRABALHO
 
Prevenção de Acidentes de Trabalho
Prevenção de Acidentes de TrabalhoPrevenção de Acidentes de Trabalho
Prevenção de Acidentes de Trabalho
 
Acidentes de trabalho (causas e consequências)
Acidentes de trabalho   (causas e consequências)Acidentes de trabalho   (causas e consequências)
Acidentes de trabalho (causas e consequências)
 
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalhoMedidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
 
Slide Qualidade de Vida no Trabalho
Slide Qualidade de Vida no TrabalhoSlide Qualidade de Vida no Trabalho
Slide Qualidade de Vida no Trabalho
 

Destaque

Apresentaçao das nr.s
Apresentaçao das nr.sApresentaçao das nr.s
Apresentaçao das nr.sJunior Almeida
 
Equipamentos elétricos e telecomunicações 1 corrente elétrica
Equipamentos elétricos e telecomunicações   1 corrente elétricaEquipamentos elétricos e telecomunicações   1 corrente elétrica
Equipamentos elétricos e telecomunicações 1 corrente elétricaprofelder
 
Texto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasTexto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasJosé Ferreira
 
Organização, Higiene e Segurança. Educação Tecnológica
Organização, Higiene e Segurança. Educação TecnológicaOrganização, Higiene e Segurança. Educação Tecnológica
Organização, Higiene e Segurança. Educação TecnológicaAgostinho NSilva
 
Aula princípios gerais de segurança no trabalho
Aula princípios gerais de segurança no trabalhoAula princípios gerais de segurança no trabalho
Aula princípios gerais de segurança no trabalhothiago_design
 
Higiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no TrabalhoHigiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no TrabalhoFilomena54
 
Manual higiene e segurança no trabalho
Manual higiene e segurança no trabalhoManual higiene e segurança no trabalho
Manual higiene e segurança no trabalhoFilipa Andrade
 
Saúde e segurança no trabalho 2012.2
Saúde e segurança no trabalho    2012.2Saúde e segurança no trabalho    2012.2
Saúde e segurança no trabalho 2012.2flavio_avlis
 
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e PsiquiatriaO papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e PsiquiatriaAliny Lima
 

Destaque (10)

Apresentaçao das nr.s
Apresentaçao das nr.sApresentaçao das nr.s
Apresentaçao das nr.s
 
SHST
SHSTSHST
SHST
 
Equipamentos elétricos e telecomunicações 1 corrente elétrica
Equipamentos elétricos e telecomunicações   1 corrente elétricaEquipamentos elétricos e telecomunicações   1 corrente elétrica
Equipamentos elétricos e telecomunicações 1 corrente elétrica
 
Texto Narrativo Categorias
Texto Narrativo CategoriasTexto Narrativo Categorias
Texto Narrativo Categorias
 
Organização, Higiene e Segurança. Educação Tecnológica
Organização, Higiene e Segurança. Educação TecnológicaOrganização, Higiene e Segurança. Educação Tecnológica
Organização, Higiene e Segurança. Educação Tecnológica
 
Aula princípios gerais de segurança no trabalho
Aula princípios gerais de segurança no trabalhoAula princípios gerais de segurança no trabalho
Aula princípios gerais de segurança no trabalho
 
Higiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no TrabalhoHigiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no Trabalho
 
Manual higiene e segurança no trabalho
Manual higiene e segurança no trabalhoManual higiene e segurança no trabalho
Manual higiene e segurança no trabalho
 
Saúde e segurança no trabalho 2012.2
Saúde e segurança no trabalho    2012.2Saúde e segurança no trabalho    2012.2
Saúde e segurança no trabalho 2012.2
 
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e PsiquiatriaO papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
 

Semelhante a Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho

Aula 2 - Higiene e segurança do trabalho.pdf
Aula 2 - Higiene e segurança do trabalho.pdfAula 2 - Higiene e segurança do trabalho.pdf
Aula 2 - Higiene e segurança do trabalho.pdfTedTrindade1
 
Seguranca no trabalho slade
Seguranca no trabalho sladeSeguranca no trabalho slade
Seguranca no trabalho sladeRosângela Mello
 
