SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
Profa. Rosineia Santos
E-mail: profrosineia42@gmail.com
Disciplina: Teorias Organizacionais
TEORIA COMPORTAMENTALISTA
• A Origem da Teoria Comportamental
Teoria Comportamental (ou Teoria Behaviorista)
teve seu início por volta de 1950.
Essa administração trouxe um enfoque novo
dentro da teoria administrativa:
abordagem das ciências do comportamento,
adoção de posições explicativas e descritivas.
Abordagem Comportamental:
Mudança de foco
antigo: Desempenho e Produtividade.
Novo foco: Pessoas da Organização
A ênfase permanece nas pessoas, mas dentro
do contexto organizacional mais amplo;
Nota-se a necessidade de maior atenção ao ser
humano;
Ao invés de tentar adaptar o ser humano à
máquina, passa a fazer o inverso; e
Pesquisas confirmaram a grande influência do
fator humano nas organizações.
A teoria comportamental
fundamenta-se
administrar é fazer as coisas por
meio das pessoas;
é preciso conhecer os mecanismos
motivacionais para dirigir as pessoas.
FISIOLÓGICAS
SEGURANÇA
SOCIAIS
AUTO-ESTIMA
AUTO-
REALIZAÇÃO
HIERARQUIA DAS NECESSIDADES ABRAHAN MASLOW
NECESSIDADES
PRIMÁRIAS
NECESSIDADES
SECUNDÁRIAS
Idalberto Chiavenato
# Alimento
# Repouso
# Abrigo
# Sexo
Relacionamento
• Amizade
• Aceitação
• Afeição
• Compreensão
• Consideração
• Segurança
Proteção
contra:
-Perigo
-Doença
-Incerteza
-Desemprego
• Satisfação do ego
• Orgulho
• Status e prestígio
• Auto-respeito
• Reconhecimento
• Confiança
• Progresso
• Apreciação
• Admiração
dos colegas
• Auto-
realização
• Auto desen-
volvimento
• Excelência
pessoal
•Competência
•Expertise
Fisiológicas
Segurança
Auto-Realização
Estima
Sociais
Hierarquia de Necessidades
Herzberg (1959, 1976) entende que o ser humano
possui duas atitudes diferentes em relação ao
trabalho:
busca não só a satisfação de suas necessidades
elementares (higiênicas), mas também o
aperfeiçoamento de suas habilidades, de seu
espírito e o desenvolvimento de seu potencial
humano (motivacionais).
A esses conceitos, denominou teoria dos dois
fatores.
Conteúdo do Cargo
(Como a pessoa se sente
em relação ao seu cargo):
1. Trabalho em si.
1. Realização.
1. Reconhecimento
1. Progresso profissional.
1. Responsabilidade.
Contexto do Cargo
(Como a pessoa se sente
em relação à sua empresa):
1. Condições de trabalho.
2. Administração da empresa.
3. Salário.
4. Relações com o supervisor.
5. Benefícios e serviços sociais.
Fatores Motivacionais Fatores Higiênicos
(Satisfacientes) (Insatisfacientes)
Fatores Motivacionais e Higiênicos (Herzberg)
O trabalho, as rotinas
Auto-realização no trabalho
Reconhecimento (prestígio)
Progresso na carreira
Responsabilidade
FATORES MOTIVACIONAIS
Condições de trabalho
Administração da empresa
Relações com o supervisor
Benefícios/serviços sociais
Salário
FATORES HIGIÊNICOS
Fatores Motivacionais e Higiênicos (Herzberg)
A teoria X e a teoria Y de Douglas McGregor
(1970)
Afirma que o comportamento humano está
vinculado aos diferentes estilos de liderança
impostos para empresa.
Assim, a teoria gerencial convencional é
chamada de teoria X e a gerência
participativa é denominada teoria Y.
1. As pessoas são indolentes e
Preguiçosas.
2. Falta-lhes ambição e evitam
o trabalho.
3. Resistem às mudanças
4. Sua dependência as torna
incapazes de autocontrole
e autodisciplina.
Teoria X Teoria Y
1. As pessoas gostam de atividade.
2. As pessoas não são passivas.
3. Têm motivação e potencial de
desenvolvimento.
4. Aceitam responsabilidade.
5. Têm imaginação e criatividade.
1. A Administração é um processo de
dirigir esforços das pessoas
2. As pessoas devem ser persuadidas
e motivadas.
3. As pessoas devem receber
incentivos econômicos como
recompensa.
1. A Administração é um processo
de dirigir o comportamento das
pessoas em direção dos objetivos
organizacionais e pessoais.
2. A tarefa da Administração é criar
condições organizacionais
através das quais as pessoas
possam atingir seus objetivos
pessoais.
Teoria X e Teoria Y
Assim, a gerência tem o papel de
intermediar as relações de trabalho;
proporcionar as melhores condições
de trabalho;
o trabalhador assume
responsabilidades e o controle do
seu próprio trabalho, com
criatividade e competência.
• Autoritário explorador.
• Autoritário benevolente.
• Consultivo.
• Participativo.
Novas proposições sobre liderança
Rensis Likert
Na teoria comportamental, todo indivíduo é um
tomador de decisões, baseando-se nas informações que
recebe do seu ambiente, processando-as de acordo com
suas convicções e assumindo atitudes, opiniões e pontos de
vista em todas as circunstâncias. A organização neste
sentido é vista como um sistema de decisões.
VAMOS ENTENDER NOSSA AULA?
Exercício:
A nova presidência da Photon
Eduardo Barreto está na Photon há mais de 10 anos. Fez
uma carreira brilhante, apesar de sua insatisfação com o
modelo hierarquizado, autoritário, rígido e Impositivo ali
reinante. Agora, sabe que nos próximos meses receberá a
incumbência que sempre sonhou:
presidir a tradicional e fechada companhia. Eduardo quer
mudar a empresa.
Você poderia ajudá-lo nessa missão?

