Palestra de ergonomia Nr -17

36.329 visualizações

Publicada em

Ergonomia

Publicada em: Educação
1 comentário
35 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
36.329
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2.361
Comentários
1
Gostaram
35
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra de ergonomia Nr -17

  1. 1. Ergonomi a Saúde no Trabalho
  2. 2. Ergonomia Conhecida como estudo científico da relação entre o homem e seus ambientes de trabalho, a ergonomia tem alguns objetivos básicos que são:  Possibilitar o conforto ao indivíduo;  Proporcionar a prevenção de acidentes e do aparecimento de patologias específicas para determinado tipo de trabalho.
  3. 3. A Ergonomia merece atenção especial. Uma boa parte dos problemas de postura que os colaboradores desenvolvem são por causa do longo tempo de exposição ao risco ergonômico em suas vidas durante o trabalho. Como por exemplo:  Monotonia;  Esforços repetitivos;  Levantamento de Cargas;  Trabalhos em longas jornadas em pé, etc.
  4. 4. Qual seria então a solução? O ideal seria que todos os móveis do escritório de sua casa e todo qualquer equipamento usado no nosso dia-a-dia passassem por estudo e adequação ergonômica, antes mesmo de serem adquiridos. Também participando de palestras e seminários sobre ergonomia.
  5. 5. A ergonomia vem justamente estudar estas medidas de conforto, a fim de produzir um melhor rendimento no trabalho, prevenir acidentes e proporcionar uma maior satisfação do trabalhador.
  6. 6. Qual o papel da Ergonomia para a saúde? A ergonomia se preocupa com as condições gerais de trabalho, tais como, a iluminação, os ruídos e a temperatura, que geralmente são conhecidas como agentes causadores de males na área de saúde física e mental, mas que o estudo procura traçar os caminhos para a correção. O seu objetivo é aumentar a eficiência humana, através de dados que permitam que se tomem decisões lógicas.
  7. 7. Homens, máquinas e controles A integração de homens e máquinas é constantemente estudada, para que seja completo o sistema, muitas máquinas são projetadas respeitando algumas informações que permitirão, ao usuário, uma maior integração. São estudadas as funções dos indivíduos, o sexo dos operadores e como será seu desempenho em relação às atividades laborais, ou seja o tamanho, a idade dos operadores e usuários de um determinado equipamento.
  8. 8. A falta e suas consequências Uma das causas da baixa produtividade pode ser o desconforto, que entre as suas várias causas está diretamente ligada à adequação do corpo frente a um determinado equipamento. A questão da iluminação, que além de poder causar danos à visão, contribui significativamente na baixa pessoal da capacidade de produção de uma pessoa, quer seja em um escritório, indústria, como até mesmo em ambientes de trabalho mais sofisticados. Além disso, os ruídos e mudanças de temperatura também influem negativamente neste processo.
  9. 9. Com relação aos problemas de coluna, o ideal ainda é a prevenção, portanto buscar no ambiente de trabalho, a adequação de cadeiras e mesas seria o ideal para protegê-la.
  10. 10. Postos de Trabalho Em relação aos postos de trabalho eles devem ser adaptados e compatíveis com o desempenho da função. Sendo ajustáveis tanto para cima quanto para baixo e até mesmo para perto e longe do colaborador. Assim estes postos de trabalho estarão adequados para o desempenho da função do colaborador.
  11. 11. Posição de Trabalho em Pé Na posição de trabalho em pé, todo nosso peso acaba sendo suportado apenas pelos nossos pés. Assim causando um desconforto muito grande para nosso organismo. O trabalho em pé deve–se adequar ao serviço desenvolvido.
  12. 12. O local onde o colaborador irá desenvolver sua atividade deve ser um local amplo é de fácil acesso onde o mesmo tenha espaço para executar suas tarefas sem oferecer riscos a outros colaboradores.
  13. 13. Problemas Enfrentados Os piores problemas enfrentados para quem executa sua atividade na posição em pé são os PROBLEMAS CIRCULATÓRIOS nos (MMI), aparecimento das LOMBALGIAS (dores na região lombar) e ARTROSE (dor articular).
  14. 14. Como minimizar estes problemas causados pelo trabalho em Pé?  Escolha do calçado: escolha um calçado confortável, macio e sem salto.  Alterne a posição de apoio das pernas: alterne a posição de apoio entre uma perna e outra e sempre que possível dê uma pequena caminhada.  Movimente os pés: faça movimentos circulares com os pés para melhorar a circulação, evitar o inchaço e o aparecimento de varizes.  Postura ereta: Tente manter a postura ereta pelo maior tempo possível, evitando inclinar-se para frente ou para os lados por muito tempo.  Pegando um objeto no chão: quando for pegar algum objeto que esteja no chão, abaixe flexionando os joelhos, assim você evita curvar-se para frente.  Pausas durante a jornada de trabalho.
  15. 15. Trabalho Sentado Na posição de trabalho sentado, nosso corpo acaba queimando menos gordura assim nos deixando sedentários. Com isso vem um leque de doenças e problemas que podemos desenvolver.
  16. 16. Principais Sintomas Formigamento Fadiga muscular e cansaço Depressão Afastamento