Ss 0033-14-cartilha-orientativa-sst a5-presidente
Ss 0033-14-cartilha-orientativa-sst a5-presidenteSs 0033-14-cartilha-orientativa-sst a5-presidente
Ss 0033-14-cartilha-orientativa-sst a5-presidentemichelefrancodefreit
 
Noções basicas e saude no trabalho
Noções basicas e saude no trabalhoNoções basicas e saude no trabalho
Noções basicas e saude no trabalhoMiguelAlmeida502577
 
O que é segurança e saúde no trabalho.pptx
O que é segurança e saúde no trabalho.pptxO que é segurança e saúde no trabalho.pptx
O que é segurança e saúde no trabalho.pptxaline588427
 
TREINAMENTO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES....pptx
TREINAMENTO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES....pptxTREINAMENTO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES....pptx
TREINAMENTO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES....pptxNilsonLemosMachado1
 
Seguranca no trabalho
Seguranca no trabalhoSeguranca no trabalho
Seguranca no trabalhoLeinad Aruom
 
Trabalho de adm estrategica de rh
Trabalho de adm estrategica de rhTrabalho de adm estrategica de rh
Trabalho de adm estrategica de rhjuliana goés
 
Engenharia de segurança no trabalho
Engenharia de segurança no trabalhoEngenharia de segurança no trabalho
Engenharia de segurança no trabalhoR Gómez
 
Boas práticas para aumentar a segurança no trabalho
Boas práticas para aumentar a segurança no trabalhoBoas práticas para aumentar a segurança no trabalho
Boas práticas para aumentar a segurança no trabalhoMais Segurança
 
Seguranca-No-Trabalho-e-Qualidade.ppt
Seguranca-No-Trabalho-e-Qualidade.pptSeguranca-No-Trabalho-e-Qualidade.ppt
Seguranca-No-Trabalho-e-Qualidade.pptdesportistaluis
 
Aula 3 hst_previenir_acidentes
Aula 3 hst_previenir_acidentesAula 3 hst_previenir_acidentes
Aula 3 hst_previenir_acidentesFernando Pereira
 
Cartilha de Higiene e Segurança do Trabalho.pptx
Cartilha de Higiene e Segurança do Trabalho.pptxCartilha de Higiene e Segurança do Trabalho.pptx
Cartilha de Higiene e Segurança do Trabalho.pptxThazio Lima
 
Higiene, saúde e segurança no trabalho
Higiene, saúde e segurança no trabalhoHigiene, saúde e segurança no trabalho
Higiene, saúde e segurança no trabalhoBeatriz123Letras
 
Ergonomia e segurança do trabalho uff - 2015
Ergonomia e segurança do trabalho   uff - 2015Ergonomia e segurança do trabalho   uff - 2015
Ergonomia e segurança do trabalho uff - 2015Victor Hugo Piccoli
 

Semelhante a Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho (20)

HST
HSTHST
HST
 
Aula 1 intro hst
Aula 1   intro hstAula 1   intro hst
Aula 1 intro hst
 
Aula 2 - Higiene e segurança do trabalho.pdf
Aula 2 - Higiene e segurança do trabalho.pdfAula 2 - Higiene e segurança do trabalho.pdf
Aula 2 - Higiene e segurança do trabalho.pdf
 
Seguranca no trabalho slade
Seguranca no trabalho sladeSeguranca no trabalho slade
Seguranca no trabalho slade
 
Segurança do trabalho
Segurança do trabalhoSegurança do trabalho
Segurança do trabalho
 
Ss 0033-14-cartilha-orientativa-sst a5-presidente
Ss 0033-14-cartilha-orientativa-sst a5-presidenteSs 0033-14-cartilha-orientativa-sst a5-presidente
Ss 0033-14-cartilha-orientativa-sst a5-presidente
 
Noções basicas e saude no trabalho
Noções basicas e saude no trabalhoNoções basicas e saude no trabalho
Noções basicas e saude no trabalho
 
O que é segurança e saúde no trabalho.pptx
O que é segurança e saúde no trabalho.pptxO que é segurança e saúde no trabalho.pptx
O que é segurança e saúde no trabalho.pptx
 
TREINAMENTO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES....pptx
TREINAMENTO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES....pptxTREINAMENTO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES....pptx
TREINAMENTO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES....pptx
 