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a AULA 08 - TURMAS FUND ADM 27 09 2019.ppt

Abordagem comportamental
Abordagem comportamentalAbordagem comportamental
Abordagem comportamentalFabiano Augusto
 
Abordagem Comportamental
Abordagem ComportamentalAbordagem Comportamental
Abordagem Comportamentalrafaelpouzada
 
Modelo comportamental2733
Modelo comportamental2733Modelo comportamental2733
Modelo comportamental2733Antonio Diniz
 
Modelo Comportamental
Modelo ComportamentalModelo Comportamental
Modelo Comportamentalguest06f340
 
Teoria comportamentaldaadministração
Teoria comportamentaldaadministraçãoTeoria comportamentaldaadministração
Teoria comportamentaldaadministraçãocarlossono
 
Teoria Behaviorismo
Teoria BehaviorismoTeoria Behaviorismo
Teoria BehaviorismoAdm Unime
 
Psicologia Organizacional
Psicologia OrganizacionalPsicologia Organizacional
Psicologia OrganizacionalSalvador Abreu
 
Teoria Comportamental
Teoria ComportamentalTeoria Comportamental
Teoria Comportamentaladmetz01
 
Aula 05 e 06 - Organização do trabalho e administração
Aula 05 e 06 - Organização do trabalho e administraçãoAula 05 e 06 - Organização do trabalho e administração
Aula 05 e 06 - Organização do trabalho e administraçãoAdriely Negrine Azevedo
 
Teoriade Relaes Humanas Power Point Erica
Teoriade Relaes Humanas Power Point EricaTeoriade Relaes Humanas Power Point Erica
Teoriade Relaes Humanas Power Point Ericaguest3ebb133
 
Teoriade relaeshumanas
Teoriade relaeshumanasTeoriade relaeshumanas
Teoriade relaeshumanasguestf9582a
 
Teoria comportamental administracao
Teoria comportamental administracaoTeoria comportamental administracao
Teoria comportamental administracaoLeon Pires
 