  17. 17. Riscos de passar o dia sentado Órgãos: Doença cardíaca; Câncer de cólon. Músculos: Barriga flácida; Quadris rígidos; Glúteos flácidos. Pernas: Má circulação Ossos moles.
  18. 18. A prática de exercícios físicos é um grande aliado para essas pessoas, ajudando a fortalecer coluna e membros inferiores.
  19. 19. A Maneira Correta de Sentar Se você tem que passar boa parte do dia sentado, ao menos tente fazer isso da maneira correta.
  20. 20. O que os Especialistas Recomendam Sentar em algo macio: Uma bola de exercício ou mesmo um banquinho sem encosto força os seus músculos centrais a trabalhar. Sente-se com a coluna ereta e mantenha os pés todos encostados no chão, de modo a que sustentem cerca de 1/4 do seu peso.
  21. 21. O que os Especialistas Recomendam Alongar os flexores do quadril: por três minutos de cada lado, uma vez ao dia.
  22. 22. O que os Especialistas Recomendam Andar durante os comerciais quando está assistindo televisão. Até mesmo um passo de caramujo queima duas vezes mais calorias do que ficar sentado - e exercícios mais vigorosos são ainda melhores.
  23. 23. O que os Especialistas Recomendam Alternar entre ficar sentado e em pé na sua estação de trabalho. Se não é possível fazer isso, levante-se a cada 30 minutos e dê uma volta.
  24. 24. O que os Especialistas Recomendam Experimentar poses de yoga: poses como a da vaca e a do gato melhoram a flexibilidade e a extensão das costas.
  25. 25. Levantamento e Transporte de Cargas O transporte manual de cargas é uma das formas de trabalho mais antigas e comuns, sendo responsável por um grande número de lesões e acidentes do trabalho. Estas lesões, em sua grande maioria, afetam a coluna vertebral, mas também podem causar outros males como, por exemplo, a hérnia escrotal.
  26. 26. Levantamento e Transporte de Cargas A figura ao lado mostra a técnica correta para o levantamento de cargas(caixa, barra, saco, etc.). O joelho deve ficar adiantado em ângulo de 90 graus. Braços esticados entre as pernas. Dorso plano. Queixo não dirigido para baixo. Pernas distanciadas entre si lateralmente. Carga próxima ao eixo vertical do corpo. Tronco em mínima flexão.
  27. 27. Levantamento e Transporte de Cargas Na figura da direita, a técnica indicada para a movimentação lateral de carga (no caso, um barril) é a seguinte: posição dos pés em ângulo de 90 graus, para evitar a torção do tronco. No outro croqui, em que o modelo carrega uma caixa, o porte da carga é feito com os braços retos (esticados), de modo a obter menor tensão nos músculos dos mesmos.
  28. 28. Levantamento e Transporte de Cargas A movimentação manual de cargas é cara, ineficaz (o rendimento útil para operações de levantamento é da ordem de 8 a 10%), penosa (provoca fadiga intensa) e causa inúmeros acidentes. Portanto, sempre que possível, deve ser evitada ou minimizada.
  29. 29. Condições do Ambiente de trabalho  O ambiente deve ser livre ruídos muito altos;  A luz do ambiente de trabalho deve ser adequada;  O ambiente de trabalho deve ser um local limpo e agradável;  O ambiente deve ser livres de desvios de atenção.
  30. 30. Seguimentos e Benefícios da Ergonomia Colaboradores: estes cada vez mais bem informados iram procurar e cobrar seus direitos no desempenho da sua atividade.
  31. 31. Seguimentos e Benefícios da Ergonomia Consumidores: Cada vez os consumidores estão procurando e cobrando mobiliários que se adequam a sua residência tanto no conforto quanto a sua postura.
  32. 32. Seguimentos e Benefícios da Ergonomia Competição Industrial: Com o desenvolvimento da ergonomia as industrias criam cada vez mais equipamentos mais modernos para uma competir com a outra pois o mercado se torna cada vez mais difícil de agradar o consumidor.
  33. 33. Dicas de Ergonomia  De Olho no Conforto Visual! - Para garantir o conforto visual, mantenha seu monitor entre 45 e 70 cm de distância e regule sua altura no máximo, até sua linha de visão.  Punho Neutro é fundamental! - Assim como a altura do monitor, a do teclado também deve poder ser regulável. Ajuste-a até que fique no nível da altura dos seus cotovelos.  Pés bem apoiados! - É importante que as pessoas possam trabalhar com os pés no chão.  Dê um descanso para as costas! - Com exceção de algumas atividades, as cadeiras devem possuir espaldar (encosto) de tamanho médio.
  34. 34. Dicas de Ergonomia  Iluminação - Para evitar reflexos, as superfícies de trabalho, paredes e pisos, devem ser foscas e o monitor deve possuir uma tela anti-reflexiva. Evite posicionar o computador perto de janelas e use luminárias com proteção adequada.  Cores - Equilibre as luminâncias usando cores suaves em tons mate.  Temperatura - Como regra geral, temperaturas confortáveis, para ambientes informatizados, são entre 20 e 22 graus centígrados, no inverno e entre 25 e 26 graus.  Acústica - É recomendável para ambientes de trabalho em que exista solicitação intelectual e atenção constantes, índices de pressão sonora inferiores à 65 dB(A).  Humanização do ambiente - Sempre que possível humanize o ambiente (plantas, quadros e quando possível, som ambiente). Estimule a convivência social entre os funcionários.
  35. 35. Ginástica Laboral
  36. 36. Palestrante: JOSIEL LEITE - TST

×