Seguranca no trabalho
Seguranca no trabalhoSeguranca no trabalho
Seguranca no trabalho
 
Trabalho de adm estrategica de rh
Trabalho de adm estrategica de rhTrabalho de adm estrategica de rh
Trabalho de adm estrategica de rh
 
Engenharia de segurança no trabalho
Engenharia de segurança no trabalhoEngenharia de segurança no trabalho
Engenharia de segurança no trabalho
 
Boas práticas para aumentar a segurança no trabalho
Boas práticas para aumentar a segurança no trabalhoBoas práticas para aumentar a segurança no trabalho
Boas práticas para aumentar a segurança no trabalho
 
Seguranca-No-Trabalho-e-Qualidade.ppt
Seguranca-No-Trabalho-e-Qualidade.pptSeguranca-No-Trabalho-e-Qualidade.ppt
Seguranca-No-Trabalho-e-Qualidade.ppt
 
Aula 3 hst_previenir_acidentes
Aula 3 hst_previenir_acidentesAula 3 hst_previenir_acidentes
Aula 3 hst_previenir_acidentes
 
Cartilha de Higiene e Segurança do Trabalho.pptx
Cartilha de Higiene e Segurança do Trabalho.pptxCartilha de Higiene e Segurança do Trabalho.pptx
Cartilha de Higiene e Segurança do Trabalho.pptx
 
Imei mod 1.1
Imei mod 1.1Imei mod 1.1
Imei mod 1.1
 
Que é segurança do trabalho
Que é segurança do trabalhoQue é segurança do trabalho
Que é segurança do trabalho
 
Higiene, saúde e segurança no trabalho
Higiene, saúde e segurança no trabalhoHigiene, saúde e segurança no trabalho
Higiene, saúde e segurança no trabalho
 
Ergonomia e segurança do trabalho uff - 2015
Ergonomia e segurança do trabalho   uff - 2015Ergonomia e segurança do trabalho   uff - 2015
Ergonomia e segurança do trabalho uff - 2015
 

Mais de Unidade Acedêmica de Engenharia de Produção

Mais de Unidade Acedêmica de Engenharia de Produção (20)

Aula 4 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 4 - Planejamento e Controle da Produção IIAula 4 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 4 - Planejamento e Controle da Produção II
 
Aula 3 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 3 - Planejamento e Controle da Produção IIAula 3 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 3 - Planejamento e Controle da Produção II
 
Aula 2 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 2 - Planejamento e Controle da Produção IIAula 2 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 2 - Planejamento e Controle da Produção II
 
Aula 1 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 1 - Planejamento e Controle da Produção IIAula 1 - Planejamento e Controle da Produção II
Aula 1 - Planejamento e Controle da Produção II
 
Aula 6 - Gestão da Qualidade
Aula 6 - Gestão da QualidadeAula 6 - Gestão da Qualidade
Aula 6 - Gestão da Qualidade
 
Aula 3 - Gestão da Qualidade
Aula 3 - Gestão da QualidadeAula 3 - Gestão da Qualidade
Aula 3 - Gestão da Qualidade
 
Aula 2 - Gestão da Qualidade
Aula 2 - Gestão da QualidadeAula 2 - Gestão da Qualidade
Aula 2 - Gestão da Qualidade
 
Aula 1 - Gestão da Qualidade
Aula 1 - Gestão da QualidadeAula 1 - Gestão da Qualidade
Aula 1 - Gestão da Qualidade
 
Aula 4 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 4 - Projeto de Fábrica e Layout Aula 4 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 4 - Projeto de Fábrica e Layout
 
Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 3 - Projeto de Fábrica e Layout
 
Aula 2.1 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 2.1 - Projeto de Fábrica e Layout Aula 2.1 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 2.1 - Projeto de Fábrica e Layout
 
Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 2 - Projeto de Fábrica e Layout
 
Aula 1 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 1 - Projeto de Fábrica e Layout Aula 1 - Projeto de Fábrica e Layout
Aula 1 - Projeto de Fábrica e Layout
 
Aula 6 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 6 - Higiene e Segurança do TrabalhoAula 6 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 6 - Higiene e Segurança do Trabalho
 