Tema_3_Abordagem comportamental.pdf
Tema_3_Abordagem comportamental.pdfTema_3_Abordagem comportamental.pdf
Tema_3_Abordagem comportamental.pdfHamersonFirmino1
 
Comportamento Organizacional
Comportamento OrganizacionalComportamento Organizacional
Comportamento OrganizacionalRui Loureiro
 
Visão Humanística do Administrador Escolar
Visão Humanística do Administrador EscolarVisão Humanística do Administrador Escolar
Visão Humanística do Administrador EscolarDanielle Souza
 

Semelhante a AULA 08 - TURMAS FUND ADM 27 09 2019.ppt (20)

Adm ms 2012
Adm ms 2012Adm ms 2012
Adm ms 2012
 
Abordagem comportamental
Abordagem comportamentalAbordagem comportamental
Abordagem comportamental
 
Abordagem Comportamental
Abordagem ComportamentalAbordagem Comportamental
Abordagem Comportamental
 
Conceito de satisfação no trabalho
Conceito de satisfação no trabalhoConceito de satisfação no trabalho
Conceito de satisfação no trabalho
 
Modelo comportamental2733
Modelo comportamental2733Modelo comportamental2733
Modelo comportamental2733
 
Modelo Comportamental
Modelo ComportamentalModelo Comportamental
Modelo Comportamental
 
Teorias da Gestão
Teorias da GestãoTeorias da Gestão
Teorias da Gestão
 
Teoria comportamentaldaadministração
Teoria comportamentaldaadministraçãoTeoria comportamentaldaadministração
Teoria comportamentaldaadministração
 
Teoria Behaviorismo
Teoria BehaviorismoTeoria Behaviorismo
Teoria Behaviorismo
 
Psicologia Organizacional
Psicologia OrganizacionalPsicologia Organizacional
Psicologia Organizacional
 
Teoria Comportamental
Teoria ComportamentalTeoria Comportamental
Teoria Comportamental
 
Aula 05 e 06 - Organização do trabalho e administração
Aula 05 e 06 - Organização do trabalho e administraçãoAula 05 e 06 - Organização do trabalho e administração
Aula 05 e 06 - Organização do trabalho e administração
 
Teoriade Relaes Humanas Power Point Erica
Teoriade Relaes Humanas Power Point EricaTeoriade Relaes Humanas Power Point Erica
Teoriade Relaes Humanas Power Point Erica
 
Teoriade relaeshumanas
Teoriade relaeshumanasTeoriade relaeshumanas
Teoriade relaeshumanas
 
Teoria comportamental administracao
Teoria comportamental administracaoTeoria comportamental administracao
Teoria comportamental administracao
 
Ta i ud vi
Ta i   ud viTa i   ud vi
Ta i ud vi
 
Tema_3_Abordagem comportamental.pdf
Tema_3_Abordagem comportamental.pdfTema_3_Abordagem comportamental.pdf
Tema_3_Abordagem comportamental.pdf
 
Aula10
Aula10Aula10
Aula10
 
Comportamento Organizacional
Comportamento OrganizacionalComportamento Organizacional
Comportamento Organizacional
 
Visão Humanística do Administrador Escolar
Visão Humanística do Administrador EscolarVisão Humanística do Administrador Escolar
Visão Humanística do Administrador Escolar
 

Mais de RosineiaSantos8

TO-01 - ANTECEDENTES HISTORICOS DA ADMINISTRACAO.ppt
TO-01 - ANTECEDENTES HISTORICOS DA ADMINISTRACAO.pptTO-01 - ANTECEDENTES HISTORICOS DA ADMINISTRACAO.ppt
TO-01 - ANTECEDENTES HISTORICOS DA ADMINISTRACAO.pptRosineiaSantos8
 
AULA 05 - ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVO - APO TURMA DE SEXTA.ppt
AULA 05 -  ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVO - APO TURMA DE SEXTA.pptAULA 05 -  ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVO - APO TURMA DE SEXTA.ppt
AULA 05 - ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVO - APO TURMA DE SEXTA.pptRosineiaSantos8
 