Aula 5 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 5 - Higiene e Segurança do TrabalhoAula 5 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 5 - Higiene e Segurança do Trabalho
 
Aula 4 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 4 - Higiene e Segurança do Trabalho Aula 4 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 4 - Higiene e Segurança do Trabalho
 
Aula 3.1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 3.1 - Higiene e Segurança do Trabalho Aula 3.1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 3.1 - Higiene e Segurança do Trabalho
 
Aula 3 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 3 - Higiene e Segurança do Trabalho Aula 3 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 3 - Higiene e Segurança do Trabalho
 
Aula 2 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 2 - Higiene e Segurança do Trabalho Aula 2 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 2 - Higiene e Segurança do Trabalho
 
Aula 9 - Sistemas de Produção
Aula 9 - Sistemas de ProduçãoAula 9 - Sistemas de Produção
Aula 9 - Sistemas de Produção
 

Último

Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 

Último (20)

Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 

Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho

  • 1. Higiene e Segurança do Trabalho Professor: Daniel Moura
  • 2. Art. 196. A saúde é direito de todos, e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação. 2
  • 3. O que é higiene do trabalho? Higiene do trabalho é um conjunto de normas e procedimentos que visam à proteção da integridade física e mental do trabalhador, preservando-o dos riscos de saúde inerentes às tarefas do cargo e ao ambiente físico onde são executadas. (Chiavenato, 1999). 3
  • 4. A higiene do trabalho tem caráter eminentemente preventivo, pois objetiva a saúde e o conforto do trabalhador, evitando que adoeça e se ausente provisória ou definitivamente do trabalho. 4
  • 5. Os principais objetivos são: 1 - Eliminação das causas das doenças profissionais 2 - Redução dos efeitos prejudiciais provocados pelo trabalho em pessoas doentes ou portadoras de defeitos físicos. 3 - Prevenção de agravamento de doenças e de lesões 4 - Manutenção da saúde dos trabalhadores e aumento da produtividade por meio de controle do ambiente de trabalho5
  • 6. O programa de higiene no trabalho envolve: 1-Ambiente físico de trabalho: Todo o ambiente que circunda as atividades diárias. 2-Ambiente psicológico: os relacionamentos humanos agradáveis, tipos de atividade agradável e motivadora, estilo de gerência democrático e participativo e eliminação de possíveis fontes de estresse 3-Aplicação de princípios de ergonomia: máquinas e equipamentos adequados às características humanas, mesas e instalações ajustadas ao tamanho das pessoas e ferramentas que reduzam a necessidade de esforço físico humano 4-Saúde ocupacional: ausência de doenças por meio da assistência médica preventiva. 6
  • 7. Introdução à Segurança do Trabalho O que é Segurança do Trabalho ? Segurança do trabalho pode ser entendida como os conjuntos de medidas que são adotadas visando minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador. 7
  • 8. Introdução à Segurança do Trabalho O que estuda a Segurança do Trabalho ?  Comunicação e Treinamento  Administração aplicada à Engenharia de Segurança  O Ambiente e as Doenças do Trabalho  Higiene do Trabalho  Metodologia de Pesquisa  Legislação 8
  • 9. Introdução à Segurança do Trabalho O que estuda a Segurança do Trabalho ?  Normas Técnicas  Responsabilidade Civil e Criminal  Perícias  Proteção do Meio Ambiente  Ergonomia e Iluminação, Proteção contra Incêndios  Explosões e Gerência de Riscos. 9
  • 10. Introdução à Segurança do Trabalho A equipe de Segurança do Trabalho SESMT - Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho  Técnico de Segurança do Trabalho  Engenheiro de Segurança do Trabalho  Médico do Trabalho  Enfermeiro do Trabalho 10
  • 11. NR 4 - SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E EM MEDICINA DO TRABALHO  4.2 O dimensionamento dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho vincula-se à gradação do risco da atividade principal e ao número total de empregados do estabelecimento 11
  • 12. 12