Edital_9075380_EditalPPGPPIJ2022minutafinal_assinado_alteracoes_do_DPG_efetua...
Edital_9075380_EditalPPGPPIJ2022minutafinal_assinado_alteracoes_do_DPG_efetua...Edital_9075380_EditalPPGPPIJ2022minutafinal_assinado_alteracoes_do_DPG_efetua...
Edital_9075380_EditalPPGPPIJ2022minutafinal_assinado_alteracoes_do_DPG_efetua...RosineiaSantos8
 

Mais de RosineiaSantos8 (6)

Marketing Digital.pptx
Marketing Digital.pptxMarketing Digital.pptx
Marketing Digital.pptx
 
MERCADO CONSUMIDOR.ppt
MERCADO CONSUMIDOR.pptMERCADO CONSUMIDOR.ppt
MERCADO CONSUMIDOR.ppt
 
TO-01 - ANTECEDENTES HISTORICOS DA ADMINISTRACAO.ppt
TO-01 - ANTECEDENTES HISTORICOS DA ADMINISTRACAO.pptTO-01 - ANTECEDENTES HISTORICOS DA ADMINISTRACAO.ppt
TO-01 - ANTECEDENTES HISTORICOS DA ADMINISTRACAO.ppt
 
AULA 06
AULA 06AULA 06
AULA 06
 
AULA 05 - ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVO - APO TURMA DE SEXTA.ppt
AULA 05 -  ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVO - APO TURMA DE SEXTA.pptAULA 05 -  ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVO - APO TURMA DE SEXTA.ppt
AULA 05 - ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVO - APO TURMA DE SEXTA.ppt
 
Edital_9075380_EditalPPGPPIJ2022minutafinal_assinado_alteracoes_do_DPG_efetua...
Edital_9075380_EditalPPGPPIJ2022minutafinal_assinado_alteracoes_do_DPG_efetua...Edital_9075380_EditalPPGPPIJ2022minutafinal_assinado_alteracoes_do_DPG_efetua...
Edital_9075380_EditalPPGPPIJ2022minutafinal_assinado_alteracoes_do_DPG_efetua...
 

AULA 08 - TURMAS FUND ADM 27 09 2019.ppt

  • 1. Profa. Rosineia Santos E-mail: profrosineia42@gmail.com Disciplina: Teorias Organizacionais
  • 3. • A Origem da Teoria Comportamental Teoria Comportamental (ou Teoria Behaviorista) teve seu início por volta de 1950. Essa administração trouxe um enfoque novo dentro da teoria administrativa: abordagem das ciências do comportamento, adoção de posições explicativas e descritivas.
  • 4. Abordagem Comportamental: Mudança de foco antigo: Desempenho e Produtividade. Novo foco: Pessoas da Organização
  • 5. A ênfase permanece nas pessoas, mas dentro do contexto organizacional mais amplo; Nota-se a necessidade de maior atenção ao ser humano; Ao invés de tentar adaptar o ser humano à máquina, passa a fazer o inverso; e Pesquisas confirmaram a grande influência do fator humano nas organizações.
  • 6. A teoria comportamental fundamenta-se administrar é fazer as coisas por meio das pessoas; é preciso conhecer os mecanismos motivacionais para dirigir as pessoas.
  • 7. FISIOLÓGICAS SEGURANÇA SOCIAIS AUTO-ESTIMA AUTO- REALIZAÇÃO HIERARQUIA DAS NECESSIDADES ABRAHAN MASLOW NECESSIDADES PRIMÁRIAS NECESSIDADES SECUNDÁRIAS
  • 8. Idalberto Chiavenato # Alimento # Repouso # Abrigo # Sexo Relacionamento • Amizade • Aceitação • Afeição • Compreensão • Consideração • Segurança Proteção contra: -Perigo -Doença -Incerteza -Desemprego • Satisfação do ego • Orgulho • Status e prestígio • Auto-respeito • Reconhecimento • Confiança • Progresso • Apreciação • Admiração dos colegas • Auto- realização • Auto desen- volvimento • Excelência pessoal •Competência •Expertise Fisiológicas Segurança Auto-Realização Estima Sociais Hierarquia de Necessidades
  • 9. Herzberg (1959, 1976) entende que o ser humano possui duas atitudes diferentes em relação ao trabalho: busca não só a satisfação de suas necessidades elementares (higiênicas), mas também o aperfeiçoamento de suas habilidades, de seu espírito e o desenvolvimento de seu potencial humano (motivacionais). A esses conceitos, denominou teoria dos dois fatores.
  • 10. Conteúdo do Cargo (Como a pessoa se sente em relação ao seu cargo): 1. Trabalho em si. 1. Realização. 1. Reconhecimento 1. Progresso profissional. 1. Responsabilidade. Contexto do Cargo (Como a pessoa se sente em relação à sua empresa): 1. Condições de trabalho. 2. Administração da empresa. 3. Salário. 4. Relações com o supervisor. 5. Benefícios e serviços sociais. Fatores Motivacionais Fatores Higiênicos (Satisfacientes) (Insatisfacientes) Fatores Motivacionais e Higiênicos (Herzberg)
  • 11. O trabalho, as rotinas Auto-realização no trabalho Reconhecimento (prestígio) Progresso na carreira Responsabilidade FATORES MOTIVACIONAIS Condições de trabalho Administração da empresa Relações com o supervisor Benefícios/serviços sociais Salário FATORES HIGIÊNICOS Fatores Motivacionais e Higiênicos (Herzberg)
  • 12. A teoria X e a teoria Y de Douglas McGregor (1970) Afirma que o comportamento humano está vinculado aos diferentes estilos de liderança impostos para empresa. Assim, a teoria gerencial convencional é chamada de teoria X e a gerência participativa é denominada teoria Y.
  • 13. 1. As pessoas são indolentes e Preguiçosas. 2. Falta-lhes ambição e evitam o trabalho. 3. Resistem às mudanças 4. Sua dependência as torna incapazes de autocontrole e autodisciplina. Teoria X Teoria Y 1. As pessoas gostam de atividade. 2. As pessoas não são passivas. 3. Têm motivação e potencial de desenvolvimento. 4. Aceitam responsabilidade. 5. Têm imaginação e criatividade. 1. A Administração é um processo de dirigir esforços das pessoas 2. As pessoas devem ser persuadidas e motivadas. 3. As pessoas devem receber incentivos econômicos como recompensa. 1. A Administração é um processo de dirigir o comportamento das pessoas em direção dos objetivos organizacionais e pessoais. 2. A tarefa da Administração é criar condições organizacionais através das quais as pessoas possam atingir seus objetivos pessoais. Teoria X e Teoria Y
  • 14. Assim, a gerência tem o papel de intermediar as relações de trabalho; proporcionar as melhores condições de trabalho;
  • 15. o trabalhador assume responsabilidades e o controle do seu próprio trabalho, com criatividade e competência.
  • 16. • Autoritário explorador. • Autoritário benevolente. • Consultivo. • Participativo. Novas proposições sobre liderança Rensis Likert
  • 17. Na teoria comportamental, todo indivíduo é um tomador de decisões, baseando-se nas informações que recebe do seu ambiente, processando-as de acordo com suas convicções e assumindo atitudes, opiniões e pontos de vista em todas as circunstâncias. A organização neste sentido é vista como um sistema de decisões.
  • 19. Exercício: A nova presidência da Photon Eduardo Barreto está na Photon há mais de 10 anos. Fez uma carreira brilhante, apesar de sua insatisfação com o modelo hierarquizado, autoritário, rígido e Impositivo ali reinante. Agora, sabe que nos próximos meses receberá a incumbência que sempre sonhou: presidir a tradicional e fechada companhia. Eduardo quer mudar a empresa. Você poderia ajudá-lo nessa missão?