  • 13. Introdução à Segurança do Trabalho A equipe de Segurança do Trabalho NR – 5 - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA)  tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador. 13
  • 14.  A CIPA será composta de representantes do empregador e dos empregados, de acordo com o dimensionamento previsto no Quadro I desta NR, ressalvadas as alterações disciplinadas em atos normativos para setores econômicos específicos 14
  • 15. Introdução à Segurança do Trabalho O que define a Segurança do Trabalho ? A Segurança do Trabalho é definida por normas e leis:  Normas Regulamentadoras  Normas Regulamentadoras Rurais  portarias e decretos  convenções Internacionais da Organização Internacional do Trabalho, ratificadas pelo Brasil. 15
  • 16. Introdução à Segurança do Trabalho Porque minha empresa precisa constituir equipe de Segurança do Trabalho? Além de ser exigido por lei, a Segurança do Trabalho faz com que a empresa se organize, aumentando a produtividade e a qualidade dos produtos, melhorando as relações humanas no trabalho. 16
  • 17. Introdução à Segurança do Trabalho Onde atua o profissional de Segurança do Trabalho?  em todas as esferas da sociedade onde houver trabalhadores.  em fábricas de alimentos, construção civil, hospitais, empresas comerciais e industriais, grandes empresas estatais, mineradoras e de extração.  em área rural  em empresas agro-industriais. 17
  • 18. Introdução à Segurança do Trabalho O que faz o profissional de Segurança do Trabalho?  O engenheiro e o técnico de segurança atuam em empresas organizando programas de prevenção de acidentes, orientando a CIPA, os trabalhadores quanto ao uso de equipamentos de proteção individual, elaborando planos de prevenção de riscos ambientais, fazendo inspeção de segurança, laudos técnicos e ainda organizando e dando palestras e treinamento. Muitas vezes esse profissional também é responsável pela implementação de programas de meio ambiente e ecologia na empresa. 18
  • 19. Introdução à Segurança do Trabalho O que faz o profissional de Segurança do Trabalho?  O médico e o enfermeiro do trabalho dedicam-se a parte de saúde ocupacional, prevenindo doenças, fazendo consultas, tratando ferimentos, ministrando vacinas, fazendo exames de admissão e periódicos nos empregados. 19
  • 20. Introdução à Segurança do Trabalho Como minimizar os custos com a Segurança do Trabalho?  A melhor maneira de minimizar os custos da empresa é investir na prevenção de acidentes. Muitos empresários tem a idéia errônea que devem diminuir seus investimentos em equipamentos de proteção individual, contratação de pessoal de segurança do trabalho e medidas de segurança. O custo de um acidente pode trazer inúmeros prejuízos à empresa. 20
  • 21. Introdução à Segurança do Trabalho Como minimizar os custos com a Segurança do Trabalho?  O acidente leva a encargos com advogados, perdas de tempo e materiais e na produção. Sabem-se casos de empresas que tiveram que fechar suas portas devido à indenização por acidentes de trabalho. 21
  • 22. Introdução à Segurança do Trabalho Na minha empresa nunca teve acidente de trabalho. Acho que investir em Segurança atualmente é perda de tempo.  Investir em segurança também vai aumentar o grau de conscientização dos empregados.  Fazer treinamento de segurança vai melhorar o relacionamento entre eles.  Se nunca aconteceu acidente não quer dizer que nunca vai acontecer. 22
  • 23. Introdução à Segurança do Trabalho Acho que meu dever como administrador de empresas e ou dono da empresa é contratar o serviço de segurança do trabalho da empresa e ponto final.  Em uma campanha de segurança da empresa toda a diretoria deve estar envolvida.  De nada adianta treinar os funcionários, fazer campanhas, se a diretoria, a maior responsável pela empresa, não estiver envolvida e engajada com a Segurança do Trabalho. 23
  • 24. Trabalho sem segurança ainda é muito comum..............
  • 25.
  • 26.
  • 27. ESSE IMPROVISO NÃO VAI DAR CERTO.........
  • 28. Qual a relação entre higiene e segurança no trabalho? A saúde e segurança dos empregados constituem uma das principais bases para a preservação da força de trabalho adequada. De modo genérico, higiene e segurança do trabalho constituem duas atividades intimamente relacionadas, no sentido de garantir condições pessoais e materiais de trabalho capazes de manter certo nível de saúde dos empregados.
  • 30. 30
  • 31. 31
  • 32. 32